Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter Página do 

Programa João Carlos Amaral Entrevista Canal no youtube Clique e 

envie-nos seu e-mail Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter
___________________________


___________________________
Clique para conhecer
___________________________


__________________________


__________________________

__________________________


______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer
______________________________

Sinapro MG
______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer



+ Categorias

  • Todos (16281)
  • POLTICA (5929)
  • GERAL (2057)
  • ARTIGOS (285)
  • ENTREVISTAS (36)
  • ECONOMIA (3754)
  • GENTE (1210)
  • TURISMO (842)

  • + Links
    + Arquivos

    Fevereiro, 2006
    Maro, 2006
    Abril, 2006
    Maio, 2006
    Junho, 2006
    Setembro, 2006
    Julho, 2006
    Agosto, 2006
    Novembro, 2006
    Outubro, 2006
    Janeiro, 2007
    Dezembro, 2006
    Fevereiro, 2007
    Maro, 2007
    Abril, 2007
    Maio, 2007
    Outubro, 2007
    Junho, 2007
    Julho, 2007
    Agosto, 2007
    Setembro, 2007
    Dezembro, 2007
    Novembro, 2007
    Janeiro, 2008
    Maio, 2008
    Fevereiro, 2008
    Maro, 2008
    Julho, 2008
    Abril, 2008
    Junho, 2008
    Setembro, 2008
    Agosto, 2008
    Outubro, 2008
    Novembro, 2008
    Dezembro, 2008
    Janeiro, 2009
    Fevereiro, 2009
    Maro, 2009
    Abril, 2009
    Maio, 2009
    Junho, 2009
    Julho, 2009
    Agosto, 2009
    Setembro, 2009
    Outubro, 2009
    Novembro, 2009
    Dezembro, 2009
    Novembro, 2012
    Janeiro, 2010
    Fevereiro, 2010
    Maro, 2010
    Abril, 2010
    Maio, 2010
    Junho, 2010
    Julho, 2010
    Agosto, 2010
    Setembro, 2010
    Outubro, 2010
    Novembro, 2010
    Fevereiro, 2011
    Maro, 2011
    Abril, 2011
    Maio, 2011
    Junho, 2011
    Julho, 2011
    Agosto, 2011
    Setembro, 2011
    Outubro, 2011
    Novembro, 2011
    Dezembro, 2011
    Janeiro, 2012
    Fevereiro, 2012
    Maro, 2012
    Abril, 2012
    Maio, 2012
    Junho, 2012
    Julho, 2012
    Agosto, 2012
    Setembro, 2012
    Outubro, 2012
    Dezembro, 2012
    Agosto, 2015
    Janeiro, 2013
    Fevereiro, 2013
    Maro, 2013
    Abril, 2013
    Maio, 2013
    Setembro, 2015
    Junho, 2013
    Julho, 2013
    Agosto, 2013
    Setembro, 2013
    Julho, 2016
    Outubro, 2013
    Novembro, 2013
    Dezembro, 2013
    Janeiro, 2014
    Fevereiro, 2014
    Maro, 2014
    Abril, 2014
    Maio, 2014
    Junho, 2014
    Julho, 2014
    Agosto, 2014
    Setembro, 2014
    Outubro, 2014
    Novembro, 2014
    Dezembro, 2014
    Janeiro, 2015
    Fevereiro, 2015
    Maro, 2015
    Abril, 2015
    Maio, 2015
    Junho, 2015
    Julho, 2015
    Outubro, 2015
    Novembro, 2015
    Dezembro, 2015
    Janeiro, 2016
    Fevereiro, 2016
    Maro, 2016
    Abril, 2016
    Maio, 2016
    Junho, 2016
    Agosto, 2016
    Setembro, 2016
    Outubro, 2016
    Novembro, 2016
    Dezembro, 2016
    Janeiro, 2017
    Fevereiro, 2017
    Maro, 2017
    Abril, 2017
    Maio, 2017
    Junho, 2017
    Julho, 2017
    Agosto, 2017
    Setembro, 2017
    Outubro, 2017
    Novembro, 2017
    Dezembro, 2017
    Janeiro, 2018
    Fevereiro, 2018
    Maro, 2018
    Abril, 2018
    Maio, 2018
    Junho, 2018
    Julho, 2018
    Agosto, 2018
    Setembro, 2018
    Outubro, 2018
    Novembro, 2018
    Dezembro, 2018
    Janeiro, 2019
    Fevereiro, 2019
    Maro, 2019
    Abril, 2019
    Maio, 2019
    Junho, 2019



    _______________________________________________________________
    .

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 30, 2008

    Ministro das Comunicaes, senador Hlio Costa, vai nesta tera-feira, dia 1 a Ouro Preto.

                                          

    Correios inauguram sua 6000 agncia prpria

    Ministrio das Comunicaes comemora modernizao da empresa, apontada como a melhor do setor no mundo

    A inaugurao ser na cidade histrica de Ouro Preto, na prxima tera-feira (01/07), s 10h. A nova agncia fica no bairro Bauxita e oferecer aos 66 mil habitantes dezenas de servios. O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, estar presente no evento.

    "Os Correios tambm contam com servios bancrios em milhares de municpios que no tm nenhuma agncia. Ainda promovem uma srie de aes sociais, como a busca de crianas desaparecidas por meio de fotos divulgadas nos milhes de telegramas que a empresa entrega todos os anos", afirma Hlio Costa.

    O Banco Postal foi criado para trazer desenvolvimento econmico local e facilitar a vida dos brasileiros, principalmente os de baixa renda. Antes, muitos eram obrigados a se deslocar quilmetros para receber salrios, aposentadorias ou fazer pagamentos.

    A Empresa Brasileira de Correios e Telgrafos a maior instituio em  abrangncia no territrio nacional, com presena em todos os municpios do Brasil. A recente pesquisa realizada pelo Reputation Institute, de Nova York, aponta a empresa como a nmero um em servios de correios no mundo e segunda em logstica.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 30, 2008

    Mais um RESTAURANTE POPULAR. Ministro Patrus Ananias e prefeito Fernando Pimentel inaguraram Restaurante Popular em Venda Nova.

     
     

    Restaurante Popular III
    inaugurado na estao BHBus
    Venda Nova.
    O prefeito Fernando Pimentel e o ministro do Desenvolvimento Social e Combate Fome, Patrus Ananias, inauguraram o Restaurante Popular III - Maria Regina Nabuco. A terceira unidade da rede est situada na Estao BHBus Venda Nova e tem rea construda de 748 metros quadrados. As obras de implantao do Restaurante Popular III (RPIII) foram iniciadas em fevereiro do ano passado e receberam investimentos de cerca de R$ 1 milho. Os recursos vieram da Prefeitura e do Governo Federal. 
    A unidade, que gerou 45 novos empregos diretos, vai servir, inicialmente, trs mil refeies dirias. O projeto de lei que d o nome de Maria Regina Nabuco ao RPIII foi assinado pelo prefeito Fernando Pimentel durante a inaugurao. 
    Pimentel ressaltou a importncia da iniciativa para a comunidade. "Tenho um sentimento de alegria por estar inaugurando mais uma unidade de Restaurante Popular em Belo Horizonte. Alegria esta por celebrar a reafirmao de um compromisso que ns assumimos, o do anseio por realizar polticas pblicas voltadas ao combate desigualdade e busca de uma melhoria na qualidade de vida, especialmente do cidado mais carente", salientou.
    Pimentel tambm destacou a excelente localizao do RPIII e anunciou que foi implantado um validador de cartes BHBus na Estao Venda Nova. Ele permite aos usurios em trnsito pela estao almoar no restaurante e retornar plataforma de embarque e desembarque em um intervalo de 1h10, sem necessidade de pagamento de nova tarifa. "Estamos, portanto, reafirmando nosso compromisso com as polticas pblicas que construmos juntos nessa cidade. O objetivo contribuir para uma Belo Horizonte justa, solidria, fraterna e com oportunidades iguais para todos", disse. 
    De acordo com o ministro Patrus Ananias, a inaugurao do Restaurante Popular III mais um marco para a cidade. "O Ministrio e a Prefeitura devem trabalhar em conjunto na criao de projetos para superar a fome, a desnutrio, reduzindo as injustias e as desigualdades sociais, sempre em busca do objetivo maior do povo desta nao, que um Brasil mais justo, solidrio, fraterno e humano", afirmou.
    O novo restaurante conta com cozinha, despensa, refeitrio, rea de higienizao de bandejas e sanitrios. O RPIII tambm possui trs entradas, uma delas destinada a deficientes fsicos, idosos e grvidas. Os preos das refeies so os mesmos dos outros restaurantes da Prefeitura: almoo no bandejo a R$ 1 e marmitex a R$ 1,50. A unidade funciona das 10h30 s 14h, servindo, inicialmente, apenas o almoo. 
    Fotos: Divino Advncula



     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 30, 2008

    DIVINA PROVIDNCIA est sendo homenageada em Reunio Especial no plenrio da Assemblia de Minas. Acompanhe AO VIVO pela TVA.

                                                                     
                                                                    Deputado Dinis Pinheiro, PSDB, 
                                                                           autor da homenagem.

    A Assemblia Legislativa de Minas Gerais est fazendo reunio especial, agora noite, no Plenrio, para homenagear os 25 anos de fundao da Associao de Promoo Humana Divina Providncia.
    O requerimento para a homenagem foi apresentado pelo deputado Dinis Pinheiro (PSDB), 1-secretrio da ALMG, em reconhecimento ao trabalho desenvolvido pela entidade, sobretudo na formao e assistncia ao menor carente.
    A associao foi criada juridicamente em 1983, a partir de um projeto de distribuio de cestas bsicas, em uma vila do bairro Primeiro de Maio.
    Nesta poca j funcionavam h cinco anos, o Lar dos Meninos e o Lar dos Idosos, que foram assumidos pela associao, depois de sua formalizao jurdica. Essas duas entidades eram administradas pela Sociedade So Vicente de Paulo. Hoje, a organizao mantm 47 obras, entre elas o Lar e a Cidade dos Meninos, o Lar dos Idosos, a Creche Unio e os Centros de Formao Profissional. Suas atividades esto presentes em Ribeiro das Neves, Ibirit, Santa Luzia, Contagem e Belo Horizonte.
    Este ano, a associao vai formar 50 mil alunos e a meta para 2013 formar 100 mil jovens. O trabalho consiste em cursos de alfabetizao e profissionalizantes e cooperativas de trabalho. Mantida por doaes de colaboradores e padrinhos, promoo de eventos, bazares, locao de espaos, convnios e leis de incentivo fiscal, a Divina Providncia conta com espaos para teatro e cinema, biblioteca, centro de sade e quadras esportivas, geridos por centenas de funcionrios.
    Hoje as obras sociais esto congregadas no Sistema Divina Providncia de Resgate da Dignidade Humana. A homenagem ser prestada instituio, por meio de seu presidente, Jairo Siqueira de Azevedo, um dos fundadores do projeto.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 30, 2008

    O diretor-geral da ANAEEL, JERSON KELMAN vai receber a Medalha do Mrito Legislativo de Minas. Ser na prxima sexta-feira, dia 4, s 14h30m no Salo Nobre do Parlamento Mineiro. A indicao foi do deputado Alberto Pinto Coelho, presidente da Assemblia. Confira detalhes.

                                                                   

    O diretor-geral da Agncia Nacional de Energia Eltrica (Aneel), Jerson Kelman, ser homenageado pela Assemblia Legislativa de Minas Gerais. Ele receber a Medalha da Ordem do Mrito do Legislativo, nesta sexta-feira (4/7/08), s 14h30, por indicao do presidente Alberto Pinto Coelho (PP). A solenidade ser no Salo Nobre da ALMG.
    Criada em 1982, a Medalha do Mrito Legislativo distingue pessoas fsicas e jurdicas que, por seus servios ou mrito excepcional, tenham se tornado merecedoras do reconhecimento por parte da Assemblia de Minas.
    Jerson Kelman nasceu no Rio de Janeiro, em 1948. engenheiro civil e mestre em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Ph.D. em Hidrologia e Recursos Hdricos pela Colorado State University. professor de Recursos Hdricos da Coppe-UFRJ desde 1973 e Livre Docente desde 1985.
    O atual diretor-geral da Aneel foi pesquisador do Centro de Pesquisas de Energia Eltrica (Cepel) entre 1976 e 1991 e diretor de Estudos e Projetos da Fundao Superintendncia Estadual de Rios e Lagoas (Serla-RJ), de 1991 a 1996.
    Jerson Kelman foi consultor do Banco Mundial em diversos projetos no semi-rido brasileiro, de 1996 a 1999.
    Tambm participou da elaborao da Lei das guas (Lei 9.433, de 1997) e, a partir de 1999, da criao da Agncia Nacional das guas (ANA). Foi diretor-presidente da agncia desde a sua implantao, em dezembro de 2000, at janeiro de 2005.
    De 2003 a 2005, integrou o Conselho Nacional de Poltica Energtica e, desde janeiro de 2005, o Comit de Monitoramento do Setor Eltrico. curador da Fundao Brasileira de Desenvolvimento Sustentvel desde 2006.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 30, 2008

    Jornal CORREIO de Uberlndia chega aos 70.

    Os 70 anos do jornal CORREIO DE UBERLNDIA. O influente jornal do Grupo Algar, recebeu homenagem da Assemblia de Minas, atravs do deputado Luiz Humberto Carneiro, do PSDB de Uberlndia. Em nome do CORREIO falou o vice-presidente do Grupo Algar e diretor do jornal, o jovem empresrio Luiz Alexandre Garcia. As fotos VALEM POR MIL PALAVRAS. Fotos so do site www.almg.gov.br

     
     

     
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 30, 2008

    Emendas dos deputados ao oramento do governo Acio Neves para 2009. Foram apresentadas 155. A maioria da bancada do PT. O deputado Carlin Moura , do PC do B, enviou a maioria delas - 28.

    O Projeto de Lei (PL) 2.392/08, do governador, que contm as diretrizes oramentrias para 2009, recebeu 155 emendas parlamentares. O maior nmero de sugestes Lei de Diretrizes Oramentrias (LDO) foi apresentada em conjunto pela bancada do PT e pelo deputado Carlin Moura (PCdoB). Foram 28 emendas envidas Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria (FFO) da Assemblia Legislativa de Minas Gerais. Individualmente, a deputada Elisa Costa (PT) foi a que mais apresentou emendas, um total de 24. O projeto da LDO, que tramita em turno nico, precisa ser votado antes do recesso parlamentar, que comea em 19 de julho.
    O projeto estima a receita total e a despesa em R$ 39,5 bilhes, cerca de R$ 4 bilhes superior ao valor estabelecido pela Lei Oramentria de 2008 (R$ 35,5 bilhes). Esse crescimento previsto se deve, segundo o Executivo, ao crescimento anual estimado em 5% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro entre os anos de 2008 e 2011, alm de uma inflao de 4,5% ao ano. Alm disso, a proposio prev uma meta de supervit primrio de 0,05% do PIB nacional em 2009. A principal fonte de arrecadao tributria ser o ICMS (R$ 23,1 bilhes), com um crescimento previsto de 16,8% em relao a 2008.
    Est previsto no projeto que a receita primria do Estado dever situar-se em torno de 1,20% do PIB em 2009. Para alcanar a meta estabelecida, o Estado dever buscar eficincia na explorao adequada dos recursos arrecadados, em especial do ICMS.
    A receita total estimada pelo projeto - R$ 39,5 bilhes - est dividida entre receitas correntes (R$ 37,7 bilhes), que incluem as receitas tributrias, as receitas de contribuies sociais e patrimonial, as transferncias, entre outras; e as receitas de capital (R$ 1,8 bilho), que incluem operaes de crdito, amortizaes de emprstimos e alienaes de bens, entre outros.
    A tramitao do projeto da LDO comeou no dia 20 de maio, com o recebimento da mensagem em Plenrio. No dia 26 daquele ms, a proposio foi recebida pela Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria e em seguida distribudo, em avulso, aos deputados e s comisses permanentes relacionadas matria. Pelo Regimento Interno da ALMG, a FFO tem 60 dias para emitir seu parecer.
    Da discusso e votao do parecer nessa comisso podem participar, com direito a voz e voto, dois membros de cada uma das comisses permanentes s quais tenha sido distribudo o projeto.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 29, 2008

    O nver de RIS CHAVES movimentou a noite de sbado de inverno na sofisticada Pampulha, aqui em BH. O casal - mdico Eduardo Janoti/ e a bela ris Chaves - recebeu em alto estilo na maravilhosa residncia deles na rua das Palmeiras, 550 - bairro So Luiz. Janoti, filiado ao PTB recebeu o presidente nacional do partido Roberto Jefferson, o presidente estadual, deputado Dilzon Melo, o deputado estadual Braulio Braz, a vereadora do PTB de BH Elaine Matozinhos e a direo do PTB em BH, que vai apoiar a candidatura de Mrcio Lacerda do PSB/PT Prefeitura de BH. REGISTREI ainda na recepo o casal Paulo Csar de Oliveira/Luza; Ernane de Castro/Vanda; Renato Cobucci/Vanessa. ALM de Salvador Ohana e esposa; Ricardo Arcuri e esposa; Manoel Macedo/Carminha; Ramayana e esposa; Fernando Joly; o ex-prefeito de Contagem, PauloMatos, que deve ser o candidato do PTB a prefeito; Ricardo Accio; Fernando Pacheco; Walter Navarro e Raquel Faria do jornal o Tempo; Joo Salgado do jornal da Savassi e Joana... Parabns a ris pelo aniversrio. Buffet correto e delicioso, conversas polticas animadas - no ser surpresa se o marido de ris,omdico EDUARDO JANOTI, sair candidato a DEPUTADO FEDERAL pelo PTB em 2010 - furo que dou aqui no nosso BLOG em primeirssima mo. EM TEMPO: o coq e o jantar na casa de ris/Eduardo Janoti foram emoldurados pela rica e bela coleo de arte de Eduardo Janoti que reune esculturas e pinturas dos mais renomados artistas do Brasil e exterior. Fica o registro!


    Foto- jornal O Tempo. O simptico casal ris Chaves/Eduardo Janoti.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 29, 2008

    Sucesso em Juiz de Fora. Vale conferir as notcias do PAINEL da Tribuna de Minas do meu amigo o empresrio-mdicoe filsofo Juracy Neves - e editada eplo outroamigo meu, o jornalista Paulo Csar Magela - o famoso PC.



    O prefeito Jos Eduardo Arajo surpreendeu a platia, durante evento na Fiemg, na noite de sexta-feira, ao dizer, em discurso, que a partir do dia 1 de julho vai renegociar com o Banco Ita a folha de pagamento da Prefeitura, assumida pela instituio na gesto do ex-prefeito Alberto Bejani.

    "Vamos conversar, mas se eles no aceitarem nossos termos, no terei dvida em abrir um novo processo licitatrio", advertiu. Fez a mesma observao em relao s empresas de nibus. Vai convidar os dirigentes da Astransp para uma conversa e dizer-lhes que considera justa a atual tarifa de R$ 1,55, mas vai querer novos investimentos.
    O prefeito encerrou a solenidade em que a Fiemg Regional entregou medalhas do mrito e trofus a entidades e personalidades nas celebraes de seus 82 anos.

    Como magistrado
    O prefeito de Juiz de Fora, Jos Eduardo Arajo, a despeito do longo elogio ao ex-prefeito Tarcsio Delgado, com quem trabalhou no perodo de instalao dos Centros Regionais, disse que pretende agir como magistrado no primeiro turno das eleies deste ano.
    Ele, no entanto, era um dos convidados mais festejados, ontem, na conveno do PSDB. Mas garantiu que, se convidado, visitar tambm os eventos de outros partidos.

    Vice de Tarcsio



    Luiz Sorano,
    o vice de Tarcsio

    O empresrio Luiz Sorano ser o candidato a vice na chapa do ex-prefeito Tarcsio Delgado. O martelo s foi batido ontem pela manh.
    Na sexta-feira, durante evento da Fiemg, eles ficaram lado a lado e tiveram chances de uma longa conversa. Na ocasio, Sorano s confirmava a sua desistncia de ser o candidato a prefeito pelo PHS.
    No sbado, apesar de algumas articulaes para desmobilizar o projeto, o martelo foi batido.

    Ficou para depois



    O PSDB fez conveno, confirmou o deputado Custdio Mattos como cabea de chapa, mas ainda no definiu o nome do vice. Foi um dia de intensas conversaes que prosseguiram at a noite, com a chegada do deputado Sebastio Helvcio, principal liderana do PDT.
    O teor das discusses desconhecido, mas ficou acertado que outra rodada de negociao deve ser feita hoje. O PPS quer indicar o advogado Joo Vitor Garcia, enquanto o PDT tem o vereador Eduardo de Freitas como sua opo.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 29, 2008

    Em homenagem aos polticos que tm hoje a penltima chance de escolher seus candidatos a prefeito e/ou vereador a est O COLRIO deste domingo. Vem do arquivo de belas do Csar Romero da Tribuna de JF.


    Taymara Corra na noite do Privilge

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 29, 2008

    POLTICA em Juiz de Fora by Csar Romero.


    Em recente festa na Casamarella, no
    Novo Horizonte, o deputado Mrio Heringer,
    o vereador Isauro Calais, o deputado Custdio Mattos
    com o filho (e vereador) Rodrigo Mattos, o deputado Lafayette
    Andrada e o vereador Bruno Siqueira

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 29, 2008

    O PV no ter candidato a prefeito de. Vai apoiar o empresrio Mrcio Lacerda - candidato que ser hoje, domingo, seu nome homologado na Conveno do PSB, na Assemblia Legislativa de Minas.

     
          A chapa Roberto Carvalho, vice,
         e Mrcio Lacerda, candidato a prefeito 
            ganha mais um aliado: o PV.
            Com apoio informal dos tucanos.

    foto arquivo.

    O grupo que queria ver Dlio na cabea de chapa
    como candidato a prefeito a prefeito de BH
     pelo PV - foi voto vencido.

    Nem Dlio Malheiros, nem Ronaldo Vasconcelos e muito menos Antonio Roberto. O PV vai mesmo  Mrcio Lacerda o candidato de Pimentel e Acio.
    A deciso foi ontem noite na Conveno dos verdes na Cmara Municipal.
    A deciso saiu da executiva depois de umlonga discusso portas fechadas. Eram quase 11 da noite, quando recebemos uma ligao do candidato a vereador do PV, Z Aparecido Ribeiro. nos passando, em primeira mo, o resultado da conveno do PV.







    Comentrios

    #1. Jose Aparecido Ribeiro
    Joo

    A Conveno soberana e a sua deciso est tomada, vamos luta para tentar colocar as nossas idias agora nas mos do Candidato Mrcio Lacerda, sobretudo aquelas que mostram os 146 pontos de BH que precisam de intervenes URGENTES para ontem e aquelas que mostram os gargalos do transporte coletivo, que temos, insistentemente falado, como soluo para o caos que a cidade vive nestes dois pontos.
    Nosso projeto para a Cidade de Belo Horizonte possui, alm dos dois comentados, mais 33 pontos importantes e que poucos ou quase nenhum poltico falou at hoje, fruto, como vc bem sabe, de estudos de 20 anos da nossa parte, e que esto disposio do Candidato escolhido pelo PV.
    Quero no entanto ressaltar o posicionamento do nosso colega Dlio Malheiros, que foi aplaudido de p por todos que estavam na Camara Municipal ontem noite. Ele manteve seu posicionamento do incio ao fim, demonstrando CARATER E coerencia nas suas propostas. Dlio um grande Poltico, daqueles raros hoje em dia. Merece nosso respeito, apoio e ouvidos atentos sempre. Quem sabe pode ser ele o CANDIDATO DO PV PARA O GOVERNO DE MINAS EM 2010?
    Um abrao
    Jos Aparecido Ribeiro


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 28, 2008

    O COLRIO deste sbado do portflio do meu amigo, Csar Romero,da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    Tamiris Montese na balada da W 100


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 27, 2008

    GUSTAVO VALADARES para prefeito. E PACHECO vice. O Democratas faz conveno agora noite no pelnrio da Assemblia de Minas. Vai lanar como candidato a prefeito o deputado Gustavo Valadares - filho do presidente do Atltico, Ziza Valadares. A conveno pode ser acompanhada AO VIVO pela TVA. Ligue no canal 11 na NET. No interior, pelo UHF. Ou pela internet: www.almg.gov.br

                   
                     

    A conveno vai de 19h s 22 horas. O Democratas de BH vai lanar, alm do nome do depuitado estadual, Gustavo Valadares para disputar a Prefeitura da capital, o nome do professor Pacheco para companheiro de chapa. A chapa de vereadores ter 54 nomes - sendo 43 homens e 11 mulheres.
     nmero mximo permitido pela Justia Eleitoral - cada partido, se no houver coligao, pode lanar uma vez e meia o nmero de cadeiras da Cmara - so quarenta e uma.
    O clima de festa no plenrio da Assemblia Mineira. Bales nas cores azul, berde e branco enfeitam o plenrio.
    Um ploter com a foto do deputado Gustavo Valadares ocupa a parede de mrmore negro, atrs da mesa dos trabalhos do plenrio JK. Ligue a na TVA e confira!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 27, 2008

    30 ANOS!!! Hoje, aniversrio de criao de um dos mais competentes escritrios de advocacia de Juiz de Fora. O JOS LCIO FERNANDES Advogados Associados comeora nesta sexta-feira, em grande estilo, sua vitoriosa trajetria profissional. A Festana ser s 20 horas, na Estao So Pedro. Agradeo o honroso convite do meu amigo Z Lcio, grande figura humana e excelente advogado. Estou daqui de BH aplaudindo o sucesso do escritrio do Z Lcio.

    A solenidade de comemorao
    dos 30 anos do Escritrio de Advocacia
    Jos Fernandes Advogados Associados comea s 20 horas.
     O coquetel ser com a apresentao da Orquestra de Jazz do Pr-Msica
    e Bossa Quatro com o maestro Slvio Gomes.Desejo sucesso!!!

    Foto arquivo do nosso BLOG

    JCA, o churrasqueiro gacho Osmar Kirchiner - primo do ex-presidente da Argentina,
    Nestor Kirshiner - ele fez um costela ao bafo
    na Granja do Z Lcio na Represa Joo Penido em JF;
     o advogado Carlos Alberto Penna, consultor da ONU
    e o advogado Z Lcio Fernandes,
    o gande anfitrio desta noite na Estao So Pedro
    em Juiz de Fora nas comemoraes
    dos 30 anos do Escritrio Jos Lcio & Advogados Associados.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 27, 2008

    Casrio amanh sbado em Juiz de Fora movimenta a sociedade na Estao So Pedro. Infelizmente no poderei comparecer - por motivo poltico, ou seja, estou cobrindo as convenes partidrias, aqui em BH, e ministrando meu media trainning "Socorro, Estou na TV" para um candidato a vereador Cmara de BH. Mas envio meus votos de felicidades aos noivos Renata e Leo e a seus pais.

    Os noivos, RENATA e LEONARDO, vo se casar s 20 horas na Estao So Pedro - rua Jos Loureno Schuter, 450, no bairro So Pedro - onde os noivos vo receber os cumprimentos. Renata filha do meus amigos,os jornalistas Luiz Alberto Cac Guilhermino e Mal.
    O noivo, Leonardo, filho de Ilza Conceio Maurcio e Fernando Teixeira Grossi. 


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 26, 2008

    PORTUGAL e TAP esto sendo homenageados neste momento no plenrio da Assemblia Legislativa de Minas. O Embaixador portugs Fransciso Seixas est presente na Reunio Especial. O requerimento do deputado Vanderlei Miranda, do PMDB. Ligue na TVA e acompanhe ( www.almg.gov.br)

                                            
                                           Francisco Seixas, embaixador de Portugal no Brasil, 
                                            est presente no plenrio da Assemblia de Minas
                                                        na homenagem a Portugal e a TAP.

    A Assemblia Legislativa de Minas Gerais est, neste momento (so 21h40m)(26/6/08), s 20 Reunio Especial em homenagem a Portugal. O evento, solicitado pelo deputado Vanderlei Miranda (PMDB), tem como objetivo comemorar os 200 anos da chegada da Famlia Real Portuguesa ao Brasil e da abertura dos portos brasileiros ao comrcio internacional e ainda a inaugurao, pela TAP, da linha area entre Belo Horizonte e Lisboa.
    O deputado ressaltou a importncia do marco histrico para o desenvolvimento econmico e industrial do Brasil. De acordo com ele, a chegada da famlia real e a abertura dos portos brasileiros possibilitaram a evoluo das atividades de comrcio internacional no Pas. O parlamentar destacou, ainda, que o trabalho realizado pela TAP favorece o turismo entre as duas cidades.
    Data histrica - A abertura dos portos ao comrcio com as naes amigas de Portugal foi promulgada pelo prncipe regente Dom Joo VI, em 28 de janeiro de 1808, na cidade de Salvador. O decreto foi a primeira Carta Rgia publicada por ele, quatro dias aps a chegada da Famlia Real Portuguesa ao Brasil Colnia.
    Pioneirismo - A companhia area portuguesa TAP foi fundada em 1945. De acordo com o site da empresa, ela foi a primeira companhia europia a operar exclusivamente com avies a jato e tambm a primeira empresa a oferecer um vo direto entre Belo Horizonte e Lisboa. Hoje, a companhia atua em 27 pases na frica, Europa, Amrica do Norte e Amrica do Sul. A TAP se destaca ainda como a transportadora europia lder de viagens para o Brasil.
    A homenagem est sendo realizada no Plenrio da ALMG e conta com a participao do embaixador de Portugal no Brasil, Francisco Seixas da Costa, e do diretor geral da TAP Brasil e Argentina, Mrio Carvalho, que receberam  uma placa comemorativa. A solenidade ainda tem  a apresentao musical do Coral Luis Cames, de um grupo de danas regionais portuguesas e uma exposio no Salo Nobre, durante o evento, sobre o nascimento do padre Antnio Vieira, que se destacou como missionrio no perodo colonial.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 26, 2008

    TRANSPORTE URBANO na capital. Zona Sul de BH ter vai ganhar linha de nibus diferenciada. O assunto foi discutido nesta quinta-feira nas Comisses de Transporte e de Participao Popular da Assemblia de Minas.

                              

    A implantao de uma linha de nibus de embarque elevado entre a Praa Sete e o Shopping Belvedere foi um dos novos projetos citados na reunio conjunta realizada pela Assemblia Legislativa de Minas Gerais, nesta quinta-feira (26/6/08), para discutir solues para o transporte coletivo em Belo Horizonte. Requerida pelo deputado Eros Biondini (PHS), a audincia reuniu os deputados das comisses de Participao Popular e de Transporte, Comunicao e Obras Pblicas.
    A criao da linha diferenciada na Zona Sul foi citada pelo coordenador de Projetos Especiais da BHTrans, Clio Freitas, que tambm relatou outros projetos planejados pela Prefeitura de Belo Horizonte, tais como a criao de uma via circular intermediria entre o Anel Rodovirio e a avenida do Contorno; e a implantao de um Sistema Inteligente de Transporte com monitoramento da frota por GPS.
    Segundo ele, outros projetos esto previstos no mbito do Viurbes, sistema de planejamento do transporte na Capital.
    O modelo de embarque elevado para nibus ganhou destaque e prestgio no Brasil com a experincia de Curitiba, no Paran. O sistema cria faixas exclusivas para nibus no centro das avenidas, de forma que o embarque acontea a partir de plataformas construdas nos canteiros centrais.
    A passagem debitada quando o passageiro entra na plataforma, o que agiliza o embarque, feito pelo lado esquerdo do nibus. A linha da Zona Sul percorrer as avenidas Joo Pinheiro, Cristvo Colombo e Nossa Senhora do Carmo, e dever ser implantada at o final de 2009.
    Modelo semelhante j est em implantao na avenida Antnio Carlos, mas Clio Freitas advertiu que o sistema no pode ser considerado a soluo definitiva para os problemas do trnsito em Belo Horizonte.
    "Quando Curitiba implantou, tinha 500 mil habitantes. um modelo de mdia capacidade. Com o volume de trnsito que temos, nossa situao depende do metr", afirmou Freitas. A criao da "nova Contorno", por meio da interligao de vias intermedirias entre essa avenida e o Anel Rodovirio, tambm est prevista para acontecer at 2009. J o sistema Inteligente de Transporte prev que todos os coletivos sero monitorados por GPS, e tero um "boto de pnico" para comunicar pane mecnica, acidentes ou assaltos.
    Com isso, ser possvel determinar rapidamente a providncia necessria, assim como transmitir a todos os usurios, por telefone celular, a previso de chegada de nibus em um ponto especfico. O sistema, segundo Freitas, dever estar plenamente implantado em trs anos.
    Licitao tem novas regras
    Como vencem este ano os contratos da Prefeitura de Belo Horizonte com as empresas de transporte coletivo, nova licitao j est em andamento, para um perodo de 20 anos. O fato foi questionado pelo deputado Joo Leite (PSDB). "Hoje h uma desorganizao total do sistema coletivo. H um nmero excessivo de linhas que passam pelo centro.
    Vamos continuar com este modelo por mais 20 anos?", questionou o parlamentar. Clio Freitas admitiu que hoje metade das linhas passam pelo centro, e concordou com o deputado que algo excessivo, mas afirmou que o novo edital ir valorizar as empresas que criarem linhas alternativas, que evitem a regio central. Outro requisito que o tempo mximo entre as viagens, aos domingos, seja de 30 minutos.
    A assessora tcnica do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte, Clia Macieira, destacou que, com os novos contratos, as empresas tambm comearo a participar do planejamento e no apenas da execuo do sistema de transporte. "Elas vo assumir essa responsabilidade pelo planejamento.
    No basta disponibilizar nibus", afirmou. Ela cobrou uma poltica pblica de valorizao do transporte coletivo, com criao de corredores exclusivos e reduo da carga tributria para o leo diesel. "Hoje, o preo do leo diesel aumenta mais que o da gasolina", questionou.
    Uma preocupao demonstrada pelo deputado Eros Biondini foi relativa segurana. Ele citou dados da Secretaria de Estado de Defesa Social que indicam um aumento de 32% no nmero de assaltos a nibus de 2006 para 2007. Sobre essa questo, Freitas disse que o monitoramento por GPS poder contribuir para uma melhora.
    Com relao ao transporte coletivo da Regio Metropolitana de Belo Horizonte, que gerido pelo Estado, uma licitao foi realizada no final de 2007. De acordo com a tcnica do Sindicato de Empresas de Transporte de Passageiros Metropolitano, Mnica Gomes, os novos contratos tambm apresentariam vantagens. Est em fase de testes a implantao da bilhetagem eletrnica, que j existe na capital.
    At 2010, 30% dos veculos sero adaptados para portadores de necessidades especiais.

                                    O representante da Associao Brasileira da Indstria de Hotis
                                    e Presidente da ONG SOS Multas Abusivas, Jos Aparecido Ribeiro
                                         estudioso dos assuntos da cidade -  queixou-se da qualidade
                                                        dos veculos usados no transporte coletivo 
                                                        e sugeriu que uma comisso de deputados
                                                        v ao centro de Belo Horizonte, s 18h30, 
                                                        para experimentar e checar pessoalmente
                                                                     as condies do servio.

    O deputado Eros Biondini, que presidiu a reunio, afirmou que h inteno dos deputados de checar o transporte na Capital, tanto o servio de nibus quanto o trem urbano.
    Presenas - Deputados Eros Biondini (PHS), vice-presidente da Comisso de Participao Popular; Gustavo Valadares (DEM), presidente da Comisso de Transporte; Carlin Moura (PCdoB), Joo Leite (PSDB) e Weliton Prado (PT); alm das autoridades citadas na matria.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 26, 2008

    Leo do Bonfim, chega aos 100 anos. O VILA NOVA - de Nova Lima - recebeu hoje homenagem do Parlamento Mineiro hiomenagem especial pelos seus 100 anos. O requerimento para a homenagem foi do deputado Roberto Carvalho, do PT, e aprovado pela plenrio.

           




    Os cem anos do Villa Nova Atltico Clube, celebrados em 2008, foro comemorados pela Assemblia Legislativa de Minas Gerais nesta quinta-feira (26/6/08), s 14 horas, no Plenrio.
    O clube foi fundado em 28 de junho de 1908 por trabalhadores da mineradora Saint John Del Rey Mining Company Limited e a segunda equipe mais antiga de Minas Gerais em atividade, sendo superada apenas pelo Clube Atltico Mineiro, trs meses mais velho.
    A Reunio Especial foi requerida pelo 3-vice-presidente da ALMG, deputado Roberto Carvalho (PT).
    O nome do time surgiu a partir de uma homenagem de seus fundadores ao municpio de Nova Lima, que, naquela poca, chamava-se Villa Nova de Lima - e, por isso, foi mantida a grafia com as duas letras "ele".
    Para o deputado Roberto Carvalho, homenagear a equipe lembrar a importncia da populao de Nova Lima. "O Leo do Bonfim representa toda a garra de um povo que retira das entranhas de suas montanhas a fora para construir um futuro cada vez melhor", ressaltou o parlamentar.
    Ttulos - O Villa Nova foi o primeiro time de Minas a conquistar o tricampeonato mineiro na era profissional, de 1933 a 35.
    Entre os 22 ttulos j conquistados pela equipe, est tambm o Supercampeonato Mineiro, em 1951, e o Campeonato Brasileiro da Segunda Diviso, em 1971.
    Na Taa Minas Gerais, o time tambm chegou ao primeiro lugar por duas vezes, em 1977 e 2006. Alm disso, foi tetracampeo Mineiro do Interior nos anos de 1996 a 1999.
    O mascote do time, "Leo do Bonfim", foi criado na dcada de 40 pelo chargista Fernando Pierucetti, o Mangabeira, do extinto jornal Folha da Manh, de Belo Horizonte.
    De acordo com o site do Villa Nova, o leo simboliza a potncia do time, a raa dos jogadores e o destemor dos torcedores alvirrubros, alm da influncia dos ingleses sobre o clube - o animal smbolo daquele pas.
    J o Bonfim uma referncia ao bairro da cidade que sedia o Estdio Castor Cifuentes.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 26, 2008

    Hospital da Baleia, em BH. O ministro das Comunicaes, senador Hlio Costa, apresentou emenda no senado, atravs de seu suplente, senador Wellington Salgado, garantindo meio milho de reais para o Hospital - beneficiando cerca de 40 mil pecientes por ms de toda Minas Gerais.

                                    

    Hospital da Baleia
     recebe novos recursos
    e amplia atendimento

     

    Ministro Hlio Costa assegura R$ 500 mil
    para compra de equipamentos e material mdico

    O Hospital da Baleia um dos mais tradicionais de Belo Horizonte e atende mais de 40 mil pacientes por ms de todo o Estado de Minas Gerais, sendo 94% pelo SUS (Sistema nico de Sade).
    o segundo hospital da capital mineira em atendimento de famlias carentes, principalmente da comunidade mais prxima, o Aglomerado da Serra.
    So 251 leitos destinados ao SUS, com 35 especialidades, sendo referncia em oncologia, ortopedia, neurocirurgia, nefrologia e infectologia, e em procedimentos de alta complexidade.
    A emenda liberando os recursos foi apresentada pelo ministro das Comunicaes e Senador, Hlio Costa, atravs de emenda individual de seu suplente Wellington Salgado. O dinheiro foi destinado Fundao Benjamin Guimares, mantenedora do hospital.
    "O hospital s consegue atender a populao de baixa renda se assegurar um mnimo de recursos todos os anos.
    E para que esse atendimento seja de qualidade preciso melhorar frequentemente o seu parque tecnolgico", disse Hlio Costa, lembrando a importncia de priorizar as emendas individuais para as reas da educao e sade.
    A verba foi empenhada pelo Fundo Nacional de Sade, rgo do Ministrio da Sade, no dia 20 de junho, e ser utilizada para equipar a sala de cirurgia, a sala de exames, implantar o sistema de digitalizao de imagens radiogrficas, e adquirir uma lavadora para esterilizao.

    O Hospital da Baleia um dos mais tradicionais de Belo Horizonte e atende mais de 40 mil pacientes por ms de todo o Estado de Minas Gerais, sendo 94% pelo SUS (Sistema nico de Sade).
    o segundo hospital da capital mineira em atendimento de famlias carentes, principalmente da comunidade mais prxima, o Aglomerado da Serra.
    So 251 leitos destinados ao SUS, com 35 especialidades, sendo referncia em oncologia, ortopedia, neurocirurgia, nefrologia e infectologia, e em procedimentos de alta complexidade.
    A emenda liberando os recursos foi apresentada pelo ministro das Comunicaes e Senador, Hlio Costa, atravs de emenda individual de seu suplente Wellington Salgado. O dinheiro foi destinado Fundao Benjamin Guimares, mantenedora do hospital.
    "O hospital s consegue atender a populao de baixa renda se assegurar um mnimo de recursos todos os anos.
    E para que esse atendimento seja de qualidade preciso melhorar frequentemente o seu parque tecnolgico", disse Hlio Costa, lembrando a importncia de priorizar as emendas individuais para as reas da educao e sade.
    A verba foi empenhada pelo Fundo Nacional de Sade, rgo do Ministrio da Sade, no dia 20 de junho, e ser utilizada para equipar a sala de cirurgia, a sala de exames, implantar o sistema de digitalizao de imagens radiogrficas, e adquirir uma lavadora para esterilizao.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 26, 2008

    A VEZ DO INTERIOR. Informao vem site www.mg.gov.br * Anel rodovirio de Januria ser inaugurado amanh, sexta-feira. Investimento de 6 milhes e 100 mil reais. 62 mil pessoas sero beneficiadas, segundo o governo de Minas.









    Governo de Minas
    inaugura anel rodovirio
    em Januria

     









       

    Divulgao

    O Governo de Minas inaugura nesta sexta-feira (27) em Januria, no Norte do Estado, o novo anel rodovirio que interliga as rodovias de acesso ao municpio, MGT-479 e BR-135. Foram investidos, numa extenso de 10 quilmetros, R$ 6,1 milhes, recursos do projeto estruturador Minas Avana, beneficiando cerca de 62 mil pessoas. 


    De acordo com o prefeito de Januria, Joo Ferreira Lima, o novo anel muito importante, pois vai retirar o trfego de longa distncia do permetro urbano; com isto teremos mais segurana e agilidade no trnsito da cidade, melhorando a qualidade de vida da populao, destacou.
    Minas Gerais vive uma nova realidade com a realizao de obras relevantes em muitos municpios. Devemos nos lembrar do rduo trabalho desenvolvido no incio deste governo para equilibramos as contas do Estado e, assim, possibilitarmos este momento de amplo investimento em todas as reas, ressaltou o secretrio de Transportes e Obras Pblicas, Fuad Noman.
    Programa Minas Avana
    O Governo de Minas j investiu R$ 219 milhes, recursos do Tesouro do Estado, no Minas Avana. Cerca de 90% dos projetos j foram concludos. At o momento, a contrapartida dos municpios chega a R$ 25,5 milhes.  Dos 55 projetos iniciados em vrias regies do Estado, 50 foram concludos. Esto em andamento outras cinco obras, com previso de trmino em julho de 2008.
    O Minas Avana realiza obras para melhoria da infra-estrutura urbana nas reas de educao, sade, transporte, saneamento bsico e segurana. As obras beneficiaro diretamente, 6,2 milhes de pessoas nas cidades-plo do Estado.
    Uma caracterstica do programa a definio dos projetos em parceria com as prefeituras. As obras de pavimentao de vias, implantao de avenidas e anis virios, centros de convenes, centros administrativos, terminais rodovirios, ginsios e quadras poliesportivas, canalizao de crregos, ampliao e reformas de hospitais, so antigos anseios da populao.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 26, 2008

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. O deputado sargento Rodrigues, do PDT, ocupou a tribuna durante o pinga fogo, para fazer campanha contra o que ele chama de "Indstria das Multas" da BHTRANS na capital.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 26, 2008

    Comisso de Defesa do Consumidor ouve BHTRANS sobre aplicao de multas nos kotoristas da capital. A representante da BHTRANS negou que exista uma "indstria de multas" na cidade. Deputados questionaram os radares escondidos e placas mal sinalizadas que - segundo eles - induzem os motoristas a cometer infrao.

    Se o nmero de multas aplicadas nos motoristas belo-horizontinos alto, porque grande a ocorrncia de infraes na cidade.
    oi o que afirmou Jussara Belavinha, diretora da BHTrans, empresa que gerencia o trnsito na cidade, em reunio da Comisso de Defesa do Consumidor e do Contribuinte sobre o assunto, hoje (26). A diretora negou veementemente que exista uma indstria de multas na Capital e justificou dizendo que os agentes aplicam em mdia, por dia, apenas duas multas.
    Os deputados presentes questionaram, entre outros pontos, o funcionamento de radares escondidos e a existncia de placas mal sinalizadas, que acabam induzindo os motoristas ao cometimento da infrao.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 25, 2008

    "De Volta Fazenda da Borda do Campo". O livro de dona Marina Andrada foi lanado durante concorrido coquetel no Hotel Grogot em Barbacena. No pude comparecer. Mas aqui, atravs da cobertura do nosso amigo, o culunista Idiando Borges, do barbacenaonline, presto uma homenagem especial famlia Andrada. Meu bisav paterno - Martiniano de Oliveira - frequentava as missas de domingo na capela da Borda do Campo, junto com o pai do dr. Zezinho Bonifcio - do mesmo nome - na dcada de 20. A missa s comeava quando o patriarca Matiniano chega com os filhos, entre eles, meu av, Tertulino Rodrigues de Oliveira - como nos contou recentemente o deputado federal Bonifcio Andrada, o Andradinha. Fica o registro!












    O prefeito Martim Andrada, Marina e o deputado Bonifcio Andrada.

    Marina Maria, que Lafayette de Andrada Ibrahim, no brincou em servio. Dedicou memria dos antepassados, mais de um ano de pesquisas na elaborao do livro, editado pela Grfica Cidade de Barbacena com o ttulo de "De Volta Fazenda da Borda do Campo".
    O lanamento, na noite do dia 13, teve como cenrio, o Hotel Senac Grogot e uma organizao impecvel de Sheila Doumith.
    Rosas em tons degrad para receber a sociedade de Barbacena, os Andradas e os Orlans e Bragana.













    Marina e as amigas: Da Sad Savassi, Eliane Savassi Fonseca e
    Vera Allevato Sad e Lucy Berenguer











    As Andradas: Luciana, Ftima e Paula









                                                            
                                           Ondina Couto Andrada e Maria Eugnia Tollendal


                                                       






                                   O empresrio Gino Calvi (Leia-se Ginos Il Candelabro)
                                                       e sua filha Marilda Calvi Barros.


    O conselheiro do TConta de Minas, Toninho Andrada
    e o colunista do jornal O TEMPO de BH, Elder Mertinho.









                                                                         Fabiana Fortini
                                                      e Maria da Glria de Castro Pereira
                                                                             a Gogia.







                                                 

     Deputado Lafayette de Andrada
     e Maria Antnia Andrada Serpa




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 25, 2008

    Morte de dona Ruth Cardoso. Assemblia de Minas fez 1 minuto de silncio em memria da ex-primeira dama, a antroploga dona Ruth Cardoso, que ser enterrada na quinta-feira, em So Paulo. Ns tambm lamentamos a morte de uma das maiores personalidades do Pas na rea social.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 25, 2008

    A est O COLRIO desta quarta-feira. Vem da coluna do Csar Romero da tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    Raquel Delage na fervilhante
    noite do Privilge

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 25, 2008

    Aprovado reajuste para funcionrios da sade. Projeto do governador Acio Neves foi aprovado em segundo turno.

    O Plenrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais aprovou, na Reunio Extraordinria da manh desta quarta-feira (25/6/08), o Projeto de Lei (PL) 1.973/07, do governador.
    O projeto reajusta o vencimento bsico das carreiras do Grupo de Atividades da Sade, retroativamente a 1/1/08 e com percentuais diferenciados, conforme o nvel de escolaridade, e muda regras da jornada de trabalho, entre outros pontos.
    O projeto foi aprovado na forma do substitutivo n 1, apresentado pela Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria ao vencido (aprovado) no 1 turno.
    O PL 1.973 muda as Leis 15.462 e 15.786, de 2005, e a Lei Delegada 175, de 2007, atingindo servidores da Secretaria de Estado de Sade (SES), da Fundao Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig), da Fundao Ezequiel Dias (Funed), da Fundao Centro de Hematologia e Hemoterapia (Hemominas) e da Escola de Sade Pblica (ESP).
    Os reajustes tm percentuais como 8%, para Auxiliar de Apoio Gesto e Ateno Sade (carga horria de 30 horas semanais e nveis de escolaridade fundamental, mdio ou fundamental incompleto) e 42,86% para Especialista em Polticas de Gesto de Sade (carga horria de 40 horas e nvel superior de escolaridade, com ps-graduao).
    Para quem recebe a Vantagem Temporria Incorporvel (VTI), do seu valor ser deduzido, no todo ou em parte, o acrscimo ao vencimento bsico decorrente do reajuste, nos termos do artigo 3 da Lei 15.787, de 2005, que instituiu a vantagem.
    O projeto tambm estabelece o aumento facultativo da carga horria, de 30 para 40 horas semanais, com maior remunerao, para os auxiliares de enfermagem dos hospitais da Fhemig; e extingue cargos e cria carreiras nas instituies.
    No quadro da Fhemig, ficam extintos 590 cargos da carreira de analista de Gesto e Assistncia Sade e 1.135 cargos da carreira de tcnico operacional de Sade.
    O PL 1.973 regulariza a jornada de trabalho dos mdicos designados para funes gratificadas na Funed, Fhemig e Hemominas e inclui as funes de chefia e superviso no rol de atribuies das funes gratificadas hospitalares da Fhemig.
    Tambm cria as carreiras de tcnico em Educao e Pesquisa em Sade e analista em Educao e Pesquisa em Sade, destinadas ESP. Na sua tramitao de 1 turno, o projeto recebeu mudanas para aperfeioar a tcnica legislativa e corrigir erros materiais. No 2 turno, recebeu novo substitutivo, que incorporou dez emendas encaminhadas do governador.
    Substitutivo - A criao da Superintendncia de Gesto de Pessoas e Educao em Sade, que absorver competncias da Assessoria de Gesto Regional e da Superintendncia de Gesto da SES; a possibilidade de o servidor em exerccio no cargo de Secretrio de Escola optar pela remunerao de seu cargo efetivo, acrescida de 30% do vencimento do referido cargo de provimento em comisso;
    e as hipteses de ampliao de jornada para servidores da Fhemig, de 16 para 40 horas semanais, e de 12 para 20 horas semanais foram algumas das mudanas trazidas pelo substitutivo aprovado em 2 turno.
    A regularizao do pagamento do Adicional de Dedicao Integral no perodo entre a publicao da Lei 17.351, de 2008, e sua respectiva regulamentao; a extenso do direito de abono de servios de emergncia aos servidores da Fhemig que exercem funes de Farmacutico ou Tcnico de Farmcia e aos Auxiliares de Apoio de Sade, hoje lotados nos servios de urgncia e no CTI do Hospital Joo XXIII, so outras das mudanas aprovadas.
    O substitutivo aprovado amplia o quantitativo de cargos de provimento efetivo da carreira de Analista em Educao e Pesquisa em Sade, da ESP-MG, mediante reduo proporcional de cargos vagos da carreira de Especialista em Polticas e Gesto de Sade, e amplia o percentual de reajuste proposto para o vencimento bsico dos cargos de nveis fundamental e intermedirio da carreira de Profissional de Enfermagem, devido a acordo celebrado com os servidores.
    Traz, ainda, dispositivo que diz respeito situao de servidores transferidos da SES e da Funed para a Fhemig, no perodo entre 1990 e 1992, posicionando-os em cargo ou funo da Fhemig correspondente s atribuies por eles exercidas.
    Homenagem - No incio da reunio, o Plenrio fez um minuto de silncio em homenagem a ex-primeira dama Ruth Cardoso, que morreu nesta tera-feira (24).




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 24, 2008

    INDSTRIA DA MULTA EM BH. Assunto polmico ser discutido na Comisso de Defesa do Consumidor. Quinta-feira, dia 26, na Assemblia Legislativa de Minas. Confira detalhes na matria do site www.almg.gov.br


    Deputado Dlio Malheiros,
    presidente da Comisso de Defesa do Consumidor
    e do Contruibuinte da Assemblia de Minas.


    Ricardo Mendanha, presidente da BHTRANS,
    um dos convidados pela
    Comisso de Defesa do Consumidor.

    A Comisso de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Assemblia Legislativa de Minas Gerais quer saber quais os critrios de premiao dos agentes de trnsito da Empresa de Transportes e Trnsito de Belo Horizonte (BHTrans) que, segundo denncias recentes da imprensa, teriam benefcios condicionados quantidade de multas aplicadas aos motoristas que usam o estacionamento rotativo na Capital.
    A reunio ser nesta quinta-feira (26/6/08), s 10 horas, no Plenarinho I. O requerimento do presidente da comisso, deputado Dlio Malheiros (PV), que quer averiguar possveis irregularidades na fiscalizao do trnsito da Capital.
    O deputado pretende ampliar o debate na audincia, tendo em vista o anncio de implantao, pelo Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit), de mais 30 radares no Anel Rodovirio e, pela BHTrans, de 18 radares fixos em Belo Horizonte. "Queremos saber se o critrio de produtividade est sendo levado em conta na implantao desses equipamentos.
    As medidas se pautaro pela preveno ou pela expectativa de arrecadao?", questiona o parlamentar, que quer uma discusso sobre aplicao de multas por qualquer meio.
    So convidados o presidente da BHTrans, Jos Ricardo Mendanha Ladeira;
    o promotor Leonardo Duque Barbabela, da rea de Defesa do Patrimnio Pblico;
    o vereador Alberto Rodrigues Lima, da Cmara Municipal de Belo Horizonte;
    o corregedor-geral do municpio, Saulo Luiz Amaral;
    o diretor do Departamento Nacional de Trnsito e presidente do Conselho Nacional de Trnsito, Alfredo Peres da Silva;
    o chefe do Detran, Oliveira Santiago Maciel;
    o presidente do Instituto Nacional de Defesa do Contribuinte, Joel Gomes Moreira Filho;
    e o secretrio-geral do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Assessoramento, Pesquisa, Percias e Informaes do Estado de Minas Gerais (Sintappi/MG), Gilberto Mrcio Pires.
    Segundo notcias veiculadas pela imprensa, a denncia de uma "indstria da multa" partiu de fiscal da BHtrans, que no quis ser identificado, em entrevista a uma rdio de Belo Horizonte. Ele afirmou ter de se submeter exigncia de 18 multas dirias, no mnimo, para ter direito a horas extras e poder folgar aos sbados.
    Em resposta, a BHTrans afirmou ter revogado as medidas, adotadas desde abril em carter experimental, mas enfatizou que as normas visaram coibir desrespeitos s regras do estacionamento rotativo na capital mineira. As medidas restringiram-se, segundo a imprensa, ao grupo de 19 pessoas que faz a fiscalizao do tquete de estacionamento.
    Segundo o Uol Notcias, h 14.154 vagas de estacionamento rotativo nas principais ruas e avenidas de BH, permitindo que cerca de 65.420 carros possam utiliz-las por dia. A multa por estacionamento irregular de carros R$ 53,20, com anotao de trs pontos na carteira nacional de habilitao.
    Em mdia, so aplicadas por dia 250 multas por estacionamento irregular pelos 19 agentes responsveis especificamente por esse tipo de fiscalizao.
    Em 2007, 58.880 multas foram emitidas por irregularidades em relao ao estacionamento rotativo.
    Em 2008, at maio, foram aplicadas 24.696 multas.
    O valor arrecadado com as multas em geral em 2007 foi de R$ 42 milhes, de acordo com o site.








    Comentrios

    #1. Jose Nonato Castro
    Sugerimos a participao efetiva no evento do nosso querido amigo Jos Aparecido Ribeiro, aguardamos sua manisfestao. Saudaes classista.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 24, 2008

    De olho na cidade histrica de Ouro Preto.











    Ouro Preto
    d incio
    legalizao de imveis


     
    ngelo Oswaldo
       prefeito de Ouro Preto.


    No dia 26 de junho, 46 Ttulos de Posses de Imveis Urbanos e Rurais sero entregues a moradores de Ouro Preto, na regio Central de Minas Gerais. A iniciativa beneficia aproximadamente 220 pessoas no municpio, espalhadas em 12 distritos. A entrega acontece s 10h, no Auditrio Municipal rua Baro do Rio Branco, n 12 bairro Pilar.
    Fruto do convnio celebrado entre a prefeitura municipal, a Secretaria Extraordinria para Assuntos de Reforma Agrria (Seara) e o Instituto de Terras de Minas Gerias (Iter), essa a primeira etapa de uma entrega total de mais de 500 Ttulos Urbanos e Rurais em Ouro Preto, que iro beneficiar cerca de duas mil pessoas.
    O Ttulo de Posse de Imveis Urbano e Rural o documento que assegura juridicamente a propriedade do imvel, dando segurana jurdica e reconhecimento legal ao verdadeiro proprietrio. O Ttulo de Posse de Imveis Urbano e Rural possibilita, ainda, que a propriedade esteja apta para a sua compra e venda, alm de facilitar o partilhamento legal de sua rea entre seus herdeiros.
    Com a regularizao, o imvel tem uma valorizao imediata e o proprietrio fica habilitado a buscar financiamentos junto Caixa Econmica Federal e a participar dos demais programas de financiamentos do governo federal e estadual. Em pesquisa realizada recentemente pela atual gesto do municpio, foi identificado que tanto na rea urbana como na rea rural de Ouro Preto, mais de 40% dos seus imveis no esto regularizados.
    Para o secretrio de Estado para Assuntos de Reforma Agrria, Manoel Costa, rgo responsvel pela titulao de imveis rurais e urbanos, "a iniciativa dirigida s famlias, garantindo dignidade aos cidados e, sobretudo, trazendo melhorias diretas para o conjunto da populao do municpio. A regularizao das posses uma poltica importante para o Estado, alm de atuar diretamente na melhoria do conjunto urbano, ela promove investimentos dinamizando a economia na rea rural do interior de Minas".
    O secretrio ressalta que essa poltica "depende do engajamento dos prefeitos, uma vez que por meio de convnios feitos com as prefeituras, a secretaria qualifica tcnicos de nvel mdio para a realizao do processo de medio e elaborao de planta, criando todas as condies para que seja feito o levantamento e, conseqentemente, a regularizao das posses".
    O secretrio Municipal de Agropecuria de Ouro Preto, Marcelo Fonseca, declarou que " ntida e imediata a constatao de desenvolvimento aps a entrega dos Ttulos desses imveis. Nosso municpio tem inmeros distritos, num total de 12. E em todos eles, o que se v um desenvolvimento simultneo, fruto da promoo humana e da conquista da cidadania desses que eram apenas posseiros".
    Hoje, a Seara tem mais de 220 municpios fazendo parte do convnio para entrega de Ttulos Urbanos e Rurais. Para participar do programa de Titulao de Imveis necessrio que as prefeituras entrem em contato com a secretaria, em Belo Horizonte, pelo telefone (31) 3248-3434, ou pelo site www.reformaagraria.mg.gov.br.

     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 23, 2008

    FENAMILHO FAZ 50 ANOS. Neste momento - so 20h25m - est sendo realizada no plenrio presidente JK da Assemblia de Minas, Reunio Especial, em comemorao dos 50 anos da FENAMILHO - Festa Nacional do Milho do Patos de Minas, Alto Paranaba. O requerimento do deputado Elmiro nascimento, do DEM, ex-prefeito de Patos de Minas. O deputado Alberto Pinto Coelho, do PP, presidente da Assemblia preside os trabalhos, que esto sendo transmitidos AO VIVO pela TVA.

               

    A RAINHA DO MILHO 2008.

    Clique para ampliar

    Katrina Rubiatnia Costa de Lima
    18 anos, natural de Patos de Minas.
    filha de Geraldo Saul de Lima e Mari Lcia Costa de Lima.
    Cursa Direito no Unipam e ao se formar,
    pretende lutar por uma sociedade mais justa e democrtica.
    J participou do concurso Miss Manequim Ophicina de Modelos.
    Para ela, um orgulho ser candidata e poder representar a festa e a cidade.

    Nesta segunda-feira (23/6/08) s 20 horas, a Assemblia Legislativa de Minas Gerais vai realizar uma Reunio Especial em comemorao aos 50 anos da Festa Nacional do Milho (Fenamilho).
    A tradicional festa que acontece anualmente em Patos de Minas reconhecida como um dos grandes atrativos tursticos da regio do Alto Paranaba.
    A solenidade foi solicitada pelo deputado Elmiro Nascimento (DEM) que reconhece a importncia da festa para regio: "Alm de movimentar a economia de Patos de Minas, a festa valoriza a cultura e os valores da nossa gente".
    A Fenamilho uma realizao do Sindicato dos Produtores Rurais, com apoio da Prefeitura Municipal e de empresas da cidade e regio. O evento conta com vrias apresentaes musicais, rodeios, leiles, desfiles e palestras e sua produo gera cerca de dois mil empregos temporrios.
    A homenagem ser realizada no Plenrio da ALMG e contar com a participao de representantes da Prefeitura de Patos de Minas, da rainha nacional do milho Katrina e das princesas Gisllene, Jordnia, Jnia e Jaqueline, e de dirigentes do Sindicato dos Produtores Rurais.
    Aps o evento, haver o lanamento do livro "A festa do milho, atravs dos tempos" e apresentao da dupla sertaneja Ado Marins e Xiton da Viola.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 23, 2008

    Prncipe herdeiro na capital mineiral. Visita faz parte das comemoraes dos 100 anos da chegada dos japoneses ao Brasil.









    Acio Neves recebe
    o prncipe do Japo em Belo Horizonte

     









    Wellington Pedro/Imprensa MG

    O governador Acio Neves recebeu, nesta segunda-feira (23), no Palcio da Liberdade, em Belo Horizonte, o prncipe herdeiro do trono do Japo, Naruhito, que est no Brasil para as comemoraes do centenrio da imigrao japonesa. Ao discursar, antes do almoo oferecido em homenagem ao prncipe, o governador destacou a forte presena da cultura e da economia japonesa em Minas Gerais.

    "Em todos os campos, a presena de japoneses e seus descendentes em Minas tem sido destacada e expressiva. Na siderurgia, na indstria da celulose, na produo de alimentos e nas universidades. Nos ltimos quatro anos, nossas exportaes para o Japo expandiram 79,3%, acima da mdia nacional. Em 2007, Minas foi o 2 principal estado nas exportaes e o 5 nas importaes do Japo", disse Acio Neves.
    O governador tambm relembrou sua visita oficial ao Japo, em setembro de 2004, quando participou de encontros com empresrios e ministros japoneses. Ele destacou as particularidades das culturas japonesa e mineira.
    "Vi como o seu povo capaz de usar o dinamismo da razo sem prejuzo da emoo diante do belo, do eterno, do imanente. Ouso dizer que assim tambm somos, os mineiros. Cultivamos o trabalho como valor essencial do nosso crescimento como sociedade. Mas o fazer sem perder, um s instante, as importantes referncias que moldaram nosso carter e forjaram nossa identidade, que regional, mas essencialmente brasileira", afirmou Acio Neves.
    Recepo
    Acompanhado de uma comitiva de aproximadamente 50 pessoas, o prncipe chegou ao Palcio da Liberdade s 11h30 e foi recebido pelo governador ao p da escadaria da entrada principal, com honras militares prestadas pelos Drages da Independncia. Mais de 200 pessoas da comunidade japonesa em Minas saudaram o prncipe. Acio Neves e o prncipe foram at a sacada do Palcio da Liberdade e cumprimentaram os que estavam nos jardins.
    Antes do almoo, Naruhito e Acio Neves participaram de uma reunio com empresrios mineiros e japoneses, alm de representantes da rea econmica do Brasil e Japo. Em seu discurso, o prncipe destacou as relaes entre Minas Gerais e Japo, especialmente atravs das empresas japonesas instaladas no Estado.
    "Sinto-me muito feliz pelo fato de que os projetos de cooperao entre Japo e Brasil na rea econmica esto tendo grande sucesso, destacando-se o projeto de desenvolvimento agrcola do Cerrado, a indstria siderrgica da Usiminas e da produo de papel da Cenibra", disse Naruhito.

    Almoo
    Aps a reunio com os empresrios, o governador e o prncipe almoaram no Salo de Banquetes, com outros 52 convidados como o vice-governador, Antonio Anastasia, o prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel, o presidente do Conselho de Administrao da Usiminas e coordenador do Grupo Estratgico de Fomento de Minas Gerais, Wilson Brumer, o embaixador do Japo no Brasil, Ken Shimanouchi, o cnsul-geral honorrio do Japo em Belo Horizonte, Rinaldo Campos Soares.
     
    Entre os empresrios presentes, estavam o consultor especial da Vale do Rio Doce, Eliezer Batista da Silva; o presidente da Cenibra, Fernando Fonseca; o presidente da Usiminas, Marco Antnio Castelo Branco; o presidente da Nippon Steel Empreendimentos Siderrgicos do Brasil, Toshimi Sugiyama; o presidente da Toyota do Brasil, Shozo Hasebe e o representante-chefe do Japan Bank for International Cooperation (JBIC), Taketoshi Aikawa.
    Acompanhado pelo governador e o prefeito de Belo Horizonte, o prncipe do Japo visitou, no incio da tarde, o Jardim Japons, inaugurado no ltimo dia 16, na Fundao Zo-Botnica, na Pampulha, em homenagem aos 100 anos da imigrao japonesa. De l, Naruhito e sua comitiva seguiram para o Aeroporto da Pampulha, onde embarcaram com destino ao Rio de Janeiro, ltima escala do prncipe no Brasil.
    Belo Horizonte foi a quarta cidade do Brasil visitada pelo prncipe. No Brasil desde a ltima quarta-feira (18), Naruhito j esteve em Braslia, So Paulo e Curitiba.
    Japo e Minas
    Os primeiros imigrantes japoneses chegaram em Minas Gerais em meados da dcada de 20. Os japoneses tiveram grande contribuio na agricultura e, algumas dcadas depois, tambm nos setores industrial, de servios e na minerao. Em 1958, foram iniciadas as obras de instalao da Usiminas, controlada pelo grupo japons Nippon.
    Minas Gerais acolhe hoje uma comunidade de aproximadamente 10 mil japoneses, pessoas que atuam nas mais diversas reas da economia. Alm disso, o Estado abriga importantes empresas de capital japons, como a Cenibra, CBMM, Grupo Vallourec, Daido Qumica, Sankyu, entre outras.
    As relaes entre o Japo e Minas Gerais se expressam tambm em atividades de natureza social e cultural. Minas mantm um Acordo de Provncias-Irms com a Provncia de Yamanashi. O acordo de 1973, de responsabilidade da Secretaria de Desenvolvimento Econmico, o mais antigo relacionamento internacional mantido pelo Estado e engloba reas de interesse mtuo como energia eltrica, indstria agro-alimentcia, meio ambiente, indstria mineradora, informtica, treinamento profissional e indstria manufatureira.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 23, 2008

    Hoje, segunda-feira, o ministro das Comunicaes Hlio Costa,lana em Frutal uma unidade do PROJETO ESCOLA CIDAD. Oprograma tambm serlanadoem mais cinco cidades mineiras - Passos, Romaria, Planura,Itapagipe e Brumadinho e Lagoa Santa - estas duas na regiometropolitana de BH.

     

    Projeto Escola Cidad chega ao Tringulo Mineiro


    Mais de 40 mil alunos sero beneficiados
            com tecnologia e educao, afirma Hlio Costa

    O Projeto Escola Cidad, que leva laboratrios de informtica com acesso internet a escolas pblicas de Minas Gerais, chega aos cinco ltimos municpios. Nesta segunda-feira (23/06), o ministro das Comunicaes, Hlio Costa, lana o programa em Passos, Romaria, Planura, Itapagipe e Brumadinho. A cerimnia ser na cidade de Frutal (MG).
    O projeto, realizado em parceria com o Governo de Minas Gerais e com as prefeituras, tem como lema aliar a tecnologia ao aprendizado. Todas as escolas so conectadas via internet s secretarias de educao municipais. Os alunos tm acesso ao contedo com recursos multimdia, utilizando softwares educacionais de uso simples.
    Ao todo, 174 escolas e 13 centros de referncia sero beneficiados nas duas fases do projeto, que atingir mais de 40,6 mil alunos. O Ministrio das Comunicaes investiu mais de 4,2 milhes em todo o programa. "A nossa prioridade a educao. Temos outro projeto no ministrio em andamento que vai conectar todas 142 mil as escolas pblicas federais, estaduais e municipais do Brasil", afirmou Hlio Costa.
    O projeto
    A implantao do projeto Escola Cidad foi dividida em duas fases. A primeira delas, que contempla os municpios de Diamantina, Campina Verde, Monte Carmelo, Patis e Ribeiro das Neves, j est em processo de execuo. A segunda, com os municpios de Lagoa Santa, Passos, Romaria, Planura, Itapagipe  e Brumadinho, ainda no foi iniciada.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 22, 2008

    TELEFONIA.

    ALTIVO de Oliveira, diretor da Embtarel em Minas, esteve na Assemblia de Minas no debate sobre tarifa nica para telefonia nos 34 municpios da Regio Metropolitana de BH. Mas deciso depende da ANATEL. Foi o que ouviu o deptado Dinis Pinheiro, do PSDB, que est frente da luta pela cobrana nica - no vale cobrar interurbano de quem liga de Sarzedo para outras cidades da RMBH, diz o deputado. Ele vai continuar a pressionar a ANATEL e j pediu ajuda ao ministro das Comunicaes, senador Hlio Costa.



     
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 22, 2008

    Telefonia na Regio Metropolitana de BH discutida na Assemblia de Minas.

    O deputado Dinis Pinheiro (PSDB) defendeu, nesta tera-feira (17/6/08), uma alterao no regulamento da Agncia Nacional de Telecomunicaes (Anatel), de forma que todos os municpios de uma mesma regio metropolitana paguem a mesma tarifa telefnica. Hoje, na Regio Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), nove municpios so considerados rea conurbada e pagam tarifa local na comunicao entre si.
    Os demais 24 municpios da RMBH pagam tarifa interurbana na comunicao com a Capital. O assunto foi tema de audincia pblica realizada pela Comisso de Transporte, Comunicao e Obras Pblicas da Assemblia Legislativa de Minas Gerais nesta tera (17), a requerimento do deputado Dinis Pinheiro.
    Os nove municpios da RMBH que so considerados rea conurbada pela Anatel so Belo Horizonte, Betim, Contagem, Ibirit, Nova Lima, Ribeiro das Neves, Sabar, Santa Luzia e Vespasiano.
    A regra, segundo os representantes da Anatel, que as reas urbanas dos municpios envolvidos estejam, no mximo, a um quilmetro uma da outra. Para esse clculo, so desconsiderados acidentes geogrficos como rios, lagos e braos ocenicos. Essa regra foi estabelecida em 2004 pela Anatel.
    Antes de 2004, a regra considerava de forma independente cada rea contnua de prestao de servio telefnico. O resultado que, em um mesmo municpio, vrios distritos tinham de pagar tarifa interurbana para se comunicar com a sede. A mudana, segundo o especialista Jorge Luiz da Silva, da empresa Oi, reduziu de 1,5 mil para 800 reas locais de telefonia fixa em Minas Gerais.
    O gerente regional da Anatel, Jos Dias Coelho Neto, advertiu que a unificao das tarifas metropolitanas iria aumentar os custos de operao, o que poderia encarecer a tarifa local. "A obrigao do rgo regulador ver a necessidade do consumidor, mas tambm a viabilidade do negcio da operadora", afirmou o dirigente regional da Anatel.
    Moradores de Sarzedo pedem reviso
    Moradores de Sarzedo, municpio da RMBH vizinho a Ibirit, lotaram o Auditrio da ALMG, onde aconteceu a audincia pblica. Jos Coelho Neto disse que a Anatel, sempre quando solicitada, realiza verificaes peridicas para checar a distncia entre as reas urbanas dos municpios.
    Quando a distncia se reduz a pelo menos um quilmetro, a tarifa local entre os municpios envolvidos implantada. O gerente regional da Anatel se comprometeu a realizar uma verificao do caso de Sarzedo.
    O deputado Dinis Pinheiro disse estar certo e tranqilo de que a reviso do caso de Sarzedo resultar na implantao da tarifa local para o municpio. Ele citou diversos bairros de Sarzedo e Ibirit que esto a menos de 500 metros um do outro. "No existe dvida com relao a isso. So reas totalmente conurbadas", afirmou o parlamentar. Independente disso, ele defendeu a ampliao da tarifa nica para toda a regio metropolitana.
    "A Constituio Federal j estabelece um tratamento diferenciado para as regies metropolitanas", argumentou o parlamentar. Dinis Pinheiro ainda elaborou dois requerimentos, que s devero ser votados na prxima reunio da comisso, para que o caso e as reivindicaes sejam encaminhados para o Ministrio das Comunicaes e para rgos de defesa do consumidor.
    O tratamento diferenciado para as regies metropolitanas tambm foi defendido com veemncia pelo prefeito de Itaguara e presidente da Associao dos Municpios da RMBH (Granbel), Ubiraci Prata Lima, e pelo promotor de Justia Amauri Artimos da Matta, que participaram da audincia pblica.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 22, 2008

    Situao SALARIAL dos professores. Assunto ser discutido, quarta-feira,dia 25,pela Comisso de Educao da Assemblia de Minas.Pedido dodeputado Clio Moreira, do PSDB.

    A situao salarial dos profissionais da educao bsica em Minas, especialmente dos diretores de escolas estaduais, ser o tema da audincia pblica que a Comisso de Educao, Cincia, Tecnologia e Informtica da Assemblia Legislativa de Minas Gerais realiza na prxima quarta-feira (25/6/08), s 10 horas, no Plenarinho II. O requerimento para a reunio do deputado Clio Moreira (PSDB).
    De acordo com o deputado, necessrio dar um tratamento igualitrio aos diretores em relao aos demais profissionais da educao. Em seu requerimento, ele lembra que os professores de educao bsica, aps nove anos e quatro meses sem aumento, tiveram o salrio reajustado em outubro de 2005.
    Os diretores de escolas e analistas educacionais s receberam esse benefcio em janeiro do ano seguinte. Em julho de 2006, outro reajuste para professores, especialistas e analistas educacionais no contemplou os diretores. E somente em setembro de 2007 os diretores receberam 5% de reajuste, que tambm foi concedido aos demais profissionais da educao bsica.
    "As indagaes a respeito da desigualdade salarial dos integrantes do quadro de profissionais de educao bsica do Estado no param de surgir", justifica o parlamentar, lembrando os questionamentos dos diretores das escolas, "que invocam o direito de receberem o mesmo tratamento e os mesmo benefcios".
    Convidados
     -
    As secretrias de Estado da Educao, Vanessa Guimares,
    e de Planejamento e Gesto, Renata Vilhena, foram convidadas para a reunio.
    Alm delas, receberam convites
    a presidente da Associao dos Diretores de Escolas Oficiais de Minas Gerais, Maria Natalcia; a presidente da Associao de Professores Pblicos de Minas Gerais, Joana Gontijo;
    e a presidente da Associao dos Funcionrios Aposentados de Minas Gerais, Maria Helena Fonseca Mansur.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 22, 2008

    Lamentamos a morte do vereador SRGIO FERRARA FILHO. Como reprter poltico da Rede Globo nos anos 90,tivemos com o vereador uma constante convivncia quando cobramos a Cmara de BH. Nossos psames famlia Ferrara.

    O vereador e ex-presidente da Cmara Municipal de Belo Horizonte, Srgio Ferrara Filho (PDT), morreu na madrugada deste domingo, vtima de complicaes de uma cirurgia para reduo do estmago. Ele estava no terceiro mandato no legislativo municipal.
    O enterro ser no final da tarde do Cemitrio Parque da Colina.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 22, 2008

    PROACESSO na regio nordeste de Minas vai alavancar desenvolvimento econmico e social. o que diz Onofre Ferreira do Prado, que mora em Braslia, e que nosso leitor. Confira mensagem enviada aonosso BLOG DE NOTCIAS.

    Caro Joo Carlos,
    A regio do noroeste ganhar um novo rosto e vislumbrar um novo horizonte de oportunidades e de desenvolvimento, com a autorizao pelo governador Acio Neves, no ltimo dia 3 de junho, de licitao para asfaltamento de mais estradas da nova etapa do programa PROACESSO, beneficiando vrios municpios, dentre estes:
    Una, Buritis, Formoso, Arinos, Chapada Gacha, Uruana de Minas, Brasilndia de Minas, Santa F. Minas ajudando construir um grande Brasil mais feliz para todos! Parabns governador e toda equipe de governo!
    Onofre Ferreira do Prado, de Braslia.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 20, 2008

    Prefeito Ruy Fernandes, de Desterro do Mello - municpio que fica a 200 kms de BH e 32 de Barbacena no caminho do Meio da estrada Real - reinvindica do DENIT de Juiz de Fora, a execuo do paisagismo do trevo da Rodovia RANDOPHO AMARAL com a BR-040 prximo da entrada de Barbacena. Objetivo: fazer a divulgao da VIA VERDE - o maior projeto turstico do municpio de Desterro do Mello.



    O Prefeito Ruy Fernandes esteve na regional do DNIT em Juiz de Fora na ltima tera-feira, 10, levando proposta para executar projeto de paisagismo no trevo da Rodovia Randolfo Martins do Amaral com a BR-040, nas alas do viaduto, para fazer marketing do Projeto Via Verde.
    Recebido pelo Eng Edson Ruffo, o Prefeito mostrou a importncia do projeto ecolgico que est sendo implantado no Municpio e teve a proposta aprovada pelo rgo encarregado da manuteno da rodovia federal que liga Belo Horizonte ao Rio de Janeiro.
    Entusiasmado com a idia o Superintendente do DNIT j repassou por e-mail as plantas do trevo para que seja elaborado o projeto, cuja execuo dever ocorrer nos primeiros dias de agosto, antes da realizao do evento que est programado para o dia 16 na Via Verde.
    "Vamos fazer escola", disse o prefeito, na certeza de que vai despertar o interesse de outros municpios para a proposta de urbanizao de trevos na BR-040, de forma a atrair viajantes e turistas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 20, 2008

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. Do BLOG do nosso amigo Hugney Bisneto - de Uberlndia. Nosso parceiro da BLOGOSFERA.





    My GOD - vcs acreditam que tem gente questionando via e-mail SE eu estou mesmo aqui em Sampa ?
    Pelo amor de Deus o que isso ?
    Est aqui uma das MUIIIITAS provas ao lado de minha amiga Costanza Pascolato que neste dia fez seus olhos com delineador para homenagear uma de nossas fs em comum - ningum menos que Amy Winehouse.Est aqui a prova.



     
    Prcipe Nahuhito em SP.
    E que na segunda-feira estar em BH.


    Para comemorar o centenrio da imigrao japonesa, o prncipe herdeiro do Japo, Naruhito, prestigia a orquestra sinfnica de So Paulo.A apresentao da Osesp (Orquestra Sinfnica do Estado de So Paulo) que aconteceu na noite de ontem, na Sala So Paulo, no centro da cidade, foi aplaudida de p pelo prncipe por mais de trs minutos. Naruhito deve ficar por aqui durante nove dias. Hoje ele visita o Museu Histrico da Imigrao Japonesa e a Faculdade de Direito da USP, ambos no centro.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 20, 2008

    BH de olho na COPA DE 2014. Governador Acio Neves e o prefeito de BH, Fernando Pimentel discutiram o assunto com Ricardo Teixeira da CBF, na capital. Confira detalhes!

     

    Pimentel lana Belo Horizonte como candidata para a abertura da Copa de 2014



    As intervenes necessrias para que as cidades-sede dos jogos da Copa de 2014 possam receber o maior evento de futebol do mundo foram tema do seminrio Copa 2014: Oportunidades e Desafios para as Cidades. Na abertura do evento, promovido no mesmo dia em que Belo Horizonte foi palco de Brasil x Argentina, uma das partidas eliminatrias para o prximo campeonato mundial, Fernando Pimentel lanou a capital mineira como candidata a receber o jogo de abertura em 2014.
     

    Alm de Pimentel, participaram das discusses o presidente da Confederao Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, e o secretrio nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana, Luiz Carlos Bueno de Lima, entre outras autoridades. Junto ao debate de aspectos institucionais, o seminrio incluiu a abordagem das adequaes tcnicas, voltadas para a mobilidade urbana, necessrias para sediar esse grande acontecimento.
     

    Experincias de Stuttgart, na Copa 2006 na Alemanha, do Rio de Janeiro, com os Jogos Pan-Americanos , e de Belo Horizonte, durante o Encontro Mundial do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em 2006, foram apresentadas e vo contribuir como base para o planejamento das intervenes. 
     

    Das 18 localidades nomeadas pela Confederao Brasileira de Futebol (CBF) como possveis sedes, dez ou 12 cidades recebero as partidas em seus estdios. O presidente da CBF informou que a escolha caber ao Comit Organizador e Federao Internacional de Futebol (Fifa).
    "Minas Gerais, Belo Horizonte, um dos fortes postulantes a ser uma das sedes da Copa, mas vai ser uma deciso tcnica, dentro do que for demonstrado em relao infra-estrutura de cada cidade, de cada Estado. Isso dever ser decidido at maro de 2009",disse. 

     

    Teixeira adiantou que est previsto, para o segundo semestre deste ano, um seminrio em que ser apresentado o estudo sobre as adequaes necessrias nessas cidades.

    Confiana 
     

    Pimentel est confiante que Belo Horizonte ser selecionada. "Acredito que a capital tem condies de sediar o jogo. A cidade est se preparando com antecedncia, com instrumentos como a realizao do seminrio. O objetivo discutir o que necessrio para receber um evento desse porte", disse. 
     

    O prefeito adiantou que trs eixos precisam ser tratados: a rede de trnsito e transporte, o setor turstico e a melhoria nos estdios. "Trabalhando nessas linhas, com orientao de quem sabe fazer, eu acho que vamos deixar Belo Horizonte em condies de ser sede da Copa do Mundo e de receber a abertura do evento no Mineiro", ressaltou. 
     

    Na avaliao de Pimentel, toda preparao de um megaevento transforma a cidade para melhor e de forma definitiva, a exemplo de Barcelona (Espanha), que sediou as Olimpadas em 1992. "Os laos criados, os organismos desenvolvidos, as formas de interveno construdas para sediar uma Copa ou uma Olimpada criam, permanentemente, novas relaes na cidade.
    A partir da, a cidade sobe vrios degraus na escala mundial e se torna um centro reconhecido no mundo inteiro. Foi assim com Barcelona e com outras cidades que sediaram grandes eventos e ser, com toda certeza, assim com Belo Horizonte", garantiu.

     

    A probabilidade grande tambm para o secretrio Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana. "A idia que possa haver uma integrao entre Municpio, Estado e Governo Federal a fim de reunir recursos para as obras necessrias.
    Ns, do ministrio, teremos condies de compartilhar e estarmos juntos nesse grande momento de construo, que no somente momentnea, mas representa a estruturao de um modelo compartilhado de transporte, com acessibilidade, onde todos tero condies, depois da Copa, de utilizar a estrutura que vai ficar. Esse o grande foco", destacou.

     

    Foto: Divino Advncula







                      Comentrios

    #1. Jos Aparecido Ribeiro
    Joo

    Existem 35 pontos importantes para BH se transformar em uma Capital internacional e JUSTA com o seus Cidados...
    Eles so fruto de estudos e muitos anos de observaes LABORATORIAIS, que significam viver na pele, nas ruas, dentro dos nibus, dirigindo pelos vrios cantos da cidade, caminhando e conversando com jente de todas as idades e classes sociais, para entender os problemas da cidade e elaborar proposta de solues. Somos desconhecidos e insignificantes para os nossos Governantes e eles no possuem a humildade de querer nos ouvir, mas vamos citar apenas um para que eles reflitam sobre ele. Enquanto o modelo de nibus que atendem BH no forem mudados, permitindo um ambiente mais salubre e digno, no vamos poder sediar nem copa e nem qualquer evento internacional.
    A temperatura a bordo de um nibus da nossa Capital ultrapassa, durante 8 meses do ano, os 44 graus.
    S isto j bastaria para tirar a Cidade do circuito dos eventos internacionais.
    O problema que neste ponto existem mais 8 garg-los, que inclui as filas que no permitem viajens sentado, qualificao de motoristas e trocadores, asseio dos nibus, poluio que eles provocam, acessibilidade para deficientes, qualidade dos ascentos etc etc.
    Veculos que nunca mudaram h 50 anos...


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 20, 2008

    CRUZEIRO ganha homenagem do Parlamento Mineiro pela conquista do Campeonato Mineiro de 2008. Requerimento foi do deputado Paulo Csar, do PDT, ex-prefeito de Nova Serrana, a capital do tnis. O vice-presidente de Futebol do Cruzeiro, o deputado estadual Zez Perrela, do PSDB, representou o time e agradeceu a homenagem.

     
     
     
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 20, 2008

    Comisso de Transporte da Assemblia Legislativa de Minas discute, dia 25 - quarta-feira - a idia de tombamento do Mercado Central e do Edifcio JK, aqui em BH.




    O processo de proteo cultural da rea denominada Conjunto Urbano Praa Raul Soares, em especial o tombamento do Mercado Central e dos condomnios Casablanca e JK, em Belo Horizonte, ser tema de debate, nesta quarta-feira (25/6/08), da Comisso de Transporte, Comunicao e Obras Pblica da Assemblia Legislativa de Minas Gerais. A reunio foi solicitada pelo presidente da comisso, deputado Gustavo Valadares (DEM), e acontece s 14h30, no Auditrio.
    O objetivo da audincia pblica esclarecer os critrios adotados pelo Conselho Deliberativo do Patrimnio Cultural de Belo Horizonte, que estariam gerando desconforto e intranqilidade aos proprietrios dos imveis.
    Segundo Gustavo Valadares, a reunio foi solicitada aps ter sido procurado por representantes do Mercado Central e dos condomnios Casablanca e JK, que manifestaram sua preocupao com o andamento do processo de tombamento.
    Convidados -
    Foram convidados para participar da reunio
    o promotor de Justia e coordenador da Promotoria Estadual de Defesa do Patrimnio Cultural e Turstico, Marco Paulo de Souza Miranda;
    a presidente do Conselho Deliberativo do Patrimnio Cultural de Belo Horizonte, Maria Antonieta Antunes Cunha;
    a diretora de Patrimnio Cultural da Fundao Municipal de Cultura, Michele Abreu Arroyo;
    o presidente do Mercado Central, Macoud Redemacker Patrocnio;
    a sndica do condomnio JK, Maria Lima das Graas;
    e o sndico do condomnio Casablanca, Jos Rodrigues de Figueiredo.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 20, 2008

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. ESTRELA SOLITRIA. Csar Romero (leia-se jornal Tribuna de Minas de Juiz de Fora) e o goleiro Castilho - do Botafogo - se encontram nos ares.


    Feliz com a goleada de 6 x 0 em cima
    do Peru, o goleiro da seleo do Uruguai
    (e do Botafogo) Castilho estava no mesmo vo da TAM
     que este colunista veio, anteontem, de Montevido

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 19, 2008

    DEFENSORIA PBLICA ganha novo prdio. Vice-governador, prof. Anastasia inagurou as novas instalaes dos defendores pblicos, aqui em BH - rua Paracatu - no Barro Preto, perto do Forum Lafayette.

     
     
     
     

     
     
     
      








                                     Novo prdio da DFENSORIA PBLICA tem 11 andares PDF Imprimir E-mail





    O vice-governador Antonio Augusto Anastasia e o subdefensor pblico-geral Varlen Vidal inauguraram a nova sede da Defensoria Pblica do Estado de Minas Gerais. O prdio de 11 andares abriga a rea administrativa, o atendimento aos assistidos e o andamento processual.

    A placa de inaugurao do prdio foi descerrada pelo vice-governador, pelo subdefensor pblico-geral, pelo corregedor-geral, Marcelo Tadeu de Oliveira e pela primeira defensora pblica-geral, Marlene Oliveira Nery.
    De acordo com o subdefensor pblico-geral, o novo prdio mais um passo para a afirmao da DPMG. "Espero que a DPMG seja uma referncia entre as Defensorias Pblicas do pas".
    Ao proferir discurso, o vice-governador ressaltou que o prdio da Defensoria Pblica o smbolo dos novos tempos da Instituio, que teve seu oramento multiplicado em cinco vezes desde 2003. De acordo com Anastasia, "a Defensoria Pblica deve cada vez mais se enraizar no interior do Estado, para que de fato a Justia social se consolide".
    "Quando estagiei no Departamento de Assistncia Judiciria (DAJ) da UFMG, pude ver a nsia dos mais humildes por Justia", destacou o vice-governador.
    A presidente do Conselho Nacional de Defensores Pblicos-Gerais (Condege) e defensora pblica-geral do Estado de So Paulo, Cristina Guelfi, falou da importncia da nova sede para o engrandecimento da Defensoria Pblica. "Fiquei impressionada com a estrutura, que confere ao defensor pblico dignidade para executar seu trabalho e aos assistidos mais conforto".
    Aps o encerramento do evento, o vice-governador visitou o 2 andar da sede, onde esto instalados diversos ncleos da DPMG e conheceu o gabinete da Defensoria Pblica-Geral.
    A solenidade contou com a presena de defensores pblicos, de servidores da DPMG, do secretrio de Estado de Defesa Social, Maurcio Campos, do procurador-geral de Justia- Adjunto Jurdico, Alceu Jos Torres Marques, do presidente da Adep, Eduardo Cyrino Generoso, do presidente do Tribunal de Justia Militar do Estado de Minas Gerais, Juiz Coronel PM Rbio Paulino Coelho, do comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, Coronel BM Jos Honorato Ameno, do secretrio adjunto de Defesa Social, Moacir Lobato de Campos Filho, da defensora pblica chefe substituta da Unio em Minas Gerais, Giedra Moreira, do presidente da Associao Mineira do Ministrio Pblico (AMMP), Jos Silvrio Perdigo de Oliveira, dentre outras autoridades.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 19, 2008

    Que delcia!!! Informao sobre as delcias da cozinha do Esprito Santo foi enviada ao nosso BLOG DE NOTCIAS pelo nosso parceiro de Blogosfera, jornalista Schubert Arajo - da Multitexto.









    Minas Gerais Recebe
    o I Festival da Culinria Capixaba



    Evento ser realizado no Restaurante Hangar,
    do Bristol Confins Airport Hotel, em Lagoa Santa




    De 27 a 29 de junho, o restaurante Hangar, do Bristol Confins Airport Hotel, localizado em Lagoa Santa, na Regio Metropolitana de Belo Horizonte, vai sediar o I Festival da Culinria Capixaba. Ser um final de semana de sabores requintados, regados a pescados e frutos do mar. Os chefs de cozinha da Bristol Hotels que trabalham em seus hotis do Esprito Santo vo preparar os pratos especiais, com destaque para a famosa moqueca capixaba, que ser preparada na hora, na frente dos clientes.

    No dia 26, quinta-feira, o evento ser apenas para convidados. Na sexta-feira, 27, e sbado, 28, o evento ser aberto ao pblico, a partir das 20h. E no domingo, 29, a partir das 13h.

    Panela de barro

    Para os que ainda no conhecem, um dos diferenciais da culinria capixaba um "utenslio" especial: a tradicional panela de barro artesanal, produzida pela Associao de Paneleiras de Goiabeiras e tombada pelo IPHAN Instituto do Patrimnio Histrico e Artstico Nacional. "Elas so mais do que simples utenslio na preparao da moqueca ou torta capixaba. A panela de barro d um toque especial no sabor, na preparao e, sem ela, a receita fica diferente", explica o Coordenador Nacional de Alimentos e Bebidas da Bristol Hotels, Aleo de Almeida.

    Uma autntica paneleira de Goiabeiras tambm vai ser atrao deste Festival. Ela vai preparar na hora a panela de barro, um patrimnio imaterial brasileiro, e ensinar suas tcnicas de uso para quem se interessar. O evento uma iniciativa da Bristol Hotels e ter o apoio da Secretaria de Turismo do Esprito Santo. "A expectativa de que mais de 180 pessoas passem pelo festival por dia", diz Aleo de Almeida.

    Sobre o Restaurante Hangar

    Instalado no piso trreo do Bristol Confins Airport Hotel, em Lagoa Santa-MG, o restaurante possui um ambiente bem decorado e aconchegante, ideal para curtir e saborear o melhor da cozinha internacional, com um toque mineiro. Com atendimento de excelncia, a casa possui 160 lugares, ar-condicionado e aceita todos os cartes de crdito/dbito.

    Sobre o Bristol Confins Airport Hotel

    Localizado em Lagoa Santa (MG) a apenas 8 minutos do Aeroporto Internacional de Confins, a 3 km da Linha Verde-MG 010 e no caminho para o Parque Nacional da Serra do Cip, o hotel possui moderna infra-estrutura e vista panormica para a lagoa, que dispe de pista de cooper e caminhada.

    Servio:
    Evento: I FESTIVAL DA CULINRIA CAPIXABA
    Data: 26 de junho Somente para convidados especiais
    Dias 27, 28 e 29 de junho de 2008 aberto ao pblico.
    Horrio: 26/6 s 20h; 27/6 e 28/6, s 20h e 29/6 s 13h
    Local: Bristol Confins Airport Hotel Avenida Acadmico Nilo Figueiredo, 2049 - Centro Lagoa Santa - MG




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 19, 2008

    Estado vai operar Aeroporto Regional de Juiz de Fora, obra do governo Itamar Franco em Minas.










    Prosseguem as obras
    do Aeroporto Regional da Zona da Mata

     

    Um convnio assinado na ltima tera-feira (17), em Braslia, entre o Governo de Minas e a Agncia Nacional de Aviao Civil (Anac) permite ao Estado a operacionalizao do Aeroporto Regional da Zona da Mata (ARZM). A assinatura oficializa a existncia do aeroporto na carta area brasileira e d sinal verde para continuidade de sua implantao em Juiz de Fora. O convnio tem validade de 15 anos e poder ser renovado de cinco em cinco anos.
    Aps a assinatura do convnio, o comandante da Aeronutica, Juniti Saito, fez uma visita de inspeo ao Aeroporto Regional da Zona da Mata, onde foi recebido por tcnicos da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econmico (Sede), Setop e Deop, o prefeito de Rio Novo e o vice-prefeito de Goian, alm do ex-ministro Henrique Hargreaves. 
     "Com a abertura do novo aeroporto, diversas opes de vos regionais podero ser criadas, facilitando o transporte de passageiros e cargas da Zona da Mata para vrias regies do Pas e vice-versa", disse o coordenador de Comrcio Exterior da Secretaria de Desenvolvimento Econmico, Accacio Ferreira, para quem o ARZM fundamental para o desenvolvimento econmico da Zona da Mata Mineira.
    Novos vos
    Segundo maior do Estado, com uma pista de 2.500 metros de extenso e 45 + 15 metros de largura, incluindo 7,5 metros de cada lado de acostamento, o Aeroporto Regional da Zona da Mata j opera vos de pequenas aeronaves civis, desde que diurnos e com boa visibilidade. Agora, com a assinatura do convnio e o trmino das obras complementares de adequao, previsto para setembro, o ARZM poder operar com vos comerciais noturnos, de passageiros e cargas, de qualquer porte.
    A expectativa de que os novos vos entrem em operao no final de 2008. "Com o trmino das obras em setembro, o aeroporto receber uma nova classificao da Anac para plena operao diurna e noturna por instrumentos. A partir da, daremos incio ao processo de instalao dos vos", ressaltou Accacio Ferreira.
    Esto sendo realizadas obras de instalao de telefonia de voz e dados, Estao de Telecomunicaes Aeronuticas (que coleta e envia dados meteorolgicos para os avies e o controle do espao areo), equipamentos de proteo ao vo e iluminao do ptio de estacionamento de aeronaves. As adequaes esto sendo executadas pelo Governo de Minas, atravs da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Pblicas (Setop) e do Departamento de Obras Pblicas de Minas Gerais (Deop-MG), com a colaborao da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroporturia (Infraero).
    Em maio, o Governo de Minas assinou protocolo de intenes com a empresa TRIP Linhas Areas para ampliao das linhas regionais no Estado, no qual esto previstos vos com escala no ARZM, ainda no segundo semestre de 2008.
    Infra-estrutura
    Paralelamente ao projeto de instalao do Aeroporto Regional da Zona da Mata, o Governo de Minas vem trabalhando na infra-estrutura rodoviria da regio para garantir o acesso fcil e seguro ao aeroporto. 
    O Estado j publicou avisos para desapropriao de terrenos e concorrncia para as obras da rodovia de acesso ao aeroporto, que interligar a BR-040 (Juiz de Fora) MG-353 (Coronel Pacheco), perfazendo 15 km em pista dupla e melhorias tcnicas na MG-133. As obras esto oradas em R$ 50 milhes.
    "Queremos que esse aeroporto se torne uma alavanca para o desenvolvimento da Zona da Mata, a exemplo do Aeroporto Internacional Tancredo (AITN), especialmente a partir da construo da Linha Verde. Por isso, o Governo de Minas quer garantir, desde j, a facilidade e segurana no acesso ao aeroporto", disse Accacio Ferreira.
    O cumprimento de mais essa etapa resulta das aes que o Governo de Minas vem empreendendo por intermdio das Secretarias de Estado de Desenvolvimento Econmico, de Turismo e de Transportes e Obras Pblicas, em conjunto com a Infraero. "A parceria tem sido fundamental para que o Aeroporto Regional da Zona da Mata venha a operar sem restries, integrando-se nova malha aeroviria do Pas", destacou o secretrio de Desenvolvimento Econmico, Raphael Guimares Andrade.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 19, 2008

    Mineiros bons na MATEMTICA!









    Governo premia
    vencedores da Olimpada de Matemtica

     











    Wellington Pedro/Imprensa MG
     

    O governador Acio Neves entregou, nesta quinta-feira (19), no Palcio da Liberdade, o Prmio Destaque de Minas em Educao aos 798 alunos mineiros vencedores da 3 Olimpada Brasileira de Matemtica das Escolas Pblicas. Eles conquistaram 69 Medalhas de Ouro, 169 de Prata e 560 de Bronze, o que representou 26% do total de 3 mil medalhas distribudas entre alunos de todo o pas. Os professores dos estudantes vencedores tambm foram premiados.
    Em nmeros absolutos, Minas Gerais dominou a competio e ficou com os primeiros lugares nacionais do ensino fundamental. No nvel 2 (alunos de 7 e 8 sries), o campeo foi slam Eloirrano Rodrigues Carvalho, da Escola Estadual de Uberlndia. No nvel 1 (alunos de 5 e 6 sries), o primeiro lugar geral foi de Andr Macieira Braga Costa, que estuda no Colgio Militar de Belo Horizonte.
    Em segundo lugar ficaram os estudantes paulistas, com 723 medalhas, sendo que So Paulo teve o maior nmero de participantes, 3,5 milhes de estudantes, quase o dobro dos 1,9 milhes de alunos mineiros inscritos.
    Segundo o governador, o bom desempenho dos alunos resultado do comprometimento do Governo de Minas com a educao de qualidade. uma liderana que demarca de forma muito clara os resultados que estamos tendo na educao. Eu tenho dito sempre que hoje mais importante do que ter o recurso voc ter instrumentos que avaliem como esse recurso est sendo gasto. Esse um resultado extraordinrio para Minas Gerais. Ns tivemos, praticamente, a metade dos alunos participantes que teve o Estado de So Paulo, sem demrito nenhum para So Paulo e tivemos um resultado ainda mais expressivo, afirmou o governador Acio Neves, em entrevista.
    A competio promovida pelo Instituto Nacional de Matemtica Pura e Aplicada (Impa) e pela Sociedade Brasileira de Matemtica em parceria com os ministrios da Educao e da Cincia e Tecnologia, aberto a estudantes do ensino fundamental e do ensino mdio matriculados em escolas pblicas de todo o pas. Em 2007, foram 17,3 milhes de participantes.
    O diretor do Impa, Csar Leopoldo Camacho Manco, afirmou que o resultado da Olimpada comprovou que Minas tem a melhor educao do pas. Minas campe em educao. E quando comparamos o nmero de participantes dos dois primeiros colocados Minas e So Paulo a valorizao dessas medalhas conquistadas pelos alunos mineiros ainda maior, uma vez que o nmero de alunos paulistas inscritos foi quase o dobro do nmero de mineiros, disse.
    Alunos premiados
    Este foi o terceiro ano que Minas Gerais premiou os alunos vencedores da Olimpada nacional e seus professores. Desde o ano passado, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Minerao (CBMM) se tornou parceira do Governo de Minas, concedendo os prmios para os alunos Medalha de Ouro do ensino mdio.
    O governador e o diretor-geral da CBMM, Fernando Roberto Moreira Sales, fizeram a entrega simblica dos prmios aos estudantes primeiros colocados em cada categoria. Os 23 alunos mineiros do ensino mdio ganhadores da Medalha de Ouro e seus professores receberam um prmio no valor R$ 5 mil, integralmente financiado pela CBMM.
    Espero que esse bom resultado continue ocorrendo nessa prxima Olimpada de Matemtica. Na Olimpada de Portugus, os resultados de leitura de nossos alunos da 2 e 3 srie tambm sero os melhores do Brasil, no tenho dvida alguma. E vamos continuar fazendo da educao a prioridade maior desse governo, afirmou o governador.
    Os demais estudantes receberam o Prmio Destaque de Minas em Educao, financiado pelo Governo do Estado. O prmio concedido em duas categorias. Os 42 alunos do ensino mdio que conquistaram Medalha de Prata e os 164 que receberam Medalha de Bronze foram premiados com R$ 1,5 mil.
    Os 569 alunos do ensino fundamental vencedores das Medalhas de Ouro, Prata e Bronze, receberam um computador porttil. Foram 46 Ouro, 127 Prata e 396 Bronze. Os professores destes alunos, integrantes da rede estadual de ensino, receberam prmio de R$ 1,5 mil do Governo de Minas.
    A secretria de Estado de Educao, Vanessa Guimares Pinto, informou que os cheques no valor correspondente ao prmio j esto depositados em conta bancria, em nome do professor e do aluno vencedor. Os alunos premiados com computador, recebero o equipamento em casa.
    Do total geral de medalhas recebidas pelos estudantes mineiros, a rede estadual conquistou 51% das de Ouro, 64% das de Prata e 70% das de Bronze. A rede municipal ficou com 14% das de Ouro, 14% das de Prata e 15% das de Bronze. J as escolas federais ficaram com 35% das de Ouro, 22% das de Prata e 15% das de Bronze.
    Bolsa
    O governador Acio Neves autorizou a Secretaria de Estado de Educao a iniciar um programa de monitoria em matemtica nas escolas da rede estadual de ensino para incentivar ainda mais os estudos entre os alunos. Os monitores sero os medalhistas de Ouro, Prata e Bronze da Olimpada de Matemtica, que recebero uma bolsa, financiada pelo Governo de Minas, para exercerem a atividade.
    O diretor do Impa, Csar Camacho anunciou que o Instituto aprovou um programa especial de apoio a todos os medalhistas de Ouro e a todos os alunos que, em algum momento, receberam duas Pratas na Olimpada de Matemtica, para que possam aprofundar seus estudos quando entrarem em uma universidade. Os estudantes sero beneficiados com uma Bolsa de Iniciao Cientfica e uma Bolsa de Mestrado.
    Alunos que fazem parte do grupo Embaixadores da Paz, do Programa TIM Msica nas Escolas, fizeram uma apresentao no incio da solenidade. Eles tocaram Quem Sabe, de Carlos Gomes, e Berimbau, de Baden Powell e Vinicius de Moraes. O Governo de Minas parceiro do projeto Tim Msica na Escola, levando o ensino da msica aos estudantes da rede pblica de ensino. Tambm estiveram presentes os secretrios de Estado de Desenvolvimento Regional, Dilzon Melo



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 19, 2008

    ARACRUZ CELULOSE vai instalar nova fbrica em Governador Valadares - garante o deputado Jairo Lessa do Democrata. Da tribuna da Assemblia de Minas, o deputado disse que com a nova unidade sero gerados 3 mil empregos diretos e 10 mil indiretos. Uma grande conquista para Valadares - que sofre com a queda do dlar, enviado dos EUA pelos valadarense que foram fazer a Amrica.

      


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 19, 2008

    Oramento do governo Acio Neves para 2009. A secretria de Planejamento, Renata Vilhena, entregou Assemblia de Minas a LDO - Lei de Diretrizes Oramentrias. Previso de um oramento de quase 40 bilhes - deste montante mais de 5 bilhes ser]ao para obras, nos disse o deputado Lafayette de Andrada do PSDB. A LDO foi entregue Comisso de Fiscalizao e Oramento do Parlamento Mineiro.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 19, 2008

    Polmica sobre o PEQU - deputados estaduais avaliam projeto - do deputado dr.Vianna, do DEM de Curvelo - que prev modificaes em relao cultura do PEQU. O relator, deputado Almir Paraca - relator - dar parecer favorvel na Comisso de Meio Ambiente. Reunio ser agora tarde.

    O Projeto de Lei (PL) 725/07, do deputado Doutor Viana (DEM), que modifica a Lei 10.883, de 1992, que declara o pequizeiro como rvore de preservao permanente, de forma a permitir o corte sob determinadas condies estava na pauta da comisso de Meio Ambiente e Recursos Naturais desta quarta-feira (18/6/08).
    O relator, deputado Almir Paraca (PT), leu seu parecer de 1 turno sobre emenda e substitutivo apresentado em Plenrio, mas o texto no chegou a ser votado. O deputado Fbio Avelar (PSC) pediu vista do parecer para analisar melhor o assunto. Nova reunio da comisso para votar o parecer foi marcada para esta quinta-feira, s 15 horas.
    O deputado Almir Paraca props, em seu parecer, a aprovao do projeto na forma do substitutivo n 2, ressaltando que o novo texto teve como base diversas pesquisas, alm da nota tcnica enviada pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF) sobre o assunto.
    O projeto original determina o plantio de dez mudas para cada rvore derrubada, aps devida autorizao do IEF.
    O substitutivo n 1, apresentado no dia 13 de maio pelos deputados Luiz Tadeu Leite (PMDB) e Paulo Guedes (PT), prev que o abate ser permitido em reas urbanas e distritos industriais mediante autorizao prvia do rgo municipal competente.
    Em seu parecer, Almir Paraca sugere que sejam 25 mudas plantadas para cada rvores abatida.
    Alm de aumentar o nmero de rvores replantadas, o texto do novo substitutivo estabelece que haja uma rea de 40 m para cada muda, e que as mesmas sejam acompanhadas por um perodo mnimo de cinco anos para garantir seu crescimento adequado. As mudas que no vingarem devero ser substitudas.
    O relator afirmou que o texto representa o equilbrio possvel entre preservar o mais importante bioma de Minas Gerais, o semi-rido, e no atrapalhar o desenvolvimento econmico, das regies onde se encontra o pequizeiro.
    O projeto tramita em regime de urgncia desde o dia 21 de maio, a requerimento do deputado Jayro Lessa (DEM). O pedido foi motivado porque a Ambev, fbrica de bebidas, estava para instalar uma nova unidade em Sete Lagoas.
    A obra no pde ser iniciada porque existem no terreno 400 pequizeiros. Com base na lei que protege a rvore, o Ministrio Pblico impediu que o empreendimento fosse adiante. A aprovao do PL 725/07 pode resolver o impasse. Caso contrrio, a empresa j anunciou que estuda outras reas para instalar a fbrica.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 18, 2008

    Os 70 anos do jornal CORREIO DE UBERLNDIA. O influente jornal do Grupo Algar, recebeu homenagem da Assemblia de Minas, atravs do deputado Luiz Humberto Carneiro, do PSDB de Uberlndia. Em nome do CORREIO falou o vice-presidente do Grupo Algar e diretor do jornal, o jovem empresrio Luiz Alexandre Garcia. As fotos VALEM POR MIL PALAVRAS. Fotos so do site www.almg.gov.br

     
     

     
     
     







                             Comentrios

    #1. celso castilho de souza
    Louvo a iniciativa do Deputado Luiz Humberto.Durante todo o tempo que estou dirigindo o Consrcio Capim Branco Energia, posso atestar o Jornalismo srio, comprometido com a verdade e com os interesses da sociedade, do Jornal Correio de Uberlandia. Parabns a sua direo e a todos que trabalham no Jornal.

    Celso Castilho de Souza
    Diretor Presidente do Consrcio Capim Branco Energia.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 17, 2008

    Governador Acio Neves lana conjunto de aes para melhorar a sade pblica em Minas.

     









                                                            Acio lana novas aes
                                                      para melhorar servios de sade

     









    Omar Freire/Imprensa MG

    O governador Acio Neves anunciou, nesta tera-feira (17), conjunto de aes destinadas a melhorar o atendimento e a qualidade dos servios de sade na rede pblica de Minas. As medidas incluem a implantao do Pro-Hosp Urgncia e Emergncia, programa que vai estruturar esse tipo de servio nos hospitais que atendem pelo SUS em Minas. Nessa primeira etapa, o Governo de Minas destinar R$ 30,6 milhes para o custeio da urgncia e emergncia em hospitais de 87 cidades-plo.

    Outra medida anunciada a construo de farmcias da Rede Farmcia de Minas em 67 municpios para garantir armazenamento adequado e facilitar a distribuio gratuita de medicamentos. Tambm foi feita a entrega de 421 veculos para tornar mais gil, seguro e confortvel o transporte de pacientes. Do total de veculos, 57 sero entregues atravs do programa Sade em Casa, do Governo de Minas, para dar suporte ao trabalho das equipes do Programa Sade da Famlia (PSF), do governo federal.

    O governador fez ainda o lanamento do Prmio Clio de Castro de Qualidade e Humanizao dos Hospitais da Rede Pro-Hosp. O prmio, que homenageia o ex-prefeito de Belo Horizonte, o reconhecimento excelncia da gesto dos hospitais da rede.

    Acio Neves afirmou que o Governo de Minas est investindo R$ 70 milhes nessas aes que, junto com outras medidas adotadas nos ltimos cinco anos, esto contribuindo para que a populao receba atendimento de qualidade o mais perto possvel de onde mora. Segundo o governador, Minas equilibrou as contas pblicas com o programa Choque de Gesto e agora pode planejar investimentos em aes que esto melhorando a vida das pessoas.

    " um lanamento extraordinrio e mais um passo adiante na nova viso que temos da sade pblica em Minas Gerais. No h nada mais social, nada que atenda melhor as pessoas do que gastar bem o dinheiro pblico. Isso o Choque de Gesto. O grande desafio, a grande fronteira que Minas est ultrapassando com vanguardismo exatamente esse. No interessa apenas quanto foi gasto, mas como o recurso chegou na ponta, como melhorou o atendimento das famlias do Jequitinhonha, do Mucuri, do Tringulo e de todas as regies do Estado", ressaltou o governador, em seu pronunciamento.

    Homenagem

    A solenidade, realizada no Palcio da Liberdade, contou com a participao de 393 prefeitos beneficiados com as novas aes implementadas pelo Governo de Minas. Contou tambm com a presena do ex-prefeito de Belo Horizonte Clio de Castro (foto de capa), homenageado com a entrega de uma placa que formalizou o lanamento do Prmio de Qualidade e Humanizao dos Hospitais da Rede Pro-Hosp, que leva o nome do ex-prefieto.

    Segundo o governador, poucas pessoas conquistaram unanimidade em relao conduta tica e ao trabalho compromissado como fez Clio de Castro em sua trajetria profissional como mdico e como poltico. "Clio de Castro foi meu colega constituinte. E desde aquela poca, percebi sua liderana sempre serena, cautelosa, mas tambm efetiva, determinada e corajosa na defesa daquilo que acreditava ser o melhor para Minas e para o Brasil", destacou o governador.

    O Prmio foi criado com o objetivo de contemplar as experincias mais bem-sucedidas na gesto da qualidade desenvolvidas pelos hospitais da rede Pro-Hosp. O prmio para o 1 lugar ser de 400 mil e para o 2 lugar de R$ 300 mil. O 3 colocado receber R$ 200 mil e o 4 lugar, R$ 100 mil. Concorrero ao prmio os 126 hospitais da Rede Pro-Hosp, implantada a partir de 2005. Os hospitais sero premiados com base em critrios definidos pela Agncia Nacional de Vigilncia Sanitria (Anvisa) e pela Organizao Nacional de Acreditao (ONA).

    Urgncia e Emergncia

    Entre as medidas anunciadas, o Pro-Hosp Urgncia e Emergncia foi implantado para ajudar a desafogar um dos maiores gargalos na rea da sade. O governador afirmou que pacientes que precisam deste tipo de servio no precisaro mais viajar at os grandes centros, muitas vezes correndo risco de morte, para ter atendimento rpido e de qualidade. "O Pro-Hosp a grande realidade desse governo. O Pro-Hosp est permitindo que aquele fluxo que vinha, muitas vezes para a prpria capital, Belo Horizonte, ou para as cidades-plo, fique em cidades de porte mdio. Portanto, esses investimentos esto sendo feito de forma extremamente qualificada, com treinamento de pessoal", destacou Acio Neves, em entrevista.

    Tempo integral

    O secretrio de Estado de Sade, Marcus Pestana, disse que o gargalo na urgncia e emergncia grande porque o setor exige a presena e ateno de profissionais qualificados em tempo integral. "Uma das coisas que mais exigem energia e trabalho no sistema de sade, a ateno 24 horas, sete dias da semana, em circunstncias em que a vida est pelo fio da navalha. Ento, preciso ter pronto-socorro moderno, bem equipado, com profissionais qualificados. isso que o Pro-Hosp Urgncia e Emergncia vai garantir", disse.

    Em 2008, o Governo de Minas vai destinar R$ 30,6 milhes para o custeio dos servios de urgncia e emergncia dos hospitais. Os recursos podero ser utilizados tambm para a remunerao de equipes que atuam diretamente nesse servio. Os hospitais a serem beneficiados atendem em 87 municpios plo.

    A estruturao da urgncia e emergncia vai dar mais eficincia ao Programa de Fortalecimento e Melhoria da Qualidade dos Hospitais do SUS em Minas. O programa foi implantado em 2005 e hoje a Rede Pro-Hosp formado por 126 hospitais de todas as regies do Estado. O Governo de Minas j investiu R$ 317 milhes para melhorar a estrutura fsica, implantar novos servios, comprar equipamentos de alta tecnologia e modernizar a gesto dos hospitais dessa rede.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 17, 2008

    Tarifa Telefnica nica para os municpios da Regio Metropolitana de BH. Assunto foi discutido hoje na Comisso de Transporte, a pedido do deputado Dinis Pinheiro, do PSDB.Confira os detalhes!

                                                                     
                                                                     Deputado Dinis Pinheiro
                                                                      autor do requerimento.
                                                                  
    O deputado Dinis Pinheiro (PSDB) defendeu, nesta tera-feira (17/6/08), uma alterao no regulamento da Agncia Nacional de Telecomunicaes (Anatel), de forma que todos os municpios de uma mesma regio metropolitana paguem a mesma tarifa telefnica. Hoje, na Regio Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), nove municpios so considerados rea conurbada e pagam tarifa local na comunicao entre si.
    Os demais 24 municpios da RMBH pagam tarifa interurbana na comunicao com a Capital. O assunto foi tema de audincia pblica realizada pela Comisso de Transporte, Comunicao e Obras Pblicas da Assemblia Legislativa de Minas Gerais nesta tera (17), a requerimento do deputado Dinis Pinheiro.Os nove municpios da RMBH que so considerados rea conurbada pela Anatel so Belo Horizonte, Betim, Contagem, Ibirit, Nova Lima, Ribeiro das Neves, Sabar, Santa Luzia e Vespasiano.
    A regra, segundo os representantes da Anatel, que as reas urbanas dos municpios envolvidos estejam, no mximo, a um quilmetro uma da outra. Para esse clculo, so desconsiderados acidentes geogrficos como rios, lagos e braos ocenicos. Essa regra foi estabelecida em 2004 pela Anatel.
    Antes de 2004, a regra considerava de forma independente cada rea contnua de prestao de servio telefnico. O resultado que, em um mesmo municpio, vrios distritos tinham de pagar tarifa interurbana para se comunicar com a sede. A mudana, segundo o especialista Jorge Luiz da Silva, da empresa Oi, reduziu de 1,5 mil para 800 reas locais de telefonia fixa em Minas Gerais.
    O gerente regional da Anatel, Jos Dias Coelho Neto, advertiu que a unificao das tarifas metropolitanas iria aumentar os custos de operao, o que poderia encarecer a tarifa local. "A obrigao do rgo regulador ver a necessidade do consumidor, mas tambm a viabilidade do negcio da operadora", afirmou o dirigente regional da Anatel.
    Moradores de Sarzedo pedem reviso
    Moradores de Sarzedo, municpio da RMBH vizinho a Ibirit, lotaram o Auditrio da ALMG, onde aconteceu a audincia pblica. Jos Coelho Neto disse que a Anatel, sempre quando solicitada, realiza verificaes peridicas para checar a distncia entre as reas urbanas dos municpios. Quando a distncia se reduz a pelo menos um quilmetro, a tarifa local entre os municpios envolvidos implantada. O gerente regional da Anatel se comprometeu a realizar uma verificao do caso de Sarzedo.
    O deputado Dinis Pinheiro disse estar certo e tranqilo de que a reviso do caso de Sarzedo resultar na implantao da tarifa local para o municpio. Ele citou diversos bairros de Sarzedo e Ibirit que esto a menos de 500 metros um do outro. "No existe dvida com relao a isso. So reas totalmente conurbadas", afirmou o parlamentar. Independente disso, ele defendeu a ampliao da tarifa nica para toda a regio metropolitana.
    "A Constituio Federal j estabelece um tratamento diferenciado para as regies metropolitanas", argumentou o parlamentar. Dinis Pinheiro ainda elaborou dois requerimentos, que s devero ser votados na prxima reunio da comisso, para que o caso e as reivindicaes sejam encaminhados para o Ministrio das Comunicaes e para rgos de defesa do consumidor.
    O tratamento diferenciado para as regies metropolitanas tambm foi defendido com veemncia pelo prefeito de Itaguara e presidente da Associao dos Municpios da RMBH (Granbel), Ubiraci Prata Lima, e pelo promotor de Justia Amauri Artimos da Matta, que participaram da audincia pblica.
    Escolas pblicas tero banda larga at 2010
    O diretor da Embratel em Belo Horizonte, Altivo Luiz de Oliveira, e os representantes da Oi afirmaram que esto dispostos a rever a tarifa para as regies metropolitanas, caso o regulamento da Anatel seja revisto.
    O executivo de Relaes Institucionais da Oi, Maurcio Couto Frana, disse que a empresa j est implantando banda larga gratuita para internet nas escolas pblicas de Minas Gerais, por determinao legal. "Este ano 1,2 mil escolas j recebero este servio.
    At 2010, todas as escolas pblicas do Estado sero atendidas", afirmou o dirigente.
    Alm de realizar o debate sobre telefonia, a Comisso de Transporte, Comunicao e Obras Pblicas aprovou sete requerimentos parlamentares e cinco proposies que dispensam a apreciao do Plenrio. Os seguintes requerimentos foram aprovados:
    - Solicitao do deputado Padre Joo (PT) de uma audincia pblica para apresentao, por representantes do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-MG), do Programa de Recuperao e Manuteno Rodoviria de Minas Gerais (ProMG Pleno 2008);
    - Envio de voto de congratulaes direo do DER-MG pelo processo de licitao de mais 49 trechos rodovirios do Proacesso, solicitado pelo deputado Gil Pereira (PP);
    - Voto de congratulaes ao secretrio de Estado de Transportes e Obras Pblicas, Fuad Noman Filho, pela execuo de novos trechos do Proacesso, tambm requerido pelo deputado Gil Pereira;
    - Solicitao do deputado Carlos Pimenta (PDT) de audincia pblica para discutir a licitao de txis em Belo Horizonte;
    - Requerimento, pelo deputado Carlin Moura (PCdoB), de visita da Comisso de Transportes, Comunicao e Obras Pblicas s margens do Crrego Meloso, no bairro Novo Retiro, no municpio de Esmeraldas (RMBH), para verificar as consequncias da implantao da Estao de Tratamento de Esgoto de Contagem para as condies de vida da populao da regio;
    - Solicitao do deputado Gil Pereira para envio de ofcios empresa area Ocean Air, Agncia Nacional de Aviao Civil (Anac) e Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroporturia (Infraero), solicitando-lhes que seja estudada a possibilidade de aumentar o nmero de vos disponveis para o municpio de Montes Claros;
    - Requerimento do deputado Gustavo Valadares (DEM) para envio de ofcio ao procurador-chefe da Repblica em Minas Gerais, Tarcsio Henriques Filho, para que sejam tomadas as providncias judiciais cabveis para tentar restabelecer o funcionamento das balanas e dos radares federais em Minas Gerais.
    Presenas - Deputados Juninho Arajo (PRTB), vice-presidente da Comisso; Incio Franco (PV), Dinis Pinheiro (PSDB) e Weliton Prado (PT); deputada Maria Lcia Mendona (DEM); e alm das autoridades citadas na matria, participaram da audincia o gerente de Fiscalizao e Servios da Anatel, Hermann Bergmann; o especialista em Regulamentao da Oi, Wilson Bolcchi Jnior; e o gerente de Consultoria Reguladora, Jorge Luiz da Silva Correa.








                  Comentrios

    #1. celso Castilho de Souza
    Parabns Prezado amigo Dinis Pinheiro.
    importante que os usurios do entorno de B.Hte, no paguem suas ligaes, como se de interurbano fossem. Tenho residencia em Casa Branca(28 KM)Municipio de Brumadinho e as ligaes so consideradas interurbanos.Peo o apoio de todos os Deputados.
    Obrigado.
    Celso Castilho de Souza







       









       




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 17, 2008

    PUBLICIDADE em ALTA. Nota vem do nosso parceiro de BLOGOSFERA, o SINAPRO de Minas, presidido pelo publicitrio Juliano Sales. Na foto abaixo: Adopho Resende - vice - e Juliano Sales - presidente Sinapro-MG. Tm motivo para os largos sorrisos!!!


    Faturamento da mdia cresce no primeiro trimestre.

    O incio do ano para a mdia brasileira foi muito promissor, com um faturamento de 15,5% a mais com verbas publicitrias em relao ao mesmo perodo do ano passado. Entre janeiro e maro o setor arrecadou R$ 4,1 bilhes, ante os R$ 3,6 bilhes do primeiro trimestre de 2007. Vale ressaltar que nos trs primeiros meses do ano passado a arrecadao da mdia foi negativa em 1,4%.
    A televiso registrou crescimento pouco abaixo da mdia do mercado: 12,5%, em um total de R$ 2,4 bilhes arrecadados com venda de espao publicitrio contra R$ 2,1 bilhes do mesmo perodo do ano passado.
    Os meios que puxaram a mdia para cima foram a internet, com 36% de crescimento; jornal, com 23,7%; e revista, com 18,3%. E ainda o rdio, com desempenho 26% superior ao primeiro trimestre de 2007.
    Em termos percentuais, a internet foi a mdia que mais cresceu no perodo, mas a verba publicitria nela investida R$ 134,3 milhes, contra os R$ 98,7 milhes anteriores representa apenas 3,2% do total.
    O apresentou o segundo melhor desempenho do perodo, em termos proporcionais, contabilizando R$ 139 milhes, contra R$ 153 milhes do mesmo perodo no ano anterior. A sua participao no bolo publicitrio ficou em 4,7%.
    Em seguida vem o meio jornal, com 23,7% de crescimento conseqncia, principalmente, do grande volume de anncios de imveis e da safra de publicidade legal.
    a segunda maior mdia em termos de volume de verbas investidas, com um total de R$ 778 milhes no trimestre contra R$ 628,8 milhes do ano anterior.
    As revistas tambm cresceram acima da mdia do mercado, com um faturamento de R$ 284,3 milhes, superior aos R$ 240,3 milhes do ano anterior.
    A TV por assinatura que, a exemplo da internet, ao longo do tempo tem registrado desempenho bem acima da mdia, desta vez cresceu em linha com o mercado (15,4%), tendo faturado R$ 117,4 milhes no trimestre.
    A mdia exterior, que durante o ano de 2007 teve ndices negativos, recuperou-se no incio de 2008 e fechou o trimestre com 4% de crescimento.
    As mdias cinema, guias e listas tiveram um retrocesso nos investimentos publicitrios da ordem de 2,2%. O primeiro faturou R$ 116 milhes, contra R$ 11,9 milhes do ano anterior. Guias e listas ficaram com R$ 87,3 milhes, contra R$ 89,3 do primeiro trimestre de 2007.
    Clique aqui para ver a relao do faturamento bruto por meio.
                                                      FONTE: PROJETO INTER MEIOS
                                                        JORNAL MEIO E MENSAGEM


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 17, 2008

    TV DIGITAL. Ministro das Comunicaes, senador Hlio Costa, foi ao Rio de Janeiro assinar autorizao para sete emissoras transmitirem suas programaes pelo sistema digital.


    TV Globo inicia transmisso digital no Rio de Janeiro

                         
                    Ministro,Hlio Costa:assim como em So Paulo e Belo Horizonte, cronograma de lanamento  antecipado em um ano e meio.

    Nesta segunda-feira (16/06), a TV Globo comeou a exibir sua programao em formato digital na regio metropolitana do Rio de Janeiro. O lanamento ser feito durante o Jornal Nacional.   
    O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, assinou a consignao dos canais digitais na cidade no dia 29 de janeiro. Sete emissoras receberam a consignao: TV Globo; TV mega Ltda (Rede TV!); SBT (Sistema Brasileiro de Televiso); Rede Record; TV Bandeirantes; TV Corcovado e TV Brasil (Empresa Brasil de Comunicao - EBC).
    Todas tm o prazo de lanar at o final de 2009 a operao, mas j esto se adiantando.
    O cronograma de implantao da TV Digital determina que, depois de consignado o canal, a emissora tem at seis meses para apresentar o projeto de instalao da estao transmissora digital junto ao MC.

    Depois da aprovao do projeto, a emissora tem mais 18 meses para iniciar as transmisses.
    A TV Globo teve o projeto aprovado pelo ministrio em abril e tem at 9 de outubro de 2009 para entrar no ar em carter definitivo. a segunda a operar o sinal na capital fluminense. A Rede TV! j est transmitindo em carter experimental. 
    "A implantao do novo sistema vem superando nossas expectativas. Braslia j ser a prxima cidade a ter os canais digitais consignados, depois viro Fortaleza e Salvador.
    Todas as capitais vo acabar se adiantando ao cronograma determinado", disse o ministro Hlio Costa.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 17, 2008

    Comisso de Constituio da Assemblia de Minas presidida pelo deputado Dalmo Ribeiro Silva, do PSDB, de Ouro Fino no sul de Minas.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 17, 2008

    Dado o primeiro passo - na Assemblia de Minas - para a COPASA poder contratar empresas para realizar servios de gua e esgoto. Confira detalhes do parecer da Copmisso de Constituio e Justia.

    O Projeto de Lei (PL) 2.164/08, do governador do Estado, que dispe sobre a incluso de procedimentos a serem adotados pela Copasa e autoriza a contratao de empresas para a realizao de servios, teve parecer favorvel de 1 turno aprovado, nesta tera-feira (17/6/08), na Comisso de Constituio e Justia da Assemblia Legislativa de Minas Gerais.
    O presidente da comisso e relator, deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), opinou pela aprovao do projeto na forma do substitutivo n 1, que apresentou. Na reunio, outras dez proposies tiveram parecer de 1 turno favorvel aprovado.
    Originalmente, o PL 2.164/08 altera a Lei 13.663, de 2000, e estabelece que na execuo de suas atividades a Copasa poder utilizar recursos e pessoal prprios ou de terceiros. O substitutivo n 1 teve como objetivo adequar a redao do projeto, estabelecendo que a Copasa pode contratar outras empresas para a realizao de servios especficos necessrios adequada realizao do objeto de seus contratos com os municpios.
    O deputado Dalmo Ribeiro Silva explicou que a alterao da redao original pretende evitar a interpretao errada de que a Copasa poderia utilizar diretamente pessoal de outras empresas, o que seria ilegal. Pelo substitutivo, a Copasa poder contratar empresa prestadora de servio ou executora de obras a qual no tenha como objeto social a prestao de servios de saneamento bsico.
    Outra alterao feita pela proposio original a ampliao da participao da Copasa em outras sociedades (modifica o artigo 3 da Lei 13.633). O substitutivo autoriza a Copasa a contrair emprstimo ou financiamento com instituio financeira ou agncia de fomento, nacional ou internacional, obrigando-se a contrapartida, se for o caso; propor desapropriaes; promover encampao de servios; receber doaes e subvenes; atuar no Brasil e no exterior; firmar convnio e formar consrcio ou qualquer outra forma de parceria com pessoas de direito pblico ou privado; entre outros.
    De acordo com o substitutivo, para o cumprimento de atividades de seu objeto social a empresa fica autorizada a participar, majoritria ou minoritariamente, de sociedades que tenham objetivos sociais relacionados prestao de servios de abastecimento de gua e de esgotamento sanitrio.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 16, 2008

    Jornal CORREIO DE UBERLNDIA, faz 70 anos, e recebe homenagem da Assemblia Legislativa de Minas. Requerimento foi do deputado Luiz Humberto Carneiro, do PSDB de Uberlndia. Reunio Especial foi na noite desta segunda-feira.

    Os 70 anos de fundao do jornal Correio de Uberlndia foram homenageados pela Assemblia Legislativa de Minas Gerais com uma Reunio Especial de Plenrio na segunda-feira (16/6/08), s 20 horas. A comemorao foi solicitada pelo deputado Luiz Humberto Carneiro (PSDB), que destaca o veculo de comunicao como um dos mais relevantes do Estado.
    Segundo o parlamentar, o objetivo da homenagem ressaltar a importncia do peridico, que o nico dirio da regio, e reconhecer sua histria de sucesso e credibilidade. "A independncia e o compromisso com a informao marcaram a histria do Correio, que enfrentou desafios e conquistou a confiana de mais de 50 mil leitores", afirmou.
    Histria - De acordo com informaes do site do jornal, os primeiros exemplares do Correio de Uberlndia comearam a ser publicados, em 1938, pelo produtor rural Osrio Jos Junqueira. No incio, com uma periodicidade irregular o jornal enfrentou algumas dificuldades, j que Osrio, era dono de outros sete jornais e no tinha tempo suficiente para se dedicar.
    Em 1940 o jornal foi vendido para um grupo ligado a Unio Democrtica Nacional (UDN) e, em 1986, o grupo Algar comprou o controle acionrio do jornal e o mantm at os dias atuais.
    Segundo o site, desde ento, o peridico passou por diversas reformulaes grficas e editoriais. A mais marcante delas ocorreu em 1995 com a estria de um moderno projeto grfico, onde o jornal passou a ter capas e contra-capas coloridas, e a disponibilizar o contedo impresso na Internet.
    Ainda de acordo com o site, em 2002, uma novo projeto grfico deu destaque ao Correio de Uberlndia, que foi reconhecido pela Associao Nacional dos Jornais (ANJ), como um dos jornais modernos do interior do Brasil.








               Comentrios

    #1. celso castilho de souza
    Louvo a iniciativa do Deputado Luiz Humberto.Durante todo o tempo que estou dirigindo o Consrcio Capim Branco Energia, posso atestar o Jornalismo srio, comprometido com a verdade e com os interesses da sociedade, do Jornal Correio de Uberlandia. Parabns a sua direo e a todos que trabalham no Jornal.

    Celso Castilho de Souza
    Diretor Presidente do Consrcio Capim Branco Energia.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 16, 2008

    Hoje, 23 horas, na TV Assemblia assista o debate sobre Desarmameto. No cabo, pela NET, canal 11, aqui em BH. No interior UHF e pela Internet no www.almg.gov.br









    Assemblia Debate


    O estatuto do desarmamento passa por mudanas cinco anos aps ser criado. A inteno do governo federal ampliar o volume de armas entregues voluntariamente pela populao e reduzir a criminalidade no pas. No programa desta semana, vamos conversar sobre isso com os deputados Durval ngelo, do PT, Ruy Muniz, do DEM, Sargento Rodrigues, do PDT, e com o representante da Rede Desarma Brasil, Sergem Jessui M. O Assemblia Debate vai ao ar nesta segunda (16), s 23h.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 16, 2008

    Azeite mineiro - produzido em Maria da F, sul do Estado.

                                                                  
                                                           Deputado Vanderlei Jangrossi, PP,
                                                presidente da Comisso de Poltica Agropecuria.
    A Comisso de Poltica Agropecuria e Agroindustrial da Assemblia Legislativa de Minas Gerais quer divulgar e apoiar as pesquisas com oliveiras feitas pela Empresa de Pesquisa Agropecuria de Minas Gerais (Epamig) no municpio de Maria da F.
    Nesta segunda-feira (16/6/08), deputados visitaram a fazenda experimental da Epamig, no Sul de Minas, e conheceram a plantao de azeitonas de onde foi extrado, em 29 de fevereiro deste ano, o primeiro azeite de oliva extra virgem do Brasil. O presidente da comisso e autor do requerimento para a visita, deputado Vanderlei Jangrossi (PP), anunciou que vai propor audincias para divulgar o negcio e atrair investidores.
    Durante exposio feita pelos tcnicos da Epamig, os deputados conheceram o potencial e os desafios da produo de azeitonas no Pas. Para ser auto-suficiente, o Brasil teria que plantar 62 mil hectares de oliveira. Na rea pesquisada pela Epamig em Maria da F, h apenas 500 ps da planta, que renderam azeite de alta qualidade, segundo padres internacionais. As pesquisas comearam h cerca de cinco anos.
    Jangrossi acrescenta que a empresa italiana que produz o azeite Gallo j teria adquirido 500 hectares de terras na cidade e estaria plantando mudas com a variedade e tecnologia desenvolvidas pela Epamig. Hoje, a azeitona e o azeite consumidos por brasileiros vm de outros pases, movimentando cerca de R$ 340 milhes por ano.
    Para a Epamig, um dos desafios para ampliar a produo nacional seria a reeducao do agricultor. Como a oliveira leva quatro anos para comear a produzir e exige muitos cuidados no incio do cultivo, o produtor, alm do know-how, precisa ter uma agricultura paralela que garanta sua subsistncia.
    A empresa acredita tambm que o negcio necessita de mais investimentos e divulgao. Por isso, os deputados receberam um projeto que busca, justamente, atrair investidores. Segundo Jangrossi, os pesquisadores pedem tambm incentivos do governo. "Hoje a muda de oliveira custa R$ 10,00. O objetivo reduzir esse custo pela metade", aponta. A visita foi acompanhada pelo prefeito de Maria da F, Walter Mussolini Sarno (PMDB).
    Presenas - Deputados Vanderlei Jangrossi (PP), presidente; Padre Joo (PT), vice; Brulio Braz (PTB) e Dalmo Ribeiro Silva (PSDB).






                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 15, 2008

    Leonardo Quinto o candidato do PMDB Prefeitura de BH. Ele obteve 54 votos. Seu adversrio, o deputado estadual Svio Souza Cruz, 19. Outros 19 convencionais anularam o voto e 2 votaram em branco.


    O deputado federal Leonardo Quinto foi escolhido neste domingo como candidato do PMDB na disputa pela prefeitura de Belo Horizonte.
    Quinto derrotou na conveno municipal do partido o deputado estadual Svio Souza Cruz, que acusou o governador Acio Neves (PSDB) e o prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT), de interferirem nos bastidores da disputa interna peemedebista em favor do deputado federal. Quinto recebeu 54 votos dos votantes na conveno, contra 19 do deputado estadual. Foram 19 votos nulos e dois em branco.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 15, 2008

    Em primeira mo! Vander Borges, presidente do PSB, ser candidato a prefeito de SABAR, aonde j foi prefeito. A informao foi dada agora a pouco - s 13h22m.

    O deputado estadual do PSB, Vander Borges, vai disputar a sucesso na cidade dele, Sabar, na regio metropolitana de BH. Ele foi prefeito do municpio, de onde asaiu com a provao de mais de 80% dos eleitores. Agora volta disputa.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 15, 2008

    CHE Guevara ganha esttua em Rosario na Argentina. A esttua de CHE foi inaugurada sbado. Faz parte das comemoraes dos 80 anos de nascimento de CHE em Rosario.

    Foto: Carlos Carrion/AFP
    Grupo de estudantes argentinos observa uma esttua do lder guerrilheiro Ernesto 'Che' Guevara inaugurada neste sbado (14) em Rosario, cidade onde nasceu o revolucionrio. A obra faz parte das comemoraes do 80o aniversrio de nascimento de 'Che', um dos lderes da Revoluo Cubana, morto em 1967. (Foto: Carlos Carrion/AFP)




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 15, 2008

    COPA DO MUNDO em BH. Na quarta-feira, dia 18, aqui em BH, dose dupla da COPA DO MUNDO de 2010 e de 2014 - alm do jogao Brasil e Argentina no Mineiro, ser realizado Seminrio "Copa 2014: Oportunidades e Desafio para a s Cidades". Vo estar no SEMINRIO o ministro dos Esportes, Orlando Silva; o presidente da CBF, Ricardo Teixeira e o palestrante da FIFA, Hugo Salcedo.







    Belo Horizonte
    sede de seminrio
    sobre a Copa 2014
     


    A capital mineira vai sediar, na prxima quarta-feira, dia 18, data em que recebe o jogo do Brasil contra a Argentina pelas eliminatrias da Copa de 2010, o "Seminrio Copa 2014: Oportunidades e Desafios para as Cidades".
    O encontro tem o objetivo de discutir o reflexo do campeonato mundial de futebol nas cidades anfitris e tratar de questes tcnicas relacionadas mobilidade urbana em eventos de grande porte.

    Localidades que j sediaram competies semelhantes vo dar sua contribuio por meio da troca de experincias. Representantes de Stuttgart (Alemanha) e do Rio de Janeiro vo falar, respectivamente, sobre a Copa do Mundo de 2006 e os Jogos Pan -americanos 2007.
    Belo Horizonte apresentar a metodologia utilizada durante o Encontro Mundial do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em 2006. Na ocasio, tambm ser organizado o grupo de trabalho Gesto da Mobilidade de Megaeventos.
    Estaro presentes no seminrio o ministro dos Esportes, Orlando Silva, o presidente da Confederao Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, e o palestrante da Fifa Hugo Salcedo .
    "Depois que o Brasil foi indicado como sede da Copa do Mundo de 2014, a primeira vez que haver um encontro entre representantes da CBF, da Fifa e autoridades brasileiras .
    um contato que vai trazer informaes relevantes", afirma o secretrio municipal adjunto de Relaes Internacionais da Prefeitura de Belo Horizonte, Rodrigo Perptuo .
    Para as cidades que sero palco do maior espetculo do futebol esto previstos impactos econmicos, polticos e sociais.
    O turismo um potencial estimulador da economia. Em termos institucionais, pode-se citar a visibilidade internacional. No mbito social, destaca-se o aumento da oferta de empregos diretos e indiretos.
    Outras possibilidades ainda devem ser geradas pelo campeonato mundial. "A preocupao identificar quais as adequaes urbanas so necessrias para esse acontecimento . Sero exigidos os esforos dos governos Federal, Estadual e Municipal e da iniciativa privada para que a Copa seja um sucesso", assinala Perptuo.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 15, 2008

    Recomendo a edio desta semana da Revista Veja. Nela uma reportagem especial com o empresrio Eike Batista - filho do ex-presidente da Vale, Eliezer Batista. Eike hoje um smbolo do novo capitalismo brasileiro. Vale conferir!






    Fernando Cavalcanti
    NEGCIO FECHADO
    O empresrio com scios da OGX no prego da bolsa: mais 13 bilhes de dlares no patrimnio


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 15, 2008

    Morreu o cone da Escola de Samba Estao Primeira da Mangueira. Lamentamos a morte de Jamelo. A notcia abaixo est no Blog do nosso parceiro Hugney Bisneto - de Uberlndia.



    Jamelo, famoso intrprete da Mangueira, morre aos 95 anos


    Morreu na madrugada deste sbado Jamelo, intrprete e presidente de honra da escola de samba Estao Primeira de Mangueira.
    Jamelo tinha 95 anos e estava internado na Clnica Pinheiro Machado, no Rio de Janeiro, desde a ltima quinta-feira. Segundo nota da assessoria da Mangueira, o falecimento ocorreu s 4h da manh por infeco grave. O corpo de Jamelo ser velado na quadra da escola de samba. Jos Bispo dos Santos, conhecido como Jamelo, nasceu em 12 de maio de 1913. Menino no morro da Mangueira, conviveu com os fundadores e os primeiros componentes da escola. Segundo informaes da Mangueira, nos anos 50 ele comeou a atuar como intrprete de samba-enredo para a escola, atividade que praticou at o ano de 1996.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 15, 2008

    Responsabilidade social. Notcia vem do jornalista Schubert Arajo - da Multitexto - nosso parceiro da blogosfera.











    Depyl Action conquista
    o prmio ABF-Afras de Responsabilidade Social


    Evento de premiao aconteceu
    no ltimo dia 29, em So Paulo




    A Depyl Action - pioneira e lder nacional no segmento de franquia de lojas especializadas em depilao, com sede administrativa em Belo Horizonte, fbrica prpria em Balnerio Cambori e 45 lojas espalhadas por 17 estados brasileiros e uma unidade na Venezuela - foi uma das grandes vencedoras do prmio ABF-Afras Destaque em Responsabilidade Social, conquistando o segundo lugar na categoria Snior. O prmio foi entregue no ltimo dia 29, em So Paulo, como reconhecimento da entidade ao projeto da Depyl de apoio ao combate ao cncer de mama, realizado em parceria com o Instituto Brasileiro do Cncer (IBCC). A

    A ao, que teve incio no dia 8 de maro deste ano, data em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, contemplou vrias atividades, entre elas a conscientizao das clientes da loja, franqueadas e colaboradoras da rede Depyl Action para a importncia do auto-exame e do diagnstico precoce da doena, por meio de cartazes e material informativo nas lojas da rede, alm da doao, para o IBCC, de parte do faturamento das unidades no dia 8 de maro para a causa. Na foto, da esq. p/ dir: Onsimo Affini, Produtor executivo da campanha "O Cncer de Mama no Alvo da Moda" no Brasil; Danyelle Van Straten, diretora executiva da Depyl Action; Camila Valentim Brei, Relaes Pblicas da Depyl; e Valentim Biazotti, diretor Administrativo do IBCC.



    Onze empresas brasileiras do setor que desenvolvem projetos de responsabilidade social empresarial foram contempladas. A segunda edio do prmio ABF-AFRAS Destaque Responsabilidade Social foi dividida em quatro categorias: franqueador pleno para marcas com trs anos de atividade e dez ou mais franqueados; franqueador snior para marcas com cinco anos e 30 ou mais franqueados, franqueador master para marcas com dez anos e mais de 60 franqueados e, por fim, a categoria franqueados composta de empresas de qualquer porte.

    Premiados

    Na categoria Franqueador Master, ficaram com o prmio as redes O Boticrio, Bob's e CNA. Venceram como Franqueador Snior as empresas Caf do Ponto, Depyl Action e Vita Derm. J a Cetelbras abocanhou sozinha o prmio de Franqueador Pleno. As franqueadas que ficaram com o prmio Destaque Responsabilidade Social deste ano foram: BIT Company (Unidades Arax e Ananindeua), Jani-King e Yzigi Internexus.

    Sobre os projetos

    Com o prmio Destaque Responsabilidade Social, a AFRAS quer incentivar e, sobretudo, valorizar o esforo das redes que incluram, em seu planejamento estratgico, prticas de responsabilidade socioambiental. "A AFRAS comeou seu trabalho apoiando aes assistencialistas e, agora, est sensibilizando e dando suporte s franquias para que temas como sustentabilidade e tica na cadeia de relacionamentos sejam valorizados nas empresas. O prmio reflete esse amadurecimento e vem coroar essas iniciativas", afirma Claudio Tieghi, presidente da AFRAS.

    "Ns acreditvamos no potencial do nosso projeto e a agora nos sentimos duplamente premiados. Toda vez que vemos o brilho no olhar das crianas que participam do nosso programa de incluso digital j nos sentimos premiados. E, agora, receber o reconhecimento de uma entidade como a AFRAS nos incentiva ainda mais a continuar investindo em projetos como este", declarou Wellington Alves Marques, franqueado da rede Bit Company, da cidade de Ananindeua, ganhador do 1 lugar na categoria franqueados.

    Conhea os projetos:

    Bonequinhas Solidrias, O Boticrio: Comercializao de bonecas de pano em 222 lojas da franquia que so produzidas por 11 grupos de artesos do estado de Pernambuco. O cerne do projeto abrir mercado para os pequenos produtores a partir do conceito de comrcio justo em rede de franquias.

    Programa Bob's Melhor Idade: promover a incluso social e profissional de pessoas com mais de 45 anos e idosos. Com este programa, o Bob's contrata funcionrios com idade entre 45 e 65 anos para suas lojas. O objetivo resgatar a alegria e motivar profissionais que desejam voltar ao trabalho, mas encontram dificuldades e preconceitos. Em todas as lojas prprias da empresa no Rio e de So Paulo h pelo menos um "Melhor Idade".

    Fundao CNA: A Fundao CNA proporciona educao pr-escolar para 720 crianas de 2 a 6 anos de idade moradoras do Jardim Amlia, situado no Campo Limpo, zona sul de So Paulo. O CNA se encarrega de todos os custos do projeto como uniformes, material didtico e alimentao diria.

    Dia da paixo por Caf, Caf do Ponto: Destinao de toda a renda obtida neste dia com a venda de cafs e produtos base de caf para o GRAACC Apoio ao Adolescente e Criana com Cncer com adeso de 100% dos franqueados.

    Depyl Action na luta contra o cncer de mama: Parceria com o Instituto Brasileiro do Cncer. Depyl Action angaria recursos para a entidade ao mesmo tempo em que, em suas lojas, promove aes para a conscientizao das clientes sobre a preveno e tratamento do Cncer de Mama.

    Projeto Teleton, Vita Derm: Captao de recursos para a Associao de Apoio a Criana Deficiente (A.A.C.D.) com a venda de dois tipos de produtos Vita Derm.

    Educao para todos, Cetelbras: Incluso de pessoas da terceira idade, alunos da rede pblica de ensino e pessoas carentes em cursos de formao profissional em informtica iniciante e avanada, cursos administrativos e de idiomas, mas com descontos que variam de 50% a 70%.

    Bit Empreendedorismo Social, Bit Company Arax: conjunto de aes sociais que visam desenvolver a gesto participativa permitindo aos colaboradores da empresa receber formao voltada ao empreendedorismo. A adoo desta prtica possibilitou Bit Company ampliar as oportunidades de negcios.

    Programa de Capacitao e Gerao de Empregos, Jani King: insero de pessoas carentes no mercado de trabalho, por meio da capacitao profissional em servios de limpeza e conservao de ambientes que so a especialidade da marca.

    Campanha de Incluso Digital, BIT Company Ananindeua: Oportunidade de incluso digital de populao de baixa renda por meio de cursos de informtica profissionalizantes, destinados a jovens at 14 anos e terceira idade.

    Espao cultural, Yzigi Vitria: O projeto inspirado no Espao Cultural Yzigi, em So Paulo, trabalha h mais de 20 anos com a comunidade capixaba em prol da arte-educao, por meio de exposies e manifestaes artsticas, ciclo de palestras, debates e campanhas sociais.

    Sobre a Associao Franquia Solidria

    A Associao Franquia Solidria nasceu h trs anos com o objetivo de fomentar projetos que envolvam as franquias em prticas de responsabilidade socioambiental. Um dos principais desafios da entidade para este ano definir, em parceria com o Instituto Ethos, os indicadores de responsabilidade social especficos para o setor de franquias. O objetivo desenvolver uma metodologia prpria que permita avaliar o estgio em que as redes se encontram em relao ao tema e, a partir dessas informaes, elaborar um questionrio que ser aplicado a franqueadores e franqueados que aderirem ao projeto.






                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 15, 2008

    No corrupo! Lanada a cartilha "Integridade, tica e Transparncia Contra a Corrupo". Confira detalhes.











    Minas Gerais
    adota cartilha indita
    de combate corrupo

     









    Lcia Sebe/Secom MG

    O Governo de Minas, por meio da Auditoria-Geral (Auge), lanou nesta sexta-feira (13) a cartilha Integridade, tica e Transparncia Contra a Corrupo, iniciativa que coloca Minas Gerais como o primeiro Estado da Federao a adotar as regras da conveno das Naes Unidas contra a corrupo. A meta do governo promover aes de preveno, deteco e combate corrupo, disseminando boas prticas entre os agentes pblicos, incentivando e instruindo a participao dos cidados mineiros
    A cartilha foi lanada durante a abertura do Encontro Nacional dos rgos de Controle Interno, que reuniu no auditrio do BDMG, em Belo Horizonte, auditores de diversos estados.
    No evento, a auditora-geral do Estado, Maria Celeste Morais Guimares, que presidente do Conselho Nacional dos rgos de Controle Interno (Conaci), e o chefe no Brasil do Escritrio das Naes Unidas contra as Drogas e Crimes, Giovani Quglia, tambm assinaram uma carta-acordo, que promover maior integrao, intercmbio de informaes, experincias internacionais e nacionais, e o desenvolvimento de programas e projetos de combate ao crime.
    " um momento muito esperado, porque um trabalho que se iniciou em dezembro ltimo, quando assinamos um termo de cooperao com a Controladoria-Geral da Unio, em Braslia, no Dia Nacional de Combate Corrupo.
    Aquele incio de trabalho est coroado de xito, quando estamos assinando essa carta-acordo, que vai viabilizar recursos para que o conselho possa atuar junto aos estados do Brasil para difundir, propagar e equiparmos os estados no combate corrupo", explicou a auditora-geral do Estado.

    De acordo com o representante das Naes Unidas, essa parceria da ONU com o Conaci vai contribuir para o aumento e difuso, entre os estados, do conhecimento em matria de preveno corrupo.
    "Creio que esta carta-acordo vai aproximar ainda mais as instituies e aprimorar o trabalho conjunto. Atravs do conselho, ser possvel desenvolver metodologias e diretrizes, sendo mais eficaz o intercmbio de informaes entre rgos de controle interno. Com muito empenho, certamente teremos em breve bons frutos dessa nova parceria", comemorou Giovani Quglia.
    Mobilizao contra a corrupo
    No Estado, as recomendaes da ONU para o combate corrupo esto sendo cumpridas risca, seguindo determinao do governador Acio Neves para que a conveno das Naes Unidas seja uma realidade em Minas.
    Segundo Maria Celeste Guimares, a criao da cartilha Integridade, tica e Transparncia Contra a Corrupo, desenvolvida em linguagem acessvel, permitir que cada cidado possa contribuir na fiscalizao do controle dos gastos pblicos. O documento est disponvel no site da Auditoria-Geral, www.auditoriageral.mg.gov.br,  e ser fornecido tambm a todas as escolas estaduais.
    "Nunca se investiu tanto no Estado e todos os municpios esto recebendo recursos do governo. Ns no podemos estar em todos os lugares para acompanhar tudo o que est sendo aplicado e, de fato, o volume de recursos do Estado recorde.
    Portanto, uma inteno do governador, e ele d uma demonstrao clara nesse sentido, de que quer contribuir, quer que ns possamos dar ao cidado os instrumentos para tanto", enfatizou.
    Todas as coordenadorias regionais, em todo o Estado, iro divulgar a cartilha, com o objetivo de mostrar populao que a participao social no controle do gasto pblico o maior interesse do Governo de Minas. Apenas no mbito na Unio, a Controladoria-Geral da Unio (CGU) j adotou tais iniciativas.
    A cartilha mineira est difundindo tambm os sites, os telefones e e-mails da CGU em Minas Gerais, em Braslia, do Tribunal de Conta da Unio (TCU) e do Tribunal de Contas do Estado (TCE) para que qualquer pessoa possa denunciar a m utilizao do dinheiro pblico.
    Controle interno
    Organizado pelo Conselho Nacional dos rgos de Controle Interno dos Estados Brasileiros e do Distrito Federal (Conaci), o encontro em Belo Horizonte reuniu autoridades que atuam no planejamento para o controle e qualidade com o gasto do dinheiro pblico.
    A secretria de Estado de Planejamento e Gesto, Renata Vilhena, abriu o evento elogiando a iniciativa da discusso acerca do aprimoramento do controle interno do pas.
    "Em Minas, entendemos que o controle uma estratgia de governo, de reconhecida relevncia na busca da transparncia na conduo das questes de interesse pblico, condio indispensvel para a credibilidade e consolidao de um Estado democrtico de direito", afirmou a secretria.
    Em seu pronunciamento, Renata Vilhena destacou a evoluo do controle interno do Governo de Minas, que avanou nos ltimos anos aps a reestruturao da Auditoria, que passou a ser um rgo autnomo.
    Em 2007, o governo atribuiu Auge o papel de rgo central responsvel por coordenar tecnicamente as unidades de auditoria descentralizadas em todos os rgos, entidades e empresas pblicas e sociedades de economia mista.
    "Com esforo de comparao, verifica-se que em 2002 pouco mais de 25% dos rgos da administrao direta, autrquica e fundacional possuam lugares com efetivo exerccio da funo de auditoria.
    Enquanto hoje, ela est presente em todo o Executivo estadual, ou seja, em um perodo de seis anos transformou-se fundamentalmente o quadro do controle interno de Minas Gerais, hoje, reconhecido nacionalmente", concluiu.

     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 15, 2008

    O COLRIO deste domingo. Do portiflio dop colunista Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    Jlia Adum Policeni clicada
    na Feijoada CR 2008

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 14, 2008

    EM PRIMEIRA MO. O ex-deputado federal Vitrio Medioli ser o candidato a vice-prefeito de Betim na chapa que ser encabeada pelo deputado Rmulo Veneroso,do PV - apoiada pelo atual prefeito Carlyle Pedrosa do PSDB.

               
                Foto arquivo.
                                      Ex-deputado Vitrio Medioli, dono do jornal O Tempo,
                                   com tudo pronto para ocupar a candidatura de vice na chapa,
                            que ser encabeada pelo deputado estadual RmuloVeneroso, do PV,
                                                           na disputa pela Prefeitura de Betim.

    A informao - que s ser divulgada pela grande mdia nos prximos dias - nos foi passada por uma fonte que conhece, e bem, a poltica de Betim na regio metropolitana de BH.
    A conveno ser dia 26.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 14, 2008

    Possibilidade de AMPLIAO de cobrana de TARIFA LOCAL de telefonia para as cidades da Regio Metropolitana de BH ser debatida - tera-feira, dia 17 - s 14h30m na Comisso de Transporte da Assemblia Legislativa de Minas.

                                                                
                                                                 Deputado Dinis Pinheiro
                                                                   autor do requerimento
                                                                   para discutir o assunto.

    A possibilidade de ampliao da cobrana de tarifa local de telefone para as cidades da Regio Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) tema da debate da Comisso de Transporte, Comunicao e Obras Pblicas da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, nesta tera-feira (17/6/08). Solicitada pelo 1- secretrio da ALMG, deputado Dinis Pinheiro (PSDB), a audincia pblica ser realizada s 14h30, no Teatro.
    A realizao da audincia pblica foi motivada pelo publicao de reportagem no jornal O Tempo, no ltimo dia 22 de abril. De acordo com a matria, apenas nove dos 34 municpios da RMBH pagam o preo de ligao local em chamadas para a Capital, sendo que o restante paga mais do que o dobro.
    Em Minas Gerais, o valor estipulado pela Agncia Nacional de Telecomunicaes (Anatel) para o minuto local de R$ 0,094. J o minuto para as ligaes interurbanas sai por pelo menos R$ 0,188 no horrio normal, dependendo da operadora. Atualmente, a cobrana como local vale para ligaes feitas entre os seguintes municpios: Belo Horizonte, Betim, Contagem, Ibirit, Nova Lima, Ribeiro das Neves, Sabar, Santa Luzia e Vespasiano.
    Ainda segundo a reportagem, a Anatel iniciou em fevereiro um estudo para a avaliar a viabilidade de transformar as ligaes telefnicas feitas entre municpios da RMBH hoje cobradas como interurbanas em chamadas locais.
    Podem ser beneficiadas com a medida os moradores de dez cidades. So elas: Confins, Lagoa Santa, Pedro Leopoldo, So Jos da Lapa, Mrio Campos, Sarzedo, Brumadinho, Raposos, Rio Acima e Caet.
    Convidados - Foram convidados para participar da audincia pblica o secretrio de Estado de Transportes e Obras Pblicas, Fuad Jorge Noman Filho;
    o promotor da Defesa do Consumidor, Amauri Artimos da Matta;
    o diretor da Embratel, Altivo Luiz de Oliveira;
    o gerente regional da Anatel, Jos Dias Coelho Neto;
    o presidente da Grambel, Ubiraci Prata Lima;
    o diretor territorial da Tim Nordeste S/A, Luiz Gonzaga Leal, Diretor Territorial;
    e o gerente de Relaes Institucionais em Minas Gerais da Oi, Jos Luiz Gatts Hallak.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 14, 2008

    A MELHOR DO PLANETA. CORREIOS nota 1000. Na lista TOP 50 os Correios a primeira em respeitabilidade entre as empresas de Correios do mundo. Pesquisa foi feita pelo Reputation Institute, com sede em Nova York e divulgada pela revista Forbes .Parabns!

                  
                    
     
                                        Carlos Henrique Custdio - presidente dos Correios.

    Pesquisa aponta ECT como a melhor
    empresa de correios do mundo

    Ministrio das Comunicaes comemora resultado. Em 2007 empresa teve o primeiro lucro operacional de sua histria  

    A ECT a primeira colocada em respeitabilidade entre as empresa de correios do mundo e a segunda do ramo de logstica, de acordo com o ranking divulgado no incio deste ms pela revista norte-americana Forbes. A pesquisa foi elaborada pelo Reputation Institute, organizao com sede em Nova Iorque, com 10 anos de experincia em estudos sobre reputao corporativa.
    Os Correios, que aparecem pela primeira vez na lista "Top 50", superaram a FedEx americana, que est em 52 lugar no ranking. Dentre todas as empresas brasileiras citadas na pesquisa, a ECT foi considerada a quinta mais confivel.
     

    A ECT a primeira colocada em respeitabilidade entre as empresa de correios do mundo e a segunda do ramo de logstica, de acordo com o ranking divulgado no incio deste ms pela revista norte-americana Forbes. A pesquisa foi elaborada pelo Reputation Institute, organizao com sede em Nova Iorque, com 10 anos de experincia em estudos sobre reputao corporativa.
    Os Correios, que aparecem pela primeira vez na lista "Top 50", superaram a FedEx americana, que est em 52 lugar no ranking. Dentre todas as empresas brasileiras citadas na pesquisa, a ECT foi considerada a quinta mais confivel.
     

     
    Senador Hlio Costa, ministro das Comunicaes:
      s o comeo. Sero feitas ainda muitas mudanas nos Correios...

    O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, lembra que o resultado conseqncia das polticas pblicas desenvolvidas pelo governo, e que ainda est programada muitas mudanas para modernizar a empresa e prepar-la para a alta competitividade do setor de entrega de encomendas e do comrcio eletrnico. 
    A pesquisa, realizada pelo terceiro ano consecutivo, foi elaborada entre fevereiro e maro de 2008 em seis continentes, abrangendo 27 pases, mais de mil empresas e 60 mil consumidores, totalizando 175 mil avaliaes.
    Para obteno dos resultados, o instituto avaliou sete variveis: inovao, produtos e servios, liderana, ambiente de trabalho, cidadania, governana corporativa e desempenho. Foram avaliadas as 600 maiores empresas do mundo, com base na relao entre suas receitas anuais e o Produto Interno Bruto dos pases onde esto sediadas. Essas empresas representam 24 ramos diferentes de negcios.
    O Reputation Institute foi criado com o propsito de desenvolver e disseminar o conhecimento sobre reputao corporativa, identidade e marca e ajudar as organizaes a implementar as melhores prticas de gesto nessas reas.
    Com escritrios em sete pases Estados Unidos, Chile, frica do Sul, Brasil, Espanha, Dinamarca e Holanda e uma grande rede de associados, o instituto atua em trs perspectivas centrais: o desenvolvimento do conhecimento sobre reputao corporativa, o compartilhamento do conhecimento no mbito internacional e o trabalho de pesquisa e consultoria para empresas, com o objetivo de desenvolvimento de plataforma de reputao. 
    Confiana e lucratividade
    Segundo pesquisa realizada pelo Ibope em janeiro de 2008, na cidade de So Paulo, os Correios aparecem em segundo lugar entre as instituies que tm mais confiana da populao, com 91%, ficando atrs apenas do Corpo de Bombeiros.
    A conquista da confiana da populao e as inovaes implantadas pelos Correios nos ltimos dois anos levaram a empresa a atingir lucros recordes em 2007, assumindo um lugar de destaque entre as principais empresas pblicas que do lucro ao governo. Pela primeira vez em seis anos houve lucro com o negcio postal na ordem de R$ 331 milhes. Se includas as receitas financeiras, o lucro total da empresa atingiu R$ 829 milhes.
    A tendncia que os bons resultados do ano passado se repitam em 2008. Segundo levantamentos preliminares, o faturamento dos Correios, de janeiro a abril, aumentou 11% em relao ao mesmo perodo do ano passado.
    Desafios

    De acordo com o presidente dos Correios, Carlos Henrique Custdio, as pesquisas divulgadas confirmam o crescimento da eficincia da ECT, enquanto a maioria dos correios no mundo continua deficitria.
    "Figurar em um ranking to importante nos transporta muita responsabilidade e nos aponta que estamos caminhando no sentido certo, buscando sempre novos produtos e as melhores prticas de gesto", disse ele.
     

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 14, 2008

    Neste sbado, s 22h30m, debate sobre o desarmamento.Na TV Assemblia - a TVA. Canal 11 na Net. No interior pelo UHF.E na internet: www.almg.gov.br









    Assemblia Debate

    O estatuto do desarmamento passa por mudanas cinco anos aps ser criado. A inteno do governo federal ampliar o volume de armas entregues voluntariamente pela populao e reduzir a criminalidade no pas. No programa desta semana, vamos conversar sobre isso com os deputados Durval ngelo, do PT, Ruy Muniz, do DEM, Sargento Rodrigues, do PDT, e com o representante da Rede Desarma Brasil, Sergem Jessui M. O Assemblia Debate vai ao ar neste sbado, s 22h30m,na TVA.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 13, 2008

    Promotorias de Justia do Ministrio Pblico tero SEDE PRPRIA na Via Expressa. Solenidade - que reuniu o procurador geral de Justia, Jarbas Soares Jr e o prefeito de BH, Fernando Pimentel - marca lanamento de pedra fundamental da obra.

     
     
                                 

    Fernando Pimentel prestigiou o lanamento da pedra fundamental da sede prpria das Promotorias de Justia com atuao junto ao Juizado Especial Criminal, integrantes do Ministrio Pblico do Estado de Minas Gerais.
    O prdio ter dois pavimentos e est sendo construdo em um terreno de 850 metros quadrados na Via Expressa, bairro Padre Eustquio, regio Noroeste da cidade. "A Prefeitura parceira deste e de outros empreendimentos que tenham o objetivo de construir um Brasil justo, solidrio e fraterno", assinalou Pimentel durante a cerimnia.
    De acordo com Pimentel, a tarefa de construir um pas "onde a lei, o direito e a justia se imponham e de fato se apropriem da conscincia da cidadania brasileira" responsabilidade de todos, embora constitucionalmente seja funo do Judicirio.
    Lembrando que este ano a Constituio Cidad completa 20 anos, Pimentel salientou a responsabilidade do texto constitucional no perfil que o Ministrio Pblico de Minas Gerais tem hoje e a sua contribuio para consolidao da democracia brasileira.
    A parceria com a Prefeitura foi muito positiva, segundo o procurador-geral de Justia do Estado de Minas Gerais, Jarbas Soares Jnior, diante do entendimento comum da importncia da promotoria para a populao carente. "O Ministrio Pblico deu esse passo definitivo para que as estruturas funcionem e para que a populao tenha seus direitos garantidos. Este o nosso compromisso", afirmou.

           

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 13, 2008

    O COLRIO desta sexta-feira. Quatro lindas mulheres na Feijoada do Cabelin, em Juiz de Fora.


    Fernanda Falabella, Dbora de
    Landa Gonalves, Mariana
    Guerra e rika Duarte Miana

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 13, 2008

    A vez do Interior. Desta vez foi Valadares no Vale do Rio Doce. O governador Acio Neves foi l.









    Governo inaugura obras
    do Minas Avana em Valadares

     









       

    Wellington Pedro/Imprensa MG

    O governador Acio Neves inaugurou, nesta sexta-feira (13), em Governador Valadares, na regio do Rio Doce, as obras de reforma e ampliao do Mercado Municipal e o calamento do acesso ao Pico do Ibituruna. O governador tambm assinou convnios liberando R$ 3,13 milhes para obras de infra-estrutura de saneamento bsico e para a construo do centro de apoio ao turista. As obras so uma parceria entre o Governo de Minas e a Prefeitura de Governador Valadares.


    Estamos a cada momento inaugurando obras importantes, demandas pela populao de Valadares e essa parceria com o municpio absolutamente fundamental. Minas superou as suas dificuldades. o Estado hoje que proporcionalmente mais investe e esses investimentos precisam ser feitos em parceria com o municpio.
    na localidade, a Cmara, so as lideranas locais, o prefeito que conseguem identificar quais as prioridades de cada municpio. Cabe ao Estado, em sintonia com essas lideranas locais, garantir os recursos para esses investimentos como fizemos hoje com o Mercado Municipal, com o Pico do Ibituruna, como estamos fazendo com o aeroporto, como estamos fazendo em obras virias da cidade, disse Acio Neves, em entrevista.
    Na obra de calamento do acesso ao Pico do Ibituruna foram investidos R$ 2,86 milhes, recursos do Governo do Estado. O trecho de 9 km encontrava-se em precrias condies de trafegabilidade e, agora, recebeu calamento, alm de obras de drenagem, permitindo trfego mais seguro.
    O acesso importante para o desenvolvimento do turismo local. Com 1.123 metros de altitude, o pico o principal carto postal da cidade e considerado um dos melhores lugares do mundo para a prtica do vo livre.
    O pico um presente de Deus, uma vista extraordinria. E por isso que ns estamos consolidando o Centro de Apoio ao Turista porque ns precisamos incrementar o turismo em Valadares, destacou Acio Neves. Durante a visita ao Pico, o governador assistiu a alguns saltos de parapente.
    Mercado
    No centro da cidade, depois de ser recebido por uma multido, o governador visitou o Mercado Municipal, que ganhou nova cobertura de estrutura metlica e piso colorido no segundo pavimento, separando por cores os diversos setores.
    O Mercado Municipal de Governador Valadares foi inaugurado em 1949, conta com 300 lojas e atende 5 mil pessoas por dia. O Governo de Minas investiu R$ 6,5 milhes nas obras, que trouxeram mais conforto para os comerciantes e para os clientes. O governador recebeu uma placa de agradecimento do presidente da Associao Centro Comercial do Mercado Municipal de Governador Valadares, Jorge Germani.
    A recuperao do Mercado Municipal e o calamento do acesso ao Pico do Ibituruna fazem parte do programa Minas Avana. Foram investidos R$ 9,36 milhes, sendo R$ 1,15 milho de contrapartida da prefeitura.
    Minas Avana
    Em todo o Estado, o Governo de Minas j investiu R$ 219 milhes, recursos do Tesouro do Estado, para a realizao de 55 obras do programa Minas Avana. Cerca de 90% dos projetos j foram concludos.
    At o momento, a contrapartida dos municpios foi de R$ 25,5 milhes.  Dos projetos iniciados em vrias regies do Estado, 50 foram concludos. Esto em andamento outras 5 obras, com previso de trmino em julho de 2008. As obras beneficiaro diretamente, 6,2 milhes de pessoas nas cidades-plo do Estado.
    Saneamento
    Os novos convnios assinados entre o Governo de Minas e a prefeitura prevem obras de esgotamento sanitrio, drenagem, pavimentao, conteno de encostas, muros de arrimo, escadarias, remoo de casas, entre outras. As obras abrangero 40 bairros e beneficiaro cerca de 100 mil pessoas, cerca de 37% da populao do municpio que hoje tem 270 mil habitantes. Tambm est prevista a construo da Casa de Apoio ao Turista.
    Parcerias
    O prefeito de Governador Valadares, Bonifcio Mouro, tambm falou da parceria entre o Governo de Minas e a prefeitura. Ele destacou que, desde 2003, a administrao estadual j investiu mais de R$ 100 milhes na cidade. Entre as obras realizadas esto a construo do prdio da Regio Integrada de Segurana Pblica (RISP)
    e Centro Integrado de Atendimento e Despacho (Ciad), o Centro de Internao do Adolescente So Francisco de Assis, a Delegacia de Crimes Contra a Mulher e o Posto de Percia Integrada (PPI). Tambm reformou a cadeia pblica, construiu escolas, quadras poliesportivas e entregou vrias viaturas.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 13, 2008

    Deputados DE OLHO na demisso de Professores da FUMEC, aqui em BH.

    Queixas de professores demitidos da Fundao Mineira de Educao e Cultura (Fumec), em 2007, sero discutidas em reunio conjunta das Comisses de Direitos Humanos e de Educao, Cincia, Tecnologia e Informtica nesta quinta-feira (19/6/08), s 9h30, no Auditrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais. Em audincia realizada pela Comisso de Direitos Humanos em 15 de maio, os professores afirmaram que as demisses tiveram motivao poltica.
    O requerimento para realizao da reunio conjunta do deputado Luiz Tadeu Leite (PMDB). Segundo informaes dos professores, foram cerca de cem demisses aps uma auditoria realizada pela universidade, processo colocado em suspeio pelo ex-professor Antnio Pereira dos Santos, que tambm dirigiu a universidade por quatro mandatos.
    Na reunio de maio, Santos disse que foi demitido sem justificativa, por telefone, e que hoje responde por cinco processos criminais e um processo cvel por ter feito "crticas muitos speras" aos dirigentes da instituio.
    Outro ex-professor da Fundao, Getlio Neuremberg, acrescentou que a Fumec alegou que as demisses ocorreram para atender a uma determinao do Ministrio de Educao (MEC) de que 30% do corpo docente seja formado por mestres e doutores com 40 horas semanais de dedicao. "Eles justificam que precisavam reformular o quadro de professores, mas entre os demitidos havia mestres e doutores", afirmou. Alunos tambm se queixaram de intimidao por parte da direo da universidade.
    Esto convidados a participar da reunio o presidente da Fumec, Emerson Dartieu Filho;
    o promotor de Justia de Tutela de Fundaes na Capital, Marcelo Oliveira Costa;
    a promotora de Justia de Tutela de Fundaes na Capital, Valma Leite da Cunha;
    o professor e superintendente de Jornalismo da Rdio Inconfidncia, Getlio Neuremberg de Faria Tvora;
    a professora do Curso Promove, Renata Guerra;
    e o vice- presidente do Diretrio Acadmico de Comunicao da Fumec, Jlio Csar Lima e Silva Mesquita Cardoso.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 12, 2008

    Novidade: BANCO DA TERRA.

    Fuad Noman  assinou Acordo com Sinduscon
    Foto arquivo.
    Da esquerda para a direita o presidente do Sinduscon_MG,
    Walter Bernardes de Castro
     e o secretrio Fuad Noman do governo Acio Neves.


    "Banco" negociar terra, entulho e agregado reciclado.
    Projeto do Sinduscon-MG e Fiemg
    ser lanado amanh pioneiramente no pas




    Transformar resduos da construo em matria-prima para novas obras: mais
    do que um exemplo de sustentabilidade, um timo negcio para a sociedade.
    Pensando nisso e de forma bastante simples, surgiu o "Banco de Terra, Banco
    de Entulho e Agregado Reciclado".
    A iniciativa, que pioneira no pas, realizada pelo Sindicato da
    Indstria da Construo Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG), por
    meio da sua Comisso de Meio Ambiente (CMA), em parceria com a Federao das
    Indstrias no Estado de Minas Gerais (Fiemg), atravs da Gerncia de Meio
    Ambiente, e ser apresentada amanh, 13 de junho, das 8h s 10h, no
    auditrio trreo da Fiemg, avenida do Contorno, n 4.520, Funcionrios -
    BH.
    Trata-se de um servio virtual, disponvel no site
    www.bolsadereciclaveis.com.br <http://www.bolsadereciclaveis.com.br/> , onde
    os interessados podero anunciar suas ofertas ou efetuar a compra de terra,
    entulho e *agregado reciclado, bem como fazer doaes ou a troca dos mesmos.
    (*Agregado reciclado o resultado do beneficiamento do entulho que
    possibilita a sua reinsero no processo produtivo, como por exemplo, a
    utilizao como agregado em artefatos de concretos/pr-moldados, concreto
    sem funo estrutural e etc., evitando o uso do agregado natural (brita,
    areia e etc.).
    Um dos principais motivadores para o surgimento do projeto foi a necessidade
    de aproximar ofertantes e demandantes (empresas e sociedade) que fazem
    aterro e desaterro, uma vez que, at ento, no existia um mercado onde os
    interessados podiam recorrer para comprar a terra, servio este, geralmente,
    feito no "boca a boca".
    Segundo dados da Superintendncia de Limpeza Urbana (SLU/PBH), a construo
    civil responsvel por boa parte dos resduos slidos encaminhados aos
    aterros, cerca de 34%. Em 2007, o total de entulho e terra
    recebidos/coletados pela SLU/PBH foi de 700.046 toneladas, sendo 46% de
    terra. Ou seja, 322 mil era terra pura e o restante, 54%, ou 378 mil
    toneladas, de entulho.
    Com esta ao, o projeto possibilitar a reduo de custos, a destinao
    ambientalmente correta e a reduo da emisso de gases em decorrncia da
    otimizao da destinao do resduo, e a ampliao da vida til dos aterros.
    Ou seja, os benefcios atingem toda a sociedade.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 12, 2008

    Pimentel participou em Braslia da reunio da Comisso da Reforma Tributria. Notcia vem da homepage www.fernandopimentel.com.br

     

    Fernando Pimentel participou, em Braslia, da reunio da Comisso Especial da Reforma Tributria da Cmara dos Deputados, em que foram discutidas as Propostas de Emenda Constituio (PEC) 233/2008 e 31/2007 com dirigentes de diversas entidades representativas dos municpios brasileiros. 
    Alm de Pimentel e dos deputados Antonio Palocci, presidente da comisso, e Sandro Mabel, relator, compareceram ao debate o prefeito de Manaus, Serafim Corra, o presidente da Confederao Nacional de Municpios (CNM), Paulo Ziulkoski e o presidente da Associao Brasileira das Secretarias de Finanas das Capitais (Abrasf), Elsio Soares Jnior. 
    A proposta de reforma est tramitando no Congresso Nacional desde fevereiro deste ano. O objetivo montar uma estrutura tributria mais competitiva por meio da desburocratizao e desonerao de tributos, alm de eliminar distores que prejudicam os investimentos e a economia em geral, como impostos cuja cobrana cumulativa. 
    Em sua interveno, Fernando Pimentel destacou alguns pontos que precisam ser levados em considerao, como a necessidade de se manter na Constituio Federal o critrio ou, pelo menos, o percentual de partilha do imposto federal sobre valor agregado, o IVA-F, previsto na PEC. "A proposta de reforma tributria muito importante para os municpios, mas no considero prudente retirar totalmente da Constituio a referncia ao percentual e ao critrio de partilha, j que existe um risco jurdico que pode levar a uma centralizao do novo tributo", pontuou.
    Outra questo apontada por Pimentel foi a possibilidade da Comisso reavaliar o possvel risco de bitributao (dupla incidncia) do IVA-F e do Imposto sobre Servios (ISS), j que, na proposta, o fato gerador do novo tributo est definido de maneira genrica. Isso, assinalou, poderia levar a um contencioso jurdico onde os maiores prejudicados seriam os municpios. "Na maioria dos casos, os municpios saem perdendo em arrecadao e conceito de prestao de servios, em funo das disputas judiciais", disse. 
    Pimentel abordou, ainda, a criao do Fundo de Equalizao de Receita que, segundo ele, deveria ser constitudo da receita bruta tributria, de forma a garantir que nenhum ente da federao tenha perda de arrecadao com a mudana da estrutura tributria. "Calculado desta forma, estados e municpios perderiam cerca de R$ 3 bilhes", afirmou. Esses pontos, segundo o prefeito, no impedem a votao da reforma e, pelo contrrio, ajudam a criar um consenso. 
    A proposta contm pontos positivos, conforme avaliou, tambm, o  presidente da Confederao Nacional dos Municpios (CNM), Paulo Ziulkoski, como a unificao dos tributos federais e a modificao do sistema de partilha, dadas as limitaes apontadas pela comisso. Ele informou que a confederao sugeriu 14 emendas com o objetivo geral de evitar perdas para os municpios.
    Salientando que a proposta sofrer alguns ajustes, o relator da comisso, deputado Sandro Mabel, demonstrou muito interesse em incluir as demandas dos municpios."Espero que a Cmara do Deputados vote com rapidez o projeto, o que trar modernidade ao sistema tributrio brasileiro", considerou.   
    Fotos: Antonio Araujo / Photo Agencia



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 12, 2008

    Programa MINAS AVANA levou o governador Acio Neves, nesta quinta-feira, a SETE LAGOAS.









    Acio inaugura obra
    e anuncia investimentos
    em Sete Lagoas


                                     
                                            Foto arquivo. Acio Neves - governador de Minas.

    O governador Acio Neves inaugurou, nesta quinta-feira (12), as obras de implantao da avenida Norte-Sul, em Sete Lagoas,  que fazem parte do programa Minas Avana, que realiza obras para melhoria da infra-estrutura urbana nas cidades-plo do Estado, beneficiando diretamente 6,2 milhes de pessoas. Para a avenida Norte-Sul foram R$ 8,26 milhes do Tesouro Estadual e R$ 2,76 milhes da prefeitura.
    Durante o evento, Acio Neves tambm assinou Ordem de Servio para o incio das obras de pavimentao e dragagem da avenida Perimetral. Para esta, sero liberados R$ 2,8 milhes do Governo de Minas e R$ 280 mil da prefeitura. O governador autorizou ainda a liberao de R$ 1,27 milho para obras de infra-estrutura para o esporte na cidade.
    "A Norte-Sul uma realidade. Estamos aqui agora atendendo uma outra reivindicao antiga dessa cidade que a avenida Perimetral, j com os recursos garantidos para o seu incio e para a sua concluso. At porque, essa uma caracterstica desse governo. No anunciamos obras, no iniciamos projetos sem que os recursos estejam garantidos para a sua concluso.
    Foi assim com essa avenida, ser assim com a Perimetral, na sade, na educao e agora no esporte", disse Acio Neves, em seu pronunciamento.
    A obra na avenida Perimetral ter uma extenso de 2,87 quilmetros. A previso do trmino da obra janeiro de 2009. A finalidade atender toda cidade de Sete Lagoas, j que se trata da avenida de contorno da cidade, criando fluidez, melhorando o trfego e beneficiando a qualidade de vida da populao ali existente, dando segurana tanto para os pedestres como para os veculos.
    Norte-Sul
    A avenida Norte-Sul, inaugurada pelo governador, liga toda a cidade de Sete Lagoas MG-424. Ela tem 12 quilmetros de extenso e foi dividida em quatro trechos, sendo que dois foram implantados antes do Programa Minas Avana e os outros dois contemplados pelo Programa. A implantao da avenida est contribuindo para solucionar deficincias de articulaes virias entre diversas regies da cidade, garantindo maior fluidez e segurana nos deslocamentos da malha urbana, beneficiando uma populao de 205.000 habitantes.
    Minas Avana
    Dentro do programa Minas Avana, o Governo de Minas j investiu R$ 219 milhes, recursos do Tesouro do Estado, com R$ 25,5 milhes em contrapartida das prefeituras. Cerca de 90% dos projetos j foram concludos. Dos 55 projetos iniciados em vrias regies do Estado, 50 foram concludos. Esto em andamento outras cinco obras, com previso de trmino em julho de 2008.
    Uma caracterstica do programa a definio dos projetos em parceria com as prefeituras. As obras so pavimentao de vias, implantao de avenidas e anis virios, centros de convenes, centros administrativos, terminais rodovirios, ginsios e quadras poliesportivas, canalizao de crregos, ampliao e reformas de hospitais.
    Estdio
    Do R$ 1,27 milho autorizado pelo governador para a rea de infra-estrutura esportiva, R$ 800 mil sero repassados pelo Governo de Minas Prefeitura de Sete Lagoas para a nova iluminao do Estdio Joaquim Henrique Nogueira (ou Nogueiro), tambm conhecido como Arena do Jacar. Com capacidade para 20 mil espectadores, o estdio foi inaugurado em 2006 e sede do Democrata Futebol Clube.
    O restante dos recursos R$ 471 mil sero utilizados para construo de cobertura e vestirios da quadra do Ginsio Poliesportivo no 25 Batalho da PMMG. As obras devero ser concludas em 150 dias, a partir do seu incio.
    Durante a solenidade, o presidente da Cmara Municipal, Gilmar Silveira, entregou a Acio Neves o Ttulo de Cidado Honorrio de Sete Lagoas. J o prefeito Leone Fonseca entregou ao governador a Grande Medalha de Mrito Cidade Sete Lagoas. Ele esteve acompanhado do secretrio de Estado de Esportes e Juventude, Gustavo Correia, do senador Eduardo Azeredo e de deputados estaduais e federais.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 12, 2008

    Assemblia aprovou os seis nomes indicados pelo governador Acio Neves para o CONSELHO DE DEFESA SOCIAL. Entre eles, o ex-deputado Luiz Carlos Gambogi. Confira agora, a SABATINA feita pela Comisso Especial do Parlamento Mineiro.

    Receberam pareceres favorveis, aps sabatina que durou mais de trs horas nesta quarta-feira (11/6/08), os nomes de seis novos membros para o Conselho Estadual de Educao, indicados pelo governador. A Comisso Especial da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, presidida pelo deputado Arlen Santiago (PTB), argiu os candidatos Terezinha Marlene Porto, Maria Dolores da Cunha Pinto, Mrcio Luiz Bunte de Carvalho, Joo Victor Mendes de Gomes e Mendona, Oderli Aguiar e Slvia Nietsche. A relatoria foi dividida entre os deputados Carlin Moura (PCdoB), Ruy Muniz (DEM) e a deputada Rosngela Reis (PV).
    Cada um dos candidatos foi sabatinado em razo de sua especialidade, das grandes questes que afetam a educao e como o Conselho Estadual poderia contribuir para resolv-las. Rosngela Reis perguntou a Terezinha Porto sobre o transporte universitrio, e se haveria risco de extino do ensino noturno. Esta respondeu que apenas os alunos acima de 14 anos podem estudar noite, e que o nmero vem diminuindo por causa dos cursos supletivos e de jovens e adultos. Apesar de avaliar que nas periferias e locais mais remotos ainda grande o nmero de pessoas que precisam estudar noite, ela no acredita que haver demanda pelo ensino noturno por muito tempo.
    candidata Dolores Pinto, Rosngela questionou sobre o ensino de Filosofia e Sociologia, que foi aprovado h mais de dois anos e ainda no foi implantado. Dolores justificou que os pais de alunos receavam que as duas matrias iriam tomar o tempo dos alunos que precisavam estudar matrias requeridas pelo mercado de trabalho. No entanto, o professorado defende essas matrias, porque ajudam a formar a identidade e a conscincia crtica dos alunos e apiam sua postura tica e esprito de cidadania.
    Outro tema abordado por Dolores Pinto foi a educao inclusiva para alunos deficientes. Disse que foram visitadas escolas da Inglaterra, Rssia e Cuba, entre outros pases, em busca de um modelo de incluso, que no pode prescindir das escolas especiais, nos casos mais graves de dficit intelectual.
                                                              Minas possui o maior nmero
                                                                  de universidades federais

    A candidata Slvia Nietsche foi questionada pelos deputados Arlen Santiago e Carlin Moura. Santiago perguntou se ela preferia que o governo oferecesse ensino profissionalizante de nvel mdio ou expandisse para o interior a oferta de cursos de graduao. Slvia acha que as duas propostas devem ser igualmente consideradas, com prioridade para as escolas agrotcnicas dedicadas s necessidades regionais.
    Ela lembrou que Minas o Estado que mais possui universidades federais no Brasil. Quanto educao distncia, opinou que seria a sada para os que no podem se deslocar, e considera que ainda acanhada, e poderia ser mais ousada.
    Carlin Moura disse que o bom momento da economia pode no ser aproveitado por causa do "gargalo" da educao. Slvia acrescentou que faltam profissionais principalmente nas engenharias, mas que a Fapemig estaria ajudando os alunos do nvel mdio a realizar, nas faculdades, as investigaes cientficas de que necessitam para sua formao.
    Disse ainda que o governo discute a formao de uma agncia reguladora para a educao, nos moldes da Capes, para garantir a qualidade do ensino e interditar instituies incapazes.
    O deputado Domingos Svio (PSDB) condenou a "proliferao absurda" de cursos superiores sem controle de qualidade, e disse que visitou um curso de Pedagogia no-presencial, de m qualidade, mas autorizado por uma portaria ministerial que previa cursos distncia para 120 mil alunos.
    Ruy Muniz questionou a democracia nas universidades estaduais. Slvia Nietsche disse concordar com o sistema de lista trplice submetida escolha do governador, mas acrescentou que Acio Neves tem sempre escolhido o mais votado da lista. Muniz revelou ser autor de um projeto de lei de eleio direta para reitor e vice-reitor, com 50% para o corpo docente, 25% para os tcnicos administrativos e 25% para os estudantes.
                                                                Governo quer aproveitar
                                                           cursos universitrios inconclusos
    Ao anunciar a sabatina ao candidato Oderli Aguiar, o deputado Carlin Moura disse que ligou para alunos e professores da Universidade Federal de Viosa para apurar o perfil do candidato, que os informantes consideram liberal-progressista. Oderli disse que h uma carncia de 70% de docentes qualificados na rea das cincias exatas, por deficincia das licenciaturas. Revelou que um dos maiores fsicos do Brasil admitiu publicamente que sua vocao foi despertada por um bom professor de Fsica que teve no ensino mdio.
    Aguiar falou ainda sobre a experincia malograda dos cursos de licenciatura curta que havia h cerca de 40 anos. Disse que o conceito pode ser retrabalhado e que o governo desenvolve a idia dos "itinerrios intermedirios", para converter em reopo os cursos de graduao que os alunos abandonam por no terem condies de prosseguir. Falou tambm sobre o preconceito que existe contra a energia nuclear, que tem usos nobres, como a gerao de eletricidade e a radioterapia para o cncer.
    O deputado Arlen Santiago revelou que h 54 mil pacientes de cncer no Brasil que no podem fazer radioterapia pelo SUS, porque o teto j foi atingido. 
                                                                   Candidato defende cursos
                                                                      de educao distncia

    Uma defesa veemente da educao distncia foi feita pelo candidato Mrcio Luiz Bunte de Carvalho, que se dedica Cincia da Computao na UFMG. Ele disse que nos ltimos dez anos inspecionou mais de 50 instituies de ensino superior que do cursos distncia, e que a qualidade a preocupao principal.
    Considera esses cursos uma rea nobre, mas admite que h tambm maus exemplos. Disse que at o prximo ano todos os municpios brasileiros tero internet banda larga, abrindo possibilidades para quem no tinha acesso a esses cursos. O Governo Federal estaria regulamentando a graduao distncia, que tambm dever ter momentos presenciais.
    Quanto ao questionamento de Carlin Moura sobre o escndalo das fundaes de apoio pesquisa desviando fundos em Braslia, Mrcio Carvalho disse que essas fundaes foram criadas para dar s universidades uma agilidade que no possuem, livrando parte da burocracia. Afirmou que na UFMG no houve abuso.
                                                            Extino de cursos atinge mais
                                                                        a rea do Direito

    Joo Victor Mendes de Gomes e Mendona, professor de Histria, foi questionado pelo deputado Ruy Muniz sobre a reduo de 14 mil vagas no Brasil em faculdades impugnadas por falta de qualidade. Ele respondeu que a preocupao com a qualidade do ensino deve ser no s do Conselho, mas de toda a sociedade, e que esse fato se refere principalmente ao lamentvel desempenho de advogados mal formados no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Ele props que o Conselho faa parceria com os rgos de classe e seja rigoroso nas avaliaes.
    Muniz disse que o Sistema Mineiro de Ensino, que enfrenta ao direta de inconstitucionalidade, abrange 150 mil alunos e gera 20 mil empregos diretos.
    O autor da Emenda Constituio que criou esse sistema o deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), que estava presente reunio e falou em defesa de sua iniciativa. Muniz criticou o sistema de franquias de cursos universitrios de instituies do Sul que so implantados no Norte de Minas sem as instalaes adequadas.
    Joo Victor defendeu o sistema de cotas para negros nas universidades, mas aconselha que seja temporrio, e afirmou que o transporte escolar e universitrio considerado o maior problema da educao, que precisa ser resolvido com novos investimentos de todas as esferas de governo. Provocado pelo deputado Carlin Moura, que disse que o Brasil tem 176 faculdades de Medicina, perdendo apenas para a China, e que h grupos estrangeiros comprando aes de universidades privadas, Mendona manifestou-se vigorosamente tambm contra a mercantilizao do ensino, e pelo expurgo "dos grupos que vislumbram apenas o lucro desenfreado".
    O presidente da Comisso, deputado Arlen Santiago, informou que os pareceres sobre os candidatos foram todos favorveis, e os colocou em votao, com aprovao unnime. Os pareceres vo agora para o Plenrio, para aprovao. Depois disso, os membros podem ser nomeados.
    O Conselho tem 24 membros, e h um projeto em tramitao elevando o nmero para 30. Carlin Moura criticou que os membros reconduzidos no tenham tambm que se submeter a sabatina.
    Presenas
    - Deputados Arlen Santiago (PTB), presidente; deputada Rosngela Reis (PV), vice-presidente e relatora; deputados Carlin Moura (PCdoB) e Ruy Muniz (DEM), relatores; deputados Dalmo Ribeiro Silva (PSDB) e Domingos Svio (PSDB).






                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 12, 2008

    Seminrio Legislativo Minas de Minas. Deputado federal do PV mineiro, Z Fernando de Oliveira, falou sobre o projeto dele que defende aumento na CFEM - Imposto sobre minerais.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 12, 2008

    HELIBRS em Itajub. NOVO investimento na Fbrica de Helicpteros em Itajub, sul de Minas. Segundo o deputado Dlamo Ribeiro Silva, do PSDB de Ouro Fino, o investimento at 2010 ser de quase 11 bilhes de reais - disse satisfeito da tribuna da Assemblia de Minas, durante o Pinga Fogo, o deputado Dalmo Ribeiro.

      


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 12, 2008

    Comisso de Defesa do Consumidor DE OLHO nas multas aplicadas pela BH. Audincia pblica na Assemblia de Minas ser dia 26 - segundo o deputado Dlio Malheiros, do PV.

    A Comisso de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Assemblia Legislativa de Minas Gerais aprovou, nesta quinta-feira (12/6/08), quatro requerimentos para audincias pblicas. Dois deles so para debater benefcios que agentes da BHTrans estariam recebendo por quantidade de autuaes aplicadas aos motoristas.
    O primeiro do deputado Dlio Malheiros (PV), que quer discutir o novo programa de incentivo da BHTrans para aumentar o nmero de notificaes pelos fiscais de trnsito. O segundo de autoria do deputado Sargento Rodrigues (PDT), que vai solicitar informaes detalhadas sobre tais denncias. Segundo o parlamentar, os fiscais da BHTrans estariam ganhando folga pelo nmero de multas aplicadas.
    O terceiro requerimento, tambm de autoria do deputado Dlio Malheiros, para discutir a evaso de empresas de Minas Gerais, que segundo o parlamentar partem em busca de melhores benefcios fiscais em outros Estados. O ltimo requerimento para audincia pblica, do deputado Dinis Pinheiro (PSDB), para debater a invaso de artigos industrializados na Feira de Arte e Artesanato da Avenida Afonso Pena.
    Outro requerimento tambm aprovado, dos deputados Antnio Jlio (PMDB) e Dlio Malheiros, para solicitar ao ministro de Minas e Energia a reestruturao do Departamento Nacional de Produo Mineral (DNPM). Segundo os parlamentares, a falta de condio da superintendncia regional tem causado prejuzos para o Estado.
    Presenas - Deputados Dlio Malheiros (PV), presidente; Svio Souza Cruz (PMDB) e Ronaldo Magalhes (PSDB).


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 12, 2008

    O COLRIO desta quinta-feira vem da coluna do Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora. Que beleza!!!


    O look de Dani Morais

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 12, 2008

    Reflexos da Feijoada do Cabelin em Juiz de Fora - que reuniu no Espao La Rocca, cerca de 2.100 personalidades de vrios segmentos econmicos, polticos e sociais.


    Joo Carlos Amaral ladeado
    pelo alto comando da Embratel:
    Ney Acyr de Oliveira,
    Guilherme Matta e Altivo Lus
    de Oliveira na Feijoada CR 2008

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 11, 2008

    O deputado federal CUSTDIO MATOS, do PSDB, de Juiz de Fora j reassumiu na Cmara Federal. Foi logo depois de ter sentido o carinho dos conterrneos -eram mais de 2000 - na mais famosa festa feita pelo colunista Csar Romero h 16 anos consecutivos - A FEIJOADA DO CABELIN. Pelo sorriso - e vestido com a camiseta da feijoada - Custdio est com toda energia para enfrentar as urnas em outubro - com apoio definido do ex-presidente Itamar Franco, do governador Acio Neves e do deputado Sebastio Helvcio. Fica o registro!


    Deputado Custdio Mattos


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 11, 2008

    EM PRIMEIRA MO!!! *TV ASSEMBLIA ter o CANAL ABERTO 35. O anncio foi feito agora a pouco - 14h45m - pelo deputado estadual do PMDB, Luiz Tadeu Leite, que teve audincia em Braslia, como o ministro das Comunicaes, senador Hlio Costa do PMDB.

              
                                          O ministro das Comunicaes, senador Hlio Costa, PMDB 
                                                 - que segundo o deputado Luiz Tadeu Leite
                                    - garantiu o canal aberto 35 para a TV Assemblia de Minas.

    O parlamentar disse que foi autorizado a dar a boa notcia, pelo prprio ministro Hlio Costa.
    A soluo encontrada foi autorizar o canal aberto 35, que vai permitir que a TV Assemblia, que est hoje no sistema UHF e cabo em quase 300 municpios, possa ser sintonizada pelo CANAL ABERTO 35, ampliando sua rea de propagao de seu sinal em toda Minas Gerais.
    Aqui em BH, por exemplo, a TVA s pode ser sintonizada atualmente, pelo cabo.
    A TVA, tambm j est, h mais de quatro meses na internet. s acessar  a home page www.almg.gov.br ( e clicar na caixinha TV ASSEMBLIA ON LINE no alto da pgina, lado direito.
    Os deputados Carlos Pimenta e Getlio Neiva, tambm falaram da importncia da deciso do ministro Hrlio Costa em conceder o CANAL ABERTO 45 TV Assemblia.
    Carlos Pimenta elogiou o ministro tambm por outro projeto - o da incluso digital - que implanta banda larga em todoas as escolas estaduais.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 11, 2008

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. Foto e notcia vem do BLOG do nosso parceiro de blogosfera, Hugney Bisneto, de Uberlndia, a chamada capital do Tringulo Mineiro.



    Exclusivo para o HBlog:

    o casal Sabrina Della Pena e o senador Wellington Salgado.



    Eles foram recebidos pela dupla de profissionais competentes - Dannilo Camargos e Diogo Lage - no cocktail da THE HOUSE acontecido na segunda-feira.

    A The House fica na av. Francisco Galassi, 1000 - Morada da Colina

    www.thehousedesign.com.br (foto Mauro Marques)


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 11, 2008

    Hoje em Braslia, senador Hlio Costa recebe homenagem agora pela manh.

     

    Hlio Costa homenageado pelo  Senado

    Homenagem lembra aprovao de projetos importantes para a sociedade brasileira durante presidncia em comisso

    A cerimnia ser na manh desta quarta-feira (11/06) na Comisso de Educao, Cultura e Esporte do Senado Federal, da qual o ministro das Comunicaes, Hlio Costa, foi ex-presidente entre 21 de fevereiro e 11 de julho de 2005. Sua foto ser includa na galeria de fotos de ex-presidentes.

    Em sua gesto foram aprovadas dezenas de projetos importantes, como a instituio do estatuto da igualdade social;  do programa de alfabetizao e cidadania na empresa;  modificao de lei de execuo penal, para instituir o Ensino Mdio nas penitencirias;  disponibilizao de um canal universitrio na lei do servio de TV a cabo; garantia de vagas nos cursos de graduao de formao de professores aos docentes da rede pblica sem habilitao em nvel superior, extenso do benefcio fiscal s doaes e patrocnios destinados construo de salas de cinema em municpios com menos de cem mil habitantes, entre outros.

    Data: 11/06
    Horrio: 10h
    Local: Plenrio da Comisso de Educao
    Sala Senador Alexandre Costa, 15 A - Senado Federal


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 10, 2008

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. Na Feijoada do Cabelin, em Juiz de Fora, o simptico casal, Luciana Amaral de Andrada e o deputado estadual do PSDB, Lafayette de Andrada, que faz poltica tambm em JF - onde goza de grande prestgio na rea poltica e social.


    O deputado Lafayette Andrada (com Luciana)

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 10, 2008

    J MORAIS a mais nova Cidad de Belo Horizonte. A deputada federal, nascida na Paraba, fez carreira na militncia de esquerda no PC do B. Na foto abaixo, a nova cidad belohorizontina, J Morais recebe o ttulo na Cmara de BH tendo ao lado o presidente da Assemblia de Minas, Alberto Pinto Coelho; a vereadora Maria Lcia Scarpelli e o vereador Paulo. A DEPUTADA J Morais pr-candidata do PC do B Prefeitura de BH.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 10, 2008

    Governador Acio Neves abriu a SUPERAGRO em BH.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 10, 2008

    MINERAO. Seminrio MINAS DE MINAS na Assemblia Legislativa, que comeou ontem e vai at quinta-feira. Vem a parceria entre Minas - primeiro produtor mineral do pis e o Par, segundo colocado.

    Um dos principais desdobramentos do Seminrio Minas de Minas, que a Assemblia Legislativa de Minas Gerais est promovendo at a prxima quinta-feira (12/6/08), dever ser a criao de um grupo de parlamentares e tcnicos dos Executivos dos Estados do Par e de Minas. O objetivo firmar uma parceria entre os dois estados para a elaborao de leis comuns que visem as especificidades das unidades mineradoras, ao contrrio da legislao federal que considera somente o aspecto geral.
    O grupo funcionaria nos moldes da Comisso Interestadual Parlamentar para Estudos do Rio Doce (Cipe Rio Doce), que tem a participao de parlamentares e tcnicos de Minas e do Esprito Santo, e da Cipe So Francisco, com integrantes dos principais estados banhados pelo rio. As propostas seriam elaboradas dentro do que prev a Constituio Federal, numa legislao concorrente de estados e municpios na rea de acompanhamento e fiscalizao da minerao.
    As conversas iniciais foram conduzidas pelo vice-governador do Par, Odair Santos Corra (PDT), que fez pronunciamento na abertura do seminrio, com nfase na desorganizao do setor de minerais sociais, ou seja, aquele que explora minrios como areia, argila, brita, com alta incidncia de clandestinidade.
    Participaram ainda dessas conversas o assessor do vice-governador, Jos Waterloo Lopes Leal, o gerente da Consultoria Temtica de Meio Ambiente da ALMG, Pedro Garcia Costa, o diretor legislativo, Sabino Jos Fortes Fleury, e a consultora Miriam Dvila Nunes
    Os servidores da Assemblia entregaram o protocolo de criao da Cipe Rio Doce para que o vice-governador do Par possa iniciar a discusso com os parlamentares daquele Estado.
    Odair Corra disse que depois de intensos estudos sobre a minerao no Par, o grupo encarregado sugeriu a criao de uma Secretaria de Minas, Metalurgia e Recursos Hdricos. "Ser nosso primeiro passo para um acompanhamento maior do setor no Par, que o segundo Estado em produo mineral, com enormes jazidas de ferro, mangans, urnio, entre outros", afirmou.
    Odair Corra elogiou o Seminrio Legislativo Minas de Minas, destacando que um tema que interessa muito ao Par.
    "Viemos beber na fonte que Minas Gerais e este trabalho conjunto servir no s para resolvermos algumas questes comuns, mas tambm para mostrar ao Governo Federal nossa fora", observou.
    O vice-governador lembrou que o Par, apesar da imensa riqueza de seu subsolo, tem quase um tero de sua populao abaixo da linha da misria, "numa clara demonstrao de que a legislao minerria, com a Cfem, no contribui para ajudar em alguns problemas bsicos da populao".
    O diretor legislativo, Sabino Fleury sugeriu um frum permanente entre os dois estados, para uma ao conjunta futura. O setor de minrios sociais tambm preocupa em Minas, segundo o gerente da Consultoria Temtica de Meio Ambiente, Pedro Garcia Costa.
    Ele disse que na construo do seminrio, no foi possvel incluir este setor, "pela desestruturao e falta de uma representatividade mais regional".



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 10, 2008

    ELEIO para escolha do novo Defensor Pblico Geral do Estado. Eleio ser dia 27 de junho, de 9hs s 18hs na sede da Defensoria Pblica, aqui em BH. So 13 candidatos. Trs so mulheres.

    A Comisso Eleitoral para composio da lista trplice e escolha do defensor pblico-geral disps atravs da Deliberao n 001/2008, publicada no jornal Minas Gerais do dia 03 de junho, sobre o deferimento das inscries dos defensores pblicos candidatos.

    So 13 defensores pblicos inscritos para concorrerem ao cargo de defensor pblico-geral.
    De acordo com a Deliberao do Conselho Superior da DPMG n 007/2008, na capital a eleio ser realizada no dia 27 de junho de 2008, de 09h s 18 horas, na Sede da Defensoria Pblica do Estado de Minas Gerais.
    Os votos do interior sero computados at o encerramento do processo eleitoral.

                                                                         Inscries deferidas
                                                                      pela Comisso Eleitoral:

    Andra Abritta Garzon Tonet, Madep 0089; Belmar Azze Ramos, Madep 0070;
    Clayton Rodrigues Sabino Barbosa, Madep 0165; Clvis Mendes Peres, Madep 0015;
    dina Serra Fratani, Madep 0088;
    Egberto Campos Batista, Madep 0036;
    Evaldo Gonalves da Cunha, Madep 0213;
    Gustavo Corgosinho Alves de Meira, Madep 0173;
    Horcio Vanderlei Tostes, Madep 0097;
    Jos de Avellar Calvet Neto, Madep 0258;
    Luiz Antnio Barroso Rodrigues, Madep 0076;
    Maria Auxiliadora Viana Pinto, Madep 0007; Ricardo Sales Cordeiro, Madep


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 10, 2008

    Mineiro vai Europa mostrar o que a construo civil sabe fazer. Em ao o empresrio Paulo Safady Simo - presidente da Cmara Brasileira da Indstria da Construo.

                                                

    A convite do CDES, Paulo Simo
    vai a Genebra e Roma
    para apresentar projeto de qualificao
     da construo civil brasileira

    O presidente da Cmara Brasileira da Indstria da Construo (CBIC) e conselheiro do Conselho de Desenvolvimento Econmico e Social (CDES), Paulo Safady Simo, compe a comitiva brasileira que est participando da 97 Conferncia Internacional do Trabalho (da Organizao Internacional do Trabalho - OIT) em Genebra, na Sua.

    Amanh, dia 11 de junho, a comitiva segue para Roma, na Itlia, onde participa da Assemblia Geral da Associao Internacional dos Conselhos Econmicos e Sociais e Instituies Similares (AICESIS). Nesta assemblia, Paulo Simo apresentar aos demais presentes o Plano Setorial de Qualificao da Construo Civil para os beneficirios do Programa Bolsa Famlia (PlanSeQ Construo Civil).

    A idia do PlanSeQ Construo Civil surgiu em 2007, quando a CBIC, o Ministrio do Desenvolvimento Social e Combate Fome (MDS) e o Conselho Nacional do SESI Servio Social da Indstria acertaram um acordo de cooperao tcnica para implementar estratgias que gerem incluso social e oportunidades de trabalho e renda para beneficirios do Programa Bolsa Famlia. A proposta ser realizada no mbito do Plano Setorial de Qualificao (PlanSeQ) do Ministrio do Trabalho e pretende capacitar mais de 200 mil pessoas que participam do Programa Bolsa Famlia em diversas regies do pas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 10, 2008

    SUPERAGRO em BH. Leilo de Guzer movimentou 500 mil reais. Informao vem do jornalista Ricardo Carlini do Programa Campo & Criao.

    Desempenho na Superagro 2008
    confirma o bom momento da raa


    Recordes leiteiros, leilo com alta movimentao financeira e novos
    criadores entrando para a raa.
    Este foi o saldo da participao do
    Guzer na Superagro, realizada em Belo Horizonte.
     A raa foi muito bem
    representada, tanto em pista quanto no concurso leiteiro.
    Estamos muito satisfeitos,
    afirma o presidente reeleito da Associao Mineira do
    Guzer, Paulo Emlio de Almeida Carneiro.
    O IV Leilo Guzer BH
    movimentou R$ 500 mil reais,
    com a comercializao de 29 lotes de
    bezerras, com idade entre 7 e 12 meses.
    O lote mais destacado foi a
    prenhez KAROLINE MF,
    vendida por R$ 48 mil.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 10, 2008

    Feijoada do Cabelin em Juiz de Fora, reuniu QUEM QUEM do mundo poltico, empresarial, artstico... De BH, dentre outros foram JF, o empresrio Salvador Ohana ( leia-se Lojas KLUS) e o jornalista Paulo Csar de Oliveira/Luza Lana. O simptico deputado/mdico Mrio Hering foi outra persona presente.


    Salvador Ohana, deputado Mrio Heringer,
     Paulo Cesar de Oliveira e Luza Lanna







      Comentrios

    #1. cesaromero@terra.com.br
    Caro Joo Carlos, agradeo mais uma vez o prestgio de sua presena (e da Cida) em nossa feijoada, este ano com o nmero recorde de 2.100 convidados. Aproveito para tambm agradecer a ampla cobertura da festa no seu blog. Tudo de bom.
    Grande abrao,
    Cesar Romero.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 10, 2008

    Fiejoada do Cabelin, em Juiz de Fora. Sucessoooo!!!!




















    Carol Neves, Paloma Matheus
    e Thas de Landa Gonalves

    Mirella Santos e o cirurgio
    plstico Ricardo Cavalcanti

    Deputado Custdio Mattos

    CR com Juracy Neves e
    Maria Helena Zacaron

    Elisa e Gibson Leite

    O vereador Rodrigo Mattos com Wilson Jabour e o vice-prefeito Jos Eduardo Arujo

    Jacqueline Vianna e Pedricto Rocha

    O reitor da UFJF Henrique Duque e o ministro interino do Esporte Wadson Ribeiro

    Stael Naya Camargo e Thas Lamin Leal






    Vilma Nascimento, Nara e
    Joo Mrcio Coelho e Glair Simo

    Vivian Werneck Herdia Alvim

    Clia e Jos Roberto Ferrerinha

    Eduardo e Rita Delmonte com a filha Mariana

    O deputado Lafayette Andrada (com Luciana)

    Salvador Ohana, deputado Mrio Heringer, Paulo Cesar de Oliveira e Luza Lanna

    As irms Suzana e Mrcia Neves
    ladeando Eric Brando

    Neil Brasil e Vnia de Landa com
    t-shirt produzida pela Skunk
     

     

    16 anos de sucesso
    Personalidades dos meios sociais, empresariais e polticos de Minas e do Rio de Janeiro, alm da gerao veloz, prestigiaram a Feijoada CR lotando o La Rocca. Em sua 16 edio, a tarde de sucesso foi marcada pelo clima de descontrao e alegria, com quatro atraes musicais.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 9, 2008

    POLTICA! Entenda a polmica sobre a disputa pela Prefeitura da capital de Minas. VALE conferir a entrevista exclusiva que o prefeito de BH, FERNANDO PIMENTEL deu reprter do HOJE EM DIA, Dilke Fonseca. A entrevista est no site www.fernandopimentel.com.br ( site que sugiro leiam sempre, como eu fao todo dia). Confira os detalhes da entrevista de Pimentel, um painel riqussimo sobre o que pensa o prefeito de BH - poderoso cabo eleitoral, junto com o governador Acio Neves - dos pr-candidatos Mrcio Lacerda, do PSB e Roberto Carvalho, do PT.

    O prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT), afirmou,em entrevista exclusiva ao HOJE EM DIA, que o acordo entre o PT e PSDBpara lanamento do ex-secretrio de Desenvolvimento Econmico Marcio de Lacerda a prefeito e o deputado estadual Roberto Carvalho, do PT, a vice, est mantido. Pimentel negou tambm qualquer desentendimento com o governador Acio Neves (PSDB).
    "Todos os dias, converso com o governador, por telefone ou pessoalmente. No tem nada disso. No tem nenhum problema. No mudou nada no nosso entendimento. Tudo continua como dantes no velho quartel de Abrantes. claro que tem muita gente torcendo pra que essas manchetes sejam verdade.
    Infelizmente, ns no vamos dar este prazer para elas. No se comprovaro". Segundo o prefeito, a relao com o governador a "melhor possvel" e as especulaes seriam de "muita gente" que "quer atrapalhar".
     
    Foto arquivo

    A ENTREVISTA 
      do prefeito de BH, 
       Fernando Pimentel.
     

    Alguns dizem que o acordo entre PSB, PT e PSDB acabou, outros que ainda existe possibilidade de vingar. Qual a realidade?
     

    A realidade a mesma. Uma chapa que tem o apoio tanto meu como do governador. E vamos trabalhar at o ltimo momento possvel para que esta chapa seja viabilizada. No mudou nada. Tudo que tem a especulao.
     

    Mas, at dia 14 de junho, o PT no tem de confirmar que aceita o veto da direo nacional do PT aliana com o PSDB, caso contrrio pode haver interveno no diretrio municipal?
     

    No sei de onde que as pessoas tiraram isso. No tem nada disso. Existe um prazo at dia 14 para que a gente remeta as nossas resolues. Certamente, vamos cumprir o prazo. Ns resolvemos, em convenes do PSB, do PT, que nossa chapa essa. O PSB, com o Marcio Lacerda como candidato a prefeito, e o PT, com o candidato a vice. Isto que ns vamos comunicar. Que nossa inteno aqui essa.
     

    A direo nacional do PT sinalizou que pode intervir no diretrio se houver uma negativa deciso?
     

    Negativa de qu? Ns no vamos negar nada. As pessoas esto confundindo. Existe uma confuso formal em questes que precisam ser esclarecidas. Quem coliga ou deixa de coligar a um partido o partido que lidera a chapa majoritria.
     

    No caso o PSB.
     

    . Quem coliga ou deixa de coligar o partido majoritrio. A nica deciso que cabe ao PT local de dizer assim: ns queremos nos coligar, estamos at indicando o vice do PSB. Agora, o PSB tem de dizer se aceita isso. Se a coligao vai ser mais ampla ou no. Quem vai dizer isso tudo o PSB, no somos ns. Ns vamos comunicar ao PT nacional, este o meu entendimento. Pode ser que a direo nacional tenha outro entendimento. Eu tenho o meu como militante. Ento, ns temos que comunicar simplesmente isso.
     

    No uma inverso, no? O PT que est na administrao h 16 anos e props esta aliana...
     

    Vamos devagar com o andor. Primeiro, tem um mal-entendido na sua pergunta. Primeiro, tem um mal-entendido e at a nvel nacional que as pessoas comeam dizendo assim: o PT est na administrao h 16 anos. No verdade. O PT ganhou a primeira vez a eleio com Patrus (ministro do Desenvolvimento Social e Combate Fome), em 1992. Depois, perdeu a prxima para o PSB, o dr. Clio (ex-prefeito Clio de Castro). E depois o dr. Clio se reelegeu prefeito de Belo Horizonte. Ento, o PT, como prefeito, est na administrao nos primeiros quatro anos do Patrus e nos ltimos quatro, comigo.
     

    Ento, o PT tem oito anos de administrao?
     

    , ou eu t doido? Estas confuses propiciam um entendimento equivocado. Ns no estamos abrindo mo de nada! Estamos mantendo o que a cidade escolheu h 16 anos.
     

    O sr. est na administrao e o prefeito do PT. O PT no est abrindo mo de liderar a chapa que pode administrar a cidade?
     

    No. O PT est atendendo o que a populao deseja: a continuidade de uma administrao exitosa PSB/PT, que vem h 16 anos com dr. Clio, com Patrus, comigo e, agora, com Mrcio Lacerda. Portanto, ns estamos fazendo aquilo que a cidade quer. Qualquer argumento que tenta distorcer a realidade dos fatos, que essa que eu falei, equivocado ou mal-intencionado, o que no o seu caso. A aliana com o PSB to antiga como a nossa administrao. Quando o Patrus era prefeito, ele sugeriu o dr. Clio como candidato que era do PSB. S que, naquela poca, o PT no aceitou e lanou Virglio Guimares (deputado federal) como candidato e perdeu a eleio para o dr. Clio e que, sabiamente, manteve o PT dentro do Governo. Esta histria de alternar PT e PSB vem desde l de trs.
     

    O veto da direo nacional aliana formal com o PSDB. No a isso que vocs tm que responder dia 14?
     

    No. Eu acho que no. Ns no estamos discutindo isso no. Esta questo se o PSDB vai participar ou no, no compete a ns. Isso quem vai decidir o PSB no momento adequado. Ns vamos repetir para o partido, a nvel nacional, que a nossa aliana com o PSB, que o cabea-de-chapa o Marcio Lacerda e estamos indicando o vice.
     

    Mas o PSDB vai ser um aliado formal ou informal?
     

    No sei. Pergunte ao PSDB e ao PSB.
     

    O PT aceita a deciso da direo nacional de veto aliana formal com o PSDB?
     

    Ns no temos esta capacidade. Ns, o PT local, no determina quem vai se coligar. Quem determina o cabea-da-chapa, que o PSB. E, no caso que voc est mencionando, se aceita-se ou no a formalidade ou informalidade depende de duas entidades, dois personagens: o PSB, que o cabea-de-chapa e o PSDB, que o pretendido, digamos, para a coligao. Acho que no cabe a gente responder a esta pergunta.
     

    Mas existe um veto da direo nacional, como o sr. avalia e qual vai ser a posio do PT?
     

    J passou esta fase. No tem que discutir se tem veto ou no tem veto. O que eu avalio ou deixo de avaliar. Ns estamos simplesmente trabalhando na mesma linha de sempre, de manter esta chapa. Vamos at o final com ela. A manifestao sobre a possibilidade da coligao formal ou no, acho que no mais conosco. Agora, com os demais partidos que esto envolvidos, principalmente, o Partido Socialista Brasileiro, que o cabea da coligao.
     

    Ento, no passaria de especulao as notcias de que o acordo no vingou?
     

    tudo especulao.
    E as de que o sr. no est mais se entendendo com o governador Acio Neves?
     

    No! Eu falo com o Acio todos os dias. Todos os dias converso com o governador por telefone ou pessoalmente. No tem nada disso. No tem nenhum problema. No mudou nada no nosso entendimento. Tudo continua como dantes no velho quartel de Abrantes. claro que tem muita gente torcendo pra que essas manchetes sejam verdade. Infelizmente, ns no vamos dar este prazer para elas. No se comprovaro.
     

    E se o diretrio nacional intervir?
     

    Mas, por que eles interviriam? 
     

    Porque o sr. disse que mantm o acordo com o Acio.
     

    A composio da chapa no est escrita na resoluo.
     

    O que no est escrito?
     

    Que a gente tem de trocar a chapa, no isso? Tem que trocar? Isso no est escrito. No tem nenhum motivo para intervir. No tem porqu.
    O PSDB no vai estar l formalmente?
     

    No sei. Voc tem que perguntar para o PSB e para o PSDB. No para mim. Eu sou do PT. Eu no posso. No tem como responder a esta questo. Ah! Mas o PSDB vai se coligar? No sei. Voc tem que perguntar pra eles. Ah! Mas o PSB vai aceitar? E o veto? Tem que perguntar para o PSB. Ns no temos nada mais que fazer. O que ns temos que fazer est feito. Indicamos um candidato a prefeito, que o Marcio Lacerda, do PSB. Indicamos um candidato a vice, que o Roberto Carvalho (deputado estadual), do PT. Daqui pra diante, essa negociao da composio no mais da gente.
     

    E esta chapa que vai disputar?
    Esta chapa que ns pretendemos chegar com ela ao dia da eleio.
     

    Qual o cenrio o sr. prev? A disputa com outros candidatos ou uma "avenida livre" na eleio?
     

    No respondo por outros partidos. Eu mal respondo pelo meu, porque eu no sou dirigente. Esta chapa que vai ser melhor pra cidade, que vai ter o meu apoio e do governador. O resto, vamos aguardar.
     

    Qual a estratgia que o sr. e Acio vo traar para lidar com esta presso?
     

    No tem estratgia, no. Ns temos um entendimento. O entendimento est mantido. Nossa relao a melhor possvel. E vamos, juntos, at onde for necessrio. isso. No mais, coisa de quem quer que a coisa no d certo. Muita gente quer que no d certo. Muita gente quer atrapalhar. Mas infelizmente, devo dizer..
     

    Infelizmente?
     

    Infelizmente pra elas.

    E a sada do Murilo Valadares da Secretaria de Polticas Urbanas?
    O Murilo saiu por motivos pessoais, particulares. Ele saiu e talvez at volte. Porque tem que resolver uns assuntos.
     

    Mas ele pode ser uma alternativa de candidato no caso de o acordo no vingar?
     

    O Murilo do PT. Est em dia com suas obrigaes partidrias e eleitorais, mas isso no quer dizer que ele v ser candidato a nada. No tem nenhum motivo pra isso. Tem uma chapa, e a chapa o Mrcio e o Roberto Carvalho.

                                                                    Fonte: Hoje em Dia
                                                                   - 8 de junho de 2008


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 9, 2008

    Seminrio Minas de Minas est sendo aberto agora - 20h28m - no plenrio presidente JK da Assemblia Legislativa. Quem preside os trabalhos o deputado Alberto Pinto Coelho, presidente da Assemblia de Minas. Presentes: o secretrio de governo, Danilo de Castro, representando o governador Acio Neves; o presidente da FIEMG, Ronson Andrade; o deputado federal Z Fernando de Oliveira, autor do projeto que prope mudanas da CFEM; o presidente do Sindiextra, Fernando Coura; o presiente do IBRAM, Paulo Camilo Penna; o presidente do Tribunal de Justia de Minas, Orlando Ado. E o vice-governador do Par, Odacir Corria.

    Depois de passar por 11 cidades do interior do Estado, o Seminrio Legislativo Minas de Minas chegar a Belo Horizonte no incio de junho. Cerca de 400 propostas apresentadas nas etapas de regionalizao sero discutidas e votadas no Plenrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) entre os dias 9 e 12 (segunda a quinta-feira), com a participao de todos os segmentos envolvidos na cadeia produtiva da minerao.
    Entre os principais temas esto a agilizao dos processos de licenciamento ambiental e o aumento de alquotas da Compensao Financeira pela Explorao de Recursos Minerais (Cfem).
    O Minas de Minas foi organizado pela ALMG em parceria com mais de 20 entidades, com o objetivo de elaborar uma poltica minerria estadual e colher sugestes para aprimorar a poltica nacional. Para isso, foram ouvidos representantes de empresrios, da sociedade civil, trabalhadores, acadmicos e ambientalistas. Em cada reunio do interior, foram eleitos 12 delegados, que participaro das votaes do documento final na capital mineira.
    "Esse um setor fundamental para o desenvolvimento do nosso Estado, gerador de empregos e de riquezas", destacou o presidente da Assemblia, deputado Alberto Pinto Coelho (PP). "O seminrio vai trazer sugestes para aprimorar as atividades econmicas e para as iniciativas de proposies de lei", complementa ele. O presidente lembrou que os segmentos de extrao e transformao representam mais de 30% do Produto Interno Bruto (PIB) estadual. O que se espera, segundo ele, que ao fim do seminrio sejam apresentadas propostas que possam assegurar avanos nas polticas pblicas e na gesto da atividade minerria, apontando solues para o desenvolvimento do setor com sustentabilidade.
    Riquezas que vm da terra
    a primeira vez que o Parlamento mineiro debate de forma to ampla a questo da produo mineral. Minas Gerais lder do setor no Brasil, com 44% de participao, conforme dados do ltimo Anurio Mineral Brasileiro do Departamento de Produo Mineral (DNPM), de 2006.
    Quase 50% da produo nacional de ouro tem origem em Minas, que responsvel por aproximadamente 53% da produo brasileira de minerais metlicos e 71% de minrio de ferro. O Estado faturou, em 2006, quase R$ 14 bilhes. A cadeia produtiva mineral - da extrao indstria de transformao de laminados, lapidados e aglomerados - representa 30% do PIB estadual: sendo 3, 1% a extrativa e 27,9% a de transformao.
    Durante os meses de abril e maio, foram realizados debates nas cidades de Itabira, Poos de Caldas, Divinpolis, Itana, Sete Lagoas, Congonhas, Arax, Paracatu, Muria, Tefilo Otoni e Governador Valadares. Nesses encontros, foram discutidos problemas da extrao de ferro, ouro, bauxita, nibio e pedras preciosas; temas , bem como o garimpo clandestino e a questo trabalhista, tudo na perspectiva de uma poltica tributria, gesto ambiental e questes fundirias.
    Compensao Financeira - O repasse da Compensao Financeira sobre Explorao de Produtos Minerais (Cfem) tambm foi assunto recorrente. Em praticamente todos os encontros, as lideranas municipais reivindicaram um aumento do repasse do tributo, hoje de 0,3% a 2% do faturamento lquido, para 4% do faturamento bruto. Esta a principal bandeira da Associao dos Municpios Mineradores de Minas Gerais (Amig). A comparao com os ganhos dos municpios produtores de petrleo e gs, cujos royalties so de 5%.
    O meio ambiente outro tema que ficou evidenciado. A legislao sobre jazidas e minas de competncia privativa da Unio, mas a competncia para legislar sobre meio ambiente cabe tanto Unio quanto aos Estados e municpios, e freqente a localizao de jazidas em reas de fragilidade e tenso ambiental, como a mina de ouro de Paracatu, em plena zona urbana; ou as jazidas de granito de Arcos e Pains, localizadas em rea de preservao ambiental, com stios arqueolgicos e espeleolgicos e Mata Atlntica.
    Na etapa final sero discutidos a importncia socioeconmica e ambiental da minerao, a legislao, poltica tributria e royalties, o compromisso com o futuro, os desafios da sustentabilidade. Alguns dos palestrante so o secretrio de Estado do Meio Ambiente, Jos Carlos Carvalho; o presidente da Amig, prefeito de Itabirito Waldir Salvador de Oliveira; o secretrio de Geologia, Minerao e Transformao Mineral do Ministrio de Minas e Energia, Cludio Scliar. O seminrio ser aberto pelo presidente da Assemblia, deputado Alberto Pinto Coelho.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 9, 2008

    Seminrio MINAS DE MINAS ser aberto hoje na Assemblia Legislativa, s 20 horas. Vai at dia 12.

                                                 SEMINRIO LEGISLATIVO
                                                      "MINAS DE MINAS"


    Minas Gerais possui uma das maiores provncias minerais do mundo. O desenvolvimento do Estado tem uma vinculao histrica com a atividade minerria, e os produtos derivados dela constituem o carro-chefe de sua economia.

    Esse potencial ganha agora nova dimenso, com a crescente demanda mundial por bens minerais e a abertura de grandes mercados consumidores. Surgem possibilidades de fortes investimentos em Minas, com significativa gerao de emprego e renda.

    A minerao, contudo, situa-se em um contexto complexo. A legislao sobre jazidas e minas de competncia privativa da Unio, mas a competncia para legislar sobre meio ambiente cabe tanto Unio quanto aos estados e municpios, e freqente a localizao de jazidas em reas de fragilidade e tenso ambiental.

    Coloca-se, portanto, para Minas um desafio: conciliar as atividades da minerao com a proteo do meio ambiente e a qualidade de vida, por meio do aperfeioamento institucional e da gesto compartilhada dos bens naturais. o desafio da sustentabilidade, que depende do envolvimento dos rgos pblicos, do setor empresarial, dos trabalhadores, das entidades ambientalistas, enfim, de toda a sociedade.




    Data: 9 a 12 de junho de 2008
    Local: Plenrio da Assemblia Legislativa do Estado de Minas Gerais

    O

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 7, 2008

    Neste sbado, 22h30m, na TV Assemblia, ancoro um debate sobre a proposta de criao da nova CPMF - CSS (Contribuio Social da Sade).











    Assemblia Debate


    O novo imposto da sade proposto pelo governo federal o assunto desta semana. Participam do programa os deputados Carlos Mosconi, do PSDB, presidente da Comisso de Sade; Carlin Moura, do PC do B, integrante da Frente Parlamentar da Sade; Sebastio Helvcio, do PDT; e Almir Paraca, do PT. O Assemblia Debate vai ao ar neste sbado, s 22h30, domingo, s 13h, e segunda, s 23h.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Junho 7, 2008

    Hoje a Feijoada do Cabelin. Estamos em Juiz de Fora. Depois eu conto tudo. E mostro as fotos. Aguardem!!!


    No clima da Feijoada CR 2008,
     Felicinho Pifano e Michelly Carolina Berion
    (usando short jeans e bota 'by' Arpel)
    clicados no estdio de Carmelita Lavoratto,
    com produo de Fabiane Manganelli Alencar

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 6, 2008

    FUNDO DO BA. O lendrio dr. Sobral Pinto - que nasceu em Barbacena e fez carreira de jurista no Rio de Janeiro, defendendo entre outros o comunista Luiz Carlos Prestes - visto a na foto abaixo, na Estao ferroviria de Campolide - prximo a Barbacena no Alto da Serra da Mantiqueira - quando l esteve por volta de 79-1980 em seu retorno terra natal para receber justas homenagens ao filho ilustrssimo. Dr. Sobral foi a Barbacena a convite do ento presidente da Cmara Municipal de Barbacena, vereador Amarlio de Andrade e do advogado e do consultor da ONU, Carlos Alberto Penna.


    Dr. Sobral Pinto,
    ladeado pelo vereador Amarlio de Andrade - de bigodes -
    e o professor Carlos Alberto Penna, consultor da ONU.
    Da ida de dr. Sobral sua terra natal,
    depois de vrios e longos anos
    - resultou a criao da Medalha Sobral Pinto de Direitos Humanos
    - a mais importante comenda do municpio de Barbacena.
    A primeira comenda foi entregue,
     pelo prprio dr.Sobral,
    ao ento governador de Minas
     Tancredo Neves.

    TNEL DO TEMPO:








    Tancredo Neves,Sobral Pinto e ao fundo Amarlio Andrade,Ubirajara Bertoletti e Carlos Alberto Penna.


    O seu primeiro Comendador foi o saudoso Governador de Minas Gerais, Doutor Tancredo de Almeida Neves, posteriormente eleito Presidente da Repblica Federativa do Brasil. O Doutor Tancredo de Almeida Neves foi condecorado pessoalmente pelo prprio Doutor Sobral Pinto, numa cerimnia memorvel, ocorrida em 1984, no local oficial prprio para a solenidade, que o Palcio da Revoluo Liberal, Sede da Cmara Municipal de Barbacena, um belssimo prdio histrico construdo no sculo XVIII e localizado na praa principal de Barbacena.







    A COMENDA
    SOBRAL PINTO







    A Comenda constituda por uma medalha e o seu diploma representativo. Sob o aspecto fsico, a Medalha "Sobral Pinto" lavrada em prata de lei 950, trabalhada em alto relevo, para aproximadamente 155 gramas sustentada por uma fita de gorgoro e azul branca. No verso contm as Armas do Municpio de Barbacena, onde se destaca ao centro o brao direito do Patrono Cvico da Nao Brasileira e Protomrtir da Independncia, Joaquim Jos da Silva Xavier, o Tiradentes. No seu anverso contm a efgie em perfil do Doutor Sobral Pinto e a inscrio Medalha Sobral Pinto.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 6, 2008

    CITRON amplia investimentos e vendas em Minas.


    O diretor da COTRON, Domingos Boragina Neto
    e a diretora da Concessionria Chamonix, Daniele Fernandes,
       durante entrevista coletiva no Vecchio Sogno, aqui em BH.
    Minas a bola da vez nos planos da Citron
    que registra o crescimento dos negcios em nosso Estado.
    Para agosto, vem a mais uma Concessionria na Pampulha.
    e Mais uma outra, tambm nos prximos meses
    na av. Cristiano Machado. Poos de Caldas, Barbacena,
    Montes Claros so outras das cidades - alm de BH -
    que esto na pauta de construo
    e montagens de concessionrias da Citron em Minas.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Junho 6, 2008

    Embratel na FEJOADA DO CABELIN.

    A EMBRATEL vai marcar presena, amanh, na famosa e prestigiada FEIJOADA DO CABELIN em Juiz de Fora. Confirmaram presenas: o diretor executivo da Ambratel Empresas, Ney Acyr de Oliveira e o diretor regional da Embratel em Minas Altivo Oliveira. EM TEMPO: a Embratel uma das patrocinadoras da Feijoada do Cabelin, que vai movimentar mais de duas mil personalidades - empresrios, polticos,profissionais liberais,artistas globais... - no Espao La Rocca em JF a partir de uma da tarde. Eu, minha mulher, a decoradora Cida Amaral e meu amigo, o advogado Carlos Alberto Penna, consultor da ONU, estaremos na Feijoada do Cabelin. Vamos ficar hospedados no luxuoso e sofisticado Hotel CONSTANTINO - reservado para ns pelo meu amigo Csar Romero,o famoso Cabelin.


    Ney Acyr de Oliveira, diretor executivo da Embratel Empresas e Altivo Oliveira,
    diretor regional da Embratel em Minas
     - presenas confirmadssimas na Feijoada do Cabelin,
    neste sbado,em Juiz de Fora.

     
    Ney Acyr, diretor executivo da Embratel, a simptica Roseli Giampietro -
     mineira de Boa Espeana, sul do Estado
     - diretora de operaes e produo da Embratel
    regies leste e nordeste da Embratel e JCA.
    Roseli e Ney estiveram recentemente em BH lanando o WIMAX,
    anfitrionados pelo diretor regional em Minas, Altivo Oliveira.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 5, 2008

    Governador Acio Neves abriu hoje a Superagro 2008 no Parque de Exposies da Gameleira/Expominas, aqui em BH.









    Acio Neves
     participa da abertura oficial
    da Superagro

     









    Omar Freire/Imprensa MG

    O governador Acio Neves participou nesta quinta-feira (5), no Parque de Exposies da Gameleira/Expominas, em Belo Horizonte, da abertura oficial da Superagro Minas 2008, mais ampla e diversificada feira do agronegcio de Minas. O evento rene a 48 Exposio Estadual Agropecuria, a 11 Expocachaa, o 17 Congresso Brasileiro de Apicultura e do 3 Congresso Brasileiro de Meliponicultura (criao de abelhas sem ferro).
    Segundo Acio Neves, a consolidao da Superagro, que chega sua quarta edio, mostra que o potencial do agronegcio mineiro continua sendo um dos principais indutores do crescimento econmico do Estado."Estamos vendo a pujana dessa exposio. Restabelecemos o papel importante de Belo Horizonte como um centro importante do fortalecimento do agronegcio.
    O Estado de Minas que cresce na rea da indstria, na rea de servios, ser sempre um estado com enorme base agropecuria. O que estamos buscando fazer agregando valor ao que aqui produzido, seja na pecuria, na agricultura. Portanto, essa exposio a sntese, o smbolo do bom momento que vive o agronegcio mineiro que ter sempre um apoio muito importante do Governo do Estado", disse Acio Neves, em entrevista.
    Promovida pelo Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado e Agricultura, Pecuria e Abastecimento e Instituto Mineiro de Agropecuria (IMA), em parceria com a Federao da Agricultura e Pecuria de Minas (Faemg) e Sebrae-MG, a Superagro a principal vitrine das cadeias produtivas do agronegcio, onde se destacam os segmentos de laticnios, floricultura, fruticultura, silvicultura, pecuria de corte, e acar e lcool.
    Criadores das diversas raas e os produtores de diferentes atividades do agronegcio mineiro so colocados frente a frente com as indstrias e empresas fornecedoras de produtos, equipamentos, insumos, novas tecnologias e servios que do suporte ao desenvolvimento de suas atividades.
    "A Superagro mais uma vez revela ao Brasil o crescimento, a qualidade e a importncia econmica e social do agronegcio mineiro. Como vem ocorrendo desde 2001, o agronegcio voltar a crescer este ano, em Minas, devendo alcanar um valor total superior a R$ 77 bilhes com avanos significativos tanto nos segmentos bsicos, como no de distribuio e processamento.
    Os resultados que temos alcanado em Minas se devem, evidentemente, experincia e capacidade dos nossos produtores e ao esforo de modernizao que temos procurado implantar em conjunto. Eventos que tm o objetivo e a importncia desta Superagro 2008 s alcanam sucesso quando expressam uma viso integrada das atividades econmicas e das questes sociais e ambientais", disse Acio Neves.
    Na edio de 2007 a Superagro recebeu cerca de 65 mil visitantes, promovendo negcios estimados em R$ 32 milhes, segundo pesquisa da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), realizada junto a expositores e pblico comprador.
    A mesma pesquisa tambm mostrou que 74,2% dos expositores entrevistados j haviam participado de edies anteriores, evidenciando que grande parte das empresas tem retornado a cada edio da Superagro. Outro registro importante: nesse contingente, 72,1% consideraram o evento melhor que os anteriores.
    Exposio Estadual
    A Superagro teve incio na segunda-feira (2) com a 48 Exposio Estadual Agropecuria, que prossegue at o domingo (8), e com os congressos de Apicultura, que se encerraram na quarta-feira (4). A exposio agropecuria rene cerca de 3 mil animais de 20 raas, entre bovinos, eqdeos, caprinos, ovinos e bubalinos, ocupando a capacidade mxima instalada do Parque da Gameleira.
    Durante oito dias, produtores rurais e criadores apresentam seus animais para uma agenda que inclui julgamentos e provas de pista, concursos e oito leiles. Na chegada ao Expominas, o governador conheceu alguns animais que esto em exposio e estandes de produtores de mel e cachaa. Ele esteve acompanhado do secretrio de Estado de Agricultura, Gilman Viana, do presidente da Faemg, Roberto Simes, e do presidente nacional do PSDB, senador Srgio Guerra.
    Conselho Nacional
    No primeiro dia oficial da Superagro 2008 tambm aconteceu o encontro do Conselho Nacional de Secretrios de Estado de Agricultura (Conseagri), com a presena de secretrios e representantes de secretarias de Agricultura de 17 estados.
    "O expressivo crescimento do agronegcio em nosso Estado faz desta edio da Superagro ainda mais relevante e significativa, tanto para aqueles que tm a responsabilidade de produzir, quanto para os profissionais envolvidos com os grandes desafios do setor.
    Alm dos contedos extremamente qualificados que aqui sero debatidos, a Superagro tem o orgulho de sediar o encontro do Conselho Nacional de Secretrios de Estado de Agricultura, cuja misso avaliar, discutir e propor aes, estaduais e nacionais, para o desenvolvimento do agronegcio no Brasil", declarou Acio Neves, em pronunciamento durante a solenidade.
    Presidido pelo secretrio Gilman Viana, o Conseagri discutiu no encontro durante a Superagro as recentes mudanas no Sisbov e o cadastramento de novas fazendas brasileiras para fornecimento de carne bovina aos frigorficos que exportam para a Unio Europia. 
    Alm dos secretrios estaduais de Agricultura, o secretrio de Defesa Agropecuria do Ministrio de Agricultura, Incio Kroetz, tambm participou da reunio.
    Cachaa certificada
    O Sebrae-MG est lanando, durante a Expocachaa, na Superagro, a Campanha da Cachaa Certificada, com o objetivo de divulgar as vantagens da certificao tanto para o consumidor quanto para o produtor. A campanha faz parte de um conjunto de aes focadas na prospeco e realizao de negcios pelas empresas e pelos produtores, aliado a uma agenda de palestras e de programas voltados para o gerenciamento dos negcios.
    A Expocachaa um dos eventos-ncora da Superagro Minas e confirma neste ano o status conquistado, ao longo de mais de uma dcada, de maior feira do agronegcio da cachaa no Brasil.
    Centrada no trip negcios, entretenimento e espao gourmet, com a presena de vrios restaurantes e coquetelaria, a feira apresenta marcas da bebida de Minas e de outros estados, apresentadas por associaes, cooperativas e sindicatos como o Sindibebidas, ligado Fiemg e ao Instituto Brasileiro da Cachaa (IBRA). Sero apresentadas tambm cachaas certificadas pelo Inmetro.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 5, 2008

    Prefeito Fernando Pimentel na Alemanha. Acordo de cooperao para a COPA de 2014.

     

    Belo Horizonte e Stuttgart 
    assinam acordo de cooperao


    O prefeito Fernando Pimentel assinou um acordo de cooperao com a cidade de Stuttgart, com o objetivo de promover a troca de experincias entre a cidade alem e Belo Horizonte, especialmente no mbito das atividades de preparao da capital mineira para a Copa do Mundo de futebol em 2014. 
     

    O acordo prev o intercmbio de experincias em gesto integrada de mobilidade, segurana e planejamento, com nfase em eventos esportivos, e ainda a presena de tcnicos e autoridades de Stuttgart em Belo Horizonte e vice-versa, possibilitando o aprendizado mtuo.
    "A colaborao com cidades que possuem experincia acumulada neste processo um dos instrumentos que Belo Horizonte vai utilizar para obter os melhores xitos em sua candidatura", ressaltou Pimentel.

    Aps a assinatura do acordo, o prefeito e o secretrio municipal de Relaes Internacionais, Rodrigo Perptuo, visitaram o estdio de Stuttgart. Eles conheceram a estrutura interna e o modelo de gesto do local, j que, na Alemanha, a maior parte dos estdios pertence s cidades.
    O prefeito conheceu tambm a central de controle inteligente de trnsito, que na cidade alem opera em conjunto com o Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil, a polcia e o departamento de sade.

     

    A primeira atividade viabilizada pelo convnio ser o seminrio "Copa 2014: oportunidades e desafios para as cidades", organizado pela Prefeitura de Belo Horizonte no dia 18 de junho, mesmo dia em que o Brasil enfrentar a Argentina no estdio do Mineiro pelas eliminatrias da Copa da frica do Sul, em 2010.
    Alm do prefeito de Stuttgart, Wolfgang Schuster, foram convidados o governador da provncia de Buenos Aires e o prefeito da capital argentina, cidade com a qual Belo Horizonte mantm um acordo de cooperao amplo desde o ano de 2006.

     

    Grandes eventos esportivos constituem uma oportunidade para atrao de investimentos pblicos, especialmente em infra-estrutura urbana, e privados, nos segmentos turstico e cultural, e estimulam o processo de desenvolvimento local. 
     

    A aproximao entre Stuttgart e Belo Horizonte se deu por meio da participao da cidade na Rede 8 do URB-AL, programa de cooperao descentralizada entre governos locais europeus e latino-americanos, promovido pela Unio Europia, cujo tema era mobilidade urbana. 
     

    Com o trmino das atividades da Rede 8, a cidade de Stuttgart fundou e passou a coordenar a rede "Cities for Mobility" e convidou Belo Horizonte para coordenar o grupo temtico sobre gesto da mobilidade em grandes eventos esportivos.
    Em setembro do ano passado, a capital mineira formalizou sua candidatura para sediar jogos da Copa de 2014, o que abriu caminho para o aprofundamento da relao com Stuttgart, uma das sedes mais bem sucedidas da Copa da Alemanha, disputada em 2006.

     

    Uma reunio tcnica foi realizada durante o Encontro Metrpoles - Amrica Latina e Caribe, promovido pela Prefeitura de Belo Horizonte em dezembro de 2007, dando origem idia do acordo bilateral.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 5, 2008

    Dcio Freire homenageia - no Rio de Janeiro - o desembargador Sylvio Capanema. Registro que pincei da coluna do Csar Romero da tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    O desembargador Sylvio Capanema,
    do Tribunal de Justia do Rio de Janeiro
    e um dos juristas mais respeitados do Pas,
    agradece emocionado
     a homenagem prestada pelo advogado Dcio Freire,
    sob os aplausos da ex-ministra Benedita da Silva.
     







         Comentrios

    #1. fernando
    pincei no tem cedilha!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 5, 2008

    Rondon Pacheco, ex-governador de Minas, que marcou poca trazendo a FIAT para nosso Estado, est em plena forma. Mora e participa de eventos l em Uberlndia. A foto abaixo vem do nosso parceiro de BLOGOSFERA, Hugney Bisneto.





    Breaking NEWS by HB
    Luiz Alexandre Garcia, Luiz Alberto Garcia, Rondon Pacheco e Rosalina Vilela - respectivamente - filho e pai/representantes do Grupo Algar e neto e filho do Comendador Alexandrino Garcia - que deu nome ao Salo da ACIUB, em solenidade e cocktail na noite de segunda-feira - ao lado do amigo e eterno governador das Minas Gerais mais a presidente da associao (exclusivo para o HBlog - foto by Beto Oliveira)







                       Comentrios

    #1. Jose Aparecido Ribeiro
    Joo
    Primeiro parabns pela parceria com este brilhante Jornalista do Tringulo, nosso querido amigo Huguenei Bisneto e segundo por destacar estas duas figuras brilhantes do cenrio poltico e empresarial Mineiro e Nacional, Luiz Alberto Garcia, leia-se Grupo Algar e Rondom Pacheco, que foi um dos maiores governantes que este Estado de Minas Gerais j teve, homem que enxerga 100 anos pela frente...
    Alis, diga-se de passagem, nossos governantes precisam agir com o norte do futuro em todas as suas aes, a exemplo de JK e Rondom Pacheco, mantendo a serenidade e a humildade que os dois fotografados pelo Huguenei possuem de sobra...


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 5, 2008

    A CITRON amplia investimento em Minas.

    Diretor da CITRON esteve em BH. Domingos Boragina Neto recebeu a mdia da capital especializada em automveis e economia - e nosso BLOG DE NOTCIAS - num requintado almoo no internacional Vechio Sogno. Falou sobre as metas da CITRON em Minas. Tendo sempre ao lado a executiva Daniele Fernades, diretora da Concessionria CHAMONIX e o assessor de comunicao da Concessionria, jornalista Schubert Arajo, o diretor da Citron destacou que Minas a bola da vez da empresa que vai investir aqui em vrias cidades levando seus modelos aos mineiros de vrias regies do Estado. Confira. AS FOTOS VALEM POR MIL PALAVRAS.












     




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Junho 5, 2008

    NA MSCA. Dei em primeira mo que Custdio Matos seria candidato a prefeito de Juiz de Fora. Confira a nota que dei na tera-feria.

                                                   Tera-feira, Junho 3, 2008
    Em PRIMEIRA MO!!! * Custdio Matos ser candidato a prefeito de Juiz de Fora com o apoio de Sebastio Helvcio e Itamar Franco.


                      

    A informao exclusiva e que ainda no foi publicada pela mdia tradicional - eu ouv hoje aqui em Beag.
    O secretrio de Desenvolvimento Social, deputado federal do PSDB, Custdio Matos ser candidato a prefeito de Juiz de Fora, com o apoio do ex-presidente Itamar Franco e do deputado estadual do PDT, Sebastio Helvcio - com o respaldo do prprio governador Acio Neves. 
    Com isso, o deputado Custdio Matos ter de se desincompatibilizar do cargo de secretrio do governo Acio Neves at quinta-feira, dia 5 - ltimo prazo.
    Ser a segunda vaga aberta no governo de Acio. A primeira foi a sada do secretrio de Desenvolvimento Econmico, Mrcio Lacerda, para disputar a sucesso do prefeito Fernando Pimentel, aqui em BH.
    Fica o registo - em primeira mo - do nosso BLOG DE NOTCIAS.Custdio ser candidato do PSDB prefeitura de Juiz de Fora.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 4, 2008

    Governo federal constata que Minas est na liderana nacional.









    Minas Gerais
    lder em aes sociais no pas

     









       

    Wellington Pedro/Imprensa MG

    O governador Acio Neves afirmou, nesta quarta-feira (4), que o anncio do Governo Federal, colocando Minas Gerais na liderana isolada da execuo das polticas de assistncia social, a comprovao de que o equilbrio financeiro e a gesto eficiente em parcerias tm reflexo direto na qualidade de vida das pessoas.
    Levantamento do Ministrio do Desenvolvimento Social e Combate Fome mostra que Minas o Estado que mais avanou na implementao do Sistema nico de Assistncia Social (Suas) em todo o pas, iniciando 100% das aes propostas, das quais, 71,4% j foram concludas.
    O Suas um programa do Governo Federal, feito em parceria com estados e municpios, com objetivo de organizar num nico sistema todos os servios de assistncia social para melhorar a qualidade do atendimento populao mais carente.
    "No incio dessa nossa gesto, tentou-se vender Minas como um Estado com uma imagem distante das questes sociais, mais preocupado com questes fiscais, e hoje se est demonstrando que no existe nada mais social, de melhor resultado para a vida das pessoas, do que um Estado bem administrado, com recursos, com equilbrio das suas contas, com prioridades claras, com planejamento", disse o governador, em entrevista, aps lanamento do programa de Aprimoramento do Esporte Escolar.
    Acio Neves tambm destacou a importncia das parcerias entre Unio, estados e municpios para que as polticas pblicas se transformem em resultados efetivos para aos cidados.
    "Liguei hoje, inclusive, para o ministro Patrus Ananias, para ele, como mineiro, comemorar conosco essa posio, que tenho certeza tambm o alegra, e fruto tambm dessa parceria. Portanto, um dado extremamente importante, que no apenas permite a Minas avanar na questo social, mas agrega ao grande conceito que o Estado tem do ponto de vista da gesto, do ponto de vista dos resultados, das suas aes, tambm nos coloca agora como estado de melhor resultado nas aes sociais. Portanto, uma conjuno que me alegra muito", disse o governador. 
    Resultados
    De acordo com o Ministrio do Desenvolvimento Social, Minas j concluiu 71,4% das aes do Pacto de Aprimoramento de Gesto Estadual firmado em 2007 com os estados da federao. Alm de liderar no comparativo com todos as unidades da Federao, Minas executou sozinha duas vezes mais que a soma da Regio Sudeste. Esprito Santo, Rio de Janeiro e So Paulo realizaram juntos 38,3% das aes (Esprito Santo, 10,7%; Rio de Janeiro, 10,9% e So Paulo, 16,7%).
    O segundo colocado no ranking o Cear com 50% concludas e 50% em andamento. Entre os estados do ranking, somente em Minas e no Cear todas as aes previstas esto em andamento.
    Aes
    Entre as aes do pacto est a implantao dos Centros de Referncia em Assistncia Social (Cras). Os centros atendem famlias em vulnerabilidade social que so encaminhadas rede de proteo do municpio, como creches, escolas, postos de sade e centros e convivncia de idosos. So tambm encaminhados a cursos profissionalizantes e recebem apoio na recuperao de dependncia qumica. Psiclogos, assistentes sociais e pedagogos que atuam nos Centros de referncia so capacitados por tcnicos do Governo de Minas.
    Atualmente, Minas Gerais tem 433 centros em 353 municpios. A meta do Governo de Minas garantir, pelo menos, um em cada um dos 853 municpios do Estado. A verba para isto j est garantida. Em 2007, os Centros de referncia foram responsveis pelo atendimento de 822 mil famlias em Minas Gerais.
    No pacto esto previstas aes como co-financiamento de Centros de Referncia de Assistncia Social, implantao de sistema de monitoramento de todas as aes de assistncia social, investimento em capacitao nos municpios para execuo dos programas e garantia da agilidade no repasse de recursos dos programas sociais governamentais aos municpios.
    Iniciativas pioneiras
    Desde a assinatura do pacto, Minas Gerais vem se destacando com iniciativas pioneiras: foi o primeiro Estado brasileiro a destinar recursos oramentrios para implantao do pacto, no qual esto sendo aplicados cerca de R$ 30 milhes do Tesouro Estadual e foi, tambm, o primeiro estado a entregar a proposta do pacto ao Governo Federal.
    A implantao do Sistema nico de Assistncia Social em Minas coordenada pela  Secretaria de Estado de  Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) e um dos programas estruturadores do Governo de Minas.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 4, 2008

    POLTICA. Em Varginha no sul de Minas, o mdico Vismrio Camargos, do PR,sermesmo candidato a prefeito. Se coloca como TERCEIRA VIA e costura apoios de oito partidos. E aposta as fichas no desempenho na TV. Fez comigo, aqui em BH, o media trainning "Socorro, Estou na TV" e se saiu muito bem. A nota abaixo pinei do Blog do Madeira, de Varginha - um blog sempre bem informado sobre os bastidores da poltica no sul de Minas. Parabns.

    O mdico Vismrio Camargo de Freitas j se decidiu: no est nem com G7, nem com PT. Ser uma terceira via, uma candidatura independente para prefeito. Na tentativa de viabilizar sua candidatura, ele conversa com oito partidos. E garante que sair, mesmo, candidato a prefeito.



    O mdico Vismrio Camargos e este blogueiro
    no estdio do curso "Socorro, Estou na TV",
     aqui em BH.
    Ele se preparou para enfrentar as cmeras
    na disputa pela prefeitura de Varginha.


    A recomendao para fazer o curso conosco
    foi do ex-vide-governador de Minas, Clsio Andrade,
    presidente da CNT
    e primeiro suplente do senador mineiro Eliseu Rezende.


    Clsio Andrade foi nosso cliente
    no "Socorro, Estou na TV", em 1996.







        Comentrios

    #1. Paulo Queiroz
    Para esclarecer: Na pesquisa do Vox Populi, o Dr Vismario aparece com 2% de inteno de votos. diante disso, Dr Vismario j fechou questo em torno da chapa G13, que reune 13 partidos de oposio para derrotar o PT local. Seria loucura e jogar dinheiro fora ele se lanar a prefeito agora em Varginha



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 4, 2008

    Encontro casual - hoje no final da tarde - com a ex-deputada Sandra Stharling, do PT no shopping Ptio Savassi. Provoquei: a sra. vai ajudar a desembrulhar a situao do PT em BH em relao sucesso do prefeito Fernando Pimentel?. Ela mineiramente sorriu e disse brincando: no, no... agora eu estou aposentada, livre para olhar o mundo de outros ngulos. Ela estava lendo o ltimo livro do jornalista Zuenir Ventura: " 1968- o que fizemos ns", que a ex-deputada e professora tinha acabado de adquirir na Livraria Leitura - depois de esperar ansiosa a publicao. Alis. um livro que vem dentro de uma embalagem de papelo reforado, com fundo verde com letras brancas.

                                                                      
    A ex-deputada Sandra Stharling, uma das fundadoras do PT ao lado de Z Dirceu, Luiz Dulci, Lula - e que concorreru ao Palcio da Liberdade nos tempos do petismo histrico- estava tranquilamente lendo o livro do Zuenir - 1968, numa das mesas do Caf Capuccini, no segundo andar do Ptio na Savassi.
    Lia atentamente. De vez em quando degustava um bom vinho tinto. E continuava absorta na obra - que entre outras coisas - fala de um tempo difcil para a democracia, para os militantes de esquerda no Brasil. Ano do AI-5...
    Voltando ex-deputada Sandra Stharling, ela dise que est em Braslia - onde atuou como assessora parlamentar do senador Tio Viana. Agora est totalmente aposentada - deixou claro.
    Disse no rpido bate-papo que estava com tudo pronto para visitar a filha dela, que mora em Boston.
    Ela estava curiosa para saber se a Hilary Clinton havia acertado ser vice do Obama Barak - eram 17:30. Eu respond que no sabia ainda o desfecho.
    Sandra Stharling, sempre simptica, de raciocnio rpido - como nos dos dos anos 80 quando eu era reprter poltico da Rede Globo e ela parlamentar petista inquieta, atuante - recebeu nosso carto e prometeu: vou mandar dos EUA um artigo para seu BLOG DE NOTCIAS.
    Aceitei, agradec.
    Nos despedimos e l fui eu.
     Ela voltou a mergulhar em outro tempo - 1968 na tica de Zuenir Ventura.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 4, 2008

    ATENO!!! Novidade na corrida pela sucesso do prefeito de BH, Fernando Pimentel. O ex-deputado ROGRIO CORREIA, do PT, se desencompatibilizou para se colocar como uma das opes do PT.

                                                                   
                                                                Ex-deputado Rogrio Correia 
                                                            deixou hoje cargo federal em Minas
                                                         de olho na PBH nas eleies de outubro.

    Acabo de conversar com o ex-deputado Rogrio Correia, do PT.
    Ele disse que ouviu a executiva nacional do partido, em Braslia, e recebeu a recomendao para sair do cargo de delegado do Ministrio do Desenvolvimento Agrrio, em Minas.
    Com isso fica em stand-by - boca de espera - como um nome disposio de se candidatar a prefeito da capital.
    A deciso, segundo Rogrio Correia, consequncia da entrevista dada ontem, em BH, pelo governador Acio Neves, que no aceita apoio informal do PT numa aliana com o PSB.
    A, Rogrio Correia e a executiva enxergam que a aliana com Pimentel fez gua.
    O PT ento no teria sada.
    Ter que ter candidato prprio cabea de chapa na corrida pela PBH.
    Outro nome petista que tambm colocou o nome disposio a uma candidatura a prefeito o deputado estadual Andr Quinto, ligado ao ministro Patrus Ananias.
    Enquando isso... La nave v!!!

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 4, 2008

    Adiada avaliao sobre crdito suplementar de 5 milhes e 341 mil reais para o Tribunal de Contas do Estado.

    O relator do Projeto de Lei 2.359/08, deputado Lafayette de Andrada (PSDB), adiou a anlise da proposio. Designado relator na reunio desta quarta-feira (4/6/08) da Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria em conjunto com os membros das comisses permanentes da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, o deputado pediu distribuio de avulsos (cpias) de seu parecer. O projeto do governador, que tramita em turno nico, autoriza a abertura de crdito suplementar de R$ 5.341.772,65, em favor do Tribunal de Contas. Nova reunio para votar o parecer foi marcada para as 17h45 desta quarta (4).
    A suplementao oramentria dever custear investimentos no valor de R$ 2,83 milhes e outras despesas correntes no valor de R$ 2,5 milhes. O recurso suplementado dever ser proveniente, segundo disposto no PL 2.359/08, de convnio firmado entre o Tribunal de Contas e o Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto (R$ 2,42 milhes); excesso previsto de arrecadao (R$ 215,7 mil); e excesso previsto de recursos diretamente arrecadados (R$ 2,7 milhes).
    Em seu parecer, o relator argumentou que o projeto necessrio em virtude de a Lei Oramentria para o corrente exerccio no prever autorizao para o Executivo abrir crdito suplementar ao oramento do Tribunal de Contas. A concluso que o projeto atende aos requisitos constitucionais e legais.
    Requerimentos - A comisso recebeu o requerimento do deputado Gilberto Abramo (PMDB), que solicita seja desconsiderado o voto do deputado Luiz Tadeu Leite (PMDB), na reunio conjunta do dia 28 de maio, em que foram analisados os PLs 2.302 e 2.316 de 2008, bem como a anulao da votao dos pareceres, tendo em vista a no indicao do parlamentar, pela liderana da bancada, como substituto do deputado Antnio Jlio (PMDB).
    Presenas - Deputados Jayro Lessa (DEM), vice-presidente da comisso; Antnio Jlio (PMDB), Lafayette de Andrada (PSDB), Fbio Avelar (PSC), Gustavo Valadares (DEM), Getlio Neiva (PMDB) e a deputada Elisa Costa (PT).


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Junho 4, 2008

    O COLRIO desta quarta-feira, do portiflio do Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora. A Feijoada do Cabelin ser no prximo sbado, dia 7, no Espao LaRocca. Estaremos l em companhia da minha mulher, a decoradora Cida Amaral e do advogado Carlos Alberto Penna, consultor da ONU.









    Camila Matheus iluminando
    a noite do Caf da Mata 






      Comentrios

    #1. Renato Bonela
    Sem comentrio, ou melhor, Deus, realmente, existe.
    Parabns linda Camila Matheus.
    Seu mais novo admirador.


     

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 3, 2008

    Flash abaixo vem da coluna do nosso amigo, Hugney Bisneto - de Uberlndia no Tringulo Mineiro. Confira!

    Minha sobrinha Maria Paula Hugueney Attie, minha irm Claudia Guerreiro Hugueney e minha me Cleusa Albuquerque Guerreiro Hugueney, na tarde da cidade neste ltimo domingo.
    Hoje aniversrio de 49 + 1 aninho de minha irm - FELIZ ANIVERSRIO.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 3, 2008

    De olho no PROACESSO do governo Acio Neves.











    Governo de Minas
    vai asfaltar mais 50 estradas no interior

     









    Omar Freire

    O governador Acio Neves autorizou, nesta tera-feira (3), no Palcio da Liberdade, a abertura do processo de licitao para asfaltamento de 50 novos trechos de rodovias dentro do programa de pavimentao de acessos rodovirios, Proacesso. Os novos trechos, localizados em vrias regies do Estado, tero investimento de R$ 803 milhes para o asfaltamento de 1.606 km de rodovias. Com este conjunto de obras, o Governo de Minas completa 217 acessos rodovirios em andamento, o que representa 96,9% do programa em execuo. A meta do Proacesso pavimentar, at 2010, acessos de 225 cidades mineiras que ainda dispem de estradas de terra, permitindo o crescimento da economia e melhorias na qualidade de vida da populao. O trecho de Miravnia, que dependia de avaliao de impacto socioambiental, foi autorizado no incio da tarde.
    Estamos hoje lanando o maior conjunto de obras j anunciados em Minas em qualquer tempo. Estamos concluindo o primeiro compromisso que assumi com os mineiros que o da diminuio das diferenas das vrias Minas. So cerca de R$ 800 milhes, investimentos extraordinrios que mudaro a vida dos mineiros e sero uma transformao definitiva, principalmente, na realidade das regies mais pobres do Estado, afirmou o governador, em entrevista.
    Durante a solenidade, que contou com a presena de todos os prefeitos dos municpios contemplados com o Proacesso, Acio Neves garantiu que os recursos esto garantidos para a execuo das obras que sero concludas at o final de 2010. Sero contemplados nesta etapa do Proacesso, 18 municpios do Norte de Minas, sendo sete no Jequitinhonha e Mucuri, alm de 18 municpios nas regies Central, Rio Doce e Sul do Estado, cinco da Zona da Mata e dois do Noroeste de Minas. Juntos, os municpios tm contingente populacional de 247 mil habitantes.
    Segundo o governador, os investimentos s foram possveis em funo do equilbrio das contas do Estado, resultado do Choque de Gesto. Os recursos esto garantidos o que significa que Minas ter os 225 acessos concludos. Tudo isso s foi possvel porque houve o ajuste de contas do Estado, o equilbrio financeiro de Minas e esse equilbrio est sendo transformado agora em investimentos, disse.
    Caminho para o progresso
    At o momento, foram investidos no programa R$ 932 milhes incluindo recursos do Tesouro do Estado e de financiamentos externos com o Banco Mundial (US$ 100 milhes) e o JBIC (US$ 50 milhes). J foram pavimentados 1.711 km de estradas. At o fim de 2010, todos os acessos estaro concludos, totalizando 5.515 km de extenso de rodovias e beneficiando diretamente mais de 1,5 milho de pessoas. Em todo o programa sero investidos R$ 2,8 bilhes.
    Dos trechos j autorizados, 81 esto concludos e 76 em andamento. Outros 11 trechos esto com obras em licitao. Restaro apenas 7 trechos a serem autorizados, sendo que sete so rodovias federais, sob jurisdio do Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes (DNIT).
    Acio Neves ressaltou que o Governo do Estado est permitindo, com o acesso asfaltado, um importante instrumento para o desenvolvimento desses municpios.
    Sabemos todos que uma falcia falar em desenvolvimento, crescimento econmico e social dessas comunidades se ns no dermos a elas, minimamente, o acesso asfaltado para que o comrcio possa melhorar, a sade fazer atendimento com maior presteza, a segurana pblica, a educao, enfim, todas as atividades que envolvem aquela comunidade. Portanto, um passo extraordinrio em favor da Minas que ns queremos construir, disse.
    Desenvolvimento
    Durante a solenidade, o prefeito de Francisco Badar, Joo Ado Oliveira destacou a importncia do Proacesso para o desenvolvimento das comunidades que tero condies de crescer. Nossa economia vive estagnada, porque no conseguimos levar a nossa produo para fora e os produtos que compramos chegam mais caros por conta da estrada. Fora que a poeira e a lama das nossas estradas inibem os investidores, afirmou.
    O prefeito de So Joo do Pacu (Norte de Minas), Joo Antnio Ribeiro, ficou entusiasmado com o anncio das obras de pavimentao de 27 km que liga o municpio a Corao de Jesus. Com 3.738 habitantes, o municpio sobrevive da agropecuria e tem o escoamento da produo prejudicado com as estradas de terra. Segundo o prefeito, as dificuldades acabaro com a chegada do asfalto. Quando chega o asfalto, muda a vida de todos. Facilita o escoamento da produo e melhora a conservao dos veculos, disse.
    O prefeito de Machacalis (Mucuri), Gilvnio Moura Batista, tambm estava eufrico com a notcia da chegada do Proacesso em sua cidade trazendo progresso e melhorias para a populao. Localizado no Vale do Mucuri, o municpio, de cerca de 7 mil habitantes, aguardava h anos a pavimentao das estradas. Por estar localizado entre quatro municpios que tambm no dispunham de acesso por asfalto, Machacalis ter, agora, os quatro acessos asfaltados pelo programa, assim integrado a toda regio do Vale do Mucuri. O asfalto traz o progresso, a indstria, o turismo e tudo o que a gente deseja de melhor para o nosso povo. Nossa cidade vai passar a escoar a produo com mais facilidade e o deslocamento da populao vai ser mais seguro, disse.

     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 3, 2008

    Em PRIMEIRA MO!!! * Custdio Matos ser candidato a prefeito de Juiz de Fora com o apoio de Sebastio Helvcio e Itamar Franco.

                      

    A informao exclusiva e que ainda no foi publicada pela mdia tradicional - eu ouv hoje aqui em Beag.
    O secretrio de Desenvolvimento Social, deputado federal do PSDB, Custdio Matos ser candidato a prefeito de Juiz de Fora, com o apoio do ex-presidente Itamar Franco e do deputado estadual do PDT, Sebastio Helvcio - com o respaldo do prprio governador Acio Neves. 
    Com isso, o deputado Custdio Matos ter de se desincompatibilizar do cargo de secretrio do governo Acio Neves at quinta-feira, dia 5 - ltimo prazo.
    Ser a segunda vaga aberta no governo de Acio. A primeira foi a sada do secretrio de Desenvolvimento Econmico, Mrcio Lacerda, para disputar a sucesso do prefeito Fernando Pimentel, aqui em BH.
    Fica o registo - em primeira mo - do nosso BLOG DE NOTCIAS.Custdio ser candidato do PSDB prefeitura de Juiz de Fora.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 3, 2008

    ARTIGO ESPECIAL. Para LER e PENSAR!!!




         ARTIGO ESPECIAL

    Convergncia, eletricidade e TV Legislativa Digital
        * Rodrigo Lucena
    Quais seriam os prximos passos das assemblias legislativas estaduais neste caminho de dilogo com a sociedade?
    A pergunta me foi dirigida por ocasio de um seminrio sobre convergncia digital. Expresso do momento, a convergncia de mdias mais um desafio do que uma realidade. Mas ser uma realidade, inequivocamente, quando todo esse grande bolo de informao, equacionada numericamente, estiver disponvel a partir de um simples aperto de boto.
    E como as assemblias legislativas esto se posicionando ante essa perspectiva?
    Arrisco-me a dizer que vamos bem obrigado, mas precisamos avanar.
    Se verdade que a convergncia s se dar, de fato, quando os meios de acesso forem to simples como ligar uma luz, da a expresso "informaticidade", cunhada pelo engenheiro Slvio Meira, um grande especialista nesta rea, a televiso tem enorme vantagem sobre todos os outros meios, por ser uma velha conhecida das famlias brasileiras, em 99% dos lares.
    Depois da grande conquista para a comunicao do Parlamento que foi a incluso das televises legislativas no servio de TV a Cabo, isso h 13 anos, e com o avano dessas emissoras para um pblico significativamente mais amplo, com a outorga de canais geradores abertos para algumas assemblias e sua exposio na Internet, nos colocamos, agora, diante do maior desafio: a TV Digital.
    Este o momento de definirmos como as casas legislativas vo se posicionar no futuro que se avizinha, quando acontecer a popularizao dos meios digitais de comunicao de massa. o ponto de partida para pensarmos na convergncia, de fato, e na criao das inmeras possibilidades de dilogo com a sociedade que essas ferramentas vo nos proporcionar.
    Pensar a participao das assemblias neste modelo uma tarefa que exige desprendimento por parte dos seus atuais dirigentes. O agente poltico sobrevive de resultados imediatos. Mas no h qualquer sinal de que a popularizao da televiso digital seja uma realidade em menos do que 5 ou at 10 anos. O problema que no d para esperar. O sistema analgico nos ensinou que quando um canal de televiso torna-se um grande ativo financeiro, o interesse pblico se torna refm de outros interesses e, no obstante a lei, passa a um segundo plano.
    O que est na pauta dos tcnicos responsveis pelas emissoras legislativas a construo de um modelo de implantao de TV Digital que seja capaz de atender a todos. Contudo, um modelo que seja vivel economicamente, a ponto de alimentar o sonho de se construir uma rede de transmissores digitais com capilaridade suficiente para atingir a grande massa de pessoas que continuam desprovidas da informao de boa qualidade que transmitida hoje pelos veculos de comunicao do parlamento brasileiro, em todas os nveis e esferas.
    Em termos de convergncia, o fato que precisamos agir, hoje, pensando num horizonte de mais de 10 anos. Restar classe poltica e aos atuais presidentes das assemblias o registro histrico da inovao. 

    *Rodrigo Lucena.
    Diretor da Associao Brasileira 
    de Televises e Rdios Legislativas Astral
    Diretor de Rdio e TV 
    da Assemblia Legislativa de Minas Gerais


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Junho 3, 2008

    Ateno governador ACIO NEVES e seu vice, prof. ANASTASIA!!! *Estrada feita com recursos dos prprios moradores - do condomnio Casa Branca - da regio da Serra do Rola Moa, precisa - com URGNCIA - de ajuda do governo de Minas. Pedido ao governador Acio Neves e ao vice, professor Anastasia est sendo feito atravs do nosso BLOG pelo economista Celso Castilho - secretrio-executivo do Comit da Baia de Ilha Grande, presidente do Consrcio Capim Branco Energia, executivo da VALE - e ex-secretrio de Meio Ambiente no governo Itamar Franco em Minas.

                              
                                              Da esquerda para a direita: o ex-ministro Paulino Ccero
                                           - hoje presidente do Sindifer - o economista Celso Castilho
                                     (que mandou-nos o apelo ao governador Acio e ao vice Anastasia
                                           sobre a precariedade da estrada na Serra do Rola Moa)
                                              e o diretor de Meio Ambiente da Anglogold, Willer Ps.
                                                             Os trs foram auxiliares competentes
                                                        do ex-governador Itamar Franco, em Minas.

                                                                                  Caro Joo.
    Leitor assduo do seu Blog, vejo com satisfao o trabalho que o Governo Acio Neves e a Secretaria de Transportes vem desenvolvendo em todo o Estado de Minas.
    Em razo da visibilidade do seu Blog, com certeza lido no Palcio da Liberdade e destes projetos de interesse de todos ns mineiros, fao uma solicitao:
    Existe no Parque Estadual do Rola Moa, uma estrada construida com recursos da comunidade, parceria com empresarios e com projeto do DER.
    Trata-se com certeza, da primeira estrada construida nestes moldes, licenciada pelo Orgo Ambiental do Estado.Entregue a populao desde 2000 utilizada para visitas ao Parque Estadual e por inumeros moradores da regio.
    Corta cerca de 4 Municipios(BH/Ibirite/Nova Lima e Brumadinho). So 15 KM construidos nesta parceria(sem recursos oficiais).
    Lamentavelmente hoje no existe nenhum tipo de manuteno do trecho, o que com certeza traz o risco de perda de todo o trabalho feito.
    Em um pequeno trecho j aparecem os primeiros efeitos desta falta de manuteno(buracos e anomalias no asfalto).
    Peo ao Governador Aecio Neves, a quem ns apoiamos nas duas eleies, ao Vice Governador Anastasia e ao Secretrio Fuad, ateno especial para esta obra. No podemos perder, aquilo que foi feito com muito esforo e com muita dedicao, fruto deste esforo coletivo.

                                                                  Celso Castilho de Souza
                                                                 Morador de Casa Branca.
                                                            Ex-Secretario de Meio Ambiente
                                                              e Desenvolvimento Sustentavel
                                                                 do Governo Itamar Franco.








                          Comentrios

    #1. Jose Aparecido Ribeiro
    Joo
    Justo o pedido do Secretrio Celso Castilho.
    Na oportunidade, aproveitando o ensejo, vamos enviar uma mensagem de socorro para o nosso querido Governador Acio, pedindo a ele que na prxima ida para o Rio de Janeiro, ele faa de carro para que ele possa ver o estado em que se encontra a BR 040 entre BH e Conselheiro Lafaiete.
    Tenho certeza que ele tomar providencias para que a duplicao definitiva daquela importante Rodovia acontea imediatamente e que a sua manuteno seja tambm providenciada urgentemente.
    Sabemos todos que no um assunto do Governo Estadual, mas conhecemos Acio e sua equipe e no temos dvida de que em se tratando de uma Rodovia que atravessa o Estado de Minas, eles usaro todo o seu prestgio, que no pouco, diga-se de passagem, para resolver o a situao que chegou no limite da tolerncia de quem circula por al.
    Um abrao
    Jos Aparecido Ribeiro
    "Movimento SOS BR 040"












    #2. Cludio de Castro Magalhes
    sem dvida um pedido muito justo, a regio da Casa Branca vem se tornando um foco turstico e em razo disso o Parque Estadual do Rola Moa tem sido conhecido por um nmero cada vez maior de cidados. O por do sol no mirante do Parque algo indescritvel, principalmente nos fins de tarde do outono.
    A estrada construda pela comunidade, est alfaltada, sinalizada, mas ambos, o asfalto e a sinalizao esto necessitando de manuteno.
    Espero que a solicitao do Secretrio Celso Castilho encontre eco no Governo do Estado resultando em uma ao de manuteno da estrada, incluindo-a no programa de governo como um acesso a uma das reas ecologicamente mais bem preservadas das vizinhanas de Belo Horizonte.
    Um grande abrao
    Cludio de Castro Magalhes
    Comunidade de Casa Branca

    #3. Marcus Vincius Miranda de Souza
    Extremamente oportuno o pedido do ex-secretrio de Meio Ambiente. Trata-se de estrada construda com recursos da comunidade e algumas empresas, sem nenhum aporte financeiro do Estado e/ou Prefeituras. A estrada j apresenta defeitos devido ao trfego de caminhes ( que proibido mas no acontece nada) e por obras de saneamento da Prefeitura de Nova Lima. Muito justas essas obras, mas necessrio que os servios sejam bem feitos. No transformemos a nossa estrada em outra BR-040.
    Marcus Vincius Miranda de Souza

    #4. Valria Miranda de Souza
    Inteiramente apropriada a solicitao do sr. Celso Castilho acompanhada de vrios comentrios. Investimos nossos recursos para construo da estrada, sem ajuda governamental. Confiamos na qualidade de excelente gestor do Governador Acio Neves no sentido de promover a manuteno desta importante via de acesso que, inclusive, corta o Parque do Rola Moa, criado pelo prprio Governo de Minas. No permitamos que ela se desgaste e se transforme em causa de acidentes.
    Valria Miranda de Souza

    #5. Walter Meira de Miranda
    Senhor Governador Acio Neves
    O pedido de manuteno da estrada inteiramente procedente. fundamental que o Governo ajude a manter este acesso rodovirio construdo pela comunidade. Confiamos em V. Exa. que tem se mostrado um administrador eficaz e voltado para os reais interesses do povo.
    Walter Meira de Miranda

    #6. Heloisa Speziali
    Acabo de adquirir uma chcara no Condomnio Quintas de Casa Branca. Sei que seus moradores e empresas locais financiaram o asfaltamento da estrada BR-040 at o distrito de Casa Branca. Concordo inteiramente com o pedido do dr. Celso Castilho no sentido de que o Governo do Estado pelo menos faa a sua manuteno. Esta estrada tambm ajuda o turismo mineiro j que ela atravessa o Parque do Rola Moa, criado na gesto Eduardo Azeredo.
    Heolisa Franco Speziali





    #7. celso souza
    E de estremamente oportuno o pedido do Senhor Celso Castilho de Souza ex-Secretrio de Meio Ambiente. j que por sua vez se demostra preocupado com a manuteno da estrada,J que por sua vez e um investimento de parceria pblico/privada onde e refncia no meu ver em ambito ambiental no estado de minas ou at mesmo no Brasil, uma vez estando dentro do Parque Estadual do Rola Moa localizado dentro da Regio Metropolitana de Belo Horizonte.Esperamos que nosso Governador retribua com devida ateno para tal fato ocorrido.
    CELSO SOUZA

    #8. Antonio Carlos da Silva
    Na esteira da solicitao do sr. Celso Castilho e tambm nas melhorias para o Parque do Rola Moa, inseridas nos jornais de hoje, reitero ao Governador Acio Neves que volte suas vistas para a manuteno da estrada BR-040 at o distrito de Casa Branca, nica via de acesso para o referido Parque. Lembro, ainda, que esta rodovia foi construda unicamente pela iniciativa particular, sem um centavo do Governo.
    Antonio Carlos da Silva


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 2, 2008

    Poltica em Juiz de Fora. De olho no tabuleiro de xadrez de Itamar Franco. Leia o que diz a seo PAINEL da Tribuna de Minas.


    O ex-presidente Itamar Franco pode estar retornando ao jogo poltico da cidade. Depois de ter dito que a nica definio, at agora, seria a da candidatura Maria Ceclia de Oliveira, filha do ex-ministro Jos Aparecido de Oliveira, em Conceio do Mato Dentro, ele conversou, no meio da semana, com o governador Acio Neves.
    Ouviu um apelo para continuar na presidncia do Conselho do BDMG - o que deve ocorrer - e uma avaliao do cenrio em Juiz de Fora. O nome a ser apoiado pelo governador deve passar pelo seu crivo.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 2, 2008

    Camiseta da FEIJOADA DO CABELIN faz presena - nada mais, nada menos - que em Paris. EM TEMPO: a Feijoada do Cabelin ser sbado, dia 7, no Espao La Rocca. E mais uma vez vai reunir QUEM QUEM na megafesta em Juiz de Fora.


    Thas de Landa Gonalves, usando a
    camiseta da Feijoada CR 2008, na manh
    do ltimo domingo, na Champs-Elyses -
    o 'boulevard' mais chique e caro de Paris

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 2, 2008

    PR-ACESSO do governo Acio Neves vai receber, amanh, quase 780 milhes de reais para mais 49 trechos. O incio do processo de licitao ser autorizado pelo governo amanh, dia 3, tera-feira, em solenidade no Palcio da Liberdade, aqui em BH.









    Proacesso chega a 96,4%
    dos municpios de Minas Gerais

     









    Divulgao/Secom

    O governo do Estado autoriza, nesta tera-feira (03), s 11 h, o incio do processo de licitao para a pavimentao de 49 trechos de rodovias, por meio do Programa de Pavimentao de Ligaes e Acessos Rodovirios aos Municpios (ProAcesso).  Esto previstos investimentos de R$ 768 milhes. Com essa autorizao, o programa alcana 96,4% dos 225 municpios a serem contemplados. 


    Sero beneficiados, nesta etapa do ProAcesso, 17 municpios do Norte de Minas, sendo sete no Jequitinhonha e Mucuri, seis de cada uma das regies Central,  Rio Doce e Sul do Estado, cinco da Zona da Mata e dois do Noroeste. Sero asfaltados 1.585,7 quilmetros de rodovias.  Os 3,6% restantes correspondem a sete municpios atendidos por estradas federais, sob responsabilidade do Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes (Dnit). A solenidade ser no Pavilho de Eventos do Palcio da Liberdade.


    At agora j foram pavimentados 1.711 quilmetros de estradas, com investimentos da ordem de R$ 932 milhes. Dos trechos autorizados anteriormente, 81 esto concludos; em 68, as obras j foram iniciadas. Outros oito j esto contratados, nove em licitao e dois com licitao programada. A meta, at o final de 2010, asfaltar 5.515 quilmetros de estradas, beneficiando diretamente mais de 1,5 milho de mineiros.


    No entender do secretrio de Estado de Transportes e Obras Pblicas, Fuad Noman, o ProAcesso tem uma importncia fundamental dentre os 57 projetos estruturadores do governo do Estado, por se constituir em instrumento capaz de impulsionar a atividade econmica dos municpios e, ao mesmo tempo, dar oportunidade para melhorar servios como os de sade, educao e segurana. A facilidade de acesso da populao fundamental at mesmo para manter as pessoas em seus locais de origem, descentralizar os investimentos e melhorar a qualidade de vida e, assim, atingir objetivo maior que tornar Minas o melhor Estado para se viver, afirmou.


    Para cumprir todo o programa, sero necessrios R$ 2,8 bilhes, entre recursos do Tesouro do Estado e de financiamentos internacionais, obtidos junto a Banco Mundial (Bird), Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Banco Japons de Cooperao Internacional (JBIC).


    Cerca de 60% dos municpios contemplados pelo programa esto no Norte de Minas, nos vales do Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce e na regio Noroeste. So reas que possuem ndice de Desenvolvimento Humano (IDH) abaixo da mdia do Estado (0,773), situao em que programas como o ProAcesso so importantes para a melhoria das condies socioeconmicas. As regies Central, Zona da Mata e Sul de Minas, embora mais desenvolvidas, tambm esto contempladas pelo Programa em acessos ainda no pavimentados.


    Uma mdia de 88% dos municpios, que em 2003 no tinham ligao rodoviria por via asfaltada com outro municpio ou a uma rodovia tronco, tm menos de 10 mil habitantes e 97% IDH menor que a mdia de Minas Gerais.


    A ligao por asfalto est permitindo que mais pessoas tenham acesso fcil e seguro a escolas, hospitais, espaos de lazer, comrcio e outros, que ficaram mais perto graas melhoria das condies de deslocamento. O objetivo do programa contribuir para a competitividade da economia local, j que a via de acesso pavimentada reduz os custos de transporte da produo local e do fornecimento de insumos necessrios.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Junho 2, 2008

    Sucesso na Prefeitura de BH. Presidente nacional do PT, Ricardo Barzoini divulga nota. Diz que " Diretrio Nacional no revogou veto da Executiva coligao com o PSDB em BH". Confira!

    Nota sobre deciso do Diretrio Nacional do PT 
    a respeito de Belo Horizonte



    No verdade que o DN, em sua reunio de 30 de maio de 2008, tenha revogado o veto da Comisso Executiva Nacional coligao com o PSDB em Belo Horizonte, segundo as verses fantasiosas e/ou capciosas divulgadas por alguns veculos de imprensa.
    As deliberaes anteriores da Executiva Nacional inclusive a que vetou expressamente a pretendida aliana serviram de base poltica e jurdica para a deciso do DN, como ficou claro no texto da resoluo aprovada (leia aqui).
    Ao recomendar aos companheiros de Belo Horizonte que voltem a discutir e deliberar sobre o assunto, o DN nada mais fez do que somar, s decises da Executiva, um gesto de cordialidade e gentileza para com os defensores da coligao, de maneira que o Diretrio Municipal de BH possa a adequar-se s decises nacionais por sua prpria deliberao, sem a necessidade de medidas estatutrias.
    Tambm no procede a informao de que o Diretrio Nacional tenha deliberado por uma aliana informal com o PSDB em Belo Horizonte. O DN no entrou nesse debate, no havendo nenhum apreo por alianas informais que no fiquem transparentes para os eleitores.
    Ricardo Berzoini
    Presidente Nacional
    do Partido dos Trabalhadores


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 1, 2008

    A EMBRATEL vai marcar presena, amanh, na famosa e prestigiada FEIJOADA DO CABELIN em Juiz de Fora. Confirmaram presenas: o diretor executivo da Ambratel Empresas, Ney Acyr de Oliveira e o diretor regional da Embratel em Minas Altivo Oliveira. EM TEMPO: a Embratel uma das patrocinadoras da Feijoada do Cabelin, que vai movimentar mais de duas mil personalidades - empresrios, polticos,profissionais liberais,artistas globais... - no Espao La Rocca em JF a partir de uma da tarde. Eu, minha mulher, a decoradora Cida Amaral e meu amigo, o advogado Carlos Alberto Penna, consultor da ONU, estaremos na Feijoada do Cabelin. Vamos ficar hospedados no luxuoso e sofisticado Hotel CONSTANTINO - reservado para ns pelo meu amigo Csar Romero,o famoso Cabelin.


    Ney Acyr de Oliveira, diretor executivo da Embratel Empresas e Altivo Oliveira,
    diretor regional da Embratel em Minas
     - presenas confirmadssimas na Feijoada do Cabelin,
    neste sbado,em Juiz de Fora.

     
    Ney Acyr, diretor executivo da Embratel, a simptica Roseli Giampietro -
     mineira de Boa Espeana, sul do Estado
     - diretora de operaes e produo da Embratel
    regies leste e nordeste da Embratel e JCA.
    Roseli e Ney estiveram recentemente em BH lanando o WIMAX,
    anfitrionados pelo diretor regional em Minas, Altivo Oliveira.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 1, 2008

    O COLRIO deste domingo - da coluna do meu amigo Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora.


    O charme de Mari Mayr no Caf da Mata

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 1, 2008

    Seminrio MINAS DE MINAS encerrou giro por 11 cidades do interior. ltimos foram em Valadares e Tefilo Otoni. Agora, dia 9 comeam os debates no plenrio JK, da Assemblia Legislativa. Vai de 9 a 12 de junho o HISTTICO debate. Na foto abaixo o encontro em Valadares no Vale do Rio Doce.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 1, 2008

    Seminrio MINAS DE MINAS na Assemblia de Minas. Hoje o ltimo dia para voc se inscrever.

    Depois de 11 encontros regionais, Seminrio
    recebe at hoje, segunda-feira, inscries para etapa final

    Termina na prxima segunda-feira o prazo de inscries para a etapa final do Seminrio Legislativo Minas de Minas, que acontece no Plenrio da Assemblia Legislativa, de 9 a 12 de junho,para discutir os amplos aspectos da cadeia produtiva da minerao, com o objetivo de elaborar uma poltica minerria estadual e colher sugestes para aprimorar a poltica nacional.
    Os interessados podem fazer inscrio individual ou institucional aqui no site.Outras opes de inscrio so pelo fax (31) 2108-7670 ou pessoalmente, das 8 s 18 horas, no Centro de Atendimento ao Cidado (CAC) da Assemblia, na rua Rodrigues Caldas, 30, Bairro Santo Agostinho, Belo Horizonte. As inscries individuais so abertas ao pblico em geral, mas sem direito a voto. As institucionais podem ser feitas pelo titular/responsvel, que ter direito a voto em grupos de trabalho e na plenria final.
    A etapa final vai discutir e votar as propostas recolhidas em 11 encontros regionais, nas principais cidades-plo do Estado, onde foram discutidos os documentos elaborados pelas comisses tcnicas interinstitucionais (CTIs), formadas por instituies e rgos pblicos de meio ambiente, ONGs, entidades de classe empresariais e profissionais, representantes de parlamentares e de municpios mineradores, alm das entidades parceiras da ALMG na organizao do seminrio.
    Em cada encontro tambm foram eleitos 12 delegados que participaro das votaes do documento final do seminrio, em Belo Horizonte.
    O programa da etapa final prev palestras de especialistas, discusso e debates em torno dos seguintes temas:
    * Histrico e importncia socioeconmica e ambiental da minerao no Estado
    * O sistema federativo e a legislao sobre minerao
    * Poltica tributria e royalties
    * Desafios da sustentabilidade (governana ambiental, aspectos econmicos, sociais e trabalhistas)
    * Cenrios e estratgias
    Minas Gerais lder em produo mineral no Brasil, com 44% de participao, conforme dados do ltimo Anurio Mineral Brasileiro do Departamento Nacional de Produo Mineral (DNPM), de 2007. O Estado faturou, em 2006, quase R$ 14 bilhes com o setor.
    A cadeia produtiva mineral da extrao indstria de transformao de laminados, lapidados e aglomerados representa 31% do Produto Interno Bruto (PIB) estadual: 3,1% a extrativa e 27,9% a de transformao.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 1, 2008

    Agentes de Sade - mercado recebe 314 novos profissionais.









    Parceria entre ESP-MG e PBH
    forma agentes comunitrios

     









    Ernane Lopes

    Cerca de 800 pessoas compareceram, na sexta-feira (30), no Centro de Conveno Minascentro, para a cerimnia de formatura dos 314 agentes comunitrios de sade (ACS) das regies Centro-Sul, Noroeste, Oeste e Barreiro de Belo Horizonte. A capacitao destes profissionais resultado da parceria entre a Escola de Sade Pblica do Estado de Minas Gerais (ESP-MG) e a Prefeitura Municipal de Belo Horizonte que tem como meta qualificar, at o final deste ano, 1200 agentes.


    O vice-diretor da ESP-MG, Henrique Badar, falou do papel da Escola no processo de ensino-aprendizagem do agente comunitrio e dos desafios dessa formao. "A ESP-MG aposta na construo coletiva e participativa do conhecimento, o que na realidade um grande desafio para a educao voltada para o servio pblico de qualidade".
    "A ESP-MG um patrimnio da sade pblica para o Estado", enfatizou o secretrio Municipal de Sade, Helvcio Miranda. Para ele, importante a parceria com a Escola, com o objetivo de fortalecer a poltica de recursos humanos para o Sistema nico de Sade (SUS). "A parceria um marco importante para a nossa caminhada na qualificao do SUS em BH, e essa iniciativa de extrema qualidade, pois realizada de acordo com a realidade da sade do nosso Municpio", disse.
    Para Alexandre Maximiliano, agente do Centro de Sade Nossa Senhora de Ftima, da regional centro-sul, o curso veio para somar conhecimento adquirido e prtica profissional. "Antes realizvamos atividades sem entender o processo, e agora a gente entende o que faz e isso nos confere reconhecimento tanto dos outros funcionrios da unidade de sade como dos usurios que visitamos todos os dias", afirmou entusiasmado.
    Com carga horria de 400 horas, o Curso de Formao Inicial dos Agentes Comunitrios de Sade aborda aes de integrao social, planejamento em sade, alm de oferecer aos profissionais, noes bsicas de tica e construo da cidadania.
    O ACS
    Criado em 1991 pelo Ministrio da Sade, o Programa de Agentes Comunitrios de sade (PAC) tinha inicialmente o objetivo de atenuar o elevado ndice de mortalidade infantil e materna no nordeste brasileiro. Com o crescimento da importncia das aes do profissional, em 1994 ele passa a integrar a equipe do Programa de Sade da Famlia (PSF) que atualmente formada por um mdico, um enfermeiro, um ou dois auxiliares de enfermagem e cerca de cinco agentes comunitrios, que trabalham nas Unidades Bsicas de Sade (UBS).
    Esse profissional atua como elo entre a comunidade e o SUS, por meio de visitas peridicas a famlias. Durante essas visitas so realizados cadastros, esclarecimentos sobre a preveno de doenas, encaminhamento para outras instncias de atendimento, alm da promoo de aes de educao em sade e mobilizao social. 
    Segundo dados da Secretaria de Estado de Sade (SES-MG), Minas Gerais  lder no pas em nmeros de ACS. So mais de 22 mil executando aes preventivas em 823 municpios do Estado. A meta do Governo que at 2010 sejam quatro mil equipes de PSF atuando em Minas Gerais.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 1, 2008

    Direto do blog do meu amigo Hugney Bisneto da capital do Tringulo - Uberlandia.




    O simptico

    competente

    elegante chef de cuisine

    o suio NICOLA MAFERETTI

    do restaurante Glass - na Morada da Colina (aqui em Uberlndia - www.thehousedesign.com.br 34 3219 2600)







    O Glass minha segunda casa aqui na city




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Junho 1, 2008

    Questo de competncia. Parabns ao meu amigo Schubert Arajo da Multitexto.

    Multitexto conquista a
    conta da Depyl

    Empresa lder nacional
    no segmento de franquia de lojas de depilao,
    com 45 lojas em 17 estados brasileiros
    e uma na Venezuela



    A Multitexto Comunicao Empresarial, de Belo Horizonte (MG), dirigida pelo jornalista Schubert Arajo, acaba de conquistar um novo e importante cliente.
    Trata-se da Depyl Action, lder nacional no segmento de franquia especializada em depilao, com fbrica prpria em Balnerio Cambori (SC), presente em 17 estados brasileiros e tambm com uma unidade na Venezuela, com um total de 45 lojas franqueadas que geram cerca de 700 empregos diretos.
    A empresa, que transferiu sua sede administrativa de Santa Catarina para Belo Horizonte em 2003, comandada em Minas pela empresria Danyelle Van Straten.
    A Multitexto passar a ser responsvel pela gesto do relacionamento da empresa com a imprensa e tambm com os seus vrios pblicos (franqueados, clientes, comunidade e fornecedores). 
    O primeiro trabalho da agncia para o cliente ser cuidar da estratgia de inaugurao das duas primeiras lojas Depyl Action em Belo Horizonte.
    A
    primeira ser aberta em junho, na Avenida Bandeirantes, na Zona Sul da capital mineira, e a segunda em julho, em pleno corao da Savassi, ambas na Zona Sul da capital mineira.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________




    ___________________________


    Clique para conhecer

    ___________________________


    Clique para conhecer

    ______________________________

    Clique para conhecer

    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________

         
     
    Clique e envie-nos 

seu e-mail