Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter Página do 

Programa João Carlos Amaral Entrevista Canal no youtube Clique e 

envie-nos seu e-mail Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter
___________________________


___________________________
Clique para conhecer
___________________________


__________________________


__________________________

__________________________

__________________________


______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer
______________________________

Sinapro MG
______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer



+ Categorias

  • Todos (15579)
  • POLÍTICA (5929)
  • GERAL (2057)
  • ARTIGOS (285)
  • ENTREVISTAS (35)
  • ECONOMIA (3754)
  • GENTE (1210)
  • TURISMO (842)

  • + Links
    + Arquivos

    Fevereiro, 2006
    Março, 2006
    Abril, 2006
    Maio, 2006
    Junho, 2006
    Setembro, 2006
    Julho, 2006
    Agosto, 2006
    Novembro, 2006
    Outubro, 2006
    Janeiro, 2007
    Dezembro, 2006
    Fevereiro, 2007
    Março, 2007
    Abril, 2007
    Maio, 2007
    Outubro, 2007
    Junho, 2007
    Julho, 2007
    Agosto, 2007
    Setembro, 2007
    Dezembro, 2007
    Novembro, 2007
    Janeiro, 2008
    Maio, 2008
    Fevereiro, 2008
    Março, 2008
    Julho, 2008
    Abril, 2008
    Junho, 2008
    Setembro, 2008
    Agosto, 2008
    Outubro, 2008
    Novembro, 2008
    Dezembro, 2008
    Janeiro, 2009
    Fevereiro, 2009
    Março, 2009
    Abril, 2009
    Maio, 2009
    Junho, 2009
    Julho, 2009
    Agosto, 2009
    Setembro, 2009
    Outubro, 2009
    Novembro, 2009
    Dezembro, 2009
    Novembro, 2012
    Janeiro, 2010
    Fevereiro, 2010
    Março, 2010
    Abril, 2010
    Maio, 2010
    Junho, 2010
    Julho, 2010
    Agosto, 2010
    Setembro, 2010
    Outubro, 2010
    Novembro, 2010
    Fevereiro, 2011
    Março, 2011
    Abril, 2011
    Maio, 2011
    Junho, 2011
    Julho, 2011
    Agosto, 2011
    Setembro, 2011
    Outubro, 2011
    Novembro, 2011
    Dezembro, 2011
    Janeiro, 2012
    Fevereiro, 2012
    Março, 2012
    Abril, 2012
    Maio, 2012
    Junho, 2012
    Julho, 2012
    Agosto, 2012
    Setembro, 2012
    Outubro, 2012
    Dezembro, 2012
    Agosto, 2015
    Janeiro, 2013
    Fevereiro, 2013
    Março, 2013
    Abril, 2013
    Maio, 2013
    Setembro, 2015
    Junho, 2013
    Julho, 2013
    Agosto, 2013
    Setembro, 2013
    Julho, 2016
    Outubro, 2013
    Novembro, 2013
    Dezembro, 2013
    Janeiro, 2014
    Fevereiro, 2014
    Março, 2014
    Abril, 2014
    Maio, 2014
    Junho, 2014
    Julho, 2014
    Agosto, 2014
    Setembro, 2014
    Outubro, 2014
    Novembro, 2014
    Dezembro, 2014
    Janeiro, 2015
    Fevereiro, 2015
    Março, 2015
    Abril, 2015
    Maio, 2015
    Junho, 2015
    Julho, 2015
    Outubro, 2015
    Novembro, 2015
    Dezembro, 2015
    Janeiro, 2016
    Fevereiro, 2016
    Março, 2016
    Abril, 2016
    Maio, 2016
    Junho, 2016
    Agosto, 2016
    Setembro, 2016
    Outubro, 2016
    Novembro, 2016
    Dezembro, 2016
    Janeiro, 2017
    Fevereiro, 2017
    Março, 2017
    Abril, 2017
    Maio, 2017
    Junho, 2017
    Julho, 2017
    Agosto, 2017
    Setembro, 2017
    Outubro, 2017
    Novembro, 2017
    Dezembro, 2017



    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 31, 2007

    Prefeito Ruy Fernandes já despacha no novo Centro Administrativo. Desterro do Melo, a cidade dele, fica a 200 kms de Bh e 32 de Barbacena - no Caminho do Meio da Estrada Real na Zona da Mata de Minas Gerais.

                                                   PREFEITURA DE ENDEREÇO NOVO

    FAZENDO BEM FEITO

    Durante a última semana, as repartições que integram a estrutura administrativa do Governo Municipal foram transferidas para o mezanino do galpão que serve aos setores operacionais, no Centro Administrativo Prefeito João Benedito Amaral - Avenida Silvério Augusto de Melo, s/n.
    Já estão funcionando normalmente no local o Gabinete do Prefeito, a Procuradoria Jurídica, Contabilidade, Tesouraria, Gestão de Pessoal, Compras e Comunicação.
    O Siat foi transferido para a Praça Carlos Jaime, no primeiro andar do edifício que serve à Câmara Municipal.
    O prédio da antiga Prefeitura, situado na Rua Jaime Calmeto de Castro passará por reformas sendo remodelado para servir à Educação. Com a finalização das obras da nova biblioteca, a área será interliga à antiga prefeitura, se transformando no Centro Educacional - um local preparado para atender com conforto os estudantes de toda a comunidade.
    Com a inauguração da nova prefeitura (as obras já estão em fase final), o prefeito Ruy Fernandes vai transferir todos os setores para a nova área, que, de acordo com o gestor, vai atender às necessidades da administração pública moderna.
    No aniversário de 45 anos de emancipação político-administrativa de Desterro do Melo, em 01 de março de 2008, o Governo do Município vai inaugurar todas as obras do Centro Administrativo, deixando-o totalmente pronto.

    FAZENDO BEM FEITO
    FAZENDO BEM FEITO
    FAZENDO BEM FEITO

    FAZENDO BEM FEITO
    FAZENDO BEM FEITO
    FAZENDO BEM FEITO


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 31, 2007

    Nosso BLOG DE NOTÍCIAS caminha rápido para os 400 mil acessos. Números são do provedor TERRA. Agradeço sua leitura!




















    Posts:
     2.076

    Rascunhos:
     30

    Comentários:
     44.780

    Visitas Únicas:
     357.602

    Pageviews:
     364.076
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 31, 2007

    O COLÍRIO desta sexta-feira vem, mais uma vez, da coluna do nosso amigo César Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.

                                                              
                                                         Gilmara Ferreira clicada na noite da Slim


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 31, 2007

    Giro pelo Interior. Sul de Minas aporesenta 6 propostas ao projeto "ICMS SOLIDÁRIO" do deputado Diniz Pinheiro do PSDB. Encontro foi em Itajubá.

    Prefeitos e lideranças do Sul de Minas apresentaram seis sugestões de alteração ao Projeto de Lei (PL) 637/07, do deputado Dinis Pinheiro (PSDB), que altera a Lei 13.803, de 2000, conhecida como Lei Robin Hood, modificando os critérios de distribuição do Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) entre os municípios mineiros. As propostas foram apresentadas nesta quinta-feira (30/8/07), em Itajubá, durante o sétimo encontro regional do Fórum Técnico ICMS Solidário, cujo objetivo é levantar contribuições de todo o Estado para aprimorar o projeto. O encontro foi no Anfiteatro Albert Sabin, na Faculdade de Medicina de Itajubá, e contou com a presença de representantes de 37 municípios da região, entre eles 16 prefeitos.
    O PL 637/07 divide os critérios de distribuição do imposto em econômicos, sociais solidários e de compensação solidária. O que se pretende é beneficiar os municípios que estejam abaixo da média per capita de ICMS do Estado, aumentando o repasse. Se aprovado, o projeto pode beneficiar 762 cidades, que abrigam cerca de 16 milhões de pessoas.
    As propostas apresentadas no Sul de Minas são: distribuir uma parcela do imposto para os municípios que desenvolvem ações que estimulam o crescimento econômico, geração de emprego e distribuição de renda; contemplar projetos de educação no trânsito, para reduzir acidentes; estipular recursos para aplicação na educação básica, com prioridade para os ensinos infantil e médio; destinar algum percentual para investimentos no ensino profissionalizante; determinar que recursos para educação sejam aplicados no transporte escolar, especialmente na zona rural; e prever investimentos na qualificação profissional dos professores da rede pública.
    O projeto recebeu apoio de todos os cerca de 100 participantes do encontro. Uma simulação realizada pela Consultoria da Assembléia Legislativa, com base nos valores do ICMS de abril deste ano, apontou que apenas dez dos mais de 150 municípios da região perderiam repasse com as novas regras. Das 11 microrregiões, nove teriam ganhos na apuração média: Andrelândia (17,18%), São Lourenço (10,89%), Alfenas (6,52%), Itajubá (6,17%), Varginha (4,36%), São Sebastião do Paraíso (4,08%), Santa Rita do Sapucaí (3,74%), Lavras (2,84%) e Pouso Alegre (2,13%). As microrregiões de Passos e Poços de Caldas perderiam, respectivamente, 3,87% e 2,41%. No total, o Sul de Minas, que tem uma população de 2,6 milhões de pessoas, teria um ganho médio de 2,84%.
    Distribuição mais justa - O deputado Fábio Avelar (PSC), que presidiu a reunião e representou o presidente da ALMG, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), lembrou que a maioria das cidades mineiras sobrevive quase que exclusivamente do repasse do ICMS. Por isso, segundo o parlamentar, poucos municípios têm dinheiro suficiente para fazer os investimentos necessários, em função da injusta distribuição do imposto. "Este projeto quer incentivar o desenvolvimento, estimulando uma parceria entre o Estado e municípios com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população, com a distribuição mais equilibrada dos recursos entre as cidades mineiras", afirmou.
    Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), que foi relator do PL 637/07 na Comissão de Constituição e Justiça, garantiu que o projeto vai beneficiar quase toda a região Sul com o aumento de receita da maioria dos municípios, incluindo Itajubá, que teria um ganho de 1,71 nos repasses. "O cerne do desenvolvimento do Estado está na distribuição tributária. O projeto dará a sustentabilidade necessária aos municípios mineiros".
    O deputado Carlos Mosconi (PSDB) também ressaltou a distribuição injusta dos tributos entre os municípios, lembrando que é nessa esfera que ocorrem todos os problemas do cidadão. "Esse encontro é louvável e mostra que o projeto virá fazer a justiça que os municípios necessitam", disse o parlamentar.
    Autor do projeto, o deputado Dinis Pinheiro reclamou da excessiva concentração de renda dos tributos: 70% da arrecadação fica com o governo federal, 20% com o estadual e apenas 10% com os municípios. "É preciso diminuir as desigualdades sociais que ainda perduram. Existe uma minoria que detém muito dinheiro e poder político e insiste em manter o privilégio, de forma egoísta". Citou como exemplo a diferença entre o município de Araporã, que tem 6 mil habitantes e arrecada R$ 1,3 milhão por mês de ICMS, e Itajubá, que arrecada pouco mais, R$ 1,5 milhão, mas tem uma população de 100 mil habitantes.
    O deputado admite que o projeto não conseguirá solucionar todos os problemas, porque a Assembléia Legislativa só pode definir sobre a parcela do imposto que é determinada pela Constituição. Ele defende que sejam alterados os critérios constitucionais, para permitir uma redistribuição ainda mais justa do imposto. "As cidades ricas, mesmo com a mudança, ainda continuarão ganhando muito", adverte.
    O prefeito de Itajubá, Benedito Pereira dos Santos (DEM), acredita que o ICMS Solidário abrirá possibilidades de destinar recursos para o desenvolvimento de todos os municípios mineiros. "Somos favoráveis a uma Minas Gerais mais justa e solidária".
    Presenças - Deputados Fábio Avelar (PSC); Dinis Pinheiro, (PSDB), 1º secretário da Mesa; Dalmo Ribeiro Silva (PSDB) e Carlos Mosconi (PSDB). Além dos citados na matéria, também compuseram a mesa, o prefeito de Carmo da Cachoeira e presidente da Associação dos Municípios do Baixo Sapucaí (Ambasp), Godofredo José Caldeira Reis; o prefeito de Tocos do Moji e presidente da Associação dos Municípios do Médio Sapucaí (Amesp), Antônio Rosário Pereira; e o vereador Geraldo José Canha, que representou o presidente da Câmara de Itajubá, João Vitor da Costa.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 30, 2007

    AGRONEGÓCIO MINEIRO: em julho o crescimento foi 4%. Amédia nacional no mesmo período - julho 2006/2007 - teve queda de 3%. Confira os números da Secretaria de Comércio Exterior do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio.









                                  Exportações do agronegócio mineiro superam média nacional

     

    As exportações do agronegócio mineiro, em julho, cresceram 4% em relação ao mesmo período de 2006. As vendas no mês foram de US$ 393 milhões. Já a média nacional apresentou queda de 3% nas exportações de julho, que somaram US$ 5 bilhões. Os números são da Secretaria de Comércio Exterior, do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio.
    “A demanda internacional por alimentos está em crescimento. O país todo se beneficia com esta situação. Mas atender às exigências dos países consumidores é fundamental para conquistar o mercado mundial. Minas tem uma variedade de produtos muito grande. Além disso, estamos investindo constantemente na qualidade e na segurança alimentar daquilo que produzimos”, explica o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Gilman Viana Rodrigues, que também preside a Comissão Nacional de Comércio Exterior da Confederação Nacional de Agricultura (CNA).
    O café, principal produto na pauta de exportações do agronegócio mineiro, apresentou crescimento de 16% e contribuiu com quase a metade do valor das vendas do mês. A comercialização do produto, em julho, gerou US$ 173 milhões.
    Nos índices de crescimento da pauta de exportação de Minas, o álcool se destaca com aumento de 110% no valor das vendas, chegando a US$ 19,9 milhões, enquanto as exportações nacionais do produto, no mesmo período, despencaram 44%. O volume de vendas do álcool mineiro foi de 39 mil toneladas. Um aumento de 184% em relação a julho de 2006. Já no país, houve queda de 27%. “O potencial para o crescimento da produção e exportação de etanol em Minas é enorme. Além da grande disponibilidade de área para plantio da cana, sem redução de outras culturas, o Estado está despertando o interesse de várias indústrias de açúcar e álcool”, comenta o secretário.
    No setor de carnes, as vendas de carne de frango foram as que mais cresceram: 108% em valor (US$ 17 milhões) e 48% em volume (12,8 mil toneladas). “A ausência da gripe aviária no território nacional qualifica Minas e o país como um fornecedor confiável”, explica Gilman Viana. O setor de laticínios também se beneficiou com as exportações: mesmo com a redução de 19% no volume, em relação a 2006, as vendas de julho geraram US$ 5 milhões, um crescimento de 88%. “Os preços tiveram boa recuperação no mercado interno e a demanda internacional está sendo muito grande, por causa da crise da produção leiteira em outros países exportadores. Isso explica o aumento do valor das vendas, mesmo com a queda de volume exportado.”
    Acumulado do ano
    No acumulado do ano, as exportações do agronegócio de Minas também cresceram mais que a média nacional. Enquanto, no país, as vendas nos primeiros sete meses aumentaram 16% em relação ao mesmo período de 2006, no Estado, o incremento foi de 18% e chegou a US$ 2,69 bilhões.
    Os destaques no período foram: carnes (37%), álcool (170%), laticínios (58%). Já os setores que mais contribuíram para o valor total das exportações mineiras nos sete primeiros meses do ano  foram: café (US$ 1,4 bilhão), carnes (US$ 355 milhões), madeiras e subprodutos (US$ 304 milhões).




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 30, 2007

    Homenagem HOJE à noite ao prefeito Fernando Pimentel.






    "Aqueles que fazem por Minas e pelo Brasil." Prefeito de BH, Fernando Pimentel será homenageado, HOJE, dia 30, pelo Escritório de Advocacia Décio Freire & Associados.
    O evento especial será no Nacional Club no bairro Cidade Jardim, aqui em BH. O advogado Décio Freire, com a homenagem, reconhece o trabalho que o prefeito Pimentel faz na administração da capital mineira. São esperados políticos, empresários, advogados, deputados e homens de mídia para o coquetel.
    Infelizmente, não estarei presente, como gostaria, porque no mesmo horário esterei ancorado solenidade em reunião especial no plenário presidente JK pela TV Assembléia. Parabenizo o prefeito Fernando Pimentel pela merecida homenagem e desejo mais sucesso ainda na sua carreira política.









    Comentários

    #1. celso Castilho de Souza - (celsocastilho@ccbe.com.br)
    Prezado João.

    Muito justa a homenagem que o Escritório Décio Freire,presta ao Prefeito da nossa cidade Fernando Pimentel.Presentemente fora de Belo Horizonte, não deixo de mencionar a importância do Fernando Pimentel, nos locais em que me faço presente.No periodo que exercí o cargo de Secretário de Estado de Meio Ambiente de Minas Gerais,mantive com o Prefeito e com a sua equipe convivência profissional e harmoniosa.
    Celso Castilho de Souza
    Diretor Presidente do Consórcio Capim Branco Energia.
    Secretário Executivo do Conselho de Desenvolvimento da Baia da Ilha Grande - RJ -


    1 comentário                       



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 30, 2007

    Os BLOGS são um fenômeno que a cada dia chamam a atenção no mundo todo pela velocidade e pela diversidade de informações que coloca na rede mundial de computação. O assunto é hoje tema da área acadêmica. Nosso BLOG DE NOTÍCIAS chamou a atenção do curso de jornalismo da Estácio de Sá, aqui em BH. A estudante Juliana Fernandes nos mandou uma série de perguntas, sobre nossa visão sobre os Blogs, para um trabalho acadêmico da turma dela. Aproveitamos e publicamos a entrevista, aqui no nosso BLOG.

    Existem discussões sobre os blogs no sentido de que todos que possuem um blog podem se tornar "jornalistas" no processo de divulgação de informações. Qual sua opinião sobre isso?

    R: Olha, acredito que ter um BLOG não significa que o cidadão ou a cidadã tenha uma formação jornalística, esteja preparado para redigir tecnicamente uma notícia - que responda aos principios de Kipling - quem, quando, onde,como e por quê? Mas é claro que um blogueiro tem à mão uma ferramenta que democratiza o fluxo de informação, que deve ser livre e responsável. Como afirma a pergunta "jornalistas" - entre aspas - ah, isso quem tem blog acaba parecendo ser, já que redige informações, embora não possa ser registrado na Delegacia do Trabalho, como um jornalista, que tenha se formado em uma Faculdade como vocês estão fazendo em breve e nós já fizemos há muito tempo. É bom destacar: na verdade quem tem um Blog não é jornalista e sim blogueiro, uma nova função que nasce com o surgimento da blogosfera. Mas virar jornalista só passando por uma Faculdade, é claro.

    Você acredita que a prática dos blogs jornalísticos vai substituir o jornalismo tradicional?

    R: A curto prazo não. Mas à medida que as novas gerações da internet forem surgindo, mais e mais, o café da manhã das famílias será à frente de um notebook ligado em um ou mais sites de notícias. Com isso, o jornlismo tradicional terá que oferecer esta opção do jornalismo eletrônico, já que o de papel, vai ficando defasado, estático, com notícias de ontem, enquanto a internet tem a notícia do momento em que acontece.

    E um fenômeno já está ocorrendo: jornalista com bom nível de informação e contando com um blog de notícias vem ocupando um espaço independente, que assusta a mídia tradicional e que encanta um público leitor crescente na rede mundial de computação.

    Recomendo: vocês que estão quase se formando fiquem atentos. Não há reserva de mercado na internet. Façam seus blogs, escrevam e busquem seus públicos. É moderno e é uma forma de contrapor sua posição de joranlista com o do blogueiro, que se for competente vai ter um público fiel, que poderia ser o seu, formado em jornalismo.


    Você criou um blogs que possui categorias, ou seja você posta matérias sobre varias editorias. Você faz todas as matérias? Como são seus critérios para definição das pautas?

    R: Nosso BLOG DE NOTÍCIAS tem seis editorias - política, economia, gente, entrevistas, artigos e geral. Não faço  todas as matérias e sim, edito o material que está na rede, que está em outros sites como do governo do estado, dos poderes legislativo e judiciário. Recebo artigos especiais de profissionais que fazem parte de minha network e notícias enviadas por E-mail por diversas fontes. A pauta defino de acordo com a filosofia de nosso blog, que é de NOTÍCIAS. Com isso, dou todas as informações, que num critério jornalístico - importância social, política econômica - ajudem ao(a) leitora do BLOG a pensar o mundo, os fatos do momento e tirar sua conclusão. O segredo está na velocidade da informação que publico no nosso BLOG DE NOTÍCIAS. Por exemplo: abro meu notebook e edito onde estiver a notícias que consigo levantar. A grande maioria da mídia tradicional só vai dar a notícias - quando dá -  no jornal de papel do dia seguinte. Costumo dizer: se o mundo acabar, os jornais do dia seguinte(?) não vão dar o fato. Já os blogs darão - em tempo real - todos os detalhes. Pensem nisso!


    Em sua opinião, quais a vantagens do blogs como ferramenta jornalística? E as desvantagens?

    R: A principal vantagem é a velocidade com que você poder redigir uma notícia e/ou publicar uma foto, editar um vídeo. A segunda é que você pode empreender - ou seja, ser seu próprio patrão. Ter seu "jornal" na internet a um custo operacional muito baixo. Você poder virar um "nanoempresário da blogosfera". Mas recomendo que faça um plano de negócios, tenha tempo disponível para atualizar seu blog 24 horas por dia. Afinal a blogosfera é um buraco negro que suga toda e qualquer informação que passa por perto.

    A desvantagem: é que a cobrança é interminável. O leitor de um BLOG quer renovação constante, atualização das notícias minuto a minuto. Quem não atualiza perde o leitor. Portanto, ser blogueiro exige empenho full time. Outra desvantagem é a dificuldade é captação de anúncios para mater o BLOG e torná-lo rentável, já que deve ser um empreendimento jornalístico como na mídia tradicional.

    RECOMENDO adquirir o livro BLOG do advogado, radialista e blogueiro americano Hugh Hewitt, para entender um pouco mais a revolução que está em efervecência no mundo da comunicação. Eu já comprei. Lí. E o tenho sempre em mãos para me motivar e orientar como agir na blogosfera. 

    "A internet está transformando o jornalismo não só nas suas práticas cotidianas, mas também na sua natureza, isto é, naquilo que se entende por jornalismo", Antonio Fidalgo.

    Gostaria que você comentasse essa afirmação.

    R: É claro que o mundo hoje é outro. O jornalismo tradicional foi concebido para um tipo de tecnologia, que nem de longe, chega perto do arsenal que temos no mundo da internet. Isto está deixando a mídia tradicional em pânico. Está perdendo a hegemonia, num palavra, o controle da informação. Saimos do mundo da comunicação de massa, para a comunicação do um a um, do indivíduo. E a ferramenta internet permite que cada um possa se expressar através, por exemplo de um BLOG - que é disponibilizado pelos provedores a custo baixo e com extrema eficiência. Temos hoje uma área de edição eletrônica de fácil acesso, bastando ter um login e uma senha. É uma revolução na comunicação mundial que ainda vai render muita análise e transfo0rmar para sempre a maneira como se faz jornalismo. Para nossa profissão vejo o fato como positivo, já que se tivermos iniciativa e criatividade, podemos ter nosso próprio jornal eletrônico independente na internet. Mãos à obra, como fizemos há pouco mais de um ano: criamos o nosso BLOG DE NOTÍCIAS, trabalhamos fukll time nele e já conquistamos quase 400 mil acessos. E estamos crescendo.

    É este o novo mundo do jornalismo. Quem não se adaptar, vai morrer profissionalmente!


    A internet não cria barreiras para nenhum tipo de informação, abordagem ou mesmo opinião. Diante disso, muitas pessoas que possuem blogs fazem deles grandes diários. Há também alguns jornalistas que aproveitam os blogs como colunas, onde predominam a opinião. Nessa visão, falando em termos de ética jornalística, pode se dizer que as matérias não ficam comprometidas quando a credibilidade?

    R: Primeiro é bom lembar que a palavra blog é nova - na verdade surgiu do termo weblog usado como diário pelos pesquisadores e professores do Vale do Silício nos EUA a partir de 1999. Log, na verdade, era o diário de bordo do capitão do navio, o registro dia a dia do que ocorre na vida de cada um. Só que agora o diário está na rede mundial à disposição de quem se identifique ou acredite no que está lendo.

    A questão da ética permeia tudo. E quando o leitor do BLOG percebe que está sendo enganado ele simplesmente deleta de sua lista de favoritos o "genial BLOG". É a punição cabal para quem abusa da paciência, aliás, abusa da inteligência do leitor. E é bom destacar ainda que na internet só navega quem tem um nível sócio-econômico e social, um poder aquisitivo elevado, que lhe permite ter várias fontes de notícias e de opiniões. Outro detalhe: não se esqueçam que ao escrever em seus BLOGS, sendo joranalista ou não, o indivíduo tem responsabilidade ética e jurídica, já que poderá estar gerando provas contra sim mesmo. Tudo poder ser usado depois por quem se julgar ofendido nos tribunais. Mas, a maior punição mesmo é quando o blogueiro percebe que sua maravilhosa audiência se evaporou. Como? É bom lembrar que quem tem blog recebe o serviço diário de estatística com os números de acessos ou da falta deles, de onde vem o acesso, tempo de duração, de que região do País ou do mundo. Portanto, quem violar a ética estara no limbro, mais cedo ou mais tarde. Hoje cada vez mais cedo!

    O que você acha dos grandes portais estarem chancelando os jornalistas blogueiros?

    R: Acho ótimo! Isto mostra que nossa categoria está conquistando um outro universo, que vem da rede mundial de computação. Que as empresas, nem todas é claro, estão aproveitando a oportunidade de ter em seus quadros profissionais bem informados, com características individuais, com informantes que confiam neles e os abastecem de informações vitais, que mantèm o nível de comunicação de seus blogs, sem as amarras das empresas. Outra coisa: ao invés de ter um blogueiro como concorrente - veja o caso do jornalista Ricardo Noblat: ele tinha um BLOG no Ig, com credibilidade conquistada ao longo de sua carreira nos grandes jornais do País. O que o jornal O Globo fez? Levou o Noblat para o jornal como atração para seus leitores.

    EM TEMPO: espero e estou articulando para que algum jornal, aqui de Minas, faça um parceria com nosso BLOG DE NOTÍCIAS, o www.joaocarlosamral.com.br

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 30, 2007

    O casal GLOBAL Bonner e Fátima Bernardes - segundo a coluna do nosso amigo César Romero da Tribuna de Minas - estariam com um pé em Juiz de Fora. Vai morar lá, segundo a nota abaixo. Confira!

                                                                    Central de boatos
    Desde o final de semana circula nas mais diversas rodas um papo de que os globais Fátima Bernardes e Willian Bonner estariam de mudança para Juiz de Fora.
    Ontem, o boato ganhou novos ingredientes: que o casal número um do Jornal Nacional teria comprado um apê no luxuoso condomínio Belvedere, e que os filhos trigêmeos Laura, Beatriz e Vinícius já estariam sendo matriculados no Jesuítas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 30, 2007

    PELO INTERIOR DE MINAS. Itajubá, no sul de Minas, discute projeto "ICMS SOLIDÁRIO" do deputado Dinis Pinheiro, PSDB.

    A Assembléia Legislativa de Minas Gerais promove em Itajubá, nesta quinta-feira (30/8/07), o sétimo encontro regional do Fórum Técnico ICMS Solidário. Especialistas, deputados e lideranças do Sul de Minas vão discutir com a população propostas para aprimorar o Projeto de Lei (PL) 637/07, do deputado Dinis Pinheiro (PSDB), que altera a Lei 13.803, de 2000, conhecida como Lei Robin Hood. O encontro, que começa às 8h30, será no Anfiteatro Albert Sabin, da Faculdade de Medicina de Itajubá (Avenida Rennó Júnior, 368 - Bairro Medicina).
    O PL 637/07 modifica os critérios de distribuição do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) entre os municípios mineiros, a partir da divisão em três grupos, com base em critérios econômicos, sociais solidários e de compensação solidária. O objetivo é redistribuir uma parte do imposto, beneficiando cidades que estejam em situação desfavorável em relação à média per capita de ICMS do Estado. A previsão é de que 762 municípios sejam beneficiados com aumento de repasse, enquanto 91 perderiam recursos. "A proposta busca uma distribuição de recursos mais justa, mais humana e mais cristã. O exercício da vida pública só tem significado se for voltado para as pessoas mais carentes. Esse projeto beneficia mais de 15 milhões de pessoas, é um grande instrumento de transformação social", argumenta o autor do projeto.
    Simulação feita pela Consultoria da ALMG, com base nos valores do ICMS de abril deste ano, revela que apenas 10 municípios de toda a região do Sul de Minas terão perdas, caso sejam modificadas as regras. Das 11 microrregiões, nove teriam ganhos na apuração média: Andrelândia (17,18%), São Lourenço (10,89%), Alfenas (6,52%), Itajubá (6,17%), Varginha (4,36%), São Sebastião do Paraíso (4,08%), Santa Rita do Sapucaí (3,74%), Lavras (2,84%) e Pouso Alegre (2,13%). As microrregiões de Passos e Poços de Caldas perderiam, respectivamente, 3,87% e 2,41%.
    Como um todo, o Sul de Minas, responsável por uma população de 2,6 milhões de habitantes, teria um aumento de arrecadação na ordem de 2,84%. O município que teria o maior ganho é o de Toledo, que passaria de R$ 10,25 per capita, para R$ 12,21, um aumento de 19,11%. Por outro lado, Arceburgo teria uma redução de 20,93% no repasse do imposto, caindo de R$ 25,69 para R$ 20,31 por pessoa.
    A programação do encontro em Itajubá inclui exposições técnicas sobre a Lei Robin Hood e sobre o projeto, além de pronunciamentos e debates. Solicita-se que as sugestões para aprimoramento do PL 637/07 sejam apresentadas por escrito e, se possível, em disquete ou CD, com o nome do proponente, telefone, endereço eletrônico e nome da instituição que representa. Todas as propostas serão consolidadas na etapa final do fórum, em Belo Horizonte. A programação completa do Fórum está disponível no hotsite do evento, na página da Assembléia:
    ww.almg.gov.br.
    Previsão legal - De acordo com a Constituição Federal, de todo o ICMS arrecadado no Estado, 25% destinam-se aos municípios. Desse montante, pelo menos 75% devem ser distribuídos de acordo com o Valor Adicionado Fiscal (VAF), que retrata o movimento econômico do município, e o restante conforme determinar a lei estadual.
    Atualmente, o ICMS em Minas é distribuído de acordo com os seguintes critérios e percentuais dos recursos destinados aos municípios: VAF (79,68%); área geográfica (1%); população (2,71%); população dos 50 municípios mais populosos (2%); educação (2%); produção de alimentos (1%); patrimônio cultural (1%); meio ambiente (1%); saúde (2%); receita própria (2%); cota mínima (5,5%); e municípios mineradores (0,11%). O cálculo da parcela de cada município é uma média aritmética que leva em conta o desempenho do município e o peso de cada critério.
    Projeto altera forma de distribuição do ICMS
    A proposta original do PL 637/07 é distribuir, pelo critério do VAF, o mínimo determinado pela Constituição Federal, que é 75% - e não os 79,68% atuais. Assim, os 4,68% restantes serão redistribuídos a partir de um novo critério, chamado ICMS Solidário. Já os demais critérios não terão o índice alterado, mas serão separados em dois grupos, um relativo a critérios econômicos e outro relativo a critérios sociais.
    Os critérios econômicos são o VAF (75% dos recursos), produção de alimentos (1%), meio ambiente (1%), receita própria (2%) e municípios mineradores (0,11%). Os critérios sociais são área (1%), população (2,71%), população dos 50 mais populosos (2%), educação (2%), patrimônio cultural (1%), saúde (2%) e a cota mínima (5,5%). A divisão dos recursos será feita em três etapas. Todos os municípios participam da primeira fase, relativa aos critérios econômicos. Aqueles que apresentarem índice de ICMS per capita igual ou superior à média do Estado acrescida de 40% não participam da divisão de recursos do segundo grupo, com critérios sociais solidários.
    Realizada essa nova distribuição, cada município alcança um novo valor per capita, que é confrontado com o novo valor médio do Estado. Apenas os municípios que ficarem abaixo da média do Estado acrescida de 40% seguem para a divisão de recursos do ICMS Solidário. Essa parcela, instituída pelo PL 637/07, é distribuída conforme a população de cada município.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 29, 2007

    "Aqueles que fazem por Minas e pelo Brasil." Prefeito de BH, Fernando Pimentel será homenageado, amanhã, dia 30, pelo Escritório de Advocacia Décio Freire & Associados.

    O evento especial será no Nacional Club no bairro Cidade Jardim, aqui em BH. O advogado Décio Freire, com a homenagem, reconhece o trabalho que o prefeito Pimentel faz na administração da capital mineira.
    São esperados políticos, empresários, advogados, deputados e homens de mídia para o coquetel.
    Infelizmente, não estarei presente, como gostaria, porque no mesmo horário esterei ancorado solenidade em reunião especial no plenário presidente JK pela TV Assembléia.
    Parabenizo o prefeito Fernando Pimentel pela merecida homenagem e desejo mais sucesso ainda na sua carreira política.







    Comentários

    #1. celso Castilho de Souza - (celsocastilho@ccbe.com.br)
    Prezado João.

    Muito justa a homenagem que o Escritório Décio Freire,presta ao Prefeito da nossa cidade Fernando Pimentel.Presentemente fora de Belo Horizonte, não deixo de mencionar a importância do Fernando Pimentel, nos locais em que me faço presente.No periodo que exercí o cargo de Secretário de Estado de Meio Ambiente de Minas Gerais,mantive com o Prefeito e com a sua equipe convivência profissional e harmoniosa.
    Celso Castilho de Souza
    Diretor Presidente do Consórcio Capim Branco Energia.
    Secretário Executivo do Conselho de Desenvolvimento da Baia da Ilha Grande - RJ -


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 29, 2007

    Os 150 anos do nascimento de Teóphilo Otoni. Ministro das Comunicações, senador Hélio Costa, lançou o Selo Comemorativo em solenidade na cidade, com a presença da prefeita Maria José Haueuisen,do PT e do diretor dos Correios em MInas, Fernando Miranda.

    Em comemoração ao bicentenário de nascimento do mineiro Teófilo Benedito Ottoni, os Correios lançaram selo comemorativo, no último dia 23, no Automóvel Clube, em Teófilo Otoni, região nordeste de Minas Gerais. A solenidade, aconteceu às 15h30, e contou com as participações do ministro de Estado das Comunicações, senador Hélio Costa, da prefeita da cidade, Maria José Haueisen Freire e do diretor dos Correios em Minas Gerais, Fernando Miranda, dentre outras autoridades locais e parlamentares. Ainda em Teófilo Otoni, foi inaugurado um marco comemorativo aos 150 anos da Estrada Santa Clara-Filadélfia, projetada pelo homenageado e considerada a primeira estrada de rodagem do Brasil. No dia 24, a solenidade de lançamento do selo do bicentenário foi no campus Serro, da PUC Minas e aconteceu às 19h30, contando também com as presenças de políticos locais.
    O selo
    Com arte final de Ricardo Cristofaro, o selo tem tiragem de 600 mil exemplares e valor facial de R$ 0,60. O selo enfatiza o rosto de Teófilo Ottoni voltado para o mapa do nordeste do estado de Minas Gerais, tendo no centro a presença do brasão de Minas Gerais com a inscrição em latim Libertas Quae Sera Tamem. À esquerda e abaixo, aparecem imagens que homenageiam a atuação social e empresarial de Teófilo Ottoni no Vale do Rio Mucuri, índios Botocudos em atitude pacífica, com suas lanças em posição de descanso; o trajeto da estrada entre Filadélfia e Santa Clara junto a uma carroça, no século XIX, e o trajeto fluvial entre Santa Clara e Mucuri no qual se destaca a imagem de um barco a vapor. Foi utilizada técnica de composição de desenhos e fotografias com tratamento de imagem realizado com tecnologia digital.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 29, 2007

    "FORO PRIVELEGIADO". O presidente da Assembléia Legislativa de Minas, deputado Alberto Pinto Coelho, participa, amanhã, dia 30, em São Paulo do Programa "Opinião Nacional" da TV Cultura. O "Opinião Nacional" vai ao ar às 22h40m.

    Vão participar do debate no "Opinião Nacional", junto com o presidente da Assembléia de Minas, deputado Alberto Pinto Coelho, o deputado federal Paulo Renato, ex-ministro da educação no governo Fernando Henrique Cardoso; o presidente da Associação Brasileira de Magistrados, Rodrigo Collaço; a cientista política Maria Teresa Sadek, a juíza Denise Frossard e o presidente da OAB-SP, Luiz Flávio D´Urso.
    O programa "Opinião Nacional" é transmitido, ao vivo, a partir de 22h40m com uma hora e vinte minutos de duração.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 29, 2007

    Da série: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS.Vem aí, em setembro, o Seminário Mineiro da Mineração. Na foto os parlamentares e a equipe técnica do Parlamento Mineiro discutem a estratégia e as ações que estão sendo implementadas para o Seminário.

      


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 29, 2007

    De olho no plenário da Asssembléia de Minas. Na pauta o PMDI - Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado, que prevê investimentos do governo, mais a iniciativa privada, de 80 bilhões de reais até 2011. Confira detalhes na matéria do www.almg.gov.br

    O Projeto de Lei (PL) 1.026/07, do governador do Estado, que aprova a atualização do Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI), foi discutido pelos deputados durante a Reunião Extraordinária do Plenário da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, na manhã desta quarta-feira (29/8/07). O projeto traz o conjunto de ações estratégicas de planejamento de médio e longo prazos. O PMDI tem meta de investimentos de R$ 80 bilhões até 2011, sendo R$ 20 bilhões do Tesouro do Estado e o restante distribuído entre empresas públicas e iniciativa privada.
    O deputado Antônio Júlio (PMDB) criticou o excesso de planos elaborados pelos governos. "Esses planos parecem estratégia de marketing para dar a ilusão de que está sendo feita alguma coisa", afirmou. Para ele, a publicidade que é feita não condiz com a realidade. "Os números parecem mais importantes que os cidadãos", continuou. O deputado também não concorda com a contratação de consultores de outros Estados para elaborarem esses planos, porque acredita que eles não conhecem Minas Gerais o suficiente para isso.
    A opinião foi compartilhada pelo deputado Carlin Moura (PCdoB), para quem o projeto original do PMDI apresentava uma visão tecnicista, desconsiderando o histórico de planejamento do Estado. Ele elogiou o relator da matéria, deputado Agostinho Patrús Filho (PV), que acatou emendas apresentadas pela Comissão de Participação Popular, acrescentando ao projeto a contribuição da sociedade.
    Deputado afirma que objetivo do projeto é dar diretrizes
    Já o deputado Lafayette de Andrada (PSDB) afirmou que o PMDI foi feito em grande parte a partir de dados técnicos e estatísticos, mas que o plano é para dar diretrizes e não para ter aplicação prática, pontual e imediata. "Minas Gerais sai na frente ao ser o primeiro Estado a ter um plano para pensar o seu futuro", concluiu. O deputado Weliton Prado (PT) ressaltou que o PMDI não traz diretrizes para os servidores do Estado e, acompanhado pelos servidores da Educação que ocupavam as galerias do Plenário, afirmou que a remuneração desses profissionais é das mais baixas do País.
    Andrada respondeu que o PMDI não trata especificamente de servidor público e, diante de manifestações das galerias, desafiou os presentes a apresentarem planilhas provando que os servidores federais, de qualquer categoria, foram mais beneficiados que os de Minas Gerais. "Precisamos buscar melhorias em cima da realidade", concluiu.
    Combate ao fumo - No início da reunião, o deputado Fahim Sawan (PSDB) lembrou o Dia de Combate ao Fumo, comemorado nesta quarta. Ele ressaltou que existem hoje muitos métodos para quem quer parar de fumar e informou que 5 milhões de pessoas morrem por ano, no mundo, por causa do cigarro. O deputado informou ainda que as três principais causas de doenças são o cigarro, o consumo de álcool, e o fumo passivo.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 29, 2007

    AGORA É OFICIAL: a partida entre BRASIL E ARGENTINA pelas eliminatórias da COPA DO MUNDO de 2014 será no Mineirão, aqui em Belo Horizonte.









                            Minas recebe sinal positivo da Fifa para sediar jogos da Copa

     











    Wellington Pedro/Imprensa MG
     

    O governador de Minas Gerais, Aécio Neves, recebeu, nesta terça-feira (28), em Belo Horizonte, integrantes da Comissão de Inspeção da Federação Internacional de Futebol (Fifa), que está no Brasil para avaliar as cidades-candidatas à sede da Copa do Mundo de 2014. Após visita técnica ao estádio Magalhães Pinto (Mineirão), o governador obteve do chairman da Fifa, Hugo Salcedo, sinal positivo de que Minas Gerais poderá receber jogos da Copa do Mundo de 2014, caso o Brasil seja escolhido como país-sede do mundial. Aécio Neves também recebeu, do presidente Ricardo Teixeira, a confirmação de que o Mineirão vai sediar, no ano que vem, a partida Brasil x Argentina pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010.

    "Estou muito confiante de que a visita dos membros dessa comissão da Fifa pode deixar uma ótima impressão do Estado que cresce na sua economia bem mais do que cresce o Brasil e tem diversificado as oportunidades para sua gente e que tem uma enorme tradição futebolística. Espero que saiam daqui com uma ótima impressão em relação a Minas Gerais", afirmou o governador, em entrevista.
    Após o encontro, Aécio Neves ressaltou que Minas está recebendo investimentos para se tornar uma potencial sede dos jogos e será o primeiro estado brasileiro a adequar seu principal estádio para receber um mundial de futebol. O anúncio do país sede da Copa do Mundo de 2014 será realizado em Paris, em outubro do ano que vem.
    "Minas se prepara para ser o primeiro estado brasileiro a ter seu estádio em condições adequadas de sediar os jogos da Copa do Mundo de 2014. Assim como temos sediados jogos das eliminatórias, queremos a próxima Copa do Mundo. Quero que o Mineirão seja o estádio brasileiro em melhores condições de receber não apenas os jogos da Copa do Mundo, mas de receber outros eventos e de receber jogos de qualquer nível". disse.
    Complexo esportivo
    Segundo ele, os investimentos que o Estado tem feito na área de infra-estrutura viária, hoteleira, segurança e hospitalar credenciam Minas a receber competições de nível internacional. Além disso, Aécio Neves destacou que o projeto de modernização dos estádios Mineirão e Mineirinho, localizados às margens da Lagoa da Pampulha, vai criar um amplo complexo esportivo em Belo Horizonte.
    "Os investimentos feitos já justificam que Minas seja uma sede importante, mas vamos fazer ainda, ao longo dos próximos três anos, uma série de investimentos importantes no complexo Mineirão e Mineirinho para transformá-lo, repito, no primeiro complexo, e no caso do Mineirão, no primeiro estádio brasileiro em condições de sediar jogos da Copa do Mundo", afirmou.
    Aécio Neves recebeu, no Palácio da Liberdade (foto), a Comissão de Inspeção da Fifa, e o presidente da CBF, ao lado do secretário de Estado de Esportes e da Juventude, Gustavo Corrêa, e de dirigentes dos principais clubes mineiros. No encontro, o governador apresentou oficialmente a candidatura de Minas Gerais. Um vídeo apresentado aos convidados mostrou que o Estado dispõe de infra-estrutura adequada para receber jogos internacionais, tem atrativos culturais e tradição esportiva.
    Aécio Neves também apresentou o projeto de reforma do Mineirão e os Cadernos de Encargos de Minas Gerais apresentados à CBF. Ele recebeu do chairman da Fifa um distintivo da instituição e retribuiu a ele com uma peça do artesanato do Vale do Jequitinhonha.
    Conforto e segurança
    No Mineirão, Aécio Neves e a comitiva visitaram as instalações internas, arquibancadas e o gramado. Eles sobrevoaram de helicóptero a região do entorno do estádio que também deve ser readequada. Pelo projeto em estudo, o governo do Estado pretende buscar parceiros no setor privado para ampliar a arquibancada e a cobertura do estádio e rebaixar o gramado, permitindo mais conforto e segurança aos torcedores.
    Também propõe melhorias para o entorno do estádio, onde estão previstos novos estacionamentos e a criação de espaços para atividades destinadas aos setores social e comercial. Uma proposta de projeto para a reforma dos estádios está sendo elaborada pela equipe responsável pela modernização do estádio de Wembley, na Inglaterra.
    "Queremos um projeto definitivo para esta região com as preocupações ambientais naturais e, sobretudo, buscando desenvolver esta região. Apresentaremos um projeto de utilização inclusive de parte do espaço em torno do Mineirão para investimentos comerciais que possam permitir também usos alternativos, não apenas ao estádio, mas a essa região. É uma região de altíssimo poder aquisitivo, o que nos dá uma segurança de que teremos importantes interessados", afirmou o governador.
    A comitiva da Fifa ainda levantou informações sobre o estádio, os locais de treinamento, hotéis, aeroportos, transporte e instalações médico-hospitalares e ainda visitaram as instalações do Expominas, o Centro de Treinamento do Cruzeiro (Toca da Raposa II) e o Centro de Treinamento do Atlético (Cidade do Galo). Sobre a visita a Belo Horizonte, Hugo Salcedo afirmou que a impressão foi positiva. "Queríamos conhecer esse estado e agradecemos toda a boa recepção. A primeira impressão que tivemos de Minas Gerais é muito boa e muito positiva", disse.
    A comitiva da Fifa é composta pelo chairman Hugo Salcedo, por Jaime Biron, responsável pela avaliação da rede hoteleira e da infra-estrutura de transportes; Walter Gagg, que avalia os estádios e as condições de segurança; além de Jorge Batista, responsável pela imprensa, e o secretário-geral da comitiva Jaime Yarza. Também estiveram presentes o secretário de Estado de Esportes e Juventude, Gustavo Correa, e o presidente da CBF, Ricardo Teixeira.
    Eliminatórias
    Durante a visita, o presidente da CBF confirmou que a partida entre Brasil e Argentina, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010 será realizada no Mineirão, no próximo ano. Será a segunda vez consecutiva que o clássico, válido por eliminatórias, será disputado em Minas Gerais. Em 2004, o Brasil venceu a Argentina por 3 a 1, no Mineirão.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 29, 2007

    De olho na poluição que as mineradoras provocam em Congonhas. A Comissão de Meio Ambiente da Assembléia de Minas aprovou requerimento do deputado Wander Borges, do PSB, para a realizada de Audiência Pública para avaliar situação. Confira outras decisões sobre o meio ambiente tomadas hoje pela Comissão.

    A Comissão de Meio Ambiente e Recursos Naturais da Assembléia Legislativa de Minas Gerais discutirá, em audiência pública, os problemas relacionados com a poluição atmosférica em Congonhas, causada pela poeira gerada com o transporte de minério na região. Os deputados querem colher sugestões de como reduzir os impactos dessa atividade. O requerimento para realização da audiência, do deputado Wander Borges (PSB), foi aprovado na reunião da comissão desta quarta-feira (29/8/07). Segundo notícias veiculadas pela imprensa, destaca o parlamentar, a exploração mineral seria feita pela Companhia Siderúrgica Nacional, Companhia de Fomento Mineral e Participações e Vale do Rio Doce. A data do debate ainda será agendada.
    Outro requerimento aprovado, do deputado João Leite (PSDB), trata de audiência pública para debater o projeto de construção de barragem no rio Preto, em São Gonçalo do Rio Preto, e os impactos socioambientais do empreendimento. A audiência atende a uma solicitação dos vereadores do município, que estão preocupados com possíveis danos à flora e à fauna e às praias de água doce hoje localizadas abaixo do local da barragem.
    Rola Moça e Calçada - Os deputados da comissão vão solicitar, ainda, ao Instituto Estadual de Florestas (IEF) a realização de estudos técnicos e a delimitação cartográfica (memorial descritivo) da Serra da Calçada. Requerimento nesse sentido também foi aprovado. Esse trabalho contribuirá para subsidiar a análise, pela Comissão de Meio Ambiente, do Projeto de Lei (PL) 1.304/07. De autoria do deputado Délio Malheiros (PV), a proposição integra a Serra da Calçada ao Parque Estadual da Serra do Rola-Moça. Esse projeto foi anexado ao PL 124/07, do deputado Ivair Nogueira (PMDB), que pretende alterar as dimensões e limites do Rola-Moça, diminuindo em 6,5% a área do parque.
    Também foram lidos requerimentos, a serem votados na próxima reunião, que tratam de audiências públicas para discutir o zoneamento ecológico e econômico do Estado e suas influências no Plano Diretor Metropolitano (do deputado Wander Borges); e o Pacto Verde ou Pacto pela Sustentabilidade, proposto pela Associação Mineira de Silvicultura, que se refere ao consumo, pelas empresas do setor, de árvores procedentes exclusivamente de florestas plantadas (do deputado Dalmo Ribeiro Silva, do PSDB).Presenças - Deputados Sávio Souza Cruz (PMDB), Fábio Avelar (PSC), Ronaldo Magalhães (PSDB), Wander Borges (PSB) e Rômulo Veneroso (PV).




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 28, 2007

    TV DIGITAL chega em dezembro. Ministro Hélio Costa anuncia que os paulistas serão os primeiros brasileiros a poder assistir TV pelo celular.

    O Brasileiro vai assistir à TV pelo aparelho celular a partir de dezembro. O anúncio é do ministro das Comunicações, Hélio Costa.
    No final do ano, quando começam as transmissões de TV Digital no Brasil, os paulistanos poderão assistir ao desenho do Bob Esponja no celular. Na última semana, durante evento do qual participou em São Paulo, o ministro das Comunicações, Hélio Costa, mostrou um aparelho japonês que recebia um sinal digital transmitido pela Globo de dentro de um elevador.
    São três os aspectos importantes do sistema de TV Digital adotado pelo Brasil: mobilidade, podendo ser assistida em trânsito no carro ou no ônibus; a portabilidade, estando disponível na tela do celular; a interatividade, o usuário poderá definir suas preferências quanto a programação e fazer uso de serviços disponibilizados pelas emissoras de TV. Com os recursos da TV Digital disponíveis no celular, o usuário poderá interagir com a programação de uma emissora. Além de acompanhar a transmissão ao vivo, será possível, por exemplo, assistir a uma novela acessando informações sobre os personagens sobre ou o resumo do capítulo anterior, ou ainda, ver os melhores momentos de uma partida de futebol.
    O telespectador também poderá comprar os produtos relacionados ao programa a que está assistindo. “O sonho virou realidade, disse Helio Costa sobre o sistema NipoBrasileiro de TV Digital que, ao longo de 2008, vai estar disponível para todo o Brasil”.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 28, 2007

    TRAGÉDIA na Cadeia de Ponte Nova, onde morreram queimados 25 presos este mês. Comissão de Direitos Humanos vaio amanhã à cidade em busca de esclarecimentos. Será feita Audiência Pública, às 13 horas, na Câmara Muncipal de Ponte Nopva. O secretário de Defesa Social, Maurício Campos confirmou presença. Confira detalhes!

    A Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa de Minas Gerais estará em Ponte Nova, na Zona da Mata, nesta quarta-feira para debater, em audiência pública, a situação da guarda dos presos na cadeia pública da cidade e obter esclarecimentos sobre a morte de 25 detentos, após rebelião e incêndio ocorridos na madrugada do último dia 23. A audiência, solicitada pelos deputados Luiz Tadeu Leite (PMDB) e Ruy Muniz (DEM), será na Câmara Municipal de Ponte Nova (Av. Dr. Cristiano de Freitas Castro, 74), às 13 horas, e terá a participação do secretário de Estado de Defesa Social, Maurício de Oliveira Campos Júnior, que já confirmou presença.
    Para o deputado Luiz Tadeu Leite, nesta quarta-feira os deputados terão a oportunidade de debater com o secretário o atual sistema prisional do Estado. "Embora o nível de segurança do nosso sistema prisional seja bem confiável, precisamos estar atentos para que tragédias como essa não se repitam", afirmou. "A morte dos presos de Ponte Nova é a segunda maior tragédia do sistema prisional registrada no Brasil, perdendo apenas para a do Carandiru", continuou o deputado. Ele alertou ainda para a necessidade de transferência do controle das unidades prisionais para a Secretaria de Defesa Social. A cadeia de Ponte Nova é uma das que ainda estão sob a responsabilidade de policias civis e militares.
    Na reunião da Comissão de Direitos Humanos da última quinta-feira (23), o presidente da comissão, deputado Durval Ângelo (PT), afirmou que em maio, na última das três visitas da comissão à cadeia, os presos apresentaram denúncias de superlotação e ameaças de morte e, em outro encontro, familiares dos detentos alertaram sobre os perigos da guerra entre gangues dentro e fora da cadeia. O deputado Ruy Muniz lembrou também a importância de os familiares dos presos acompanharem periodicamente a situação das cadeias e cobrarem do Estado as providências necessárias.
    Convidados - Além do secretário de Defesa Social, foram convidados para a reunião de Ponte Nova o subsecretário de Administração Prisional da Secretaria de Estado de Defesa Social, Genilson Ribeiro Zaferino; o chefe da Polícia Civil, Marco Antônio Monteiro Castro; e o delegado de Polícia da Cadeia Pública da Comarca de Ponte Nova, Wanderley José Miranda
    .


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 28, 2007

    TELEFONES ESPECIAIS, com teclado de texto. Ação do ministro Hélio Costa vai beneficiar cerca de 800 Instituições, que cuidam de deficientes auditivos, em todo o País.

     

    Deficientes auditivos serão
    primeiros beneficiados pelo Fust

    Programa acaba de ser ratificado pela Anatel. Recursos serão
    utilizados para implantar terminais telefônicos especiais

     Cerca de 800 instituições de apoio a deficientes auditivos serão as pioneiras na utilização dos recursos do Fust (Fundo para a Universalização dos Serviços de Telecomunicações). Elaborado pelo Ministério das Comunicações, o programa vai fornecer equipamentos terminais – os chamados TDDs – e isentar as instituições do pagamento da assinatura básica.
    O termo de obrigação que viabiliza a utilização dos recursos no projeto foi aprovado pelo Conselho Diretor da Anatel. “Trata-se de uma grande vitória para o Ministério das Comunicações. Só agora, oito anos após a instituição do Fust, conseguimos utilizar os recursos. O Plano de Metas inclui outros oito projetos. Estamos trabalhando para concretizá-los também”, comemora o ministro Hélio Costa.
    Os recursos serão aplicados pela Anatel e vão atender às instituições durante cinco anos. Este ano, o orçamento federal destinou R$ 7 milhões para projetos de universalização. Os beneficiados foram escolhidos pela Coordenação Nacional para a Integração da Pessoa Portadora de Deficiência da Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República (CORDE/SEDH). Até dezembro, cerca de 200 instituições serão atendidas. 
    Telefones especiais
    Os TDDs, também chamados telefones de texto, trazem um teclado para permitir que os deficientes auditivos se comuniquem normalmente

    .

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 28, 2007

    HOJE na Assembléia Legislativa de Minas.








    Constituição e Justiça analisa hoje (28) projeto que vincula servidores designados da Educação a regime previdenciário

    A Comissão de Constituição e Justiça reúne-se hoje (28), a partir das 9h30, para emitir parecer sobre o Projeto de Lei Complementar (PLC) 27/07, do governador, que institui a Unidade de Gestão Previdenciária Integrada (Ugeprevi) e o Conselho Estadual de Previdência do Estado de Minas Gerais. O projeto, que tem causado polêmica entre servidores civis e militares do Estado, propõe, entre outras coisas, a vinculação dos servidores designados da Educação e os de função pública ao novo regime previdenciário. O relator, deputado Neider Moreira (PPS), reuniu-se com representantes do Ipsemg e da Seplag na terça-feira passada (21) e afirmou que vai apresentar um substitutivo na comissão para preservar o Ipsemg e do IPSM.Constituição e Justiça reúne-se hoje (28), a partir das 9h30, para emitir parecer sobre o Projeto de Lei Complementar (PLC) 27/07, do governador, que institui a Unidade de Gestão Previdenciária Integrada (Ugeprevi) e o Conselho Estadual de Previdência do Estado de Minas Gerais. O projeto, que tem causado polêmica entre servidores civis e militares do Estado, propõe, entre outras coisas, a vinculação dos servidores designados da Educação e os de função pública ao novo regime previdenciário. O relator, deputado Neider Moreira (PPS), reuniu-se com representantes do Ipsemg e da Seplag na terça-feira passada (21) e afirmou que vai apresentar um substitutivo na comissão para preservar o Ipsemg e do IPSM.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 27, 2007

    Programa "TIM Estado de Minas Gerais Escritores" leva frei BETO a Barbacena. Será amanhã, dia 28 na Escola Agrotécnica Federal. Notícia vem do site www.barbacenaonline.com.br. (Vale conferir!).













    O programa “Tim Estado de Minas Grandes Escritores” traz a Barbacena, no dia 28 de agosto, o escritor Frei Betto. O evento, marcado para 19h30, na Escola Agrotécnica Federal, com entrada franca, é continuidade da iniciativa de tornar conhecidos os grandes nomes da literatura contemporânea e incentivar a leitura. O programa já trouxe a Barbacena outros escritores como Nelson Motta, Ziraldo e Alcione Araújo.

    Prêmios literários e condecorações: sempre presentes na biografia do escritor
    Autor de 53 livros, editados no Brasil e no exterior, Frei Betto nasceu em Belo Horizonte e estudou jornalismo, antropologia, filosofia e teologia. Frade dominicano e escritor, ele ganhou em 1982 o Jabuti, principal prêmio literário do Brasil, concedido pela Câmara Brasileira do Livro, por seu livro de memórias Batismo de Sangue.


    Divulgação









    Frei Betto estará em Barbacena dia 28, terça-feira, no auditório da Escola Agrotécnica Federal






    No mesmo ano foi eleito Intelectual do Ano pelos escritores filiados à União Brasileira de Escritores, que lhe deram o prêmio Juca Pato por sua obra “Fidel e a religião”.
    Seu livro A noite em que Jesus nasceu ganhou o prêmio de "Melhor Obra Infanto-Juvenil" de 1998, concedido pela Associação Paulista de Críticos de Arte. Em 2005, o júri da Câmara Brasileira do Livro premiou-o mais uma vez com o Jabuti, agora na categoria Crônicas e Contos, pela obra “Típicos Tipos – perfis literários”.

    Destaque também na atuação política

    Frei Betto foi coordenador da Articulação Nacional de Movimentos Populares e Sindicais, participou da fundação da Central Única dos Trabalhadores e da Central de Movimentos Populares. Prestou assessoria à Pastoral Operária do ABC (São Paulo), ao Instituto Cidadania (São Paulo) e às Comunidades Eclesiais de Base (CEBs). Foi também consultor do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Em 2003 e 2004 atuou como Assessor Especial do Presidente da República e coordenador de Mobilização Social do Programa Fome Zero. Seus livros mais recentes são "A mosca azul – reflexão sobre o poder" e "Calendário do poder".
    Em 1987, Frei Betto recebeu o prêmio de Direitos Humanos da Fundação Bruno Kreisky, em Viena. Em 1990, ganhou o prêmio Dom Oscar Romero da Fundação Georg Fritze, concedido por Igrejas protestantes da Alemanha. Ele integrou, por cinco anos (1991-1996), o conselho da Fundação Sueca de Direitos Humanos. Em 1996, recebeu o Troféu Sucesso Mineiro, da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte. Na Itália, foi a primeira personalidade brasileira a receber o prêmio Paolo E. Borsellino por seu trabalho em prol dos Direitos Humanos.
    Em 1998 Frei Betto foi homenageado com o Prêmio CREA/RJ de Meio Ambiente, e ganhou a Medalha Chico Mendes de Resistência, concedida pelo Grupo Tortura Nunca Mais. Prêmio Jabuti, ano 2000, pela obra coletiva Mysterium Creationes - Um olhar interdisciplinar sobre o Universo. No mesmo ano, recebeu do governo de Cuba a Medalha da Solidariedade e dos Conselhos de Psicologia do Brasil o Troféu Paulo Freire de Compromisso Social/2000. Recebeu, em 2004, a “Ordem do Mérito Ministério Público do Distrito Federal e Territórios”. Em 2005, numa iniciativa da UNESCO, Associação Brasileira de Imprensa e jornal Folha Dirigida foi eleito uma das 13 “Personalidades Cidadania 2005”. Em 2006 recebeu do Instituto Cidadão a Medalha do Mérito Dom Helder Câmara em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à Nação, na preservação e fiscalização da gestão pública moral e legal.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 27, 2007

    Presidente do Tribunal de Justiça de Minas, desembargador Orlando Adão de Carvalho, vai à Assembléia amanhã, às 10 horas, para detalhar projeto sobre a Organização Judiciária do Estado. Será no Salão Nobre do Palácio da Inconfidência, sede do Poder Legislativo.

    Representantes do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) reúnem-se nesta terça-feira (28/8/07) com os membros da Mesa e do Colégio de Líderes da Assembléia Legislativa de Minas Gerais para tratar do Projeto de Lei Complementar (PLC) 26/07, que atualiza a organização judiciária do Estado. A reunião será às 10 horas, no Salão Nobre da ALMG, e o presidente do TJMG, desembargador Orlando Adão de Carvalho, é esperado para explicar os pontos principais do PLC 26/07.
    O projeto foi encaminhado à ALMG em julho e já tem relator nomeado na Comissão de Constituição e Justiça (deputado Dalmo Ribeiro Silva, do PSDB). Ele deve passar ainda pelas Comissões de Administração Pública e de Fiscalização Financeira e Orçamentária antes de ir a votação em Plenário em 1o turno.
    Com 53 artigos, o PLC 26/07 promove diversas alterações na estrutura do Poder Judiciário estadual. O texto original prevê a criação de 210 cargos de juiz para atuar nas 210 novas varas que se pretende criar. O projeto também estabelece novo critério de classificação das comarcas de entrância especial. O objetivo é enquadrar nessa categoria as comarcas dos municípios com mais de 250 mil habitantes (Belo Horizonte, Betim, Contagem, Governador Valadares, Ipatinga, Juiz de Fora, Montes Claros, Ribeirão das Neves, Sete Lagoas, Uberaba e Uberlândia).
    Seriam criadas as comarcas de Juatuba (Região Metropolitana de Belo Horizonte) e Fronteira (Triângulo). O texto não prevê a extinção de comarcas e varas ociosas, ao contrário da proposta anterior de reorganização judiciária (PLC 87/06, arquivado ao final da legislatura passada). O PLC 26/07 também prevê a extinção das circunscrições judiciárias metropolitanas de Belo Horizonte e do Vale do Aço, onde todas as comarcas são classificadas como de entrância especial, independentemente da população. Além disso, divide o Estado em quatro circunscrições judiciárias militares.
    Outra novidade proposta pelo PLC 26/07 é a criação do Sistema de Juizados Especiais, em que uma única secretaria poderá atender até três juízes, permitindo melhor aproveitamento de recursos humanos. O TJMG também pretende criar o Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher em Belo Horizonte. Outra alteração proposta é a vinculação das varas do idoso às da infância e juventude.
    Na última quinta-feira (23), o presidente da ALMG, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), recebeu representantes da Associação dos Magistrados Mineiros (Amagis), que apresentaram uma pauta de reivindicações. Eles defendem que o PLC 26/07 contemple a ampliação do número de comarcas de entrância especial, o pagamento de diárias e despesas de transporte para juízes, a criação de gratificação por acúmulo de atribuições e a garantia de assessores para todos os magistrados.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 27, 2007

    O ministro CARLOS MÁRIO VELOSO almoçava neste domingo no Restaurante do Porto no bairro de Lourdes aqui em BH. Aproveitamos para conversar com ele sobre a vida profissional, as novas tecnologias à disposição pela Internet e o novo mundo que se abre para quem já se aposentou como ele - compulsoriamnte aos 70 anos pelo STF - mas que continua a atuar com pleno vigor intelectual na área advocatícia. Foi uma conversa e tanto, que compartilho com você, que nos prestigia lendo nosso BLOG DE NOTÍCIAS.


    O ministro CARLOS MÁRIO VELOSO - um simpático mineiro nascido em Entre Rios de Minas, perto de São João del Rey - estava acompanhado da filha, Maria Rita e do marido dela e  um casal de filhos.
    Eu e minha mulher, a decoradora Cida Amaral, fomos cumprimentá-los, no final do almoço - que na verdade parecia um jantar - no excelente Restaurante do Porto na rua Espírito Santo em Lourdes. Eram quase 17 horas. 

    Relembramos os tempos, em que eu como repórter da Rede Globo e ele como presidente do TSE, implantou com ousadia, o sistema de votação e apuração eletrônica de votos - e o entrevistamos várias vezes. Elogiei a decisão dele de continuar a emprestar seu saber jurídico, agora como advogado, atuando em Brasília e aqui em BH. O ministro se aposentou pelo STF pela compulsória - ao fazer 70 anos de idade.

    Do Restaurante do Porto ele estava de saída  para pegar a mala e seguir para Brasília no vôo de 20:30, saindo de Confins. Destacou que com Linha Verde, quase pronta, chegar ao Aeroporto presidente Tancredo Neves está ficando a cada dia mais rápido.

    Falamos sobre  neurociência. Ele revelou que que para manter a memória afiada se dedica todas manhãs a estudar inglês, memorizar novas palavras. Concordei com ele, que é um ótimo exercício, que promove a chamada neuróbica - um exercício das conexões cerebrais. Eu o ministro concordamos também que ler é outro exercício extraordinário para nos manter com uma memória " na ponta dos cascos", como se diz na roça. Afinal, completei :  LÍDERES SÃO LEITORES.

    Falei sobre nosso BLOG DE NOTÍCIAS e o do crescimento do número de leitores pela Internet.( vamos ultrapasar os 500 mil acessos, até meados de outubro).Disse ao ministro Carlos Veloso, que muitos colegas dele de Direito, como o juiz aposentado e atualmente advogado de empresas, dr. Expedito Euzébio da Silva,(o ministro elogiou o dr. Expedito por sua competência), estão lincados com nosso BLOG, aqui e fora do País,(caso do diplomata João Batista Rosa, Embaixador do Brasil em Guiné Bissau e Trindade Cançado da Corte Interamericana de Direitos Humanos na Costa Rica, só para citar dois exemplos).Tudo graças ao empenho do dr. Expedito, que passa E-mails para seus 250 colegas formados pela Faculdade de Direito da UFMG anunciando que nosso BLOG dá cobertura aos eventos da turma, como fizemos no final do ano passado, quando completaram 35 anos de formados.

    Nos despedimos e ele me chamou de JC - como costuma chamar o neto dele - o João Carlos - um rapaz de 16 anos de idade, que o ministro nos confessou torcer para que siga a carreira jurídica como o avô! Brinquei: todos nós pais fazemos assim. Mas, nem sempre conseguimos nosso intento. Citei meu caso. Sou jornalista, mas dos meus três filhos - dois rapazes e uma moça - nenhum fez jornalismo. Júlio César é Engenheiro de Sofware formado pela PUC. Trabalha na área de Tecnologia da Informação da OI, aqui em BH. O Eduardo formou-se em publicidade no UNI-BH - o mais próximo da minha área de Humanas - ( trabalha na BIG Grandes Idéias) e a Natália começou o curso de Engenharia Ambientalo na FUMEC!

    Concordamos - eu e o ministro Carlos Veloso - que o fundamental é mesmo que sejam felizes na profissão que escolheram! Mas que se o JC seguisse a profissão do avô na área jurídica seria ótimo, ah isso seria! -  concordou o ministro Veloso. Rimos muito! E nos despedimos. Aproveitei e fiz um pedido ao ministro. Ele nos prometeu enviar artigos para nosso BLOG DE NOTÍCIAS.
    Fiquei muito honrado!

    EM TEMPO:
    Abaixo FOTO do arquivo do nosso BLOG DE NOTÍCIAS: o casal Arnando Oliveira/Aurinha e o ministro Carlos Mário Veloso, que prestigiou em julho de 2006, a solenidade de entregue do Título de Cidadão Honorário de BH ao editor jurídico Arnando Oliveira da Editora Del Rey.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 27, 2007

    Discussão do projeto "ICMS SOLIDÁRIO" do deputado Dinis Pinheiro será em duas cidades do interior esta semana. Em Governador valadares e Itajubá.

                         Ituiutaba, Valadares e Itajubá recebem a ALMG nesta semana

    Na semana de 27 a 31 de agosto, nove reuniões com convidados estão previstas na agenda da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, sendo uma delas em Ituiutaba, no Triângulo Mineiro. Outras duas cidades recebem os deputados: Governador Valadares e Itajubá, onde acontecerão dois encontros regionais do Fórum Técnico ICMS Solidário.

    As comissões de Saúde e de Educação, Ciência, Tecnologia e Informática realizam uma reunião em conjunto nesta terça-feira (28), às 10 horas, no Auditório, para debater o Projeto de Lei (PL) 898/07, do deputado Délio Malheiros (PV), que proíbe a venda de frituras, salgadinhos, refrigerantes e outros produtos nas escolas mineiras. Os secretários de Estado de Saúde, Marcus Pestana, e de Educação, Vanessa Guimarães Pinto, entre outros especialistas das áreas de saúde e educação, estão entre os convidados. O autor do requerimento para a reunião é do próprio autor do projeto

    No mesmo dia, a Comissão de Administração Pública debate com convidados o credenciamento de clínicas de psicologia e medicina de trânsito junto ao Detran. O deputado Ademir Lucas (PSDB) é o autor do requerimento. A reunião acontece às 14h30, no Auditório.

    Na quarta-feira (29), quatro reuniões com convidados estão agendadas. A primeira será às 9h15, no Plenarinho I. A Comissão de Saúde quer apurar denúncia de que unidades da Fhemig, do Ipsemg e das unidades de oncologia do SUS estariam utilizando medicamentos importados ineficazes para o tratamento de câncer. O deputado Carlos Mosconi (PSDB) foi quem pediu a reunião.

    Às 9h30, a Comissão de Segurança Pública visita, a requerimento do seu presidente, deputado Sargento Rodrigues (PDT), um terreno do Instituto de Previdência Social dos Militares de Minas Gerais (IPSM). O objetivo é conferir a denúncia de que o local (rua dos Paraguaios, 97 - bairro Jardim Vitória, em Belo Horizonte) estaria sendo utilizado como esconderijo de bandidos e para o desmonte de veículos.

    Atendendo a requerimento dos deputados Antônio Júlio (PMDB) e Lafayette de Andrada (PSDB), a Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária discute com autoridades do setor ambiental o Decreto 44.309, de 2006, que estabelece, entre outras providências, normas para o licenciamento ambiental e a autorização ambiental de funcionamento. A audiência será no Plenarinho II, às 15 horas.

    Já no Plenarinho I, às 15h30, acontece a reunião da Comissão de Trabalho, da Previdência e da Ação Social, cujo objetivo é discutir formas de incentivo ao voluntariado no Estado. O requerimento é da deputada Rosângela Reis (PV).

    Três reuniões com convidados na Assembléia acontecem na quinta-feira (30). A Comissão de Turismo, Indústria, Comércio e Cooperativismo pretende ouvir diversas autoridades, entre elas o secretários de Estado de Desenvolvimento Econômico, Márcio Araújo de Lacerda, e de Fazenda, Simão Cirineu Dias, sobre a proibição da apropriação e transferência de créditos relativos a impostos incluídos no Simples Nacional. O autor do requerimento é o deputado Vanderlei Miranda (PMDB).

    Já a Comissão de Saúde debate os problemas enfrentados pelos municípios que não contam com médicos legislas. Na reunião, os deputados pretendem também esclarecer os motivos para a demora no atendimento de pedidos de autópsia feitos juntos à Polícia Civil. A reunião, a requerimento do deputado Ruy Muniz (DEM), será no Plenarinho I, às 10 horas.

    Ainda na quinta-feira, às 10 horas, a Comissão de Direitos Humanos estará em Ituiutaba para obter esclarecimentos sobre a atuação de milícias armadas em duas fazendas do município, que teriam ameaçado e agredido trabalhadores rurais sem-terra. O requerimento é do presidente da comissão, deputado Durval Ângelo (PT).

    ICMS Solidário - O Fórum Técnico ICMS Solidário, realizado pela Assembléia Legislativa, terá mais dois encontros regionais nesta semana. O primeiro será em Governador Valadares, Às 8h30. O segundo acontece em Itajubá, no mesmo horário. Os encontros têm o objetivo de colher subsídios para aprimorar o Projeto de Lei (PL) 637/07, do deputado Dinis Pinheiro (PSDB), que altera a Lei 13.803, de 2000, conhecida por Lei Robin Hood. A proposta modifica os critérios de distribuição do ICMS entre os municípios mineiros. O Fórum Técnico ICMS Solidário, realizado pela Assembléia Legislativa, terá mais dois encontros regionais nesta semana. O primeiro será em Governador Valadares, Às 8h30. O segundo acontece em Itajubá, no mesmo horário. Os encontros têm o objetivo de colher subsídios para aprimorar o Projeto de Lei (PL) 637/07, do deputado Dinis Pinheiro (PSDB), que altera a Lei 13.803, de 2000, conhecida por Lei Robin Hood. A proposta modifica os critérios de distribuição do ICMS entre os municípios mineiros.

    O centenário do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais será comemorado no Plenário, em Reunião Especial às 20 horas de quinta-feira. O requerimento é do deputado Lafayette de Andrada.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 26, 2007

    SUCESSÃO NA PREFIETURA DA CAPITAL.

    Ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, dá entrevista no Mundo Político da TV Assembléia, ancorado por Carlo Menezes. No meio político ele é considerado o candidato mais forte do PT à sucessão do prefeito Fernando Pimentel. Difícil vai ser convecê-lo a disputar. Os olhos do ministro Patrus estão focados em dois Palácios: o da Liberdade e/ou o do Planalto, em 2010. Decifra-me ou te devoro!!!

      


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 26, 2007

    Projeto do "ICMS SOLIDÁRIO" do deputado Dinis Pinheiro é discutido em Juiz de Fora. Prefeito Alberto Bejani apoia a aprovação do projeto: Juiz de Fora terá um aumento de receita de 3,53% - disse ele. O CURIOSO é que o prefeito de Matias Barbosa, vizinho de JF, Joaquim Assis Nascimento também a aapoia o projeto, mesmo com o munciípio dele podendo perder quase 11% de arrecadação de ICMS.Confira todos os detalhes que vieram do www.almg.gov.br

    Mais de cem pessoas de 44 municípios, entre elas 31 prefeitos, participaram do encontro regional do Fórum Técnico ICMS Solidário, realizado pela Assembléia Legislativa de Minas Gerais, nesta sexta-feira (24/8/07), no município de Juiz de Fora, Zona da Mata. Os encontros, que acontecem em todas as regiões do Estado, têm o objetivo de colher subsídios para aprimorar o Projeto de Lei (PL) 637/07, do deputado Dinis Pinheiro (PSDB), que altera a Lei 13.803, de 2000, conhecida por Lei Robin Hood. A proposta modifica os critérios de distribuição do ICMS entre os municípios mineiros.

    O prefeito de Juiz de Fora, Alberto Bejani, manifestou seu apoio ao projeto, argumentando que seu município terá um aumento de receita de 3,53%. "Mas engana-se quem pensa que os municípios maiores estão em uma posição tranqüila com relação às suas contas", ponderou. Segundo ele, Juiz de Fora tem uma arrecadação mensal de R$ 21 milhões, dos quais cerca de R$ 18 milhões estão comprometidos com a folha de pessoal. No mesmo sentido, o deputado Lafayette de Andrada (PSDB) argumentou que não existem municípios ricos. "O que existe é muita diferença de distribuição de renda. Os municípios mais ricos também estão com dificuldades para arcar com suas despesas", afirmou. Segundo ele, o PL 637 evidencia as injustiças do sistema tributário brasileiro.

    Prefeito que perderá recursos apóia projeto

    A proposição do deputado Dinis Pinheiro também foi defendida pelo prefeito de Matias Barbosa e presidente da Associação dos Municípios do Vale do Paraibuna (Ampar), Joaquim Assis Nascimento. O município que ele administra terá uma perda de 10,99%, mas, segundo o prefeito, Matias Barbosa tem uma receita crescente e poderá absorver a queda no repasse de recursos. A cidade vizinha de Juiz de Fora tem atraído empresas por meio de incentivos fiscais, apresentando uma movimentação financeira alta, o que resulta em uma receita per capita de R$ 56,39. Ele alertou, no entanto, para a situação dos municípios pequenos que perderão receita e terão sua sobrevivência comprometida. "É preciso estarmos atentos para não criarmos uma situação de dependência, com municípios-dormitórios, ao invés de promovermos a distribuição de renda", concluiu.

    Fundo - A preocupação do prefeito coincide com a do deputado Sebastião Helvécio (PDT) que anunciou, durante o encontro, que apresentará uma emenda ao projeto para criação do Fundo de Equalização do ICMS. A intenção, segundo ele, seria criar um mecanismo para impedir que um município perca 30% ou 40% de suas receitas de um ano para o outro. O fundo funcionaria para casos de emergência e, se os recursos não fossem usados durante o ano, seriam redistribuídos aos 853 municípios. "É preciso responsabilidade para partilhar o principal imposto que temos hoje. O ICMS é mais importante que o Imposto de Renda e o IPI", afirmou.A preocupação do prefeito coincide com a do deputado Sebastião Helvécio (PDT) que anunciou, durante o encontro, que apresentará uma emenda ao projeto para criação do Fundo de Equalização do ICMS. A intenção, segundo ele, seria criar um mecanismo para impedir que um município perca 30% ou 40% de suas receitas de um ano para o outro. O fundo funcionaria para casos de emergência e, se os recursos não fossem usados durante o ano, seriam redistribuídos aos 853 municípios. "É preciso responsabilidade para partilhar o principal imposto que temos hoje. O ICMS é mais importante que o Imposto de Renda e o IPI", afirmou.

    Municípios assumiram muitos encargos do Estado e da União

    O acúmulo de encargos assumidos pelas prefeituras em detrimento dos recursos oferecidos como compensação pela municipalização de serviços como saúde, educação e segurança também foi destacado pelo deputado João Leite (PSDB), que representou o presidente Alberto Pinto Coelho (PP) no encontro. Em seu discurso ele afirmou que os municípios têm hoje escassos recursos para o seu desenvolvimento, sobrevivendo principalmente das transferências do Estado e da União. "O PL 637 busca equilíbrio econômico e social", afirmou.

    Para a deputada Ana Maria Resende (PSDB), presidente da Frente Parlamentar em defesa do ICMS Solidário, o projeto beneficia os municípios mais pobres, porque eles têm menor movimentação financeira, podendo ser contemplados com o ICMS Solidário. Ela fez um apelo aos prefeitos e lideranças participantes do encontro para que se mobilizem e cobrem dos deputados a aprovação do projeto. O deputado Leonardo Moreira (DEM) acredita que o PL 637 é a matéria mais importante que tramita na Assembléia hoje. "Ninguém perde com o projeto. Se 762 municípios vão ser beneficiados, não há o que se discutir. O projeto prevê uma distribuição mais eqüitativa do ICMS e isso não significa perda para ninguém", argumentou.

    A deputada Maria Lúcia Mendonça (DEM) acredita que os debates sobre o ICMS Solidário representam um momento histórico para o Legislativo mineiro. "A Casa tem agora a oportunidade de votar um projeto para reduzir as desigualdades, dando condições de sobrevivência aos municípios que estão em grande dificuldade", afirmou. O deputado Vanderlei Jangrossi (PP) ressaltou a importância da participação das lideranças municipais para o aprimoramento do projeto e convocou os participantes do encontro para estarem em Belo Horizonte nos dias 2 e 3 de outubro, quando ocorrerá a etapa final do fórum.

    Os técnicos da Assembléia Legislativa, Hélio Ferreira Santos, e da Fundação João Pinheiro, Isabella Virgínia Freire Biondini, fizeram apresentações sobre a legislação que faz a distribuição do ICMS no Estado e simulações sobre a situação das regiões de Minas com a aprovação do projeto. Eles ainda deram explicações sobre os principais pontos do PL 637. A proposta original do PL 637/07 é distribuir, pelo critério do VAF, o mínimo determinado pela Constituição Federal, que é 75% - e não os 79,68% atuais. Assim, os 4,68% restantes serão distribuídos a partir de um novo critério, chamado ICMS solidário. Já os demais critérios não terão o índice alterado, mas serão separados em dois grupos, um relativo a critérios econômicos e outro a critérios sociais.

    Propostas - Em Juiz de Fora foram apresentadas várias propostas de alteração no projeto, entre elas, a de contemplar com 1% as políticas de esporte dentro do critério dos investimentos em educação, a de aumentar a porcentagem do critério meio ambiente, e até sugestões contrárias aos filtros previstos no projeto original.Em Juiz de Fora foram apresentadas várias propostas de alteração no projeto, entre elas, a de contemplar com 1% as políticas de esporte dentro do critério dos investimentos em educação, a de aumentar a porcentagem do critério meio ambiente, e até sugestões contrárias aos filtros previstos no projeto original.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 26, 2007

    Vice-prefeito de BH, Ronaldo Vasconcelos, é âncora do Programa "AÇÃO URBANA".

                                          UM NOVO ESPAÇO DE CIDADANIA NA TV MINEIRA

    "AÇÃO URBANA" este o nome do novo programa da TVC, canais 6 (NET) e 13 (Way) que tem como objetivo abrir espaço para a discussão dos entraves e soluções para o processo de crescimento de Belo Horizonte.

    Produzido pelo jornalista Raphael Andrade, o programa é pautado e apresentado pelo engenheiro, e vice-prefeito da capital, Ronaldo Vasconcellos (PV), conhecido não somente pela sua atuação política, como ex-vereador, deputado estadual e federal por vários mandatos mas, principalmente, pela sua postura como ambientalista, tendo sido um dos primeiros políticos mineiros a entenderem como essencial à defesa da causa do meio ambiente.

    Seguindo a linha de programação da grade da TVc, o programa é apresentado sempre às segundas, às 21h30, e tem reprises às terça (08h,30), quarta (12h,30), quinta (10 e 13h,30), sexta (17h,30), sábado (13h) e domingo (15h30).

    A COMUNICAÇÃO EM DEBATE

    Durante a próxima semana, (de 27/08 até 02/09), Ronaldo Vasconcellos recebe o presidente da Associação Mineira de Rádio e Televisão (AMIRT), o jornalista e radiodifusor Milton Lucca de Paula, um dos mais importantes e premiados profissionais da imprensa mineira. Em pauta, a importância do rádio e da TV como formadores de opinião. O atual momento da comunicação em BH e em Minas, o processo de digitalização dos meios e várias histórias do folclore do jornalismo mineiro.
    Maiores Informações
    Rapahel Andrade (9141-6150)
    Ricardo Camargos (9984-5746)
    e-mail: acaourbana@ambitoconsultoria.com.br


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 26, 2007

    Minas se prepara para entrar no circuito da Copa do Mundo de 2014. Alguns jogos poderão ser em BH.

        Técnicos da Fifa e da CBF vistoriam Mineirão e CTs
     

    O governador Aécio Neves receberá na próxima terça-feira (28 de agosto de 2007), às 10h15min, no Palácio da Liberdade, a comitiva de cinco técnicos da Fifa e sete executivos da CBF, responsáveis pela vistoria das instalações do Mineirão e dos CTs do Cruzeiro Esporte Clube (Toca da Raposa II) e do Clube Atlético Mineiro (Cidade do Galo). A vistoria é condição para a indicação de Belo Horizonte como sede de jogos da Copa do Mundo 2014.

    A comitiva, que contará com a presença do presidente da CBF e do Comitê de Candidatura Brasil 2014, Ricardo Teixeira, será acompanhada pelo Secretário de Estado de Esportes e da Juventude, Gustavo Corrêa, e o secretário-adjunto Rogério Romero.

    A equipe técnica visitará o Centro de Convenções Expominas, às 8h45min, e o Mineirão, às 11 horas, seguindo para o CT do Cruzeiro Esporte Clube (14h15min). Uma hora e meia após (15h45min), os técnicos vistoriarão CT do Clube Atlético Mineiro, em Vespasiano.

    Durante a visita, a comitiva levantará informações sobre o estádio, os locais de treinamento, acomodações e hotéis. Também serão realizados levantamentos sobre as instalações médico-hospitalares, capacidade dos aeroportos e condições de transporte de Belo Horizonte. A capital mineira é uma das 18 cidades indicadas pela Fifa como candidatas a abrigar os jogos.

    A comitiva da Fifa é composta pelo chairman Hugo Salcedo e por Jaime Biron, responsável pela avaliação da rede hoteleira e da infra-estrutura de transportes, Walter Gagg, responsável pela avaliação de estádios e condições de segurança, Jorge Batista e Jaime Yarza.

     “Minas Gerais já vem atendendo a todas as exigências da Fifa. Durante a inspeção não será diferente”, previu Gustavo Corrêa, lembrando que Belo Horizonte já foi considerada apta a sediar partidas das eliminatórias da Copa do Mundo. “No próximo ano, o Mineirão será novamente palco do clássico Brasil e Argentina”, explicou.

    O Brasil é o único candidato a sede da Copa 2014. Apenas 12 cidades serão escolhidas para sediar os jogos. Além de Belo Horizonte, postulam a indicação Belém, Brasília, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, Maceió, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Olinda, Rio Branco, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

     

     

     



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 26, 2007

    Presidente da Assembléia de Minas, deputado Alberto Pinto Coelho defende, em Vitória, Espírito Santo, o fortalecimento dos Parlamentos Estaduais.

     

                                   Presidentes de Assembléias se reúnem em Vitória

    O presidente da Assembléia Legislativa de Minas Gerais e do Colegiado de Presidentes de Assembléias Legislativas e da Câmara Distrital, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), defendeu, em Vitória (ES), na última sexta-feira (24/8/07), o fortalecimento dos parlamentos estaduais como forma de se restabelecer, em níveis de maior equilíbrio, o sistema de pesos e contrapesos que deve ser o alicerce da democracia representativa. Participaram da reunião do colegiado, realizada no Plenário da Assembléia Legislativa do Espírito Santo (Ales), presidentes dos parlamentos de 13 estados e deputados representando outros três, entre eles Alexandre Postal (RS), que é presidente da União dos Legislativos Estaduais (Unale).

    Os parlamentares foram recebidos pela presidente em exercício da Ales, deputada Luzia Toledo (ES). Ela afirmou que uma das principais discussões será sobre a padronização dos regimentos internos dos legislativos brasileiros. "O que se pretende é que, de certa forma, o regimento interno seja uniformizado para que todas as Assembléias tenham um mesmo instrumento", disse.

    O deputado Alberto Pinto Coelho ainda afirmou que na luta por um novo pacto federativo a meta final é modernizar o Estado, pois, segundo ele, "o Brasil ainda conserva uma relação entre União, Estados e Municípios que remete a épocas passadas, quando a centralização se impunha até como imperativo de garantia da unidade nacional."

    Ainda na sexta-feira, os participantes do evento foram recebidos e almoçaram no Palácio Anchieta, com o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, que destacou a importância do fortalecimento dos parlamentos estaduais. Além do presidente da ALMG, participaram os deputados mineiros Doutor Viana (DEM), 1º vice-presidente, José Henrique (PMDB), Bráulio Braz (PTB) e Tiago Ulisses (PV).

    Durante os trabalhos, os integrantes do colegiado discutiram a implantação do sistema digital e suas conseqüências nas TVs Assembléia;trabalhos realizados pelas Escolas do Legislativo; além da apresentação de um estudo comparativo, realizado pela ALMG, sobre os Regimentos Internos das Assembléias dos estados do Piauí, Amazonas, Paraná, Minas Gerais e da Câmara dos Deputados. 

    Presenças - Além dos citados na matéria, participaram também os seguintes presidentes de Assembléias Legislativas: deputados Belarmino Lins (AM); Domingos Filho (CE); Juvenil Nunes (PA); Arthur Cunha Lima (PB); Themístocles Filho (PI); Nelson Justus (PR); Mecias de Jesus (RR); Ulices Andrade (SE); Marcelo Nilo (BA); João Evangelista (MA); Vaz de Lima (SP). Também estiveram presentes os seguintes representantes: 2º-vice-presidente, Gilberto Palmares (RJ); e Joares Ponticelli (SC). Além dos citados na matéria, participaram também os seguintes presidentes de Assembléias Legislativas: deputados Belarmino Lins (AM); Domingos Filho (CE); Juvenil Nunes (PA); Arthur Cunha Lima (PB); Themístocles Filho (PI); Nelson Justus (PR); Mecias de Jesus (RR); Ulices Andrade (SE); Marcelo Nilo (BA); João Evangelista (MA); Vaz de Lima (SP). Também estiveram presentes os seguintes representantes: 2º-vice-presidente, Gilberto Palmares (RJ); e Joares Ponticelli (SC). trabalhos realizados pelas Escolas do Legislativo; além da apresentação de um estudo comparativo, realizado pela ALMG, sobre os Regimentos Internos das Assembléias dos estados do Piauí, Amazonas, Paraná, Minas Gerais e da Câmara dos Deputados. 

    Presenças - Além dos citados na matéria, participaram também os seguintes presidentes de Assembléias Legislativas: deputados Belarmino Lins (AM); Domingos Filho (CE); Juvenil Nunes (PA); Arthur Cunha Lima (PB); Themístocles Filho (PI); Nelson Justus (PR); Mecias de Jesus (RR); Ulices Andrade (SE); Marcelo Nilo (BA); João Evangelista (MA); Vaz de Lima (SP). Também estiveram presentes os seguintes representantes: 2º-vice-presidente, Gilberto Palmares (RJ); e Joares Ponticelli (SC). Além dos citados na matéria, participaram também os seguintes presidentes de Assembléias Legislativas: deputados Belarmino Lins (AM); Domingos Filho (CE); Juvenil Nunes (PA); Arthur Cunha Lima (PB); Themístocles Filho (PI); Nelson Justus (PR); Mecias de Jesus (RR); Ulices Andrade (SE); Marcelo Nilo (BA); João Evangelista (MA); Vaz de Lima (SP). Também estiveram presentes os seguintes representantes: 2º-vice-presidente, Gilberto Palmares (RJ); e Joares Ponticelli (SC).



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 26, 2007

    De olho no projeto da implantação do projeto de uma fábrica de acrílico em Ibirité na Região metropolitana de BH, próximo à Refinaria Gabriel Passos.









                                Aécio Neves discute investimentos da Petrobras em Minas

     









       

    Marcus Almeida/Divulgação Petrobr

    O governador Aécio Neves esteve reunido nesta sexta-feira (24), no Rio de Janeiro, com o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli (foto), para tratar dos investimentos da empresa em Minas Gerais. O governador levou a Gabrielli sua preocupação em relação ao atraso no projeto de implantação do complexo acrílico em Ibirité, na Grande Belo Horizonte, próximo à Refinaria Gabriel Passos (Regap). Ele também solicitou um posicionamento em relação aos outros projetos anunciados pela empresa no Estado.


    “O presidente da Petrobras confirmou o interesse em manter o projeto do complexo acrílico em Ibirité. Ele explicou que o programa está atrasado por razões técnicas, mas esse continua a ser um projeto estratégico para empresa”, disse Aécio Neves, após o encontro com Gabrielli.


    A Petrobrás informou ao governador que já deu início ao projeto de investimento de R$ 1,1 bilhão na Regap, em ações para a melhoria da qualidade do combustível produzido na refinaria. O prazo de implantação desse investimento é de 2008 a 2011.


    Bacia São Francisco


    Aécio Neves solicitou à diretoria da Petrobrás a antecipação do cronograma de prospecção de gás natural na Bacia São Francisco, trabalho que está previsto para acontecer entre 2010 e 2012. Nas próximas semanas deve ser assinado convênio para a instalação de uma usina de biodiesel em Montes Claros.


    Ao fim da reunião ficou acertado que será agendado um novo encontro nas próximas semanas, dessa vez em caráter mais técnico, para avaliar o andamento dos projetos e acertar novo cronograma.


    Também participaram da reunião o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Márcio Lacerda; o presidente da Gasmig, José Carlos de Matos. Por parte da Petrobras estavam, além do presidente da empresa, o diretor de Abastecimento, Paulo Roberto Costa; diretor de Exploração e Produção, Guilherme Estrella; e o diretor de Gás, Hilso Sauer.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 24, 2007

    Rádio Digital. O que pensa sobre o assunto o jornalista Hélio Costa, senador da República e ministro das Comunicações. As informações estão no site www.barbacenaonline.com.br













    O ministro das Comunicações, Hélio Costa (foto), afirmou na última quarta-feira, 22, que considera a adoção de um padrão misto para a tecnologia de rádio digital no Brasil. Segundo ele, o problema da adoção exclusiva do padrão europeu é que ele não tem a tecnologia para FM digital.
    Dessa forma, a alternativa seria a proposta mista de padrões, com o europeu para ondas curtas e o americano para ondas médias.

    Divulgação












    As emissoras de rádio deverão entregar, em setembro deste ano, seus relatórios finais com avaliação sobre o sistema de transmissão digital, conforme anunciou o ministro.
    No entanto, o governo não pode esperar muito tempo para decidir. “A minha pergunta oficial ao sistema europeu foi se eles estavam planejando neste ano de 2007, ou no máximo em 2008, ter um sistema de FM digital. Essa pergunta ainda não foi respondida. Eles não têm um projeto para integrar um sistema digital de FM no próximo ano”, observou Hélio Costa, durante evento realizado esta semana em São Paulo.
    Os testes para a propagação digital do rádio estão sendo feitos há dois anos em 23 capitais. A cada seis meses, segundo ele, as emissoras fazem relatórios parciais para a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que já preparou um documento sobre o assunto.
    Em outubro, o Ministério apresenta à Casa Civil e à Presidência da República as suas considerações sobre o rádio digital. “A partir daí, o presidente poderá, juntamente com assessores e ministros, escolher o padrão de transmissão digital”, explicou Hélio Costa.
    O ministro esclarece ainda que, aos interessados, é permitido fazer testes com o sistema europeu de rádio digital na praça de São Paulo, onde a propagação das ondas de rádio é mais fácil.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 24, 2007

    De olho nas ações do Consórcio Capim Branco Energia, presidido pelo economista Celso Castilho. Confira!

    CCBE E PREFEITURA FIRMAM COMPROMISSO

    PARA REVITALIZAR O BOSQUE JOHN KENNEDY



     



                Prefeito Marcos Alvim, ao lado do diretor-presidente Celso Castilho, no ato da assinatura

    Um termo de compromisso firmado entre a Prefeitura de Araguari e o Consórcio Capim Branco Energia, CCBE, vai possibilitar a revitalização do Parque Municipal Bosque John Kennedy. O compromisso foi assinado na manhã de hoje, em solenidade realizada no Palácio dos Ferroviários. Estavam presentes autoridades municipais e representantes da sociedade civil organizada. 

    Para a revitalização, o CCBE vai disponibilizar investimentos da ordem de R$ 500 mil. Também caberá ao Consórcio a contratação e gerenciamento da execução das obras e serviços, que consistirão na recuperação do calçamento externo e do estacionamento, na troca do alambrado e na reforma do parque infantil instalado no interior do Bosque.  Ao Município caberá o fornecimento do projeto executivo, da planilha de serviços a serem executados e das autorizações para as devidas intervenções na área.

    Cabe destacar que os recursos disponibilizados estavam inicialmente destinados à construção da futura sede da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Contudo foram relocados para a obra do Bosque, graças a entendimentos mantidos entre as partes. Segundo informações da prefeitura, a sede da secretaria será construída com os recursos do Fundo Municipal de Meio Ambiente. Também é bom ressaltar que dos R$ 500 mil destinados ao Bosque , R$ 30 mil serão aplicados na manutenção da área da voçorora, recuperada no Parque Municipal do Desamparo, conforme previamente acordado.     



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 24, 2007

    Secretário de Governo de Minas, ex-deputado federal, Danilo de Castro - mineiro de Dona Uezébia, perto de Viçosa na Zona da Mata - é o mais novo cidadão de Alto Rio Doce. A cidade fica a 250 kms de Belo Horizonte e a 53 de Barbacena.

                         A solenidade foi agora à noite na Câmara Municipal de Alto Rio Doce. O título foi concedido pelo prefeito e médico, Wilson Teixeira. Também receberam o Títulode Cidadania Honorária, o deputado Federal, Bonifácio Andrada, o Andradinha e o capitão Martins, chefe de segurança do vice-governador Antônio Augusto Anastasia. O jornalista Hugo Amaral, representou o prefeito de Desterro do Melo, Ruy Fernandes. Parabéns ao novos cidadãos riodocensenses.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 24, 2007

    Vale encher o tanque de álcool, recomenda o Siamig/Sindaçúcar, presidido pelo empresário Luiz Custódio Cotta Martins.


    ÁLCOOL COMBUSTÍVEL MAIS ECONÔMICO PARA O CONSUMIDOR


    Image 





    A previsão de aumento de quase 30% na safra de cana-de-açúcar em Minas Gerais este ano na comparação com 2006 tem contribuído para que a relação de preços do álcool combustível com a gasolina neste mês de agosto se situe em 64%, uma das mais baixas nos últimos quatro anos. Enquanto o álcool está com preço médio de R$ 1,52 na bomba, a gasolina situa-se em R$ 2,37 (preços médios da Agência Nacional do Petróleo), favorecendo significativamente o consumo do combustível renovável. O valor de R$ 1,52 do álcool este mês está também bem abaixo (16,4%) do preço médio de R$ 1,81 praticado no mesmo período do ano passado.
    De acordo com pesquisas científicas, o álcool combustível se torna viável quando a relação de preço com a gasolina fica abaixo de 70% (divisão do preço do álcool pelo da gasolina). Em agosto de 2004, essa relação estava em torno de 65%; em 2005 em 69%, no ano passado em 76% e este ano caiu para 64%. Em Belo Horizonte, essa relação é menor ainda ou 63,8%, em função do menor preço do álcool (R$ 1,496) na comparação com a gasolina (R$ 2,343).
    O presidente do Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool de Minas Gerais (Siamig/Sindaçúcar-MG), Luiz Custódio Cotta Martins, destaca que a significativa redução no preço do álcool combustível nesta safra para o consumidor mineiro tem sido possível em função da expansão do setor no estado nos últimos quatros anos, que elevou sua produção em 112,7%. Além de uma queda acentuada do preço do álcool na produção, que se encontra abaixo do custo.
    Em 2003, a produção de álcool situava-se em 799 milhões de litros para uma previsão atual de 1,7 bilhão de litros. Em julho deste ano, por exemplo, a produção de álcool alcançou os 753 milhões de litros frente aos 555 milhões de litros do mesmo período do ano passado (alta de 35%).




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 24, 2007

    LIVRO " CONEGUNDES - O OPERÁRIO DA LIBERDADE". Recomendo!

    Professor MANOEL CONEGUNDES lança HOJE em Barbacena seu livro "O OPERÁRIO DA LIBERDADE". Será às 19 horas no Palácio da Revolução Liberal - sede da Câmara Municipal.
    O livro revela a trajetória política de um dos mais inteligentes militantes pela redemocratização do País. Conegundes - que nasceu em Bananal na Paraíba - mas se radicou em Barbacena e mora hoje em Belo Horizonte - tem uma risada inconfundível, um humor constante e uma atuação política no PMDB, que mudou o cenário político de Barbacena nos anos 70 e 80 - à época dividido entre os Bias e os Andradas.
    Ele se elegeu deputado estadual e junto com outro professor, o Lídio Nusca, alavancou o PMDB - (o velho MDB) - que chegou pela primeira vez em mais de um século e meio à Prefeitura de Barbacena ( NUSCA prefeito). DETALHES: foi o começo de uma nova era para cidade, que fica a mais de 1.200 metros acima do nível do mar, no contraforte da Serra da Mantiqueira, aonde o escritor francês George Bernanos viveu e produziu muito de sua obra na casa do bairro Cruz das Almas, hoje Museu ( que precisa ser restaurado com urgência). O professor Manoel Conegundes foi o pioneiro na mudança politica de Barbacena.
    Depois o jornalista Hélio Costa - ex-repórter do Fantástico da Rede Globo - e hoje senador e ministro das Comunicações - ocupou com competência o espaço, se elegendo deputado federal, e quase, quase, por duas vezes, virou governador de Minas e chegou ao senado da República obtendo sempre para os cargos majoritários uma média de 3 milhões e meio de votos. ATUALMENTE, o poder político em Barbacena - onde Conegundes foi professor da Escola de Aeronática, Colégio Estadual prof. Soares Ferreira - se divide entre a tradicional família Andrada, que detém a Prefeitura e o senador Hélio Costa, ministro das Comunicações.
    DETALHE: por causa do nosso BLOG DE NOTÍCIAS, um ex-aluno do professor Manoel Conegundes, o Hércules de Carvalho Fornero que mora em São Paulo, nos mandou o E-mail abaixo.

    Prezado João Carlos,
    Procurava, sem saber porquê, informações sobre Manoel Conegundes, e para minha surpresa ele surge em suas matérias no Blog de Notícias.
    Estudei no Colégio Estadual Professor Soares Ferreira, em Barbacena, e tive um professor de matemática com esse nome. Eu gostaria de saber se estamos falando da mesma pessoa. ( SIM é ele mesmo, Hércules).
    Hoje estou com 60 anos, e ele foi meu professor no 2º ano (Ginasial daquela época), por volta dos anos 60.
    Tenho lembranças do mesmo, e gostaria de restabelecer contato, e poder prestar minha homenagem e agradecimentos pelos seus ensinamentos.
    Agradeço sua gentileza.
    Se quiser, pode disponibilizar meu e-mail para o mesmo, pois ficarei extramamente honrado em trocar mensagens com o ilustre professor.
    Abraços
    Hércules de Carvalho Fornero


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 24, 2007

    EM POLÍTICA é preciso dar uma no cravo e outra na ferradura!

    ESQUENTA a sucessão à Prefeitura de BH. Nome do ministro das Comunicações, senador Hélio Costa, é citado em todas as rodas políticas. Incomodou muita gente, principalmente os pretendentes a candidato no PT, o encontro do prefeito Fernando Pimentel com Hélio Costa, recentemente na inauguração de uma obra na capital. Na foto abaixo, este blogueiro e o ministro Hélio Costa, leitor diário do nosso BLOG DE NOTÍCIAS, que agora faz parte do clipping eletrônico do site do Ministério das Comunicações e da página do senador Hélio Costa na Internet.


                                                               
                                            Este Blogueiro e o ministro no gabinete dele em Brasília.
                               Sabe o que eu disse a ele: olha, ministro, nunca diga que não é candidato.
                                            Aí o sr. vai poder sentir quem é seu amigo e quem não é".
                               O ministro, com seu jeito discreto de barbacenense no trato político, 
                                                                  deu um apenas um sorriso!
                                         Uma reedição do famoso oráculo mitológico de Delfos, na Grécia:
                                                                " Decifra-me, ou te devoro"

                                         DETALHE: nosso feeling como repórter político foi: o ministro não disse, mas sentí que ele está de olho mesmo é nas eleições para governador de Minas em 2010. Afinal Hélio Costa passou raspando, por duas vezes, da cadeira do Palácio da Liberdade. Mas, como se diz em política: " se o cavalo passar arreado"...


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 24, 2007

    COISAS DA POLÍTICA mineira. Para LER e PENSAR na cama: " Bola de futebol é costurada de dentro para fora. Como na Política!

                                             Assembléia Metropolitana de Beagá sai do papel.
    Deputado Roberto Carvalho, mesmo sendo do PT, e o governo sendo tucano, conseguiu costurar com competência o acordo para votar e aprovar o projeto dele criando: uma Agência de Dsenvolvimento, Fundo Metropolitano e Conselho. Foi o maior avanço que o projeto metropolitano obteve, desde que foi criado pelo Regime Militar, nos anos 70.

    Com seu jeito sempre simpático e solícito, o deputado Roberto Carvalho, ex-militante sindical, deu muito trabalho nas negociações nos governos de Hélio Garcia e Newton Cardoso. Nós como repórter político da Globo e ele pela coordenação sindical. Aprendeu como comer a sopa quente pela beirada. Disse nos hoje, lá no Diamond Mall que foi ao vice-governador Antônio Anastasia, argumentou e obteve dele o sinal positivo para tocar o projeto.
    Argumentou sobre a necessidade de se criar uma Agência Metropolitana  e o decreto do governador Aécio Neves foi entregue no encerramento do Seminário da Região Metropolitana, realizado no plenário da Assembléria Legislativa.
    Reuniu os 34 prefeitos das cidades da Região Metropolitana, vereradores, lidernaças da região metropolitana.
    E mais: os secretários de Desenvolvimento Regional, Dilzon Melo;  de Governo, Danilo de Castro; de Meio Ambiente, José Carlos Carvalho;  de Planejamento e Gestão,Renata Vilhena; da Reforma Agrária ,Manoel Costa; de Desenvolvimento Urbano, Custódio de Mattos e do próprio vice-governador Antônio Anastasia.
    CONCLUSÃO: amigo pessoal do prefeito Fernando Pimentel, e com planos de sucedê-lo na Prefeitura de BH nas eleições de 2008, o deputado Roberto Carvalho conseguiu ser a ponte entre o prefeito Pimentel e o governador Aécio Neves, criando, pela primeira vez, prá valer, uma estrutura estratégica para a Região Metropolitana de BH.
    Fique de olho nos movimentos do deputado Roberto Carvalho, quando ouvir falar da sucessão à Prefeitura da capital.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 24, 2007

    BUSINESS. Almoçando na Churrascaria Gabarito's com o publicitário mineiro Paulo Álvares da BIG GRANDES IDÉIAS - agência que atende as contas da Prefeitura de BH, de Juiz de Fora e Ipatinga.

    Para nossa satisfação, Paulo aceitou o convite que fizemos para ele conhecer o nosso Estúdio - onde ministramos o media trainning " Socorro, Estou na TV" - no Edifício Point Office Tower, que fica na Barão Homem de Melo com Raja Gabaglia, perto do BH Shopping.
    Vou recebê-lo à altura. Abrindo uma garrafa de champagne.
    Depois vamos descer para o térreo para degustar o correto e delicioso churrasco da Gabarito's, pilotada pelo simpático e eficiente Abel.
                         Como é um almoço de negócios, tudo pode acontecer! Depois eu conto!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 24, 2007

    TELECENTROS. De olho nas ações do Ministério das Comunicações, pilotado pelo senador Hélio Costa.

    Ministério das Comunicações realiza pregão eletrônico para compra de kits telecentro

    Prefeituras ainda podem se cadastrar para receber equipamentos

     O Ministério das Comunicações realiza, nesta sexta-feira (24/08), o pregão eletrônico para a aquisição de 5.400 kits de equipamentos de informática, audiovisuais e mobiliários para a instalação de telecentros. A abertura das propostas está marcada para as 9h30 no portal de compras do governo federal, no endereço eletrônico www.comprasnet.gov.br.

    A instalação dos telecentros vai ampliar o Programa de Inclusão Digital em todo o Brasil, desde o interior do país até as periferias das grandes cidades. Mais de quatro mil prefeituras já se cadastraram, junto ao ministério, para receber os equipamentos. O Ministério das Comunicações continua recebendo inscrições daquelas prefeituras que ainda não atenderam à chamada pública, aberta em 1º de novembro de 2006.

    Para se cadastrarem, as prefeituras devem acessar o formulário disponível na página do ministério, na internet. O ministério encaminhou, por telegrama, o código de acesso de cada prefeitura. Caso tenha havido algum problema no recebimento do código de acesso, a prefeitura deverá fazer a solicitação pelo endereço eletrônico  cgpe@mc.gov.br.

    Telecentro
    O telecentro é um ponto onde há computadores disponíveis para uso gratuito da comunidade. A conexão à internet é em banda larga (alta velocidade), o que viabiliza a recepção de programas de TV educacionais e de telemedicina, realização de cursos profissionalizantes, treinamento de professores, entre outros.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 24, 2007

    O COLÍRIO desta sexta-feira vem da coluna do nosso amigo César Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.

                                                         
                                                          A bonita Maria Ilydia de Andrade 
                                                                  cola grau em Medicina
                                                   pela Universidade Gama Filho, hoje, no Rio, 
                                                                  para alegria dos pais,
                                                    Wanda e Marcos Monteiro de Andrade.







                    Comentários

    #1. José Aparecido - (jaribeirobh@gmail.com)
    João
    Que comentário pode ser feito a respeito? Não há o que comentar... Tem coisas que não se comenta, apenas aprecia-se. Além de bela agora é médica, que mais uma família pode querer de Deus? Imagine o namorado, noivo ou esposo, sei lá o que, deve estar nas nuvens. Parabéns a você e ao Cesar Romero por nos permitir dar as congratulações a esta Bela Mulher e agora Doutora. Que esta sexta feira seja tão bela para ela quanto Deus foi generoso com ela...


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 23, 2007

    TRAGÉDIA NA CADEIA DE PONTE NOVA, onde 25 presos morreram queimados numa briga de grupos de detentos rivais.









                                 Aécio determina rigor na apuração do conflito em Ponte Nova

     









       

    Wellington Pedro/Imprensa MG

    O governador de Minas Gerais Aécio Neves determinou, nesta quinta-feira (23), ao secretário de Estado de Defesa Social, Maurício Campos Júnior, abertura de sindicância administrativa e inquérito policial  para apurar, com rigor e total transparência, as causas do conflito na Cadeia Pública de Ponte Nova, ocorrido na madrugada desta quinta-feira, com a morte de 25 detentos. Também determinou ao secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Custódio Matos, a cooperação com os demais órgãos do Estado para agilizar o trabalho de assistência às famílias dos presos e das 25 vítimas.
    Após reunião com o governador, Maurício de Oliveira Campos Júnior afirmou que a sindicância e inquéritos instaurados concluirão quais circunstâncias motivaram o conflito entre dois grupos rivais dentro da unidade. As primeiras apurações indicam que o tumulto foi provocado por detentos das celas 8 e 9, seguido de incêndio.  A perícia técnica que está sendo realizada apontará se o incêndio se deu em decorrência do enfrentamento entre os detentos ou se foi provocado intencionalmente por um dos grupos rivais.
    Segundo o secretário, o governador determinou urgência e agilidade na identificação dos presos mortos no confronto. Nesta quinta-feira, uma equipe do Instituto Médico Legal foi deslocada para Ponte Nova para coletar material genético junto a familiares das vítimas com o objetivo de acelerar a identificação dos corpos. Os corpos das 25 vítimas já se encontram no IML de Belo Horizonte.
    “O governador determinou que seja feita a apuração com toda transparência em relação a todo episódio, ou seja, as pessoas envolvidas, os motivos daquele tumulto. Também determinou a identificação imediata das pessoas que morreram, inclusive para conforto imediato das famílias. Enfim, determinou rigor na apuração das circunstâncias, rigor na identificação dos motivos e naturalmente na apuração”, afirmou o secretário.
    Sistema Prisional
    Maurício Campos Jr. Informou que os investimentos em segurança pública realizados pelo Governo do Estado registraram crescimento de 1.879,2% se comparados os recursos executados em 2003 e os realizados nos anos de 2004, 2005, 2006 e 2007.  Os volumes de investimentos na melhoria dos serviços de segurança pública constam no SIAFI-MG e não incluem as despesas referentes a pagamento de pessoal e custeio da área.
    Ainda segundo o secretário, o Governo do Estado implantou 11 novas penitenciárias e 12 novos presídios em Minas Gerais desde 2003. Um acréscimo de 11.105 novas vagas no sistema prisional do Estado, que, em 2003, possuía 4.900 vagas. Os investimentos na construção de unidades prisionais totalizam R$ 112,7 milhões. Em 2007, o sistema prisional já possui 45 unidades, incluindo centros de remanejamento de presos e cadeias públicas. Pela primeira vez na história do Estado, o sistema prisional tem mais presos sob a sua custódia (18 mil) que sob o controle da Polícia Civil (16 mil).



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 23, 2007

    Presidente da Comissão de Segurança da Assembléia de Minas, deputado sargento Rodrigues,PDT, esteve com outros membros da comissão, hoje, em Ponte Nova. Lá 25 presos morreram queimados numa briga de detentos de grupos rivais.

    Uma carnificina. Assim o deputado Sargento Rodrigues (PDT), presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, classificou o episódio ocorrido na madrugada desta quinta-feira (23/8/07) na cadeia pública de Ponte Nova. Ali, 25 presos morreram queimados na cela onde estavam, vítimas de uma ação de detentos rivais. Rodrigues e os deputados Paulo Cesar (PDT), Délio Malheiros (PV) e Dalmo Ribeiro Silva (PSDB) visitaram o local da tragédia e cobraram do chefe de polícia local a imediata identificação dos corpos para que as famílias sejam informadas o mais depressa possível.
    A fim de ajudar a evitar outras ocorrências como essa, a comissão pretende promover uma audiência pública com autoridades da área de segurança para traçar uma espécie de radiografia do sistema carcerário no Estado. A cadeia pública de Ponte Nova tem capacidade para cerca de 70 presos, mas até a última segunda-feira 173 detentos se aglomeravam em suas celas.
    O deputado Sargento Rodrigues destacou, no entanto, que a superlotação não foi a causa principal da tragédia. Ele afirmou que o problema maior foi o fato de uma arma de fogo calibre 38 ter chegado às mãos dos detentos que atearam fogo na cela rival. Com essa arma, eles mantiveram as vítimas acuadas, não permitindo que elas se livrassem das chamas. O deputado acredita que armas, drogas e outros itens proibidos cheguem às mãos dos presidiários por meio de detentos em regime semi-aberto.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 23, 2007

    Governador de Minas, Aécio Neves, foi à Brasília e ofereceu ajuda ao presidente Lula e ao Ministro da Defesa Nelson Jobim, para resolver a crise aérea do País. A alternativa, segundo o governador mineiro, é o Aeroporto Internacional Tancredo Neves (avô do governador Aécio), que fica a 40 kms de BH, no município de Confins na Região Metropolitana de Beagá. O Aeroporto é um dos mais modernos do País. Foi construido pelo ex-governador Francelino Pereira e custou 500 milhões de dólares ( na época Francelino foi duramente criticado. Hoje é justíssimo reconhecer, que ele VIU ATRÁS DO MORRO, como dizemos aqui em Minas). Confira detalhes da reunião do governador Aécio, o presidente Lula e o ministro Jobim. O governador saiu confiante do encontro.











                                  Aécio Neves discute investimentos e novos vôos em Confins

     









    Élio Sales/Ministério da Defesa

    O governador Aécio Neves esteve reunido com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro da Defesa, Nelson Jobim, ontem em Brasília, para discutir a ampliação das atividades no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, colocando-o como uma das principais alternativas na definição das novas rotas aeroviárias do país. Aécio Neves convidou parlamentares mineiros para acompanhá-lo à reunião com o ministro. Estiveram presentes todos os senadores mineiros, praticamente todos os deputados federais de Minas, além de deputados estaduais, num total de mais de 50 parlamentares.

    "O encontro foi extremamente produtivo. Mais do que um pleito, nós estamos trazendo uma alternativa ao enfrentamento da crise aérea que tomou conta do país. Não existe outra planta aeroportuária, no Brasil, em condições, sem investimentos imediatos, de receber o número expressivo de vôos, como existe em Confins. Temos dados, informações técnicas muito sólidas, e a força política para fazer com que Minas Gerais seja uma alternativa muito importante nessas novas definições", afirmou o governador, em entrevista concedida depois do encontro.
    O Aeroporto de Confins foi um dos assuntos discutidos, pela manhã, pelo governador com o presidente Lula. "Ele concorda que há um subaproveitamento do Aeroporto Tancredo Neves e ficou de estimular o ministro da Defesa a avançar nessa direção", disse governador Aécio Neves.
    O ministro Nelson Jobim se comprometeu a visitar o Aeroporto de Confins nas próximas semanas, para conhecer melhor o aeroporto e sua estrutura. "Pelas informações que tenho, até o fim de setembro haverá uma redefinição, pelo menos inicial, dessa redistribuição de vôos. Espero que antes disso o ministro Jobim possa estar conosco em Belo Horizonte, quem sabe já anunciando o volume de tráfego que será transferido para Confins. Mas saio daqui sem qualquer dúvida de que teremos um volume bem mais expressivo de vôos em Confins a partir dessa nova redistribuição", declarou o governador.
    Uma das propostas apresentadas pelo governador e parlamentares mineiros é que os vôos originários do Sul do país para as regiões Centro-Oeste e Nordeste tenham escala em Minas. Essa possibilidade já havia sido comentada pelo próprio Nelson Jobim, ao governador Aécio Neves, em conversa telefônica logo após a sua posse como ministro, no mês passado. "O ministro considera que Confins é uma rota natural, por exemplo, para os vôos de Congonhas, que iam para outros destinos. Nós queremos que seja também para os vôos de Cumbica e também para os vôos internacionais."
    Investimentos
    Aécio Neves informou ao ministro que, no curto prazo, Confins tem condições de receber novos vôos, mas também é preciso que investimentos pontuais sejam feitos. "Trouxemos uma proposta inédita. Apenas com a receita gerada pelo trânsito aéreo em Minas Gerais, é possível fazermos todos os investimentos de curtíssimo, de médio e de longo prazos, necessários para transformar o Aeroporto de Confins, no longo prazo, na principal rota da distribuição dos vôos no Brasil", afirmou o governador. Segundo ele, os investimentos necessários, no curto prazo, seriam entre R$ 40 milhões e R$ 50 milhões. "E nós estamos falando aqui com autoridade. O Governo de Minas investiu R$ 350 milhões de recursos próprios, sem um real da Infraero, portanto do governo federal, para garantir a acessibilidade a Confins", disse.
    Apoio político
    O governador agradeceu a presença dos parlamentares mineiros, lembrando a importância da bancada de Minas para a implementação das mudanças da regulamentação do setor, quando essas questões forem tratadas no Congresso. "Estiveram aqui praticamente toda a bancada mineira, de todos os partidos, o que mostra a convergência da nossa proposta", afirmou Aécio Neves.







    Comentários

    #1. José Aparecido - (jaribeirobh@gmail.com)
    João

    Importante acontecimento este citado no seu blog. Vamos torcer para que a experiência e sagacidade do nosso Governador e futuro Presidente da Repúbica surta efeito para Confins e sobretudo para BH. Sendo aceita esta proposta,somando os esforços e a competencia da nossa Secretária de Turismo Erica Drumond, Minas Gerais passa a ser o principal Estado no fluxo de turismo nacional e internacional.
    Parabéns pela cobertura e qualidade do texto.

    Um abraço
    José Aparecido Ribeiro
    Presidente do Conselho Consultivo
    ABIH/MG

     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 23, 2007

    Ministro das Comunicações, o barbacenense Hélio Costa, recebe hoje Título de Cidadão Honorário de Teófilo Otoni. Lança selo comemorativo dos 200 anos do influente político Theophilo Otoni. E dose tripla: o ministro Hélio Costa inaugura a agência de número 780 com Banco Postal em Minas.

    Banco Postal populariza serviços bancários e estimula desenvolvimento econômico

                                    

    As comunidades de Teófilo Otoni e Catuji, em Minas Gerais, ganham agência dos Correios com serviços de Banco Postal. A inauguração está prevista para a quinta-feira (23/08) e contará com a presença do ministro das Comunicações, Hélio Costa.
    Além dos tradicionais serviços de correio, os moradores de Catuji e de Teófilo Otoni terão acesso aos serviços de: abertura de contas correntes; recebimento de salários e de benefícios do INSS; depósitos e saques; retirada de saldos, extratos, talões de cheques e cartões magnéticos; pagamento de contas de água, luz, telefone, faturas, bloquetos, carnês; e empréstimos e financiamentos.
    "Nossa meta é levar os serviços de Banco Postal a todas as agências dos Correios, levando mais comodidade para os moradores e estimulando o desenvolvimento econômico." – afirma Hélio Costa. 
    O Banco Postal permite a todas as camadas da população o acesso aos serviços bancários. Além disso, o horário de atendimento é maior que o dos bancos convencionais. Com mais estas duas inaugurações, os Correios completam 780 agências com Banco Postal em Minas Gerais.
    Às 15 horas, o ministro Hélio Costa receberá o título de Cidadão Honorário de Teófilo Otoni e, às 16 horas, fará o lançamento do selo comemorativo do bicentenário de Theophilo Benedicto Ottoni, fundador daquela cidade.


     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 23, 2007

    Assembléia Legislativa de Minas de olho na VIOLÊNCIA contra os médicos. Reunião será hoje, às 10 da manhã, no Plenarinho 4 do Parlamento Mineiro.

                    ALMG busca formas de combater agressões a profissionais da saúde
    A Comissão de Saúde da Assembléia Legislativa de Minas Gerais se reúne nesta quinta-feira (23/8/07), às 10 horas, para buscar formas de combater o aumento do número de agressões físicas e verbais contra profissionais de saúde. Estão convidados representantes do Sindicato dos Médicos de Minas Gerais (Sinmed-MG), responsável pela recente criação da campanha "Saúde em Movimento pela Paz". A reunião será realizada no Plenarinho IV, a requerimento do deputado Hely Tarqüínio (PV), vice-presidente da comissão. Tarqüínio lembrou que três médicos foram assassinados recentemente, dois deles peritos do INSS. O deputado Carlos Pimenta (PDT) pediu a presença de representantes dos peritos, dos residentes e da Polícia Militar de Minas Gerais na audiência.
    Segundo informações do Sinmed, a campanha "Saúde em Movimento pela Paz" pretende sensibilizar a sociedade e alertar os gestores para a falta de segurança nos locais de trabalho, situação que tem levado muitos profissionais a abandonar o serviço público. Mais do que alertar, o movimento vai propor medidas educativas a profissionais e usuários como uma das formas para conter o problema.
    Os profissionais agredidos dizem que os fatores geradores de comportamento violento por parte dos usuários são provenientes, em sua grande maioria, do tempo de espera para o atendimento, da falta de medicamentos, infra-estrutura inadequada, equipes incompletas e dificuldades em prosseguir no tratamento quando este requer realização de exames e encaminhamentos para internações e cirurgias.
    De acordo com o diretor do Sinmed-MG, Eduardo Filgueiras, a violência prejudica tanto os profissionais quanto os pacientes. "Quando um usuário agride um profissional de saúde, essa ação é revertida não apenas contra o próprio agressor, mas também aos demais pacientes que esperam por atendimento, uma vez que compromete consideravelmente o clima no local trabalho", argumentou.

    Estão convidados a participar da reunião o reitor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Ronaldo Tadeu Pena; o secretário de Estado de Saúde, Marcus Pestana; o secretário de Estado de Defesa Social, Maurício de Oliveira Campos Júnior; o secretário Municipal de Saúde, Helvécio Magalhães Júnior; o vereador Tarcísio Caixeta, de Belo Horizonte; o presidente do Conselho Regional de Medicina, Hermann Alexandre Von Tiesenhausen; o presidente do Sindicato dos Médicos de Minas Gerais, Cristiano Gonzaga da Matta Machado; e a presidente do Sindicato dos Enfermeiros, Nelma Rodrigues Custódio.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 23, 2007

    Tecnologia para melhorar o Meio Ambiente. Confira notícia enviada ao nosso BLOG DE NOTÍCIAS pela Via Pública Comunicação de São Paulo. A sugestão de pauta veio ainda para o programa "Economia & Negócios" da Federação das Indústrias de Minas Gerais, que ancoramos na Rede Minas de TV, aqui em Belo Horizonte.

                         Mizumo comemora bons resultados obtidos na Fenasan 2007

    No evento, a empresa mostrou os diferenciais de todos os seus sistemas compactos de tratamento de esgoto sanitário, com destaque para o Mizumo Tower, com diâmetro de 3,2 metros e próprio para empreendimentos com até 4 mil pessoas
    A Mizumo, empresa do Grupo Jacto que tem como propósito melhorar o ambiente em que vivemos e prover soluções tecnológicas que possam reduzir, tratar, transformar e reaproveitar efluentes e resíduos, comemora os bons resultados obtidos com a sua participação na Fenasan – Feira Nacional de Materiais e Equipamentos para Saneamento, ocorrida entre 7 e 9 de agosto, no Expo Center Norte, em Sã ;o Paulo.
    No evento, a empresa destacou sua versatilidade em produzir sistemas compactos de tratamento de esgoto sanitário, bem como a flexibilidade industrial para produzir soluções personalizadas para seus clientes. Da linha de produtos, destacou o Mizumo Tower, além de soluções complementares que atendem a resolução CONAMA 357/05. O estande - que contou com uma área de atendimento com equipe capacitada para dar todo suporte técnico necessário, e materiais como banners e folders - foi bastante movimentado por clientes interessados em conhecer as soluções e serviços, e esclarecer possíveis dúvidas sobre os sistemas de que a Mizumo dispõe.
    Além de divulgação tecnológica e do reforço institucional, os objetivos da Mizumo na feira visar am ainda a geração de novos negócios e há boas perspectivas a curto, médio e longo prazos. "A participação da Mizumo na Fenasan foi, sem dúvida, uma excelente oportunidade para divulgarmos a empresa, seu know-how e soluções", revela Giovani de Toledo Andrade, Gestor da Unidade de Negócios Mizumo. Segundo ele, somente em 2007, a empresa já aumentou em 40% a implantação de sistemas compactos de tratamento de esgoto sanitário, se comparado ao mesmo período de 2006. "Estamos satisfeitos e projetamos bons resultados após a feira, que irão contribuir para atingirmos a expectativa de faturamento para 2007, estimada em torno de 25% superior se comparado ao ano anterior", completa Andrade.
    Na solenidade de encerramento, a AES ABESP (Associação dos Engenheiros da Sabesp), que organiza o evento, premiou os expositores que mais se destacaram na Fenasan. A Ilha Sindesam (Sindicato Nacional das Indústrias de Equipamentos para Saneamento Básico e Ambiental), que reuniu várias empresas expositoras, entre elas, a Mizumo, recebeu o Troféu AESabesp, como destaque da feira.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 22, 2007

    De olho na agenda do Ministro Hélio Costa. Hoje em São Paulo, para abrir o mais importante Congresso de Rádiodifusão da América Latina.









     Hélio Costa faz abertura do Congresso SET 2007 em São Paulo



    Evento coloca em debate o novo panorama da tecnologia brasileira de radiodifusão
     O ministro das Comunicações, Hélio Costa, participou na manhã desta quarta-feira (22/08) da abertura do Congresso SET 2007, no Centro de Convenções Imigrantes, em São Paulo. É o principal evento de tecnologia de broadcast (radiodifusão) que acontece no Brasil.O congresso, realizado pela SET (Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão), vai debater a tecnologia de TV digital no Brasil abordando principalmente seus testes, implementação e estabelecimento de normas.Paralelamente ao congresso, acontece a Feira de Equipamentos e Serviços – Broadcast & Cable 2007. Estão previstas 200 empresas expositoras e 150 estandes, o que torna o evento o mais importante da América Latina para profissionais, empresas e executivos do mercado radiodifusor.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 22, 2007

    Projeto dos CORREIOS - presidido pelo mineiro de Paraisópolis, Carlos Hnenrique Custódio - cria transcrição de correspondência de deficientes visuais para o Braille em Minas.



    Projeto dos Correios de Minas Gerais garante maior privacidade no manuseio de mensagens



    Brasília – Os deficientes visuais residentes em Minas Gerais, em breve, poderão enviar e receber suas correspondências em braille. É o que prevê um projeto dos Correios que criou, no estado, o Núcleo de Transcrições de Mensagens. O serviço vai transcrever as mensagens da escrita comum para o braille e vice-versa.
    “O direito à comunicação e ao sigilo de correspondências deve ser proporcionado a todos os brasileiros, independente de suas limitações físicas. Com esse projeto, os deficientes visuais não vão mais depender de alguém para enviar ou receber suas correspondências”, afirmou o ministro das Comunicações, Hélio Costa.
    Ao receber correspondências destinadas aos deficientes visuais cadastrados no serviço, servidores do Núcleo de Transcrições de Mensagens farão a codificação para o braille e encaminharão até a residência do cidadão. O processo inverso também será realizado: as mensagens enviadas em braille, ao passarem pelos Correios, serão transcritas para a escrita comum e, em seguida, encaminhadas ao destino previsto.
    Pioneiro no Brasil, o projeto dos Correios de Minas Gerais vai possibilitar ao cidadão maior liberdade no manuseio de suas correspondências, evitando o compartilhamento das mensagens com outras pessoas. Para iniciar o projeto, os Correios em Minas Gerais estão cadastrando os deficientes visuais interessados em utilizar o serviço. O cadastramento será feito até o dia 31 de agosto pelo telefone (31) 3213.2921, nos horários de 8h30 às 12h e de 14h às 18h.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 22, 2007

    MOMENTO HISTÓRICO para os 34 municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte, que reúne um PIB anual de 40 bilhões de reais. Na foto: ao centro o vice-governador Antônio Augusto Anastasia, o presidente da Assembléia deputado Alberto Pinto Coelho e à direita o secretário de Desenvolvimento Regional e Política Urbana, deputado Dilzon Melo tomam como como membros efetivos do Conselho Metropolitano de Desenvolvimento. EM TEMPO: o governador Aécio Neves,assinou decreto criando a tão sonhada Agência Metropolitana. Foi instalada ainda no Seminário - que durou dois dias no plenário da Assembléia Legislativa de Minas - a Frente Parlamentar em Defesa da Região Metropolitana de BH, ten do à frente a deputada Gláucia Brandrão, de Ribeirão das Neves, um dos 34 municípios que fazem parte da Região Metropólitana de Beagá.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 22, 2007

    Audiência Pública na Assem,bléia de Minas sobre veículos roubados, multas e segunda via de documentos.

    A Comissão de Segurança Pública da Assembléia Legislativa de Minas Gerais aprovou nesta quarta-feira (22/8/07) requerimento de autoria do deputado Sargento Rodrigues (PDT), solicitando a realização de audiência pública para debater os Projetos de Lei (PLs) 126 e 1.310/07, de autoria do próprio parlamentar, e o PL 1.040/07, de autoria do deputado Neider Moreira (PPS), que tratam de veículos roubados, furtados e de pagamentos de multas e segunda via de documentos roubados
    O PL 126/07 proíbe a polícia civil de condicionar o licenciamento anual de veículo ao pagamento de multa de trânsito quando houver recurso administrativo ou questionamento judicial e quando o proprietário do veículo não for notificado das multas pendentes. Nesses casos, o veículo deverá transitar com documento provisório expedido pelo Detran. Já o PL 1.040/07 isenta os cidadãos do pagamento pela emissão de segunda via de qualquer documento emitido por órgãos públicos do Estado, em caso de roubo ou furto.
    O projeto 1.310/07 acrescenta parágrafo único ao art. 1º da Lei 5.874, de 1972 que trata do recolhimento de veículos e sua venda em leilão judicial. De acordo com o parágrafo 1º é responsabilidade do Detran depositar os veículos que forem removidos ou apreendidos por infração às normas de trânsito, e aqueles abandonados na via pública por mais de 24 horas. O projeto do deputado Sargento Rodrigues quer garantir que o depósito "seja dotado de cobertura que evite a exposição dos veículos às intempéries normais da natureza.".


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 21, 2007

    Presidentes das Assembléias Legislativas de todo o País - tendo à frente o presidente da Assembléia de Minas, deputado Alberto Pinto Coelho - reivindicam do ministro Hélio Costa a concessão de TV ABERTA. Audiência foi hoje em Brasília.

    Concessão de TV aberta democratiza acesso da população aos trabalhos legislativos - diz ministro das Comunicações.

     Presidentes das assembléias de 21 estados brasileiros se reuniram com o ministro das Comunicações, Hélio Costa, na tarde desta terça-feira (21/08), para buscar alternativas para as concessões de TV aberta para o legislativo estadual.

     “Conceder canais de TV aberta para as assembléias legislativas é democratizar o acesso dos eleitores ao trabalho de seus deputados e permitir que acompanhem as principais decisões que possam interferir diretamente em suas vidas. Hoje esse acesso está restrito às pessoas que podem pagar pelos canais por assinatura. Precisamos romper com essa estrutura elitista”, defende Hélio Costa.

     Como as assembléias legislativas não podem receber a concessão de TV diretamente, o processo normalmente é feito por meio de uma fundação vinculada a elas, o que torna o processo mais burocrático e muito demorado. Uma alternativa apontada pelo ministro é que as assembléias façam convênios com universidades públicas e divida a grade de programação para a veiculação de conteúdo produzido pelas instituições de ensino. Para aqueles que tiverem dificuldade de montar as fundações, o ministro sugeriu ainda a realização de convênios com a Radiobrás para encurtar o prazo de espera e a burocracia e agilizar o processo.



     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 21, 2007

    Resultados da 1ª Conferência Metropolitana da Região Metropolitana de BH, que reúne 34 municípios e um PIB de 40 bilhões de reais. Confira os detalhes!

                 Frente Parlamentar e Conselho Deliberativo marcam final de conferência
    Com a assinatura de 66 deputados, foi instalada, na tarde desta terça-feira (21/8/07), no Plenário da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, a Frente Parlamentar em prol da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), proposta pela deputada Gláucia Brandão(PPS). A instalação da Frente marcou o encerramento da 1ª Conferência Metropolitana da RMBH, juntamente com a posse do Conselho Deliberativo de Desenvolvimento Metropolitano, a assinatura do decreto de regulamentação do Fundo Metropolitano e o recebimento do projeto de lei que cria a Agência Metropolitana.
    Os deputados estaduais que assinaram a Frente ressaltam que a RMBH é o centro político, financeiro e comercial de Minas Gerais, representando cerca de 40% da economia e 25% da população do Estado. A Grande BH é o 52º maior aglomerado urbano do mundo e 7º maior da América Latina.
    O documento destaca as desigualdade existentes entre os municípios, com Belo Horizonte, Betim e Contagem respondendo por 87% do PIB da Região, que atualmente é de R$ 40 bilhões. "A RMBH representa 40% da economia mineira e é um retrato político, cultural e financeiro do Estado", destacou a deputada Gláucia Brandão (PPS), autora do requerimento que deu origem à Frente.
    Conselho irá planejar políticas dos municípios
    O Conselho Deliberativo terá quatro representantes da ALMG, dois titulares, João Leite (PSDB) e Roberto Carvalho (PT); e dois suplentes, Fábio Avelar (PSC) e Wander Borges (PSB). Participam também cinco integrantes do Executivo, dois de Belo Horizonte, um de Betim, um de Contagem, três das demais cidades da RMBH e dois representantes da sociedade civil.
    Cabe ao Conselho Deliberativo planejar, coordenar e controlar a execução das funções públicas de interesse comum dos municípios. Além disso, o órgão também fixa diretrizes e prioridades, aprova o cronograma de desembolso dos recursos do Fundo Metropolitano e acompanha e avalia a execução do Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado. Na solenidade de posse, os quatro representantes da Assembléia consideraram histórico o momento e destacaram a necessidade de integração administrativa entre os municípios.
    Representando o presidente da ALMG, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), o 1º vice-presidente, Doutor Viana (DEM), recebeu do secretário de Governo, Danilo de Castro, a mensagem do governador Aécio Neves com o projeto de lei que cria a Agência Metropolitana. A autarquia, com caráter técnico-executivo, será responsável pela elaboração do Plano Diretor de Desenvolvimento Metropolitano. Além disso, faz estudos técnicos, assiste tecnicamente os municípios, fornece suporte administrativo e articula-se com instituições públicas e privadas, nacionais e internacionais, para a captação de recursos de investimento ou financiamentos.
    Verbas - O deputado Doutor Viana também recebeu o decreto assinado pelo governador, criando o Fundo Metropolitano, que pretende financiar programas e projetos estruturantes e a realização de investimentos relacionados a funções públicas de interesse comum. Podem ser beneficiárias do Fundo, instituições públicas, organizações não-governamentais (ONGs), organizações sociais de interesse público (Ocips), empresas prestadoras de serviços públicos de interesse comum e outras entidades executoras ou responsáveis por estudos, projetos ou investimentos direcionados às regiões metropolitanas
    Base legal - A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi criada pela Lei Complementar Federal 14, de 1973, e atualmente é regulamentada pelas Leis Complementares estaduais 88 e 89, de 2006. A Constituição Federal determina que cabe aos Estados gerenciar, em conjunto com os municípios, os serviços e atividades de interesse supramunicipal nas regiões metropolitanas.
    A RMBH é formada por 33 municípios além da capital: Baldim, Betim, Brumadinho, Caeté, Capim Branco, Confins, Contagem, Esmeraldas, Florestal, Ibirité, Igarapé, Itaguara, Itatiaiuçu, Jabuticatubas, Juatuba, Lagoa Santa, Mário Campos, Mateus Leme, Matozinhos, Nova Lima, Nova União, Pedro Leopoldo, Raposos, Ribeirão das Neves, Rio Acima, Rio Manso, Sabará, Santa Luzia, São Joaquim de Bicas, São José da Lapa, Sarzedo, Taquaraçu de Minas e Vespasiano.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 21, 2007

    Os 216 anos de Barbacena - cidade que fica a 165 kms de Belo Horizonte no Campo das Vertentes de Minas Gerais. O prefeito Martin Andrada do PSDB foi condecorado com a maior comenda do município: a Medalha Sobral Pinto de Direitos Humanos. Solenidade foi no Palácio da Revolução Liberal, sede da Câmara de Barbacena. A cobertura é do nosso amigo, o dinâmico colunista Idinando Borges, do www.barbcenaonline.com.br






    José Higino Ferreira, presidente da Câmara foi o anfitrião das homenagens pelos 216 de Barbacena. Homem simples, que veio de Corrêa de Almeida e há mais de trinta anos é dono de um marketing imbatível, o da simplicidade! Como orador oficial, o líder do Governo, Amarílio Andrade, um político vitorioso, não só na política partidária, mas também como benfeitor das causas sociais, traduzidos em votos a cada eleição. Fez uma saudação de destaque à Medalha Sobral Pinto, uma comenda de estadista, entregue ao Prefeito Municipal, Martim Francisco Borges de Andrada. E frisou: é o saber jurídico, à vontade de construir e as parcerias as ferramentas vitoriosas do prefeito.


    Amarílio Andrade, o prefeito Martim Andrada e José Higino Ferreira. Foto Disney

    O ex-deputado, José Bonifácio Tamm de Andrada, chamou-o de um articulador nato e uma voz sempre conselheira. A seguir, distinguiu o Comandante Geral da PM, Coronel Hélio dos Santos Júnior, oficial qualificado e homem de confiança do Governador do Estado. Registrou a representatividade importante do comandante da 13ª Região, Coronel Geraldo Magela. Para o jovem deputado, Lafayette Luiz Doorgal de Andrada, mencionou o apreço e o reconhecimento da cidade pela desenvoltura como nosso representante na Assembléia. Para os religiosos: Cônego Antônio Eustáquio Barbosa e aos Padres Carlos Wilson e Alvim Valério, disse da árdua missão em congregar esforços para os homens com base nas leis de Deus. Falou do meritório trabalho dos secretários, Fernando Maluf e Flávio Franco e também do talento de Agostinho da Costa Filho. Saudou Hilton Grossi como detentor do título de cidadania barbacenense, homem distinto e sábio. Registrou com a palavra trabalho, Tarcísio Washington de Carvalho, presidente da AMMA. Deteve-se à arte de Emeric Marcier, imortalizada no Sítio Santana, para falar da Saint-Gobain e do seu executivo Ildeu Cardoso, responsável pelas diversas parcerias com a administração municipal. Ildeu não pode estar presente, mas foi representado pela Gerente de Recursos Humanos, Mariza Miranda. Mas à frente, falou dos executivos, Douglas Roberto Alves, o homem que fala sim na Caixa Econômica Federal para os mais humildes e Jair da Fonseca Pinto Júnior, um jovem empreendedor à frente da empresa Barraca. Devotou apreço e reconhecimento ao trabalho dos médicos: José Chartuni Teixeira e José Orleans da Costa. E na vez de um homem do povo, Márcio José da Silva, o vereador mencionou a sua luta silenciosa e serena em prol do campo. Para a Nogueira Rivelli, Amarílio falou da importância de uma empresa genuinamente barbacenense, que emprega perto de cinco mil funcionários, agregados numa família forte e coesa. Carlos Rivelli recebeu a medalha. Para o historiador Newton Siqueira Araújo Lima, a medalha representou mais que o apreço da câmara, mas também a gratidão de muitos, frisou o vereador. Quem também o aplaudiu com carinho foi Kátia Navarro – sempre linda!











    Rosa Castro e Ondina Andrada

    Rhamanita Xavier e Mariza Miranda


    E chegou a vez da empresária Rhamanita Vera de Figueiredo Xavier. O vereador descreveu-a como empreendedora, elegante e uma mulher de fibra, a dona da Cabana da Mantiqueira. E, enfim o registro de dois patrimônios de Barbacena: José Eugênio Dutra Câmara, vereador e prefeito por dois mandatos, homem de história e respeitabilidade. E, o mais aplaudido da noite, Vicente de Paulo Araújo. Emoção foi pouco para o Velho Guerreiro, farmacêutico, vereador e prefeito por dez anos. Soube como poucos, traduzir carisma em votos e mereceu mais esta homenagem. No final, a distinção da Fundac, ao distribuir o belo souvenir em cartão postal da cidade, série-rosas. Salve!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 21, 2007

    MISS GAY movimentou Juiz de Fora. Vale conferir os detalhes na matéria feita pelo colunista César Romero do jornal Tribuna de Minas.

                                                          Nos bastidores do Miss Gay
    A 31ª edição do Miss Brasil Gay teve de tudo, com o sucesso de público de sempre, lotando o Tupynambás. O ponto alto da noite foi o vídeo, em homenagem ao cabeleireiro Chiquinho Motta, criador do concurso, que, devido a problemas de saúde, preferiu não fazer sua tradicional aparição na passarela. Mas foi aplaudido de pé, merecidamente, por todos os presentes. O vídeo foi gravado e editado pela equipe da Produtora de Multimeios da Faculdade de Comunicação da UFJF, sob a coordenação de Márcio Guerra.
    No quesito candidatas teve de tudo, mas a Miss Mato Grosso conseguiu levantar o Tupynambás com seu traje típico, em homenagem à Nossa Senhora, onde se lia: "por um Brasil onde a fé dos homens seja respeitada pela Igreja e pelas religiões".
    Já no quesito frustração, a Miss Paraná ganhou disparado. Não levou prêmio algum do juri, mesmo estando com um vestido todo em ouro 18 quilates. Curiosamente, o nome da candidata era Samantha Gold...
    A grande vencedora da noite, Miss Espírito Santo, foi uma unanimidade, com sua cara de boneca de porcelana. Detalhe: entre vestido assinado pelo estilista carioca Henrique Filho, 'staff', produção e preparação, gastou a bagatela de R$ 45 mil. Pelo visto, deve ter achado que o investimento deu resultado.
    A atriz e jornalista Arlete Heringer, irmã do deputado Mário Heringer, circulou pelos bastidores do Miss Brasil Gay. Ela integrou a equipe de filmagem do documentário "Transbelos", que deverá ir para a telona contando a trajetória dos sonhos e decepções das candidatas ao concurso gay mais famoso do país. Tudo com a devida autorização da organização do evento.
    O mesmo não se pode dizer da meteórica passagem do pessoal do "Pânico na TV" pelos bastidores do Miss Gay, que deixou em pânico muita candidata e de cabelo em pé os seguranças que tentaram (mas não conseguiram) se livrar dos intrépidos rapazes do humorístico da Rede TV!
    Compromissos assumidos com a Rede Globo (ensaios para o quadro dança no gelo no "Domingão do Faustão") impediram, na última hora, a Miss Brasil Natália Guimarães de participar do júri. Mas o jornalista e historiador Jean Willlys, o ex-BB, foi festejadíssimo, assim como o simpático colunista e apresentador de tevê, Leão Lobo, e o estilista carioca Carlos Tufson.
    A cantora Rosana, ícone dos anos 80 com a música "Como uma Deusa..." , também levou o público ao delírio.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 21, 2007

    FUTEBOL DE CAMPO para índios Maxacalis, na região de Governador Valadares, está sendo discutido nesta terça-feira. As informações foram enviadas ao nosso BLOG DE NOTÍCIAS, pelo nosso amigo Maurício Reis, que acaba de assumir a Assessoria de Comunicação da Secretaria de Esportes e Juventude, pilotada pelo jovem parlamentar estadual do DEM, Gustavo Correia.

    Governo de Minas e Funasa estimulam

    prática do futebol entre Maxakalis 

    O secretário-adjunto de Estado de Esportes e da Juventude de Minas Gerais, Rogério Romero, o coordenador regional de Minas Gerais da Fundação Nacional de Saúde, Ronaldo Cerqueira Lima, a diretora de Promoção do Associativismo da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Minas Gerais, Bianca Costa, e representantes das Prefeituras de Bertópolis e Santa Helena de Minas, reúnem-se hoje (21 de agosto), em Governador Valadares, com caciques da etnia Maxakali, para discutir a implantação de projeto de estímulo à prática do futebol de campo nas aldeias de Água Boa (Santa Helena de Minas) e Pradinho (Bertópolis).

    O projeto foi elaborado pela Funasa, órgão do Governo Federal responsável pela assistência à saúde das populações indígenas, como medida preventiva da ociosidade, de estímulo à integração social e de melhoria da qualidade de vida. Voltado para indivíduos da faixa etária de 07 a 21 anos, o projeto também tem por finalidade a promoção do intercâmbio cultural entre a etnia e as populações não-indígenas, além do desenvolvimento do talento de cada indivíduo para a prática do futebol.

    Para a implantação da proposta, serão formados grupos de indivíduos, aos quais serão repassadas informações técnicas e as regras disciplinares necessárias à prática do esporte, tornando-os agentes multiplicadores, que atuarão sob supervisão profissional e pedagógica.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 21, 2007

    Começa HOJE no EXPOMINAS, aqui em BH, a MINASCON 2007. A promoção é da Câmara da Indústria da Construção da FIEMG.

    MINASCON - será atração de HOJE até dia 24 de agosto no Expominas, aqui em BH. O setor tem um PIB em Minas de 33 bilhões de reais. Quem está à frente é Teodomiro Diniz Camargos presidente da Câmara da Indústria da Construção da FIEMG.

    De 21 a 24 de agosto será realizado, no Expominas, em Belo Horizonte, o MinasCon 2007. Em sua quarta edição, o evento, que é promovido pela Câmara da Indústria da Construção da Fiemg, reúne, em um mesmo espaço, todos os setores da cadeia produtiva da indústria da construção, com o objetivo de discutir assuntos de interesse do segmento. "Desde que começou a ser organizado, o MinasCon contribui para potencializar e maximizar a sinergia entre os agentes envolvidos na cadeia", diz o presidente da Câmara, Teodomiro Diniz Camargos.
    O tema deste ano é "Desenvolvimento e Sustentabilidade – Matéria-Prima para Bons Negócios". Além da mostra de produtos e serviços, palestras técnicas irão abordar questões atuais ligadas à realidade dos setores envolvidos, como as novidades, tendências e perspectivas do mercado.
    Cerâmica – Um dos eventos que acontece simultaneamente ao MinasCon é a 36ª edição do Encontro Nacional da Indústria de Cerâmica Vermelha, numa parceria entre a Associação Nacional da Indústria Cerâmica (Anicer), Confederação Nacional da Indústria (CNI), Fiemg, Sebrae e Caixa Econômica Federal.
    O encontro já foi promovido em todas as regiões do Brasil, integrando ceramistas interessados, entre outros assuntos, nas inovações tecnológicas divulgadas durante a Exposição de Máquinas, Equipamentos, Produtos, Serviços e Insumos para a Indústria Cerâmica (Expoanicer).
    O evento conta com o apoio do Sindicer/MG, do Sindicato das Indústrias de Cerâmica e Olaria do Triângulo e Alto Paranaíba, da Associação dos Ceramistas de Monte Carmelo e da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Serviços de Igaratinga.
    Macrossetor em Minas – De acordo com o estudo do economista Antônio Braz de Oliveira e Silva, a cadeia produtiva da construção representa 18% do Produto Interno Bruto (PIB) e 12% da geração de emprego no estado de Minas Gerais.
    Em 2006, o PIB do macrossetor mineiro, que envolve todas as atividades ligadas à construção, chegou a R$ 33 bilhões



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 21, 2007

    Presidente da Assembléia Legislativa de Minas, deputado Alberto Pinto Coelho e mais 18 presidentes de Legislativos têm audiência HOJE, em Brasília, com o ministro das Comunicações Hélio Costa. Querem canal aberto de TV.

    O presidente da Assembléia Legislativa de Minas Gerais e do Colegiado de Presidentes das Assembléias Legislativas e da Câmara Distrital, deputado Alberto Pinto Coelho (PP-MG), e outros 18 presidentes de parlamentos estaduais, participam, nesta terça-feira (21/08/07), às 16 horas, de uma audiência com o ministro das Comunicações, Hélio Costa, para tratar da concessão de canais de televisão para as Assembléias Legislativas.
    Atualmente, apenas quatro Assembléias operam sistemas de televisão em sinal aberto, enquanto outras 15 casas legislativas estaduais se mantêm limitadas ao sistema a cabo.
    A ampliação do sinal das emissoras legislativas para o sistema aberto é uma demanda antiga dos parlamentos estaduais. Desde 1995, quando as emissoras foram criadas pela Lei do Cabo (Lei 8.977), vem se verificando um crescente interesse da sociedade pelas transmissões das reuniões plenárias e dos programas produzidos em estúdio, na esteira do sucesso de emissoras como a TV Senado e TV Câmara.
    O encontro será no gabinete do ministro, no Ministério das Comunicações, em Brasília, às 16 horas.
    TVs Legislativas em funcionamento no Brasil: TV Assembléia de São Paulo (cabo)
    TV Assembléia de Goiás (cabo)


    1. TV Assembléia do Mato Grosso do Sul (cabo)

    2. TV Assembléia de Mato Grosso (cabo e aberta)

    3. TV Assembléia do Rio Grande do Sul (cabo)

    4. TV Assembléia de Santa Catarina (cabo)

    5. TV Assembléia do Amazonas (cabo)

    6. TV Assembléia de Sergipe (cabo)

    7. TV Assembléia de Pernambuco (cabo)

    8. TV Assembléia do Espírito Santo (cabo)

    9. TV Assembléia do Rio Grande do Norte (cabo e aberta)

    10. TV Assembléia da Paraíba (cabo)

    11. TV Assembléia do Rio de Janeiro (cabo)

    12. TV Assembléia de Minas Gerais (cabo)

    13. TV Distrital/DF (cabo)

    14. TV Assembléia do Ceará (cabo e aberta)

    15. TV Assembléia do Piauí (cabo e aberta)

    16. TV Assembléia do Paraná (cabo)

    17. TV Assembléia da Bahia (cabo)
      * Não possuem sistemas: Pará, Rondônia, Acre, Tocantins, Roraima, Maranhão e Amapá


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 21, 2007

    Mais um passo na cooperação Brasil/Japão na implantação do sistema de TV DIGITAL. Ministro Hélio Costa diz que " o projeto nipo-Brasileiro tem um mercado imediato e potencial de 300 a 400 milhões, que a América Latina. E o Brasil é responsável por metade deste mercado".

    Cooperação entre os dois países envolve
    desenvolvimento de softwares e transferência de tecnologia

    O ministro das Comunicações, Hélio Costa, recebeu uma delegação japonesa composta por membros do governo japonês e da indústria de tecnologia. Na pauta a parceria entre Brasil e Japão na implantação do sistema Nipo-Brasileiro de TV Digital e a sua divulgação  na América do Sul.
     
    “O projeto Nipo-Brasileiro tem um mercado imediato e potencial de 300 a 400 milhões, que é a América latina”, disse o ministro. O Brasil é responsável por metade deste mercado.
    A comitiva, liderada pelo ministro dos Negócios Internos e Comunicações, Yoshihide Suga, visitará o Chile e Argentina para apresentar o sistema do sistema ISDB-T, como fez anteriormente o governo brasileiro.
     
    Tanto Hélio Costa quanto o ministro japonês salientaram que a cooperação entre os dois países não resume apenas à implantação da TV Digital, mas também em outras áreas, como o desenvolvimento de softwares e a transferência de tecnologia.
     
    “Espero que este ano seja o último em que fabricamos os televisores do início do século passado aqui no Brasil. Temos de transformar a nossa indústria para que seja moderna e competitiva. Para isso, precisamos começar a fabricar aparelhos de LCD e Plasma e não apenas montá-los como acontece hoje”, afirmou.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 20, 2007

    Toma posse novo presidente da Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos de Minas. Valdez Maranhão, será empossado, nesta terça-feira, no Sindicato dos Jornalistas em Beagá.


    Valdez Maranhão toma posse como novo presidente

    da ARFOC Minas, no próximo dia 21

    O fotógrafo e empresário do setor de Gastronomia e Turismo Valdez Maranhão é o novo presidente da Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos de Minas Gerais (ARFOC). Quem assume a vice-presidência é o ex-presidente Carlos Avelin. Também foram eleitos os membros do Conselho Fiscal: Renato Colbucci, Oswaldo Afonso e Divino Advincola, todos renomados fotógrafos da imprensa mineira. A cerimônia de posse da nova chapa está marcada para 21 de agosto, às 20h, na sede do Sindicato dos Jornalistas de Minas Gerais.

    Além de dar continuidade às lutas e conquistas da entidade como o crédito obrigatório nas fotografias publicadas e a exigência do registro profissional para o exercício da profissão, Maranhão destaca entre os projetos da gestão 2007/2009: a busca de parcerias com o objetivo de angariar recursos para a associação e o estreitamento das relações com as duas principais entidades esportivas do estado: Ademg – Administração de Estádios do Estado de Minas Gerais e AMCE – Associação Mineira de Cronistas Esportivos. "A atuação em conjunto é fundamental para a promoção e defesa dos interesses dos jornalistas que têm na imagem o seu instrumento de trabalho".

    Fundada em 1950, a AFORC – Minas é uma entidade sem fins lucrativos e conta hoje com cerca de 600 associados.


    Sobre Valdez Maranhão

    Na capital mineira desde 1977, o fotógrafo Valdez Maranhão já passou por vários veículos, entre eles o extinto "Jornal de Minas", "O Debate", "Pampulha" e "Jornal de Casa". Como empresário, ele já foi proprietário do restaurante "Parrila do Maranhão" e da "Choperia do Maranhão". Hoje, comanda o "Buteco do Maranhão".
    Valdez é conhecido por promover a Feijoada do Maranhão, evento que tem uma história curiosa. A primeira versão aconteceu em 1992, quando Maranhão, então fotógrafo do antigo "Jornal de Minas", perdeu sua máquina fotográfica. Sem capital para adquirir outra câmara, seu instrumento de trabalho, ele resolveu por sugestão dos amigos fazer a Feijoada. O evento foi um sucesso, os amigos adoraram e desde então a Feijoada do Maranhão vem sendo realizada anualmente. Para este ano, a data já está marcada: 15 de setembro.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 20, 2007

    PASSAMOS HOJE de 340 MIL ACESSOS ao nosso BLOG DE NOTÍCIAS. E ganhamos um LEITOR PODEROSO: o jornalista Marcelo Generoso, que circula com desenvoltura pelo governo Aécio Neves e nacionalmente é amigo pessoal dos netos e netas do ex-senador, o saudoso Antônio Carlos Magalhães, dentre outras personalidades de destaque no jet-set nacional. Agradeço a você Marcelo pelo prestígio que empresta ao nosso BLOG.


















    Posts:
     2.013

    Rascunhos:
     29

    Comentários:
     33.525

    Visitas Únicas:
     340.144

    Pageviews:
     346.208


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 20, 2007

    Foi aberta, agora à pouco, às 14h40m, a 1ª CONFERÊNCIA DA REGIÃO METROPOLITANA DE BH. O vice-governador Antônio Anastasia está abrindo o Encontro falando sobre o tema " o Marco Legal da Região Metropolitana de BH e o Arranjo Institucional de Gestão". Estão presentes no plenário da Assembléia Legislativa, dentre outros, o prefeiuto de BH, Fernando Pimentel, o secretário de Desenvolvimento Regional, deputado Dilzon Melo, o presidente do Tribunal de Justiça, Orlando Adão de Carvalho. Conheça os detalhes da Conferência.

    Com a participação de 34 prefeitos, a 1ª Conferência da Região Metropolitana de Belo Horizonte, vai até amanhã à tarde. Os chefes dos executivos se juntam a representantes da sociedade civil, a deputados estaduais e a outras autoridades para propor soluções para os principais problemas que atingem a terceira maior aglomeração urbana do Brasil.
    A Conferência, organizada pela Secretária de Desenvolvimento Regional e Política Urbana (Sedru) e pela ALMG, pretende também mobilizar o poder público, a população e o setor produtivo da RMBH para estabelecer metas e traçar planos de ação sobre temas ligados à gestão metropolitana.
    A abertura foi às 14 horas no Plenário da ALMG. Logo depois, com a conferência do vice-governador do Estado, Antônio Anastasia, que abordará o "Marco legal da Região Metropolitana de Belo Horizonte e o arranjo institucional de gestão". Ao longo da tarde e também na terça-feira (21), especialistas, administradores públicos e representantes de entidades e associações estarão reunidos tratando de assuntos como gestão ambiental, desenvolvimento econômico e social e política urbana.
    Frente parlamentar - A Conferência será encerrada no fim da tarde de terça, com três acontecimentos importantes: a posse do Conselho Deliberativo de Desenvolvimento Metropolitano, a assinatura do decreto de regulamentação do Fundo Metropolitano e a entrega do projeto de lei de criação da Agência Metropolitana.
    Também no fim do evento, será lançada oficialmente a Frente Parlamentar Mineira em prol da Região Metropolitana de Belo Horizonte. No manifesto de criação da Frente, os deputados estaduais que a subscreveram ressaltam que a RMBH é o centro político, financeiro e comercial de Minas Gerais, representando cerca de 40% da economia e 25% da população do Estado. A Grande BH é o 52º maior aglomerado urbano do mundo e 7º maior da América Latina.
    O documento destaca as desigualdade existentes entre os municípios, com Belo Horizonte, Betim e Contagem respondendo por 87% do PIB da Região, o que justifica a necessidade de uma política integrada, diante da "significativa disparidade nas condições básicas das comunidades que a integram".
    A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi criada pela Lei Complementar Federal 14, de 1973, e atualmente é regulamentada pelas Leis Complementares estaduais 88 e 89, de 2006. A Constituição Federal determina que cabe aos Estados gerenciar, em conjunto com os municípios, os serviços e atividades de interesse supra-municipal nas regiões metropolitanas.
    Especialista defende integração
    Para o empreendedor público da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), Gustavo Gomes Machado, a integração entre União, Estado e municípios é um dos caminhos para a solução dos problemas pelos quais passam as regiões metropolitanas do País.
    Gustavo, que vai participar de um dos encontros temáticos da Conferência, mostra-se preocupado com as desigualdades econômicas e sociais entre os municípios de uma mesma região metropolitanta. "Na RMBH, por exemplo, a capital, Contagem e Betim têm 91% do total de arrecadação do ICMS. Há um desequilíbrio de forças muito grande. Cada cidade tem que descobrir sua própria vocação para que investimentos possam ser direcionados de forma correta. Até mesmo aquelas que são consideradas dormitórios", acrescentou.
    Agricultura - Reforma agrária e questões ambientais também são assuntos na pauta da Conferência Metropolitana. O assessor de gabinete da Secretaria de Estado Extraordinária para a Reforma Agrária, Aldanny Guimarães Rezende, vai defender o investimento nas agriculturas urbana e periurbana, como forma de geração de renda, emprego e combate à fome nas grandes cidades. "Não se trata de uma horta de fundo de quintal, mas do aproveitamento, com apoio técnico, de terrenos baldios ou não aproveitados existentes, principalmente nas periferias. O processo envolve mão-de-obra qualificada, reduz a distância do alimento à mesa do consumidor e estimula a consciência ecológica. Sem falar que grande parte da população pobre de uma cidade grande vem do campo e tem vocação para a agricultura", defende.
    Ele citou exemplos bem-sucedidos da agricultura urbana em Havana, Cuba, e Rosário, na Argentina, onde, segundo ele, a cadeia produtiva envolve 10 mil famílias. "Em Cuba, foi a solução encontrada quando o país vivia sob embargo econômico e não tinha sequer combustível para transporte dos produtos", explicou.
    De acordo com Aldanny Guimarães, Minas Gerais é o primeiro estado do país a contar com uma legislação específica sobre o assunto. A lei, que existe há pouco mais de um ano, está em fase de regulamentação.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 20, 2007

    O livro "21 RITOS TIBETANOS", da escritora ENEIDA CAETANO será lançado amanhã, às 19 horas, no Palácio das Artes aqui em BH.

                                                                   ENTREVISTA EXCLUSIVA.
    Será lançado dia 21 de agosto, às 19 horas, no Palácio das Artes, aqui em BH, o livro "21 RITOS TIBETANOS" da escritora ENEIDA MAGALHÃES CAETANO (do Instituto LamRim), prima do nosso Procurador-geral de Justiça de Minas, Jarbas Soares Jr. Leia, agora, a ENTREVISTA EXCLUSIVA que a escritora deu a Rosana Deslandes, para o nosso BLOG DE NOTÍCIAS.

    1- O que são "Os 21 Ritos Tibetanos"?
    São exercícios físicos milenares, rítmicos e ritualísticos, que os tibetanos praticam com método e dedicação, para se fortalecerem e poderem suportar a adversidade, mantendo a saúde, vitalidade e bem-estar.
    2- Como você conheceu os Ritos Tibetanos?
    Eu já trabalhava com terapia corporal há muitos anos e por isso já os conhecia através do livro clássico de Peter Kelder, "A Fonte da Juventude". Quando fui fazer uma especialização na Holanda, em 1985, vi a oportunidade de intensificar minha prática e perceber mudanças significativas em minha vida. Decidi então ir ao Tibete para aprofundar- me neste conhecimento e estudar sua origem.
    3- Por que escrever este livro?
    Desde o livro citado acima, lançado em 1939, havia uma lacuna bibliográfica sobre a seqüência completa dos ritos tibetanos. Após uma viagem de seis meses ao Oriente, e práticas nos mosteiros tibetanos recebi autorização para compilar toda a seqüência dos 21 ritos, praticamente desconhecidos no Brasil. A idéia do livro surgiu de uma necessidade de meus alunos do Instituto Lam Rim para acompanharem, em casa, os exercícios de uma maneira correta.
    4- Como está a organização dos ritos no livro?
    Trata-se de uma seqüência completa dos 21 ritos divididos em três etapas, cada qual contendo sete ritos, onde cada rito traz um benefício específico, individual e daquela etapa. Com breves flashes de minha experiência no Oriente contextualizo a viagem e o ambiente dos mosteiros.
    5- Quais os benefícios em se praticar os Ritos Tibetanos?

    Os benefícios são inúmeros. Todos os Ritos tem o poder de ativar nossas glândulas, retardando o envelhecimento, promovendo uma revitalização física e nos proporcionando maior clareza mental, dentre outras coisas. Mas cada rito traz um benefício específico, potencializando uma área determinada de nosso corpo.
    6- Quanto tempo se gasta para fazer toda a seqüência dos 21 ritos ?
    Na fase inicial, quando ainda estamos aprendendo, necessitamos de um tempo maior, mas com a pratica gastamos aproximadamente 40 minutos para executar 21 vezes os 21 Ritos. Os tibetanos são extremamente disciplinados mas também condescendentes, pois consideram o ritmo de vida de cada um. Com a vida agitada que levamos, eles nos garantem que 3 ou 7 exercícios inicialmente, repetindo-os no mínimo 3 vezes cada um, duas vezes por semana, nos trará maior equilíbrio, e a própria prática nos ajudará a sermos mais organizados e a termos tempo para nós mesmos..
    7- Como saberei escolher um rito melhor para iniciar a prática?
    Isto é ensinado no livro e no curso dos 21 Ritos Tibetanos. Cada rito tem sua descrição e seus objetivos fisiológico e sutil. Aprendemos a escolher o rito que mais benefício nos trará e de acordo com o momento da vida que passamos. Segundo os tibetanos, devemos primeiramente cuidar do nosso corpo, que é a nossa morada, com muita dedicação, para prevenirmos diversas doenças e garantirmos uma melhor qualidade de vida, para depois cuidar do outro. Todos os ritos são simples, objetivos e de fácil execução. Praticando diariamente colhe-se resultados rapidamente
    8- Adquirindo o livro eu posso praticar os ritos sem o auxilio de um instrutor?
    Sim, este é o maior objetivo do livro e dos monges tibetanos: disseminar o conhecimento dos ritos de tal maneira que as pessoas possam beneficiar-se deles sem precisarem sair de sua casa, sem rotina monástica ou qualquer crença. Pode-se praticá-los em qualquer lugar e sem qualquer sofisticação.
    9- Durante quanto tempo preciso praticar para observar os primeiros resultados?
    Os resultados são quase imediatos e dependerá de pessoa a pessoa. Para alguns, os benefícios começam a se manifestar imediatamente após uma prática disciplinada. Quanto maior o tempo de prática maiores serão os benefícios, mas mesmo quem pratica apenas 3 ritos duas vezes por semana já colhe resultados. Embora para um resultado mais concreto, é preciso disciplina, o tempo de cada um pode variar de acordo com a sua dedicação.
    10- Como os ritos são praticados pelos tibetanos?

    Os tibetanos se utilizam dos ritos como forma de desenvolvimento pessoal, fortalecimento físico e mental, percepção de comportamentos inadequados, como método preventivo de doenças e como sedimentação de laços e também como uma forma de terapia. Eles se reúnem em família para praticar os ritos como um momento sagrado.
    11- Houve alguma adaptação nos ritos para serem praticados pelos ocidentais?

    Não, eu os ensino aqui, no Instituto LamRim, exatamente da mesma forma como aprendi com os Monges Tibetanos e que estão descritos no livro, com a mesma objetividade e simplicidade praticados por eles.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 20, 2007

    MC Donald`s, em BH, investe na ajuda à crianças com câncer. As informações vieram do nosso amigo, o proativo jornalista, Schubert Araújo da Multitexto. Confira detalhes do Evento que vai movimentar o coração da Savassi no próximo sábado.

    Atrações do McDia Feliz vão
    sacudir a Savassi em BH no próximo dia 25
     Música, dança, performances, mágicas e espetáculos circenses movimentarão o sábado na região durante a maior campanha contra o câncer infanto-juvenil

     Os moradores e freqüentadores do bairro da Savassi, em Belo Horizonte – a região mais charmosa e elegante da capital mineira – serão surpreendidos no próximo sábado, dia 25 de agosto, dia do McDia Feliz, a maior campanha de mobilização contra o câncer infanto-juvenil do País.

    Dois grandes palcos serão montados na Rua Pernambuco em frente ao restaurante McDonald’s, onde serão apresentadas diversas atrações com o objetivo de despertar a população para a causa do câncer em crianças e adolescentes e convidá-la a consumir o sanduíche Big Mac. A renda arrecadada com a venda dos sanduíches (exceto alguns impostos) será integralmente doada ao Hospital das Clínicas (HC) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), instituição beneficiada pelo segundo ano consecutivo com a campanha. O montante arrecadado nos dois anos será aplicado na construção de uma unidade onco-hematológica pediátrica, a ser instalada no prédio principal do HC. A unidade terá 22 leitos de internação para crianças com câncer, incluindo dois leitos isolados para pacientes pós-transplantados de medula óssea.
    O anfitrião voluntário do restaurante McDonald’s da Savassi e coordenador do evento, Donizeti Almeida, comemora o sucesso da mobilização conseguida este ano – o segundo que ele participa desempenhando esta função. “O envolvimento foi tão grande este ano, que conseguimos trazer até um grupo do interior do Estado, o grupo Fábrica de Alegria, da cidade mineira de Ponte Nova, para participar”, entusiasma-se. 
    Confira a programação completa do restaurante McDonald’s da Savassi em BH: 
    11 às 12h30 – Grupo Tambolelê
    13 ás 17 hs: Grupo Fábrica de Alegria (Ponte Nova -M.G ) – Direcionado ao publico infantil com palhaços, malabares, cospe fogo, teatro, pernas de pau;
    17 ás 18 hs: Show com grande Mágico;
    18 ás 19:30 hs: Várias danças – Dança do ventre, Flamenco, Cigana, Tango, Folclóricas, Axé;
    19:30 ás 20 hs: Grupo Aero Dance Brasil – Os dançarinos e dançarinas mais sarados do Brasil;
    20 ás 21 hs: Poket Show com Sofá da Kayete, a Drag Qüim mais querida de BH apresentadora do programa líder de audiência na rádio 98 FM (todos os dias ás 10 hs), trará muitos artistas de BH e região e a Drag Qüim Diva n° 1 de BH  Nyla Brizard com grande performance;
    21 ás 21:30 hs: Boate/Pista de dança na rua em plena Savassi com “DJ Luciano”(funcionário do 8° andar) e “Os Flaggers” ( a agilidade e arte de rodar banderas –Ricardo Viana funcionário do 8° andar), jogo de luz e muita dança, venha dançar e agitar com a gente;
    21:30 ás 22:30 hs: Grande encerramento com a banda “Creen 07”, som da melhor qualidade e visual arrojado dos seus integrantes.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 19, 2007

    Tribunal de Contas ouve detalhes sobre a construção do Centro Administrativo que o governo Aécio Neves vai construir no antigo Centro Hípico às margens da Linha Verde. O presidente do TCE, ex-deputado Elmo Braz recebeu em audiência um grupo de auxiliares do governador, tendo à frente, o vice-governador Antônio Anastasia. O investimento na popularmente chamada BRASILINHA MINEIRA será de 900 milhões de reais.

    O Presidente do Tribunal de Contas do Estado Conselheiro Elmo Braz  recebeu em audiência, dia 4 de julho, em seu gabinete, o Vice-Governador Antonio Augusto Anastásia, o Presidente da Comig, Oswaldo Borges, e o Secretário de Estado de Obras Públicas, Fuad Norman, que estavam acompanhados de vários assessores técnicos, para ampla explanação acerca da proposta do governo do Estado de construção de um Centro Administrativo. Na ocasião, compareceram os Conselheiros Antonio Carlos Andrada, Wanderley Ávila, Eduardo Carone Costa e Simão Pedro Toledo, além de Auditores, Procuradores e técnicos do Tribunal de Contas.  A obra está orçada em R$ 900 milhões e será edificada em terreno na zona leste da capital, que abrigou o antigo Centro Hípico às margens da linha verde.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 19, 2007

    Nesta segunda-feira, às 20 horas, será aberta na Câmara Municipal de BH, a Exposição "Pinturas Táteis/Pintando para os Cegos".

     "Uma imagem vale mais do que mil palavras"


     cid:image001.png@01C7DCCD.EB4D0C10 
     AGENDA GALERIA DE ARTES

     DIA 20 de AGOSTO a 14 de SETEMBRO/07: OBJETO: Uma mostra de diversas Telas produzidas com formas e texturas a óleo e/ou acrílico, compostas de cores, relevos e objetos, conforme detalhes abaixo, da artista Plástica mineira, Sra. Eni D'Carvalho, reconhecida internacionalmente, e que serão expostas na Galeria de Artes, local onde, também, ocorrerá a abertura no seu primeiro dia ( em 20/08), às 18:00h, com homenagem prestada pelo Corpo Musical  Maçônico, através de uma cerimônia conhecida como "Abóboda de Aço".   


    MOTIVO: Esta "Exposição" tem por objetivo primordial em valorizar com respeito maior a individualidade de cada criatura humana, sem descriminação ou distinção de valores pelo particular diferencial  de cada um, donde se constrói um novo espírito de convivência, baseado na igualdade de oportunidades, compreensão, e equilíbrio social.
     
                                         Tema: Simbologia Macônica
    Sempre que o conhecimento se apresenta parcialmente aos interessados, provoca dúvidas. Assim, começam a surgir boatos, lendas e mitos. Ainda mais quando se trata de uma instituição secular, como é o caso da Maçonaria. O simples fato desta organização ser pouco conhecida no seu interior, dá margem a curiosidades.O termo "pouco conhecida", por si só, traz uma aura de mistério e segredo
    No intuito de satisfazer algum tipo de curiosidade dos invisuais e de apresentar símbolos maçônicos aos que se interessam por esse universo, Eni D´Carvalho, Artista-Educadora traz a sua proposta.Quebra paradigmas, utiliza a arte tátil interativa e inclusiva.Demonstra símbolos que são a matéria-prima da arte. Propõe , desta forma, a via tátil como instrumento para construção de uma sociedade mais igualitária.


    "Em nenhuma outra era a Maçonaria teve oportunidade tão grande como agora de assumir sua verdadeira posição entre as instituições humanas, bem como viabilizar seu devido reconhecimento pelo simples poder do amor fraterno, assistência e verdade, baseados em uma filosofia  que não pode ser encontrada em nenhum lugar, a não ser em seus símbolos milenares."(Maçonaria Wagner Veneziani Costa)


                                          
    Por  que a Maçonaria usa símbolos ?
    Como em toda grande tradição de sabedoria, a maçonaria lança mão de símbolos para expressar seus conhecimentos iniciáticos. Eles têm um efeito muito grande na psique  humana, sendo mais eficientes do que palavras, pois inspiram e ensinam.São a matéria-prima da arte;uma gramática atemporal que pode nos lembrar daquilo que sempre existiu, mas que já foi esquecido.E como a complexidade dos ensinamentos maçônicos não pode ser compreendida através de mero exercício intelectual, a "Arte Real" utiliza esse poderoso recurso.

     ( Revista Conhecer Fantástico /Maçonaria/Arte Antiga Editora)


     
    ENI D´CARVALHO

    Arte para tocar, sentir, promover o amor, a paz, magnetizando nossos sentidos, tocando a alma e chegando ao coração....Eni D´Carvalho, luso-brasileira, nasceu em Ubá – MG, Brasil.  Formada em Administração , Ciências Contábeis e pós-graduada em Administração Hospitalar,. Em 1996 decidiu dedicar-se à Arte. Dois anos depois questiona-se em termos conceituais, face a problemática dos invisuais e, sensibilizada, focaliza sua obra numa ótica de resposta às necessidades detectadas nesse contexto.
    Consagrada em Portugal como "Pintora dos Cegos" é agora "Pintora da Luz" porque retrata a alma que reluz de todas as coisas.Eni D´Carvalho é uma pintora conceituada e premiada tanto nos  EUA como na Europa e no Brasil onde recebeu as Medalhas da Solidariedade, e Medalha Maçônica de Honra ao mérito  "Umbral Sagrado" .Em Minas Gerais é destaque no projeto como  "Grandes Mineiros".
    Sua obra é um convite à reflexão, à vida, à natureza. Reinventa a comunicação, quebra paradigmas, provoca a inclusão na luta pela compreensão entre todos os homens para que o Belo ilumine o planeta.
    Ao utilizar material reciclado, Eni D´Carvalho visa acordar o expectador para a problemática da ecologia que necessita de uma nova forma de organização, com mais harmonia, equilíbrio e sustentabilidade; respeitando as relações dos seres humanos entre si, com a natureza, com o universo e, conseqüentemente com a PAZ.
    ENI D´CARVALHO
     
    Eni D´Carvalho participa do Projeto "Grandes Mineiros" - apresentado  pela Cia Vale do Rio Doce " no Jornal  Nacional / TV Globo, exibido  em junho de 2007.


     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 19, 2007

    Comissõs de Saúde, de Administração Pública e Direitos Humanos de olho na Central de Perícias Médicas do Fórum Lafayette. Reunião está marcada para as 9 e meia da manhã de quarta-feira, dia 22, no Plenarinho 2 do prédio da Assembléia, aqui em BH.

    O funcionamento da Central de Perícias Médicas do Fórum Lafayette, em Belo Horizonte, será tema de uma reunião conjunta das Comissões de Saúde, de Administração Pública e de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa de Minas Gerais. A reunião, solicitada pelo deputado Irani Barbosa (PSDB), será nesta quarta-feira (22/08/07), às 9h30, no Plenarinho II. Entre os convidados estão o corregedor-geral de Justiça, desembargador José Francisco Bueno.
    Na reunião será discutida a situação da Central de Perícias Médicas que, segundo levantamento do Conselho Regional de Medicina, funciona contrariando as normas legais, em especial a Lei 6.839, de 1980, que obriga o registro da empresa nos órgãos nas entidades fiscalizadoras do exercício profissional; e o Decreto 20.931/32, que regula o exercício da medicina, entre outras atividades profissionais.
    Também serão discutidas irregularidades apontadas pela Vigilância Sanitária, oferecendo riscos aos usuários. Segundo o deputado Irani Barbosa, a reunião também foi motivada por denúncias apresentadas por médicos peritos, que alegam estar sendo preteridos pelo tribunal em detrimento de contratados, por serem concursados e não aceitarem interferências na confecção dos laudos.
    De acordo com o parlamentar, ao denunciar a questão, foi aberto processo administrativo contra os médicos. O deputado Irani Barbosa informa que pediu a reunião para conhecer a realidade dos fatos.
    Foram convidados ainda o juiz auxiliar da Corregedoria e diretor do Fórum Lafayette, André Leite Praça; o presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de Minas Gerais, Hermann Alexandre V. Von Tesenhausen; gerente de Vigilância Sanitária da Prefeitura de Belo Horizonte, Mara Machado Guimarães Corradi; médico perito da Central de Perícias Médicas do Fórum Lafayette Gerson Coelho Cavalcanti; e a coordenadora das Promotorias de Defesa da Saúde, Joseli Ramos Pontes.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 19, 2007

    Que coisa sô!

    Da série: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. Recorte de jornal que recebí do meu amigo Antônio Baggio, presidente do Sindicato da Indústria de Papel e Papelão, filiado à Fiemg. É. Aristeu é mesmo O CARA. Vai ser empreendedor e ousado assim lá na minha empresa, sô! Veja com calma. Cada detalhe. Bom proveito!

                            


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 19, 2007

    CHOQUE DE GESTÃO é mostrado a economistas do Instituto de Estudos de Política Econômica ( IEPE), mais conhecido como Casa das Garças no Rio de Janeiro. No encontro discutidos também temas como a Economia Nacional e a Crise dos Mercacos Financeiros Internacionais.Vale conferir detalhes!









                       Governador apresenta inovações do modelo de gestão em Minas

     

    O modelo de gestão e os programas estruturadores, que têm feito de Minas Gerais referência no país em planejamento público, foram apresentados, nesta quinta-feira (16), pelo governador de Minas, Aécio Neves, a um grupo de economistas que se reuniram no Instituto de Estudos de Política Econômica (Iepe), mais conhecido como Casa das Garças, no Rio de Janeiro. Durante o encontro, também foram discutidos a economia nacional e a atual crise nos mercados financeiros de todo o mundo.
    "A atual crise financeira internacional ressalta ainda mais a necessidade de uma gestão pública eficiente e de planejamento das ações governamentais. Mas ainda é cedo, como parece reconhecer a maioria dos analistas, para dimensionar as conseqüências dessa crise para o mundo e para o Brasil, em particular", afirmou Aécio Neves.
    Para alguns dos economistas presentes, a crise nos mercados financeiros é uma crise de confiança, que surgiu após um período de euforia, contaminados pelos mecanismos de crédito considerados frágeis no mercado imobiliário dos Estados Unidos, que geraram empréstimos sem garantias. Os economistas acreditam que haverá uma desaceleração da economia mundial. De acordo com eles, a pergunta, nesse momento, é se os Estados Unidos vão entrar em um período de recessão e até que ponto ela vai contaminar o resto do mundo.
    Entre os presentes no encontro estavam os diretores do Iepe, o ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) Edmar Bacha; e o economista e professor da PUC-RJ Dionísio Dias Carneiro; o ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga; a ex-diretora de Privatização do BNDES Elena Landau; o ex-ministro da Fazenda Marcílio Marques Moreira; e o ex-ministro do Trabalho Edward Amadeu.
    2ª geração do Choque de Gestão
    O governador Aécio Neves apresentou aos economistas a trajetória dos programas de gestão e desenvolvimento implantados no Estado, que, em 2003, estava com 63% da sua receita comprometida, sem acesso a linhas de crédito internacional. Aécio Neves explicou que logo ao assumir, no primeiro mandato, aproveitou o capital político que tinha para implementar mudanças estruturais que seriam fundamentais.
    "O Choque de Gestão, aliado a uma política de desenvolvimento planejada, possibilitou que o Estado saísse de um déficit de R$ 2,3 bilhões, em 2003, para um superávit de R$ 81 milhões, em 2006", disse o governador. Ele também falou sobre os esforços feitos na implantação do Choque de Gestão, e o fim do crescimento passivo da folha de pagamento de pessoal.
    "Em Minas, hoje, não se improvisa. No início do nosso governo estabelecemos metas pensando em 2023. Índices de crescimento econômico e variados indicadores sociais foram estabelecidos no Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI), logo no início do governo. Nele, também estabelecemos, por exemplo, quais os arranjos produtivos de cada região serão apoiados e incentivados pelo Estado", explicou.
    O Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado propõe uma segunda geração do Choque de Gestão, tendo como principal característica a inserção dos destinatários das políticas públicas no processo de planejamento. Assim, foram definidas as ações e metas para os próximos anos, em cinco eixos estratégicos: Pessoas instruídas, qualificadas e saudáveis; Jovens protagonistas; Empresas dinâmicas e inovadoras; Cidades seguras e bem cuidadas, e Eqüidade entre pessoas e regiões.
    Estado para Resultados
    Os últimos quatro anos foram marcados pelo êxito do conjunto de medidas para introduzir, no aparato estatal, a concepção de um Estado que gasta menos com a máquina e, cada vez mais, com o cidadão. No PMDI 2007-2023 propõe-se um aprofundamento dessa diretriz, no intuito de construir, desde já, um verdadeiro Estado para Resultados, o que significa garantir à população serviços públicos com alta qualidade, máximo índice de cobertura, a menores custos e, ao mesmo tempo, o aprimoramento da qualidade fiscal e uma gestão eficiente.
    "A partir do PMDI, estabelecemos metas de curto prazo para que a cada quatro anos pudéssemos avançar. Isso é feito de forma planejada, por meio do orçamento do Estado, que tem sido executado integralmente", explicou o governador.
    Segundo Aécio Neves, a recuperação das contas públicas em Minas foi embasada pelo esforço no aumento da receita e no enxugamento dos gastos com a máquina pública. Entre as medidas para diminuir as despesas com a máquina, foram extintas secretarias e cargos em comissão, contingenciamento de 20% das despesas financiadas com recursos do Tesouro Estadual e redução no salário do governador de Estado.
    O governador destacou o programa de valorização do funcionalismo estadual, com a implantação de 122 planos de carreiras, beneficiando 390 mil servidores públicos e a adoção de novos concursos públicos. Por meio do Choque de Gestão, o Governo de Minas implantou também os acordos de resultados, fazendo que a valorização profissional e salarial dos servidores fosse atrelada ao aumento da qualidade do serviço prestado à população e ao cumprimento de metas estabelecidas para cada secretaria e órgão do Estado.
    "Nossa intenção é construir um serviço público estadual profissional, baseado no mérito de cada um, e que possa garantir a continuidade de programas por mais de um governo. A finalidade desse programa de gestão e planejamento não é meramente de organização do Estado, mas a garantia de serviços de qualidade para a população", disse Aécio Neves aos economistas.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 19, 2007

    TÚNEL DO TEMPO. Do implacável arquivo do colunista César Romero - o Cabelin - da Tribuna de Minas de Juiz de Fora, vale conferir!

                                                        
                                                Hélio Costa, Hugo Alessi, Gerdal Vasconcellos
                                                  e Mário Eugênio Gomes Freire de Andrade
                                                          no Clube Bom Pastor, em 1986


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sábado, Agosto 18, 2007

    O COLÍRIO deste sábado é em DOSE DUPLA DE BELEZA. Vem do bem relacionado colunista César Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.

                                                                
                                                                 Nicole Mendes e Renata Ferreira


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sábado, Agosto 18, 2007

    Hoje em Juiz de Fora. O destaque vem do jornal Tribuna de Minas.

                                                           Parada do Orgulho GLBT e
                                                        Miss Gay agitam Juiz de Fora

    A 5ª Parada da Cidadania e do Orgulho GLBT abre a programação de hoje, a partir do meio-dia, quando as cerca de cem mil pessoas esperadas pela organização do evento se concentram no Parque Halfeld. O desfile termina com festa na Praça Antônio Carlos. À noite, as 29 candidatas ao título de Miss Brasil Gay protagonizam a festa no ginásio do Tupinambás.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sábado, Agosto 18, 2007

    Neste sábado ultrapassos a marca dos 333 MIL ACESSOS ao nosso BLOG DE NOTíCIAS. Já escrevemos e editados mais de 2 mil POSTS, ou seja, notícias. Os números são do provedor TERRA. Agradeço de coração seu acesso!


























    Posts:
     2.002

    Rascunhos:
     29

    Comentários:
     28.907

    Visitas Únicas:
     333.995

    Pageviews:
     339.943
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sábado, Agosto 18, 2007

    Economia. Assembléia de Minas analisa PMDI - Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado. O ralator é o deputado Agostinho Patrus Filho.

    Está marcada para a próxima terça-feira (21/8/07), às 14h30, no Plenarinho IV, a primeira reunião da Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária ampliada (com a participação de membros das comissões permanentes) para discutir Projeto de Lei (PL) 1.026/07, que atualiza o Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI). O relator da matéria, deputado Agostinho Patrús Filho (PV), deve apresentar seu parecer sobre o projeto, que recebeu 88 emendas e tramita em turno único.
    O PMDI é um conjunto de ações estratégicas de planejamento de médio e longo prazos (2007/23), elaborado pelo Poder Executivo, que envolve o governo, a iniciativa privada e organizações civis, com vistas à promoção do desenvolvimento econômico, à melhoria dos indicadores sociais e à redução das desigualdades regionais do Estado.
    Suas metas e diretrizes são fundamentais para orientar a discussão das ações de planejamento de médio e curto prazos, contidas no Plano Plurianual de Ação Governamental (PPAG), na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e na Lei Orçamentária Anual (LOA). A meta de investimentos até o ano de 2011 para implementar as ações previstas no PMDI é de R$ 80 bilhões, sendo R$ 20 bilhões do Tesouro do Estado e o restante dos recursos distribuídos entre empresas públicas e iniciativa privada.
    Pela primeira vez, o PMDI terá emendas de iniciativa popular. Elas foram elaboradas a partir de propostas de ação legislativa (PALs), apresentadas por representantes da sociedade civil que participaram do Ciclo de Debates sobre o PMDI realizado no final de junho.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 17, 2007

    O ANIVERSARIANTE ILUSTRE desta sexta-feira, é o senador HÉLIO COSTA, ministro das Comunicações, nosso amigo de Barbacena. Foi nele que me mirei para iniciar minha carreira de repórter de TV. Ele abriu-me as portas do jornalismo televisivo, sempre nos incentivando. Da Rádio Barbacena, passando pela Rede Globo - onde atuamos por 16 anos como repórter político - até a nossa atual tarefa de ancorar ao vivo as transmissões diárias do plenário pela TV Assembléia. O ministro/senador, que nunca deixou de ser a alma do jornalismo - REPÓRTER - é leitor diário do nosso BLOG DE NOTÍCIAS. Parabéns ministro, amigo Hélio Costa. Muitos anos de vida e que não perca nunca seu sonho de chegar ao Palácio da Liberdade! ( Esteve bem perto, por duas vezes). Receba nosso abraço afetuoso, ao lado de Ana Catarina e seus filhos!

                                                    

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 17, 2007

    GRAÇA A DEUS, que o internauta brasileiro passa 23 horas e 30 minutos na Internet por mês. O vice-campeão são os Estados Unidos com 19h e 52 minutos, por mês na Rede Mundial de computadores(na www).Percebo este comportamento, a partir do nosso BLOG DE NOTÍCIAS, que segundo o Terra já passou dos 340 mil acessos. Confira detalhes da pesquisa do Ibope/NetRatings, divulgados recentemente

    Internauta brasileiro passa quase um dia na Internet por mês






    O internauta brasileiro quebrou o recorde de tempo de navegação. Em julho, passou em média 23 horas e 30 minutos na rede, segundo relatório do Ibope/NetRatings divulgado nesta sexta-feira.
    A marca é uma hora e três minutos maior do que a de junho. São considerados nesta pesquisa apenas os usuários ativos domiciliares, ou seja, pessoas que acessam a rede ao menos uma vez por mês de casa. O Brasil se mantém com maior tempo médio de navegação residencial do planeta. Completam a lista dos cinco países com maior tempo de navegação os Estados Unidos (19 horas e 52 minutos), Japão (18 horas e 41 minutos), Alemanha (18 horas 7 minutos) e Austrália (17 horas 51 minutos).
     Esse é o maior tempo médio por internauta residencial já reportado pela pesquisa desde o início das suas operações, em 1998.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 17, 2007

    DE OLHO NO CASARIO de Barbacena. Prabéns ao site www.barbacenaonline. com br que destaca a necessidade de conscientizar quem é quem da cultura para a preservação de um outrora belo casarão do início dop século XIX da Praça do Rosário. Nosso BLOG DE NOTÍCIA é parceiro nessa tarefa. Estamos prontos para ajudar. Confira os detalhes na matéria que veio do barbacenaonline.





    Por mais enfadonha que seja a temática preservacionista de bens culturais, ainda não deve sair das páginas dos jornais. A todo momento, patrimônios edificados em todo o território nacional estão sendo destruídos e abandonados e Barbacena não foge à regra. O casarão assobradado da Praça Dom Silvério (popularmente Praça do Rosário) é um exemplo desse descaso com um bem imóvel de valor histórico que se perde na paisagem urbana local.

    Aos olhos mais atentos, a imponente construção da arquitetura civil colonial do início do século XIX desaparece e dá lugar a um misto de irresponsabilidade civil, negação aos valores culturais e insensibilidade estética. O casarão, quase em ruínas, ainda permanece em pé, tão somente pela rigidez de sua construção em adobe, isto é, tijolo misturado com argila e palha.


    Desequilíbrio estético no casarão da Praça Dom Silvério dificulta sua recuperação
    É perceptível que até hoje nenhuma intervenção estrutural, mesmo paliativa, foi detectada para recuperar e salvaguardar boa parte das característica originais do casarão. Na parte inferior da fachada há lojas comerciais com placas de propaganda de gosto duvidoso e toldos de lata galvanizada e de tecido já rotos pela ação do tempo, provocando um desequilíbrio estético no local.Dentro do projeto de revitalização urbana, a Praça do Rosário em breve será inaugurada, mas na contra-mão do tempo, o velho casarão continuará agonizando e seguindo o seu triste destino. Dá pena.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 17, 2007

    VEM AÍ, de 3 a 5 de setembro no Othon Palace BH, o 6º CONGRESSO NACIONAL DE CHEFES DE GABINETE, pilotado por Guilherme Lima. Conhecí o Guilherme, lá Assembléia Legislativa de Minas, após Reunião Especial em homenagem pelos 25 anos do jornal Edição do Brasil. Quem apresentou-me o Guilherme, foi nosso amigo Ronan Ramos, Assessor Político do senador Eduardo Azeredo, do PSDB de Minas. NOTA: agora Guilherme Lima é dos mais de 350 mil leitores do nosso BLOG DE NOTÍCIAS na Blobosfera. Obrigado e sucesso ao Congresso da categoria. Confira as informações abaixo.

    Caro João Carlos Amaral,
    conforme conversamos dia 6/8, estou encaminhando uma nota para o disputado espaço que você gentilmente colocou à nossa disposição.
    Atenciosamente,
    Guilherme Lima
    Presidente da Associação Nacional de Chefes de Gabinete


                              CHEFES DE GABINETE SE REÚNEM EM BELO HORIZONTE

    Chefes de gabinete, assistentes, assessores e secretários executivos dos poderes públicos e empresas privadas de todo o país têm um encontro marcado em Belo Horizonte, nos salões do Othon Palace Hotel, de 3 a 5 de setembro, quando será realizado o 6º Congresso Nacional de Chefes de Gabinete – Chegab.
    No temário, uma grande variedade de assuntos, como o meio ambiente, a criatividade e o humor, a contribuição da psicologia, a ética e a prevenção de conflitos, entre outros.
    O Chegab é realizado cada vez em um diferente estado brasileiro e se propõe a atualizar a função deste que é considerado um profissional múltiplo, pois no seu dia-a-dia se vê às voltas com os mais diferentes problemas, desde encaminhamentos políticos e operações fiscais à aplicação de leis e atividades sociais.
    Segundo Guilherme Lima, presidente da Associação Nacional de Chefes de Gabinete, o objetivo do congresso é "mexer com a vida profissional dos participantes". O foco abrange todos que trabalham nos gabinetes dos Três Poderes e da atividade privada.
    A necessidade dessa troca de experiência surgiu há sete anos, quando a associação foi fundada. De lá para cá vem crescendo o número de associados, justamente pela complexidade do cargo e a procura por preciosas informações que favoreçam melhor qualificação.
    As inscrições devem ser feitas no site da associação: www.anchegab.com
    Para contato use o e-mail do congresso: sextochegab@yahoo.com.br




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 17, 2007

    JUSTIÇA via satélite para todo o Brasil.

     

    STF inaugura TV Justiça em canal aberto

    Portaria de autorização foi assinada pelo
    ministro Hélio Costa em junho de 2006

    Brasília – A partir desta quarta-feira (15/08), a TV Justiça vai transmitir sua programação para todo o Distrito Federal em canal aberto. A portaria assinada pelo ministro das Comunicações, Hélio Costa, em junho de 2006, autoriza o STF (Supremo Tribunal Federal) a gerar sinal aberto de radiodifusão em sons e imagens para todo o Brasil.
     
    No ar, desde 2002, como canal por assinatura, a programação da TV do Poder Judiciário vai chegar, finalmente, a todos os segmentos da sociedade. Antes, a programação da TV Justiça era acessível somente aos assinantes de canais a cabo. A inauguração do novo canal contará com a participação de Hélio Costa.
     
    “Esta é mais uma conquista da sociedade que finalmente terá, de forma democrática, acesso às informações do Judiciário. Dar à TV Justiça um canal aberto é muito importante porque o cidadão que não pode pagar pelo acesso à TV por assinatura acabava não se beneficiando desse espaço de aproximação entre o Poder Judiciário e a sociedade.”
     
    TV Justiça
    A TV do Judiciário transmite julgamentos, programas de debates, seminários ou conferências, traduzindo a linguagem especializada do Direito para o público leigo, relacionando fatos e notícias com o cotidiano. A transmissão, em canal aberto para todo o DF, será feita pelo canal 53/UHF.
     
    Segundo o STF, na primeira fase de funcionamento do canal 53, a programação será praticamente a mesma já veiculada no canal por assinatura e captada  também nos lares com antena parabólica e receptor digital. De um total de 52  programas exibidos atualmente, 32 terão exibição assegurada no canal aberto.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 17, 2007

    Comércio Brasil-Estados Unidos.

    Hélio Costa recebe autoridades da área de telecomunicações dos EUA

     Encontro permitiu troca de experiências e discussão de futuros acordos. Destaque foi a conexão em escolas

     O principal tema na reunião, nesta quinta-feira (16/08), com a delegação norte-americana foi a de antecipar o acordo de certificação de aparelhos eletro-eletrônicos que envolvem o comércio entre Brasil e EUA. Dessa forma, os equipamentos já chegariam certificados no país comprador, diminuindo a burocracia. “Isso é muito bom, porque os Estados Unidos são o grande mercado brasileiro do setor”, afirmou o ministro das Comunicações, Hélio Costa.

     Também foram apresentados às autoridades norte-americanas os principais projetos do Brasil no setor de comunicações. Participaram do encontro o coordenador para Comunicações e Políticas de Informação Internacional dos Estados Unidos, David Gross, e membros da agência reguladora do país, a Federal Comunnications Commission (FCC).

     No encontro, o ministro ouviu experiências bem sucedidas dos Estados Unidos, como a conexão de 99% das escolas à internet e a implantação da primeira fase da TV Digital. Hélio Costa também apresentou projetos brasileiros de destaque nas áreas de serviços postais e inclusão digital.

     “Queremos aprender com o que está acontecendo nos Estados Unidos e mostrar os nossos projetos. Essa reunião tocou em vários pontos estratégicos e foi extremamente importante para aprofundar o relacionamento entre os países, tanto técnica quanto politicamente”, disse Hélio Costa.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 17, 2007

    DE OLHO NO GOVERNO AÉCIO NEVES.











                          Governo avalia metas para juventude e redução da pobreza

     









       

    José Carlos Paiva/Secom MG

    As metas e projetos estruturadores do Governo de Minas para a juventude e a redução da pobreza no Estado foram avaliadas nesta quinta-feira (16), nas reuniões do Comitê da Área de Resultados Protagonismo Juvenil e do Comitê da Área de Resultados Redução da Pobreza e Inclusão Produtiva (foto). O vice-governador Antonio Augusto Anastasia, secretários de Estado e o coordenador executivo do programa Estado para Resultados, Tadeu Barreto, conversaram sobre as estratégias do Governo que serão concluídas até o fim de 2007, para a melhoria de vida da população jovem e avanço no combate à pobreza em Minas.


    “O governador Aécio Neves tem se empenhado muito em projetos destinados aos jovens, tanto que foi criada a Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude”, disse o vice-governador.


    A Área de Resultados Protagonismo Juvenil envolve as secretarias de Planejamento e Gestão (Seplag), Desenvolvimento Social (Sedese), Esportes e Juventude (SEEJ), Educação (SEE) e Cultura (SEC). As metas colocadas para a juventude são: redução das taxas de homicídios entre jovens de 15 a 24 anos de idade; aumento da taxa de conclusão do ensino médio; e aumento do percentual de jovens de 15 a 17 anos cursando o ensino médio. 


    Um dos projetos estruturadores desta área é o Poupança Jovem. O programa se destina a estudantes do ensino médio da rede pública estadual e vai atender a 50 mil jovens mineiros até 2010. Os jovens contarão com acompanhamento do rendimento escolar, atividades extracurriculares e cursos profissionalizantes. Em contrapartida, o Governo de Minas vai oferecer uma poupança no valor de três mil reais a ser sacada após a conclusão do ensino médio. Para manter-se no programa, o aluno deverá ter freqüência escolar, participação nas atividades complementares e em projetos comunitários.


    O Centro de Referência Jovem Minas, que ainda terá seu plano diretor definido pelas secretarias de Estado competentes e pelo Programa Estado para Resultados, é outro projeto estruturador do Governo, bem como o Promédio, programa que visa melhoria da qualidade e eficiência do ensino médio. Uma das metas alcançadas pelo Promédio é o atendimento com merenda escolar de 135 mil alunos do ensino médio noturno. Ainda nos projetos estruturadores está o Ensino Médio Profissionalizante. Dentro deste programa já foram identificadas 55 escolas estaduais para implantação de educação profissional de nível técnico.


    Redução da Pobreza e Inclusão Produtiva


    O Comitê da Área de Resultados Redução da Pobreza e Inclusão Produtiva tem como objetivos a redução do percentual de pobres em relação à população total da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH); redução do percentual de indigentes em relação à população total da RMBH; aumento do número de regiões atendidas pelo Projeto Travessia; redução do percentual de habitações precárias no Estado; e monitoramento do percentual de municípios que recebem financiamento do Sistema Único de Assistência Social (Suas) em Minas Gerais.

    Os projetos estruturadores para a Redução da Pobreza e Inclusão Produtiva são: implantação do Suas, Lares Geraes – Habitação Popular, Universalização do Acesso à Energia Elétrica no Campo, Minas sem Fome, e Travessia - Atuação Integrada em Espaços Definidos de Concentração de Pobreza, criado pelo Governo para organizar as ações do Estado em determinadas regiões. O Lares Geraes alcançou a meta de três mil unidades habitacionais construídas em 2007. Todos os projetos visam o aprimoramento da política estadual de assistência social.

     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 17, 2007

    FÓRUM TÉCNICO discute hoje em Teófilo Otoni o projeto "ICMS SOLIDÁRIO" do deputado Dinis Pinheiro. Começa daqui a pouco às 8 meia e vai até as 13 horas no Clube Palmeiras.

    Lideranças da região do Jequitinhonha/Mucuri se reúnem com deputados estaduais na próxima sexta-feira (17/8/07), em Teófilo Otôni, para o terceiro encontro regional do Fórum Técnico ICMS Solidário. A reunião será no Clube Palmeiras (Rua Hélio Otoni, s/n, Bairro São Diogo), de 8h30 às 13 horas, e visa coletar sugestões para o Projeto de Lei (PL) 637/07, do deputado Dinis Pinheiro (PSDB), que altera a Lei 13.803, de 2000, conhecida por Lei Robin Hood.
    Em tramitação na ALMG, o PL 637/07 divide os critérios que hoje determinam a distribuição do ICMS em três grupos: critérios econômicos; sociais solidários; e de compensação solidária. O objetivo é redistribuir uma parte do imposto, beneficiando municípios que estejam em situação desfavorável em relação à média per capita de ICMS do Estado.
    O PL 637/07 é resultado de ampla discussão realizada na ALMG em 2001, pela Comissão Especial da Lei Robin Hood, que concluiu ser necessário alterar a forma de distribuição do ICMS. Após seguidas tentativas de aprovação da matéria, sem sucesso, a proposta foi desarquivada agora pelo relator daquela comissão, deputado Dinis Pinheiro. "A proposta busca uma distribuição de recursos mais justa, mais humana e mais cristã. O exercício da vida pública só tem significado se for voltado para as pessoas mais carentes. Esse projeto beneficia mais de 15 milhões de pessoas, é um grande instrumento de transformação social", argumenta o autor do projeto.
    Ganhos para todos os municípios
    Conforme simulação feita pela Consultoria da ALMG, com base nos valores de ICMS de abril deste ano, a região do Jequitinhonha/Mucuri será a mais beneficiada com a mudança proposta pelo projeto, elevando a arrecadação de todos os municípios. O repasse médio do imposto para a região subiria de R$ 6,88 per capita para R$ 8,23, representando um ganho de 19,66%. Chapada do Norte é o município que mais ganharia, elevando o per capita em 31,66% (de R$ 4,93, para R$ 6,49) e Salto da Divisa é o que teria a menor variação, de 0,95%, passando de R$ 27,54 para R$ 27,81.
    A microrregião de Teófilo Otôni teria uma aumento de 19,09% em sua parcela do imposto. Ladainha é o município que teria a maior vantagem, com 30,86% a mais no valor per capita; e Teófilo Otôni, com 15,32% de aumento, o que apresentaria a menor variação. As outras microrregiões teriam os seguintes aumentos médios: Capelinha, 18,36%; Araçuaí, 28,59%; Pedra Azul, 19,7%; Almenara, 20,29%; e Nanuque, 15,2%.
    No total do Estado, 762 municípios seriam beneficiados com as novas regras propostas pelo PL 637/07, enquanto 91 perderiam recursos.
    A programação do encontro em Teófilo Otôni inclui exposições técnicas sobre a Lei Robin Hood e sobre o projeto, além de pronunciamentos e debates. Solicita-se que as sugestões para aprimoramento do PL 637/07 sejam apresentadas por escrito e, se possível, em disquete ou CD, com o nome do proponente, telefone, endereço eletrônico e nome da instituição que representa. Todas as propostas serão consolidadas na etapa final do Fórum, em Belo Horizonte. A programação completa do Fórum está disponível no hotsite do evento, na página da Assembléia: www.almg.gov.br.
    Previsão legal - De acordo com a Constituição Federal, de todo o ICMS arrecadado no Estado, 25% destinam-se aos municípios. Desse montante, pelo menos 75% devem ser distribuídos de acordo com o Valor Adicionado Fiscal (VAF), que retrata o movimento econômico do município. E até 25% conforme determinar a lei estadual.
    Atualmente, o ICMS em Minas é distribuído de acordo com os seguintes critérios e percentuais dos recursos destinados aos municípios: VAF (79,68%); área geográfica (1%); população (2,71%); população dos 50 municípios mais populosos (2%); educação (2%); produção de alimentos (1%); patrimônio cultural (1%); meio ambiente (1%); saúde (2%); receita própria (2%); cota mínima (5,5%); e municípios mineradores (0,11%). O cálculo da parcela de cada município é uma média aritmética que leva em conta o desempenho do município e o peso de cada critério.
    O que prevê o PL 637/07 - A proposta original do PL 637/07 é distribuir, pelo critério do VAF, o mínimo determinado pela Constituição Federal, que é 75% - e não os 79,68% atuais. Assim, os 4,68% restantes serão redistribuídos a partir de um novo critério, chamado ICMS solidário. Já os demais critérios não terão o índice alterado, mas serão separados em dois grupos, um relativo a critérios econômicos e outro relativo a critérios sociais.
    Os critérios econômicos são o VAF (75% dos recursos), produção de alimentos (1%), meio ambiente (1%), receita própria (2%) e municípios mineradores (0,11%). Os critérios sociais são área (1%), população (2,71%), população dos 50 mais populosos (2%), educação (2%), patrimônio cultural (1%), saúde (2%) e a cota mínima (5,5%).
    A divisão dos recursos será feita em três etapas. Todos os municípios participam da primeira fase, relativa aos critérios econômicos. Aqueles que apresentarem índice de ICMS per capita igual ou superior à média do Estado acrescida de 40% não participam da divisão de recursos do segundo grupo, de critérios sociais solidários. Realizada essa nova distribuição, cada município alcança um novo valor per capita, que é confrontado com o novo valor médio do Estado. Apenas os municípios que ficarem abaixo da média do Estado acrescida de 40% seguem para a divisão de recursos do ICMS solidário. Essa parcela, instituída pelo PL 637/07, é distribuída conforme a população de cada município participante.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 17, 2007

    DE OLHO NA FIEMG. Confira as informações que vieram do site www.fiemg.com.br






    Diretor do Indi discute desafios do setor sucroalcooleiro com empresários do Coinfra


    O Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (Indi) estima que o setor sucroalcooleiro do estado deverá crescer 355% nos próximos 10 anos, com investimentos de US$ 3,6 bilhões. A expectativa, segundo o diretor do órgão, Maurício de Oliveira Cecílio, que participou da reunião do Conselho de Infra-Estrutura e Privatização da Fiemg (Coinfra), é de que a produção de álcool salte dos atuais 1,7 bilhão de litros para 4,77 bilhões, e a de açúcar, das 2,5 milhões de toneladas para 6,8 milhões.
    Para chegar a estes números, a produção da cana-de-açúcar passará das 39 milhões de toneladas estimadas para a safra 2007/2008, e dos 450 mil hectares de área plantada, para 106 milhões de toneladas e 1,25 milhão de hectares de plantio.
    Grande parte da expansão, de acordo com Cecílio, estará concentrada no Triângulo Mineiro, que já constitui o principal pólo produtor de Minas. Das 27 usinas em operação, 12 estão localizadas na região, e os investimentos em andamento prevêem outros 24 projetos.
    De acordo com Cecílio, o potencial do setor de alavancar o desenvolvimento econômico tem estimulado ações públicas e da iniciativa privada. Uma delas é a implementação de parcerias entre o Governo e as usinas para a construção de rodovias. “É uma forma de minimizar a deficiência na logística de transportes, que dificulta o escoamento da produção e a operacionalização das empresas”, salientou Cecílio. Através destas parcerias, a empresa que investir em estradas terá seus custos deduzidos no recolhimento do ICMS”, explicou ele. A
    A construção do novo trecho do alcooduto, entre Senador Canedo (GO) e São Sebastião (RJ), cortando o Triângulo Mineiro, também dará impulso ao setor, na avaliação de Cecílio.
    Outro desafio a ser superado é a capacitação de mão-de-obra. Para isso, Cecílio afirmou que já está em andamento um programa, em conjunto com o Siamig, Fiemg e prefeituras municipais das cidades produtoras, para a realização de cursos de qualificação profissional dentro das usinas. Em Frutal, foi implantado pela Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG) o primeiro curso superior de Tecnologia para o setor sucroalcooleiro. As universidades de Uberaba e de Uberlândia também estão desenvolvendo seus cursos.
    Cecílio disse ainda que é necessária a estruturação de uma cadeia produtiva, com o desenvolvimento de fornecedores mineiros, e o incentivo à pesquisa e inovação tecnológica visando novos processos produtivos, novas variedades de cana, mapeamento de culturas e formação de uma base de dados.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 16, 2007

    De olho nas nos projetos em tramitação na Assembléia Legislativa de Minas. Detacmos dois deles. Um, do deputado Leonardo Moreira( do Democratas), que trata do desmanche de veículos e o0 segundo proejto - do deputado Sargento Rodrigues, do PDT - que detalha os equipamentos que o Estado fornece aos policiais militares como o colete à prova de bala. Confira os detalhes!

    A Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária (FFO) da Assembléia Legislativa de Minas Gerais aprovou, nesta terça-feira (14/8/07), parecer favorável ao Projeto de Lei (PL) 429/07, do deputado Leonardo Moreira (DEM), na forma do substitutivo nº 2, da Comissão de Segurança Pública. O projeto, que teve como relator o deputado Agostinho Patrús Filho (PV), tem o objetivo de disciplinar o funcionamento de estabelecimentos comerciais de desmonte de veículos, que deverão passar a ser credenciados pelo Detran-MG. Agora, está pronto para votação de 1º turno em Plenário, assim como outros cinco projetos analisados pela comissão. Ao todo, 18 proposições estavam na pauta.
    O substitutivo ao PL 429/07 incorporou ao projeto sugestões apresentadas por representantes da Polícia Militar em audiência pública promovida pela comissão, quando ficou clara a vinculação direta ou indireta dos desmanches com delitos como roubo, latrocínio, formação de quadrilha e até tráfico de drogas. O texto determina, entre outros pontos, que a marca, cor, tipo, modelo, chassi e placa do veículo devem constar na nota fiscal e no livro de registro de entrada da empresa; e que cada autopeça só pode ser comercializada com autorização do Detran e deve ter gravado em baixo relevo o chassi do veículo de origem. As penalidades para o descumprimento podem ser multa, suspensão de credenciamento e até interdição do local.
    Antes de aprovar o parecer favorável, o deputado Sebastião Helvécio (PDT) certificou-se de que o substitutivo contemplava questões discutidas anteriormente, como a justificação da origem das peças no talonário fiscal. Relator do projeto na comissão anterior, de Segurança Pública, o deputado Sargento Rodrigues (PDT) lembrou que o projeto é um grande avanço. "Sem mecanismos claros de fiscalização, soubemos de casos como o de um depósito que, autuado cinco vezes, permanecia aberto. Minas Gerais vai ganhar uma lei à altura do trabalho dos profissionais de segurança que atuam no combate ao desmonte", salientou.
    Colete à prova de balas será item obrigatório
    Outro projeto que recebeu parecer favorável de 1º turno é o PL 983/07, de Sargento Rodrigues, que dispõe sobre o fornecimento e o uso obrigatório de colete à prova de balas como equipamento de proteção individual para agentes que especifica. O parecer da relatora, deputada Elisa Costa (PT), acompanha o substitutivo nº 2, apresentado pela Comissão de Segurança Pública, que detalha os equipamentos que deverão ser fornecidos pelo Estado - revólveres, munições, algemas e coletes à prova de bala.
    Também teve aprovado parecer favorável de 1º turno o PL 683/07, que dá nova redação a vários artigos da Lei 11.666, de 1994, que procura assegurar acessibilidade aos prédios públicos a deficientes físicos, eliminando barreiras arquitetônicas. A proposição substitui em vários artigos a expressão "edifícios de uso público" por "edifícios e logradouros de acesso coletivo", ampliando o conceito de acessibilidade. O deputado Sebastião Helvécio leu parecer da deputada Elisa Costa, que seguiu texto aprovado na CCJ, na forma do substitutivo nº 1.
    O estabelecimento de diretrizes para o apoio do Estado à fruticultura no Triângulo Mineiro é o assunto do PL 610/07, do deputado Weliton Prado (PT), que recebeu parecer do deputado Antônio Júlio (PMDB) pela aprovação na forma do substitutivo nº 1, da CCJ, com a emenda nº 1, da Comissão de Política Agropecuária e Agroindustrial. O substitutivo acrescenta dispositivo à Lei 12.998, de 1998, que criou o Programa Mineiro de Incentivo à Fruticultura, determinando o estímulo ao desenvolvimento de pólos de fruticultura. Já a emenda incorpora sugestões da Comissão Especial da Fruticultura, que atuou em 2004.
    Outro projeto analisado e agora pronto para ser apreciado no Plenário, em 1º turno, é o PL 496/07, do deputado Leonardo Moreira, que dispõe sobre a política estadual de incentivo à cultura da bucha vegetal. O ressurgimento da demanda, hoje crescente, de bucha vegetal decorre da valorização dos produtos naturais de produção sustentável e da sua utilização como matéria-prima para o artesanato. O PL recebeu parecer favorável de Agostinho Patrús Filho, que acompanhou parecer da comissão anterior, de Política Agropecuária e Agroindustrial.
    Também de Leonardo Moreira, o PL 423/07 teve como relator o deputado Célio Moreira (PSDB). O projeto obriga a identificação de freqüentadores de casas noturnas em lista que deve ficar à disposição do poder público. Ele teve parecer favorável de 1º turno aprovado na forma do substitutivo nº 1, da CCJ, com as emendas nºs 1 e 2, da Comissão de Segurança Pública.
    Doação - De 2º turno, foram aprovados os PLs 669/07, que autoriza o Poder Executivo a doar ao município de Itaúna o imóvel que menciona para funcionamento de programas da Secretaria Municipal de Saúde; 1.332/07, que autoriza o Poder Executivo a reverter ao município de Felisburgo o imóvel especificado, para atividades de órgão da administração pública; e 1.354/07, que autoriza o Poder Executivo a doar ao município de Piraúba o imóvel que especifica.
    Ao final, foi aprovado requerimento do deputado Sávio Souza Cruz que solicita encaminhamento de ofício ao secretário executivo do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) solicitando a edição de convênio para o integral cumprimento da Lei Estadual 15.757, de 2005, que autoriza o Estado a isentar de ICMS a compra de automóvel para utilização por pessoas portadoras de deficiência física, visual, mental severa ou autistas, e, ainda, para o integral cumprimento da Lei Federal 7.853, de 1989, que dispõe sobre o apoio às pessoas portadoras de deficiência e sobre sua integração social.
    Rejeição - Tiveram aprovados pareceres pela rejeição os seguintes PLs: 136/07, de 1º turno, que institui nos currículos escolares da rede estadual conteúdos de formação musical em braile, do deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB); 719/07, de 1º turno, do deputado Gustavo Corrêa (DEM), que dispõe sobre a cassação da eficácia da inscrição no cadastro de contribuintes do ICMS dos estabelecimentos que comercializem produtos falsificados, contrabandeados ou de origem duvidosa; e 970/07, de Eros Biondini (PHS), que pretende instituir a prerrogativa do pagamento de crédito tributário inscrito em Dívida Ativa, com desconto de 50% sobre o valor das multas e dos juros de mora para devedores que apoiem financeiramente programa de recuperação de dependentes químicos no Estado.
    Quatro projetos não tiveram pareceres discutidos
    De autoria do governador, o PL 1.182/07, em 1º turno, teve sua discussão adiada a requerimento do deputado Lafayette de Andrada (PSDB). O projeto acrescenta dispositivo à Lei 14.699, de 2003, que dispõe sobre formas de extinção e garantias do crédito tributário e dá outras providências. O objetivo é priorizar os credores idosos para o recebimento de precatórios de natureza alimentar, observada a disponibilidade de caixa do Tesouro Estadual. O projeto voltou à FFO para receber parecer sobre as emendas nºs 2, 3 e 4, apresentadas em Plenário.
    Também não tiveram pareceres discutidos os PLs 653/07, do deputado Célio Moreira, que teve prazo regimental solicitado pelo relator, Lafayette de Andrada; e 587/07, do deputado Weliton Prado, que teve adiada discussão a requerimento de Andrada. Foram retirados de pauta o PL 700/07, de Sargento Rodrigues, que estabelece normas de segurança para a carga e descarga de valores em estabelecimentos financeiros e dá outras providências; e o PL 1.092/07, do deputado Dalmo Ribeiro Silva, a pedido do autor.
    Presenças - Deputados Zé Maia (PSDB), presidente da comissão; Jayro Lessa (DEM), vice; Agostinho Patrús Filho (PV); Sebastião Helvécio (PDT); Lafayette de Andrada (PSDB); Sargento Rodrigues (PDT); Célio Moreira (PSDB); e deputada Elisa Costa (PT).




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 15, 2007

    RECADASTRAMENTO GERAL das 3.500 Rádios e TVs do País. O objetivo do Ministério das Comunicações é atualizar as informações sobre as alterações contratuais e estatutárias das empresas de radiodifusão. O último recadastramento foi feito em 1973, ou seja, há 34 anos.

                                           

    Ministério das Comunicações vai recadastrar
    todas as emissoras de rádio e TV

    Entidades terão 60 dias para prestar informações
    contratuais, estatutárias e composição do quadro societário

     – Cerca de 3,5 mil entidades que prestam serviço de radiodifusão no país terão que se recadastrar junto ao Ministério das Comunicações. De acordo com a portaria, publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (13/08), todas as concessionárias, permissionárias e autorizadas a prestarem serviço de radiodifusão sonora e de sons e imagens terão 60 dias para realizar o recadastramento.
     
    "A última vez que se fez algo semelhante foi em 1973. Desde que as delegacias regionais foram extintas e seus funcionários foram remanejados para a Anatel e outros órgãos, o ministério teve uma sobrecarga de atividades que comprometeram a atualização dos dados cadastrais das entidades. Há dois anos estamos tomando inúmeras medidas para modernizar a gestão e atualizar a situação cadastral das emissoras no Brasil" – explicou o ministro das Comunicações, Hélio Costa.
     
    O objetivo do ministério é atualizar as alterações contratuais e estatutárias havidas, bem como as que modificaram a composição dos quadros societários e diretivos das 3.530 entidades detentoras de outorgas de rádio e TV no país. No entanto, a quantidade de emissoras pertencentes a essas entidades, de acordo com os registros deste Ministério, é muito maior, já que muitas oferecem mais de um serviço de radiodifusão ao mesmo tempo.
     
    Entre as informações solicitadas, estão: a composição do capital social, com distribuição entre os sócios e indicação individual do número de cotas ou ações; composição do quadro diretivo; nomes dos procuradores com poderes de gerência e administração, quando houver; endereço da sede social e para correspondência; e a denominação de nome fantasia, se for o caso.
     
    Segundo dispõe a legislação, as entidades que não cumprirem os prazos estabelecidos pelo Ministério ficam sujeitas a Processos de Apuração de Infrações.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 15, 2007

    CONSELHO DA MEDALHA JK se reúne. Ficou decidido: até dia 21 de agosto serão enviados ao governador Aécio Neves, os 150 nomes de personalidades que receberão a Medalha JK, dia 12 de asetembro, às 11 da manhã, na Praça do Mercado de Diamantina. O conselho da Medalha JK é presidido pelo deputado Alberto Pinto Coelho, presidente do Parlamento Mineiro.

      


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 15, 2007

    O COLÍRIO desta quarta-feira - (FERIADO EM BELO HORIZONTE, por causa do Dia de Nossa Senhora da Boa Viagem, padroeira da capital) - vem de Juiz de Fora. Da coluna do nosso amigo César Romero da Tribuna de Minas.

                                                             
                                                         Bia Madeira curtindo a Ploc 2 Monster


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 15, 2007

    MEDALHA JK, este ano, será entregue na Praça do Mercado, em Diamantina, todo restaurado. Serão agraciadas 150 personalidades. Solenidade será dia 12 de setembro, dia do nascimento do presidente JK.

    Os integrantes do Conselho da Medalha Juscelino Kubitschek têm até o próximo dia 21 de agosto para encaminharem as sugestões dos agraciados de 2007, que totalizam cerca de 150 pessoas. A informação foi prestada na manhã desta terça-feira (14/8/07), quando o conselho se reuniu para planejar a solenidade de entrega da medalha, marcada para o dia 12 de setembro, às 11 horas, em Diamantina. A reunião, realizada no Salão Nobre, foi conduzida pelo presidente da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), que também preside o conselho. A novidade deste ano é o local da cerimônia: a Praça do Mercado, em substituição à Praça JK.

    A Medalha JK é concedida anualmente na data de nascimento do ex-presidente. Criada em 1995, ela tem o objetivo de homenagear as personalidades e entidades que tenham contribuído para o crescimento de instituições políticas e para o desenvolvimento do município, do Estado e do País. A criação da medalha está prevista na Lei 11.902, de 1995.

    O presidente Alberto Pinto Coelho destacou na reunião que a solenidade do dia 12 é uma comemoração significativa, que vai ao encontro das mais relevantes tradições de Minas. Carlos Murílio Felício dos Santos, primo do ex-presidente, que representa a família no conselho, opinou que a solenidade é um momento especial, que contribui para projetar a imagem de JK e mostrar à juventude brasileira quem foi ele.

    Presenças - Participaram da reunião o presidente da ALMG, deputado Alberto Pinto Coelho (PP); Rosendo Magela, do Instituto JK; o presidente da Casa de Juscelino, Serafim Jardim; Carlos Murílio Felício dos Santos, que representa no conselho a família do ex-presidente; desembargador Eduardo Andrade, representante do Tribunal de Justiça; o coordenador e o chefe do Cerimonial do governador, Milton de Paula Lopes e Luiz Vicente Filho; o prefeito de Diamantina, Gustavo Botelho Júnior; a assessora jurídica da Secretaria de Estado da Cultura, Andréa Furtado; e o assistente militar do Cerimonial do governador, major PM Marcelo Martins de Resende. Participaram da reunião o presidente da ALMG, deputado Alberto Pinto Coelho (PP); Rosendo Magela, do Instituto JK; o presidente da Casa de Juscelino, Serafim Jardim; Carlos Murílio Felício dos Santos, que representa no conselho a família do ex-presidente; desembargador Eduardo Andrade, representante do Tribunal de Justiça; o coordenador e o chefe do Cerimonial do governador, Milton de Paula Lopes e Luiz Vicente Filho; o prefeito de Diamantina, Gustavo Botelho Júnior; a assessora jurídica da Secretaria de Estado da Cultura, Andréa Furtado; e o assistente militar do Cerimonial do governador, major PM Marcelo Martins de Resende.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 15, 2007

    ARTIGO ESPECIAL do empresário e líder do setor sucroalcooleiro , LUIZ CUSTÓDIO COTTA MARTINS, presidente do SIAMIG/SINDAÇÚCAR de Minas Gerais. Para LER e PENSAR!




                                     As novas fronteiras e suas necessidades emergentes





                                                                 Luiz Custódio Cotta Martins   

    Image 

    Na análise dos recordes de produção de cana-de-açúcar nos últimos cinco anos no país, um dos fatores que mais se destaca é o fôlego demonstrado pelo estado de Minas Gerais, que tem crescido a uma média de 18,9% ao ano no período, superior à média nacional de 7,67% e 8,72% do Centro-Sul, a maior região produtora.

    O estado saltou de uma safra de 15,5 milhões de toneladas em 2002/03 para 29 milhões de toneladas em 2006/07, alta de 87%.

    Ao mesmo tempo que esses números trazem satisfação nos preocupa pelas necessidades advindas deste crescimento, principalmente, no tocante à questão tributária e logística. Está claro que o lançamento dos carros bicombustíveis e o potencial de exportação do álcool combustível têm feito com que a produção se desloque da região de São Paulo em busca de outras fronteiras agrícolas para a cana-de-açúcar, principalmente, Minas Gerais e Goiás. 

    Até 2012/13, os investimentos esperados para Minas Gerais somam US$ 3,5 bilhões, com a previsão de instalação de 21 novas unidades e expectativa de uma safra de 78 milhões de toneladas de cana-de-açúcar; 3,9 bilhões de litros de álcool e 4,3 milhões de toneladas de açúcar, com geração de 50 mil novos empregos somados aos atuais 130 mil.

    As necessidades, então, de uma equalização tributária em todos os estados se torna urgente para garantir maior competitividade aos produtos em todas as regiões. Enquanto alguns estados têm baixado sua alíquota de ICMS do álcool hidratado para aproveitar o boom dos carros flex e garantir o escoamento da produção, em Minas Gerais, a alta alíquota de 25% sobre o produto tem desestimulado seu consumo e o estado apresentou queda de 7% no consumo em 2006 na comparação com 2005. 

    Assistimos, porém, ao crescimento extraordinário do consumo em São Paulo de 50%,  na comparação com o mesmo período, e de 58% em Goiás, alavancado pela queda da alíquota de 25% para 12% e 15%, respectivamente. Hoje, o Centro-Sul (maior região produtora de cana-de-açúcar) convive com cerca de sete diferentes alíquotas de ICMS, inviabilizando o consumo do álcool combustível hidratado em alguns estados, como Minas Gerais.

    Outro aspecto importante a ser ressaltado com o deslocamento da produção para outras fronteiras agrícolas é a necessidade de investimentos em infra-estrutura para escoamento da produção e também maior competitividade. Em Minas Gerais se encontra a maior malha rodoviária federal do país e por isso os maiores problemas. As principais estradas de escoamento da produção como a BR 262, com destino ao Triângulo Mineiro, se encontram em estado lastimável, com grandes buracos entre Araxá e Campos Altos (Alto Paranaíba). 

    Outras estradas como a MG 427 e sua continuação a BR 364, além da MG 255 e a BR 153 (que liga São Paulo a Goiás, passando pelo Triângulo) estão carecendo também de maiores cuidados. É, pois, no Triângulo Mineiro que se concentram 71% da produção de cana, 80% da produção de açúcar e 66% de álcool. Há, ainda, necessidade de construção e reforma das estradas vicinais para transporte da cana-de-açúcar até as usinas. Um dos associados ao Siamig/Sindaçúcar-MG, o Grupo Coruripe, inclusive, firmou uma Parceria-Público-Privada com o governo mineiro para a construção de estradas que permitissem o melhor transporte e escoamento da produção, com a construção atual de 100 quilômetros.

    Foi bem-vinda para nós a declaração da ministra Dilma Roussef, que esteve em Belo Horizonte, no início do mês de março, confirmando a construção de um alcoolduto na região do Triângulo, permitindo que nosso produto chegue ao porto com maior competitividade. Felizmente, num acordo com a Petrobrás, Goiás e Minas Gerais terão seu alcoolduto, ligando Senador Canêdo (GO), passando por Uberaba (MG) até Paulínia e daí até o Porto de São Sebastião (SP). Os recursos já estão previstos no Programa de Aceleração Econômica (PAC), sendo uma obra importante e estratégica para esses dois pólos de produção sucroalcooleira.

    É certo que sem os investimentos necessários em infra-estrutura e equalização da tributação, as novas fronteiras agrícolas da cana perderão a chance de ter uma participação maior nesse grande mercado que se apresenta, principalmente, para o álcool combustível. Sem competitividade, o consumo não ajuda a alavancar os investimentos necessários para a expansão e implantação de novas unidades. É preciso que os governos fiquem atentos a isso e contribuam para o crescimento de um dos setores que hoje mais geram empregos e renda no país. 


                                         Presidente Siamig/Sindaçúcar-MG  



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 15, 2007

    A vez da Agricultura Familiar. Acordo entre os governos Aécio e Lula garante 7 milhões de reais para financiamentos com juros baixos.









                             Novos recursos beneficiarão 420 mil agricultores familiares

     









    Wellington Pedro/Imprensa MG

    O governador Aécio Neves e o ministro de Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, assinaram nesta terça-feira (14), durante cerimônia (foto) no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, termo de cooperação que irá garantir R$ 7 milhões para a agricultura familiar. Os recursos, previstos no Plano Safra para a Agricultura Familiar 2007/2008, serão destinados à ampliação da assistência técnica e atividades de extensão rural, beneficiando 420 mil agricultores mineiros.

     
    "Esse programa tem a virtude de manter as pessoas onde estão, mas com maior qualidade de vida. Estamos com grande entusiasmo com essa parceria, que irá melhorar a vida de tantos mineiros que trabalham com tanta dificuldade", disse o governador Aécio Neves, durante a solenidade.
    O termo de cooperação prevê o desembolso de R$ 2 milhões por parte do Governo de Minas, por meio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG). O Ministério de Desenvolvimento Agrário repassará R$ 5 milhões, sendo R$ 3 milhões para custeio e R$ 2 milhões para investimento.
    "É um projeto de grande importância, porque estamos alocando, em Minas Gerais, R$ 1,2 bilhão em crédito. E o crédito não pode vir sozinho, ele tem de ser qualificado. A melhor forma de qualificar esse crédito é com a assistência técnica. Aqui em Minas há uma empresa muito qualificada para isso, que é a Emater", afirmou o ministro Guilher Cassel, em entrevista.
    Participação
    A agricultura familiar detém 24,6% das receitas da agropecuária em Minas Gerais. O PIB da agropecuária total (familiar e empresarial) participa com 12% do PIB do Estado. Segundo o último Censo Agropecuário de Minas Gerais (95/96), os estabelecimentos rurais com até 100 hectares representam 84% do total de estabelecimentos do Estado.
    Estima-se que a agricultura familiar em Minas seja responsável pela produção, em sua maior parte, dos principais alimentos básicos, na seguinte proporção percentual: feijão (67%), milho (49%), mandioca (84%). Mais de 70% dos produtores de leite vivem em pequenas propriedades e são responsáveis por 35% da produção do Estado. A agricultura familiar tem também uma participação importante no total da produção de café (25%).
    As atividades agrícolas e não agrícolas contribuem para geração e manutenção de dois terços dos postos de trabalho no meio rural mineiro. Cada estabelecimento familiar ocupa, em média, de dois a três trabalhadores.
    O montante de recursos repassados pelo Governo do Estado à Emater aumentou 73% nos últimos quatro anos, saltando de R$ 75 milhões, em 2003, para R$ 130 milhões em 2006. O investimento na Emater permitiu a compra de novos veículos e contratação de novos técnicos. A empresa vem investindo R$ 1 milhão a cada ano, só em capacitação de pessoal.
    Em 2002, a Emater, em parceria com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), prestou assistência técnica a 900 famílias em assentamentos de reforma agrária. Em 2007, estão sendo atendidas 7.300 famílias. A integração entre a Emater e o Incra é considerada modelo pelo Ministério de Desenvolvimento Agrário.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 14, 2007

    Acaba de ser promulgado pelo presidente do Parlamento Mineiro, deputado Alberto Pinto Coelho, o projeto do Ministério Público, vetado pelo governador Aécio Neves. O veto foi derrubado por 60 votos a 9 na semana passada. Como o governador decidiu não sancioná-lo coube constitucionalmente ao presidente da Assembléia promulgá-lo. A promulgação da agora Lei, será publicada no jornal oficial MINAS GERAIS, amanhã, entrando em vigor na quinta-feira, depois do feriado. EM TEMPO: o procurador-geral de Justiça, Jarbas Soares Jr. entrou no Supremo Tribunal Federal, em Brasília com uma ADIN (Ação Direta de Inconstitucionalidade).

    Aprovado no Plenário da Assembléia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) no dia 12 de julho de 2007, o Projeto de Lei Complementar (PLC) 17/07, do procurador-geral de Justiça - autoridade máxima do Ministério Público - chamou a atenção da sociedade mineira pelas mudanças que promove na estrutura e no funcionamento do Ministério Público (MP). Para tornar-se lei, o projeto deve ser sancionado pelo governador do Estado até o início de agosto. O governador pode vetar o projeto totalmente ou em parte.
    O PLC 17/07 propõe a criação de uma gratificação de até R$ 3.316 e de uma indenização, de valor ainda a ser definido pelo procurador-geral. A gratificação e a indenização têm o objetivo de facilitar a oferta de serviços da instituição em todos os municípios do Estado. Hoje, muitos deles não contam com um promotor de Justiça. Com a nova medida, promotores de uma mesma comarca poderão atender essas localidades, de maneira mais econômica do que pela nomeação de um promotor exclusivo para aquela região, ou pelo pagamento de diárias de viagem.
    O ponto mais debatido do projeto está contido no artigo 8º, que transferiu a prerrogativa, dos promotores para o procurador-geral de Justiça, para instaurar procedimento investigatório e de promover inquérito civil relativos a atos praticados pelo vice-governador, advogado-geral do Estado, secretários, deputados, magistrados, promotores ou conselheiros do Tribunal de Contas. Hoje, a legislação refere-se apenas ao governador, presidentes da Assembléia ou de tribunais. É bom lembrar que o PLC 17/07 não impede qualquer promotor de apresentar ação civil pública contra essas autoridades.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 14, 2007

    Será lançado hoje, às 14 horas, no Salão Nobre da Assembléia Legislativa de Minas, o Plano Safra da Agricultura Familiar 2007/2008. Quem vai estar presente para fazer o lançamento oficial será o ministro de Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel.

    O ministro de Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, fará o lançamento oficial do Plano Safra da Agricultura Familiar 2007/2008, em Minas Gerais, nesta terça-feira (14/8/07), às 14 horas, no Salão Nobre da Assembléia Legislativa de Minas Gerais. A solenidade de apresentação do plano do governo federal atende a requerimento dos deputados Padre João (PT), Vanderlei Jangrossi (PP) e Getúlio Neiva (PMDB). Desde 2004, o lançamento do plano em Minas Gerais tem ocorrido nas dependências da ALMG.

    Segundo informações do site do ministério na internet, o Plano Safra 2007/2008 disponibilizará R$ 12 bilhões, R$ 2 bilhões a mais que na safra anterior, nas diversas linhas de crédito para custeio, investimento e comercialização da agricultura familiar em todo o País. O teto de financiamento de custeio será aumentado para algumas classes para fazer frente ao aumento dos custos de muitos insumos agrícolas. Os juros das linhas de crédito do Pronaf na safra 2006/2007, que variavam entre 1% e 7,25%, serão mais baixos na safra de 2007/2008, variando de 0,5% a 5% ao ano.

    Ainda de acordo com informações do site oficial do programa, a prioridade para o Plano Safra 2007/2008 será a ampliação dos serviços de assistência técnica e extensão rural para os beneficiários do Pronaf, atendendo pelo menos 2 milhões de famílias de agricultores familiares. Para isso, o Ministério do Desenvolvimento Agrário conta com R$ 168 milhões para custear a atuação de 20 mil técnicos em todos os Estados brasileiros.

    "Em Minas Gerais, são mais de 2,5 milhões de pessoas economicamente ativas que vivem no meio rural. Com esses investimentos os trabalhadores rurais podem agregar valor ao que é produzido, possibilitando o plantio, o beneficiamento e a comercialização da produção, através por exemplo, do Programa Compra Direta, que tem tirado milhares de famílias da situação de risco social", afirma o deputado Padre João, vice-presidente da Comissão de Política Agropecuária e Agroindustrial da ALMG.

    Além do ministro Guilherme Cassel, devem participar do lançamento do Plano Safra em Minas o secretário nacional de Agricultura Familiar, Adoniram Sanches Peraci; os secretários de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Gilman Viana Rodrigues; e Extraordinário de Reforma Agrária, Manoel Costa; os presidentes da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), José Silva Soares; da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg), Roberto Simões; e da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Minas Gerais (Fetaemg), Vilson Luís da Silva e a coordenadora da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Fetraf), Teresa Santos.






                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 14, 2007

    Da série: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. Empresários e socialites de Barbacena curtiram o frio, os vinhos Malbec, principalmente,(a preços inacreditáveis) e a beleza de Bariloche na Argentina. Destacamos entre eles, o chefe de gabinete do ministro Hélio Costa, o nosso amigo, advogado José Artur Filardi, com a mulher dele Patrícia. O casal, empresário ( dono da LUPARA Materiais de Construção), Luiz Paulo (Neca Amaral) e Helena, com as filhas Virgínia e Vitória, Além da advogada Simone Amaral, mulher do empresário ( leia-se LUPARA Materiais de Construção), Francisco Antonio Amaral, o Chiquinho, e uma das filhas do casal, Maria Paula. Là em Bariloche também o empresário Edson Bahia( dono da BAHIA FASHION), Luiz Marcos e Vera Andrade, Tânia Santos com o filho Igor. As fotos são da coluna do JAL, do www.barbacenaonline.com.br











    Rafael Leite e Marina Miranda
    curtindo Bariloche

    Estavam juntos na Argentina aproveitando as férias, José Artur Filardi, Helena e Luiz Paulo Amaral (Neca), Luiz Marcos e Vera Andrade, Maria Paula, Simone, Edson Bahia, Tânia Santos e seu filho Igor


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 14, 2007

    Governador Aécio Neves recebe colegas do PSDB no Palácio das Mangabeiras, para discutir Reforma Tributária. Presentes os governadores de São Paulo, Paraíba, Alagoas, o vice de Santa Catarina e os senadores Tasso Jereissati, Cícero Lucena, Arthur Virgílio e Sérgio Guerra. UNANIMIDADE: os governadores querem uma fatia da CPMF.











                            Governadores querem unificar proposta de reforma tributária

     











    Wellington Pedro/Imprensa MG
     

    O governador Aécio Neves anunciou nesta segunda-feira (13), depois de um almoço com governadores do PSDB, que o partido vai construir uma proposta única para a reforma tributária. Ele explicou que os governadores e os secretários da Fazenda dos estados administrados pelo PSDB deverão debater o assunto em busca de uma proposta consensual.
    "Teremos um encontro exatamente para tentar conhecer a visão de cada estado. São estados de regiões diferentes, de dimensão econômica diferente, mas todas as visões têm que facilitar a construção de uma proposta única", explicou Aécio Neves, em entrevista, após encontro, no Palácio das Mangabeiras, que reuniu os governadores de São Paulo, José Serra; da Paraíba, Cássio Cunha Lima; Alagoas, Teotônio Vilela Filho e o vice-governador de Santa Catarina, Leonel Pavan, e os senadores Tasso Jereissati, Cícero Lucena, Arthur Virgílio e Sérgio Guerra.
    A proposta da reforma tributária, que será discutida no Congresso, irá tratar especialmente da redução do número de impostos e a integração deles com a criação de um Imposto de Valor Agregado (IVA) federal e estadual. Para os estados, a principal discussão será a adoção de alíquotas semelhantes, o que acabaria com a guerra fiscal. 

    CPMF
    Durante o encontro, os governadores também discutiram propostas para o projeto que prorroga a cobrança da Contribuição Provisória sobre a Movimentação Financeira (CPMF) e que está em tramitação na Câmara dos Deputados. 
    A idéia defendida pelo governador Aécio Neves é que os recursos arrecadados com a CPMF sejam repartidos pelo governo federal com estados e municípios e que sejam aplicados exclusivamente na saúde. Os governos estaduais receberiam 20% do montante arrecadado e as prefeituras 10%.
    "Eu tenho defendido que uma parcela dela (CPMF) seja compartilhada com estados e municípios para uso exclusivo na área da saúde. Seria até um retorno às origens da criação da CPMF", defendeu.
    O governador mineiro também acredita que possa ser debatida uma proposta para a diminuição da alíquota cobrada atualmente.
    "A princípio, acho que pode haver sim um processo de redução com um compartilhamento com estados e municípios para investimentos na saúde, o que me parece mais adequado já que o governo federal, isso é notório, gasta muito mal", destacou.
    Aécio Neves explicou que os governadores do PSDB irão trabalhar em conjunto com as bancadas do partido na Câmara dos Deputados e no Senado para tentar garantir a divisão da CPMF com estados e municípios

     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 14, 2007

    TINHA QUE SER MINAS! Assembléia Legislativa de Minas discute hoje, às 14h e 45m, a transferência dos vôos do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, para o Aeroporto presidente Tancredo Neves, em Confins, MG. O Aeroporto, que custou 500 milhões de dólares no governo Francelino Pereira - na época muito criticado - é agora a redenção para o caos aéreo do País.

    As comissões de Turismo, Indústria, Comércio e Cooperativismo, e a de Transporte, Comunicação e Obras Públicas, realizam reunião conjunta nesta terça-feira (14/08/07), a partir das 14h45, para debater a transferência de parte do tráfego aéreo do aeroporto de Congonhas (SP) para o Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Belo Horizonte, conforme proposta do ministro da Defesa, Nelson Jobim.

    O requerimento é do deputado Eros Biondini (PHS), que destaca as condições favoráveis do aeroporto de Confins para atuar como rota estratégica do tráfego aéreo que se destina ao Nordeste do país. A medida oferece também novas oportunidades de negócios, de desenvolvimento econômico e de fortalecimento do turismo dentro de Minas. Entre os convidados, está confirmada a presença do deputado federal Miguel Martini (PHS), membro da CPI do Apagão Aéreo e cuja profissão é controlador de tráfego aéreo.

    Estão convidados ainda o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Fuad Noman Filho; a secretária de Estado de Turismo, Érica Drumond; o superintendente de Gestão Operacional da Infraero; Valseni José Pereira Braga; o superintendente do Aeroporto de Confins, José Wilson Bastos de Souza Massa; e o subsecretário de Assuntos Internacionais da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Luiz Antônio Athayde Vasconcelos.
    Eros Biondini calcula que, com um investimento entre R$ 5 e 7 milhões, o terminal mineiro poderá receber 10 milhões de passageiros/ano, ou seja, duplicar o atendimento atual, sem nenhum impacto social ou ambiental. Também destaca várias vantagens de Confins para assumir operações de Congonhas. Segundo as informações que divulgou, são os seguintes os fatores favoráveis:




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 14, 2007

    HOJE nos 216 anos de Barbacena, serão condecoradas com o Mérito Legislativo várias pesonalidades de destaque em Minas. Nota foi enviada pelo nosso amigo, o colunista Idinando Borges do www.barbacenaonline.com.br






    Executivo da Saint-Gobain também será homenageado com a Medalha do Mérito Legislativo







    IDINANDO BORGES
    Editoria Cidade - 13/08 - 07h30











    Em 1999, a Saint-Gobain adquiriu o controle acionário da empresa Casil situada na Rodovia BR 265. A idéia existia, era bom para os acionistas e para a planta de Barbacena. Um homem foi o escolhido para assumir a difícil tarefa de conduzir o processo de transição, o engenheiro Ildeu Cardoso, o Gerente Industrial. Culto, preparado na boa faculdade de engenharia de Ouro Preto, mas também considerado rigoroso em suas ações.
    Estava colocada em marcha a maior revolução tecnológica dentro da empresa, com a modernização das instalações, equipamentos sofisticados, normas e controles de segurança dentro das leis que regem o parque industrial brasileiro.

    Idinando Borges









    Ildeu Cardoso, o Diretor Industrial






    Mas, a revolução maior foi a valorização do homem. Desde o piso da planta passando pelas chefias com treinamentos, incentivos para cursos regulares, estudos de línguas e a contratação de profissionais qualificados e preparados para os desafios do século XXI. A valorização individual em benefício da coletividade, passou a ser a regra número um.
    A Saint-Gobain está presente no Brasil desde 1937, onde possui empresas como: Saint-Gobain Canalização, Brasilit, Saint-Gobain Vidros, Saint-Gobain Abrasivos, Saint-Gobain Cerâmicas e Plásticas, Saint-Gobain Quartzolit e Saint-Gobain Materiais Cerâmicos. As empresas estão instaladas em 48 cidades em 8 estados da Federação. Atualmente são 12 mil empregados, dos quais cerca de 600 estão em Barbacena.
    Os anos passaram, o perfil de Ildeu Cardoso revelou-se totalmente diferente da idéia inicial e ele tornou-se pai. Atento e sensível às demandas da cidade, o dirigente Ildeu Cardoso tornou-se referência nas parcerias com a Administração Municipal, ao longo dos últimos 8 anos, no tratamento da questão ambiental e com agentes da cultura em prol da periferia e até mesmo no assistencialismo à infância.
    E, foi por todos os feitos, aqui sintetizados, que o vereador Amarílio Andrade levou seu nome para a apreciação dos demais vereadores e nesta terça-feira, dia 14 de agosto, e no 216º aniversário de Barbacena, ele vai receber a Medalha do Mérito Legislativo no Grau Mérito Especial, aprovado por unanimidade, juntamente com várias outras personalidades de destaque.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 13, 2007

    DE OLHO nas notícias enviadas ao nosso BLOG DE NOTÍCIAS pela assessoria de comunicação do SIAMIG/SINDAÇÚCAR, presidido pelo empresário e líder do setor sucroalcooleiro, Luiz Custódio Cotta Martins. DETALHE IMPORTANTE: segundo o presidente da FIEMG, Robson Andrade, "em OUTUBRO, o governador Aécio Neves vai anunciar a redução de ICMS de vários produtos".

    ACOMPANHAMENTO DE SAFRA MG

                 Até o dia 31 de julho/07, o setor sucroalcooleiro em Minas Gerais já moeu 16,960 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, alta de 24% frente as 13,638 milhões do mesmo período do ano passado. O volume moído representa 44% da previsão de 38 milhões de toneladas para a safra 2007/08. A produção de açúcar está em 1,005 milhão de tonelada, elevação de 3% na comparação com as 975,7 mil toneladas do mesmo período do ano passado. A produção de álcool está em 752,9 milhões de litros ou 35,5% mais alto que os 555,5 milhões de litros em relação à safra passada. As exportações de álcool estão em torno de 100 milhões de litros e as de açúcar em torno de 518,8 mil de toneladas.

                .O mix de produção está em 56% da cana moída destinada para a produção de álcool e 44% para açúcar.

                 

     FIEMG PROPÕE REDUÇÃO DA TRIBUTAÇÃO

                 O presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), Robson Andrade, entregou ao governador do estado, Aécio Neves, o documento "Propostas das entidades de classe empresariais de Minas Gerais", com a sugestão de redução do ICMS do álcool combustível. No tema "Tributação e Desenvolvimento" uma das propostas diz respeito a essa questão: "evoluir na redução da carga tributária do ICMS, visando à neutralidade do tributo frente à concorrência de outros estados. Neste contexto, destacam-se o álcool combustível e o material de construção, cujas alíquotas já são reduzidas em outros estados". Na ocasião, Robson Andrade disse que o governador informou que, no mês de outubro, irá anunciar a redução do ICMS de vários produtos em Minas Gerais.

               


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 13, 2007

    Hoje em DIAMANTINA. Projeto ICMS SOLIDÁRIO, do deputado Dinis Pinheiro foi debatido em Forum Técnico e foi unanimidade entre as lideranças. Foi o segundo encontro para debater o assunto que interessa aos prefeitos de 762 dos 853 municípios de Minas. O primeiro encontro foi em Montes Claros. O próximo será sexta-feira em Teófilo Otoni. Confira detalhes que vieram do www.almg.gov.br

    O Projeto de Lei (PL) 637/07, do deputado Dinis Pinheiro (PSDB), que altera a Lei 13.803, de 2000, conhecida como Lei Robin Hood, recebeu apoio das lideranças políticas que participaram do segundo encontro regional do Fórum Técnico ICMS Solidário, realizado pela Assembléia Legislativa de Minas Gerais em Diamantina, nesta segunda-feira (13/8/07). A etapa final do fórum, que acontece em Belo Horizonte nos dias 2 e 3 de outubro, será precedida de 12 encontros regionais. O primeiro deles aconteceu em Montes Claros, no último dia 10.

    Em tramitação na ALMG, o PL 637/07 divide os critérios que hoje determinam a distribuição do ICMS em três grupos: critérios econômicos, sociais solidários; e de compensação solidária ou ICMS Solidário. A proposta original do projeto é distribuir pelo critério econômico do Valor Adicionado Fiscal (VAF) o mínimo determinado pela Constituição Federal, que é 75% - e não os 79,68% atuais. Dessa forma, os 4,68% restantes seriam redistribuídos a partir do critério do ICMS Solidário, beneficiando municípios que estejam em situação desfavorável em relação à média per capita do ICMS do Estado.

    O deputado Doutor Viana (DEM), 1º-vice-presidente da Assembléia, representou o presidente Alberto Pinto Coelho (PP) na reunião e acredita que o projeto visa corrigir injustiças na distribuição do ICMS. Para ele, cabe ao Legislativo mineiro criar condições para que a proposta seja discutida com os municípios e aperfeiçoada, por isso a realização dos encontros nas diversas regiões do Estado. O deputado também acredita que a aprovação da matéria é uma questão de coerência para aqueles que defendem a revisão do pacto federativo. "Se criticamos a concentração de recursos nas mãos da União, temos que fazer a nossa parte dentro de casa também", comparou.

    O prefeito de Itamarandiba e presidente da Associação dos Municípios do Alto Jequitinhonha (Amaje), Afonso Arinos de Campos Gandra, enfatizou que o projeto beneficia todos os municípios que fazem parte da Amaje e apoiou a fala do deputado Doutor Viana sobre o pacto federativo. "Os municípios já arcam hoje com muitas responsabilidades que não seriam suas, como as despesas com as polícias militar e civil, por exemplo, sem ter o aporte de recursos necessários para isso", completou.

    Mesma opinião manifestou o prefeito de Diamantina, Gustavo Botelho Júnior, sobre a transferência de competências sem o repasse dos recursos. Para ele, a Lei Robin Hood, que foi um avanço na época de sua aprovação, já está desatualizada, e muitos municípios sobrevivem com recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

    Para o autor do projeto, o atual sistema de distribuição do ICMS é vergonhoso. "Onde já se viu um município como Betim ter direito a mais recursos que os 155 municípios do Norte e Vale do Jequitinhonha?", questionou. Ele criticou a oposição que os prefeitos de Betim e de Uberlândia têm feito ao projeto, porque os dois municípios perderiam receita com a aprovação do PL 637/07. "Eles precisam percorrer o Estado e ver a situação dos municípios mais pobres", afirmou. Segundo Dinis Pinheiro, os municípios que terão ganho de receita com o projeto reúnem 80% da população do Estado, ou seja, 16 milhões de mineiros.

    A evolução da distribuição da cota-parte do ICMS para os municípios foi apresentada aos prefeitos, vereadores e outras lideranças da Região Central que participavam da reunião pela coordenadora técnica da Lei Robin Hood da Fundação João Pinheiro, Isabella Virgínia Freire Biondini. Ela mostrou que, até 1991, os recursos eram distribuídos observando-se apenas o VAF. De 1991 a 1995, 94% seguiam o VAF; 5,61% eram para os municípios mineradores; e 0,323% eram distribuídos entre os municípios emancipados. A partir de 1996, veio a Lei Robin Hood, em sua primeira versão.

    Já o detalhamento do PL 637/07 e seu impacto sobre os diversos municípios do Estado foi apresentado pelo gerente de Economia e Finanças, Transportes, Comunicação e Obras Públicas da ALMG, Hélio Ferreira dos Santos. Ele afirmou que o projeto traz ganho de receita para 762 municípios e perda para 91.

                           Microrregião de Diamantina teria ganhos em todos os municípios

    Simulação feita pela Consultoria da ALMG, com base nos valores de ICMS de abril deste ano, aponta que a Região Central teria seu repasse do imposto reduzido em 2,10%, em média. Porém, a microrregião de Diamantina, especificamente, teria ganho médio de 15,60%. Todos os municípios seriam beneficiados, sendo a maior alta percentual (22,92%) em Datas e o menor ganho (8,21%) em São Gonçalo do Rio Preto. No município de Diamantina, o repasse de ICMS seria ampliado em 17,95%.

    Próximo à Diamantina, a microrregião de Curvelo também seria beneficiada pela proposição, com ganho médio de 12,17%, elevando a arrecadação de todos os municípios. Outras microrregiões da Região Central que teriam ganhos para todos os municípios são: Sete Lagoas (média de 2,86%); Conceição do Mato Dentro (21,20%); São João del Rei (12,07%); e Barbacena (7,42%).

    Já na microrregião de Três Marias, a queda de 10,97% no município de Três Marias diluiria o aumento de arrecadação previsto para os demais municípios, fazendo com que a microrregião tenha queda média de 1,98%. Por outro lado, na microrregião de Pará de Minas, a queda de 26,50% em São José da Varginha seria compensada pelo aumento de arrecadação nos demais municípios, deixando a média positiva em 0,69%. O mesmo ocorreria na microrregião de Itaguara, onde a perda de 15,88% em Itatiaiuçu não impede a média final positiva de 1,46%.

    As outras microrregiões da Região Central teriam o seguinte desempenho percentual médio: Belo Horizonte (-2,21%); Itabira (-7,42%); Ouro Preto (-9,19%); e Conselheiro Lafaiete (-3,80%). Ainda no município de Conselheiro Lafaiete, será realizada outra reunião do Fórum Técnico, no dia 23 de agosto.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 13, 2007

    SINPAPEL em festa!

    JANTAR ANUAL do SINPAPEL, pilotado pelo empresário Antônio Eduardo Baggio, foi o grande evento da sexta-feira, aqui em BH. Estivemos lá - eu e minha mulher a decoradora Cida Amaral. Buffet correto e delicioso. Conversa muito boa. Baggio, sempre atencioso e simpático correu as mesas com um carinho especial para cada convidado. Detalhes? Depois eu conto! Aguarde!

                               
                                           Antônio Eduardo Baggio, presidente do SINPAPEL
                                                 e diretor-presidente da IMBALLAGGIO.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 13, 2007

    Pró-acesso asfalta estrada do Caminho do Meio da Estrada Real, que liga Barbacena a Desterro do Melo. O município fica a 200 kms de BH e 32 de Barbacena.

    FINALMENTE, depois de mais de 50 anos, o governador Aécio Neves saiu na frente e entregou asfaltada a Estrada de Barbacena a Desterro do Melo. Foi na sexta-feira, dia 10. Estive lá como mestre de cerimônia. Os detalhes darei em breve. 

    FAZENDO BEM FEITO









    O prefeito de Desterro do Melo, Rui Fernandes,o prefeito de Alto Rio Doce, Wilson Gonçalves, Wilsinho" e o secretário de governo de Minas, ex-deputado federal Danilo de Castro.










    FAZENDO BEM FEITO



    Com o término das obras de pavimentação da MGT 265, trecho Senhora das Dores - Desterro do Melo, o Município realizou, no ontem, dia 10 de agosto, a solenidade de inauguração da obra e comemorou também os serviços de recuperação - através do Pró-MG - do trecho Senhora das Dores - BR 040.
    O evento oficial que contou com a presença de várias autoridades do alto escalão do Governo do Estado foi realizado no Centro Administrativo Prefeito João Benedito Amaral, às 12 horas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 13, 2007

    ECONOMIA. Iniciativa inédita da FIEMG no interior de Minas. Vale conferir nessa matéria de Ney Doyle Jr. da assessoria de comunicação da entidade empresarial, que reúne o PIB mineiro.






                             Jóias e cachaça ganham impulso econômico no Vale do Jequitinhonha

    O Sistema Fiemg, através do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) – Departamento Nacional e de Minas Gerais - inicia duas novas etapas de desenvolvimento dos segmentos de artefatos de pedras e cachaça de alambique do Vale do Jequitinhonha e Mucuri. No próximo dia 16, a partir de 10h, a cidade de Araçuaí inaugura a unidade de comercialização de artefatos de pedra, que passa a funcionar no prédio do aeroporto municipal, e o galpão de homogeneização e engarrafamento de cachaça de alambique, que unifica a produção de 400 mil litros de cachaça da região e cria a nova marca de mercado, denominada Coração do Vale.



     

    A iniciativa, que tem parceria do Ministério da Integração Nacional, Prefeitura de Araçauí, Sindbebidas, Sindjóias, Sebrae e MesoVales, dá prosseguimento ao programa de desenvolvimento daquela região, iniciado em 2004, com a inauguração da unidade integrada Sesi/Senai em Araçuaí. “Na verdade, nosso trabalho começou um ano antes, com o estudo de oportunidades econômicas de um arranjo produtivo local, quando identificamos os dois segmentos prioritários de desenvolvimento, ou seja, a pedra e a cachaça”, afirma o consultor do IEL, Thadeu Chaves Neves.



     

                Cachaça e Pedras – A unidade de engarrafamento e homogeneização de cachaça faz parte do trabalho desenvolvido pela Cooperativa de Produção de Cachaça de Alambique de Araçuaí e Região (Cachaçaboa), que reúne25 cooperados de cinco municípios da região. “O objetivo desta unidade industrial é ganhar mercado nacional e internacional, com a nova marca Coração do Vale”, afirma Thadeu Neves.



     

                Já a linha de pedras vai trabalhar com 30 associados da região do Jequitinhonha e Mucuri, trazendo um novo conceito em adornos. “Vamos aproveitar o artesanato característico da região e criar designers inovadores, sempre utilizando nossas pedras coloridas”, afirma o presidente do Sindijóias, Raymundo Vianna. O Vale é reconhecido internacionalmente na produção de artesanato em bonecas, que agora levarão pedras preciosas.



     



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 13, 2007

    BARBACENA - no Campo das Vertentes, a 165 kms de Beagá - faz amanhã, dia 14 de agosto, 216 anos. Uma grande programação vai marca a data máxima do município. Um dos eventos será na Câmara Municipal, o Palácio da Revolução Liberal. O prefeito de Barbacena, recebe a Medalha Sobral Pinto de Direitos Humanos.

    O prefeito Martim Andrada e o ex-deputado José Bonifácio Tamm de Andrada serão agraciados com a medalha, que é a comenda máxima oferecida pelo Poder Legislativo Municipal àqueles que se destacam efetivamente na defesa dos direitos humanos e das liberdades democráticas em nosso país. O orador da solenidade será o vereador Amarílio de Andrade.
    Além da Medalha Sobral Pinto, haverá entrega da Ordem do Mérito Legislativo Municipal de Barbacena. Sendo os agraciados:
    Grau Grande Mérito
    Coronel Hélio dos Santos Júnior – comandante geral da Polícia Militar de Minas Gerais
    Lafayette Luiz Doorgal de Andrada – deputado estadual
    Grau Mérito Especial
    Cônego Antônio Eustáquio Barbosa
    Fernando Maluf Wutke
    Flávio Dani Franco
    Coronel Geraldo Magela Moreira de Freitas – comandante da 13ª Região de Polícia Militar de Minas Gerais
    Hilton da Paixão Grossi
    Ildeu Cardoso da Silva
    José Francisco Baumgratz
    Tarcísio Washington de Carvalho
    Grau Mérito
    Agostinho da Costa Filho
    Padre Alvim Gonçalves Valério
    Padre Carlos Wilson da Silva
    Douglas Roberto Alves
    Jair da Fonseca Pinto Júnior
    José Chartuni Teixeira
    José Eugênio Dutra Câmara
    José Orleans da Costa
    Márcio José da Silva
    Grupo Nogueira Rivelli
    Newton Siqueira Araújo Lima
    Rhamanita Vera de Figueiredo Xavier
    Vicente de Paula Araújo.








    O jurista Sobral Pinto quando foi instituídos a Medalha com o seu nome, na Câmara Municipal de Barbacena


    O barbacenense e jurista Sobral Pinto ganhou notoriedade durante o governo de Getúlio Vargas. Na efervescência política dos anos 30, a Ordem dos Advogados do Brasil indicava os advogados de defesa dos inimigos do regime. Católico fervoroso coube a ele a missão de defender o comunista, Luís Carlos Prestes, após o levante comunista de 1935. Questionado sobre a missão, explicou: "Devemos odiar o pecado e amar o pecador. Portanto, devemos odiar o comunismo, mas amar os comunistas". No fim dos anos 70, voltou a Barbacena pelas mãos do vereador Amarílio Andrade, que com seu consentimento, idealizou a Comenda Sobral Pinto, a maior condecoração do Município.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 13, 2007

    HOJE em Diamantina, discussão sobre o projeto ICMS SOLIDÁRIO do deputado DINIS PINHEIRO. Na sexta-feira será em Teófilo Otoni.

     ICMS Solidário - Iniciado nesta sexta-feira (10) em Montes Claros, o Fórum Técnico ICMS Solidário, promovido pela ALMG, terá duas etapas regionais nesta semana: nesta segunda-feira a reunião acontece em Diamantina; e na sexta (17), em Teófilo Otoni. O evento é uma iniciativa da Assembléia para apresentar e colher sugestões ao Projeto de Lei 637/07, do deputado Dinis Pinheiro, que altera critérios na distribuição do ICMS entre os municípios. Pela proposta original, 762 cidades serão beneficiadas com repasses maiores do que os atuais.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 13, 2007

    DE OLHO NA ASSEMBLÉIA DE MINAS.












                          Semana na ALMG terá 5 audiências e fórum técnico sobre ICMS

    Cinco reuniões com convidados e duas etapas regionais do Fórum Técnico ICMS Solidário estão entre os destaques da Assembléia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) na semana de 13 a 17/8/07. No Plenário, o veto parcial do governador à Proposição de Lei Complementar 104 (ex-PLC 19/07), que altera dispositivos legais sobre a estrutura orgânica da Advocacia-Geral do Estado (AGE) e da organização do Ministério Público do Estado, é um dos principais itens da pauta.

    Duas reuniões com convidados estão programadas para esta segunda-feira (13). A primeira, da Comissão de Defesa do Consumidor e do Contribuinte, foi requerida pelo seu presidente, deputado Délio Malheiros (PV), para discutir os motivos do aumento excessivo no preço do leite longa vida e seus derivados. Representantes do setor produtivo, comércio, do Ministério Público e do Procon Assembléia foram convidados para a reunião, que acontece no Plenarinho IV, às 10 horas.

    A outra reunião da segunda-feira será da Comissão de Política Agropecuária e Agroindustrial. O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reinold Stephanes, é um dos convidados para a audiência, que acontece no Auditório da Assembléia, às 13 horas. Na pauta, a busca de uma agenda política e técnica para enfrentar a crise nos setores produtivos do agronegócio mineiro e brasileiro. O requerimento para a reunião é do deputado Antônio Carlos Arantes (PSC).



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 12, 2007

    O COLÍRIO deste domingo, Dia dos Pais, vem da Manchester Mineira. Da coluna de nosso amigo, o Cabelin, da Tribuna de Minas, que sempre divulga as beldades de JF. E nosso BLOG DE NOTÍCIAS pega carona para espalhar a beleza de lá, pela Blogosfera. Afinal, beleza é fundamental, como dizia nosso "poetinha", Vinícius de Morais.

                                                           
                                                                   Poliana Maia iluminando
                                                                       a noite do Privilège


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 12, 2007

    BELEZA GENÉTICA. Também registrada pelo colunista juizforano César Romero.

                                                                
    Ao lado de sua mãe Eliane Ferreira, a Miss Brasil Natália Guimarães posa para os flashes após receber o título de cidadã benemérita, iniciativa da vereadora Rose França. Natália agradeceu emocionada e participou de um coq no Constantino.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 12, 2007

    Flash Especial: nossa Miss Brasil, a juizforano Natália Guimarães, posa ao lado do paizão na coluina de César Romero da Tribuna de Minas.

                                                                 
                                                                          A Miss Brasil Natália
                                                                     Guimarães e o pai Gilberto


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 12, 2007

    A vez das pequenas e média empresas em Minas. Governo do Estado vai comprar, pelo PREGÃO ELETRÔNICO, 18 milhões de reais em bens e serviços, até o final de 2007. Confira!











                                 Acordo com BID beneficia pequenas e médias empresas de Minas

     









       

    Lúcia Sebe/Secom MG

    O Governo de Minas e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) assinaram, nesta sexta-feira (10), acordo pioneiro que autoriza o Estado a adquirir bens e serviços na modalidade de pregão eletrônico utilizando o seu próprio sistema de compras, em vez de adotar o da União, nos processos de licitação que incluem recursos repassados pelo BID. 

    O documento foi assinado pela secretária de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, e pelo representante do BID, José Luiz Lupo. O acordo beneficia as pequenas e médias empresas mineiras que terão, a partir de agora, mais condições de participar dessas licitações.

    Segundo o representante do BID, pela primeira vez, o banco faz um acordo direto com um Estado permitindo que as compras, via pregão eletrônico, sejam regidas por seus próprios sistemas, sem a necessidade de utilizar o sistema federal. Ele disse ainda que o BID conheceu e aprovou o sistema de Minas Gerais e espera que outros estados criem também sistemas confiáveis, eficientes e que permitam também avanços em seus processos de compras governamentais.

    A secretária Renata Vilhena afirmou que os técnicos do BID conheceram, no ano passado, o sistema de compras de Minas Gerais, sugerindo adequações e aprovando o processo em virtude de seus indicadores de transparência, eficiência e segurança, Anualmente, o Governo compra algo em torno de R$ 3,8 bilhões. Segundo ela, o investimento com fornecedores é a segunda maior despesa do Governo e a utilização do pregão eletrônico privilegia fornecedores locais, em especial as micro e pequenas empresas do Estado.

    Para ela, o acordo, que entrará em vigor tão logo seja publicado no Minas Gerais – órgão oficial dos Poderes do Estado – terá uma grande repercussão no  Estado. A estimativa é de que o Governo de Minas adquira, neste restante de ano, na modalidade de pregão eletrônico, o equivalente a R$ 18 milhões, em bens e serviços, utilizando recursos oriundos de financiamentos feitos pelo BID.

     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 12, 2007

    Nosso BLOG DE NOTÍCIAS atinge neste domingo, Dia dos Pais, a marca de quase 320 MIL ACESSOS. Os dados são do provedor TERRA. Agradeço sua audiência!



























    Posts:
     1965

    Rascunhos:
     28

    Comentários:
     14.964

    Visitas Únicas:
     316.527

    Pageviews:
     322.286
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 12, 2007

    HOJE, dia dos Pais, nosso BLOG DE NOTÍCIAS homenageia todos os pais de Juiz de Fora, através do prefeito Alberto Bejani, que aprace ao lado do filho Bejaninho. A foto vem da coluna de César Romero da Tribuna de Minas de juiz de Fora.

                                                               
                                                              Bejaninho e Alberto Bejani


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sábado, Agosto 11, 2007

    Ministro Hélio Costa investe no PARAPAN 2007, que começa manhã e vai até dia19 no Rio de Janeiro.

    Internet gratuita para atletas e torcedores do Parapan Rio 2007

             
    Iniciativa do Ministério das Comunicações garante direito à comunicação 
      Cerca de 1.300 atletas e torcedores de 25 países dos Jogos Parapan-americanos Rio 2007, realizados de 12 a 19 de agosto, vão contar com acesso gratuito à internet e com serviços de telefonia especial para deficientes auditivos. O  Ministério das Comunicações instalou três telecentros: Vila Parapan-americana; Complexo do Rio Centro;  Estádio Olímpico João Havelange
     "Esses atletas merecem todo apoio para mostrarem ao mundo seu talento e, acima de tudo, o esforço que fazem para superar seus próprios limites. Assim como fizemos no Pan, também estamos assegurando o direito à comunicação no Parapan" – defendeu o ministro Hélio Costa. 
     O telecentro da vila olímpica é restrito aos atletas e equipes técnicas. Possui 21 computadores, ligados à internet banda larga, uma impressora multifuncional e quatro telefones equipados. Os telecentros do Complexo do Rio Centro e do Estádio Olímpico João Havelange são abertos aos torcedores. Cada um possui cinco computadores, uma impressora multifuncional e quatro telefones. 
     Todos os computadores possuem um software de leitura de tela, para beneficiar deficientes visuais, e os telefones estão equipados com teclado, que permitem a comunicação de deficientes auditivos. Em cada telecentro, o ministério  monitores para auxiliarem os usuários.  Também apoiam a iniciativa o Ministério do Esporte, Comitê Paraolímpico Brasileiro, o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações - CPqD, e a operadora de telefonia Oi.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sábado, Agosto 11, 2007

    Ganhamos hoje mais um leitor do nosso BLOG DE NOTÍCIAS. O assessor de comunicação do vice-prefeito de BH, Ronaldo Vasconcelos, o jornalista Ricardo Camargos. Obrigado pela preferência!

    Dileto João Carlos,
    Anote ai mais uma abertura deste importante blog que tem prestado um belo serviço à divulgação das coisas de Minas, já colocado nos meus favoritos. Como já havia comunicado pessoalmente, a partir desta semana, passei a reforçar a equipe do vice-prefeito Ronaldo Vasconcellos, trabalhando ao lado do jornalista Raphael Andrade na área de assessoria de comunicação do gabinete.
    Abraços do amigo.
    Ricardo Camargos.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sábado, Agosto 11, 2007

    JANTAR ANUAL do SINPAPEL, pilotado pelo empresário Antônio Eduardo Baggio, foi o grande evento da sexta-feira, aqui em BH. Estivemos lá - eu e minha mulher a decoradora Cida Amaral. Buffet correto e delicioso. Conversa muito boa. Baggio, sempre atencioso e simpático correu as mesas com um carnho especial para cada convidado. Detalhes? Depois eu conto! Aguarde!

                               
                                           Antônio Eduardo Baggio, presidente do SINPAPEL
                                                 e diretor-presidente da IMBALLAGGIO.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sábado, Agosto 11, 2007

    FINALMENTE, depois de mais de 50 anos, o governador Aécio Neves saiu na frente e entregou asfaltada a Estrada de Barbacena a Desterro do Melo. Foi ontem. Estive lá como mestre de cerimônia. Hoje, sábado, estou na caminho da lá, de novo, só que para me divertir, rever os amigos na Exposição Agropecuária.

    Da série: UMA FOTO VALE POR MIL PAVRAS. Assunto: inauguração ontem do asfaltamento do Proacesso (feito pela Cadar Engenharia) de Barbacena para Desterro do Melo - que fica a 200 kms de BH, 32 de Barbacena, no Caminho do Meio da Estrada Real.

    FAZENDO BEM FEITO









    O prefeito de Desterro do Melo, Rui Fernandes,o prefeito de Alto Rio Doce, Wilson Gonçalves, Wilsinho" e o secretário de governo de Minas, ex-deputado federal Danilo de Castro.



    FAZENDO BEM FEITO


    Com o término das obras de pavimentação da MGT 265, trecho Senhora das Dores - Desterro do Melo, o Município realizou, no ontem, dia 10 de agosto, a solenidade de inauguração da obra e comemorou também os serviços de recuperação - através do Pró-MG - do trecho Senhora das Dores - BR 040.
    O evento oficial que contou com a presença de várias autoridades do alto escalão do Governo do Estado foi realizado no Centro Administrativo Prefeito João Benedito Amaral, às 12 horas.













                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sábado, Agosto 11, 2007

    MINASCON - será atração de 21 a 24 de agosto no Expominas, aqui em BH. O setor tem um PIB em Minas de 33 bilhões de reais. Quem está à frente é o inteliegente Teodomiro iniz Camargos presidente da Câmara da Indústria da Construção da FIEMG.

    De 21 a 24 de agosto será realizado, no Expominas, em Belo Horizonte, o MinasCon 2007. Em sua quarta edição, o evento, que é promovido pela Câmara da Indústria da Construção da Fiemg, reúne, em um mesmo espaço, todos os setores da cadeia produtiva da indústria da construção, com o objetivo de discutir assuntos de interesse do segmento. "Desde que começou a ser organizado, o MinasCon contribui para potencializar e maximizar a sinergia entre os agentes envolvidos na cadeia", diz o presidente da Câmara, Teodomiro Diniz Camargos.
    O tema deste ano é "Desenvolvimento e Sustentabilidade – Matéria-Prima para Bons Negócios". Além da mostra de produtos e serviços, palestras técnicas irão abordar questões atuais ligadas à realidade dos setores envolvidos, como as novidades, tendências e perspectivas do mercado.
    Cerâmica – Um dos eventos que acontece simultaneamente ao MinasCon é a 36ª edição do Encontro Nacional da Indústria de Cerâmica Vermelha, numa parceria entre a Associação Nacional da Indústria Cerâmica (Anicer), Confederação Nacional da Indústria (CNI), Fiemg, Sebrae e Caixa Econômica Federal.
    O encontro já foi promovido em todas as regiões do Brasil, integrando ceramistas interessados, entre outros assuntos, nas inovações tecnológicas divulgadas durante a Exposição de Máquinas, Equipamentos, Produtos, Serviços e Insumos para a Indústria Cerâmica (Expoanicer).
    O evento conta com o apoio do Sindicer/MG, do Sindicato das Indústrias de Cerâmica e Olaria do Triângulo e Alto Paranaíba, da Associação dos Ceramistas de Monte Carmelo e da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Serviços de Igaratinga.
    Macrossetor em Minas – De acordo com o estudo do economista Antônio Braz de Oliveira e Silva, a cadeia produtiva da construção representa 18% do Produto Interno Bruto (PIB) e 12% da geração de emprego no estado de Minas Gerais.
    Em 2006, o PIB do macrossetor mineiro, que envolve todas as atividades ligadas à construção, chegou a R$ 33 bilhões


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sábado, Agosto 11, 2007

    BARBACENA - que fica a 165 kms de Beagá no Campos das Vertentes - faz 216 anos, terça-feira, dia 13 de agosto. O prefeito Martin Andarada será homenageado com a mais importante Comenda do município, a Medalha Sobral Pinto de direitos humanos, por indicação do vereador Amarílio de Andrade, do PSC, líder do governo na Câmara de Barbacena. A notícia vem do site www.barbacenaonline.com.br ( da coluna do nosso amigo Idiando Borges).

    Na próxima terça-feira
    Barbacena é a aniversariante. Inaugurações e diversas atividades lembram os 216 anos da cidade. Na Câmara Municipal, presidida por José Higino Ferreira, as homenagens à diversas personalidades, como acontece em todo o mundo. Entre os homenageados, o jovem prefeito Martim Andrada, que a despeito das dificuldades da política de aperto fiscal, implantada no Brasil desde 1994, procura fazer o melhor. Ele vai receber a Comenda Sobral Pinto por indicação do vereador Amarílio Andrade. Com habilidade, saber jurídico e visão, o Prefeito representa no momento, a maior liderança política da cidade.







    O jurista Sobral Pinto quando foi instituídos a Medalha com o seu nome, na Câmara Municipal de Barbacena

    O barbacenense e jurista Sobral Pinto ganhou notoriedade durante o governo de Getúlio Vargas. Na efervescência política dos anos 30, a Ordem dos Advogados do Brasil indicava os advogados de defesa dos inimigos do regime. Católico fervoroso coube a ele a missão de defender o comunista, Luís Carlos Prestes, após o levante comunista de 1935. Questionado sobre a missão, explicou: "Devemos odiar o pecado e amar o pecador. Portanto, devemos odiar o comunismo, mas amar os comunistas”. No fim dos anos 70, voltou a Barbacena pelas mãos do vereador Amarílio Andrade, que com seu consentimento, idealizou a Comenda Sobral Pinto, a maior condecoração do Município.




    O Comandante da Epcar, Brigadeiro do Ar Alvani Adão da Silva
    ao lado do vereador Amarílio Andrade na manhã do dia 3


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 10, 2007

    ICMS SOLIDÁRIO. Projeto foi discutido em Montes Claros. Foi a primeira das 12 reuniões regionais para discutir o assunto antes da votação do projeto pela Assembléia de Minas. Confira os detalhes!

    A defesa das mudanças promovidas pelo Projeto de Lei (PL) 637/07, que modifica os critérios de distribuição do ICMS, marcou o encontro regional do Norte de Minas, primeiro a ser realizado dentro da programação do Fórum Técnico ICMS Solidário. Promovido pela Assembléia Legislativa de Minas Gerais, o evento incluirá reuniões em todas as 10 macrorregiões do Estado, com o objetivo de esclarecer detalhes do projeto, de autoria do deputado Dinis Pinheiro (PSDB), e colher sugestões para aperfeiçoá-lo. O encontro desta sexta-feira (10/8/07) foi realizado na auditório da Sociedade Rural, no Parque de Exposições de Montes Claros, e contou com a presença de oito deputados estaduais, 33 prefeitos e mais de 200 participantes, representando 56 municípios. Representantes de diversos municípios do Norte de Minas, parlamentares estaduais e representantes da sociedade civil participaram do encontro nesta sexta. O evento foi aberto pela deputada Gláucia Brandão (PPS), que representou o presidente da Assembléia Legislativa, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), e fez uma apresentação do PL 637/07.
    Também na abertura, o prefeito de Montes Claros, Athos Avelino, agradeceu a iniciativa do projeto, e destacou a importância das novas regras. Ele argumentou que os encargos destinados aos municípios nunca são acompanhados pelos recursos necessários, especialmente nos municípios mais pobres. "Montes Claros tem a sexta população de Minas Gerais, mas só a 12a arrecadação", afirmou o prefeito. O presidente da Câmara Municipal de Montes Claros, vereador Coriolando Afonso, também elogiou o projeto, e agradeceu o fato do Fórum ter se iniciado na cidade.

    Durante o encontro, a coordenadora da Lei Robin Hood e pesquisadora da Fundação João Pinheiro, Isabella Freire Biondini, fez uma apresentação sobre a Lei Robin Hood. O PL 637/07 altera a Lei 13.803, de 2000, conhecida por Lei Robin Hood, dividindo os critérios que hoje determinam a distribuição do ICMS em três grupos: critérios econômicos; sociais solidários; e de compensação solidária. O objetivo é redistribuir uma parte do imposto, beneficiando municípios que estejam em situação desfavorável em relação à média per capita de ICMS do Estado.

    De acordo com critérios do projeto, o Norte de Minas é a segunda região mais beneficiada das 10 macrorregiões do Estado. O montante de repasses de ICMS para todos os municípios da região poderá ter uma elevação de 13,92%. Apenas o Jequitinhonha/Mucuri tem um ganho maior: 19,66%. As duas regiões são as únicas, entre as que não contam com nenhum município que perde recursos com os novos critérios. Principal cidade do Norte de Minas, Montes Claros teria um ganho de 8,03% em sua cota de ICMS. Segundo valores de abril de 2007, o recurso destinado à cidade passaria de R$ 2.964.820,61 para R$ 3.202.813,68. Em toda Minas Gerais, 762 municípios seriam beneficiados pelo projeto, enquanto 91 perderiam recursos.

    Projeto é fruto de trabalho iniciado em 2001

    O PL 637/07 é resultado de ampla discussão realizada na ALMG em 2001, pela Comissão Especial da Lei Robin Hood, que concluiu ser necessário alterar a forma de distribuição do ICMS. Após seguidas tentativas de aprovação da matéria (substitutivo no. 2 ao PL 1.756/01 e PL 23/03), sem sucesso, a proposta foi desarquivada agora pelo relator daquela comissão, deputado Dinis Pinheiro (PSDB).

    Presidente da Frente Parlamentar em Defesa do ICMS Solidário, a deputada Ana Maria Resende (PSDB) afirmou que a mobilização de 59 de seus 76 colegas na Assembléia Legislativa foi um esforço para vencer a resistência à mudança nos critérios de distribuição dos recursos. "Araporã recebe R$ 199 por habitante, por mês. Brasília de Minas recebe R$ 3,65. Quando vamos conseguir tirar o pires de nossa mão, se não enfrentarmos essa situação de penúria?", questionou a deputada.

    O autor do PL 637/07, deputado Dinis Pinheiro (PSDB), afirmou que o motivo para aprovação da proposta é muito simples. "Essa luta é muito árdua, e deveria ser muito simples, porque os números são muito claros: 762 municípios vão ganhar, mais de 80% do total. Só que, às vezes, o ser humano se deixa guiar pela ambição desmedida", argumentou. Ele também ressaltou que outros estados já adotaram formas de distribuição que beneficiam municípios mais carentes, e cobrou a presença de representantes do Norte no encontro final do Fórum Técnico, em Belo Horizonte.

    O deputado Arlen Santiago (PTB) lembrou as dificuldades enfrentadas anteriormente por essa proposta na Assembléia. "Antes, a consciência não estava pronta. Hoje, parece que está", afirmou. Já o deputado Carlos Pimenta (PDT) cobrou uma mudança de postura do poder público. "Temos que inverter a lógica. Não é premiar quem já recebe recurso. É premiar quem não recebe nada", defendeu. Por sua vez, o parlamentar Gil Pereira (PP) disse que pretende apresentar uma emenda ao projeto para favorecer a preservação da Mata Seca, o que irá beneficiar o Norte de Minas.

    O deputado Luiz Tadeu Leite (PMDB) reafirmou a necessidade de o governo investir no sentido de reduzir as desigualdades públicas. "Não é por acaso que aqui todas as cidades vão ganhar. É porque aqui, todas estão por baixo", afirmou. Ele também lembrou a necessidade de buscar o apoio do governador Aécio Neves para enfrentar a resistência ao projeto. O deputado Paulo Guedes (PT) afirmou que o município de Betim recebeu, em abril de 2007, maior repasse de ICMS que todos os municípios das regiões do Norte, Jequitinhonha e Mucuri. "Temos que reagir cada vez mais. O que está sendo discutido aqui é ainda muito pouco", afirmou o parlamentar. Ruy Muniz (DEM) também cobrou a necessidade de buscar outras formas de melhorar a situação do Norte de Minas. "Temos que buscar indústrias com valor agregado para cá", afirmou.

    Depois de Montes Claros, o próximo encontro regional acontece em Diamantina, na segunda-feira (13/8/07). Haverá um encontro por região, com exceção da Zona da Mata e da Central, onde estão programadas duas reuniões.

    Distribuição atual do ICMS

    De acordo com a Constituição Federal, de todo o ICMS arrecadado no Estado, 25% destinam-se aos municípios. Desse montante, pelo menos 75% devem ser distribuídos de acordo com o Valor Adicionado Fiscal (VAF), que retrata o movimento econômico do município. E até 25% conforme determinar a legislação estadual. Atualmente, o ICMS em Minas é distribuído de acordo com os seguintes critérios e percentuais dos recursos destinados aos municípios: VAF (79,68%); área geográfica (1%); população (2,71%); população dos 50 municípios mais populosos (2%); educação (2%); produção de alimentos (1%); patrimônio cultural (1%); meio ambiente (1%); saúde (2%); receita própria (2%); cota mínima (5,5%); e municípios mineradores (0,11%). O cálculo da parcela de cada município é uma média aritmética que leva em conta o desempenho do município e o peso de cada critério.

    O que prevê o PL 637/07

    A proposta original do PL 637/07 é distribuir, pelo critério do VAF, o mínimo determinado pela Constituição Federal, que é 75% - e não os 79,68% atuais. Assim, os 4,68% restantes serão distribuídos a partir de um novo critério, chamado ICMS Solidário. Já os demais critérios não terão o índice alterado, mas serão separados em dois grupos, um relativo a critérios econômicos e outro relativo a critérios sociais.

    A divisão dos recursos será feita em três etapas. Todos os municípios participam da primeira fase, relativa aos critérios econômicos. Nas outras duas, serão excluídos da divisão dos recursos os municípios que apresentarem índice de ICMS per capita igual ou superior à média do Estado, acrescida de 40%. A segunda etapa se refere aos recursos distribuídos segundo critérios sociais, e a última etapa corresponde à compensação solidária propriamente dita, instituída pelo PL 637/07. Os municípios que participarem desta última distribuição terão sua cota calculada de acordo com sua população.

    Os critérios econômicos são o VAF (75% dos recursos), produção de alimentos (1%), meio ambiente (1%), receita própria (2%) e municípios mineradores (0,11%). Os critérios sociais são área (1%), população (2,71%), população dos 50 mais populosos (2%), educação (2%), patrimônio cultural (1%), saúde (2%) e a cota mínima (5,5%). O critério do ICMS Solidário define a distribuição de 4,68% dos recursos.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 10, 2007

    Inaugurado nesta sexta-feira o asfalto da Estrada de Desterro do Melo - cidade que fica no Caminho do Meio da Estrada Real. O prefeito Ruy Fernades e o secretário de governo, Danilo de Castro, representando o governador Aécio Neves, descerraram a placa de ianaguração. O ex-secrertário de Obras e Transportes, Agostinho Patrus, o governador Aécio Neves, o engenheiro José Élcio Monteze, diretor-geral do DER e o ex-prefeito de Alto Rio Doce, Ricardo Couto foram agraciados com a Medalha do Fundador de Desterro do Melo, Antonio Feliciano de Melo. O governador vai receber a Medalha, em data a ser marcada,em BH, no Palácio da Liberdade. Leia agora a entrevista com Ricardo Belo Couto sobre a Estrada para Desterro do Melo, agora toda asfaltada.

                                                                DO SONHO À REALIDADE

                                                    PAVIMENTAÇÃO DAS MG'S 265 E 132

                                                                   E N T R E V I S T A

    FAZENDO BEM FEITO

    Nesta semana estamos publicando nossa conversa com Ricardo Belo Couto, empresário e ex-prefeito do Município de Alto Rio Doce por dois mandatos (1997 a 2000 e 2001 a 2004). Ricardo Couto foi o principal articulador da obra custeada em sua maioria pelos Municípios de Alto Rio Doce, Desterro do Melo e Barbacena, que levou asfalto até o Distrito de Senhora das Dores e teve também grande influência nas negociações para a pavimentação Senhora das Dores - Desterro do Melo (já concluídas) e Desterro do Melo - Alto Rio Doce (iniciadas recentemente).

    Nosso Chão: No exercício de seu primeiro mandato, no quadriênio 1997/2000, foi executada a obra de asfaltamento da MG-265, trecho BR-040/Senhora das Dores através de Convênio entre os municípios de Barbacena, Desterro do Melo e Alto Rio Doce. Como foram as tratativas para a sua conclusão?.

    Ricardo Couto: ) Foram feitas assim: na época, Mário Tafuri (prefeito de Desterro do Melo) e eu, juntamente com Dr. Paulo Scarpelli (prefeito de Barbacena) firmamos convênio com o Governador Eduardo Azeredo para fazermos o asfaltamento da estrada em 10 parcelas para cada prefeitura, em meses consecutivos. Quando começamos, conseguimos arrecadar um dinheiro, no entanto, o Governo de Minas cedeu apenas 01 das 10 parcelas e os municípios de Desterro do Melo e Alto Rio Doce conseguiram cumprir até a 6ª parcela. Mas, como não cumprimento por parte do Estado ficou impossível concluir a obra até Alto Rio Doce. À época, a obra estava orçada em R$ 4.800,000,00.

    Nosso Chão:
    Mesmo com a paralisação das obras V. Sa. continuou lutando para que o projeto de asfaltamento fosse retomado, superando muitos obstáculos. Quais os agentes políticos diretamente envolvidos nesta conquista?

    Ricardo Couto: O agente principal de toda a obra foi o secretário de Governo Danilo de Castro, na época, deputado federal pelo PSDB de Minas. No entanto, o Governo do Estado (Itamar Franco) não apoiou nossas tentativas subseqüentes, chegando apenas a licitar a obra até Desterro do Melo. No segundo ano do primeiro mandato do Governo Aécio Neves, o então secretário Danilo liberou as obras que já existiam projetos, beneficiando Desterro do Melo. O secretário de Transportes e Obras Públicas, depuatdo estadual Agostinho Patrús também teve grande influência para a realização da obra. Credito também muito empenho ao prefeito de Desterro do Melo, Ruy Fernandes, que por muitas vezes, na Capital, fez uso de seu prestígio em favor das obras.

    Nosso Chão:
    Todos reconhecem que foi graças do seu empenho, à sua luta, que os trabalhos de pavimentação do trecho Desterro do Melo/Alto Rio Doce foram iniciados na semana passada e que o processo de licitação do trecho Alto Rio Doce/ Cipotânea está em curso, com abertura das propostas prevista para 31 de julho próximo. Qual é o seu papel nestas negociações com o Governo do Estado?

    Ricardo Couto: Continuando, ao lado do secretário Danilo, a execução do projeto Desterro do Melo - Alto Rio Doce ganhou forma. Danilo, principal padrinho das benfeitorias, determinou prioridade à obra, para que fosse executado de imediato os trabalhos. Uma luta direta com o Secretário Danilo, na qual recebemos o apoio do atual prefeito de Cipotânea, João Reginaldo, fez com que a estrada Alto Rio Doce - Cipotânea fosse estudada, estando o seu processo de licitação em andamento.

    Nosso Chão: Em agosto o Governador Aécio Neves virá a Desterro do Melo inaugurar o trecho Senhora das Dores/ Desterro do Melo. Na sua ótica, quais serão os impactos econômicos, sociais e culturais para a região com a conclusão da obra?

    Ricardo Couto:Essa luta para a realização destas obras trará um conjunto de mudanças para toda a região. Na área social é certa a facilidade das pessoas em ter acesso desimpedido aos serviços de saúde, educação - o ir e vir vai ser tornar fácil. A economia será beneficiando, haja visto que a região se abrirá para grandes oportunidades, onde empresas de va´rios setores poderão se aportar em uma destas cidades. A pavimentação das MG´S irá competir com as principais vias de acesso a outras cidades localizadas nas proximidades da BR 040. Comércio e turismo serão áreas que também vão ser bastante beneficiadas e desenvolvidas com o asfalto, gerando novos empregos e renda.A cultura vai caminhar junto, sendo amplamente conhecida e divulgada. Acreditamos na inter-relação de elementos para alcançarmos o progresso - e ela virá. Pr fim, um conjunto de atividades que vão fazer a diferença. Nada vai acontecer isoladamente, tudo vai se desenvolver junto, em cadeia.

    Nosso Chão:
    Como V. Sa. avalia o Proacesso que tem por objetivo a pavimentação de estradas em todo o território mineiro e o ProMG que está recuperando as rodovias estaduais, inclusive o trecho BR-040/Senhora das Dores?

    Ricardo Couto: Ambos têm fundamental importância. A iniciativa de abrir, manter e recuperar o acesso pavimentado que ainda não existe é exemplar, devendo ser permanente, pois julgo ser extremamente necessário. Vejo esta dinâmica como sendo perfeita, contínua, eterna. Para que o progresso continue chegando a toda Minas Gerais é preciso investir nas redes de infra-estrutura, como tem sido feito. Considero estes programas estruturadores modelos a serem seguidos por todos os governos do país.

    Nosso Chão:
    E o programa de telecomunicações lançado pelo Governo de Minas, que vai implantar a telefonia celular em 412 municípios do Estado?

    Ricardo Couto:Este é, sem dúvida alguma, mais um grande feito do Governo Aécio Neves. È mais um benefício que vem concluir o que faltava para realizar a integração dos municípios com o mundo - coisa que nos dias de hoje é fundamental. O acesso à internet, aos meios de comunicação vai ser democratizado. Os municípios receberão através obras como estas os reflexos do desenvolvimento.

    Nosso Chão:
    Após 02 mandatos como Prefeito de Alto Rio Doce, que avaliação V. Sa. faz do Governo Aécio Neves?

    Ricardo Couto:Minas Gerais é um Estado extremamente privilegiado por ter em seu comando um governador com a capacidade política, administrativa, muito acima da média dos governantes de todo o Brasil. Some-se a isso a bênção de conseguir ter ao seu lado pessoas altamente qualificadas, tecnicamente e politicamente. Esse universo de qualidades, aliada a um carisma pessoal indescritível se configura em um fenômeno da política nacional - o maior de todos eles - e nós, como mineiros, temos o privilégio de falar que temos o melhor governador do Brasil; o que pode ser provado por números positivos em todos os setores.

    Nosso Chão:
    Após 02 mandatos como Prefeito de Alto Rio Doce, que avaliação V. Sa. faz do Governo Aécio Neves?

    Ricardo Couto:Quanto à carreira política não mais pretendo me candidatar a nenhum cargo público. No entanto, sempre estarei fazendo parte do meu grupo político em Alto Rio Doce e inserido no grupo político ligado ao governador do Estado de Minas Gerais.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 10, 2007

    O colírio desta sexta-feira vem, mais uma vez, da coluna do nosso amigo César Romero da Tribuna de Minas de

                                                          
                                                                 Tayara Campos promessa
                                                                   de sucesso na passarela 
                                                                         do Fashion Days


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 9, 2007

    Notícia quem de Barbacena, enviada por Edson Brandão, Assessor de Comunicação do Hospital Ibiapaba de Barbacena.

    Desde março deste ano, Barbacena, Barroso, Conselheiro Lafaiete e Ibertioga foram as primeiras cidades mineiras cujos principais hospitais constituiram a Associação dos Hospitais da Macrorregião Centro-Sul de Minas Gerais. Esta iniciativa, estimulada pela própria AHMG, visa unir mais os hospitais filantrópicos ou privados e permite que eles tenham um diálogo mais direto com Governos e o mercado onde se inserem.

    "Basta lembrar que nos últimos cinco anos, nada menos que 106 hospitais fecharam suas portas em Minas Gerais, exatamente quando a demanda só cresce", alerta o Dr. Luiz Eduardo Grisolia de Oliveira, diretor do Hospital Ibiapaba, de Barbacena e primeiro presidente da AHCS. Para ele é exatamente na união das entidades é que surgirão as soluções para a grave crise do setor, que não é só financeira, já que os modelos assistenciais precisam ser revistos também.

    Desde sua criação, a AHCS, que reúne os Hospitais Ibiapaba, Policlínica, Santa Casa, Santa Izabel e Clínica Mantiqueira, de Barbacena, Santa Casa de Ibertioga, Nossa Senhora do Carmo, de Barroso e São José, de Conselheiro Lafaiete, vem buscando alternativas para que hospitais possam melhorar seus serviços e assim atender melhor seus usuários. Uma Central de Compras unificada e a Unidade de Resíduos Hospitalares já estão sendo implementadas em cooperação com tos os associados.
    Nos últimos dias 3 e 4 de agosto, no Centro de Convenções do Hotel Grogotó, em Barbacena, a AHCS recebeu da Associação Mineira, como incentivo por sua ação pioneira, uma consultoria técnica dada pelo economista e consultor de empresas Aloysio Vieira, que abordou vários temas relativos à gestão, organização de grupos e metodologia participativa para o setor hospitalar. Ao mesmo tempo, a reunião serviu como vitrine para que hospitais de outras regiões de Minas Gerais sigam o exemplo das Vertentes e Centro. Dentre os observadores convidados, o Hospital Santa Rosália, de Teófilo Otoni, foi representado por seu diretor, o Dr. João Carlos Correia.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 9, 2007

    Assembléia de Minas derruba veto total do governador Aécio Neves ao projeto do Ministério Público. O veto - como previmos aqui no BLOG DE NOTÍCIAS, ontem - foi de 60 votos NÃO ao veto, 9 sim e 1 voto em branco. ATENÇÃO: daqui a pouco, às 15h30m, o procurador-geral de Justiça de Minas, Jarbas Soares Jr. dará entrevista coletiva no prédio do Ministério Público, av. Raja Gabaglia, perto da Assembléia, no bairro Santo Agostinho. Ele deverá anunciar que o MP vai entrar na justiça com uma ADIN - Ação Direta de Inconstitucionalidade. Com palavra o Supremo Tribunal Federal, em Brasília.

    O Plenário rejeitou hoje (9) de manhã o Veto Total do governador à Proposição de Lei Complementar 105 (ex-PLC 17/07), que dispõe sobre a estrutura do Ministério Público. A votação foi secreta e em turno único - 60 deputados votaram pela rejeição do veto; 9 pela manutenção e um voto foi em branco. Para rejeitar um veto são necessários 39 votos. Foi mantido o veto a dispositivos que tratam da reclassificação das comarcas de Nova Serrana e Igarapé.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 9, 2007

    Assembléia vota agora pela manhã veto total do governador Aécio Neves ao projeto do Ministério Público.

                         Conversamos com vários deputados - muitos em off - outros deixando claro que o veto será dererubado. Teve até quem previsse o placar - mais de 60 votos não ao veto, que para ser derrubado precisa de no mínimo 39 votos NÃO. 
                         O caso vai mesmo é parar no Supremo Tribunal Federal, já que o Ministério Público vai entrar coum ADIN no STF - Ação Direta de Inconstitucionalidade.

                         A votação SECRETA será na Reunião Extraordinária, marcada para as 9 da manhã.
                         Você pode acompanhar pela TV Assembléia. Em BH, no cabo, é o canal 11. No Interior de Minas, pelo sistema UHF.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 9, 2007

    De olho no reajuste do pessoal da Educação.

                               Proposição dos salários da educação recebe parecer favorável
    O Projeto de Lei (PL) 1.324/07, do governador, que reajusta os vencimentos dos profissionais da educação básica em 5% a partir de 1o/9/07, e garante à categoria o piso salarial de R$ 850 para 24 horas semanais, a partir de 1º/1/08, recebeu, nesta quarta-feira (8/8/07), parecer favorável da Comissão de Administração Pública da Assembléia Legislativa de Minas Gerais. O relator, deputado Ademir Lucas (PSDB), opinou pela aprovação do projeto com as emendas nºs 1 a 3, da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), e rejeitou emenda apresentada pelo deputado Weliton Prado (PT) em reunião anterior, quando foi concedida vista do parecer ao parlamentar petista.

    De acordo com o projeto, na hipótese de remuneração inferior ao piso fixado, será criada a Parcela de Complementação Remuneratória do Magistério (PCRM). A emenda apresentada por Weliton Prado previa o reposicionamento dos servidores em suas respectivas carreiras, até atingir o piso de R$ 850 proposto pelo Executivo. Na defesa da alteração, o deputado André Quintão (PT) lembrou que, da forma como está, o projeto cria o piso, mas com um valor complementar sobre o qual não incide nenhum benefício. "É um abono, e sobre abono não há benefício. Por isso o interesse de posicionar os R$ 850 na tabela", reforçou.

    Segundo Quintão, a proposta do Executivo recria a antiga Parcela Remuneratória Complementar (PRC), do governo Itamar Franco, apenas com um novo nome. "Quando votamos aqui o plano de carreira, o objetivo foi extinguir esses penduricalhos, que criam distorções. Nesse aspecto, o PL é um retrocesso", argumentou. Já Weliton Prado lembrou que sua emenda foi uma solicitação dos próprios servidores da educação, que temem ter os salários congelados por um período extenso, caso o PL 1.324/07 seja aprovado na forma como proposto.

    O deputado Sávio Souza Cruz (PMDB), ex-secretário de Administração do Governo Itamar Franco, lembrou que a PRC foi criada àquela época para garantir uma remuneração mínima aos servidores com faixa salarial menor. Após sua saída da Secretaria, porém, parcelas diferentes foram criadas para as outras faixas salariais. "Do ponto de vista da gestão, é complicado, pois esse mecanismo iguala a remuneração de servidores com diferentes carreiras e tempos de trabalho. Vejo com preocupação o retorno dessa parcela", ponderou. Para Cruz, o ideal seria encontrar um mecanismo como sugerido por Prado, que não seja a volta da PRC, respeitando a capacidade financeira do Estado.

    Por outro lado, o impacto financeiro provocado pela emenda foi justamente um dos argumentos usados pelo deputado Ademir Lucas para rejeitá-la. No parecer sobre a emenda, o relator argumenta que ela provoca aumento imediato de despesa. "Embora, individualmente, o impacto seja pequeno, o montante é significativo", completa. Os outros argumentos do relator são de ordem técnica e operacional. De acordo com Lucas, a emenda exigiria um cálculo caso a caso, considerado impossível pela Secretaria de Planejamento e Gestão. "É impossível implementar a emenda sem desvirtuar o plano de carreira. E ela pode trazer um desestímulo ao aumento da escolaridade, já que o servidor não precisará disso para a progressão", afirmou.

    Emendas CCJ - Ao final dos debates, o parecer sobre a emenda foi aprovado, com voto contrário do deputado André Quintão. Já as emendas da CCJ, acatadas no parecer sobre o PL 1.324/07, produzem as seguintes alterações: a emendas nºs 1 e 2 incluem no texto os profissionais da Educação do Colégio Tiradentes, da Polícia Militar, e a emenda nº 3 dá clareza ao enunciado do parágrafo 5º do artigo 3º, que estabelece o cálculo do valor PCRM, trocando a expressão "a soma de todas as vantagens pecuniárias a que o servidor fizer jus" por "a soma do vencimento básico e de todas as vantagens a que o servidor fizer jus". - Ao final dos debates, o parecer sobre a emenda foi aprovado, com voto contrário do deputado André Quintão. Já as emendas da CCJ, acatadas no parecer sobre o PL 1.324/07, produzem as seguintes alterações: a emendas nºs 1 e 2 incluem no texto os profissionais da Educação do Colégio Tiradentes, da Polícia Militar, e a emenda nº 3 dá clareza ao enunciado do parágrafo 5º do artigo 3º, que estabelece o cálculo do valor PCRM, trocando a expressão "a soma de todas as vantagens pecuniárias a que o servidor fizer jus" por "a soma do vencimento básico e de todas as vantagens a que o servidor fizer jus".

    Segundo o deputado Ademir Lucas, as modificações constantes do projeto são relevantes, convenientes e oportunas para educação básica de boa qualidade no Estado. O PL 1.324/07 segue ainda para as comissões de Educação, Ciência, Tecnologia e Informática e de Fiscalização Financeira e Orçamentária para parecer de 1o turno.

    Ainda na reunião, a comissão aprovou proposições que dispensam a apreciação do Plenário.

    Presenças - Deputados Elmiro Nascimento (DEM), presidente; Ademir Lucas (PSDB), vice; André Quintão (PT); Chico Uejo (PSB); Inácio Franco (PV), Wander Borges (PSB); Sávio Souza Cruz (PMDB); e Weliton Prado (PT).Deputados Elmiro Nascimento (DEM), presidente; Ademir Lucas (PSDB), vice; André Quintão (PT); Chico Uejo (PSB); Inácio Franco (PV), Wander Borges (PSB); Sávio Souza Cruz (PMDB); e Weliton Prado (PT).

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 8, 2007

    Deputado estadual Alencar da Silveria, do PDT, participa, amanhã, às 22h30m de uma edição especial da TV Senado,em Brasília. O programa chamado VER TV discute as TVs Legislativa. O deputado foi o criador da primeira TV Legislativa do País - a nossa TV ASSEMBLÉIA, que entra hoje em quase 300 municípios.

                                                                  TV legislativa
    Um novo tipo de televisão surgiu no Brasil nos anos 90: a TV do Legislativo. Com pouco mais de uma década de vida, a televisão dos parlamentos brasileiros está consolidada e já faz parte da rotina de muitos telespectadores. Qual a avaliação que se pode fazer desse trabalho? Qual será o futuro dessa TV no mundo digitalizado?
    Para responder estas e outras perguntas convidamos: o deputado estadual de Minas Gerais Alencar da Silveira Junior, do PDT, responsável pelo projeto da TV da Assembléia Legislativa Mineira, a primeira do país.; Letícia Renault, jornalista e professora de telejornalismo e autora do livro "Comunicação e política nos canais de televisão do Poder Legislativo no Brasil"; e Luís Carlos Santana de Freitas, pesquisador e professor de jornalismo legislativo.
    NO AR: Quinta, 9 de agosto, às 22h30.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 8, 2007

    TV DIGITAL na Escola do Legislativo em BH. O curso TV Digital - Padrões e Sistemas de Radiodifusão será realizado na quinta e na sexta-feira. O curso foi pedido pelo diretor de Rádio e TV do Parlamento Mineiro, Rodrigo Lucena. Ele é também presidente da ASTRAL.

                                Escola e Astral promovem curso de atualização em TV Digital
    Nestas quinta e sexta-feiras (9 e 10), técnicos da TV Assembléia e das emissoras filiadas à Associação Brasileira de Televisões e Rádios Legislativas (Astral) participam, na Escola do Legislativo, do curso TV Digital - Padrões e Sistemas de Radiodifusão. O objetivo do curso é nivelar o conhecimento do corpo técnico e gerencial das TVs legislativas sobre as características e funcionamento do processo de transmissão digital de TV.


    O curso foi solicitado pela Diretoria de Rádio e Televisão (DTV) da Assembléia de Minas e viabilizado por meio de uma parceria entre a Escola do Legislativo e a Astral. Estão sendo oferecidas 25 vagas, sendo 12 para os servidores da TV Assembléia e as demais para as emissoras filiadas à Astral. Já confirmaram inscrição técnicos das tvs legislativas do Rio Grande do Norte, de Rondônia, do Espírito Santo, do Rio de Janeiro e de Santa Catarina.

    Conteúdo - O curso será ministrado pelo especialista em Sistemas de Telecomunicação e professor do Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel), Fabrízio Pires Reis. Durante dois dias, das 8 às 18 horas, os alunos terão aulas expostivas sobre técnicas de transmissão de TV analógica e digital e de transmissão simultânea nos dois sistemas, entre outros tópicos. O professor também vai apresentar um estudo comparativo de performance entre três padrões de TV digital e um panorama do processo de implantação de TV digital no Brasil.O curso será ministrado pelo especialista em Sistemas de Telecomunicação e professor do Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel), Fabrízio Pires Reis. Durante dois dias, das 8 às 18 horas, os alunos terão aulas expostivas sobre técnicas de transmissão de TV analógica e digital e de transmissão simultânea nos dois sistemas, entre outros tópicos. O professor também vai apresentar um estudo comparativo de performance entre três padrões de TV digital e um panorama do processo de implantação de TV digital no Brasil.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 8, 2007

    De olho no Parlamento Mineiro. Lançada a Frente Parlamentar do ICMS SOLIDÁRIO.

    Formada por 60 deputados estaduais, a Frente Parlamentar em Prol do ICMS Solidário foi lançada, nesta terça-feira (7/8/07), no Salão Nobre da Assembléia Legislativa. A solenidade, presidida pelo 1º vice-presidente da ALMG, deputado Doutor Viana (DEM), contou com a participação de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, lideranças municipais e mais de 20 deputados.

    O objetivo da frente parlamentar, de acordo com a autora do requerimento que a originou, deputada Ana Maria Rezende (PSDB), é trabalhar para apoiar e aperfeiçoar o Projeto de Lei (PL) 637/07, do deputado Dinis Pinheiro (PSDB), que prevê novos critérios para a redistribuição do ICMS entre os municípios. Pela proposta, 762 dos 853 municípios mineiros ganharão receita. Ana Maria agradeceu aos deputados que entenderam a necessidade dessa redivisão tributária e lembrou ainda que a Assembléia realizará fóruns técnicos em 12 cidades sobre o tema, onde buscará sugestões para aprimorar o projeto de lei. "Vamos fazer o que o povo mineiro espera de nós: legislar para melhorar a qualidade de vida da população", afirmou a deputada.

    O 1º secretário da ALMG e autor do projeto, deputado Dinis Pinheiro, lembrou a importância da participação da Assembléia na construção de uma "nova Minas Gerais", em consonância com o governo estadual. Segundo ele, o fato de 762 municípios serem beneficiados significa que o atual sistema de distribuição do ICMS é arcaico e ultrapassado. Pinheiro deixou claro que o PL 637/07 não vai resolver os problemas das prefeituras, mas "vai reduzir a distância para que os pequenos municípios possam ter direito a uma vida melhor".

    O deputado Doutor Viana resumiu em duas palavras o sentimento dos presentes na solenidade e dos integrantes da frente parlamentar: "parceria e solidariedade". De acordo com o 1º vice-presidente, "temos uma caminhada pela frente para o aperfeiçoamento e a aprovação do projeto". Ele concluiu dizendo ter certeza de que esse sonho será realizado, devido à "firmeza de propósitos dos deputados da frente".

    Compuseram também a mesa o prefeito de Itaguara e presidente da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Granbel), Ubiraci Prata Lima, e o prefeito de Taiobeiras, Demerval Germano da Cruz.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 8, 2007

    Recebemos e publicamos comentário do leitor Renato Alves Pereira. Ele falou sobre o Projeto "ICMS SOLIDÁRIO" que está em tramitação na Assembléia Legislativa de Minas. Projeto do deputado Dinis Pinheiro, primeiro-secretário do Parlamento Estadual.







    Comentários

    #1. Renato Alves Pereira - (renatoalvesp@yahoo.com.br)
    O Dep. Dinis Pinheiro honra a posição de ser o deputado estadual mais votado de Minas Gerais. É um político diferenciado, além de cristão, honesto, hábil e guerreiro, é humano, preocupa-se com as classes menos favorecidas, as classes injustiçadas socialmente.
    Prova dessa preocupação está presente no projeto apresentado "ICMS Solidário" que prevê uma divisão mais humana do ICMS.
    É necessário lembrar que as 91 cidades que terão a arrecadação de ICMS reduzida, não perderão, apenas deixarão de ganhar um pouco mais. Mas, em contrapartida serão favorecidos 762 municípios e a grande maioria terá aumento de receita para realizar investimentos na área social e proporcionar condições dignas de vida aos munícipes.
    É com imensa alegria que Minas Gerais receberá a aprovação desse projeto na Assembléia Legislativa e sua transformação em Lei.
    Parabéns Deputado Dinis Pinheiro que nos contempla com uma extraordinária iniciativa e a todos que apoiam esse projeto.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 8, 2007

    GIRO PELA CAPITAL FEDERAL.

    Este blogueiro, o presidente dos Correios, Carlos Henrique Custódio e o advogado José Artur Filardi, chefe de gabinete do ministro das Comunicações Hélio Costa, em Brasília.

                                                     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 8, 2007

    Pró-Acesso do governo Aécio Neves. ESTRADA de Desterro do Melo. Asfalto será inaugurado sexta-feira, dia 10. Do governo do Estado confirmou presença, o secretário de governo, Danilo de Castro. Do governo Lula, confirmou presença o senador Hélio Costa, ministro das Comunicações, mineiro de Barbacena, que fica a 32kms de Desterro do Melo.

    Dia 10 DE AGOSTO se concretiza um SONHO de quase UM SÉCULO. A "Estrada do Melo" será inaugurada. Desterro do Melo fica a 200 kms de Belo Horizonte e a 32 de Barbacena - no caminho do meio da Estrada Real. O município é administrado pelo competente e talentoso advogado Ruy Barbosa do Amaral Fernandes. DETALHE: o avô dele, o tio João Benedito Amaral, foi o primeiro prefeito de Desterro do Melo, na emancipação do então distrito, feita pelo ex-governador Magalhães Pinto, em 1963. Parabéns ao prefeito e ao governador Aécio Neves, que com seu Pró-Acesso, tornou realidade um sonho da região, que começou com nosso bisavô (meu e do prefeito Ruy), Randolpho Martins do Amaral, primeiro líder político de Desterro do Melo. Estaremos lá na inauguração.

    A estrada MG 265 -  foi asfaltada pela Cadar Engenharia. Leia-se - Lício e Emir Cadar - nosso cliente do curso "Socorro, Estou na TV". Ficou uma BELA obra!

    FAZENDO BEM FEITO


    Com o término das obras de pavimentação da MGT 265, trecho Senhora das Dores - Desterro do Melo, o Município se prepara para realizar, no próximo dia 10 de agosto, a solenidade de inauguração da obra e comemorar também os serviços de recuperação - através do Pró-MG - do trecho Senhora das Dores - BR 040.
    O evento oficial que contará com a presença de várias autoridades do alto escalão do Governo do Estado está sendo organizado pelos Governos dos Municípios de Desterro do Melo e Barbacena, tendo o apoio da empreiteira Cadar Engenharia e Construções Ltda - responsável pelas obras na rodovia - e será realizado no Centro Administrativo Prefeito João Benedito Amaral, às 16 horas.
    O local está sendo preparado com muito zelo pelo prefeito Ruy Fernandes para receber os convidados e todas as autoridades. De acordo com a equipe de comunicação da prefeitura, já na próxima terça-feira, 24, os convites já serão despachados, seguindo o mailing list da instituição.
    SESSÃO RECORDAÇÃO:FAZENDO BEM FEITO Fudomaq (foto arquivo) do nosso BLOG DE NOTÍCIAS. Junho 2006.


    Em cerimônia realizada em Belo Horizonte o prefeito Ruy Fernandes recebeu, através de convênio celebrado com o Governo do Estado de Minas Gerais, via participação no "Programa Fundomac - Máquinas para o Desenvolvimento", uma pá - carregadeira Case, avaliada em 320 mil reais.
    "Com a chegada da nova máquina, os programas de melhoria em todas as estradas rurais de nosso Município terão maior suporte logístico.
    Da série: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS.O prefeito Ruy Fernandes e o governador Aécio Neves.
    Da série: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS.O prefeito Ruy Fernandes e o governador Aécio Neves.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 8, 2007

    Será aberta hoje, às 14 horas, a Exposição Agropecuária de DESTERRO DO MELO.

    Exposição Agropecuária de Desterro do Melo - que fica a 200 kms de BH e 32 de Barbacena - no Caminho do Meio da Estrada Real - começa nesta QUARTA-FEIRA e vai até domingo, dia 12. Já o asfalto da Estrada MG-265, ligando Barbacena a Desterro do Melo, será inaugurado pelo governador Aécio Neves, o prefeito Ruy Fernandes, o secretário de governo, Danilo de Castro, o ex-secretário de Transportes e Obras, Agostinho Patrus e o senador Hélio Costa, ministro das Comunicações, sexta-feria, dia 10, às 11 da manhã. Lá estaremos para conferir a video-reportagem que fizemos sobre a luta pela estrada, que passou dos 50 anos.








    P r o g r a m a ç ã o

    Quarta-feira, 08 de agosto
    14h - Esgota;
    21h - 1ª Ordenha;
    21h - Forró.

    Quinta-feira, 09 de agosto
    07h - 2ª Ordenha;
    09h - Julgamento de bovinos;
    14h - 3ª Ordenha;
    19h - Missa Sertaneja;
    Abertura Oficial;
    20h - Rodeio Decola Peão;
    21h - 4ª Ordenha;
    22h - Show WM 50 e Ranier;

    Sexta-feira, 10 de agosto
    07h - 5ª Ordenha;
    09h - Julgamento de bovinos;
    14h - 6ª Ordenha;
    20h - Rodeio Decola Peão;
    21h - 7ª Ordenha;
    21h - Show Banda Tomarrock;
    22h - Show Célio & Marcos.

    Sábado, 11 de agosto
    07h - 8ª Ordena;
    14h - 9ª Ordenha;
    21h - Rodeio Decola Peão;
    22h - Show Swing de Palha;
    00h - Show Banda Comando do Milênio;

    Domingo, 12 de agosto
    12h - Concurso de Marcha;
    16h - Premiação
    17h - Show Wagner e Denílson - música de todos os tempos;
    20h - Rodeio Decola Peão;
    21h -Show Toni Max.

    Rave - Sexta-feira, 10 e Sábado 11.

    Exposição de artesanato todos os dias.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 8, 2007

    O ex-vice-governador de Minas, empresário Clésio Andrade e amulher dele, a conselheira do Tribunal de Contas Adriene Andrade circulam na noite do excelente A Favorita.

                          Trocamos um dedo de prosa com o forte e inteligente empresário Clésio Andrade, presidente da poderosa CNT - Confederação Nacio0nal do Transporte. Ele, que conhecemops há muitos anos - desde os tempos em que era um ainda desconhecido nacionalmente empresário do setor de tranbsporte urbano de BH - e que fez o nosso curso, media trainning, "Socorro, Estou na TV", em 1996, quando tínha,mos deixado a Rede Globo para empreender meu próprio negócio de consultoria de Imagem. Clésio foi solidário conosco. Fez o curso e nos contratou, por um ano, como consultor da presidência da CNT. Sou lhe eternamente grato.

                          Bem, na conversa sobre o quadro político ele disse que está mesmo de olho é em 2010. É claro, disse ele, que as eleições de 2008 são importante, porque vão sinalizar para as eleições de governador e de presidente da República. Ele concordou conosco de que o candidato mais forte do PT à Prefeitura de BH, é mesmo o ministro Patrus Ananias. Mas, disse também que é bom ficar de olho no ministro mineiro Luiz Dulce, que faz todos os discursos dop presidente Lula, que tem por Dulce uma afeição e confiança absolutas. 

                          Clésio fez uma advertência: se o PT continuar divido em BH, corre o risco de fazer águia no projeto do partido de continuar à frente da PBH. 

                          Clésio Andrade nos incentivou a continuar com nosso BLOG DE NOTÍCIAS, que ele lê diariamente. 

                          Obrigado ao nosso amigo Clésio, que anos ajuda a atingir mais de 300 mil acessos.
                         


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 8, 2007

    Ministro Hélio Costa em Minas inaugura mais um BANCO POSTAL dos Correios, que tem na presidência o mineiro de Paraisópolis - sul de Minas - Carlos Henrique Custódio.

                                          

    Martinho Campos ganha nova agência dos Correios
     
    Cerca de 12 mil habitantes terão
    acesso a serviços de Banco Postal

    – O ministro das Comunicações, Hélio Costa, inaugurou, na manhã as novas instalações da agência dos Correios e Banco Postal em Martinho Campos (MG).
     
    Além dos tradicionais serviços de correio, os quase 12 mil habitantes do município poderão realizar na agência: abertura de contas correntes; recebimento de salários e de benefícios do INSS; depósitos e saques; retirada de saldos, extratos, talões de cheques e cartões magnéticos; pagamento de contas de água, luz, telefone, faturas, bloquetos, carnês; e empréstimos e financiamentos.
     
    "Além de levar mais comodidade aos moradores, os serviços de Banco Postal estimula o desenvolvimento econômico da região", afirma o ministro Hélio Costa.
     
    Atualmente, o Banco Postal, atende a quase 6 milhões de brasileiros e realiza cerca de 30 milhões de transações por mês. Agora, os Correios completam 778 agências com serviços bancários só em Minas Gerais, e mais de 5,5 mil em todo o país. Destas, 1.110 estão em municípios onde não existe nenhuma outra agência bancária.
     
    Mais Correios
    A inauguração das novas instalações faz parte do programa "Mais Correios".  Trata-se de um conjunto de projetos desenvolvidos pela regional da empresa em Minas Gerais, para tornar os serviços postais  mais presentes em todas as regiões do estado. Com investimentos da ordem de R$ 100 milhões, o projeto abrange a criação de 60 novas agências com Banco Postal, novos centros de distribuição, renovação da frota de veículos e obras para recuperação de instalações.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 8, 2007

    O COLÍRIO DESTA QUARTA FEIRA. A Miss Brasil, Natália Guimarães, que é juizforana, vai recber título de Cidadania Benemérita da Cãmara Municipal de sua cidade. A foto vem da coluna de César Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.

                                                        
                                                          No Constantino, André Pavam
                                            com a nova cidadã benemérita Natália Guimarães,
                                            que confirmou presença no júri do Miss Brasil Gay


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 8, 2007

    Os 5 anos do excelente Programa CAMPO & CRIAÇÃO do nosso amigo, o jornalista Ricardo Carlini, serão comemorados amanhã, quinta-feira, às 20:30 no Pavilhão Redondo do Parque da Gameleira, aqui em BH. Desejo mais sucesso!

    O presidente da ABCPampa, Eduardo Aparecido de Oliveira, e o jornalista
    Ricardo Carlini convidam para o coquetel de abertura oficial da Exposição
    Nacional do Cavalo Pampa e comemoração dos 5 anos do programa Campo &
    Criação, na próxima quinta-feira, dia 9, às 20h30, no Pavilhão Redondo do
    Parque da Gameleira.


    Serão homenageados com o diploma Destaque Agronegócio o secretário de governo Danilo de Castro; o secretário executivo do Ministério da Agricultura, Silas Brasileiro; o empresário Ricardo Vicintin e o presidente da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Pônei, Fabrício Borges.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 7, 2007

    São 14h e 20 minutos. Acaba de ser lida a Mensagem do governador Aécio Neves vetando integralmente o Projeto de Lei Complementar do Ministério Público. Projeto aprovado antes do recesso parlamentar.

                         Como antecipamos, aqui no nosso BLOG DE NOTÍCIAS no início da noite ontem, uma Comissão Especial de Veto vai analisar o veto do governador. Depois o veto será discutido e votado no plenário presidente JK. Para derrubar o veto serão necessários 39 votos não. Qualquer outro resultado o veto será mantido. Por exemplo: o quorum - ou seja, a presença em plenário - exigida é de no mínimo 39 deputados e deputadas.
                         E se dos 39 presentes, um votar sim ao veto, mesmo com os outros 38 votando não ao veto, ele será mantido. Quer dizer, o veto só será derrubado se houver um sentimento unânime de no mínimo fatal de 39 dos 77 parlamentares mineiros. A votação, como prevê o Regimento da Assemmbléia Legislativa ( o correspondente a uma Constitutição do Pode Legislativo), a votação será SECRETA. 

                                                              ENTENDA O CASO:

                                                             PARA LER E PENSAR.
                                                  Poder Legislativo explica, em detalhes,
                                                       o que foi aprovado nas emendas
                                                          projeto do Ministério Público
                                                               na votação em plenário.

    Aprovado no Plenário da Assembléia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) no dia 12 de julho de 2007, o Projeto de Lei Complementar (PLC) 17/07 chamou a atenção da sociedade mineira pelas mudanças que promove na organização do Ministério Público (MP). De autoria do procurador-geral de Justiça, o projeto altera a Lei Complementar 34/94. Para tornar-se lei, o PLC 17/07 deve ser sancionado pelo governador do Estado até o início de agosto. Ele pode vetar o texto totalmente ou em parte.

    O ponto mais debatido está em seu artigo 8º, que transferiu, dos promotores para o procurador-geral de Justiça, a iniciativa para instaurar procedimento investigatório e promover inquérito civil relativos a atos praticados pelo vice-governador, advogado-geral do Estado, secretários, deputados, magistrados, promotores ou conselheiros do Tribunal de Contas. Hoje, a legislação refere-se apenas ao governador, a presidentes da Assembléia ou de tribunais. Mas o PLC 17/07, com as emendas aprovadas na Assembléia Legislativa, vai bem além dessa medida, e inclui propostas que visam ampliar a transparência do Ministério Público, sua eficiência e eficácia, e o controle social da instituição.

    A mudança relativa às atribuições do procurador-geral de Justiça já foi promovida por outros quatro estados. A regra já vale em São Paulo, Bahia, Mato Grosso do Sul e Tocantins. Em relação a São Paulo, onde a norma foi estabelecida em 1993, foi proposta uma ação direta de inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal (STF). O Tribunal considerou a medida válida, em decisão liminar. É bom lembrar que o PLC 17/07 não impede qualquer promotor de propor ação civil pública contra as autoridades citadas, o que está de acordo com a interpretação do STF.

    Prefeitos - Com relação aos prefeitos e presidentes de câmaras municipais, nada muda. Os promotores de cada comarca mantêm a autonomia para conduzir inquéritos civis e outros procedimentos investigatórios em relação às autoridades municipais. Também não há restrição à participação do Ministério Público em inquéritos penais, que são conduzidos pela autoridade policial. - Com relação aos prefeitos e presidentes de câmaras municipais, nada muda. Os promotores de cada comarca mantêm a autonomia para conduzir inquéritos civis e outros procedimentos investigatórios em relação às autoridades municipais. Também não há restrição à participação do Ministério Público em inquéritos penais, que são conduzidos pela autoridade policial.

    Propostas visam aperfeiçoar atuação do MP

    Entre as modificações propostas, está a ampliação do papel do corregedor-geral da instituição, que passará a receber denúncias ou reclamações apresentadas por qualquer pessoa envolvendo irregularidade ou abuso de promotor ou procurador. Isso já ocorre nas comissões do Legislativo em relação a denúncias contra qualquer autoridade pública.

    Publicidade - As mudanças propostas determinam a identificação e publicação de diversas ações e procedimentos do Ministério Público, inclusive na internet. Também são estabelecidos prazos para que procuradores e promotores se manifestem sobre relatórios de comissões parlamentares de inquérito, denúncias populares ou de órgãos externos. As queixas que não resultarem em nenhuma providência no prazo de 90 dias deverão ser encaminhadas ao Conselho Nacional do Ministério Público, órgão encarregado do controle externo da instituição. - As mudanças propostas determinam a identificação e publicação de diversas ações e procedimentos do Ministério Público, inclusive na internet. Também são estabelecidos prazos para que procuradores e promotores se manifestem sobre relatórios de comissões parlamentares de inquérito, denúncias populares ou de órgãos externos. As queixas que não resultarem em nenhuma providência no prazo de 90 dias deverão ser encaminhadas ao Conselho Nacional do Ministério Público, órgão encarregado do controle externo da instituição.

    Rodízio - Em seu artigo 4º, o PLC 17/07 implanta um rodízio obrigatório nas promotorias especializadas, como as das áreas de Meio Ambiente, Infância e Adolescência e Defesa do Consumidor. O titular da promotoria deverá ser substituído a cada dois anos, no máximo, e só poderá voltar a ocupar a função depois que todos os integrantes da mesma comarca tenham passado por ela. A medida tem o objetivo de evitar que uma pessoa se perpetue no cargo, e que a atuação do MP seja prejudicada pela personalização. - Em seu artigo 4º, o PLC 17/07 implanta um rodízio obrigatório nas promotorias especializadas, como as das áreas de Meio Ambiente, Infância e Adolescência e Defesa do Consumidor. O titular da promotoria deverá ser substituído a cada dois anos, no máximo, e só poderá voltar a ocupar a função depois que todos os integrantes da mesma comarca tenham passado por ela. A medida tem o objetivo de evitar que uma pessoa se perpetue no cargo, e que a atuação do MP seja prejudicada pela personalização.

    Perda de cargo - Já em seu artigo 11, o projeto acrescenta algumas hipóteses que podem fazer o promotor perder o cargo por decisão judicial transitada em julgado: abuso no direito de ação; negligência persistente nos processos em que atuar; constantes e repetidas perdas dos prazos processuais; omissão nos processos em que a participação do Ministério Público for determinada por lei; ação judicial sem fundamento ou apresentada com intenção de causar dano (má-fé). - Já em seu artigo 11, o projeto acrescenta algumas hipóteses que podem fazer o promotor perder o cargo por decisão judicial transitada em julgado: abuso no direito de ação; negligência persistente nos processos em que atuar; constantes e repetidas perdas dos prazos processuais; omissão nos processos em que a participação do Ministério Público for determinada por lei; ação judicial sem fundamento ou apresentada com intenção de causar dano (má-fé).

    Despesas - O texto aprovado também prevê que a instituição do Ministério Público terá que arcar com as despesas processuais nas causas em que for derrotado (artigo 7º). Essa medida é amparada pelos artigos 19, 20, 21 e 27 do Código de Processo Civil. Nos casos de dolo (má-fé) ou culpa (negligência ou imperícia), o promotor responderá pessoalmente pelas despesas. Nessa última determinação, o PLC 17/07 apenas confirmou o que já é previsto pela Constituição Federal, no parágrafo 6º do artigo 37. - O texto aprovado também prevê que a instituição do Ministério Público terá que arcar com as despesas processuais nas causas em que for derrotado (artigo 7º). Essa medida é amparada pelos artigos 19, 20, 21 e 27 do Código de Processo Civil. Nos casos de dolo (má-fé) ou culpa (negligência ou imperícia), o promotor responderá pessoalmente pelas despesas. Nessa última determinação, o PLC 17/07 apenas confirmou o que já é previsto pela Constituição Federal, no parágrafo 6º do artigo 37.

    Município sem promotor - O projeto ainda deverá facilitar o acesso de moradores de muitos municípios menores ao Ministério Público. Hoje, vários deles não contam com um promotor de Justiça. O PLC 17/07 cria uma gratificação para os promotores designados para atender mais de uma Procuradoria ou Promotoria de Justiça na mesma comarca em que for titular. A gratificação será de até 15% do subsídio (R$ 3.316). Também fica criada uma indenização por plantões realizados nos finais de semana, feriados, ou em razão de medidas urgentes. O valor deverá ser fixado pelo procurador-geral de Justiça. De acordo com justificativa do procurador-geral, os adicionais são mais econômicos que o pagamento de diárias, adotado atualmente. - O projeto ainda deverá facilitar o acesso de moradores de muitos municípios menores ao Ministério Público. Hoje, vários deles não contam com um promotor de Justiça. O PLC 17/07 cria uma gratificação para os promotores designados para atender mais de uma Procuradoria ou Promotoria de Justiça na mesma comarca em que for titular. A gratificação será de até 15% do subsídio (R$ 3.316). Também fica criada uma indenização por plantões realizados nos finais de semana, feriados, ou em razão de medidas urgentes. O valor deverá ser fixado pelo procurador-geral de Justiça. De acordo com justificativa do procurador-geral, os adicionais são mais econômicos que o pagamento de diárias, adotado atualmente.

    O ponto mais debatido está em seu artigo 8º, que transferiu, dos promotores para o procurador-geral de Justiça, a iniciativa para instaurar procedimento investigatório e promover inquérito civil relativos a atos praticados pelo vice-governador, advogado-geral do Estado, secretários, deputados, magistrados, promotores ou conselheiros do Tribunal de Contas. Hoje, a legislação refere-se apenas ao governador, a presidentes da Assembléia ou de tribunais. Mas o PLC 17/07, com as emendas aprovadas na Assembléia Legislativa, vai bem além dessa medida, e inclui propostas que visam ampliar a transparência do Ministério Público, sua eficiência e eficácia, e o controle social da instituição.

    A mudança relativa às atribuições do procurador-geral de Justiça já foi promovida por outros quatro estados. A regra já vale em São Paulo, Bahia, Mato Grosso do Sul e Tocantins. Em relação a São Paulo, onde a norma foi estabelecida em 1993, foi proposta uma ação direta de inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal (STF). O Tribunal considerou a medida válida, em decisão liminar. É bom lembrar que o PLC 17/07 não impede qualquer promotor de propor ação civil pública contra as autoridades citadas, o que está de acordo com a interpretação do STF.

    Prefeitos - Com relação aos prefeitos e presidentes de câmaras municipais, nada muda. Os promotores de cada comarca mantêm a autonomia para conduzir inquéritos civis e outros procedimentos investigatórios em relação às autoridades municipais. Também não há restrição à participação do Ministério Público em inquéritos penais, que são conduzidos pela autoridade policial. - Com relação aos prefeitos e presidentes de câmaras municipais, nada muda. Os promotores de cada comarca mantêm a autonomia para conduzir inquéritos civis e outros procedimentos investigatórios em relação às autoridades municipais. Também não há restrição à participação do Ministério Público em inquéritos penais, que são conduzidos pela autoridade policial.

    Propostas visam aperfeiçoar atuação do MP

    Entre as modificações propostas, está a ampliação do papel do corregedor-geral da instituição, que passará a receber denúncias ou reclamações apresentadas por qualquer pessoa envolvendo irregularidade ou abuso de promotor ou procurador. Isso já ocorre nas comissões do Legislativo em relação a denúncias contra qualquer autoridade pública.

    Publicidade - As mudanças propostas determinam a identificação e publicação de diversas ações e procedimentos do Ministério Público, inclusive na internet. Também são estabelecidos prazos para que procuradores e promotores se manifestem sobre relatórios de comissões parlamentares de inquérito, denúncias populares ou de órgãos externos. As queixas que não resultarem em nenhuma providência no prazo de 90 dias deverão ser encaminhadas ao Conselho Nacional do Ministério Público, órgão encarregado do controle externo da instituição. - As mudanças propostas determinam a identificação e publicação de diversas ações e procedimentos do Ministério Público, inclusive na internet. Também são estabelecidos prazos para que procuradores e promotores se manifestem sobre relatórios de comissões parlamentares de inquérito, denúncias populares ou de órgãos externos. As queixas que não resultarem em nenhuma providência no prazo de 90 dias deverão ser encaminhadas ao Conselho Nacional do Ministério Público, órgão encarregado do controle externo da instituição.

    Rodízio - Em seu artigo 4º, o PLC 17/07 implanta um rodízio obrigatório nas promotorias especializadas, como as das áreas de Meio Ambiente, Infância e Adolescência e Defesa do Consumidor. O titular da promotoria deverá ser substituído a cada dois anos, no máximo, e só poderá voltar a ocupar a função depois que todos os integrantes da mesma comarca tenham passado por ela. A medida tem o objetivo de evitar que uma pessoa se perpetue no cargo, e que a atuação do MP seja prejudicada pela personalização. - Em seu artigo 4º, o PLC 17/07 implanta um rodízio obrigatório nas promotorias especializadas, como as das áreas de Meio Ambiente, Infância e Adolescência e Defesa do Consumidor. O titular da promotoria deverá ser substituído a cada dois anos, no máximo, e só poderá voltar a ocupar a função depois que todos os integrantes da mesma comarca tenham passado por ela. A medida tem o objetivo de evitar que uma pessoa se perpetue no cargo, e que a atuação do MP seja prejudicada pela personalização.

    Perda de cargo - Já em seu artigo 11, o projeto acrescenta algumas hipóteses que podem fazer o promotor perder o cargo por decisão judicial transitada em julgado: abuso no direito de ação; negligência persistente nos processos em que atuar; constantes e repetidas perdas dos prazos processuais; omissão nos processos em que a participação do Ministério Público for determinada por lei; ação judicial sem fundamento ou apresentada com intenção de causar dano (má-fé). - Já em seu artigo 11, o projeto acrescenta algumas hipóteses que podem fazer o promotor perder o cargo por decisão judicial transitada em julgado: abuso no direito de ação; negligência persistente nos processos em que atuar; constantes e repetidas perdas dos prazos processuais; omissão nos processos em que a participação do Ministério Público for determinada por lei; ação judicial sem fundamento ou apresentada com intenção de causar dano (má-fé).

    Despesas - O texto aprovado também prevê que a instituição do Ministério Público terá que arcar com as despesas processuais nas causas em que for derrotado (artigo 7º). Essa medida é amparada pelos artigos 19, 20, 21 e 27 do Código de Processo Civil. Nos casos de dolo (má-fé) ou culpa (negligência ou imperícia), o promotor responderá pessoalmente pelas despesas. Nessa última determinação, o PLC 17/07 apenas confirmou o que já é previsto pela Constituição Federal, no parágrafo 6º do artigo 37. - O texto aprovado também prevê que a instituição do Ministério Público terá que arcar com as despesas processuais nas causas em que for derrotado (artigo 7º). Essa medida é amparada pelos artigos 19, 20, 21 e 27 do Código de Processo Civil. Nos casos de dolo (má-fé) ou culpa (negligência ou imperícia), o promotor responderá pessoalmente pelas despesas. Nessa última determinação, o PLC 17/07 apenas confirmou o que já é previsto pela Constituição Federal, no parágrafo 6º do artigo 37.

    Município sem promotor - O projeto ainda deverá facilitar o acesso de moradores de muitos municípios menores ao Ministério Público. Hoje, vários deles não contam com um promotor de Justiça. O PLC 17/07 cria uma gratificação para os promotores designados para atender mais de uma Procuradoria ou Promotoria de Justiça na mesma comarca em que for titular. A gratificação será de até 15% do subsídio (R$ 3.316). Também fica criada uma indenização por plantões realizados nos finais de semana, feriados, ou em razão de medidas urgentes. O valor deverá ser fixado pelo procurador-geral de Justiça. De acordo com justificativa do procurador-geral, os adicionais são mais econômicos que o pagamento de diárias, adotado atualmente. - O projeto ainda deverá facilitar o acesso de moradores de muitos municípios menores ao Ministério Público. Hoje, vários deles não contam com um promotor de Justiça. O PLC 17/07 cria uma gratificação para os promotores designados para atender mais de uma Procuradoria ou Promotoria de Justiça na mesma comarca em que for titular. A gratificação será de até 15% do subsídio (R$ 3.316). Também fica criada uma indenização por plantões realizados nos finais de semana, feriados, ou em razão de medidas urgentes. O valor deverá ser fixado pelo procurador-geral de Justiça. De acordo com justificativa do procurador-geral, os adicionais são mais econômicos que o pagamento de diárias, adotado atualmente.

                                                   CONCLUSÃO DESTE BLOGUEIRO:
                         Como a votação será secreta, aí vem à nossa memória, aquele ditado, atribuido a alguns políticos históricos mineiros quando a votação é secreta: " quando chego na cabine, olho para um lado e o outro, estou sozinho lá, me dá uma vontade irrestível de trair". 
                          Fica o REGISTRO! Está me cheirando que o caso vai mesmo é parar no STF em Brasília na forma de uma ADIN - Ação Direta de Inconstitucionalidade. O tempo dirá. Fique atento!
                          

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 7, 2007

    ICMS SOLIDÁRIO. O primeiro dos 12 encontros, para discutir o assunto, será em MONTES CLAROS, sexta-feira, dia 10. Confira as informações do www.almg.gov.br

    Representantes de todos os municípios da Região Norte de Minas e parlamentares estaduais se reúnem nesta sexta-feira (10/8/07), em Montes Claros, no primeiro de 12 encontros regionais do Fórum ICMS Solidário, para discutir o Projeto de Lei (PL) 637/07, que trata do assunto. O evento, promovido pela Assembléia Legislativa de Minas Gerais, acontecerá na Sociedade Rural, no Parque de Exposições da cidade, a partir de 13 horas. O PL 637/07 altera a Lei 13.803, de 2000, conhecida por Lei Robin Hood, dividindo os critérios que hoje determinam a distribuição do ICMS em três grupos: critérios econômicos; sociais solidários; e de compensação solidária. O objetivo é redistribuir uma parte do imposto, beneficiando municípios que estejam em situação desfavorável em relação à média per capita de ICMS do Estado.

    De acordo com os critérios do projeto, o Norte de Minas é a segunda região mais beneficiada. O montante de repasses de ICMS para todos os municípios da região poderá ter uma elevação de 13,92%. Apenas o Jequitinhonha/Mucuri tem um ganho maior: 19,66%. As duas regiões são as únicas, entre as 10 macrorregionais do Estado, que não contam com nenhum município que perde recursos com os novos critérios. No total, 762 municípios seriam beneficiados, enquanto 91 perderiam recursos. O objetivo do Fórum é recolher sugestões para aprimoramento do projeto. Haverá um encontro por região, com exceção da Zona da Mata e da Central, onde estão programadas duas reuniões.

    O PL 637/07 é resultado de ampla discussão realizada na ALMG em 2001, pela Comissão Especial da Lei Robin Hood, que concluiu ser necessário alterar a forma de distribuição do ICMS. Após seguidas tentativas de aprovação da matéria (Substitutivo nº 2 ao PL 1.756/01 e PL 23/03), sem sucesso, a proposta foi desarquivada agora pelo relator daquela comissão, deputado Dinis Pinheiro (PSDB). "A proposta busca uma distribuição de recursos mais justa, mais humana e mais cristã. O exercício da vida pública só tem significado se for voltado para as pessoas mais carentes. Esse projeto beneficia mais de 15 milhões de pessoas, é um grande instrumento de transformação social", argumenta o autor do projeto.

    O encontro em Montes Claros incluirá exposições técnicas sobre o projeto, além de pronunciamentos e debates. Solicita-se que as sugestões sejam apresentadas por escrito, e, se possível em disquete ou CD, com o nome do proponente, telefone, endereço eletrônico e nome da instituição que representa.

    Previsão legal

    De acordo com a Constituição Federal, de todo o ICMS arrecadado no Estado, 25% destinam-se aos municípios. Desse montante, pelo menos 75% devem ser distribuídos de acordo com o Valor Adicionado Fiscal (VAF), que retrata o movimento econômico do município. E até 25% conforme determinar a lei estadual.

    Atualmente, o ICMS em Minas é distribuído de acordo com os seguintes critérios e percentuais dos recursos destinados aos municípios: VAF (79,68%); área geográfica (1%); população (2,71%); população dos 50 municípios mais populosos (2%); educação (2%); produção de alimentos (1%); patrimônio cultural (1%); meio ambiente (1%); saúde (2%); receita própria (2%); cota mínima (5,5%); e municípios mineradores (0,11%). O cálculo da parcela de cada município é uma média aritmética que leva em conta o desempenho do município e o peso de cada critério.

    O que prevê o PL 637/07

    A proposta original do PL 637/07 é distribuir, pelo critério do VAF, o mínimo determinado pela Constituição Federal, que é 75% - e não os 79,68% atuais. Assim, os 4,68% restantes serão redistribuídos a partir de um novo critério, chamado ICMS solidário. Já os demais critérios não terão o índice alterado, mas serão separados em dois grupos, um relativo a critérios econômicos e outro relativo a critérios sociais.

    A divisão dos recursos será feita em três etapas. Todos os municípios participam da primeira fase, relativa aos critérios econômicos. Nas outras duas, serão excluídos da divisão dos recursos os municípios que apresentarem índice de ICMS per capita igual ou superior ao do Estado, acrescido de 40%. A segunda etapa se refere aos recursos distribuídos segundo critérios sociais, e a última etapa corresponde à compensação solidária propriamente dita, instituída pelo PL 637/07. Os municípios que participarem desta última distribuição terão sua cota calculada de acordo com sua população.

    Os critérios econômicos são o VAF (75% dos recursos), produção de alimentos (1%), meio ambiente (1%), receita própria (2%) e municípios mineradores (0,11%). Os critérios sociais são área (1%), população (2,71%), população dos 50 mais populosos (2%), educação (2%), patrimônio cultural (1%), saúde (2%) e a cota mínima (5,5%). O critério do ICMS Solidário define a distribuição de 4,68% dos recursos.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 7, 2007

    "Menu Confiance" - foi introduzido em BH no Dia dos Namorados, este ano, no Hotel Ceasar Business, pelo gerente-geral Maarten Van Sluys. Foi um grande sucesso.

                         Foram servidos sete pratos, previamente criados pelo chef de cuisine, Newton Fonseca. Foram servidos pratos frios e quentes da cozinha fancesa. Foram deliciados pelos namorados´un froi gras, denominado parfait, um steake tartare, tournedor ao gorgonzola acompanhado de polenta de funghi, supremo surprise, salmão crocante em lâminas de amêndoas ao molho de mel e champagne, coração Romeu e Julieta ao molho quatro queijos e baileys terrine. Este último receita do próprio chef Newton Fonseca. 
                         E segundo a gerente de vendas do Caesar Business, Eduarda Castro Lima, o "Menu Confiance" estará novamente em cena, durante um evento marcado para outubro. Depois darei detalhes. Aguarde! 


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 7, 2007

    O COLÍRIO desta terça-feira, vem mais uma vez da coluna do nosso amigo César Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora. É a nossa MISS MUNDO MORAL, a bela Miss Brasil, líder absoluta da beleza da mulher brasileira - injustiçada no concurso, não me canso de dizer - NATÁLIA GUIMARÃES. ( ela é de JF).

                                                        
                                                                Na visita que fez, ontem,
                                          a Associação Projeto Amor e Restauração (APAR),
                                                          a Miss Brasil Natália Guimarães.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 7, 2007

    PARA LER E PENSAR! Vale reproduzir aqui no nosso BLOG matéria especial, da edição de agosto, da coceituada REVISTA ENCONTRO do nosso amigo, o jornalista Paulo César de Oliveira. A matéria foi feita pela repórter da Encontro, Miriam Chalfin com o competente geriatra e gerontólogo, EDUARDO PINHO TAVARES, que traz um novo CONCEITO de medicina para BH: o "life-reveal", aplicado em sua conceituada clínica que fica no elegante bairro Santo Agostinho - a CLINILIFE( Centro de Medicina Integrada). Confira!











      bem-estar





     








    | MIRIAM CHALFIN |
    Novos conjuntos de práticas
    médicas visam, entre outras coisas,
    à prevenção de doenças ligadas
    ao envelhecimento


    ANTES PREVENIR








     
     







    Um novo conceito de medicina acaba de chegar a Belo Horizonte. Trata-se do life-reveal, conjunto de práticas médicas que visa à prevenção de doenças, ao bem-estar e ao equilíbrio do corpo e da mente. O geriatra e gerontólogo Eduardo Pinho Tavares, diretor da Clinlife (Centro de Medicina Integrada), foi quem trouxe o modelo dos Estados Unidos e da Europa e que, aqui, começa a provocar mudanças nas pessoas que querem viver de forma mais saudável.

    O grande segredo está na equipe multidisciplinar, que trabalha de forma integrada. "O diferencial é que trabalhamos o todo, de forma que a pessoa se sinta bem por dentro e por fora", explica Tavares. Segundo














    POR DENTRO E POR FORA
    O médico Eduardo Tavares: "Trabalhamos de forma que a pessoa sinta bem por dentro e por fora"

     
    ele, a Clinlife oferece quatro programas, que são adequados de acordo com as necessidades dos clientes. O Antiaging visa retardar o envelhecimento e evitar o aparecimento de doenças que costumam surgir com a idade. Com duração de seis meses, um dos programas está ligado aos fatores que aceleram o enve- lhecimento. O programa lança mão também da prática ortomolecular.
    Aqui, a partir de exames de última geração, é possível detectar se o organismo está intoxicado por metais e quais os minerais estão em falta. "A partir daí é feito o reequilíbrio químico do organismo, que vai promover maior disposição, juventude, sexualidade, memória e qualidade de vida", explica o médico.
    Além do Antiaging, a Clinlife oferece os programas de Emagrecimento Adulto (o carro-chefe da clínica), Emagrecimento Infanto-Juvenil (pioneiro em Minas Gerais, se gundo Eduardo Tavares) e Estética Médica.
    No Emagrecimento Adulto, são feitos vários exames para avaliação do metabolismo do paciente (se é lento ou não). Tudo com acompanhamento de psicólogos – que trabalham a autoestima –, nutricionistas, cardiologista e geriatra, fisioterapeutas, educadores físicos e enfermeiras. Estas ficam responsáveis por aplicar a medicação à base de vitaminas. "Sem contra-indicação, podendo ser usada até em grávidas, esses medicamentos atuam de forma a queimar a gordura e repor as vitaminas necessárias", explica Tavares. Ele relata que o ritmo de emagrecimento é aproximadamente 200 gramas por dia (ou seis quilos por mês).
    O mais novo programa da Clinlife é o Emagrecimento In fan-to-Juvenil. Crianças e adolescentes freqüentam o espaço duas vezes por semana. Aqui eles ficam três horas, divididas entre atividades físicas, cozinha experimental (eles colocam a mão na massa para fazer os alimentos saudáveis) e acompanhamento psicológico. Ao todo, esse programa dura seis meses. Por fim, a Clinlife trabalha a Estética Médica, com procedimentos corporais e faciais variados, desde peelingaté minilipos.
       


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 7, 2007

    Notícia interessante. Vem do site da FIEMG: www.fiemg.com.br






    Cultura inovadora e ambiente seguro para investimento poderiam estimular o desenvolvimento tecnológico do Brasil


    Fortalecer a cultura da inovação entre os empresários e criar um ambiente institucional favorável ao investimento em tecnologia. Estes são os grandes desafios do Brasil, na opinião do secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia, Guilherme Henrique Pereira. Ele esteve hoje (6) na Fiemg para debater o assunto com representantes do Conselho de Desenvolvimento Tecnológico da entidade. “Falta às empresas entender que a inovação, através da incorporação do conhecimento, é hoje um fator decisivo na determinação da competitividade”, explicou Pereira.
    Segundo ele, o país já possui infra-estrutura de laboratórios e recursos humanos suficientes para continuar expandindo sua produção científica. “Falta, contudo, transferir esse conhecimento para o setor privado e transformá-lo em riqueza”, salientou Pereira.
    O Brasil forma cerca de oito mil doutores anualmente, com expectativa de chegar a 10 mil até 2010. O volume da produção científica nacional corresponde a 2% das publicações mundiais, o que, na avaliação de Pereira, é compatível com o tamanho que o país ocupa no PIB global. “Quando o assunto é a geração de patentes, entretanto, a participação brasileira cai para menos de 1%”, afirmou o secretário.
    Um exemplo desse antagonismo vem do setor de biologia, onde o Brasil responde por 6% do conhecimento mundial. “Contraditoriamente, é uma das áreas com menor produção de tecnologia”, ressaltou Pereira.
    Para que as empresas possam direcionar mais recursos ao desenvolvimento tecnológico, além de ampliar a cultura inovadora elas precisam contar com um ambiente de negócios mais seguro, na visão de Pereira. Por isso, segundo ele, é necessário aperfeiçoar os mecanismos jurídicos e criar políticas públicas mais eficientes nas três instâncias do poder (municipal, estadual e federal). “É importante também fortalecer o trabalho de entidades facilitadoras como a Fiemg, que tem atuação estratégica em Minas Gerais, através do Instituto Euvaldo Lodi (IEL)”, destacou Pereira.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Terça-feira, Agosto 7, 2007

    Já nas bancas a exelente REVISTA ENCONTRO do jornalista Paulo César de Oliveira. RECOMENDO CONFERIR!




















      Antes de
    nascer
     
      REPORTAGEM DA CAPA  






     





      Por que a medicina fetal é tão importante para um parto sem sustos  
     






      A médica Kazue Higashi:
    exames da medicina fetal
    para ter certeza de que
    está tudo bem com o filho
    que vai nascer
     











      ARTE E CULURA









      José Amâncio:
    ferro, latão e vidro para dar formas à natureza
     






       BRASIL









      Caos Aéreo
    Você vai viajar de quê?
     











       ENTREVISTA









      Seyed Jafar
    Embaixador do Irã no Brasil: “Somos pela paz”
     






        ESPECIAL









      ESPECIAL PAIS
    No mês dos pais, saiba por que são eles que vão para a cozinha
     











       POLÊMICA









      Cães da raça pit bull:
    Sim ou não?
     






        REPORTAGEM









      A rotina das irmãs carmelitas
    Algumas enclausuradas há mais de 60 anos
     


















     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 6, 2007

    ENTREVISTA EXCLUSIVA. Será lançado dia 21 de agosto, às 19 horas, no Palácio das Artes, aqui em BH, o livro "21 RITOS TIBETANOS" da escritora ENEIDA MAGALHÃES CAETANO (do Instituto LamRim), prima do nosso Procurador-geral de Justiça de Minas, Jarbas Soares Jr. Leia, agora, a ENTREVISTA EXCLUSIVA que a escritora deu a Rosana Deslandes, para o nosso BLOG DE NOTÍCIAS.


    1- O que são "Os 21 Ritos Tibetanos"?
    São exercícios físicos milenares, rítmicos e ritualísticos, que os tibetanos praticam com método e dedicação, para se fortalecerem e poderem suportar a adversidade, mantendo a saúde, vitalidade e bem-estar.
    2- Como você conheceu os Ritos Tibetanos?

    São exercícios físicos milenares, rítmicos e ritualísticos, que os tibetanos praticam com método e dedicação, para se fortalecerem e poderem suportar a adversidade, mantendo a saúde, vitalidade e bem-estar.
    2- Como você conheceu os Ritos Tibetanos?

    Eu já trabalhava com terapia corporal há muitos anos e por isso já os conhecia através do livro clássico de Peter Kelder, "A Fonte da Juventude". Quando fui fazer uma especialização na Holanda, em 1985, vi a oportunidade de intensificar minha prática e perceber mudanças significativas em minha vida. Decidi então ir ao Tibete para aprofundar- me neste conhecimento e estudar sua origem.
    2- Por que escrever este livro?
    Desde o livro citado acima, lançado em 1939, havia uma lacuna bibliográfica sobre a seqüência completa dos ritos tibetanos. Após uma viagem de seis meses ao Oriente, e práticas nos mosteiros tibetanos recebi autorização para compilar toda a seqüência dos 21 ritos, praticamente desconhecidos no Brasil. A idéia do livro surgiu de uma necessidade de meus alunos do Instituto Lam Rim para acompanharem, em casa, os exercícios de uma maneira correta.
    3- Como está a organização dos ritos no livro?
    Trata-se de uma seqüência completa dos 21 ritos divididos em três etapas, cada qual contendo sete ritos, onde cada rito traz um benefício específico, individual e daquela etapa. Com breves flashes de minha experiência no Oriente contextualizo a viagem e o ambiente dos mosteiros.
    4- Quais os benefícios em se praticar os Ritos Tibetanos?

    Os benefícios são inúmeros. Todos os Ritos tem o poder de ativar nossas glândulas, retardando o envelhecimento, promovendo uma revitalização física e nos proporcionando maior clareza mental, dentre outras coisas. Mas cada rito traz um benefício específico, potencializando uma área determinada de nosso corpo.
    5- Quanto tempo se gasta para fazer toda a seqüência dos 21 ritos ?
    Na fase inicial, quando ainda estamos aprendendo, necessitamos de um tempo maior, mas com a pratica gastamos aproximadamente 40 minutos para executar 21 vezes os 21 Ritos. Os tibetanos são extremamente disciplinados mas também condescendentes, pois consideram o ritmo de vida de cada um. Com a vida agitada que levamos, eles nos garantem que 3 ou 7 exercícios inicialmente, repetindo-os no mínimo 3 vezes cada um, duas vezes por semana, nos trará maior equilíbrio, e a própria prática nos ajudará a sermos mais organizados e a termos tempo para nós mesmos..
    6- Como saberei escolher um rito melhor para iniciar a prática?
    Isto é ensinado no livro e no curso dos 21 Ritos Tibetanos. Cada rito tem sua descrição e seus objetivos fisiológico e sutil. Aprendemos a escolher o rito que mais benefício nos trará e de acordo com o momento da vida que passamos. Segundo os tibetanos, devemos primeiramente cuidar do nosso corpo, que é a nossa morada, com muita dedicação, para prevenirmos diversas doenças e garantirmos uma melhor qualidade de vida, para depois cuidar do outro. Todos os ritos são simples, objetivos e de fácil execução. Praticando diariamente colhe-se resultados rapidamente
    7- Adquirindo o livro eu posso praticar os ritos sem o auxilio de um instrutor?
    Sim, este é o maior objetivo do livro e dos monges tibetanos: disseminar o conhecimento dos ritos de tal maneira que as pessoas possam beneficiar-se deles sem precisarem sair de sua casa, sem rotina monástica ou qualquer crença. Pode-se praticá-los em qualquer lugar e sem qualquer sofisticação.
     8- Durante quanto tempo preciso praticar para observar os primeiros resultados?
    Os resultados são quase imediatos e dependerá de pessoa a pessoa. Para alguns, os benefícios começam a se manifestar imediatamente após uma prática disciplinada. Quanto maior o tempo de prática maiores serão os benefícios, mas mesmo quem pratica apenas 3 ritos duas vezes por semana já colhe resultados. Embora para um resultado mais concreto, é preciso disciplina, o tempo de cada um pode variar de acordo com a sua dedicação.
    9- Como os ritos são praticados pelos tibetanos?

    Os tibetanos se utilizam dos ritos como forma de desenvolvimento pessoal, fortalecimento físico e mental, percepção de comportamentos inadequados, como método preventivo de doenças e como sedimentação de laços e também como uma forma de terapia. Eles se reúnem em família para praticar os ritos como um momento sagrado.
    10- Houve alguma adaptação nos ritos para serem praticados pelos ocidentais?

    Não, eu os ensino aqui, no Instituto LamRim, exatamente da mesma forma como aprendi com os Monges Tibetanos e que estão descritos no livro, com a mesma objetividade e simplicidade praticados por eles.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 6, 2007

    ESTA VOCÊ SÓ VAI LER NOS JORNAIS AMANHÃ. Nós antecipamos para você que acessa nosso BLOG. Confira: governador Aécio Neves veta totalmente o projeto do Ministério Público Estadual, aprovado pelos deputados estaduais. O veto vai agora à plenário: para derrubá-lo são necessários 39 votos NÃO. Com menos de 39 o veto será mantido. Motivo do veto, segundo o governador: " decidiu pelo veto, por oerientação técnica da Advocacia Geral do Estado"...

    O Plenário da Assembléia Legislativa de Minas Gerais receberá nesta terça-feira (7/8/07), mensagem do governador Aécio Neves com o veto total ao Projeto de Lei Complementar (PLC) 17/07, do procurador-Geral de Justiça, que dispõe sobre a organização do Ministério Público do Estado (MP). Em Nota à Imprensa, o presidente da Assembléia, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), afirmou que "caberá agora à Assembléia conhecer os fundamentos do veto ao PLC 17 e apreciá-lo, inicialmente, por uma Comissão Especial constituída para essa finalidade e, posteriormente, pelo Plenário, de acordo com as prerrogativas constitucionais".

    Conforme nota oficial distribuída à imprensa, o governador justificou que decidiu pelo veto, por orientação técnica da Advocacia Geral do Estado (AGE), por entender que "parte da proposta é inconstitucional por inteferir na organização judiciária do Estado e por impedir que o Ministério Público fiscalize entidades privadas".

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 6, 2007

    O radialista barbacenense, nosso amigo e ex-colega da Rádio Barbacena ( anos 70), José Antônio Lopes ( o famoso JAL) do site ( www.barbacenaonline. com.br), foi homenageado pelo Olympic Clube) com o Título de Sócio Benemérito. Motivo: foi jogador do time de futebol do Olympic na década de 60. Parabéns!









    Benemérito:
    "Não posso deixar de registrar aqui a minha emoção e gratidão ao Olympic pelo título de sócio benemérito que recebi do Clube. Minha participação como jogador de futebol na década de 60, quando fomos campeões da cidade, e também na minha atuação como radialista e jornalista na cobertura ao clube celeste de Barbacena foram destaques para que eu recebesse esta homenagem. Minha gratidão à diretoria, conselho deliberativo e a todos os membros da família olimpiquense" - disse JAL.

    Este cronista recebendo homenagem dos dirigentes do Olympic.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 6, 2007

    Ministro Hélio Costa foi a Contagem inaugurar Centro.

    Correios e Tribunal do Trabalho inauguram Centro de Logística em Contagem

     Centro vai atender 140 Varas do Trabalho em 63 cidades mineiras, com receita anual estimada em R$ 1,7 milhão

     – O ministro das Comunicações, Hélio Costa, inaugurou na manhã desta sexta-feira (03/08), o Centro de Logística Integrada Correios – Tribunal Regional do Trabalho da Terceira Região, em Contagem (MG).

    No novo espaço, serão realizadas atividades de recebimento, armazenagem, suprimento e gestão de estoque de materiais e bens do Tribunal . O centro atenderá 140 Varas do Trabalho e demais unidades do Tribunal, em 63 cidades de Minas Gerais. Os Correios estimam uma receita anual de cerca de R$ 1,7 milhão.

    Este foi o primeiro acordo de logística integrada firmado na Diretoria Regional de Minas Gerais e o primeiro entre o Poder Judiciário e os Correios.  A solução, modelada de acordo com as necessidades específicas do Tribunal, deve ser implantada em outras cidades metropolitanas. Iniciativas como esta já estão em estudo entre os Correios e os Tribunais da Grande São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

     



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 6, 2007

    Ministro Hélio Costa foi a Contagem inaugurar Centro.

    Correios e Tribunal do Trabalho inauguram Centro de Logística em Contagem

     Centro vai atender 140 Varas do Trabalho em 63 cidades mineiras, com receita anual estimada em R$ 1,7 milhão

     – O ministro das Comunicações, Hélio Costa, inaugurou na manhã desta sexta-feira (03/08), o Centro de Logística Integrada Correios – Tribunal Regional do Trabalho da Terceira Região, em Contagem (MG).

    No novo espaço, serão realizadas atividades de recebimento, armazenagem, suprimento e gestão de estoque de materiais e bens do Tribunal . O centro atenderá 140 Varas do Trabalho e demais unidades do Tribunal, em 63 cidades de Minas Gerais. Os Correios estimam uma receita anual de cerca de R$ 1,7 milhão.

    Este foi o primeiro acordo de logística integrada firmado na Diretoria Regional de Minas Gerais e o primeiro entre o Poder Judiciário e os Correios.  A solução, modelada de acordo com as necessidades específicas do Tribunal, deve ser implantada em outras cidades metropolitanas. Iniciativas como esta já estão em estudo entre os Correios e os Tribunais da Grande São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

     



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 6, 2007

    De 7 a 25 de agosto BH vira Capital Mundial do JAZZ. Quem promove é a Soltz Eventos.

    Jazz Festival 2007

    apresenta o que há de melhor no jazz mundial!

    O MAIOR FESTIVAL DE JAZZ DO BRASIL

    Pelo quinto ano, a Soltz Eventos realizará, de 7 a 25 de agosto, mais uma edição do "Jazz Festival". O Festival conta com apoio da Lei de Incentivo à Cultura Federal e Estadual de Minas Gerais e pelas empresas: Oi, Gasmig, Usiminas, Cosipa, Companhia Vale do Rio Doce, Banco BRB, Banco BMG e Confederação Nacional do Transporte.

    Além de proporcionar momentos inesquecíveis, em que os mais virtuosos e respeitados artistas interpretam toda magia e envolvimento que o gênero musical desperta nas pessoas, o festival mostrará alguns dos estilos presentes nas origens do jazz através das diversas nacionalidades dos convidados. "Recordar o autêntico jazz, reviver e relembrar seus ícones através do talento e prestígio dos músicos, e curtir o que há de melhor do swing jazzístico são alguns dos ingredientes deste cardápio musical que ocorrerá durante o mês de agosto em diversas cidades brasileiras" reforça Leonardo Soltz, empresário e produtor geral do Jazz Festival.

    Consolidado, respeitado e com um público que cresce a cada ano, o Jazz Festival será realizado em sete capitais brasileiras, durante o mês de agosto. São elas: Brasília ( 8, 9 e 10/8), Belo Horizonte  (9, 10, 11 e 12/8); São Paulo (8, 9 e 10/8);  Rio de Janeiro (13, 14 e 15/8); Recife (16, 17 e 18/8); Aracaju (17, 18 e 19/8) e Belém (22 e 23/8).
    Além dessas cidades, o evento acontecerá também em Tiradentes nos dias 18 e 25 de agosto, durante o X Festival Internacional de Cultura e Gastronomia.

    A seleção das atrações feita pela curadoria do Festival, se deu a partir de uma criteriosa pesquisa, considerando a qualidade, o talento e reconhecimento dos artistas pela crítica e pelo público. Na edição de 2007, o público brasileiro poderá assistir alguns dos nomes mais respeitados do jazz mundial.

                                                                        Prêmio Jazz Festival 
     A partir deste ano, a organização do Jazz Festival fará a entrega de um prêmio para músicos, instituições, grupos, críticos ou qualquer pessoa que tenha contribuído de maneira significativa para o jazz no mundo. O prêmio deste ano será entregue à Duke Ellington Orchestra. A orquestra é a mais reconhecida do gênero musical e teve na figura de Duke Ellington seu grande sucesso. Duke foi, ao lado de Louis Armstrong, o maior nome da história do jazz e da música norte-americana. Foi um genial pianista, compositor e arranjador.
    Apesar de Ellington  ter sido a mente por trás da orquestra, será a orquestra como um todo que receberá o prêmio. Desta forma, a organização fará a homenagem a uma instituição que não só contribuiu com suas performances e gravações, mas também com vários nomes que posteriormente influenciaram

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 6, 2007

    Exposição Agropecuária de Desterro do Melo - que fica a 200 kms de BH e 32 de Barbacena - no Caminho do Meio da Estrada Real - começa nesta QUARTA-FEIRA e vai até domingo, dia 12. Já o asfalto da Estrada MG-265, ligando Barbacena a Desterro do Melo, será inaugurado pelo governador Aécio Neves, o prefeito Ruy Fernandes, o secretário de governo, Danilo de Castro, o ex-secretário de Transportes e Obras, Agostinho Patrus e o senador Hélio Costa, ministro das Comunicações, sexta-feria, dia 10, às 11 da manhã. Lá estaremos para conferir a video-reportagem que fizemos sobre a luta pela estrada, que passou dos 50 anos.






    P r o g r a m a ç ã o

    Quarta-feira, 08 de agosto
    14h - Esgota;
    21h - 1ª Ordenha;
    21h - Forró.

    Quinta-feira, 09 de agosto
    07h - 2ª Ordenha;
    09h - Julgamento de bovinos;
    14h - 3ª Ordenha;
    19h - Missa Sertaneja;
    Abertura Oficial;
    20h - Rodeio Decola Peão;
    21h - 4ª Ordenha;
    22h - Show WM 50 e Ranier;

    Sexta-feira, 10 de agosto
    07h - 5ª Ordenha;
    09h - Julgamento de bovinos;
    14h - 6ª Ordenha;
    20h - Rodeio Decola Peão;
    21h - 7ª Ordenha;
    21h - Show Banda Tomarrock;
    22h - Show Célio & Marcos.

    Sábado, 11 de agosto
    07h - 8ª Ordena;
    14h - 9ª Ordenha;
    21h - Rodeio Decola Peão;
    22h - Show Swing de Palha;
    00h - Show Banda Comando do Milênio;

    Domingo, 12 de agosto
    12h - Concurso de Marcha;
    16h - Premiação
    17h - Show Wagner e Denílson - música de todos os tempos;
    20h - Rodeio Decola Peão;
    21h -Show Toni Max.

    Rave - Sexta-feira, 10 e Sábado 11.

    Exposição de artesanato todos os dias.













                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 6, 2007

    Presidente do Sindaçúcar, LUIZ CUSTÓDIO, defendeu junto ao governo de Minas, a inclusão do setor sucroalcooleiro no "Projeto Estruturante".

    INSERÇÃO NAS PRIORIDADES DO GOVERNO


     

                O presidente do Siamig/Sindaçúcar-MG, Luiz Custódio Cotta Martins, participou de uma reunião (2/7) com o Secretário de Estado de Desenvolvimento, Márcio Lacerda, a fim de discutir a inclusão do setor sucroalcooleiro no "Projeto Estruturante" do governo do estado, assim como vem ocorrendo com a Vale do Rio Doce e a Usiminas. Dessa forma, os assuntos ligados ao setor seriam tratados com prioridade e de forma mais ágil dentro do governo, envolvendo todas as secretarias. Luiz Custódio discutiu, também, a possibilidade da construção de casas para os trabalhadores da agroindústria canavieira ser incluída dentro do Projeto Parceria-Público-Privada (PPP).



     



     

    CAMPO GEROU MAIS EMPREGOS EM JULHO

     
    O agronegócio mineiro criou 11 mil empregos em julho, conforme o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho. O conjunto dos setores econômicos do Estado gerou, no período, 28.471 vagas com carteira assinada. No acumulado de janeiro a maio de 2007, foram criados 54,6 mil empregos com carteira assinada. No mesmo período do ano passado, foram 36,4 mil novas vagas na atividade agropecuária. O crescimento é de 50%. Este número é explicado pela demanda por trabalhadores para a colheita de cana-de-açúcar, café, citrus e morango. A tendência, segundo especialistas, é que a procura passe a ser cada vez maior pela mão-de-obra mais qualificada, principalmente para a área de cana-de-açúcar.



     



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 6, 2007

    Jornal EDIÇÃO DO BRASIL será homenageado hoje em Reunião Especial na Assembléia Legislativa de M inas.

                         A merecida homenagem ao Edição do Brasil será às 20 horas no plenário presidente JK. A Reunião Especial será ancorada ao VIVO por esse Blogueiro pela TV Assembléia para mais de 250 cidades de Minas. Pelo cabo, canal 11. Interior pelo UHF. Parabéns ao nosso amigo o diretor do jornal Edição do Brasil, o Eujácio e também ao Arthur, que comandam o prestigiado e influente jornal.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 6, 2007

    ARTIGO ESPECIAL. Vem do nosso colaborador o ex-superintendente do Banco do Brasil, em Minas, o montesclarense WAGNER GOMES.

                                                              Uma nova elite se consolida?



                                                                        Wagner Gomes



     

    Imagino que na concepção positivista, o termo elite, possa não ter qualquer conotação ideológica. Creio mesmo que todas as elites são genuínas, desde que se possa a elas conferir um apoiamento considerável da coletividade que representam. No entanto, o que percebemos ao ouvir o termo, citado por quantos o usam pejorativamente, é que a elite representa uma coisa ruim, um movimento excludente e de estratificação social. Quem assim a percebe, tem uma visão que ela se encontra no alto da pirâmide social, quase invariavelmente em uma posição de liderança e exercendo pressão para ali se manter.

    Pareto, conhecido sociólogo ítalo-francês elaborou um magistral tratado de sociologia, através do qual nos induzia a pensar, em todas as épocas e lugares, que o Estado é dinamizado por dois setores sociais, ou seja, uma elite que governa e outra que é governada.

    Nunca havia pensado, então, nessa elite formadora de todas as outras elites, a que é governada e que elege os seus representantes. Etimologicamente, elite pode ser o que há de melhor, assim como, também, pode ser eleger, ou escolher.

    Nesse contexto, a verdadeira elite é essa que se forma à margem das elites tradicionais, dos  políticos, burocratas, líderes empresariais e líderes sindicais. Racionalizando, em nosso Brasil, o povo, cansado de esperar por atitudes e valores políticos básicos diretamente referidos a questões de justiça e igualdade, percebeu que poderia destronar uma elite dirigente que, em sua visão coletiva, se tornara esclerosada e corrompida, identificando em Lula um movimento tendente a estabelecer uma nova ordem.

    E Lula, assimilando esse clima, consegue em seu primeiro mandato reunir programas de transferência condicional de renda, que já existiam, antes, no Brasil. Em 1995, o então governador do Distrito Federal, Cristóvam Buarque, implementou o Bolsa Escola em Brasília, garantindo renda às famílias que realmente mantivessem seus filhos da escola. Durante o governo Fernando Henrique, foram criados programas com a mesma matriz, mas com alcance nacional: o Bolsa Escola é o mais famoso deles. No governo Lula, aqueles programas (Bolsa Escola, Cartão Alimentação, Bolsa Alimentação e Auxílio Gás) foram reunidos, ampliados e rebatizados com o pomposo nome de Bolsa Família, adquirindo, desta forma uma nova roupagem.

    Pois bem, nesse exato momento, o Presidente Lula com seu aguçado senso de oportunidade, se deu conta de que estava, definitivamente, dando vida a mais extraordinária de todas as elites, constituída pelos seus governados e que, ao mesmo tempo, assim subliminarmente motivados,  elegeriam seus governantes nos próximos pleitos. Algo assim, muito parecido com a ditadura da maioria, antes silenciosa, se é que ela exista.

    É preciso reconhecer, hoje,  que grupos, antes desprivilegiados, argumentam que a negligencia na análise, formulação e implementação de políticas sociais possam estar sendo sanadas. Assim, percebem nesse governo uma visão que vivencia e interpreta a pobreza e a desigualdade. Aí, com esse sentimento que os une, formou-se essa elite sob a égide daquilo que o candidato Lula apregoava, ou seja:  a esperança venceu o medo. Com esse movimento se torna, então, possível romper-se o fosso, antes intransponível, entre a classe pobre, robustecida pelo achatamento da classe média, e as demais classes sociais.

    O povão mudou sua consciência e hoje não mais assume passivamente o papel de massa de manobras de antigos formadores de opinião. Desta forma, pensam mais ou menos assim: “cada um de nós, se coletivarmos decisões, pode ser e fazer o que quiser.”  E a grande pergunta que se apresenta, em cada eleição, diz respeito ao que se pode esperar nos próximos quatro anos. Ou quem sabe, cinco anos, em um futuro próximo. Afinal a reeleição vem sendo questionada de cima para baixo, sem que os governantes sequer pensem em promover um plebiscito. A elite política continua, como sempre fez, desprezando a opinião do povo.

    E quem descobrir essa resposta conseguirá, também, descobrir o querer coletivo. Assimilar esse anseio é meio caminho andado para obter o voto da elite eletiva. Sem sombra de dúvida, o Presidente Lula  foi quem primeiro captou essa integração do inconsciente coletivo, transformando-a em votos, e se tornando imune ao ambiente de corrupção detectado com ênfase nas CPIs e veiculado, insistentemente,  pelos jornais e revistas de norte a sul do País, em pleno processo eleitoral.

    Também, em Minas Gerais, o Governador Aécio Neves, tem demonstrado que descobriu esse caminho. Conseguiu formar um elo emocional entre corações e mentes dos habitantes de nosso Estado, alinhando o seu pensamento político aos anseios de uma população. Nesse particular enxergo, em nosso Governador Aécio, um pouco de Winston Churchill quando dizia: “Você cria o seu próprio universo ao longo do caminho”.

    Temas que, com certeza, pontuarão as próximas eleições, estarão sendo assimilados pela elite eletiva, e creio se destacarão os seguintes: expansão dos gastos sociais visando erradicar a pobreza e reduzir as desigualdades, implementar a participação do trabalhador nos lucros, desregulamentar a economia – incluído nesse bojo a reforma tributária, aumentar a eficiência dos serviços públicos, uma política sistematizada para o biodiesel como forma de proteger o meio ambiente, uma efetiva política de segurança com visíveis resultados a serem alcançados no combate a criminalidade, tudo isso permeado por ampla reforma política.

    Millôr Fernandes, por outro lado, apregoa que ser gênio é fácil - difícil é achar quem o reconheça. O nosso próximo Presidente, necessariamente, deverá ser um gênio a ser reconhecido por essa mais fantástica elite, que é o povão.

    Quem viver, verá!

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 6, 2007

    DIA HISTÓRICO para nosso BLOG DE NOTÍCIAS. Atingimos a marca dos 300 mil ACESSOS. Confira os números do provedor TERRA.



























    Posts:
     1922

    Rascunhos:
     26

    Comentários:
     2.182

    Visitas Únicas:
     300.598

    Pageviews:
     306.157
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Agosto 6, 2007

    Comissão de Segurança Pública da Assembléia vai ouvir comando dos Bomberios Militar sobre descumprimento de regras sobre promoções.

    Os deputados das Comissões de Segurança Pública e de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa de Minas Gerais vão ouvir, nesta quarta-feira (8/8/07), o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, coronel José Honorato Ameno, sobre a aplicação das novas regras de promoção estabelecidas pela Lei Complementar 95, de 2007. A norma, em vigor desde o último dia 18 de abril, reduz o tempo de serviço para promoção compulsória, o que, de acordo com os parlamentares, vem sendo adotado na Polícia Militar, mas não no Corpo de Bombeiros. A reunião, solicitada pelo deputado Sargento Rodrigues (PDT), está marcada para as 16 horas, no Plenarinho II.

    O descumprimento da Lei Complementar 95, de 2007, que altera o Estatuto da Polícia Militar de Minas Gerais e muda as regras para concessão de promoções, motivou visita das mesmas comissões ao Comando-Geral do Corpo de Bombeiros do Estado, no último dia 28 de junho. Na ocasião, o deputado Sargento Rodrigues, presidente da Comissão de Segurança Pública, informou que o tempo para promoção de sargentos, por exemplo, foi reduzido de dez a 12 anos para cinco a sete anos. "A PM já deu celeridade à implantação da norma, mas, no Corpo de Bombeiros, a Diretoria de Recursos Humanos está fazendo uma interpretação restritiva da lei, alegando que é preciso um decreto para regulamentá-la. Porém, a lei é auto-aplicável. O que está havendo é a protelação de um direito garantido em lei", afirmou Rodrigues durante a visita.

    O presidente da Comissão de Direitos Humanos, deputado Durval Ângelo (PT), na mesma ocasião, reiterou que a lei é imperativa. "Se fosse preciso o regulamento, seria o caso de o Corpo de Bombeiros fazer, mas a interpretação da PM é que está correta", afirmou. Os dois deputados foram recebidos pelo comandante-geral da corporação, coronel BM José Honorato Ameno, a quem entregaram um documento reivindicando o cumprimento da legislação.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Agosto 5, 2007

    Estrada de Desterro do Melo - município que fica a 200kms de BH e 32 kms de Barbacena - na Zona da Mata. A estrada - MG- 265- será inaugurada pelo governador Aécio Neves dia 10, äs 11 horas da manhã.

                         Hoje, domingo, estamos neste momento no nosso estúdio de media tranning, preparando - junto com o prefeito Ruy Fernandes - uma reportagem especial sobre a estrada. A antiga, de terra batida, e a nova, toda asfaltada, concretizando um sonho - que para muitos parecia impossível. O vídeo, coordenado pelo jornalista Hugo Amaral - assessor de Comunicação da Prefeitura de Desterro do Melo - terá a duração de dez minutos. Será exibido num telão para o governador Aécio Neves, o ministro das Comunicações Hélio Costa ( que vai lá no Melo, lançar o selo comemorativo da estrada), o secretário de governo Danilo de Castro, o ex-secretário de Obras, Agostinho Patrus, que à época assinou o contrato com a Cadar Engenharia para fazer asfaltar a estrada. 

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sábado, Agosto 4, 2007

    Vem aí o livro CANTIGAS DE RODAS da juíza federal Dorothy Safe Carneiro. Será terça-feira, dia 7, às 19 horas, lá na Academia Mineira de Letras, presiddida pelo ex-senador e intelectual Murilo Badaró. A Academia fica na rua da Bahia, 1446.

    A obra foi concretizada através de um amplo e minucioso  trabalho de pesquisa e resgate das Cantigas de Rodas da época da colonização, enriquecidas com várias outras de criação da
    própria autora.
    Este trabalho vem se somar aos outros dois livros da mesma autora - de grande
    sucesso - quando fez importante trabalho de resgate e documentação
    histórica, cultural, folclórico e artístico do entorno da Estrada Real,material recolhido pela autora 
    através de várias caminhadas ao longo da histórica e importante via, construída na época do Império para integrar a Dimantina de Chica da Silva - e as valiosoas reservas de diamantes do município - à corte no Rio de Janeiro - e a Parati, que ficam a cerca de 1500 kms da terra do nosso presidente JK.
    Desejamos à juíza Dorothy Safe Carneiro sucessso absoluto para sua obra "Cantigas de Rodas"- um belo resgate de nossas origens culturais.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sábado, Agosto 4, 2007

    Como dizia o velho poetinha Vinícius de Moraes: "porque hoje é Sábado!" Dia de sorrir e colocar os braços de fora, como diz meu amigo César Romero, renomado colunista da Tribuna de Minas. Abaixo um casal charmoso e a caminho do sucesso!

     
    O Engenheiro de Software,
     Júlio César de Carvalho Amaral,
    da área de Tecnologia da Informação da Ôi, em BH
    e  sua namorada Julyane Rodrigues,
    que se forma neste 2007 em Direito
    pela UNIPAC de Barbacena.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sábado, Agosto 4, 2007

    DE OLHO no dinâmico presidente do Sindaçúcar, o empresário pontenovense, Luiz Custódio Cotta Martins. Ele se reuniu com o ministro da Agricultura em Brasília e advertiu: " os produtores ficaram surpresos com a forma com que o governo federal apresentou a proposta que ao inserir o ÁLCOOL na Lei do Petróleo incorre numa série de erros". Leia os detalhes!

    GOVERNO APRESENTA PROJETO DE LEI PARA O SETOR SUCROALCOOLEIRO.

    O presidente do Siamig/Sindaçúcar-MG, Luiz Custódio Cotta Martins, participou de uma reunião do Fórum de Lideranças do Setor Sucroalcooleiro, em Brasília, no dia 26/07, com o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes. Segundo ele, os produtores foram surpreendidos com a apresentação da proposta de um Projeto de Lei Federal que pretende alterar a Lei 9478/97, a chamada Lei do Petróleo, e a Lei 9847/99, inserindo medidas de controle ao longo de toda a cadeia produtiva do álcool combustível.  Ele afirma que os produtores concordam com o governo quanto a necessidade em se construir um marco legal e regulatório setorial. Não há nenhuma dúvida entre os produtores que somente com a existência desse conjunto de regras o setor conseguirá atrair investimentos que permitirão atingir as metas de produção e manter o Brasil na liderança mundial.

    Porém, a surpresa foi com a forma como foi apresentada a proposta do Projeto de Lei, que ao inserir o álcool na Lei do Petróleo incorre numa série de erros. Outra proposta discutida durante a reunião foi a iniciativa, também, do governo federal de implementar a certificação para o etanol carburante, o que também causou surpresa ao setor, diante da forma como o assunto vem sendo conduzido.


     

    Luiz Custódio disse que o governo deu um prazo ao setor sucroalcooleiro para debater esses assuntos, até o fim deste mês, quando será entregue uma proposição mais consistente tanto para o Projeto de Lei quanto a Certificação do etanol.



     



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sábado, Agosto 4, 2007

    Ministro Hélio Costa participou do lançamento do sistema de celular G- 3 - celular de terceira geração - na sede da Telemig Celular em BH. A empresa tinha acabado de ser adquirida pela VIVO por 1, 2 bilhão de reais. BOA NOTÍCIA: o ministro deu uma boa notícia para quem tem internet discada.

                                        

    Internet discada fica 85% mais barata 

    Plano especial negociado pelo Ministério das
    Comunicações com as
    operadoras de telefonia fixa
    garante 10 horas de conexão por R$ 7,50
     

    – As operadoras de telefonia fixa vão oferecer, desde ontem, um novo pacote de serviços para acesso à internet discada. O plano especial, negociado entre o Ministério das Comunicações e as operadoras, garante 10 horas de conexão à internet por R$ 7,50 mensais, já incluídos os impostos. Esse valor é 85% menor que o preço da tarifa normal. 

    O acesso será das 6 horas da manhã à meia-noite, o que abrange todo o horário comercial. Não serão alterados os descontos na madrugada, fins de semana e feriados, onde são cobrados apenas dois minutos por um acesso ilimitado, conhecido como período de modulação horária. 

    Segundo o ministro das Comunicações, Hélio Costa, os 600 minutos que o pacote oferece, combinados com o uso no período de modulação horária, são suficientes para cobrir o tempo médio que o consumidor brasileiro acessa a internet, mensalmente. O Ministério das Comunicações calcula que mais de três milhões de pessoas vão passar a ter acesso à internet com o novo pacote.  

    "Estamos oferecendo ao consumidor mais uma alternativa de preço e tecnologia. Queremos que a internet seja acessível às famílias de todas as faixas de renda", disse Hélio Costa.

    Aprovado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o pacote mensal de 600 minutos estará disponível para os assinantes de linha fixa das operadoras Brasil Telecom, Telefônica, Oi, Companhia de Telecomunicações Brasil Central (CTBC) e Sercomtel, com cobertura total de todo o território nacional. 

    O plano foi integrado ao Programa Computador para Todos,

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sábado, Agosto 4, 2007

    Faltam menos de 3 mil acessos para nosso BLOG DE NOTÍCIAS atingir a marca dos 300 MIL ACESSOS. Os números são do provedor TERRA.

























    Posts:
     1.915

    Rascunhos:
     26

    Comentários:
     807

    Visitas Únicas:
     297.051

    Pageviews:
     302.512


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sábado, Agosto 4, 2007

    GIRO PELO INTERIOR DE MINAS. Desta vez, destacamos as notícias de QUEM É QUEM, em Barbacena, na coluna do nosso amigo Idiando Borges do www.barbacenaonline.com.br







    Ondina Couto Andrada, nossa Primeira Dama e o Prefeito, Martim Francisco Borges de Andrada – Comemorações

    Foi na residência do Prefeito, na noite fria do dia 27 a dupla comemoração dos aniversários da Primeira Dama, Ondina Couto Andrada e do Prefeito, Martim Francisco Borges de Andrada. Com distinção e a elegância de sempre, Ondina organizou todos os detalhes, privilegiando a todos com o saber de uma anfitriã Andrada. Em nenhum momento, foi a Primeira Dama, mas a companheira do homem que comanda a cidade, que descontraído e alegre festejou a vida. Inúmeros amigos, familiares, secretários e assessores foram cumprimentar o casal. Impossível citar os presentes, mas um chamava a atenção, o nosso querido Zé Bodeco, acompanhado de sua Cidinha Leal Andrada. Foi motivo de atenção e apreço de todos. Antes da meia-noite, o bolo com o tradicional “parabéns” e votos de: alegria, saúde e paz. Eric Terzi registrou o evento com muitos flahes. Parabéns!










    Mariane Pacheco é elegante e chique, sem ser pretensiosa. Desde jovenzinha freqüentou a nossa sociedade e sempre encantou a todos por sua beleza e seu carisma. Foi a primeira Rainha das Rosas de Barbacena. Mãe dos jovens empresários José Luiz Batista de Souza Júnior e Carlos André de Souza e avó da pequena Maria Eduarda. Tornou-se empresária do ramo imobiliário e atua em diversos seguimentos, voltados para o empreendedorismo. Desenvolta, alegre e também uma benfeitora da cidade, que ela não gosta que fale, mas nunca faltou aos que a procuram em nome da Igreja ou mesmo em socorro a uma instituição de caridade. Mas, o seu predicado maior é a elegância e o bom senso no vestir, no receber e enfim no ser. Segue fielmente a regra básica da vida, ser autêntica, espontânea e cordial. Na arte de receber, é uma rainha, tanto faz se num luxuoso jantar, ou num abrangente cocktail ou até mesmo para um descontraído churrasco.


    A Patronesse da Festa das Rosas, Mariane Pacheco: sempre rainha!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sábado, Agosto 4, 2007

    DE olho nos 100 ANOS DA FUNED.











                              Funed comemora 100 anos e mostra resultados positivos

     









       

    José Carlos Paiva/Secom MG


    Ao som de Aquarela do Brasil, o Coral da Funed, sob a regência do maestro Geraldo José, abriu a solenidade de inauguração do novo auditório (foto) da Fundação Ezequiel Dias (Funed). A apresentação marca as comemorações do centenário da instituição, que representam uma conquista, não apenas das pessoas diretamente ligadas à Fundação, como também da saúde pública e do Sistema Único de Saúde (SUS).
    Durante o evento, representantes de instituições da saúde exaltaram a trajetória da Funed. Ainda em comemoração aos 100 anos, foram lançados, além do cartão telefônico da Oi, o Livro do Centenário, publicado pela Editora UFMG. Um vídeo institucional foi exibido e também aberta a exposição de fotos históricas no saguão do prédio administrativo.
    Para o presidente da Funed, Carlos Alberto Pereira Gomes, “comemoramos o sentimento de ousadia.
    Quando cheguei aqui, a Funed tinha uma dívida de R$ 26 milhões, a produção e a auto-estima dos trabalhadores estavam em baixa e encontrávamos problemas nas pesquisas. Naquele momento, por meio de planejamentos e do total apoio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), inclusive financeiro, que fez uma antecipação de R$ 8 milhões, conseguimos alavancar alguns setores. Ao longo destes quatro anos, cumprimos as metas e saímos do círculo vicioso para o virtuoso. Mas, o nosso maior patrimônio são as pessoas que aqui trabalham”.
    “O Choque de Gestão chegou mais cedo na Funed. Foi uma das primeiras instituições a fazerem o choque, o que levou a Fundação a erguer um engenhoso sistema, com avaliações e ganhos de produtividade. É um esforço modernizante. E as instituições mais relevantes, aquelas com verdadeiro significado social, sobrevivem”, apontou o secretário de Estado de Saúde, Marcus Pestana.
    A Funed é referência nacional na produção e desenvolvimento de medicamentos essenciais e de soros, na realização de pesquisas no campo de saúde pública e também no monitoramento das ações de vigilância sanitária, epidemiológica e ambiental.
    Trajetória
    A história da Funed sempre foi marcada pela melhoria da saúde pública de Minas e do Brasil. A Fundação teve seu início em 1907, quando o cientista Oswaldo Cruz convidou Ezequiel Dias para fundar, na capital mineira, uma filial do Instituto Manguinhos, hoje Fiocruz, do Rio de Janeiro. O objetivo inicial era disseminar os conhecimentos científicos pelo País, desenvolvendo e ampliando pesquisas nas áreas de Ciências Biológicas e produção de soros e vacinas. Ezequiel Dias dirigiu a filial até 1922, quando faleceu.
    Em 1923, a instituição passou a se chamar Instituto Ezequiel Dias, em sua homenagem, e, no ano de 1941, a sede foi transferida do prédio na Praça da Liberdade para a então chamada Fazenda Gameleira, onde funciona até hoje. Em 1970, com a incorporação da Escola de Saúde Pública de Minas Gerais, o então Instituto foi transformado em Fundação e vinculado à Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais. Hoje, a Funed é referência nacional na área da saúde.
    “Antes de ser uma fábrica de medicamentos, esta é uma instituição de saúde pública com credibilidade. Além disso, é, sobretudo, uma Fundação que dá retaguarda a avanços, sempre”, enfatizou o ex-ministro de Saúde e patrono da Subcomissão de Vigilância em Saúde, ligada à Comissão de Realização do Centenário da Funed, e ex-superintendente da Fundação, José Agenor Álvares da Silva, cujo nome foi dado ao novo auditório inaugurado.
    Farmácia de Minas
    Garantindo a regularidade ao atendimento dos Programas de Assistência Farmacêutica inseridos nas Políticas Estadual e Nacional de Saúde, a Funed produz e desenvolve imunobiológicos e medicamentos com qualidade e baixo custo. Além dos 33 itens de medicamentos do elenco do programa Farmácia de Minas - programa prioritário do Governo do Estado que trata da distribuição de medicamentos básicos -, a Fundação Ezequiel Dias participa da produção de medicamentos estratégicos para o Ministério da Saúde, com o objetivo de atender aos programas da Hanseníase, Lúpus, Hipertensão Arterial, Diabetes e AIDS com distribuição gratuita para todo o Brasil.
    O Farmácia de Minas vem obtendo resultados positivos nos últimos quatro anos. Em termos de recursos disponibilizados, por exemplo, a evolução foi notória. No início de 2003, o investimento da SES ao Programa era de R$ 0,50 por habitante. Em 2006, tal valor passou para R$ 3,00. Já os recursos financeiros distribuídos aos municípios quase triplicaram, passando de R$ 17.383.199,11, em 2003, para R$ 51.177.868,02, em 2006.
    Houve, também, contratação de farmacêuticos para as Gerências Regionais de Saúde, selecionados por meio de concurso público, e ainda a elaboração de um Guia de Medicamentos, desenvolvido em conjunto com a Funed, entre outras ações. O Farmácia de Minas ampliou, ainda, o elenco de medicamentos disponíveis, expandiu a produção de remédios pela Fundação e aprimorou a logística de armazenamento e distribuição desses medicamentos, em cuja produção a Funed bateu recordes, desde 2003. A Funed alcançou a marca de 1 bilhão e 28 mil unidades produzidas. Com foco na busca pela melhoria dos serviços prestados à população, a Fundação já está executando um projeto para a construção de mais duas unidades de produção, que serão inauguradas até 2009.

    Comemorações

    Um cartão comemorativo, em homenagem ao centenário da Funed, foi entregue, simbolicamente, ao presidente da Fundação, Carlos Alberto Pereira, pelo representante de Relações Institucionais da Oi em Minas Gerais, Maurício Couto França. Produzido pelo grupo Telemar, os 15 mil cartões, de 40 unidades cada, já estão disponíveis no mercado.

    A vice-reitora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Heloísa Starling, apresentou o livro dos Cem Anos da Fundação. A publicação aborda, de forma cultural, a trajetória da Funed. “Esta publicação ajuda a contar a história da Fundação para o público não acadêmico, de uma forma correta, adequada e acessível a todos”, complementou a vice-reitora.

    Entre os dias 09 e 10 de agosto, o seminário Rumo à Excelência - Qualidade e Biossegurança, organizado pela Divisão de Planejamento e Gestão da Qualidade (DPGQ), do Instituto Octávio Magalhães (IOM/Funed), será cenário da homenagem a Luís Márcio Araújo Ramos, patrono da Subcomissão de Promoção e Divulgação. No dia 12 de setembro, os agraciados serão o pesquisador e colaborador de Ezequiel Dias, Amílcar Viana Martins, falecido em 1990, e João Carlos Pinto dias, patrono da Subcomissão de Ciência e Tecnologia, neto de Ezequiel.

    Entre os dias 24 e 28 de setembro, a Funed recebe o Seminário Internacional de Biossegurança, realizado em parceria com a Associação Nacional de Biossegurança (Anbio). Já na primeira semana de novembro, o seminário sobre Responsabilidade Sócio-Ambiental prestará homenagem a Wilson Aguinaldo de Paiva, patrono da Subcomissão de Gestão Estratégica. Nos dias 22 e 23 de novembro será a vez do Fórum de Ciência e Tecnologia, com homenagem a Roberto Porto Fonseca, patrono da Subcomissão de Produção Farmacêutica.

    No dia 11 de outubro, será divulgado o resultado do concurso de redação em homenagem ao centenário. Com o tema, “Fundação Ezequiel Dias: há um século protegendo e promovendo a saúde”, o concurso é aberto a alunos de ensino médio e de graduação, regularmente matriculados em instituições de ensino do Estado de Minas, particulares ou públicas. Os autores das redações vencedoras receberão, além do certificado de participação, um prêmio em dinheiro no valor de R$ 2 mil – para o vencedor da categoria ensino médio - e de R$ 3 mil – para o da categoria graduação.  Na solenidade que anunciará o resultado, o homenageado será Diógenes Fantini, patrono da Subcomissão de Memória e Ensino.

     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 3, 2007

    SELO COMEMORATIVO da inauguração da MG- 265, que liga Barbacena a Desterro do Melo, será lançado pelo prefeito Ruy Fernandes e representante dos Correios, dia 10, às 11 da manhã. Solenidade será em Desterro do Melo.

    SELO COMEMORATIVO

    FAZENDO BEM FEITO

    Na tarde da quinta-feira, 26, o prefeito Ruy Fernandes recebeu em seu gabinete os representantes da Agência Brasileira de Correios e Telégrafos, Tibério dos Reis Nogueira - Coordenador de Rede de Agências e Carlos Orlando - Assistente Comercial.
    O encontro concretizou a parceria do Município com a instituição no lançamento do selo postal que marcará a inauguração da MG 265, no próximo dia 10 de agosto.
    Durante as solenidades de inauguração da obra, além de autoridades do Governo do Estado, representantes do Ministério das Comunicações também se farão presentes e realizarão o lançamento oficial e a carimbação dos selos.
    De acordo com o prefeito, a partir da data, toda correspondência envia pelo Governo Municipal levará o selo que comemora a realização da maior obra de toda a história do Município.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 3, 2007

    De olho na visita do chefe do Programa Global contra a Corrupção, da ONU, visita o governador Aécio Neves no Palácio da Liberdade.









                                Oficial da ONU elogia medidas anticorrupção adotadas por MG

     









       

    Wellington Pedro/Imprensa MG


    O governador Aécio Neves recebeu, nesta quinta-feira (2), o cientista político norte-americano e chefe do Programa Global contra a Corrupção do Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime (UNODC), Stuart Gilman. O oficial da ONU disse que Minas tomará a liderança na luta contra a corrupção no país em razão das medidas tomadas pelo Governo do Estado no controle interno e fiscalização dos gastos públicos. Ele esteve em Minas para conhecer mais detalhadamente a experiência da Auditoria-Geral do Estado (Auge), que se tornou referência no país no controle da aplicação dos recursos na administração pública estadual.
    “Estou muito impressionado com a capacidade de compreensão e a vontade política que o governador Aécio Neves demonstrou durante a nossa conversa.
    Nós discutimos ações concretas que talvez possamos tomar em parceria. Eu não gostaria de entrar em detalhes, porque acho que isso é muito importante, isso faz parte das negociações entre o governo federal e o Governo de Minas Gerais. Mas a visão do governador nos dá muita esperança que o Estado de Minas tomará a liderança nessa luta contra a corrupção no Brasil”, disse Stuart Gilman, em entrevista.
    Segundo Stuart Gilman, Minas está à frente dos estados brasileiros no controle da aplicação dos recursos e servirá de exemplo para que medidas semelhantes sejam aplicadas em todo o país. Segundo ele, as medidas implantadas em Minas poderão servir de modelo para a criação de um plano nacional contra a corrupção.
    “Estou muito impressionado aqui em Minas Gerais com as atividades que têm sido realizadas pelo governo estadual. Estou mesmo muito impressionado com as ações agressivas do governador contra a corrupção e feliz em poder trabalhar com seus assessores, que têm a exata compreensão do trabalho que realizamos. A agência na qual trabalho pode ajudar este Estado em particular a ascender ainda mais no nível de combate à corrupção”, afirmou Stuart Gilman.
    Avanços
    Desde 2003, a Auge adotou modelo descentralizado de forma que em cada uma das 72 unidades administrativas estaduais - 57 órgãos e autarquias e 15 empresas – há um representante que faz acompanhamento da execução orçamentária e financeira e de programas implementados pelo Governo. Esse modelo gerou grande efetividade e transparência nos serviços públicos.
    Entre os avanços da Auditoria-Geral do Estado está a criação do Cadastro de Fornecedores Impedidos de Contratar com a Administração Pública. Minas é o único Estado brasileiro que tem este tipo de cadastro.
    Atualmente, há 57 fornecedores impossibilitados. Por meio do site na internet, a Auge é também um canal de comunicação entre os cidadãos para identificar inconformidades ocorridas na Administração Pública Estadual, com garantia absoluta de sigilo para quem denunciar irregularidades cometidas por servidores públicos.  
    Prevenção
    Responsável por técnicas efetivas de implementação da convenção das Nações Unidas contra a corrupção, Stuart Gilman ressaltou a importância de se punir os criminosos, mas também considera fundamentais ações preventivas contra a corrupção, para evitar que as pessoas se corrompam.
    “Não é suficiente combater a corrupção, mas é preciso construir uma noção de integridade no serviço público ao mesmo tempo. É importante pegar os criminosos, mas é muito melhor prevenir que pessoas se tornem criminosas. É preciso construir sistemas e programas que limitem a possibilidade de corrupção. Coloca-se milhares de pessoas nas cadeias, mas o que a população vê é cada vez mais e mais corrupção. O objetivo deve ser impedir que a corrupção ocorra.”   
    Há trinta anos, Stuart Gilman se dedica a pesquisar e coordenar programas desenvolvidos mundialmente, tanto na administração pública quanto no setor privado, para combater a corrupção. Após a visita a Minas Gerais, Gilman também defendeu uma articulação entre os poderes Executivos, Legislativo e Judiciário, além da sociedade civil para combater atos ilícitos na administração pública.
    “Nós temos de trabalhar com o Judiciário, o Poder Legislativo, sociedade civil e com a imprensa, não só em nível federal, mas também nos estados. Uma das coisas que nós discutimos nessa visita ao Brasil é o grande potencial que um plano contra a corrupção, de construção de integridade, teria num país como o Brasil. Se isso é feito em setores separados do governo, ou se é feito de um modo integrado, é hora de fazer com que a luta contra a corrupção seja uma prioridade em todas as frentes, ao invés de uma só”, disse.
    Com sede em Viena, na Áustria, o UNODC luta contra as drogas ilícitas e o crime internacional junto aos países membros da ONU. Em todo o mundo, são 21 escritórios voltados para reduzir problemas causados pelas drogas e o crime organizado, como corrupção, lavagem de dinheiro, tráfico de pessoas e terrorismo.
    O chefe da UNODC foi consultor de ética para governos do Egito, Japão, África do Sul, Argentina, Turquia, Romênia, Itália e Filipinas, além de grandes corporações como Banco Mundial, BID, OEA entre outras. Recebeu prêmios e foi co-autor de vários livros que abordam novos métodos e políticas públicas de combate à corrupção, drogas e crimes internacionais.

    Modelo nacional

    No mês passado, a Auge foi indicada como modelo de Controle Interno dos Estados, pela Controladoria-Geral da União, durante o “VII Encontro Nacional do Fórum de Controle Interno”, realizado em julho de 2007, em Brasília. Nesse encontro, a auditora-geral do Estado, Maria Celeste Guimarães, tomou posse como presidente do Fórum Nacional que congrega os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal. Após o encontro com o oficial da ONU, Maria Celeste Guimarães destacou que o trabalho preventivo contra irregularidades e fraudes no serviço público em Minas Gerais é inovador. Ela ressaltou ainda o trabalho da Auge também garante o retorno do cidadão sobre a eficiência da execução dos programas sociais.

    “Nós temos uma auditoria funcionando em todos os órgãos e entidades do Estado e, além disso, fazemos avaliação de programas governamentais, ou seja, nós já temos examinados e avaliados vários programas sociais do governo para verificar se há efetivamente o retorno ao cidadão dos programas sociais. Isso, realmente, é uma novidade e, portanto, acho que Minas, nesse sentido, tem muito a contribuir, porque é um trabalho que não se prende apenas ao aspecto formal, mas vai verificar o impacto social das medidas de um programa e isso nós estamos fazendo com um grau de sucesso muito grande”, disse. 

    Antes de se reunir com o governador, o cientista político do Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime (UNODC), Stuart Gilman, participou de encontro com a auditora-geral do Estado, Maria Celeste Guimarães, e com técnicos da Auge. Ele também participou de encontro na Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg). Participaram do encontro a auditora-geral do Estado, Maria Celeste Guimarães; o auditor-geral-adjunto da Controladoria-Geral da União em Minas Gerais, Henrique Hermes Morais; o coordenador do Programa da ONU contra corrupção no Brasil, Reiner Pungs; e a assistente da diretoria de Prevenção da Corrupção da Controladoria-Geral da União, Izabela Corrêa.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Agosto 3, 2007

    Ministro das Comunicações Hélio Costa está hoje em BH.

    Telemig Celular implanta Rede 3G em Belo Horizonte


    Ministro Hélio Costa fará ligação inaugural por videoconferência


    O ministro das Comunicações, Hélio Costa, participa nesta sexta-feira (03/08) da implantação da Rede 3ª Geração/WCDMA da Telemig Celular, em Belo Horizonte, às 9h30. Segundo a operadora, a rede vai oferecer a transmissão de dados móveis mais rápida do país.

    A telemig Celular, junto a uma empresa de aparelhos telefônicos, desenvolveu uma nova rede de telefonia que pode proporcionar serviços com grande eficiência como o Vídeo Calling (videoconferência por celular) e Banda Larga Móvel, entre outras opções multimídias.

    No evento, o ministro Hélio Costa fará a ligação inaugural, por videoconferência, para um representante da operadora. A imprensa especializada em telecom, economia e informática também participará do evento, que será realizado no Multiespaço Telemig Celular.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Agosto 2, 2007

    Diante das câmeras, sem pânico!

    SOCORRO, ESTOU NA TV! O media tranning, que criamos há dez anos, foi ministrado por nós, à empresária Simony Esteves, uma joalheira mineira - nasceu em distrito próximo a Araçuaí no Vale do Jequitinhonha - e que hoje tem clientes de peso na poderosa sociedade paulista. É bom lembrar, que foi a Simony Esteves quem criou as jóias para a família e para a noiva, Vanessa Camargo. A mãe dela, Zilú Camargo, fez questão de contratar a assessoria da mineira Simony Esteves. Ela adquiriu oito jóias raras usadas no casamento e na recepção de casamento de sua filha Vanessa. Foi sucesso absoluto!

    Vale registrar um episódio ocorrido na frente do local onde foi realizada a megafesta para os convidados - personalidades de diversos setores empresarial e artistíco, dentre elas Angélica e Luciano Huck, Faustão dentre dezenas de outros astros da TV e da música, que circularam na festa de Vanessa Camargo.
     
    O EPISÓDIO: dois profissionais do Programa PÂNICO NA TV - uma delas a linda nissei Sabrina Sato - se postaram em frente à entrada da festa de recepção do casamento da cantora Vanessa Camargo

    Aí, chegou a empresária mineira Simony Esteves, elegantemente vestida. Os repórteres do pânico cairam em cima com brincadeiras, na maioria das vezes constrangedoras. Quem é você?Que bronzeado lindo! Simony não se apertou. Sempre simpática e sorridente ela respodeu: "sou joalheira em Minas, lá do Vale do Jequitinhonha, onde estão as maiores jazidas de pedras preciosas do mundo. Fiz as jóias da família da noiva! Agradeceu e entrou poderosa - e aliviada - na festa. Outro detalhe: no outro dia o celular da joalheira Simony Esteves não parou de tocar. Todo mundo tinha visto a aparição dela no "Pânico na TV".
     
    EM TEMPO: foi naquele momento, quando o pessoal do Pânico a abordou para entrevistá-la, que a empresária se lembrou do nosso curso "Socorro, Estou na TV". Chegando em BH, ela nos encontrou lá no restaurante A Favorita. Fechamos o contrato, e ela, para nossa honra, fez o treinamento de imersão em nosso estúdio de TV na av.Barão Homem de Melo, 4.500 no Edifício Point Office Tower. Abaixo algumas cenas do treinamento, que começou às 10 da manhã de domingo e só terminou às 22 horas. Confira!






                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 1, 2007

    Ganhamos hoje mais um leitor do nosso BLOG DE NOTÍCIAS. O coordenador de Comunicação do Hospital Ibiapaba de Barbacena. Ele é uma das quase 300 mil inteligências, que diariamente nos acompanham na BLOGOSFERA. Olha Edson, fiquei envaidecido com seu E-mail, com sua atenção ao nosso BLOG. Para enviar-me notícias e fotos como você pretende é só mandar para o seguinte endereço na internet: joaocarlosamaral@terra.com.br

    Olá João Carlos,
    Parabéns pelo Blog. estou há dois anos à frente do setor de Comunicação Social do Hospital Ibiapaba, que hoje busca superar as sucessivas crises que quase o levaram ao fechamento.
    Hoje ele é gerido pelos próprios médicos que tomaram para si a missão de salvá-lo do iminente fechamento a despeito dos grandes serviços prestados a Barbacena e região.

    De agora em diante estarei enviando para você material referente ao Hospital e suas atividades.
    Por exemplo neste final de semana Barbacena vai abrigar um encontro da Associação dos Hospitais de Minas Gerais, evento capitaneado pelo Ibiapaba, mas que terá representações de todo o estado. Posso mandar para você acobertura completa do evento, inclusive com fotos.

    Particularmente, caso seja do seu interesse posso mandar-lhe semanalmente uma charge exclusiva sobre temas nacionais para publicação no seu prestigiado espaço, colaboração esta que não terá nenhum custo para você.

    Caso possa responder este e-mail gostaria de saber para qual e-mail poderei enviar textos e fotos anexadas.
    Um abraço para você, do admirador,
    Edson Brandão
    Coordenador de Comunicação Social
    Hospital Ibiapaba S.A.

    RESPOSTA:
    mande-me notícias pelo E-mail: joaocarlosamaral@terra.com.br


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 1, 2007

    NA GRUTA DE MAQUINÉ. O turismo está no olha do turista. É a integração entre o objeto e a inteligência consciente e criativa. CLICK na foto para AMPLIÁ-LA.

    UM CHOQUE DE BELEZA ao alcance dos olhos, a menos de 100 kms de Belo Horizonte. Gruta de Maquiné em Cordisburgo, terra do universal e genial Guimarães Rosa. Estivemos lá na Gruta do Maquiné. Ficamos chocados com a magnitude dos 7 salões da gruta, descoberta pelo fazendeiro de sobrenome Maquiné, que lá chegou no encalço de um bovino desgarrado. A caverna tem mais de 600 mihõers de anos. Foi toda esculpida pela maior artista de todos os tempos - a natureza. Com palavras não dá para descrever. Porisso colocamos as fotos que mostram a beleza do local. Abissal. Confira!

























     







    Comentários

    #1. celso - (celsocastilho@ccbe.com.br)
    Prezado Joao.

    Realmente a Gruta é maravilhosa e deve ser considerada uma das melhores opçoes de Turismo de Minas.
    A cidade de Cordisburgo também o é.Acolhedora,terra do meu pai e do meu bisavó MESTRE CANDINHO, que dá nome ao Grupo Estadual da Cidade.
    E do maior escritor da lingua Portuguesa GUIMARÃES ROSA. Um abraço.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Agosto 1, 2007

    Adiada votação de projeto que dá reajusta aos funcionários da área de Educação de Minas.

    A pedido do deputado Weliton Prado (PT), foi adiada a votação do parecer de 1o turno da Comissão de Administração Pública da Assembléia Legislativa de Minas Gerais sobre o Projeto de Lei (PL) 1.324/07, do governador, que reajusta em 5% os vencimentos dos profissionais da educação básica, a partir de 1o/9/07, e garante, a partir de 1º/1/08, o piso salarial de R$ 850 para a categoria. O relator da matéria, deputado Ademir Lucas (PSDB), opinou, nesta quarta-feira (1º/8/07), pela aprovação do projeto com as emendas nºs 1 a 3, da Comissão de Constituição e Justiça. Weliton Prado pediu vista e apresentou uma proposta de emenda ao projeto, que reposiciona esses servidores em suas respectivas carreiras até atingir o piso proposto pelo Executivo, de R$ 850.

    Mesmo reconhecendo que o projeto traz avanços, Weliton Prado acredita que a proposta de emenda vai corrigir algumas distorções que possam ocorrer no futuro, que podem ocasionar um congelamento de salários "A bancada do PT acredita que a emenda aprimora o projeto com o reposicionamento nas carreiras", afirmou. O relator do PL 1.324/07 recebeu a proposta de emenda e vai decidir se acata ou não, mas adiantou que a proposta é inconstitucional porque o Legislativo não pode aumentar despesa. Ponderou ainda que a proposta tem caráter protelatório e danosa aos profissionais que poderão não receber o reajuste já no próximo mês.

    De acordo com o projeto, na hipótese de remuneração inferior ao piso fixado, será criada a Parcela de Complementação Remuneratória do Magistério (PCRM). As emendas nºs 1 e 2, da CCJ, incluem no texto os profissionais da Educação do Colégio Tiradentes, da Polícia Militar. A emenda nº 3 dá clareza ao enunciado do parágrafo 5º do artigo 3º, que estabelece o cálculo do valor PCRM, trocando a expressão "a soma de todas as vantagens pecuniárias a que o servidor fizer jus" por "a soma do vencimento básico e de todas as vantagens a que o servidor fizer jus". Segundo o deputado Ademir Lucas, as modificações constantes do projeto são relevantes, convenientes e oportunas para educação básica de boa qualidade no Estado.

    Ainda na reunião, a comissão aprovou uma proposição que dispensa a apreciação do Plenário.

    Presenças - Deputados Elmiro Nascimento (DEM), presidente; Ademir Lucas (PSDB), vice; Inácio Franco (PV), Ivair Nogueira (PMDB), Dalmo Ribeiro Silva (PSDB) e Weliton Prado (PT).Deputados Elmiro Nascimento (DEM), presidente; Ademir Lucas (PSDB), vice; Inácio Franco (PV), Ivair Nogueira (PMDB), Dalmo Ribeiro Silva (PSDB) e Weliton Prado (PT).



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________


    Clique para conhecer ___________________________


    ___________________________


    Clique para conhecer

    ___________________________

    Clique para conhecer
    ___________________________

    Clique para conhecer ___________________________

    Clique para conhecer
    ___________________________

    Clique para conhecer

    ______________________________

    Clique para conhecer

    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________

         
     
    Clique e envie-nos 

seu e-mail