Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter Página do 

Programa João Carlos Amaral Entrevista Canal no youtube Clique e 

envie-nos seu e-mail Clique e 

envie-nos seu e-mail Volta para a página inicial Clique e conheça Clique e acompanhe-nos 

no twitter
___________________________


___________________________
Clique para conhecer
___________________________


__________________________


__________________________

__________________________


______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer
______________________________

Sinapro MG
______________________________
Clique para conhecer
______________________________
Clique para conhecer



+ Categorias

  • Todos (16281)
  • POLTICA (5929)
  • GERAL (2057)
  • ARTIGOS (285)
  • ENTREVISTAS (36)
  • ECONOMIA (3754)
  • GENTE (1210)
  • TURISMO (842)

  • + Links
    + Arquivos

    Fevereiro, 2006
    Maro, 2006
    Abril, 2006
    Maio, 2006
    Junho, 2006
    Setembro, 2006
    Julho, 2006
    Agosto, 2006
    Novembro, 2006
    Outubro, 2006
    Janeiro, 2007
    Dezembro, 2006
    Fevereiro, 2007
    Maro, 2007
    Abril, 2007
    Maio, 2007
    Outubro, 2007
    Junho, 2007
    Julho, 2007
    Agosto, 2007
    Setembro, 2007
    Dezembro, 2007
    Novembro, 2007
    Janeiro, 2008
    Maio, 2008
    Fevereiro, 2008
    Maro, 2008
    Julho, 2008
    Abril, 2008
    Junho, 2008
    Setembro, 2008
    Agosto, 2008
    Outubro, 2008
    Novembro, 2008
    Dezembro, 2008
    Janeiro, 2009
    Fevereiro, 2009
    Maro, 2009
    Abril, 2009
    Maio, 2009
    Junho, 2009
    Julho, 2009
    Agosto, 2009
    Setembro, 2009
    Outubro, 2009
    Novembro, 2009
    Dezembro, 2009
    Novembro, 2012
    Janeiro, 2010
    Fevereiro, 2010
    Maro, 2010
    Abril, 2010
    Maio, 2010
    Junho, 2010
    Julho, 2010
    Agosto, 2010
    Setembro, 2010
    Outubro, 2010
    Novembro, 2010
    Fevereiro, 2011
    Maro, 2011
    Abril, 2011
    Maio, 2011
    Junho, 2011
    Julho, 2011
    Agosto, 2011
    Setembro, 2011
    Outubro, 2011
    Novembro, 2011
    Dezembro, 2011
    Janeiro, 2012
    Fevereiro, 2012
    Maro, 2012
    Abril, 2012
    Maio, 2012
    Junho, 2012
    Julho, 2012
    Agosto, 2012
    Setembro, 2012
    Outubro, 2012
    Dezembro, 2012
    Agosto, 2015
    Janeiro, 2013
    Fevereiro, 2013
    Maro, 2013
    Abril, 2013
    Maio, 2013
    Setembro, 2015
    Junho, 2013
    Julho, 2013
    Agosto, 2013
    Setembro, 2013
    Julho, 2016
    Outubro, 2013
    Novembro, 2013
    Dezembro, 2013
    Janeiro, 2014
    Fevereiro, 2014
    Maro, 2014
    Abril, 2014
    Maio, 2014
    Junho, 2014
    Julho, 2014
    Agosto, 2014
    Setembro, 2014
    Outubro, 2014
    Novembro, 2014
    Dezembro, 2014
    Janeiro, 2015
    Fevereiro, 2015
    Maro, 2015
    Abril, 2015
    Maio, 2015
    Junho, 2015
    Julho, 2015
    Outubro, 2015
    Novembro, 2015
    Dezembro, 2015
    Janeiro, 2016
    Fevereiro, 2016
    Maro, 2016
    Abril, 2016
    Maio, 2016
    Junho, 2016
    Agosto, 2016
    Setembro, 2016
    Outubro, 2016
    Novembro, 2016
    Dezembro, 2016
    Janeiro, 2017
    Fevereiro, 2017
    Maro, 2017
    Abril, 2017
    Maio, 2017
    Junho, 2017
    Julho, 2017
    Agosto, 2017
    Setembro, 2017
    Outubro, 2017
    Novembro, 2017
    Dezembro, 2017
    Janeiro, 2018
    Fevereiro, 2018
    Maro, 2018
    Abril, 2018
    Maio, 2018
    Junho, 2018
    Julho, 2018
    Agosto, 2018
    Setembro, 2018
    Outubro, 2018
    Novembro, 2018
    Dezembro, 2018
    Janeiro, 2019
    Fevereiro, 2019
    Maro, 2019
    Abril, 2019
    Maio, 2019
    Junho, 2019



    _______________________________________________________________
    .

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 31, 2007

    Governadores assinam acordo de proteo fitossanitria participam Minas, Rio, So Paulo, Gois, Esprito Santo Mato Grosso do Sul, Bahia e Distrito Federal. Pacto foi assinado hoje em Belo Horizonte na abertura da SUPERAGRO 2007.









                                              Minas e estados vizinhos criam cinturo de defesa fitossanitria

     









    Omar Freire/Imprensa MG

    Minas Gerais, Rio de Janeiro, So Paulo, Gois, Esprito Santo, Mato Grosso do Sul, Bahia e Distrito Federal deram o primeiro passo para a formao de um cinturo de segurana fitossanitria. Os governadores Acio Neves, Paulo Hartung (ES), Alcides Rodrigues (GO) e secretrios de Agricultura e Pecuria dos demais estados assinaram, nesta quinta-feira (31), protocolo de intenes para adoo de aes integradas de defesa sanitria. O acordo foi assinado no Parque de Exposio da Gameleira/Expominas, durante a abertura oficial da Superagro Minas 2007, mais ampla e diversificada feira de agronegcios de Minas Gerais.

    "Estamos, com esse acordo, superando dificuldades histricas a partir de uma nova viso. Temos que trabalhar cada vez mais para agregar valor quilo que produzido no nosso Estado. Me orgulho muito de ser um dos atores desse processo, que absolutamente indito na histria contempornea do pas. As doenas no respeitam fronteiras. Um exemplo a aftosa. E seus efeitos tambm ultrapassam fronteiras", disse Acio Neves, em pronunciamento.

    O governador mineiro ressaltou a importncia do agronegcio para o Estado, onde 75% dos 853 municpios tm esse setor como primeira ou segunda principal atividade econmica. Segundo ele, a criao do cinturo fitossanitrio fundamental para expandir as exportaes da cadeia da carne.

    "Isso mostra claramente qual a nossa vocao. Tenho viajado pelo mundo e vejo que o interesse pela carne brasileira enorme. Mas temos que tratar de garantir a sua exportao com qualidade. Esse passo que estamos dando fundamental para buscarmos outros mercados. Queremos criar uma regio sem aftosa e sem vacinao como existe hoje no Estado de Santa Catarina", afirmou Acio Neves.

    Para o governador, na questo da defesa sanitria do rebanho brasileiro, tambm fundamental que o governo federal libere os recursos para o setor que se encontram contingenciados.

    " absolutamente urgente, e disse isso ao presidente Lula, que a totalidade dos recursos seja liberada. Metade dos R$ 260 milhes constantes no Oramento da Unio est contingenciada. Depois o custo para sanar eventual problema que possa surgir ser imenso", disse Acio Neves.

    Modelo nacional

    O acordo entre Minas e seus vizinhos servir de modelo para o restante do pas, segundo o governador do Esprito Santo, Paulo Hartung. "Devagar estamos aprendendo a fazer articulaes regionais, buscando a cooperao e no a competio entre os estados", afirmou.

    Ele lembrou as outras aes desenvolvidas em conjunto com Minas Gerais, como a criao do Gabinete de Ao Integrada do Sudeste, na questo da segurana pblica, e o projeto de revitalizao da Bacia do Rio Doce, que visa a recuperao ambiental da regio e a busca pelo desenvolvimento sustentvel.

    Expocachaa

    Aps a solenidade de abertura da Superagro, Acio Neves, Paulo Hartung e Alcides Rodrigues visitaram os estandes da feira. Eles tambm conheceram as novidades da 47 Exposio Agropecuria e da Expocachaa, eventos que acontecem paralelamente Superagro.

    A edio 2007 conta com cerca de 300 empresas expositoras de Minas e de outros estados, muitas delas lderes no seu segmento de atuao, com destaque para as reas de gentica, sade e nutrio animal e laticnios. Os organizadores do evento acreditam que o volume de negcios gerados nos sete dias do evento vo superar em pelo menos 10% em relao ao ano passado, ficando entre R$ 65 milhes e R$ 75 milhes. Tambm esperado um pblico visitante de 150 mil pessoas.

    Agronegcio mineiro

    Minas Gerais lder nacional na produo de caf, leite, prpolis e em rea de florestas plantadas, Minas tambm se destaca na produo nacional de milho, soja, batata, ovos, tomate, frutas e hortalias.

    O agronegcio mineiro emprega cerca de 3,5 milhes de pessoas s no campo. O setor tambm importante gerador de receitas para o Estado, tendo contabilizado no ano passado exportaes no valor de US$ 4,2 bilhes - 30% das exportaes gerais de Minas.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 31, 2007

    Falsh do 24 ongresso Brasileiro de Radiodifuso em Braslia, aberto pelo ministro Hlio Costa.

    Ministrio das Comunicaes orienta participantes do Congresso Brasileiro de Radiodifuso

    Estande montado no evento j atendeu mais de 200 pessoas interessadas em conhecer

     sistema de acompanhamento de outorga disponvel na internet

     

     Radiodifusores de todo o pas procuram o estande do Ministrio das Comunicaes montado no 24 Congresso Brasileiro de Radiodifuso, realizado em Braslia, em busca de informaes dos processos de suas emissoras. Mais de 200 radiodifusores j receberam orientao dos tcnicos das reas jurdica e engenharia do ministrio, nos trs dias do evento.

     

    Os visitantes do estande aprendem a usar o sistema de acompanhamento de outorga disponvel na pgina do ministrio na internet, no endereo www.mc.gov.br. Os tcnicos ainda fizeram consulta aos processos na presena dos representantes das emissoras que estiveram no local.

     

    O diretor da Rdio So Francisco de Assis, de Montes Claros, interior de Minas Gerais, Rogrio Souza Chaves, por exemplo, pde acompanhar o processo de renovao de outorga de sua rdio. Para ele, com a ajuda da anlise jurdica do ministrio, o acompanhamento processual vai se tornar mais fcil eliminando o deslocamento a Braslia para providenciar os documentos necessrios renovao.

     

    Para os tcnicos do ministrio, esta experincia vai aprimorar o sistema de atendimento ao radiodifusor intensificando, assim, o processo de transparncia nos servios de comunicao eletrnica.

     

    O diretor da UnB TV, da Universidade de Braslia, Professor Armando Bulco, elogiou a estrutura do estande do ministrio. Achei um tesouro aqui: a informao, disse o professor referindo-se base de dados do Ministrio das Comunicaes. O estande est localizado 21 Exposio Nacional de Equipamentos, evento paralelo ao congresso de radiodifuso.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 31, 2007

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. O governador Acio Neves, ao lado do secretrio de Agricultura de Minas, Gilman Viana e o governador do Esprito Santo, Paulo Hartung - e do presidente da Assemblia, deputado Alberto Pinto Coelho ( mais atrs), e do governador de Gois, Alcides Rodrigues, abre a SEPERAGRO 2007 na Gameleira, aqui em Beag.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 31, 2007

    Na abertura da SUPEAGRO hoje na Gameleira, em BH, o presidente da Assemblia de Minas, deputado Alberto Pinto Coelho declarou: " o governo do estado tem procurado estimular a busca de maior valor agregado em todas as cadeias produtivas desse setor".

     O presidente da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), participou, nesta quinta-feira (31/5/07), da abertura oficial da SuperAgro, que conta, neste ano, com a participao de cerca de 700 produtores rurais e 300 estandes. Em sua terceira edio, a feira agropecuria rene mais de 3 mil animais de alta linhagem. Para o presidente, o evento serve para mostrar as potencialidades e a vocao de Minas Gerais para o agronegcio. "O governo do Estado tem procurado estimular a busca de maior valor agregado em todas as cadeias produtivas desse setor", ressalta Alberto Pinto Coelho.

    Na solenidade de abertura da SuperAgro, foi assinado um protocolo de intenes entre Minas Gerais e seus estados vizinhos: So Paulo, Mato Grosso do Sul, Gois, Bahia, Esprito Santo e Rio de Janeiro, alm do Distrito Federal. O objetivo criar um grupo de trabalho para elaborar um plano de ao integrada de modo a fortalecer as barreiras sanitrias nas fronteiras e reduzir a burocracia dos procedimentos de liberao de produtos animais e vegetais em trnsito.

    A inteno, como adiantou o governador Acio Neves, criar uma rea livre de febre aftosa sem vacinao, a exemplo de Santa Catarina. "O interesse pela carne brasileira enorme. Precisamos definir novos procedimentos para facilitar as relaes entre os estados vizinhos, o que ser um passo fundamental para garantir o crescimento das nossas exportaes", afirmou o governador, que criticou o contingenciamento de recursos para defesa sanitria pelo governo federal.

    O protocolo de intenes foi assinado tambm pelos governadores de Gois, Alcides Rodrigues Filho; e do Esprito Santo, Paulo Hartung; e pelos secretrios de Agricultura dos demais estados.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 31, 2007

    A fora dos jornais regionais em Minas. O PRIMEIRA LINHA, criado pelos jornalista Marclio Maran, um dos bons exemplos de empreendedorismo de sucesso. O jornal, mensal, tem uma tiragem de 7000 exemplares, distribudo de graa em 10 cidades da regio do Baixo Rio das Velhas.

                               O PRIMEIRA LINHA, foi fundado h dois anos, em Santana de Pirapama - a 150 kms de Bh e 75 de Sete Lagoas, aonde o jornal tem sua sede. Seu primeiro nome era Notcias de Pirapama. Atualmente, o Primeira Linha, distibuido em 10 cidades: Sete Lagoas, Funilndia, Baldin, Jequitib, Santana de Pirapama, Matozinhos, Prudente de Morais, Capim Branco e Papagaios, que .reunem uma populao de cerca de 300 mil habitantes.
    Alm da verso em mdia de papel, o Primeira Linha, tambm pode ser acessado pela Internete. O endereo: www.esmempreendimentos.com.br


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 31, 2007

    O engenheiro FERNANDO COURA , presidente do Sindiextra, segue hoje para a Alemanha.






           Presidente da Cmara Mineral da Fiemg e do Sindiextra participa de misso a Alemanha

    No perodo de 31 de maio a 7 de junho, o presidente do Sindiextra e da Cmara da Indstria Mineral da FIEMG, Jos Fernando Coura, acompanhar a equipe da Prefeitura Municipal de Itabira, convidados da AMEPI (Associao dos Municpios do Mdio Piracicaba) e representantes da sociedade local, na Visita de Intercmbio Tcnico do Municpio de Itabira Alemanha.



    A visita visa o intercmbio de informaes e experincias vivenciadas em situaes equivalentes de indstria extrativa, capazes de serem aproveitadas para e inspirar a gesto do desenvolvimento de Itabira; conhecimento das solues e meios utilizados para a implantao de parques produtivos de alta tecnologia; conhecimento sobre as interaes do sistema poltico para gerir processo de transformao radicais; conhecimento das estratgias e meios utilizados para financiar o processo de transformao e de sua atrao para participar; conhecimento dos modos de mobilizao social e da preparao das pessoas, particularmente as integrantes da PEA, para a sua insero na nova economia municipal e regional; estabelecimento de canais de comunicao com cidades que podem auxiliar na transio da economia de Itabira, com a formao de uma rede de cooperao; abertura de vias negociais com investidores e empreendedores potenciais em reas estratgicas do processo de desenvolvimento planejado para Itabira; constituio de acordo de irmandade com uma das cidades do Estado alemo visitado, para lastrear programas de intercmbio regulares e contnuos em reas de interesse recproco, a partir da educao, esporte e meio ambiente e estabelecimento de intercmbios empresariais visando futuras operaes de cooperao, de exportao-importao, de transferncia de tecnologia, joint ventures ou equivalentes.



    A Delegao ser composta pelos senhores: Joo Izael Querino Coelho Prefeito Municipal de Itabira; Antnio Jos Cota Prefeito Municipal de Rio Piracicaba; Pedro Raimundo Teodoro Prefeito Municipal de So Jos do Goiabal; Raimundo Nonato Barcelos Prefeito de So Gonalo do Rio Abaixo; Priscila Braga Martins Costa Presidente Fundao Itabirana Difusora de Ensino; Jos Celso de Assis Presidente da Cmara Municipal; Jos Fernando Coura Presidente do Sindiextra e da Cmara da Indstria Mineral da FIEMG; Hans Kampik Cnsul da Alemanha em Minas Gerais/Belo Horizonte; Nildred Stael Fernandes Martins Economista Energy Choice e Eduardo Mrcio Teixeira Nery Diretor Energy Choice.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 31, 2007

    Nada supera o TALENTO.









                          Acio Neves premia vencedores da 2 Olimpada de Matemtica

     









    Omar Freire/Imprensa MG


    O governador Acio Neves entregou, nesta quarta-feira (30), o Prmio Destaque de Minas em Educao aos 94 alunos mineiros vencedores da 2 Olimpada Brasileira de Matemtica das Escolas Pblicas. Os professores orientadores tambm receberam prmio no mesmo valor concedido aos estudantes. Minas Gerais conquistou 30% do total de medalhas concedidas na competio nacional, promovida pelo Ministrio da Educao. O Estado ficou tambm com o primeiro lugar geral do ensino mdio e com o segundo lugar geral em nmero de medalhas, com um total de 94 de Ouro, Prata e Bronze. Desse total, 56 mais da metade foram conquistadas por alunos das escolas estaduais mineiras.
    Na solenidade, no Palcio da Liberdade, o governador afirmou que a premiao o reconhecimento do Governo de Minas ao trabalho dedicado dos professores e um estmulo aos alunos dos ensinos fundamental e mdio da rede pblica de Minas que se destacaram na Olimpada. Minas Gerais o nico Estado a premiar alunos vencedores na competio e tambm os seus professores. O prmio, em dinheiro, foi concedido este ano em parceria com a Companhia Brasileira de Metalurgia e Minerao (CBMM). Os valores variam de R$ 500 a R$ 10 mil e j foram depositados em conta bancria, aberta pela Secretaria de Estado da Educao (SEE) em nome dos premiados.
    Destaque nacional
    Acio Neves afirmou, em seu pronunciamento, que o bom desempenho dos alunos mineiros resultado do conjunto de aes que o Governo de Minas implantou nos ltimos quatro anos para melhorar a qualidade do ensino na rede pblica. Ele ressaltou que a prioridade do governo mineiro trabalhar para diminuir as diferenas regionais, principalmente na rea da educao. Ele destacou que, apesar de todas as desigualdades entre as regies, o desempenho de Minas est entre os melhores do pas.
    Se nos voltarmos a outras avaliaes mais recentes, em especial do Sistema Nacional de Avaliao do Ensino Bsico, poderemos ver que o nosso Estado, com todas as suas diferenas e dificuldades, ficou acima da mdia nacional e da mdia do Sudeste em todas as sries e foi o primeiro colocado em relao rede pblica do interior, ressaltou Acio Neves.
    O governador lembrou ainda que o ndice de Desenvolvimento da Educao Bsica (Ideb), do Ministrio da Educao, tambm coloca o ensino de Minas entre os melhores do Brasil.
    No Ideb, que o ndice da Educao Bsica, Minas est classificada em primeiro lugar na quarta srie do ensino fundamental e em todas as outras sries est nos primeiros, entre primeiro, segundo e terceiro lugar, disse o governador.
    Bom resultado
    O diretor da Olimpada de Matemtica, Csar Camacho, lembrou que Minas ficou com 30% do total de medalhas da Olimpada em razo do que definiu como excelente sistema educacional. Ele ressaltou que Minas conquistou 64 medalhas de Ouro e que esse total, dividido pelo nmero de participantes por Estado, faz com que o desempenho dos alunos mineiros supere o dos estudantes de So Paulo.
    Camacho disse que o Rio de Janeiro ficou frente, mas que a grande maioria dos alunos com bom resultado est matriculada na rede federal de ensino, ao contrrio de Minas Gerais, cujos alunos vencedores estudam principalmente nas escolas estaduais e municipais de todo o Estado.
    A secretria de Estado de Educao, Vanessa Guimares Pinto, disse o bom resultado de Minas pode ser tambm avaliado pelo grande o nmero de alunos que receberam meno honrosa na Olimpada.
    Esperamos ter a cada ano mais alunos premiados. O aluno que se destaca nessa prova de matemtica um talento, no tem dvida, pois a competio um certame nacional, com participao de milhes de alunos. Ento, so esses poucos alunos que so agraciados com essas medalhas ou at com a meno honrosa, que Minas tambm ganhou num conjunto muito grande. Foram mais de 7 mil menes honrosas, disse Vanessa.
    Salrio bsico
    Ao final da solenidade, a secretria antecipou que j encaminhou rea econmica do Governo de Minas, por determinao do governador Acio Neves, proposta para elevar o piso salarial dos professores da rede estadual de ensino para R$ 850.
    O que a gente quer estabelecer a remunerao mnima. Qualquer que seja o ndice geral de aumento, ns queremos que a partir de janeiro esse piso que o governo est propondo nacionalmente para acontecer dentro de trs anos, para 40 horas, em Minas ele acontea em janeiro, para 24 horas e de uma nica vez. De modo que ns no teremos nenhum professor com tempo parcial recebendo menos que R$ 850 de remunerao, explicou, em entrevista.
    O Governo do Estado aguarda anlise da rea econmica para verificar a possibilidade de adoo dessa remunerao mnima.
    Premiados
    Este ano, A CBMM patrocinou o prmio Destaque de Minas em Educao entregue especificamente para os alunos do ensino mdio que receberam Medalha de Ouro. Cada um recebeu R$ 5 mil. O estudante Thales Marques Barbosa, do Colgio Estadual Tiradentes, de Passos, no Sul do Estado, recebeu o maior premio, R$ 10 mil, por ter conquistado o primeiro lugar nacional do ensino mdio.
    Thales disse que essa premiao muito importante porque valoriza a conquista dos alunos. Quando participou da Olimpada, ele cursava o segundo ano do ensino mdio. Hoje, est no terceiro ano e j faz planos para o dinheiro. Vou entrar para a faculdade. Ainda no sei se vou fazer engenharia de produo ou mecnica, mas o dinheiro vai servir para eu me estabelecer na cidade em que eu for morar, explicou.
    No ensino fundamental, os alunos Medalhas de Ouro receberam R$ 2,5 mil; Medalhas de Prata, R$ 1 mil e Medalhas de Bronze, R$ 500. Professores orientadores receberam um prmio no mesmo valor concedido aos alunos.
    Beatriz Costa Teixeira, aluna da 7 sria do ensino fundamental da Escola Estadual Senador Bueno de Paiva, em Cachoeira de Minas, no Sul do Estado, acredita que a premiao estimula os estudantes.
    Acho muito boa a premiao porque incentiva os alunos a estudarem mais ainda para, quem sabe, ganhar de novo no prximo ano. Ela recebeu R$ 2.500. Beatriz aluna da escola estadual desde a pr-escola. A escola est tendo bons resultados. Na Olimpada do ano passado, por exemplo, ganhou trs medalhas. Os professores se esforam para garantir um ensino de qualidade para a gente ter uma base boa para o vestibular, avaliou.
    Antes de encerrar a solenidade, o governador Acio Neves convidou os alunos premiados e os professores para conhecerem o Palcio da Liberdade.
    Estiveram presentes cerimnia a secretria de Estado de Planejamento e Gesto, Renata Vilhena; o diretor da CBMM, Fernando Roberto Moreira Sales; o secretrio-adjunto de Educao, Joo Filocre; e o presidente da Codemig, Oswaldo Borges.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 31, 2007

    Ministro Hlio Costa hoje em So Paulo.

     

    Primeiro celular com tecnologia
    nacional lanado em So Paulo


    Ministro Hlio Costa participa da cerimnia no Restaurante Eau

     O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, participa nesta quinta-feira (31/05), de cerimnia de lanamento do primeiro celular com tecnologia desenvolvida no Brasil. O lanamento, realizado durante almoo no Restaurante Eau Grand Hyatt So Paulo, promovido pelo Laboratrio de Sistemas Integrveis (LSI) e a Escola Politcnica da Universidade de So Paulo (EPUSP). 

    O aparelho, desenvolvido pela LSI, em parceria com a multinacional LG, possui o sistema trifaixa, da gerao 2,5 que se adapta a todos os sistemas mundiais, permitindo a conexo Internet e o uso do roaming internacional automtico. A pesquisa agora se volta para a terceira gerao. Os aplicativos com middleware so desenvolvidos a partir de uma plataforma nica AMD, que usada mundialmente pela LG, portanto, considerado um produto nacional pelos engenheiros. 

    A equipe do LSI e da LG est usando 100 aparelhos fabricados com a tecnologia desenvolvida. A LG deve comear a fabric-los em grande escala ainda este ano para o mercado externo. A prioridade nesta etapa em razo da alta competitividade internacional, onde o Brasil ocupa atualmente o quinto lugar em exportaes em aparelhos celulares.  

    O evento contar ainda com a presena do Coordenador-Geral do LST, Joo Antonio Zuffo; do presidente da Zetta Technologies, Sidney Youn; e do presidente da LG Eletronics do Brasil, Joong Bong Cho. 

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Maio 30, 2007

    Nosso BLOG DE NOTCIAS recebeu o E-mail abaixo, do vereador Daniel Silveira. Olha, Daniel: primeiro, obrigado por acompanhar nosso BLOG diariamente. Segundo, mande-me notcias da sua Cmara Muncipal. o E-mail o mesmo que voc acessou e escreveu sua mensagem. Um abrao do Joo Carlos Amaral.

    Nome: VEREADOR DANIEL LUIZ VIEIRA
    phone_no: 037 3353 2000
    What_you_think_about_me: CARO COMPANHEIRO JOAO CARLOS.

    PARABENS NOTICIARIOS DE SEU BLOG, LEI TODOS OS DIAS, E GOSTARIA DE TER MAIS NOTICIAS DAS CAMARA DO INTERIOR.
    GRATO .
    DANIEL


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Maio 30, 2007

    A Contribuio do setor privado para ajudar a salvar o Planeta. A ao vem do Siamig/Sindacar, presididos pelo competente empresrio e executivo Luiz Custdio Cotta Martins. Confira na matria enviada ao nosso BLOG DE NOTCIAS, pela Assessora do Siamig/Sindacar, jornalista Mnica Santos.

         SETOR SUCROALCOOLEIRO CONTRIBUI PARA

    REDUO DO EFEITO ESTUFA.



     

                O Sindicato da Indstria do Acar e do lcool de Minas Gerais (Siamig/Sindacar) participa da Superagro 2007, no Expominas-BH, de 31/05 a 3/06, com um estande que mostrar a importncia da produo de cana-de-acar na reduo do aquecimento global. Alm da produo de um combustvel limpo e renovvel, o lcool combustvel, a cana-de-acar um dos principais cultivos que retira maior quantidade de gs carbnico da atmosfera, funcionando como um verdadeiro efeito anti-estufa.



     

                Um trabalho recm-publicado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuria de Monitoramento por Satlite (Embrapa) mostra que a cana de acar retira da atmosfera mais de 50 toneladas de carbono por hectare em sua massa verde, enquanto culturas anuais e pastagens mobilizam, em geral, menos de cinco toneladas de carbono por hectare.



     

                O lcool combustvel tambm importante produto na reduo do efeito estufa, pois substitui a gasolina e reduz a emisso de carbono proveniente dos combustveis fsseis. A maioria das usinas utiliza, tambm, suas caldeiras para gerar energia eltrica. A co-gerao produz crditos de carbono e essa bionergia j atende 14,4% da demanda do pas, a custos competitivos e pode ser ampliada.



     

                Minas Gerais vem contribuindo com o aumento da produo da cana-de-acar e combustvel renovvel, com uma produo bem acima da mdia nacional. Enquanto o estado cresceu 19,4% em cana, 17,03% em acar e 21,4% em lcool, nos ltimos cinco anos, o Brasil apresenta crescimento de 8,5%, 7,9% e 9,35%, respectivamente.



     

                Para a safra deste ano (2007/08) a previso de um crescimento ainda maior no setor sucroalcooleiro estadual. O setor produzir 38 milhes de toneladas de cana, alta de 31% frente safra passada de 29 milhes de toneladas. O lcool combustvel crescer em 32% ou 1,7 bilho de litros, na comparao com 1,2 bilho de litros de 2006/07 e a produo de acar ser de 2,4 milho de toneladas, alta de 28% frente aos 1,9 milho de t da ltima safra.



     

    Mnica Santos

    Assessoria de Comunicao

    SIAMIG/SINDACAR-MG

    Fone (31) 3228.5500/9777.9481



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Maio 30, 2007

    A vez da POLCIA CIVIL de Minas. O projeto de Lei Complementar ser discutido pelos parlamentares no Palcio da Inconfidncia.











                                          Aposentadoria de policial civil deve ser tratada em lei complementar

    Foi aprovado, nesta quarta-feira (30/5/07), o parecer de 1o turno favorvel da Comisso Especial criada para analisar a Proposta de Emenda Constituio (PEC) 3/07, que concede aposentadoria especial ao servidor pblico da Polcia Civil. A proposta, de autoria do deputado Sargento Rodrigues (PDT) e outros, revoga o pargrafo nico do artigo 38 da Constituio do Estado (estabelece que a aposentadoria do policial civil obedecer o disposto em lei complementar federal) e acrescenta trs pargrafos a este artigo. O relator, deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), opinou pela aprovao da matria na forma do substitutivo n 1, que retira da Constituio do Estado a exigncia de que o assunto seja tratado por lei complementar federal e prope que a matria seja tratada em projeto de lei complementar estadual. O parlamentar ressalta ainda que j est tramitando o PLC 20/07, do governador, que trata da aposentadoria especial do policial civil.

    Em seu parecer, Dalmo Ribeiro Silva destacou a relevncia da PEC 3/07, mas entendeu que cabe a uma lei complementar, e no a uma proposta de emenda Constituio, regulamentar as condies excepcionais para a aposentadoria do policial civil. Alm disso, o relator lembra que a matria de competncia privada do chefe do Poder Executivo. Dalmo Ribeiro Silva refora ainda que facultado aos Estados legislar sobre as atividades de risco dos seus servidores e que o assunto oportuno porque, at o presente momento, ainda no foram editadas as leis complementares federais a que se refere o pargrafo 4o do artigo 40, da Constituio Federal, que trata da concesso de aposentadorias especiais.

    Dessa forma, o substitutivo n 1 adapta o pargrafo nico do artigo 38 da Constituio Estadual aos preceitos impostos pela Constituio Federal, que passa a ter a seguinte redao: "Lei complementar estabelecer os requisitos e critrios para a concesso de aposentadoria aos servidores policiais civis que exeram atividades de risco ou cujas atividades sejam exercidas sob condies especiais que prejudiquem a sade ou a integridade fsica, nos termos do pargrafo 4 do artigo 40 da Constituio Federal.".

    O substitutivo tambm modifica a redao do pargrafo 1o do artigo 36 da Constituio mineira, mencionando que o exerccio de atividades consideradas penosas, insalubres ou perigosas sero estabelecidas em lei complementar. Com a aprovao do parecer, a PEC 3/07 segue agora para apreciao do Plenrio, em 1o turno.

    Rejeio - Foi rejeitada ainda a proposta de emenda apresentada pelo deputado Adalclever Lopes (PMDB). Este dispositivo determina que o policial civil ser aposentado compulsoriamente aos 30 anos de servio em cargo de natureza policial, ressalvados os casos dos servidores ocupantes de cargo em comisso.Foi rejeitada ainda a proposta de emenda apresentada pelo deputado Adalclever Lopes (PMDB). Este dispositivo determina que o policial civil ser aposentado compulsoriamente aos 30 anos de servio em cargo de natureza policial, ressalvados os casos dos servidores ocupantes de cargo em comisso.

    Modificaes - O texto original da PEC 3/07 apresenta modificaes para definir, na Constituio Estadual, que as efetivas funes de policial civil so consideradas atividades de risco e sujeitas a condies especiais que prejudiquem a integridade fsica. Tambm estabelece as condies para a aposentadoria voluntria do servidor policial civil, de acordo com o definido na Constituio Federal. Dessa forma, a PEC pretende estabelecer que o servidor policial civil ser aposentado voluntariamente aos 30 anos de contribuio, desde que conte, pelo menos, 20 anos de exerccio em cargo de natureza policial, se homem; e aos 25 anos de contribuio, desde que conte, pelo menos, 15anos de exerccio em cargo de natureza policial, se mulher.O texto original da PEC 3/07 apresenta modificaes para definir, na Constituio Estadual, que as efetivas funes de policial civil so consideradas atividades de risco e sujeitas a condies especiais que prejudiquem a integridade fsica. Tambm estabelece as condies para a aposentadoria voluntria do servidor policial civil, de acordo com o definido na Constituio Federal. Dessa forma, a PEC pretende estabelecer que o servidor policial civil ser aposentado voluntariamente aos 30 anos de contribuio, desde que conte, pelo menos, 20 anos de exerccio em cargo de natureza policial, se homem; e aos 25 anos de contribuio, desde que conte, pelo menos, 15anos de exerccio em cargo de natureza policial, se mulher.

    Presenas - Deputados Jayro Lessa (DEM), presidente da comisso; Z Maia (PSDB), vice; Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), relator; e Sargento Rodrigues (PDT).Deputados Jayro Lessa (DEM), presidente da comisso; Z Maia (PSDB), vice; Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), relator; e Sargento Rodrigues (PDT).

    Rejeio - Foi rejeitada ainda a proposta de emenda apresentada pelo deputado Adalclever Lopes (PMDB). Este dispositivo determina que o policial civil ser aposentado compulsoriamente aos 30 anos de servio em cargo de natureza policial, ressalvados os casos dos servidores ocupantes de cargo em comisso.Foi rejeitada ainda a proposta de emenda apresentada pelo deputado Adalclever Lopes (PMDB). Este dispositivo determina que o policial civil ser aposentado compulsoriamente aos 30 anos de servio em cargo de natureza policial, ressalvados os casos dos servidores ocupantes de cargo em comisso.

    Modificaes - O texto original da PEC 3/07 apresenta modificaes para definir, na Constituio Estadual, que as efetivas funes de policial civil so consideradas atividades de risco e sujeitas a condies especiais que prejudiquem a integridade fsica. Tambm estabelece as condies para a aposentadoria voluntria do servidor policial civil, de acordo com o definido na Constituio Federal. Dessa forma, a PEC pretende estabelecer que o servidor policial civil ser aposentado voluntariamente aos 30 anos de contribuio, desde que conte, pelo menos, 20 anos de exerccio em cargo de natureza policial, se homem; e aos 25 anos de contribuio, desde que conte, pelo menos, 15anos de exerccio em cargo de natureza policial, se mulher.O texto original da PEC 3/07 apresenta modificaes para definir, na Constituio Estadual, que as efetivas funes de policial civil so consideradas atividades de risco e sujeitas a condies especiais que prejudiquem a integridade fsica. Tambm estabelece as condies para a aposentadoria voluntria do servidor policial civil, de acordo com o definido na Constituio Federal. Dessa forma, a PEC pretende estabelecer que o servidor policial civil ser aposentado voluntariamente aos 30 anos de contribuio, desde que conte, pelo menos, 20 anos de exerccio em cargo de natureza policial, se homem; e aos 25 anos de contribuio, desde que conte, pelo menos, 15anos de exerccio em cargo de natureza policial, se mulher.

    Presenas - Deputados Jayro Lessa (DEM), presidente da comisso; Z Maia (PSDB), vice; Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), relator; e Sargento Rodrigues (PDT).Deputados Jayro Lessa (DEM), presidente da comisso; Z Maia (PSDB), vice; Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), relator; e Sargento Rodrigues (PDT).

    Modificaes - O texto original da PEC 3/07 apresenta modificaes para definir, na Constituio Estadual, que as efetivas funes de policial civil so consideradas atividades de risco e sujeitas a condies especiais que prejudiquem a integridade fsica. Tambm estabelece as condies para a aposentadoria voluntria do servidor policial civil, de acordo com o definido na Constituio Federal. Dessa forma, a PEC pretende estabelecer que o servidor policial civil ser aposentado voluntariamente aos 30 anos de contribuio, desde que conte, pelo menos, 20 anos de exerccio em cargo de natureza policial, se homem; e aos 25 anos de contribuio, desde que conte, pelo menos, 15anos de exerccio em cargo de natureza policial, se mulher.O texto original da PEC 3/07 apresenta modificaes para definir, na Constituio Estadual, que as efetivas funes de policial civil so consideradas atividades de risco e sujeitas a condies especiais que prejudiquem a integridade fsica. Tambm estabelece as condies para a aposentadoria voluntria do servidor policial civil, de acordo com o definido na Constituio Federal. Dessa forma, a PEC pretende estabelecer que o servidor policial civil ser aposentado voluntariamente aos 30 anos de contribuio, desde que conte, pelo menos, 20 anos de exerccio em cargo de natureza policial, se homem; e aos 25 anos de contribuio, desde que conte, pelo menos, 15anos de exerccio em cargo de natureza policial, se mulher.

    Presenas - Deputados Jayro Lessa (DEM), presidente da comisso; Z Maia (PSDB), vice; Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), relator; e Sargento Rodrigues (PDT).Deputados Jayro Lessa (DEM), presidente da comisso; Z Maia (PSDB), vice; Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), relator; e Sargento Rodrigues (PDT).

    Presenas - Deputados Jayro Lessa (DEM), presidente da comisso; Z Maia (PSDB), vice; Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), relator; e Sargento Rodrigues (PDT).Deputados Jayro Lessa (DEM), presidente da comisso; Z Maia (PSDB), vice; Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), relator; e Sargento Rodrigues (PDT).



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 29, 2007

    O prefeito de BH,Fernando Pimentel - como Romrio ( que j chegou l) - perto de inaugurar 1.000 obras em Belo Horizonte, dentro do Oamento Participativo.

                                 Foi o que disse da tribuna, agora tarde, o deputado Andr Quinto, do PT, ao defender que seja aprovado projeto do governador Acio Neves. O projeto prev a doao do terreno do bairro Confisco para a Prefeitura de Beag. Segundo o deputado petista, a doao vai beneficiar 2.552 moradores do bairro Confisco que fica na divida de BH e Contagem. O deputado Andr Quinto ameaou obstruir as votaes na Assemblia se o projeto no for votado com urgncia. J o deputado Gilberto Abramo pediu audincia para discutir o assunto. Ele defende que o prprio governo do estado d as escrituras do terreno aos moradores do bairro Confisco. E no, que a Prefeitura da capital tenha cinco anos para legalizar o assunto, junto aos moradores. O projeto, que leva o nmero 930 est em primeiro lugar na pauta de votao desta tarde na Assemblia de Minas.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 29, 2007

    Em primeira mo: governador Acio Neves de malas prontas para viajar para a Inglaterra. Vai dia 31 e volta em 4 de junho.

                               A mensagem do governador Acio Neves foi lida agora a pouco no Plenrio da Assemblia legislativa de Minas, pelo deputado Paulo Csar, nas funes de 1 seceretrio do Parlamento Mineiro.Com a viagem Inglaterra, o vice-governador Antnio Anastasia j se prepara para governar o Estado pela segunda vez, desde a posse do segundo mandato do governador.
                               H pouco tempo o governador esteve em viagem aos Estados Unidos de onde voltou com o acerto de recursos do BID para obras emj Minas e a construo de um Centro de Exclncia em Tecnologia do lcool. A expectativa agora grande em relao ao que o governador Acio Neves vai conseguir na Inglaterra.
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 29, 2007

    Comea hoje, em BH, o III Congresso Estadual de Alfabetizao. A abertura ser daqui a pouco, s 14 horas, no MInascentro. Confira os detalhes!









                                  Minas quer toda criana alfabetizada at os oito anos

     



    O Governo do Estado est trabalhando para que todas as crianas da rede pblica estejam alfabetizadas at os 8 anos de idade. Esse compromisso ser confirmado, no perodo de 29 a 31 de maio, durante o III Congresso Estadual de Alfabetizao, promovido e realizado pela Secretaria de Estado de Educao de Minas Gerais (SEE-MG). O evento reunir no Minascentro, em Belo Horizonte, 2.350 professores alfabetizadores, diretores de escolas e especialistas. A cerimnia de abertura ser nesta tera-feira (29), s 14h.

    As palestras e debates sero voltados para a anlise dos resultados das avaliaes externas e a importncia desse diagnstico para as escolas na elaborao de um plano de aes pedaggicas que garanta o aprendizado e o bom desempenho dos alunos. O Congresso de Alfabetizao ter desdobramentos em todas as regies do Estado nos prximos dois meses.

    Avaliaes

    Em Minas Gerais, cerca de 90% das crianas e jovens (4,6 milhes de alunos) esto matriculados em alguma escola da rede pblica, seja municipal ou estadual. Esses nmeros mostram o tamanho da responsabilidade do poder pblico para o sucesso dos estudantes do ensino bsico.

    A rede pblica de ensino de Minas Gerais tem posio consolidada entre os demais estados do Brasil nas avaliaes nacionais. Os resultados quase sempre colocam Minas entre os trs primeiros lugares, com destaque para a 4 srie do ensino fundamental, que no ranking brasileiro est sempre em primeiro ou segundo lugar. Minas o nico Estado que oferece ensino fundamental de 9 anos nas escolas pblicas estaduais e municipais em 100% dos municpios.

    As palestras e debates sero voltados para a anlise dos resultados das avaliaes externas e a importncia desse diagnstico para as escolas na elaborao de um plano de aes pedaggicas que garanta o aprendizado e o bom desempenho dos alunos. O Congresso de Alfabetizao ter desdobramentos em todas as regies do Estado nos prximos dois meses.

    Avaliaes

    Em Minas Gerais, cerca de 90% das crianas e jovens (4,6 milhes de alunos) esto matriculados em alguma escola da rede pblica, seja municipal ou estadual. Esses nmeros mostram o tamanho da responsabilidade do poder pblico para o sucesso dos estudantes do ensino bsico.

    A rede pblica de ensino de Minas Gerais tem posio consolidada entre os demais estados do Brasil nas avaliaes nacionais. Os resultados quase sempre colocam Minas entre os trs primeiros lugares, com destaque para a 4 srie do ensino fundamental, que no ranking brasileiro est sempre em primeiro ou segundo lugar. Minas o nico Estado que oferece ensino fundamental de 9 anos nas escolas pblicas estaduais e municipais em 100% dos municpios.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 29, 2007

    Ministro Hlio Costa faz incluso dos pequenos municpios do Pas no sistema bancrio, atravs do Banco Postal, dos Correios. Atualmente das 5.841 agncias dois Correios, 5.684 j possuem BANCO POSTAL. A meta, segundo o ministro e o prersidente dos Correios, Carlos Henrique Custdio, atingir 100% das agncias. Hoje est em 90%.

     

    Todos os municpios brasileiros tero Banco Postal

    Para maioria dos pequenos municpios,
    Banco Postal a nica alternativa de servios bancrios

     O Ministrio das Comunicaes e os Correios vo levar o Banco Postal a todos os municpios brasileiros. Em grande parte destes municpios, hoje, o Banco Postal a nica opo de servios bancrios disponvel.

    "Este um servio pblico que representa a popularizao dos servios postais. O Banco Postal a nica agncia bancria existente em milhares de municpios no Brasil, levando mais comodidade para os moradores e estimulando o desenvolvimento econmico", afirma o ministro das Comunicaes, Hlio Costa. 

    Falta pouco para a meta ser atingida. Atualmente, as 5.841 agncias dos Correios existentes, 5.684 possuem Banco Postal, atingindo 90% dos municpios do pas. A meta do ministrio, nos prximos anos, atingir todas as agncias, presentes hoje em todos os municpios brasileiros.

    Levar os servios de Banco Postal a todos os municpios garante maiores possibilidades de incluso social. Segundo Hlio Costa, os servios permitem a todas camadas da populao acesso a todos os servios bancrios, tais como: abertura de contas; contrair pequenos emprstimos; fazer pagamentos, depsitos e saques; receber salrios, principalmente no caso dos aposentados. Alm disso, o horrio de atendimento maior do que o dos bancos convencionais.

    Depois de cinco anos de seu lanamento, o Banco Postal tem sido bem-sucedido em promover o acesso a servios bancrios bsicos a quase seis milhes de brasileiros de baixa renda. Com isso, cresceu a captao de poupana interna e o incentivo a empreendedores por meio de microcrdito, emprstimos simples e on-line, alm de facilitar a vida de pessoas que vivem em pequenos municpios onde no existe nenhuma agncia bancria.

    Paralelamente ampliao do Banco Postal, o Ministrio das Comunicaes e os Correios esto investindo no aprimoramento da qualidade dos servios prestados pelas suas agncias, para maior comodidade aos cidados brasileiros.





    Marco Aurlio Machado Santos; o superintendente da Caixa Econmica Federal de Juiz de Fora, Constantino Dias Neto; o presidente dos Correios, Carlos Henrique Custrio; o ministro Hlio Costa; o gerente geral da Caixa em Barbacena, Douglas Roberto Alves e o gerente Geral da Caixa em Caranda, Newton Siqueira de Arajo Lima Filho






     






     






     






     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 28, 2007

    A VEZ DA SADE DA MULHER.

     


                                              Frente de defesa da sade da mulher instalada em debate pblico

    A Assemblia Legislativa de Minas Gerais instalou, nesta segunda-feira (28/5/07), a Frente Parlamentar de Defesa e Promoo da Sade da Mulher, que conta com a assinatura de 70 deputados e presidida pela deputada Ceclia Ferramenta (PT). A instalao da Frente foi realizada durante o Debate Pblico "Polticas pblicas voltadas para a sade da mulher", realizado no Plenrio e promovido pela Comisso de Sade da ALMG. O deputado Doutor Rinaldo (PSB) presidiu os trabalhos num Plenrio lotado, formado por mulheres de diversas regies do Estado e representando vrias entidades.

    A deputada Ceclia Ferramenta destacou, em sua fala, dados preocupantes sobre a sade da mulher, como aumentos na taxa de mortalidade materna, no ndice de mulheres com problemas cardacos e nos casos de doenas sexualmente transmissveis. Ela defendeu a criao de polticas de assistncia mulher, que, devido jornada dupla de trabalho, muitas vezes, no tem tempo para cuidar de si prpria.

    J a deputada Maria Lcia Mendona (DEM) defendeu que a mulher precisa cuidar no apenas da sade, mas tambm de sua aparncia. Ela lamentou que muitas mulheres ainda morrem devido ao cncer de mama porque no receberam o devido atendimento a tempo. Maria Lcia pediu tambm maior presena feminina nos centros de poder, tanto na poltica quanto nos movimentos organizados da sociedade.

    A deputada Glucia Brando (PPS) aproveitou a oportunidade para lanar uma reflexo: "No podemos nos ater apenas sade do corpo, mas prestar ateno sade espiritual e emocional. Temos que avaliar outros aspectos bem mais amplos, como cidadania, direitos polticos, trabalho, remunerao e tudo que influa na qualidade de vida", destacou.

    A instalao da frente parlamentar foi feita no dia 28 de maio porque nessa data comemora-se o Dia Internacional da Ao pela Sade da Mulher e o Dia Nacional de Combate Mortalidade Materna. Ceclia Ferramenta informou que ser formada uma comisso para traar as futuras aes da frente, que pretende conhecer as experincias bem-sucedidas em outros municpios e Estados.

    Especialistas - O Debate Pblico contou com a participao de diversos especialistas na questo feminina. Representantes da Secretaria de Estado de Sade lembraram diversas iniciativas do governo estadual, como o Programa Viva Vida e a criao da Coordenadoria da Assistncia da Sade da Mulher, Criana e Adolescente dessa secretaria. O Debate Pblico contou com a participao de diversos especialistas na questo feminina. Representantes da Secretaria de Estado de Sade lembraram diversas iniciativas do governo estadual, como o Programa Viva Vida e a criao da Coordenadoria da Assistncia da Sade da Mulher, Criana e Adolescente dessa secretaria.

    A presidente da Associao de Obstetrizes e Enfermeiras Obstetras de Minas Gerais, Mriam Rego de Castro Leo, concentrou sua fala na questo da sade materna. Ela defendeu um modelo de assistncia mulher parturiente que privilegie o nascimento seguro, com o mnimo de interveno possvel. Mriam se disse preocupada com o fato de algumas instituies particulares realizarem entre 80% e 90% dos partos por meio de cesarianas, que so procedimentos de risco. Ela citou o trabalho bem-sucedido do Centro de Parto Normal Dr. David Capistrano da Costa Filho, em Belo Horizonte, onde a taxa de parto normal de 97% e a mortalidade infantil de 0,2%.

    O coordenador da Ateno Sade da Mulher da Secretaria de Sade de Belo Horizonte, mdico Virglio Jos de Queiroz, que tambm se mostrou preocupado com a alta incidncia de cesarianas, lamentou o fato de metade dos bitos maternos serem evitveis. Segundo ele, complicaes provenientes do aborto so a maior causa da morte de gestantes. "Isso demonstra a existncia de problemas sociais. No se trata s de uma questo de sade, j que nenhuma mulher faz aborto simplesmente porque quer", opinou. O mdico citou feitos da Secretaria Municipal de Sade nas polticas pblicas em prol das mulheres.

    Nmero de bitos nas cesreas sete vezes maior

    Na fase de debates, novos dados sobre o aumento das cesarianas foram trazidos pela platia. Snia Lansky, coordenadora da Comisso Perinatal da Secretaria da Sade, afirmou que, apesar de todas as campanhas de conscientizao, o nmero de partos cesreos vm aumentando, principalmente entre as mulheres de melhor condio scio-econmica. Lansky disse que as justificativas vo alm da remunerao do procedimento cirrgico, mas tambm atendem convenincia do mdico e perpetuam mitos sobre a ausncia de dor e segurana do parto. "As mortes decorrentes de complicaes pela cesrea ocorrem sete vezes mais do que no parto normal. As mortes dos bebs tambm duplicam, alm dos problemas de sade serem mais freqentes nas crianas que no se esforam para nascer", disse a coordenadora.

    ngela Fernandes, moradora do bairro Maria Helena, em Ribeiro das Neves, denunciou a falta de ginecologistas no sistema de sade pblica. "Temos que pagar R$ 20 para algum dormir na fila para pegar ficha, depois o mdico no vai ou no atende. A situao em Venda Nova e Ribeiro das Neves est muito crtica", disse ela.

    A deputada Glucia Brando, que representa a cidade, disse que este apenas um dos problemas, pois em Neves 70% das ruas no tm pavimento e 50% das casas no tm esgotos. Acrescentou, no entanto, que esto sendo criadas dez novas equipes do Programa de Sade da Famlia. Outro problema, segundo a deputada, a grande disparidade entre os salrios do PSF pagos na Regio Metropolitana, que afugentam os mdicos de Ribeiro das Neves.

    Ceclia Ferramenta afirmou que so raros hoje os mdicos de ateno bsica na rea pblica, j que todos procuram se refugiar em especialidades que remuneram melhor. Outras pessoas da platia retomaram o debate sobre o controle do excesso de cesreas, apresentando uma nova sugesto: os mdicos no devem ser remunerados por procedimento, mas receber decentemente por plantes em que possam fazer partos normais.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 28, 2007

    Incluso digital das Comunidades Quilombolas.









    Ministrio das Comunicaes prorroga prazo para Habilitao de rdios comunitrias.


    Comunidades indgenas, quilombolas e assentamentos rurais de 20 estados tero mais 45 dias para se inscrever

     O Ministrio das Comunicaes prorrogou, por 45 dias, o prazo para habilitao de rdios comunitrias por comunidades indgenas, quilombolas e assentamentos rurais de 194 localidades, situadas em 20 estados brasileiros. A prorrogao foi publicada no Dirio Oficial da Unio (DOU) desta sexta-feira (25/05).

     O prazo para atendimento ao Aviso n 01/2007, publicado no DOU de 10 de abril, se esgotaria no dia 24 de maio. Com a prorrogao, os interessados tero mais tempo para apresentar os documentos necessrios para participar do processo seletivo. A deciso do ministro Hlio Costa considerou as dificuldades enfrentadas nessa etapa pelas comunidades em questo, alm das solicitaes apresentadas por vrias entidades da sociedade civil.

     "O processo tem grande importncia, porque atinge comunidades que esto totalmente isoladas do processo de comunicao", afirma o ministro Hlio Costa.  Ele ressalta que a programao das rdios deve estar orientada exclusivamente para os interesses das comunidades. "Essas rdios prestam um grande servio ao discutir questes importantes e ajudar em projetos de educao e sade, por exemplo".

     As regras para a programao de uma rdio comunitria e os procedimentos obrigatrios para a habilitao esto disponveis no site www.mc.gov.br.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 28, 2007

    AGRADECIMENTO: agradeo aos dois leitores do nosso BLOG DE NOTCIAS - Elizabeth Tavares Dias, da Associao do Bairro Camargos, que pela primeira vez nos acessou e ao nosso amigo, o economista Celso Castilho - que nos incentivam com seus comentrios sobre a caminhada rumo aos 200 mil acessos ao nosso BLOG. Obrigado! De corao!









    Comentrios

    #1. Elizabeth Tavares Dias - (acbccamargos@click21.com.br)
    Parabns, Joo Carlos. a primeira vez que acesso seu blog. Est muito bom. Acessarei mais vezes. Um abrao. Beth - Presidente da Associao do Bairro Camargos.

    #2. celso castilho de souza - (celsocastilho@ccbe.com.br)
    Prezado Joo.

    Parabns pela trilha de sucesso. Informar sempre, e bem , que o leva a atingir nmero tao expressivo de consultas ao seu Blog.

    Um abrao amigo.

    Celso Castilho de Souza
    Diretor Presidente do CCBE

























    Posts:
     1.629

    Rascunhos:
     10

    Comentrios:
     55.354

    Visitas nicas:
     181.882

    Pageviews:
     185.917


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 28, 2007

    O presidente do SINDIEXTRA, o competente engenheiro FERNANDO COURA recebe hoje, no Auditrio da FIEMG, aqui em BH, os representantes da Fundao Biodiversitas. Na pauta: Parcerias Corporativas. Confira na matria feita pelo jornalista, nosso amigo Trajano Raposo, da Gerncia de Imprensa da FIEMG.






    Promoo de desenvolvimento sustentvel rene Fundao Biodiversitas e Cmara Mineral da Fiemg/Sindiextra.

    HOJE, segunda-feira, 28 de maio, empresrios da indstria mineral de Minas Gerais estaro reunidos, a partir das 18h00, no auditrio da FIEMG (Av. do Contorno, 4520, Funcionrios, Belo Horizonte) para conhecer o trabalho da Fundao Biodiversitas e seu Programa de Parcerias Corporativas. Sediada em Belo Horizonte, a Fundao Biodiversitas atua em todo o Brasil, realizando projetos que servem como ferramenta para a determinao de muitas das polticas ambientais vigentes no Estado e no pas. Criada em 1988, a instituio internacionalmente reconhecida, apesar de pouco conhecida do grande pblico.
                     

    Com o objetivo de continuar contribuindo para a conservao da biodiversidade e para a promoo do desenvolvimento sustentvel, respeitando e recuperando os recursos naturais, a Fundao Biodiversitas est buscando novas parcerias com empresas e instituies comprometidas com a sociedade e o meio ambiente. Por este motivo, a instituio criou o Programa de Parcerias Corporativas, o qual busca o apoio financeiro das empresas privadas para a execuo das atividades propostas pela instituio no mbito dos projetos desenvolvidos para conservao de biodiversidade e manuteno de suas reas protegidas (RPPN Mata do Sossego, em Minas Gerais, e Estao Biolgica de Canudos, na Bahia).


    Importncia - A responsabilidade social e a conservao da biodiversidade so condies essenciais para a sobrevivncia, a longo prazo, da humanidade. O bem estar comum depende cada vez mais de uma ao cooperativa e integrada de todos os setores da economia. As empresas, principais agentes de promoo do crescimento econmico de um pas, tm papel fundamental nesse contexto. A articulao entre organizaes governamentais, no-governamentais e a iniciativa privada conjuga capacidades tcnicas, cientficas, financeiras e polticas para reverter o processo de perda de biodiversidade. Essas parcerias so eficientes mecanismos para a implementao de aes efetivas de conservao e para a sensibilizao da sociedade em relao ao meio ambiente.

    Ao assumir uma poltica de responsabilidade social com relao ao meio ambiente, empresas privadas principalmente aquelas que utilizam recursos naturais como matria-prima* - agregam valor a seus produtos e ganham maior visibilidade por uma conduta ecologicamente correta.

    *A Fundao Biodiversitas se resguarda o direito de selecionar como parceiras somente empresas que comprovem seu compromisso e responsabilidade scio-ambiental.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 28, 2007

    O Plenrio presidente JK da Assemblia Legislativa de Minas vai ficar preto e branco na noite desta segunda-feira. O Atltico Mineiro vai receber homenagem numa Reunio Especial, transmitida AO vivo pela TV Assemblia. Canal 11 cabo em BH. Interior UHF.

                         Quem requereu a homenagem foram os deputados Joo Leite (PSDB), ex-goleiro do Galo por 17 anos e Eros Biondini, do PHS, com o apoio do deputado Gustavo Valadares, do DEM. Atleticano roxo, filho do atual presidente do Atltico, o ex-deputado Ziza Valadares, nosso amigo, desde os tempos do governo Tancredo Neves. Ele deputado estadual, do chamado BLOCO DA VIRADA. E ns, reprter poltico da Globo. J estou vendo o cenrio de logo mais: o plenrio lotado, as galerias tambm. Os discursos. Primeiro do autores da homenagem, os deputados Joo Leite e Eros Biondini.
                         Depois a entrega da placa ao presidente do Galo, com dizeres destacando a importncia da tradico atleticana, a vitria de ter sado da segunda diviso e voltado primeira, etc.Depois o discurso do presidente do Atltico, do Ziza Valadares agradecendo a homenagem do Parlamento Mineiro. As palmas, a alegria, a justa comemorao. Afinal, a homenagem representa simbolicamente, o reconhecimento da importncia histrica do Clube Atltico por todos os mineiros, j que na Assemblia esto os 77 deputados e deputadas, representando todos os 853 municpios de nosso Estado.
                        Como diz aquele comercial veiculado pela TV Assemblia e falado por Dario, Peito de Ao, e pelos presidentes das torcidas organizadas do Galo e do Cruzeiro: " Conciliar bom e faz bem". Parabns.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 28, 2007

    Ministro Hlio Costa acelera Incluso Digital no Pas. a vez das Comunidades Quilombolas. Confira!

     

    Quilombos sero conectados internet banda larga
     
    Hlio Costa amplia parcerias com entidades
    de apoio s comunidades quilombolas

     O Ministrio das Comunicaes vai concluir, at junho, o projeto de incluso digital de comunidades quilombolas.  Quinze quilombos podero se comunicar por rdio, telefonia fixa e internet.  A iniciativa tambm beneficiar doze pontos que trabalham com a cultura afro-brasileira, espalhados por sete estados.
     
    "Vamos levar o Programa de Incluso Digital para todas as comunidades quilombolas e indgenas do Brasil", afirmou o ministro das Comunicaes, Hlio Costa.
     
    O acesso tecnologia um dos principais focos da Rede Mocambos, resultado de uma parceria entre o ministrio e a Casa de Cultura Tain, em Campinas. A Rede integra o Programa Gesac (Governo Eletrnico - Servio de Atendimento ao Cidado), por meio do qual o Ministrio das Comunicaes tem investido cerca de R$ 37 milhes por ano na instalao de pontos de incluso digital.
     
    De acordo com o coordenador da Casa de Cultura Tain, Antnio Carlos Santos Silva, trs dos quinze quilombos j esto conectados. So eles: Quilombo Andr Lopes, no Vale do Ribeira (SP); Comunidade Xamb, em Olinda (PE); e o Quilombo Brotas, em Itatiba (SP). A maioria dos quilombos beneficiados pelo projeto est localizada no estado de So Paulo.
     
    Antnio, conhecido como "TC", acredita que cerca de 400 pessoas sero includas digitalmente em cada quilombo. Isso sem falar nos doze pontos de cultura em reas urbanas, que j tiveram o processo de instalao concludo. Os pontos de cultura participantes da Rede Mocambos esto espalhados por So Paulo, Distrito Federal, Gois, Mato Grosso, Minas Gerais, Pernambuco e Rio Grande do Sul.
     
    A estrutura necessria para a comunicao, como o caso dos computadores, vem das parcerias do Programa GESAC com entidades pblicas. As comunidades quilombolas recebem doaes de mquinas usadas, que passam por um processo conhecido como metareciclagem. Os membros das comunidades so capacitados, por meio de oficinas, e passam a trabalhar na montagem e manuteno dos equipamentos.
     
    Cada comunidade contar com um servidor e at dez computadores. Com a concluso do projeto, o Ministrio das Comunicaes estima que cerca de 10 mil pessoas sejam includas digitalmente.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Maio 26, 2007

    O COLRIO deste sbado do nosso BLOG DE NOTCIAS vem da coluna do nosso amigo Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora. Ela usa a camiseta da FEIJOADA DO CABELIN. A Feijoada do PAN, um megaevento que h 14 anos movimenta QUEM QUEM de Minas e do Brasil em JF. A 15 FEIJOADA ser no prximo sbado, dia 02 de junho, no Espao LA ROCCA. Preste ateno na camiseta usada pelo colrido de hoje, a modelo Carol Cica. L estaremos!

                                                       
    Carol Cica, Miss Reef e capa da " Playboy", clicada ontem na Malay Balay, usando a camiseta da Feijoada do Pan


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Maio 26, 2007

    Sugestes do nosso BLOG DE NOTCIAS para voc escapar da mesmice da violncia que entra na sua sala pela TV aberta - com poucas excees. Sugiro ver a TV Assemblia aonde voc encontra informaes teis para a formao de sua conscincia de cidado e/ou cidad. Confira: no cabo canal 11 em BH. Interior em mais de 250 cidades pelos canais pelo UHF.




    :: Assista










    Sala de Imprensa

    Nacionalizao do gs e petrleo na Bolvia , estatizao de empresas na Venezuela e a convocao de uma Assemblia Constituinte no Equador. Um novo nacionalismo desponta na Amrica Latina. disso que trata o programa desta semana. O convidado o professor do departamento de Relaes Internacionais da Puc Minas, Oswaldo Dehon. O Sala de Imprensa vai ao ar hoje, s 21h, e domingo, s 18h.









    Programa Comisses em Destaque


    Veja o resumo de todas as reunies de Comisses dessa semana: audincias no interior, votao de pareceres e discusso de assuntos de interesse do cidado. O novo programa da TV Assemblia vai ao ar neste sbado, 15h20, e domingo, s 8h.










    Assemblia Debate

    Os impactos econmicos e sociais do Projeto de Lei que prope novos clculos para distribuio do ICMS aos municpios mineiros esto em discusso no programa desta semana. Os convidados so os deptuados Dinis Pinheiro, do PSDB, autor do projeto; Weliton Prado, do PT e as deputadas Ceclia Ferramenta, do PT e Ana Maria Resende, do PSDB. O Assemblia Debate vai ao ar neste sbado, s 22h30, e domingo, s 13h.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Maio 25, 2007

    Causos da vida poltica e empresarial. Olavo Machado Jr, presidente do CIEMG e vice-presidente da Fiemg, se recorda com carinho do ex-governador Hlio Garcia e da antena parablica que mandou colocar l na Fazenda Santa Clara, nos anos de 86, para que a tradicional raposa poltica ficasse, como sempre gostou, ligado no mundo pelo satlite, num tempo em que no havia Internet, tv a cabo, nem fax.

                         A estria nos foi contada pelo empresrio Olavo Machado Jr no coquetel dos 40 anos da Plantar na Assemblia Legislativa. Conosco o jornalista Ronan Ramos, assessor do senador Eduardo Azeredo. olavo disse que recebeu um apelo, em 1986, do amigo inseparvel do ex-governador Hlio Garcia, Joo Buteco,ex-prefeito de Atalia no Vale do Rio Doce,  para que colocasse uma parablica para o dr. Hlio Garcia ver  as notcias l na Fazenda Santa Clara ( detalhe, Santa Clara a protetora da televiso na crena catlica). poca, final de 86, o empresrio Olavo Machado Jr. tinha uma fbrica moderna de antenas parablicas, a coqueluche eletrnica  daqueles tempos.
                         Antena de cinco metros instalada, o ex-governador Hlio Garcia estabeleceu sua conexo com o mundo. Passou a fazer o que sempre gostou - ficar escondido, mas sabendo de tudo que se passava no mundo, no mundo poltico principalmente, aonde sempre circulou bem, com talento.  Cavalheiro, convidou o empresrio Olavo Machado Jr. para um dedo de prosa l na Fazenda, um privilgio reservado a poucos ntimos do ex-governador, que Olavo no recusou.
                         Foi l, acompanhado de um velho amigo do ex-governador Hlio Garcia, um engenheiro de mo cheia, de sobrenome Frana, ( que trabalhava na empresa de Olavo) e que trabalhou com JK e Israel Pinheiro, o pai, na construo de Braslia e que aqui em BH, fez o Palcio das Artes. A, Olavo Machado acertou em cheio:  a prosa entre Hlio Garcia e o velho amigo dele, levado pelo empresrio para o encontro, rolou solta. Coisa, de ns, mineiros. Campees na arte de receber e de agradar. Bons tempos registrados na memria e que aqui no nosso BLOG DE NOTCIAS ganham nova vida nas mentes de quem nos acompanha. Fica o resgistro!
                          


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Maio 25, 2007

    Herculano Anghinetti est na vice-presidncia da Copasa.

                         O ex-deputado Herculano Anghinetti, ex-secretrio de Turismo de Minas, aceitou o convite do governador Acio Neves para ocupar o cargo de vice-presidente da Copasa. Encontramos com ele, outro dia, no restaurante Boi de Lourdes. Sempre simptico e atencioso nos convidou  - eu e o executivo de hotelaria, Jos Aparecido Ribeiro - para um dedo de prosa l na estatal da gua e do esgoto de Minas, uma das maiores do Pas. Qualquer dia destres, iremos l.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Maio 25, 2007

    Nosso BLOG DE NOTCIAS est a caminho de 200 mil acessos . Os dados so do nosso provedor - o TERRA.



























    Posts:
     1618

    Rascunhos:
     10

    Comentrios:
     54.901

    Visitas nicas:
     180.379

    Pageviews:
     184.335
     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Maio 25, 2007

    "Economia e Negcios Especial" - um Programa Fiemg. Voc precisa conferir!

    O Programa Especial do Dia da Indstria, tendo como personalidade central, o empresrio Agnaldo Diniz Filho, da Cedro e Cachoeira, est pronto. Vai ao ar, nesta sexta-feira, s 9 da noite, pela Rede Minas. Vale conferir o programa que ancoramos para a FIEMG.

                                O Programa "Economia e Negcios Especial" da FIEMG,  tem uma hora de durao. Em seus quatro blocos esto os pronunciamentos do Industrial do Ano, o presidente da Companhia de Fiao e Tecidos Cedro Cachoeira, Agnaldo Diniz Filho; do presidente da Fiemg, Robson Andrade; do governador de Minas Acio Neves e do vice-presidente da Repblica Z Alencar. O Industrial do Ano, Agnaldo Diniz Filho, defendeu uma ampla reforma nacional - tributria, previdenciria, poltica. 

                                O presidente da FIEMG, Robson Andrade, disse que preciso aproveitar o momento para investir no crescimento econmico e que o PAC, do governo federal, veio numa boa hora. O governador Acio Neves elogiou o desempenho da FIEMG e falou do projeto de governo para este segundo mandato na rea econmica e social, principalmente na Cemig.
                                E o vice-presidente Z Alencar, destacou a dimenso da Cia. Cedro e Cachoeira, indstria mineira de projeo internacional, que est chegando aos seus 150 anos de fundao. 

                               Mais detalhes?
                               Ligue na Rede Minas, nesta sexta-feira, dia 25, s 21 horas e assista todos os detalhes no Economia e Negcios Especial sobre o Dia da Indstria. L estaremos ancorando o programa. Confira!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Maio 25, 2007

    Ministro Hlio Costa: " nossa meta dar prioridade s escolas pblicas".

     

    Gesac ser o maior programa de incluso digital do Brasil

    Pesquisa indita mostra 16,7 mil pontos de incluso digital
    em todo o pas. Gesac ter 20 mil nos prximos quatro anos


     Com a ampliao do Programa Gesac (Governo Eletrnico Servio de Atendimento ao Cidado), do Ministrio das Comunicaes, o Brasil contar com pontos de incluso digital em todos os municpios. Pelo menos 20 mil pontos sero implantados at 2010, ampliando a abrangncia dos atuais 3,6 mil pontos.  As mudanas faro do Gesac o principal programa de incluso digital do pas.
     
    De acordo com o Mapa da Incluso Digital no Brasil, divulgado no incio do ms de maio pelo Ibict (Instituto Brasileiro de Informao em Cincia e Tecnologia), o Brasil conta hoje com 16.722 pontos de incluso digital, incluindo as iniciativas dos governos federal, estaduais e do terceiro setor.
     
    Somente o novo Gesac contar com mais pontos de incluso digital do que todos os pontos listados pelo mapa. A diretriz do ministro das Comunicaes, Hlio Costa, equilibrar a distribuio dos pontos entre as regies brasileiras, democratizando o acesso tecnologia e informao.
     
    A pesquisa do Ibict, apresentada durante o workshop "Mapeando a Incluso Digital no Brasil: desafios e perspectivas", mostrou que ainda h grandes discrepncias entre as regies atendidas pelos projetos de incluso digital. "A nossa meta acabar de vez com essas diferenas regionais, dando prioridade para as escolas pblicas", afirmou Hlio Costa.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 24, 2007

    A vez do INTERIOR. Da rea rural dos chamados " burgos podres", como dizia o ex-presidente Tancredo Neves, av do atual governador.









                                              Minas libera R$ 18,5 milhes para combate pobreza rural

     









       

    Omar Freire/Imprensa

    O governador Acio Neves abriu, nesta quinta-feira (24), os portes do Palcio da Liberdade para receber 354 presidentes de associaes comunitrias e prefeitos de 95 municpios do Norte do Estado e dos vales do Jequitinhonha e Mucuri. Eles vieram a Belo Horizonte assinar convnios e participar da solenidade de liberao de mais R$ 18,5 milhes para o Programa de Combate Pobreza Rural (PCPR) do Governo de Minas. O programa est assegurando obras de infra-estrutura, de saneamento bsico e arranjos produtivos diversos que esto transformando a realidade da regio onde vivem essas lideranas comunitrias, beneficiando diretamente 23.600 famlias.
    Os lderes comunitrios atravessaram a alameda da Praa da Liberdade embalados pela msica regional dos artistas mineiros Teo Azevedo e Jackson Antunes. O governador (foto) os conduziu aos jardins internos do Palcio, onde assinou a liberao dos recursos. Os R$ 18 milhes autorizados pelo governador vo financiar 354 projetos definidos como prioritrios por associaes de trabalhadores, de pequenos produtores rurais, artesos, pescadores e donas de casa que buscam alternativas para melhorar a renda familiar e a qualidade de vida.
    Distribuio dos 354 projetos contemplados
    Norte de Minas 243
    Jequitinhonha 88
    Mucuri 23
    Total 354
    Famlias beneficiadas 23.604
    Municpios atendidos 95
    Recursos disponibilizados R$ 18,57 milhes
    Do total de 354 projetos aprovados
    59,3% so produtivos
    27,9% so da rea de infra-estrutura
    12,8% so sociais
    Trs maiores demandas
    87 projetos se referem mecanizao agrcola (produtivo)
    77 a abastecimento de gua (infra-estrutura)
    29 so para construo de centro comunitrio (social)


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 24, 2007

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. Presidentes das Assemblias Legislativas de todo o Pas discutem em Minas o Pacto Federativo. Governador Acio Neves prestigia encontro no Salo Nobre do Parlamento Mineiro.

     







                           Alberto Pinto Coelho eleito presidente de colegiado

    O presidente da ALMG, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), foi eleito presidente do Colegiado de Presidentes dos Legislativos Estaduais e do Distrito Federal, na reunio foi realizada no Salo Nobre. O encontro, que teve a participao do governador Acio Neves, rene representantes de 17 assemblias legislativas, incluindo 13 presidentes. Os parlamentares discutem o tema Fortalecimento do Poder Legislativo e o novo pacto federativo. O encontro prossegue at sbado



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 24, 2007

    Adrenalina na COHAB. Mudanas vista.

                                Um dos nomes, cotados para a diretoria da Cohab - Companhia de Habitao de Minas Gerais - o do ex-deputado petebista, Olinto Godinho. Ele vai para uma das diretorias da Companhia, presidida pelo competente Teodoro Lamournier, homem de confiana do vice-governador de Minas, Antnio Augusto Anastasia. Ao que se sabe a "fumacinha" branca vai sair ainda esta semana. Vamos aguardar.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 24, 2007

    A caminho da Asssemblia Legislativa, novo projeto do Tribunal de Justia de Minas.

                                A mensagem do desembargador Orlando Ado de Carvalho, presidente do Tribunal de Justia de Minas, anunciando para breve o envio do projeto, foi lida no plenrio agora tarde, pelo swputado Dalmo Ribeiro Silva, do PSDB. O projeto vai propr a criao de novas Varas em todo o Estado, para dar mais agilidade Justia nos municpios. A expectativa grande, por parte dos deputados, que podero apresentar emendas, j que so eles que esto em constante contato com as bases no interior, e conhecem na palma da mo as necessidades da populao.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Maio 23, 2007

    Rdios Comunitrias. Ministro das Comunicaes, Hlio Costa diz que " a rdio comunitria ferramenta importantssima para promover a melhoria nas condies de vida da populao, por meio da informao, cultura, entretenomento e lazer".

     

    Sai novo aviso de habilitao para rdios comunitrias

    Ministrio das Comunicaes vai disponibilizar rdios
    comunitrias para 269 localidades em 25 estados

    O Ministrio das Comunicaes publicou hoje, no Dirio Oficial da Unio, aviso de habilitao de servios de radiodifuso comunitria para 267 localidades em 25 estados brasileiros.

    A ampliao dessas emissoras no pas uma das prioridades do Governo Federal no setor de telecomunicaes. A rdio comunitria ferramenta importantssima para promover melhoria nas condies de vida da populao, por meio da informao, cultura, entretenimento e lazer afirmou o ministro das Comunicaes, Hlio Costa.

    Todas as entidades interessadas em participar do processo de seleo tm 45 dias para fazer a inscrio. Elas devero apresentar a documentao exigida e preencher o formulrio de requerimento, que est disponvel nos site:  www.mc.gov.br.
     
    Para ter acesso ao aviso publicado no DOU e saber quais as localidades contempladas, clique aqui.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 22, 2007

    "A Crise dos Partidos, do Sistema Eleitoral e a Militncia Poltica" - livro do deputado federal e constitucionalista, Bonifcio Andrada, foi lanado na Assemblia Legislativa de Minas.

                                             Bonifcio Andrada analisa crise poltica brasileira em livro

    O deputado federal Bonifcio Andrada (PSDB) lanou, na noite desta segunda-feira (21/5/07), no Salo Nobre da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, o livro "A Crise dos Partidos, do Sistema Eleitoral e a Militncia Poltica", que contm reflexes sobre o atual momento brasileiro, histria dos partidos e propostas de reformulao do sistema poltico. Herdeiro de uma tradio poltica que remonta a duzentos anos, aos tempos do Reino Unido, Andrada tem mais de cinqenta anos de vida pblica. Foi vereador em Barbacena, deputado estadual por quatro mandatos, presidente da ALMG e est cumprindo seu nono mandato como deputado federal.

    Para ele, os partidos brasileiros so fracos e recentes, se comparados aos europeus, alm de serem hostilizados pelo poder pblico em qualquer crise. Ele enumerou vrias ocasies em que os partidos foram vitimados: na Proclamao da Repblica, na Revoluo de 30, na de 37, em 1964 e outras. Disse tambm que as eleies esto cada vez mais difceis para os candidatos da classe mdia, e defendeu o sistema de listas fechadas, embora aceite o sistema misto. Andrada v com pessimismo o desnimo da militncia que precisaria carregar os partidos.

    Segundo o deputado Sebastio Costa (PPS), a crise mais dos partidos que dos agentes polticos. Costa lembrou de uma lio que recebeu de Andrada, quando esse comparou os partidos aos clubes de futebol. "Se ns gostssemos dos partidos como dos times do corao, a crise estaria resolvida", teria dito Andrada.

    Orador destacado para saudar o autor, o ex-senador Murilo Badar lembrou dos tempos em que militou junto a Andrada na poltica estudantil, e depois no exerccio de mandatos de deputados estaduais. Badar usou palavras fortes para se referir crise que o Brasil enfrenta: "Voragem poltica", "desastre consumado", classificou o orador. Para ele, foi um erro da ditadura ter eliminado os partidos tradicionais para criar o sistema bipartidrio com a Arena e o MDB. Hoje, so 34 partidos atuando no Brasil, sendo que oito deles sequer possuem registro definitivo.

    "O movimento militar poderia ter aproveitado os poderes discricionrios de que dispunha para implantar o sistema de voto distrital. Hoje, no h fora poltica no Brasil que consiga implantar as reformas que o deputado Andrada prope", avaliou Murilo Badar.

    Presentes solenidade, alm dos j nominados, o conselheiro do Tribunal de Contas, Antnio Carlos Andrada, e o ex-conselheiro Sylo Costa; os deputados Lafayette Andrada (PSDB), Mauri Torres (PSDB), Carlos Mosconi (PSDB), Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), Z Maia (PSDB), Domingos Svio (PSDB), Antnio Jlio (PMDB), Durval ngelo (PT) e Jos Henrique (PMDB). O livro foi vendido a R$ 10, com renda revertida em favor da Santa Casa de Barbacena.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 22, 2007

    Da srie: UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS. FEIJOADA DO CABELIN, em Juiz de Fora, dia 2 de junho. Estaremos l!


    O prefeito Alberto Bejani recebeu, ontem, de CR a camiseta da Feijoada do Pan, com a pulseira - nmero 0001 - para participar do festival de prmios. Alm de confirmar presena ao lado da primeira-dama Vanessa, ele ressaltou a tradio e a importncia do evento, que faz parte da programao dos 157 anos de Juiz de Fora, atravs de projeto de lei do vereador Isauro Calais e sancionado por Bejani.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 22, 2007

    Choque de Gesto nas Estradas Mineiras. Confira!









                                Obras da PPP para recuperar a MG-050 comeam em 10 dias

     









       

    Omar Freire/Imprensa MG


    O governador Acio Neves anunciou, nesta segunda-feira (21), que as obras de recuperao da MG-050 comeam dentro de dez dias, iniciando a implantao do Corredor de Integrao do Sudoeste Mineiro ao Estado de So Paulo. Com 372 quilmetros, a rodovia ser uma das mais importantes vias de transporte destinadas ao escoamento da produo do Estado. O anncio foi feito durante a assinatura do contrato de Parceria Pblico-Privada (PPP) entre o Governo de Minas e o Consrcio Bertin-Equipav, concessionria que ir operar e gerir a rodovia durante 25 anos, com investimento de R$ 712 milhes. A recuperao da MG-050 a primeira PPP do setor rodovirio no pas.
    Hoje um dia marcante no s para o Estado de Minas, como tambm para o pas. Hoje estamos festejando a ousadia e a parceria. Dentro de no mximo dez dias, a primeira PPP rodoviria coloca as mquinas na estrada para o incio das obras de correes e dos investimentos necessrios para que no prazo de 25 anos, como prev o contrato, mais de R$ 700 milhes sejam investidos nesse corredor, afirmou o governador, em pronunciamento no Palcio dos Despachos.
    Durante a solenidade, Acio Neves destacou a importncia da PPP para a realizao de investimentos em vrios setores de infra-estrutura no s do Estado, mas em todo o pas. Segundo ele, ao efetivar a PPP da MG-050, o Governo de Minas apresenta ao pas uma nova alternativa para garantir a infra-estrutura necessria para o crescimento econmico e a distribuio de renda.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 22, 2007

    Diretor Regional da EMBRATEL, Fbio de Carvalho, recebe TOP OF MIND da Revista Mercado Comum no britnico Automvel Clube de Belo Horizonte, em um jantar que reuniu QUEM QUEM da economia e da mdia mineira.

                        O diretor Regional da Embratel, Fbio de Carvalho, mineiro de Beag - mas a famlia tem origem, em Manhua, na Zona da Mata Mineira - foi uma das personalidades que receberam o Top of Mind, realizado pelo 12 ano consecutivo pela revista Mercado Comum do nosso ,amigo, o competente economista mineiro de Bom Despacho, Carlos Alberto Teixeira de Oliveira. 

                        Fbio de Carvalho, dirige em Minas, a poderosa Embratel do empresrio mexicano, o segundo homem mais rico do Planeta - Carlos Slim. Aqui na terra de Tiradentes e Tancredo Neves  - s para citar dois mineiros ilustres histricos - ele pilota um projeto estruturante da Embratel, que oferece excelncia na transmisso via satlite de conferncias, seminrios, encontros empresariais, encurtando distncias e unindo imenso territrio mineiro e brasileiro pelo satlite.

                        Logo depois do requintado jantar nos sales do Automvel Clube, ns tivemos o prazer de apresent-lo ao economista Carlos Alberto Teixeira de Oliveira, diretor-presidente da revista Mercado Comum - a bblia do empresariado mineiro - que convidou o diretor regional da Embratel para privar de uma mesa exclusiva, montada  por Carlos Alberto para uma conversa descontrada, mas ntima, com amigos e colabroadores.
     
                        Ele conversou sobre bussiness, durante bom tempo com  Fbio de Carvalho, diretor regional da Embratel em Minas.  mesa estavam, o vice-presidente do jornal O TEMPO, Luiz Tito, o diretor de redao da revista Mercado Comum, Jadir Barroso e Paulo Queiroga, coordenador do curso de Turismo da Estcio de S, em BH e apresentador, dos bons, da festa do TOP OF MIND.

                        Tivemos o prazer de deixar o Automvel Clube, acompanhado do diretor regional da Embratel - um tremendo boa praa, inteligente e com raro faro para negcios - Fbio de Carvalho. Tomamos o ltimo caf da madrugada e seguimos, p, pela av. Afonso Pena, at o estacionamento do Bradesco, no comeo da rua da Bahia, prximo ao OTHON PLACE HOTEL, aonde pegamos o carro para deix-lo na sede da Embratel na rua Esprito Santo, quase esquina com Augusto de Lima. 

                        Fomos, mais de trs quarteires, a uma da madrugada, p. Privilgio de quem mora em Beag.







    Comentrios:

    #1. Fbio Carvalho - (Email no informado)
    Joo Carlos, uma honra ser citado no blog de um jornalista to competente.
    O jantar do XII Top of Mind - Mercado Comum foi agradabilssimo, com contatos de alto nvel.
    Voc est de parabns pela brilhante cobertura dos eventos de Minas Gerais que realmente merecem destaque em seu blog.
    Um forte abrao.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 21, 2007

    O jornalista Fagundes Murta, competente jornalista poltico, que durante anos foi reprter e ariculista do jornal Dirio da Tarde, dos Dirios Associados de Belo Horizonte, deu em primeira mo uma notcia que no saiu na grande mdia. Em seu BLOG, Murta, publicou todas informaes sobre o sequestro, ms passado, do ex-governador de Minas, Rodon Pacheco, em Uberlndia no Tringulo Mineiro. Ns estamos reproduzindo a matria, aqui no nosso BLOG DE NOTCIAS e parabenizando o nosso amigo Fagundes Murta pelo profissionalismo com que apurou e publicou a informao, com exclusividade, em seu BLOG na Internet.

    O sequestro do ex-governador Rondon Pacheco




    Foto: Helena Leo, ALMG

    At o ex-governador de Minas, Rondon Pacheco, foi vtima de um sequestro em sua cidade, Uberlndia, no Tringulo Mineiro. O fato ocorreu no ms passado quando o ex-governador, juntamente com o seu genro Tadeu, se dirigia sua fazenda a 30 quilmetros de Uberlndia. Quatro assaltantes mascarados dominaram a camioneta que era dirigida pelo seu genro, fizeram inmeras ameaas e deixaram o ex-governador sozinho num matagal. Ele teve que percorrer a p vrios quilmetros para chegar a uma fazenda mais prxima onde foi reconhecido por um caseiro e levado depois para a sua cidade. Os sequestradores, que ainda esto foragidos, no levaram nenhum objeto de valor a no ser a camioneta que foi encontrada uma semana depois na rodovia que liga Uberlndia a Prata. O ex-governador Rondon Pacheco, que j completou 88 anos de idade, residia no Rio de Janeiro e depois fixou residncia em Uberlndia onde se encontra no momento. O seu irmo, Mrio Pacheco, que reside em Belo Horizonte, confirmou o sequestro e disse que o ex-governador passou por maus momentos sob o domnio dos sequestradores. Mrio Pacheco lembrou que h mais tempo Rondon foi vtima de um assalto em sua fazenda, quando foi roubado um trator e que mais tarde foi econtrado na Bahia. O curioso que um sequestro de um ex-governador de Minas, que muito conhecido nacionalmente, no tenha sido noticiado pela imprensa escrita, falada e televisada. isto a.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 21, 2007

    PLANTAR Reflorestamento faz 40 anos de fundao. E tem sua atuao reconhecida pelo Parlamento Mineiro. O requerimento do deputado dr.Vianna, 1 vice-presidente da Assemblia de Minas. A reunio ser trnasmitida AO VIVO pela TV Assemblia. No cabo, canal 11. No interior de Minas pelo UHF. A Reunio Especial ser s 20 horas de quinta-feira no plenrio JK, em Belo Horizonte.

                                           Reunio Especial homenageia a empresa Plantar S.A Reflorestamentos

    Nesta quinta-feira (24/05/07), s 20 horas, a Assemblia Legislativa de Minas Gerais realiza, no Plenrio, Reunio Especial para homenagear empresa Plantar S.A Reflorestamentos pelos seus 40 anos de fundao. A reunio foi solicitada a requerimento do deputado Doutor Viana (DEM).

    Durante o evento, o coral "Plantar" cantar o Hino Nacional e far uma apresentao musical. O diretor Administrativo e Financeiro do Grupo, Geraldo Alves de Moura, receber placa alusiva s comemoraes.

    A Plantar Reflorestamentos atua como empresa de engenharia florestal, e tem como foco principal a Gesto de Florestas, incluindo todas as prticas silviculturais, desde a administrao do viveiro, passando pelo plantio e manuteno das rvores, at a formao completa da floresta, seja ela de eucalipto ou de pinus. Tem como clientes as principais indstrias nacionais de celulose, de painis de madeira, indstrias siderrgicas e de lpis. Entre as autoridade convidadas, est o presidente da Fiemg, Robson Braga de Andrade.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 21, 2007

    Universidade Federal de Juiz de Fora vai ganhar Rdio e TV Universitria. Quem garante o ministro Hlio Costa, que esteve l, na abertura de um Seminmrio sobre rdio e TV. A foto e o texto so de Csar Romero da Tribuna de Minas.

                                                         
    Desde que assumiu a UFJF, o reitor Henrique Duque vem estreitando a amizade com o ministro das Comunicaes, Hlio Costa, que culminou em sua participao na abertura do Intercom e na garantia da concesso da rdio e TV universitria


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 21, 2007

    FIEMG homenageia o INDUSTRIAL DO ANO - o empresrio AGNALDO DINIZ FILHO, diretor-presidente da Cia. Cedro e Cachoeira. Solenidade foi na Serraria Souza Pinto, aqui em BH, reinindo todo o PIB mineiro, o governador Acio Neves e o vice-presidente da Repblica, Z Alencar. Detalhe da Festa so do site www.fiemg.com.br












                                         Fiemg promove a grande festa da Indstria mineira


    A Fiemg realizou, nesta sexta-feira, 18 de maio, na Serraria Souza Pinto, em Belo Horizonte, mais uma edio do Mrito Industrial, evento maior das comemoraes do Dia da Indstria em Minas Geais. Na ocasio, a Fiemg entregou os ttulos de Industrial do Ano e Mrito Industrial s personalidades da indstria que mais se destacaram no ltimo ano. A solenidade, que atraiu um pblico de aproximadamente duas mil pessoas, contou com presenas ilustres, como as do vice-presidente da Repblica e presidente de honra da Fiemg, Jos Alencar Gomes da Silva; do governador Acio Neves e do prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel.
    O Industrial do Ano, Aguinaldo Diniz Filho, presidente da Companhia de Fiao e Tecidos Cedro e Cachoeira, estendeu a homenagem aos colaboradores da indstria, fundada em 1872, e aos associados do Sindicato das Indstrias de Fiao e Tecelagem/MG, do qual presidente. Este ttulo aumenta minha vontade de ser inabalvel na defesa daqueles que produzem riquezas, que servem cidadania, que honram Minas e que se orgulham da ptria, comemorou.
    Confiana e otimismo
    O presidente da Fiemg, Robson Andrade, aproveitou para fazer um balano do bom desempenho da economia mineira. Ele lembrou que, no primeiro trimestre deste ano, o emprego na indstria mineira cresceu 7%, contra 3,5% da mdia nacional; no indicador remunerao paga aos trabalhadores, Minas cresceu 9,1%, contra 6,4% da mdia nacional e, no quesito faturamento, a indstria de Minas Gerais apresentou um aumento de 7,9%, praticamente o dobro da mdia nacional, que ficou em 4,1%.

    Robson Andrade ressaltou, tambm, que o Programa de Acelerao do Crescimento, o PAC, nasceu com o mrito de ordenar e assegurar sinergia a um conjunto de programas de investimento na infra-estrutura de apoio ao setor produtivo, bem como contempla aes importantes de desonerao e desburocratizao. O empresrio assinalou que a construo deste cenrio favorvel retomada do crescimento econmico no obra fortuita, nem conseqncia do acaso. Antes, revela o amadurecimento do pas diante de suas responsabilidades com a sociedade e da capacidade de bem aproveitar o momento francamente favorvel da economia mundial. Para o presidente da Fiemg, este, com certeza, o grande mrito do PAC, que recoloca na pauta brasileira o compromisso com o crescimento. A esperana de que, doravante, o Brasil e os brasileiros no tenham mais que trabalhar apenas para pagar dvidas internas e externas, para pagar juros, para cobrir dficits no setor pblico e para bancar privilgios que o corporativismo deletrio defende ferozmente. 
    Seguindo a linha de confiana no futuro, o governador Acio Neves fez coro ao otimismo de Robson Andrade, a quem chamou de  parceiro fundamental para o progresso do nosso estado. Numa retrospectiva dos quatro anos e quatro meses do seu governo, Acio citou a retomada do crescimento, proporcionada pelo choque de gesto que alcana todos os setores scio-econmicos. Revelou que o governo elaborou um plano de investimentos globais que consumir R$122 bilhes at 2011. Ao setor da sade foram direcionados R$6,7 bi (R$2,5 bi somente em 2007); na educao, Minas o nico estado a receber crianas com seis anos em todas as escolas; na segurana pblica, o nmero de vagas nos sistemas prisionais subiu 230%, o que resultou na queda de 16% de crimes violentos na Grande BH. Acio Neves afirmou que as exportaes mineiras cresceram 26,7% no primeiro trimestre deste ano, equivalente a 12% do total nacional, e reafirmou que, at o fim do seu atual mandato, o estado ter 100% dos seus municpios com ligao asfltica e dotados de energia eltrica no campo. Para que tudo isto possa acontecer, essencial o despertar das foras produtivas. E isto acontece em Minas. Grande parte do realizamos s foi possvel graas responsabilidade e compromisso da nossa indstria, disse.
    A noite de festa da indstria mineira foi encerrada com um discurso ameno do vice-presidente do Brasil, que destacou a importncia das comemoraes do Dia da Indstria no estado. A Fiemg acompanha o trabalho, reconhece o sacrifcio e aplaude a vitria dos empresrios mineiros, destacou Jos Alencar. Presidente de honra da Fiemg, ele fez questo de ressaltar que a entidade, com sua metodologia de administrao descentralizada, pioneira no pas, d autonomia aos diferentes ramos da economia, em todos os cantos de Minas, sem contudo ferir suas diretrizes bsicas, que valorizar os sindicatos e promover o crescimento.
    Dia da Indstria
    O Dia da Indstria foi institudo em 1957 pelo presidente Juscelino Kubitchek, atravs do Decreto n 40.983, tendo sido fixado o dia 25 de maio pelo Decreto n 43.769, de 21 de maio de 1958. No mesmo ano, a Confederao Nacional da Indstria (CNI) criou a Medalha do Mrito Industrial para homenagear industriais de destaque na cena nacional. A medalha n 1 foi entregue ao Presidente JK, pelo industrial Ldio Lunardi, presidente da CNI e da Fiemg.

    Em Minas, a comemorao teve incio em 1960, na gesto de Fbio de Arajo Motta frente da Fiemg. Naquele ano, foram condecorados os pioneiros da industrializao mineira, pessoalmente e atravs de suas famlias. Desde 1965, anualmente, no dia 25 de maio, ou em datas prximas, firmou-se a tradio da outorga da Medalha do Mrito Industrial no estado. Em 1976, foi institudo o ttulo de Industrial do Ano, escolhido por Comisso designada pelo presidente da Fiemg.
    Homenageados de 2007
    A seguir, a relao dos empresrios que receberam as homenagens da Fiemg no Dia da Indstria 2007.
     
    . Industrial do Ano
    Aguinaldo Diniz Filho, Diretor-presidente da Cia. de Fiao e Tecidos Cedro Cachoeira.
    Bacharel em Direito, iniciou sua carreira em 1969 como estagirio da Companhia Industrial Cataguases, aps concluir o curso de Tcnico Industrial na Escola Tcnica da Indstria Qumica e Txtil (Cetiqt) do Senai/RJ. Na Cedro e Cachoeira, foi auxiliar de gerncia; gerente da fbrica Geraldo Magalhes Mascarenhas, em Sete Lagoas; chefe da Diviso Administrativa da companhia; diretor Administrativo e Financeiro, sendo membro do Conselho de Administrao. Em 2004, foi eleito presidente do Sindicato das Indstrias de Fiao e Tecelagem de Minas Gerais. Vice-presidente da Fiemg, membro do Conselho Diretor da Associao Brasileira das Companhias Abertas (Abrasca) e ex-membro do Conselho de Industrializao de Minas Gerais (Coind). Vice-presidente da Associao Brasileira da Indstria Txtil (Abit) e da Associao Brasileira de Tcnicos Txteis (ABTT). Ganhou, em 1995, a medalha do Mrito Industrial da Fiemg e a medalha do Mrito Militar, outorgada pelo Exrcito Brasileiro. Participou de feiras e eventos em vrios pases, incluindo as Feiras Internacionais da Indstria Txtil (ITMA) de Hannover/Alemanha, em 1991, e de Paris/Frana, em 1999.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 21, 2007

    Servio Postal Universal: acordo com Paraguai ser assinado hoje pelo Presidente Lula e pelo ministro Hlio Costa.

     

    Correios exportam tecnologia em
    servios e fortalecem presena no Mercosul

    Ministrio das Comunicaes fecha acordo com o Paraguai

     O Presidente da Repblica, Luiz Incio Lula da Silva, e o ministro das Comunicaes, Hlio Costa, participam, na manh desta segunda-feira (21/05), em Assuno, no Paraguai, de cerimnia de assinatura do acordo de cooperao tcnica para implantar o SPU (Servio Postal Universal) naquele pas.
     
    Por ser considerado detentor de um dos melhores servios postais do mundo, o Brasil oferece ao pas vizinhho cooperao para o aprimoramento do setor postal. O principal objetivo do ministrio dinamizar o servio e promover a incluso postal no Paraguai, facilitando as comunicaes e o transporte de bens e mercadorias. Tambm vai colaborar com a gerao de empregos e renda.
     
    Alm de contribuir para melhorar os servios e a economia do Paraguai, o acordo vai ajudar fortalecer e ampliar a atuao dos Correios no Mercosul (Mercado Comum do Sul). Estamos fazendo acordos semelhantes com outros pases da Amrica Latina, afirmou o ministro das Comunicaes, Hlio Costa.
     
    O SPU, estabelecido pela Unio Postal Universal, de cuja conveno ambos os pases so signatrios, garante um servio de qualidade e uniformidade.  Entre os benefcios, esto prazos de entrega geis e determinados; amplo acesso ao atendimento; entrega em domiclio; informao ao usurio; segurana e adequado tratamento de reclamaes.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 21, 2007

    Contas do governo Acio Neves.Dentro do riscado. Vale conferir os detalhes, nesta matria da assessoria de comunicao do Palcio da Liberdade.









                                 Minas cumpre metas estipuladas pelo Tesouro Nacional

     









    Carlos Alberto/Imprensa MG

    O Governo de Minas cumpriu as metas acertadas com o Tesouro Nacional, dentro do Programa de Reestruturao e Ajuste Fiscal relativo ao exerccio de 2006. Aps analisar os nmeros apresentados pelas secretarias de Estado de Fazenda (SEF) e de Planejamento e Gesto (Seplag), a chefe da misso do Tesouro, Maria da Salete Medeiros Moreira (foto), confirmou, em Belo Horizonte, que, pelo terceiro ano consecutivo, Minas manteve o equilbrio de suas contas fiscais.


    O Estado de Minas Gerais est no caminho certo de ajuste fiscal e benefcio para sua populao com os resultados obtidos. Minas est tendo muito sucesso nas medidas adotadas tanto de crescimento da receita quanto de eficincia no gasto e, com isso, est tendo um xito em benefcio da populao, afirmou Maria da Salete, em entrevista.


    Uma das principais metas acertadas com o Tesouro foi a relao da Dvida Financeira com a Receita Lquida Real. Nesse item, o acordado era que a relao seria de 2,64, mas o Estado obteve um resultado melhor, de 2,58.


    O resultado primrio tambm foi superior ao acertado com o Tesouro Nacional. Os nmeros finais indicam um resultado de R$ 1,66 bilho, enquanto a meta firmada de R$ 1,57 bilho.


    Minas Gerais obteve sucesso ainda no gasto com pessoal. Enquanto a meta prevista indicava que as despesas deveriam ser de, no mximo, 60,49% da Receita Corrente Lquida, o percentual final foi de 58,59%. Na arrecadao prpria, o estipulado pelo Tesouro era de R$ 20 bilhes, mas o Estado conseguiu arrecadar R$ 20,7 bilhes.


    Investimentos


    Na meta relativa aos investimentos, Minas ultrapassou o limite proposto pelo Tesouro para 2006, aplicando 13,17% de sua Receita Lquida Real, enquanto deveria ficar no teto de 13,12%. Segundo Maria Celeste, este resultado ser irrelevante, j que Minas cumpriu todas as outras metas. Essa meta de investimento o Estado no cumpriu porque sobrou receita e ele aplicou em benefcio da populao de Minas Gerais, explicou Maria da Salete.


    No cumprimos a meta, mas no fizemos isso com louvor porque as metas fundamentais foram cumpridas e, mesmo assim, ns investimos mais do o previsto, detalhou o secretrio de Estado da Fazenda, Simo Cirineu.


    Para 2007, a previso de que os investimentos atinjam R$ 3,6 bilhes. Segundo a secretria de Planejamento e Gesto, Renata Vilhena, toda a administrao do Estado est empenhada em melhorar o gasto dos recursos pblicos, j que o aumento da qualidade nas despesas do governo no apenas um acordo com o Tesouro Nacional.


    um compromisso que faz parte de um acordo assinado pelo governador com todos os secretrios atravs dos acordos de resultados. Esses acordos esto sendo disseminados por toda a administrao de Minas Gerais, disse Vilhena.


    Adimplncia


    A anlise dos nmeros pelos tcnicos do Tesouro Nacional fundamental para que o Estado seja considerado adimplente com o governo federal e tenha acesso a financiamentos internacionais.


    At 2003, Minas no tinha acesso ao mercado financeiro internacional para a obteno de emprstimos externos em funo da sua situao financeira comprometida. Na classificao do Tesouro Nacional de A a D, Minas era taxada de C, indicativo de que o resultado primrio era positivo, mas insuficiente para saldar todos os encargos da dvida. Para tanto, era necessrio que se classificasse nas categorias A ou B.


    Desde a implantao do Choque de Gesto, j ao final de 2004, o Estado classificado na categoria B, o que lhe permite recuperar o crdito internacional e pleitear novos emprstimos para dar suporte aos investimentos nas reas social, de infra-estrutura e gesto.


    Esse pleito foi concretizado com a assinatura dos contratos com o Banco Mundial (Bird), no valor de US$ 35 milhes, destinado ao Programa de Combate Pobreza Rural de Minas, e outro de US$ 170 milhes destinado a obras de infra-estrutura, saneamento e modernizao da mquina administrativa e fiscal do Estado; e um terceiro com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), de US$ 100 milhes, para o Programa de Pavimentao de Acessos Rodovirios (Proacesso).


    Alm de recuperar a credibilidade de Minas junto ao Tesouro Nacional e aos organismos de fomento internacional, o Choque de Gesto permitiu o equilbrio das contas do Estado em menos de dois anos. Em 2003, o dficit era de R$ 2,4 bilhes, saltando para um supervit fiscal de R$ 283 milhes ao final de 2005. No ano passado, as contas fecharam com supervit fiscal de R$ 81 milhes.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 21, 2007

    Hoje na Assemblia de Minas: duas da tarde. Voc pode acompanhar o debate da Comisso de Direitos Humanos pela TV Assemblia. Em BH, canal 11 a cabo. Interior canal UHF.














    Debate Pblico aborda papel das guardas municipais

    A Comisso de Direitos Humanos Gerais promove hoje (21) o Debate Pblico O papel da guarda municipal e os direitos humanos. O objetivo discutir as competncias dessas instituies e suas relaes com as comunidades e a Polcia Militar. O debate, que ser realizado no Plenrio, a partir das 14 horas, foi solicitado pelo deputado Joo Leite (PSDB).



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Maio 19, 2007

    Grande Jacinto Calvi, o nosso Ginos, do IL CANDELABRO, aonde vamos todas aa vezes que estamos em Barbacena, recebeu justa homenagem pelos 50 anos de lideranas na gastronomia italina na Cidade das Rosas. Uma referncia internacional: l que sempre que a agenda permite, que o ministro das Comunicaes, Hlio Costa, vai comer a deliciosa pizza do Ginos. Ns tambm. A foto e a nota so do nosso amigo, o colunista Idinando Borges do www.barbacenaonline.com.br






    Em Barbacena o Grupo Vibraes, homenageou o empresrio Gino Calvi (foto), o homem que fez histria em Barbacena. Nascido na Itlia e h mais de 50 anos na cidade, dirige a sua casa com requinte e apreo gastronomia italiana. Sua casa um fervilhar de acontecimentos: festivos, musicais e da saudade, onde todos que por aqui passaram, no a esquecem por sua cortesia e pelos sabores. Na homenagem, o public relations do Grupo de Choro Vibraes, Santos contou um pouco da histria do empresrio e encerrou a noite executando msicas do cancioneiro italiano. Parabns!



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Maio 19, 2007

    Vereador defende instalao imediatra de Banco de Sangue em Barbacena. Nota vem do site www.barbacenaonline.com.br











    H cerca de quinze dias foi noticiada por toda a imprensa a falta de sangue nos hospitais de Barbacena. Segundo o mdico Welfane Cordeiro Jnior, um dos diretores do Ibiapaba, cirurgias importantes, de alta complexidade, no esto sendo realizadas porque no h sangue para reposio durante e aps os processos cirrgicos. Por conta disso, os pacientes so mandados de volta para a casa.

    Da redao - Arquivo









    Vereador Amarlio de Andrade apresenta Memorial pedindo ao governo do Estado a implantao de um banco de sangue na cidade






    O assunto repercutiu e levou o vereador Amarilio de Andrade a apresentar um Memorial pedindo ao governo do Estado a implantao de um banco de sangue em Barbacena. O documento recebeu a assinatura de todos os vereadores.
    Toda a cidade est acompanhando o grande problema vivido pelos hospitais com a falta de sangue. Diante disso, e sabendo do sofrimento que as direes dos hospitais esto enfrentando, entendemos por bem formalizar um Memorial dirigido a vrias autoridades do Estado, justificou Amarlio de Andrade. O vereador reforou, ainda, que no pode ser colocada em risco a vida dos pacientes que dependem de cirurgia e so dispensados do hospital.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Maio 19, 2007

    NOP RUMO CERTO.









                               Minas cumpre metas estipuladas pelo Tesouro Nacional

     









    Carlos Alberto/Imprensa MG

    O Governo de Minas cumpriu as metas acertadas com o Tesouro Nacional, dentro do Programa de Reestruturao e Ajuste Fiscal relativo ao exerccio de 2006. Aps analisar os nmeros apresentados pelas secretarias de Estado de Fazenda (SEF) e de Planejamento e Gesto (Seplag), a chefe da misso do Tesouro, Maria da Salete Medeiros Moreira (foto), confirmou, nesta sexta-feira (18), em Belo Horizonte, que, pelo terceiro ano consecutivo, Minas manteve o equilbrio de suas contas fiscais.


    O Estado de Minas Gerais est no caminho certo de ajuste fiscal e benefcio para sua populao com os resultados obtidos. Minas est tendo muito sucesso nas medidas adotadas tanto de crescimento da receita quanto de eficincia no gasto e, com isso, est tendo um xito em benefcio da populao, afirmou Maria da Salete, em entrevista.


    Uma das principais metas acertadas com o Tesouro foi a relao da Dvida Financeira com a Receita Lquida Real. Nesse item, o acordado era que a relao seria de 2,64, mas o Estado obteve um resultado melhor, de 2,58.


    O resultado primrio tambm foi superior ao acertado com o Tesouro Nacional. Os nmeros finais indicam um resultado de R$ 1,66 bilho, enquanto a meta firmada de R$ 1,57 bilho.


    Minas Gerais obteve sucesso ainda no gasto com pessoal. Enquanto a meta prevista indicava que as despesas deveriam ser de, no mximo, 60,49% da Receita Corrente Lquida, o percentual final foi de 58,59%. Na arrecadao prpria, o estipulado pelo Tesouro era de R$ 20 bilhes, mas o Estado conseguiu arrecadar R$ 20,7 bilhes.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Maio 18, 2007

    S.O.S MULTAS ABUSIVAS, coloca a boca no trombone contra a BHTRANS. O presidente da ONG, o executivo de hotelaria, Jos Aparecido Ribeiro, alerta os motoristas para se mobilizarem contra o que chama de " abusos da BHTRANS, que disfaradamente, com o argumento de que preciso punir motoristas infratores, alimenta uma verdadeira Indstria das Multas na capital Mineira". Ele ligou hoje para nosso BLOG DE NOTCIAS para falar sobre o assunto. Confira!

                                O presidente da ong  S.O.S MULTAS ABUSIVAS, Jos Aparecido Ribeiro disse ao nosso BLOG DE NOTCIAS, que das 500 mil multas aplicadas em BH, somente 7% delas (cerca de 35 mil) tiveram seus recursos acatados pela BHTRANS. Isto, segundo ele, mostra que a Bhtrans desestimula os motoristas a recorrerem das multas, porque cria a imagem de que " no adianta perder tempo, porque poqussimos vo escapar da canetada dos fiscais do rgo".

                                Outro ponto criticado pelo presidente da ONG, " a aplicao de multas por RADARES ESCONDIDOS, num flagrante desrespeito lei, que determina a obrigatoriedade da colocao de placas e avisos de que al, naquele local, tem um radar. Jos Aparecido Ribeiro, extranha ainda que tcnicos, que se dizem especialistas em trnsito, afirmarem que esconder radar est correto, que preciso punir com rigor, porque seno os motoristas sairo por a cometendo loucura no trnsito da capital. Quem comete loucura deve ser preso, punido severamente, claro, concorda Jos Aparecido. O que no pode - completa ele - usar este argumento de exceo para punir a imensa maioria dos motoristas, com multas abusivas, atravs de radares escondidos".

                                E continua Jos Aparecido Ribeiro: " o que no pode a BHTRANS usar este argumento para aplicar multas abusivas, com radares escondidos e com um limite de velocidade dos tempos do ona - 60 kms por hora. Ora, este limite foi para o tempo em que tnhamos os carros, que o ex-presidente Color de Melo chamou de "carroas". O limiete deveria ser de 70 ou 80 kms, por hora. No vale o argumento de que a lei. Vamos mudar a lei, afinal quando se cria uma legislao para garantir os direitos do mais fraco diante dos poderosos. E se, como ocorre em BH, o poder pblico abusa do cidado, o jeito fazer uma ampla campanha para mudar a lei",  desabafa Jos Aparecido Ribeiro. 

                                O presidente da ONG S.O.S Multas Abusivas, deixa claro favorvel colocao de barreiras eletrnicas nos pontos de maior movimento da capital, tudo s claras. E no radares escondidos, que disfaram a indstria das multas, praticada em BH, pela BHTRANS. rgo que arrecadou com as 500 mil multas aplicads em 2006, cerca de 45 milhes de reais -afirma ele.

                                  BOCA NO TROMBONE:
                                  O presidente da Ong S.O.S Multas Abusivas est sendo procurado pela mdia e vem dando entrevistas sobre o assunto e pretende levar o caso Comisso de Defesa do Consumidor da Assemblia Legislativa na prxima semana. Vai procuar o advogado e deputado Dlio Malheiros para solicitar a realizao de uma Audincia Pblica para passar a limpo o assunto.

                                  Ele nos deu o site
    www.sosmultasabusivas.com.br para quem quiser reclamar e mostrar as multas abusivas que as pessoas sofreram. Deixou ainda, o telefone celular dele: (31) 9953-7945. 


                                  VALE AQUI publicar notcia de hoje, que est na Folha on Line, que se encaixa como suporte argumento acima do presidente da ONG S.O.S MULTAS ABUSIVAS, Jos Aparecido Ribeiro:

                                                 Denatran obriga sinalizao de alerta de radares a partir de segunda



    Vence na segunda-feira (21) o prazo estipulado pelo Denatran (Departamento Nacional de Trnsito) o prazo para a instalao de placas de sinalizao nas vias onde estiverem instalados equipamentos medidores de velocidade --os radares.

    A determinao est prevista na Resoluo 214 do Contran (Conselho Nacional de Trnsito), publicada em 22 de novembro de 2006. Alm de prvia sinalizao para alertar sobre a existncia de fiscalizao eletrnica na via, a norma prev tambm que os equipamentos estejam disponibilizados de forma visvel.

    Segundo o Contran, o objetivo que os equipamentos de fiscalizao sejam vistos como uma forma de alertar os condutores de que a via requer mais ateno e cuidado.

    A Resoluo exige ainda que os rgos de trnsito apresentem ao Denatran estudos que comprovem a necessidade e a eficcia do uso de medidores de velocidade.

    Os estudos devero ser encaminhados s Jaris (Juntas Administrativas de Recursos de Infraes), aos Conselhos Estaduais de Trnsito, alm de ficarem disponveis ao pblico na sede dos rgos de trnsito.

    A lei recomenda tambm a adoo de barreiras eletrnicas sempre que os estudos tcnicos constatarem elevado ndice de acidentes ou no comprovem sua reduo por meio dos demais equipamentos.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Maio 18, 2007

    ABIH de Minas, tem nova direo. A empresria Silvnia Capanema - leia-se Liberty Hotel - foi empossada na presidncia da entidade, sucedendo o excutivo e filsofo, Jos Aparecido Ribeiro, que comandou com sucesso a ABIH-MG, por quatro anos. Pedro Varela, gerente-geral do Othon Palace tomou posse como vice-presidente executivo. Parabns e sucesso! Matria enviada ao nosso BLOG DE NOTCIAS por Jos Aparecido Ribeiro.




    Joo Luiz dos Santos Moreira, presidente da Federao Brasileira dos
    Conventions & Visitors Bureaux, Jos Aparecido Ribeiro, ex-presidente
    da Associao Brasileira da Indstria de Hotis (ABIH) de Minas Gerais,
    Silvania Capanema, presidente da ABIH-MG Erica Drummond, secretria
    de Estado de Turismo do estado, Ronaldo Vasconcelos, vice-prefeito de
    Belo Horizonte, e Eraldo Alves da Cruz, presidente da ABIH Nacional
    (fotos: divulgao)


    Outros hoteleiros vo atuar na nova gesto da entidade:

    - Henrique Michel, diretor do Cip Veraneio Hotel - segundo vice-presidente
    - Omar Caffaro, gerente geral do Mercure BH Lourdes - terceiro vice-presidente


    Pedro Varella, primeiro vice-presidente e coordenador executivo da
    ABIH-MG, e Silvania Capanema, presidente da entidade



    Maarten van Slyus, diretor de hotis de rede da ABIH-MG, Silvania
    Capanema, presidente da entidade, Eraldo Alves da Cruz, presidente da
    ABIH Nacional, Jos Aparecido Ribeiro, ex-presidente da ABIH-MG,
    e Pedro Varella, primeiro vice-presidente e coordenador executivo


    Em discurso, Eraldo Alves da Cruz, presidente da ABIH Nacional, ressaltou a importncia de se fortalecer e expandir o nmero de associados, que hoje de 112 no estado de Minas Gerais, tendo em vista que existem mais de 2,8 mil meios de hospedagem cadastrados.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Maio 18, 2007

    Correios, presididos por Carlos Henrique Custdio, mineiro de Paraispolis, sul de Minas, sai na frente em ao internacional. Agora a vez do Per.

     
                                           Exporta Fcil chega ao Peru.
                               Uruguai ser o prximo a fechar acordo

     
                                            Servio dos Correios estimula o crescimento
                                            das micro e pequenas empresas brasileiras

     O Peru ser o primeiro pas da Amrica do Sul a repetir o sucesso do Projeto de Exportaes por Remessas Postais para Micro e Pequenas Empresas, conhecido como Exporta Fcil.  A cooperao tcnica com o governo brasileiro, iniciada em fevereiro, tem como objetivo simplificar as exportaes feitas por meio dos servios postais e impulsionar o setor.
     
    O acordo resultado da participao do Ministrio das Comunicaes na IIRSA (Iniciativa para Integrao da Infra-Estrutura Regional Sul-americana). O Exporta Fcil foi selecionado entre diversos projetos e ficou entre as 31 iniciativas consideradas prioridade para os pases da Amrica do Sul. As aes no Peru so financiadas pelo Banco Mundial e servem como piloto para a expanso em outros pases.
     
    A proposta incrementar o fluxo comercial das micro e pequenas empresas, facilitando o acesso ao mercado internacional. Com menos burocracia e custos menores, os resultados vistos no Brasil tm sido a gerao de empregos e o desenvolvimento das regies onde as empresas esto instaladas. O projeto existe no pas desde 1999. Somente no ano passado, cerca de seis mil empresas brasileiras utilizaram o Exporta Fcil.
     
    "As micro e pequenas empresas so as que mais empregam no Brasil, e a ampliao do Exporta Fci vai estimular o crescimento desses empreedimentos - essenciais para a economia nacional", disse o ministro das Comunicaes, Hlio Costa.
     
    Com a iniciativa, o Ministrio das Comunicaes e a Empresa Brasileira de Correios e Telgrafos tornam-se precursores na Amrica do Sul. O prximo pas a ser beneficiado o Uruguai, com o qual j foi firmada parceria. Outros vizinhos tambm j solicitaram a incluso no projeto, como Equador, Colmbia, Venezuela e Argentina.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 17, 2007

    EM PRIMEIRA MO: saiu a fumacinha branca.O senador Eliseu Resende, o novo presidente do DEM de Minas - Democratas, ex-PFL.

                                A deciso foi comunicada, agora pouco, a esse BLOGUEIRO, pelo deputado estadual Gustavo Correia. Com isso, prevaleceu o bom senso mineiro, j que havia uma disputa acirrada pela presidente do DEM em Minas, entre os deputados federais Carlos Melles e Victor Penido, ex-prefeito de Nova Lima. Chegou-se a falar que o "tertius" seria o jovem deputado Gustavo Correia. Mas, a sada acabou sendo mesmo o experiente senador Eliseu Resende, acalmando os nimos dentro do recm criado DEM, ex-PFL.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 17, 2007

    Curso para jornalistas: POR DENTRO DO MERCADO DE CAPITAIS. Com a economista RITA MUNDIM. A informao veio para o nosso BLOG DE NOTCIAS enviada pela Multitexto, do nosso amigo, o jornalista Shubert Arajo.

    Apimec realiza curso sobre Mercado de Capitais para jornalistas das redaes



     
    Modalidade in company do mdulo ser feita inicialmente nas redaes de quatro veculos de comunicao





    A Associao dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais de Minas Gerais (Apimec-MG) realiza entre os dias 15 de maio e 13 de junho o curso Introduo ao Mercado de Capitais para jornalistas. O curso ser ministrado na modalidade in company (nas prprias sedes dos jornais) inicialmente para profissionais de quatro redaes (Dirio do Comrcio, Rdio CBN, Hoje Em Dia e O Tempo), pela economista e analista de investimentos, Rita Mundim.



     
    A idealizao e formatao do projeto da Multitexto Comunicao Empresarial. O evento faz parte do planejamento estratgico da entidade para o exerccio de 2006, dentro do programa de relacionamento da Apimec-MG com os seus diversos pblicos, entre eles os profissionais da imprensa, para os quais est planejado um segundo evento ainda no segundo semestre deste ano.  



     
    Na pauta do curso sero analisados os conceitos de moeda e poltica monetria; meios de pagamento; controle da oferta de moeda e da taxa de juros; mercados monetrios; mercado de cmbio; mercado de crdito; mercado de capitais; poltica fiscal; poltica cambial; instrumentos de poltica monetria; open market; reservas compulsrias; redesconto; estrutura e funcionamento do Sistema Financeiro Nacional; finanas empresariais e a capitalizao das empresas; o processo de globalizao das economias e as transformaes mais recentes no mercado de capitais brasileiro; bolsa de valores; noes de anlise de balanos, entre outros contedos.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 17, 2007

    Vem a, dia 29, o evento " RECICLAR-SE: A TECNOLOGIA E O SER HUMANO - alinhamento e cinergia". Confira. Vale a pena!

                Pessoas, Gesto do Conhecimento, Tecnologia da Informao,




    Como se inter-ralacionam?

    Como podem afetar o crescimento da Pequena e Mdia Empresa?


    NO PERCAM ESTA OPORTUNIDADE !



    a ser realizado em: 29/05/2007 

    no Auditrio da Cmara de Comrcio Americano - AMCHAM,  BH-MG.


    Para maiores informaes clique na imagem abaixo ou acesse o site: www.reciclar-se.com.br.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Maio 16, 2007

    Ministro das Comunicaes, senador Hlio Costa, abre agora noite, em JF, na Zona da Mata, o XII Congresso de Cincias da Comunicao da Regio Sudeste. s 19h30m na UFJF.

     

    Hlio Costa participa do Intercom
    Sudeste em Juiz de Fora

     

    Mercado, Regio e Comunicao na
    Sociedade Digital tema do evento

    O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, participa da solenidade de abertura do XII Congresso de Cincias da Comunicao na Regio Sudeste, no Intercom Sudeste 2007, nesta quarta-feira (16/05), s 19h 30, na UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora).
     
    O consultor jurdico do Ministrio das Comunicaes, Marcelo Bechara, tambm participa do evento, no painel Comunicao e Sociedade, com o tema Internet: regulamentao e desafios jurdicos, na quinta-feira (17/05) s 18 horas.
     
    Congresso
    Evento promovido pela Intercom Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicao, em parceria com a Faculdade de Comunicao da UFJF, entre os dias 16 e 18 de maio, com o tema Mercado, Regio e Comunicao na Sociedade Digital.














                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Maio 16, 2007

    REAJUSTE de 33,1% - distribudos por trs anos (2007/08 e 2009) - foi aprovado em 2 turno esta manh. Vai agora pra sano do governador Acio Neves, que tem 15 dias para aprovar ou vetar o projeto. Veja todos os detalhes na matria que veio do www.almg.gov.br

                                             ALMG aprova em 2o turno projeto de reajuste para segurana pblica

    Aps 23 dias de intensos debates e discusses, provocados principalmente pelo representante da categoria, deputado Sargento Rodrigues (PDT), o Plenrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais aprovou em 2o turno, na manh desta quarta-feira (16/5/07), com 42 votos favorveis, o Projeto de Lei (PL) 929/07, do governador, que concede reajuste de 33,1%, para os prximos trs anos, aos servidores da segurana pblica. A matria, que tramitava em regime de urgncia, foi aprovada na forma proposta pelo Executivo. J as trs emendas apresentadas pelo deputado Sargento Rodrigues em Plenrio foram rejeitadas. A emenda n 1 concedia o reajuste de 33,1% em uma nica parcela; a de nmero 2 institua o 1o de junho como data-base da categoria; e a emenda n 3 estabelecia como de risco as atividades dos militares do Estado, policiais civis e de segurana penitencirios e socioeducativos.

    Da forma aprovada pela Assemblia Legislativa, o PL 929/07 concede reajuste de 10% para policiais civis, militares, bombeiros e agentes de segurana penitencirios e socioeducativos, a partir de setembro de 2007; e, sobre os valores resultantes da aplicao desse reajuste, o projeto determina um ndice de 10% em setembro de 2008 e, nessa mesma lgica, em setembro de 2009. Outros cargos mais graduados dentro das polcias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros tero aumentos entre 11,2% e 14,83%, em setembro de 2007, com a previso de novos ndices em 2008 e 2009. O impacto financeiro do reajuste proposto pelo governador do Estado ser da ordem de R$ 1,09 bilho.

    Depois de receber o parecer de redao final, que tambm passa pela votao do Plenrio, o projeto ser enviado sano do governador Acio Neves. Antes de ser votado em Plenrio, a matria foi analisada na manh desta quarta pela Comisso de Administrao Pblica, que emitiu parecer de 2o turno favorvel matria na forma original.

    Desabafo - Para o deputado Sargento Rodrigues, mesmo fazendo todos os apelos ao Executivo e esclarecendo a categoria sobre o reajuste, no houve a sensibilidade devida para os servidores da segurana pblica. "No justo que esses servidores continuem a morrer no trabalho e sem receber o adicional de periculosidade", afirmou o parlamentar ao lembrar que, de janeiro de 2003 a abril de 2007, 118 servidores da segurana pblica morreram no exerccio da atividade. Para o deputado Sargento Rodrigues, mesmo fazendo todos os apelos ao Executivo e esclarecendo a categoria sobre o reajuste, no houve a sensibilidade devida para os servidores da segurana pblica. "No justo que esses servidores continuem a morrer no trabalho e sem receber o adicional de periculosidade", afirmou o parlamentar ao lembrar que, de janeiro de 2003 a abril de 2007, 118 servidores da segurana pblica morreram no exerccio da atividade.

    Em tom de desabafo, destacou que sua luta em defesa da categoria continua e afirmou que vai lutar por outras conquistas, como a definio da carga horria para policiais militares e bombeiros; a regulamentao dos 25 dias teis de frias para os servidores de segurana; e o adicional de periculosidade. Destacou ainda a Proposta de Emenda Constituio 3/07, de sua autoria, que concede aposentadoria especial ao policial civil, que deve ser analisada pela Casa em at 60 dias.

    Sargento Rodrigues lembrou tambm as conquistas obtidas na ALMG, para o servidores da segurana, fruto, segundo ele, de negociao poltica. Entre as conquistas ele destacou o abono fardamento, o adicional trintenrio, a penso vitalcia integral para vivas de militares, a promoo de cabos e soldados militares e a nova carreira dos policiais civis.

    Projeto traz escalonamento de reajuste

    O PL 929/07 traz escalonamento de reajuste para os seguintes cargos:

    * Para os cargos das carreiras dos policiais civis; postos e graduaes da PM e do Corpo de Bombeiros Militar; carreiras de agente de segurana penitencirio e socioeducativo: 10% de reajuste a partir de 1/9/07. Tambm se prope esse reajuste para os valores remanescentes das parcelas mensais dos contratos temporrios de prestao de servios de agentes de segurana penitencirio e socioeducativo, celebrados com base em lei de 1990. Sobre os valores resultantes da aplicao desse reajuste, o PL estabelece um reajuste de 10%, com vigncia a partir de 1/9/08.

    * Para o posto de tenente-coronel da PM e do Corpo de Bombeiros Militar e o cargo de delegado de Polcia, nvel especial, grau E, 14,83% de reajuste a partir de 1/9/07. Sobre os valores resultantes da aplicao desse reajuste, o PL estabelece um ndice de 14,62% a partir de 1/9/08.

    * Para o posto de terceiro-sargento da PM e do Corpo de Bombeiros Militar e o cargo de agente de Polcia, nvel II, grau E, e de escrivo de Polcia, nvel II, grau E, 11,8% de reajuste a partir de 1/9/07.

    * Para os cargos de agente de Polcia, nvel III, grau A, e de escrivo de Polcia, nvel III, grau A, 11,2% de reajuste a partir de 1/9/07. Sobre os valores resultantes da aplicao do reajuste de 11,8% e de 11,2%, o PL estabelece um reajuste de 11,77% a partir de 1/9/08.

    Finalmente, para o ano de 2009, a partir de 1 de setembro, prope-se um reajuste de 10%, comum a todas as categorias de servidores, sobre os valores resultantes dos reajustes anteriores

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 15, 2007

    APROVADO em 1 turno projeto do governo do Estado que d aumento s polcias: militar, civil e corpo de bombeiros. Emendas que propunham antecipar o reajuste de setembro para maio e davam 25% de periculosidade aos policiais, foram rejeitadas pela base de governo na votao de agora noite.

                                O plenrio da reunio extraordinria deste noite de tera-feira estava lotado de deputados e deputadas. O projeto de aumento foi aprovado em primeiro turno, com a rejeio das emendas do deputado Sargento Rodrigues,PDT, e Elisa Costa, PT, que previam mudanas no projeto original enviado Assemblia Legislativa, pelo governador Acio Neves. O projeto ser agora votado em segundo turno ainda esta semana. O reajuste previsto de 33,7%, em trs parcelas: setembro de 2007, 2008 e 2009. O reajuste, representa um desembolso para os cofres do governo de Minas, de 1 bilho de reais.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 15, 2007

    ECONOMIA. Leia matria enviada ao nosso BLOG DE NOTCIAS pelo SINPAPEL de Minas.

    Prezado Sr. Joo Carlos,
    Segue matria do Jornal Dirio do Comrcio, publicada no dia 15 de maio de 2007 pg. 15, para se possvel divulgao em seu Bolg.

    Antecipadamente agradeo, Dbora Weitzel Borges,
    Coordenadora AdministrativaSINPAPEL
    Sindicato das Indstrias de Celulose, Papel e Papelo no Estado de Minas Gerais.

                 Setor de papel tem estagnao

     Importao gera crescimento somente de 3% nas vendas de papelo ondulado em Minas Gerais

                                                                 Paola Carvalho- reprter

                            A importao de manufaturados como txteis, calados, brinquedos e cosmticos afeta no s os concorrentes diretos, mas toda a cadeia produtiva. A entrada de produtos estrangeiros no pas foi responsvel pelo crescimento de apenas 3% das vendas mineiras de papelo ondulado e pela estagnao da comercializao de papel no primeiro trimestre de 2007 em comparao com o mesmo perodo do ano passado, Segundo o presidente do Sindicato das Indstrias de Celulose, Papel e Papelo no Estado de Minas Gerais (SINPAPEL), Antonio Eduardo Baggio. 

                         Incluindo o desempenho da indstria de celulose, representada no Estado principalmente pela Celulose Nipo Brasileira (CENIBRA), instalada em Belo Oriente (Vale do Rio Doce), o faturamento do setor em Minas avanou 11,3% de janeiro a maro de 2007 sobre igual intervalo de 2006, conforme levantamento da Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG). De acordo com a entidade, foram justamente as exportaes de celulose que alavancaram o resultado do perodo.

                        "Cabe destacar que as variaes nas vendas desse segmento so freqentes em funo da disponibilidade de navios para embarques de mercadorias. Com os atrasos ocorridos nos meses de janeiro e fevereiro, houve um acumulo de mercadorias para embarque em maro, o que fez com as vendas do primeiro trimestre do ano superassem as vendas do mesmo trimestre do ano passado", aponta a FIEMG.

                        No pas, as vendas de papelo ondulado registraram crescimento de 11,3% em abril em relao ao mesmo ms do ano passado, atingindo 193,9 mil toneladas. Na comparao com maro deste ano, o resultado representa queda de 2,91%. Nos primeiros quatro meses do ano, o segmento acumula alta de 5,3%, para 737,9 mil toneladas comercializadas, superando as expectativas da Associao Brasileira do Papelo Ondulado (ABPO).
     
                         Historicamente, Minas responde por 15% deste volume. Baggio destacou que o perfil do setor de papelo ondulado em Minas bem diferente de outros Estados. "Enquanto a economia mineira est baseada em produtos primrios, a de So Paulo, por exemplo, est apoiada em produtos acabados,  o que requer mais embalagem. Alm disso, as indstrias instaladas em Minas so muito grandes e demandam embalagens industriais. 

                          No Estado, no h tantas indstrias de pequeno e mdio porte, que so as principais fomentadoras do setor de embalagens", explicou o presidente do SINPAPEL. De 2005 para 2006, o faturamento do grupo celulose, papel e papelo registrou crescimento de 2% e em 2007 sobre o ano passado deve repetir o ndice. 

                         Minas conta com cerca de 150 empresas de celulose, papel e papelo, incluindo de artefatos. Aproximadamente 70% esto na Regio Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). O setor emprega em torno de 34 mil pessoas.


     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 15, 2007

    BOM SINAL.O papel do Parlamento na democracia mundial.

                                             Embaixador do Ir defende dilogo entre os povos em visita ALMG

    O presidente da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), recebeu o embaixador do Ir no Brasil, Seyed Jafar Hashemi, em visita de cortesia, realizada na manh desta tera-feira (15/5/07). Durante o encontro, o tambm presidente da Organizao Iraniana das Reunies Internacionais falou sobre a importncia do dilogo entre as naes no mundo globalizado e apontou o Parlamento como importante rgo de defesa da democracia.

    Alberto Pinto Coelho considerou a visita importante no processo de integrao entre os dois pases. Para ele, encontros como esse fortalecem a diplomacia e a busca pela paz. "Brasil e Ir compartilham o ideal da democracia e ambos entendem que o Parlamento uma importante ferramenta nessa misso", disse.

    O embaixador falou ainda sobre questes econmicas, religiosas e culturais do Ir e do papel do Legislativo na unificao dos iranianos. "Apesar da vivermos em uma nao majoritariamente muulmana, o Parlamento o nico rgo capaz de reunir, por meio da representao popular, diferentes religies e idias, de forma democrtica", explicou.

    O presidente da ALMG foi presenteado com livros e postais sobre a histria e cultura do Ir, e presenteou o embaixador com exemplares de pedras semipreciosas encontradas em Minas Gerais.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 15, 2007

    Deu no portal www.barbacenaonline. com.br (Vale conferir!).






    Artista barbacenense apresenta obra que venceu concurso para pintar retrato do Papa


















    Exatamente a dois anos atrs, entre muitos artistas brasileiros e estrangeiros, o artista plstico e restaurador barbacenense Luiz lvaro Esteves, foi um dos dez artistas selecionados para pintar o retrato do Papa Bento XVI na forro da histrica Igreja de Santo Antnio da Cachoeira no cidade paulista de Piracaia, prxima a capital.

    Divulgao









    Esteves ao lado do quadro que
    d seqncia ao trabalho de Antoni






    A igreja do sculo XIX possui o retrato de todos os Papas pintados no forro da nave pelo artista lituano Antoni Navickas falecido seis meses aps ter realizado seu ltimo trabalho, pintando o retrato do Papa Joo Paulo II em 1978. Assim, Esteves d continuidade ao trabalho do artista lituano, deixando seu nome marcado no acervo histrico daquela Igreja.











    Reproduo do quadro que fica
    ao centro da "nave da igreja"

    O interior da Igreja com todos
    os quadros dos Papas



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 15, 2007

    HORA DE MOSTRAR TRABALHO. Com a mo na massa. A vez da publicidade mostrar o que a Asssemblia de Minas realiza. Asa e Tom Comunicao com a palavra.

                        ALMG apresenta linhas de trabalho a agncias de publicidade


    As linhas de trabalho definidas pela Mesa da Assemblia Legislativa de Minas Gerais para o binio 2007/2008 foram apresentadas pela direo da Casa a presidentes, executivos e funcionrios das duas agncias que venceram a licitao de publicidade feita pelo Legislativo mineiro, a Asa Comunicao e a Tom Comunicao. A reunio foi realizada nesta segunda-feira (14/5/07), no Salo Oficial do Edifcio Tiradentes, com a presena do presidente da ALMG, deputado Alberto Pinto Coelho (PP). Ele destacou que a Mesa d a direo dos trabalhos, mas que a Assemblia tem 77 lderes, que representam a sociedade e que devem ser envolvidos nas decises.

    O diretor-geral, Eduardo Moreira, e o secretrio-geral da Mesa, Jos Geraldo de Oliveira Prado, destacaram os trs grandes temas que devem ser abordados pela instituio: o desenvolvimento social, que compreende o combate pobreza e desigualdades regionais; a reviso do pacto federativo, que abrange tanto as questes tributrias quanto as competncias da Unio, Estado e Municpios; e o desenvolvimento econmico, com a identificao das potencialidades e vocaes especficas de Minas Gerais.

    Eles ressaltaram, ainda, que as aes de comunicao devem ser norteadas, entre outros pontos, de forma a mostrar que as atividades da Assemblia interferem diretamente na vida das pessoas. "O grande desafio que a instituio que se intitula o Poder do Cidado seja reconhecida por esse cidado como sua representante", destacou tambm o presidente Alberto Pinto Coelho.

    Tambm participaram da reunio o presidente da Tom Comunicao, Euler Andrade; os diretores da Asa, Edgar Melo e Lcio Melo; executivos das duas agncias de publicidade; o diretor-geral adjunto, Evamar Jos dos Santos; o diretor de Comunicao Institucional da ALMG, Lcio Perez; a diretora Legislativa, Cludia Sampaio; a diretora de Administrao e Recursos Humanos, Maria de Lourdes Capanema Pedrosa; o procurador-geral da ALMG, Lus Antnio Prazeres Lopes; alm de gerentes-gerais e servidores da Diretoria de Comunicao Institucional.






                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 15, 2007

    A VEZ do Interior de Minas. Desta vez foi em Passo, que fez 149 anos.









                               Acio inaugura rodoviria e destilaria de lcool em Passos

     









       

    Omar Freire/Imprensa MG


    O governador Acio Neves inaugurou, nesta segunda-feira (14), em Passos, no Sudoeste de Minas, o novo terminal rodovirio da cidade, uma obra do Governo do Estado, e a destilaria de lcool da Usina Itaiquara. As obras foram entregues durante as comemoraes pelos 149 anos de emancipao do municpio de 100 mil habitantes e plo de desenvolvimento econmico da sua regio.
    O Governo de Minas investiu R$ 4,4 milhes na construo do Terminal Rodovirio Presidente Tancredo Neves. A obra faz parte do Minas Avana, programa criado em 2005 para executar aes de infra-estrutura nas cidades-plo do Estado. A Prefeitura de Passos foi parceira na obra, liberando o terreno e investindo R$ 300 mil.
    Hoje, o que estamos vendo um grande e antigo sonho da comunidade de Passos se transformando em realidade. Essa nova rodoviria no um presente do governador do Estado. Ela fruto daquilo que estabelecemos como nico caminho para que Minas reocupasse o seu lugar de condutora de liderana: gesto pblica eficiente e audcia e transparncia na administrao dos recursos pblicos, disse Acio Neves, em pronunciamento.
    A nova rodoviria tem 3 mil metros de rea construda e foi projetada para atender a 140 nibus por dia. A sua localizao, no bairro So Francisco, facilita o acesso MG-050, aliviando o trfego no centro da cidade.
    Durante a solenidade, no ptio da rodoviria, o governador foi homenageado com o ttulo de Cidado Honorrio de Passos e tambm da cidade vizinha de Delfinpolis.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 14, 2007

    Em tempos do boom mundial do lcool: governador inaugura, em PASSOS, Destilaria de lcool do grupo Itaiquara. Foram investidos quase 47 milhes de reais pela iniciativa privada.









    Acio inaugura obras e participa dos 149 anos de Passos

     

    O governador Acio Neves participa, nesta segunda-feira (14), das comemoraes pelos 149 anos do municpio de Passos, no Sudoeste de Minas. Durante a visita, s 10h30, o governador entrega populao o Terminal Rodovirio da cidade, localizado no bairro So Francisco, construdo com recursos estaduais, atravs do Programa Avana Minas. Em seguida, o governador inaugura a Destilaria de lcool do Grupo Itaiquara, que investiu R$ 46,6 milhes na expanso da unidade industrial de Passos.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 14, 2007

    Plenrio da Assemblia recebe amanh, para votao, o pedido de retirada de 5 emendas do governo no projeto de reajuste saslarial das Polcias, em Minas. Confira detalhes! Em tempo: voc poder acompanhar AO VIVO as discusses e a votao pela TV ASSEMBLIA. Em BH, canala 11 a cabo e, no Interior canal UHF.

                 Governo retira emendas ao projeto de reajuste dos Delegados de Polcia.

    O Poder Executivo decidiu retirar as cinco emendas (17 a 21) apresentadas na ltima tera-feira (8/5/07) ao Projeto de Lei (PL) 929/07, do governador, que concede reajuste aos policiais civis, militares, bombeiros, agentes penitencirios e socioeducativos. Documento pedindo a retirada das emendas foi protocolado na Assemblia Legislativa de Minas Gerais nesta sexta (11) e dever ser recebido em Plenrio na prxima Reunio Ordinria, na tera-feira (15).

    As emendas retiradas determinavam reajustes entre 10% e 18,7% nos vencimentos de delegados de polcia, o que gerou descontentamento nas entidades que representam a classe policial, que acusaram o governo de conceder reajustes diferenciados quelas carreiras. Porm, o governador Acio Neves negou essa interpretao e alegou, em sua justificativa, que as emendas decorreram de "um pleito da Polcia Civil com o objetivo de equiparar, de modo absoluto, a remunerao dos cargos da carreira de delegado de polcia com os de oficial da Polcia Militar".

    "Deste modo, o governo, com o propsito de evitar explorao inadequada deste fato, solicita a retirada das referidas emendas, o que em nada altera o projeto de reajuste para as foras de segurana inicialmente anunciada pelo Governo do Estado, em seus ndices, percentuais e prazos", conclui o governador no documento enviado Assemblia.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 14, 2007

    Recomendo: hoje, no Rio de Janeiro, s 18:30. A REFORMA DO ESTADO EM DEBATE" com a ex-deputada Denise Frossard, mineira de Carangola na Zona da Mata.













    Rio de Janeiro, 11 de maio de 2007,

    Reforma do Estado em debate
    A Juza Denise Frossard participar, nesta segunda-feira, s 18h30, da Conferncia Caio Prado Jr. Conversando com o Rio de Janeiro. Andr Corra, Deputado Estadual pelo PPS-RJ, Roberto Freire, Presidente Nacional do PPS, Fernando Gabeira, Deputado Federal pelo PV-RJ e o cientista poltico Luiz Werneck Vianna tambm estaro presentes. O tema em debate ser a Reforma do Estado Brasileiro.

    CONFERNCIA CAIO PRADO JR. - Conversando com o Rio de Janeiro
    Data: 14/05/2007, segunda-feira, 18h30m.
    Local: 6o andar do anexo da Alerj.
    Tema: Reforma do Estado Brasileiro - Reformas Poltica e Eleitoral.
    O evento gratuito e no necessria inscrio prvia.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 14, 2007

    Sai avaliao de risco sobre a economia de Minas, feita pela Austin Rating. Os nmeros e avalio foram analisados pelo novo secretrio de Desenvolvimento Econmico do governo Acio Neves, Mrcio Lacerda. Confira todos os detalhes!









                 Indicador (rating BBB+) para investimento em Minas supera mdia nacional.

     

    A atribuio da segunda melhor avaliao de longo prazo para investimentos (rating BBB+) em escala nacional ao Estado de Minas Gerais, pelo Comit de Classificao de Risco da Austin Rating, vem confirmar o acerto da orientao que o Governo Acio Neves imprimiu na conduo do processo de administrao pblica e desenvolvimento sustentado mineiro. A afirmao foi feita, pelo secretrio de Estado de Desenvolvimento Econmico, Mrcio de Lacerda, ao avaliar o indicador daquela agncia.

    A avaliao de Minas supera a mdia do Brasil, classificada como BB+ pela agncia Austin. " a comprovao de que o ambiente de negcios no Estado extremamente favorvel aos investidores, superando a mdia nacional", afirmou o secretrio.

    Conforme o relatrio da Austin, a atribuio do rating se fundamenta na capacidade do Estado em honrar seus compromissos, observando, principalmente, sua boa capacidade de arrecadao tributria (66% das receitas correntes), sendo o segundo Estado com maior volume de arrecadao de ICMS, alm de sua relevncia quanto gerao de riqueza nacional (terceiro Estado mais rico), principalmente, por sua diversidade setorial.

    A atribuio da classificao considerou ainda a expectativa otimista na expanso econmica e da renda per capita, bem como o potencial produtivo instalado e os potenciais de desenvolvimento de setores em expanso da indstria extrativa mineral e siderrgica, alm do panorama internacional favorvel exportao de produtos bsicos e seus derivados.

    Credibilidade

    O secretrio Mrcio de Lacerda lembrou algumas medidas adotadas pelo governador Acio Neves, ainda em seu primeiro mandato, como o Choque de Gesto, que consistiu em um conjunto de medidas de conteno de gastos pblicos e racionalizao da mquina administrativa, e a melhoria do ambiente de negcios. "Adotadas logo no incio do governo, essas aes viabilizaram o resgate da credibilidade de Minas junto aos investidores e agncias de financiamento internacionais, permitindo ainda a repactuao da dvida com a Unio", frisou o secretrio.

    O secretrio explicou ainda que vrios e importantes projetos nos setores de minerao e siderurgia, principalmente, tm encontrado a pronta resposta do Governo de Minas na viabilizao dos trabalhos de infra-estrutura necessrios sua implantao. Lembrou que o Instituto de Desenvolvimento Integrado (Indi), vinculado Secretaria, tem contabilizados, para o perodo 2003 a 2010, investimentos da ordem de R$ 112 bilhes em vrios segmentos produtivos. 

    "Os nmeros so bastante eloqentes e traduzem o esforo do atual governo na atrao de investimentos para setores vitais da economia mineira, promovendo ainda a sua diversificao". Mrcio de Lacerda lembra, tambm, que o Estado conta com uma boa estrutura de apoio ao investidor interno e externo, citando, entre outras instituies pblicas, o BDMG e o prprio Indi, ambos vinculados Secretaria de Desenvolvimento Econmico.

    Austin Rating

    Com 20 anos de atuao, a agncia brasileira Austin Rating realiza a classificao de risco de crdito de empresas, bancos, corretoras de valores, fundos de investimento e, agora, estados e municpios. Com metodologia prpria, a primeira agncia a conceder ratings no pas adapta padres internacionais s particularidades do mercado financeiro nacional. A classificao fundamentada em fatores quantitativos e qualitativos.


    Fatores que determinaram a atribuio do rating foram, de acordo com a Austin, os seguintes:

    1 - Transparncia na divulgao das informaes financeiras de receitas e gastos, disponveis periodicamente no portal do governo na internet, com destaque para os anos mais recentes;

    2 - Avano no cumprimento dos principais indicadores da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), revelando o comprometimento com a austeridade fiscal, com destaque para a reduo do gasto com pessoal e da relao Dvida Consolidada Lquida (DCL) sobre Receita Corrente Lquida (RCL);

    3 - Recorrentes supervits oramentrios e primrios em bons nveis, incorrendo em melhores condies para pagamentos de dvidas, juros e amortizaes;

    4 - Boa infra-estrutura logstica e industrial, fatores que, no mdio prazo, reduzem a necessidade de realizao de novos investimentos, direcionando e concentrando os esforos da gesto fiscal para a reduo de seus passivos contingenciais;

    5 - Ampliao dos investimentos de forma acentuada desde 2003;

    6 - Boa perspectiva nas indstrias extrativa mineral e siderrgica, com desenvolvimento das regies perifricas e cidades do interior mineiro, fatores que so revertidos em maior potencial do volume de arrecadao no Estado;

    7 - Base governista maioria absoluta na Assemblia Legislativa, portanto, reduz o risco poltico da no aprovao das medidas de interesse do Executivo, quanto gesto das contas pblicas do Estado;

    8 - Continuidade poltica com a reeleio do atual governo, corrigindo distores fiscais geradas pela ausncia da sucesso poltica no Estado.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Maio 13, 2007

    Jornal "O MUNICPIO", de Bicas, na Zona da Mata, completa 91 anos. Parabns ao nosso amigo Jos Maria Machado Veiga, que com idealismo e paixo, edita o jornal. Um exemplo de determinao da Imprensa do Interior do Pas, como registra o colunista Csar Romero do jornal Tribuna de Minas de Juiz de Fora. Confira a coluna especial, publicada por CR, neste domingo.












     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Maio 13, 2007

    O ex-ministro Jos Dirceu foi recebido para um requintado jantar na casa do nosso amigo o jornalista Kak Guilermino e sua mulher, tambm colega de profisso, Mal Guilhermino. A nota e a foto so da coluna de Csar Romero da Tribuna de Minas de JF.

                                                          
                                                                 Os anfitries Mal e Kak 
                                                            Guilhermino, com a filha Renata, 
                                                         ladeando o ex-ministro Jos Dirceu.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Maio 13, 2007

    A VEZ DAS MULHERES.

                         Prazo para conferncias municipais de mulheres termina amanh.

    Termina nesta segunda-feira (14/5/07) o prazo para que os municpios mineiros realizem suas conferncias municipais de polticas para as mulheres. At o dia 9 de maio foram realizadas 38 conferncias municipais e 22 conferncias regionais, que elegeram as delegadas para participar da II Conferncia Estadual de Polticas para as Mulheres (II CEPM), marcada para os dias 9 e 10 de julho, no Sesc Venda Nova, em Belo Horizonte.

    O evento tem como objetivos avaliar a implementao e apresentar propostas de alterao do Plano Estadual e do Plano Nacional de Polticas paras Mulheres para o perodo 2004/2007; analisar a participao da mulher nos espaos de poder e elaborar sugestes para ampliar essa participao, alm de eleger as delegadas que representaro Minas Gerais na II Conferncia Nacional, que ser realizada no ms de agosto, em Braslia. A coordenao da II CEPM da Assemblia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), da Coordenadoria Especial de Polticas para as Mulheres e do Conselho Estadual da Mulher.

    Mobilizao - As deputadas estaduais deputadas Glucia Brando (PPS), Maria Lcia Mendona (DEM), Rosngela Reis (PV), e Elisa Costa derem uma entrevista coletiva na Sala de Imprensa da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, na ltima tera-feira (8), e destacaram a importncia da mobilizao dos movimentos sociais femininos para a realizao das conferncias municipais.As deputadas estaduais deputadas Glucia Brando (PPS), Maria Lcia Mendona (DEM), Rosngela Reis (PV), e Elisa Costa derem uma entrevista coletiva na Sala de Imprensa da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, na ltima tera-feira (8), e destacaram a importncia da mobilizao dos movimentos sociais femininos para a realizao das conferncias municipais.

    Na prxima quarta-feira (16) as deputadas tm uma reunio marcada com a chefe da Coordenadoria de Promoo de Polticas Pblicas para as Mulheres da Sedese, Virglia Rosa, na Assemblia, para discutir aes de promoo da conferncia estadual. A prxima reunio da comisso organizadora da II Conferncia das Mulheres est marcada para quinta-feira (17), no 18 andar do Edifcio Tiradentes.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Maio 13, 2007

    Vem a a nova temporada da pea teatral "OS MISTRIOS DE PANDORA", do jornalista Wessery Zago. Os testes para a seleo de atores e atrizes j foram abertos. Confira detalhes da nota enviada ao nosso BLOG DE NOTCIAS.

    Caro Amigo Joo;

    Como sempre, seu trabalho de uma competncia mpar. Mais uma vez voc est de parabns. Aproveito a oportunidade para lhe informar que a pea Teatral Os Mistrios de Pandora - de minha autoria e direo - voltar a ser apresentada em Belo Horizonte e outros estados brasileiros.
     
    Destaco, Joo, que mais de 50 apresentaes j foram encenadas, pelos estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro, sendo, portanto, um espetculo j premiado. Escrevi a pea em 2000 e somente em 2004 que consegui montar o espetculo que, hoje, j reconhecido e aplaudido.
     
    Solicito ao amigo que divulgue em seu conceituado Blog bem como no meio cultural Belohorizontino que Os Mistrios de Pandora j iniciou os Testes de Atores para o novo elenco para a nova temporada. O ensaios tero incio em 15 dias e as informaes podero ser obtiodas pelo meu nmero de celular ou por email.


    Na pea trabalho a dupla encenao constante (o ator interpreta o personagem e ele mesmo) retratando a histria Grega do homem e da mulher, a criao do mundo, a histria da caixa de pandora, etctera. 
     
    Um grande abrao, 
    Wessery Zago
    Jornalista
    31 96593174


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Maio 11, 2007

    Em tempos de vista do Papa ao Brasil. Lanado selo em solenidade que reuniu, em So Paulo, o presidente Lula, o ministros das Comunicaes Hlio Costa e o governador de So Paulo, Jos Serra. Confira o selo com a foto do Papa Bento 16.

     

    Papa Bento XVI participa de lanamento de
    selo comemorativo sua visita ao Brasil

    Selo j est em circulao 

     O Papa Bento XVI foi homenageado com o lanamento de um selo comemorativo em sua visita ao Brasil. O evento foi realizado hoje (quinta-feira 10/05), s 11 horas, no Palcio dos Bandeirantes, em So Paulo, e contou com as presenas do Papa; do Presidente da Repblica, Luiz Incio Lula da Silva; do Ministro das Comunicaes, Hlio Costa; e do Governador de So Paulo, Jos Serra.
     
    O selo mostra a imagem do Papa Bento XVI e da Baslica de Aparecida. A arte de Luiz Santos. A tiragem de 2 milhes e 40 mil unidades.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Maio 11, 2007

    Vem a o SEGURO RURAL do governo de Minas. Alvio para os produtores ruarais.

                   Projeto sobre seguro rural est pronto para o Plenrio em 2 turno

    J est pronto para ser analisado pelo Plenrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, em 2 turno, o Projeto de Lei (PL) 409/07, do governador do Estado, que autoriza o Poder Executivo a conceder subveno econmica aos agricultores que contratarem o seguro rural. A Comisso de Poltica Agropecuria e Agroindustrial aprovou, nesta quinta-feira (10/5/07), parecer de 2 turno favorvel proposio.

    O vice-presidente da comisso e relator do projeto, deputado Padre Joo (PT), opinou pela aprovao do projeto na forma do vencido com a emenda n1, que acrescenta artigo explicitando que a expresso produtor rural tambm inclui os agricultores familiares. Padre Joo explicou que a emenda n1 no altera o contedo do projeto, apenas deixa claro que os agricultores familiares esto includos no projeto, pois, segundo ele, algumas vezes a expresso produtor rural utilizada para denominar apenas os grandes agricultores.

    De acordo com o PL 409/07, a subveno, destinada a cobrir parte do custo do prmio, tem como objetivo facilitar a vida dos agricultores, assegurando a eles a cobertura de eventuais perdas, garantindo a segurana do negcio. O governo federal j subvenciona 50% do valor do seguro. Com a aprovao do projeto, os agricultores mineiros sero beneficiados com 75% do valor das aplices. Como a atividade agrcola considerada de alto risco, o preo do seguro proibitivo para a maioria dos produtores rurais. Os recursos sero provenientes de dotaes oramentrias da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuria e Abastecimento (Seapa) com observncia Lei de Diretrizes Oramentrias (LDO).

    Agricultura Familiar - A comisso tambm aprovou parecer favorvel, de 1 turno, ao PL 56/07, do deputado Weliton Prado (PT), que cria Programa Estadual de Produo Alimentar em Pequenas Propriedades (Preapa). O relator, deputado Chico Uejo (PSB), opinou pela aprovao do projeto na forma do substitutivo n2. A comisso tambm aprovou parecer favorvel, de 1 turno, ao PL 56/07, do deputado Weliton Prado (PT), que cria Programa Estadual de Produo Alimentar em Pequenas Propriedades (Preapa). O relator, deputado Chico Uejo (PSB), opinou pela aprovao do projeto na forma do substitutivo n2.

    O PL 56/07 j havia recebido parecer pela constitucionalidade na forma do substitutivo n1 que retira a criao do Preapa e institui a poltica estadual de incentivo utilizao de sementes de alta qualidade nas propriedades que se dedicam agricultura familiar. O substitutivo estabeleceu vrias incumbncias para o Estado, entre elas, implantar programas e projetos de estocagem e distribuio de sementes de alta qualidade, com a participao de municpios, sindicatos, cooperativas e demais entidades representativas dos agricultores; selecionar e cadastrar os agricultores interessados em participar dos programas; adquirir, armazenar e distribuir as sementes; e promover aes de qualificao profissional dos agricultores interessados, inclusive quanto aos aspectos gerenciais e de comercializao.

    O deputado Chico Uejo concordou com essa alterao, mas apresentou o substitutivo n 2 com o objetivo de realizar algumas alteraes no contedo do projeto. Entre as mudanas est a substituio da expresso "sementes de alta qualidade" pela expresso "semente selecionada", pois, segundo o parecer, o novo termo utilizado permite que os critrios para avaliao da qualidade da semente sejam definidos pelos rgo executores da poltica. Outro exemplo de alterao realizada pelo substitutivo a incluso, entre as incumbncias do Estado, da realizao de programas tecnicamente orientados de produo de sementes com o envolvimento dos agricultores beneficiados.

    Requerimento - Foi aprovado requerimento dos deputados Antnio Carlos Arantes (PSC), Padre Joo e Chico Uejo, solicitando que seja encaminhado ao governo federal documento com os resultados do debate pblico sobre a perda de renda do produtor rural, realizado em 26/3/07, na ALMG. O requerimento ainda pede agendamento de reunio em Braslia com ministros do governo federal para que o tema seja debatido. - Foi aprovado requerimento dos deputados Antnio Carlos Arantes (PSC), Padre Joo e Chico Uejo, solicitando que seja encaminhado ao governo federal documento com os resultados do debate pblico sobre a perda de renda do produtor rural, realizado em 26/3/07, na ALMG. O requerimento ainda pede agendamento de reunio em Braslia com ministros do governo federal para que o tema seja debatido.

    Presenas - Deputados Padre Joo (PT), vice-presidente; Antnio Carlos Arantes (PSC), Chico Uejo (PSB) e Getlio Neiva (PMDB). Deputados Padre Joo (PT), vice-presidente; Antnio Carlos Arantes (PSC), Chico Uejo (PSB) e Getlio Neiva (PMDB).



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Maio 11, 2007

    Copa do Mundo de Jud.











                                 Governador recebe atletas da equipe brasileira de jud

     









    Wellington Pedro/Imprensa MG

    O governador Acio Neves recebeu, nesta quinta-feira (10), no Palcio das Mangabeiras, atletas que participaram da etapa brasileira da Copa do Mundo de Jud, realizada no ltimo fim de semana, em Belo Horizonte. A vinda da Copa do Mundo para a capital mineira foi resultado de uma parceria do Governo do Estado com a Prefeitura Municipal e faz parte das aes para transformar Minas em um dos principais plos esportivos do pas. Este ano, pela primeira vez, o Brasil passou a integrar o circuito, com a realizao da 10 etapa em Belo Horizonte.


    Ser recebido pelo governador Acio Neves uma prova da importncia que o Governo de Minas d ao jud. O governador tem aberto as portas do Estado para grandes eventos. a primeira vez que realizamos uma Copa do Mundo nas Amricas e foi escolhida a cidade de Belo Horizonte como sede da competio, com o apoio do Governo do Estado. Isso representa um fortalecimento do Jud, afirmou o coordenador da Comisso Tcnica da Seleo Brasileira de Jud, Ney Wilson, em entrevista.


    Os atletas recebidos pelo governador esto disputando uma das 14 vagas na Seleo Brasileira, que estar presente nos Jogos Panamericanos, do Rio de Janeiro, em julho. Os nomes que integraro a equipe sero anunciados oficialmente nesta sexta-feira (11), pela Confederao Brasileira de Jud. A equipe ser formada por sete homens e sete mulheres, um atleta por categoria de peso.


    Compromisso


    No encontro (foto), Acio Neves reafirmou o compromisso do governo mineiro de continuar apoiando o esporte especializado. Belo Horizonte tem sediado outras importantes competies de jud, como o Trofu Brasil, em 2003. No ano passado, foi palco do Desafio Internacional de Jud e da Seletiva Nacional de Jud. Tambm aconteceu em Minas a etapa final da Copa do Mundo de Natao de 2005 e 2006. E, neste ano, o Aberto do Brasil de Tnis de Mesa.


    O secretrio-adjunto de Esportes e Juventude, Rogrio Romero, disse que o Governo do Estado fez gestes para trazer a Copa do Mundo de Jud para Minas por acreditar que o Estado e Belo Horizonte tm vocao para sediar esse tipo de evento.


    O sucesso da competio mostrou mais uma vez a nossa determinao e capacidade para sediar eventos internacionais tanto na rea cultural e econmica quanto na rea de esportes, disse o secretrio-adjunto.


    Apoio


    O atleta mineiro Pedro Guedes, campeo brasileiro em 2006, disse que o encontro com o governador foi um estmulo a mais para os atletas. A nossa presena no Palcio das Mangabeiras mostra a grandiosidade do evento que foi realizado em Belo Horizonte. A Copa do Mundo contribuiu para a popularizao do nosso esporte no pas. Foi uma festa muito bonita. E mostra que o jud est bem estruturado e bem organizado e tem tudo para trazer um maior nmero de medalhas para o Brasil no Panamericano, afirmou.  


    Luciano Corra, ouro na Copa do Mundo do Brasil 2007, disse que a realizao da Copa do Mundo de Jud em Minas foi importante por ter sido uma competio indita no pas. Isso prova a importncia que o Governo de Minas atribui ao esporte especializado, apoiando todos os atletas e apoiando a nossa preparao e treinamento rumo aos Jogos Panamericanos. O esporte especializado enfrenta dificuldades, mas voc v hoje uma porta se abrindo em Minas. O governador sempre nos apoiou e o jud est melhorando cada vez mais e hoje estamos entre as cinco potncias mundiais nessa modalidade, ressaltou.  


    Tambm participaram do encontro com o governador o secretrio de Estado de Desenvolvimento Social, Custdio Mattos; e os atletas Leandro Cunha Flavio Canto, Leandro Guilheiro, Joo Derly, rika Miranda, Vania Ishii, Mrcia Vieira, Edinanci Silva, Danielle Zangrando.


     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 10, 2007

    A partir de julho, diz ministro Hlio Costa, o pacote mensal de 600 minutos de acesso Internet, pelo telefone, vai custar R$ 7,50.

     

    Acesso internet pelo telefone fica mais barato
     
    Novo pacote apresentado pelo Ministrio das
    Comunicaes reduz o preo de acesso em cerca de 80%

     O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, anunciou nesta segunda-feira (07/05) que, a partir de julho, as operadoras de telefonia fixa vo oferecer um novo pacote de servios para acesso internet discada.
     
    O pacote mensal de 600 minutos custar R$ 7,50, incluindo os impostos. O servio estar disponvel para os assinantes de linha fixa. O acesso ser das 6 horas da manh meia-noite, o que abrange todo o horrio comercial. No sero alterados os descontos na madrugada, fins de semana e feriados, onde so cobrados apenas dois minutos por um acesso ilimitado, conhecido como perodo de modulao horria.
     
    Segundo o ministro, os 600 minutos que o pacote oferece, combinados com o uso no perodo de modulao horria, so suficientes para cobrir o tempo mdio que o consumidor brasileiro acessa a internet, mensalmente. O Ministrio das Comunicaes calcula que mais de trs milhes de pessoas vo passar a ter acesso internet com o novo pacote.
     
    "Estamos oferecendo ao consumidor mais uma alternativa de preo e tecnologia. Queremos que a internet seja acessvel s famlias de todas as faixas de renda", disse Hlio Costa.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 10, 2007

    Aprovadas contas do Tribunal de Contas de Minas dos anos de 2000, 2001 e 2002.

     
                      Projetos que aprovam contas do TCMG passam pelo Plenrio

    Os deputados da Assemblia Legislativa de Minas Gerais votaram dois Projetos de Resoluo (PREs) na Reunio Extraordinria de Plenrio da noite desta tera-feira (8/5/07). O projetos 2.398/02 e 2.399/02 aprovam as contas do Tribunal de Contas do Estado (TCMG) referentes aos exerccios de 2000 e 2001, respectivamente. Ambos tramitam em turno nico.

    O PRE 2.398/02 recebeu 35 votos favorveis e nove contra. O Plenrio seguiu o parecer da Comisso de Fiscalizao Financeira e Oramentria (FFO), pela aprovao das contas. Segundo o parecer, a prestao atende s normas constitucionais e legais: os recursos financeiros postos disposio do Tribunal foram devidamente registrados; os saldos bancrios refletem a posio do balancete de encerramento; e os demonstrativos enviados relatam a execuo oramentria.

    Na execuo oramentria, a receita realizada totalizou R$ 107.531.841,28 (95,9% do valor previsto). Em relao despesa, foram R$ 111.136.962,61 (103% da receita realizada). Deste total, R$ 97,7 milhes foram gastos com pessoal.

    J o PRE 2.399/02 foi aprovado com 37 votos a favor. Oito deputados votaram contra. Segundo o parecer aprovado pela FFO, o TCMG executou o montante de R$ 122.429.512,10 (99,69% dos crditos autorizados). Na execuo oramentria das despesas, R$ 108,7 milhes foram gastos com pagamento de pessoal. Estas despesas, que concentraram 88,7% da execuo oramentria, tiveram crescimento de 11% em relao ao exerccio de 2000, o que foi motivado pela implantao do plano de carreira dos servidores efetivos.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 10, 2007

    Vem a a mais sofisticada casa noturna da capital mineira, aonde QUEM QUEM vai marcar presena. o PRIMO PRIMA PRIME CLUBB, do artista da noite, o incomprvel, OTVIO CLEMENTINO. O texto abaixo, foi enviado ao nosso BLOG DE NOTCIAS, pelo meu amigo, o empresrio Antonio Baggio, dono da IMBALLAGGIO. Confira os detalhes.

     Prezado Amigo, Joo Carlos Amaral:


                   Com o intuito de ajudar ao amigo Otvio Clementino a agilizar a instalao de sua nova

     casa de entretenimento denominada Primo Prima Prime Club na Rua Gonalves Dias 924/926

     na Savassi, me coloquei disposio para contactar meus amigos e amigas - a grande maioria

     amigos e amigas dele tambm - para difundir o envio de fichas de inscrio de scio do PPP-ASC.

     Se houver interesse da sua parte em se associar ao clube, responda-me dizendo dia, hora,

     e local aonde poderemos enviar um motoboy com a ficha de inscrio de scio para ser 

     preenchida e o correspondente recibo de pagamento da filiao.

      Os scios que se inscreverem agora tero direito frequncia por 2 anos. Quem se inscrever

     depois ter o direito restrito a 1 ano somente.

     O preo para scios  de R$ 1.500,00 e de scias R$ 750,00.

     Sero somente 150 scios de cada categoria.

     Tero acesso ao Primo Prima Prime -A Smoking Club - somente os scios e seus convidados,

     que no entanto pagaro ingresso de entrada de 30,00 a 50,00 dependendo do dia.

     Abaixo um descritivo das atividades do PPP-ASC e das condies de funcionamento, das

     vantagens em ser scio e demais condies e em apenso o estatuto dos associados que

     regular  as relaes entre associados e o clube.


     No aguardo do seu retorno, esperando t-lo(a) como companheiro(a),

     Atenciosamente,

     Antnio Eduardo Baggio.

     31-3491-4022

     31-9166-9188


     -Preferindo dar um retorno direto ao Otvio Clementino disque 31-9984-0295.- 



    Primo Prima Prime A Smoking Club


     O homem da noite Otvio Clementino: go back.

    Com o intuito de restaurar a existncia do espao Primo Prima,

    um grupo de amigos e freqentadores da casa resolvem de

    comum acordo e respaldados nos termos expostos neste compromisso, promoverem a capitalizao financeira necessria para a instalao da confraria em novo espao e localizao.

    Para tanto sero admitidos como scios do novo Primo Prima,

    agora denominado Primo Prima Prime A Smoking Club, os amigos e freqentadores que por tantos anos se acostumaram a desfrutar do ambiente proporcionado pela luz estelar e a mo amiga do Otvio Clementino.

    Smbolo da high night de Belo Horizonte, o Primo Prima acolheu

    durante os seus 28 anos de existncia pessoas de todos os matizes num convvio fraterno, alegre, descontrado, irreverente, inteligente e romntico.

    Comparado a um rio caudaloso que recebe as guas de seus afluentes,

    o Primo Prima Prime A Smoking Club continuar recebendo a todos com os

    braos abertos.

    Com uma programao de eventos variada e fina, o Club promover 4 festas anuais e diversas noites especiais dedicadas ao maiores nomes da msica e do entretenimento mundial.

    Visando dar suporte financeiro para montagem das novas instalaes e sua operacionalizao, o PPP-ASC  emite cartes de scios nas 2 categorias abaixo, com as regalias e benefcios descritos a seguir.


     

    Sero as seguintes as categorias de scios:

    A. Femininos. Contribuio de  R$ 750,00 por scio.

    B. Masculinos. Contribuio de R$1500,00 por scio.


     

    Reciprocidade aos Scios.

    A.Garantia da reserva de mesas at 22:30hs.

    B.Liberao do pagamento do valor cobrado diariamente

        como entrada no PPP-ASC.

    C.Liberao do pagamento do valor cobrado diariamente como

       entrada para os convidados do scio no dia do seu aniversrio. D.Desconto especial  de 20% na compra de garrafas fechadas

       de bebidas.

    E.Desconto de 50% da tarifa cobrada pelo servio de Valet Park,

        nos dias em que o mesmo estiver disponvel.      

    F.Desconto de 25% do couvert artstico em dias de shows ao

        Vivo vlido somente para o scio.

    Vigncia.       

            As condies acima descritas vigiro por 24 meses, para

    primeiros 150 scios de cada categoria. Para os demais essas

    condies vigoraro por 12 meses.

    Identificao.

            Sero emitidas carteiras de scios das categorias acima

            descritas e a identificao na entrada ser obrigatria

            citando um dos dados constantes na mesma.

    Pagamento.

               O pagamento da subscrio do ttulo de scio do

                Primo Prima Prime-A Smoking Club dever ser efetuado

                Juntamente  com a apresentao da ficha de inscrio

                preenchida, em cheque, carto-de crdito Visa ou

                dinheiro contra-recibo.         



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Maio 9, 2007

    Em primeira mo: ser criada a Medalha Tefilo Otoni de Mrito Poltico. O projeto dos deputados Alberto Pinto Coelho, presidente da Assemblia Legislativa de Minas e Getlio Neiva, ex-prefeito de Tefilo Otoni, que fica a 400 kms de BH, no Vale do Mucur.

                                Ficou decidido, segundo o deputado Getlio Neiva, que a Medalha Tefilo Otoni de Mrito Poltico ser entregue em solenidade a ser realizada no final deste ano na cidade natal do lder da Revoluo Liberal, que no Serro. Hoje tarde foi feita a primeira reunio com o prefeito do Serro no gabinete do presidente Alberto Pinto Coelho, aqui em BH, para traas os rumos da solenidade, que vai marcar os 200 anos de nascimento do poltico, que marcou poca na histrias de Minas e do Pas, Tefilo Otoni. J em relao ao projeto criando a Medalha Tefilo Otoni, ele ser apresentado em plenrio nos prximos dias pelo deputado Alberto Pinto Coelho (majoritrio no municpio do Serro) e Getlio Neiva ( que foi prefeito de Tefilo Otoni). Parabns aos dois parlamentares!

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Maio 9, 2007

    Sucesso Presidencial e em Minas. TIME DOS SONHOS do deputado Estadual do PT, Andr Quinto.

                                Agora a pouco, na entrada do plenrio da Assemblia Legislativa, o deputado Andr Quinto traou para o deputado Lafayette Andrada, do PSDB - que ouviu atento com um sorriso enigmtico nos lbios - o que para ele, Andr, o Time dos Sonhos. O governador Acio Neves iria para o PMDB. Seria o candidato sucesso do presidente Lula.

                                Em Minas, o PT tem dois nomes com grande desensidade poltica e eleitoral - o atual prefeito Fernando Pimentel e o ministro Patrus Ananias, ex-prefeito de Beag - um deles, depois de uma discusso interna no PT, ser o candidato a governador. O mais provvel seria: Pimentel para governador e Patrus Ananias para uma, das duas vagas, para o senado. A outra iria para o PSDB, ou quem sabe, para o ministro Walfrido dos Mares Guia, quem sabe.

                                um time muito forte, esse imaginado pelo deputado Andr Quinto. S que ser necessria uma ampla e complexa costura, que passa pelo atual vice-prefeito de BH, Ronaldo Vasconcellos.

                                E o ministro das Comunicaes, Hlio Costa, que teve sempre mais de 3 milhes e meio de votos, quase chegando ao Palcio da Liberdade, por duas vezes? bom relembrar, que o senador Hlio Costa, nas ltimas eleies municipais em BH, deixou de apoiar a ex-deputada Maria Elvira, do seu partido o PMDB, para apoiar o atual prefeito Fernando Pimentel. 
                                 
                                H quem diz ainda, que a chapa ideal seria Hlio Costa na cabea e Pimentel na vice. Hlio Costa e o PMDB garantiriam os votos necessrios no interiorzo de Minas e Pimentel em BH e na regio metropolitana, que renem cerca de 35% de todo o eleitoral do Estado.

                               normal, que em poltica, nesse caso haja uma reciprocidade. Mas, a resposta a esta situao, s vir em 2010, que tem pela frente uma Eleio. A de 2008 para prefeito. Esta sim, ser uma acomodao de lideranas, da saindo um quadro bem traado para a disputa pelo Palcio da Liberdasde e pelo Palcio do Planalto. E s!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Maio 9, 2007

    Repercute notcia dada no MGTV da TV Globo de que Desterro do Melo cidade mais cattlica de Minas. Quase 100%. A historiadora Ana Maria Amaral nos mandou E-mail sobre o assunto, comentado ontem aqui no nosso BLOG DE NOTCIAS. Obrigado Ana, pela audincia ao nosso BLOG.

                        Joo, esta notcia maravilhosa de que Desterro do Melo a cidade mais catlica de Minas j uma informao desde 2004, mas no divulgaram; tentei fazer isto com Dom Luciano, porque era necessrio sua autorizao, mas no consegui falar com ele e Padre Jos Geraldo (ex do Melo que est em Mariana) tentou mas no conseguiu e me ligou falando que poderia divulgar por causa da morte de Dom Luciano; no fiz porque estava esperando um evento tipo inaugurao da estrada. Mas que legal terem feito isto na TV GLOBO Minas ontem,no ?! Abraos , Ana Maria Amaral.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Maio 9, 2007

    De olho no projeto do governo que prope reajuste de salrio das polcias. Chega proposta dos delegados de Polcia. Confira!

                        ALMG recebe emendas ao PL que reajusta salrios de policiais


    O Plenrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais recebeu, nesta tera-feira (8/5/07), mensagem do governador Acio Neves contendo cinco emendas ao Projeto de Lei (PL) 929/07, de sua autoria, que trata do reajuste dos policiais civis, militares, bombeiros, agentes penitencirios e socioeducativos. As emendas determinam reajustes salariais a carreiras de delegados de polcia que no haviam sido contempladas pelo projeto original. O PL 929/07 faz referncia apenas aos delegados de nvel Especial, grau E. As carreiras de nvel I e II no eram citadas, o que est sendo corrigido pelas emendas.

    O governador prope alteraes na redao da proposio, de modo que as carreiras de delegado de polcia passam a ter percentuais de reajustes diferentes dos 14,83% previstos para os tenentes-coronis da Polcia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar. Pela nova redao, os delegados teriam reajustes entre 10% (delegados de nvel II, grau E) e 18,7% (delegados de nvel II, grau A) a partir de setembro de 2007.

    Com isso, os vencimentos para as todas as carreiras passam a ser praticamente os mesmos: entre R$ 4.203,44 e R$ 4.207,44 para o nvel I; entre R$ 4.889,34 e R$ 4.893,34 para o nvel II; e entre R$ 4.889,34 e R$ 4.893,34 para o nvel Especial. J para setembro de 2008, as emendas

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Maio 9, 2007

    Na agenda do governador Acio Neves, a vez do Interior de Minas. Desta vez foi BURITIS, l no noroeste do Estado.









                          Acio Neves lana segunda fase de obras da rodovia BR-030

     









    Wellington Pedro/Imprensa MG

    O governador de Minas Gerais, Acio Neves, participou nesta tera-feira (8), em Buritis, na regio Noroeste, do lanamento da segunda etapa da obra de pavimentao da rodovia BR-030, que liga os municpios de Buritis e Arinos a Braslia. A estrada ser um importante corredor de exportao para os produtores locais, integrando o Noroeste do Estado a um dos seus principais centros de consumo. A obra est sendo realizada numa parceria entre os governos de Minas e do Distrito Federal, com recursos de R$ 8,6 milhes, e ser executada pelo Exrcito Brasileiro.

    "Essa ao conjunta e parceira dos governos de Minas e do Distrito Federal e, agora com o Governo de Gois, significa uma possibilidade muito maior de desenvolvimento do Noroeste de Minas. No apenas a estrada de integrao fsica, mas econmica. Essa estrada significar no apenas a garantia de melhores condies dos que j produzem, mas uma possibilidade enorme, com a nova capacidade de gerao de energia, para que outros investimentos venham para a regio", afirmou o governador em entrevista.

    Parceria entre estados

    Acompanhado dos governadores do Distrito Federal, Jos Roberto Arruda, e de Gois, Alcides Rodrigues, Acio Neves destacou a importncia da ao conjunta dos governadores dos trs estados para viabilizar a pavimentao da rodovia, antiga demanda dos municpios da regio. Na primeira fase das obras, o Governo de Minas investiu R$ 1,7 milho, utilizados nos trabalhos de terraplenagem, desmatamento e limpeza em todo o trecho de 27 quilmetros que liga o trevo de Buritis Arinos at a comunidade de Cabeceiras da Mata, em Gois.

    A segunda fase, que inclui a pavimentao da asfltica, ter recursos de R$ 6,9 milhes, do Governo do Distrito Federal. Toda a obra est prevista para ser concluda em outubro. O Governo de Gois ir complementar o asfaltamento de 16 quilmetros da rodovia naquele Estado, a partir do povoado de Cabeceiras da Mata, at o municpio de Cabeceiras, s margens da rodovia estadual GO-346. Cerca de oito quilmetros j esto prontos e, o restante, ser executado nos prximos meses. Para a execuo das obras, o 9 Batalho de Engenharia de Construo do Exrcito Brasileiro conta com 131 homens e mais de 100 equipamentos e viaturas.

    Investimentos

    O Acio Neves chegou base do Exrcito no final da manh acompanhado dos governadores Jos Roberto Arruda e Alcides Rodrigues. Eles foram recebidos pelo general-de-Exrcito, Mrius Luiz Teixeira Neto; general-de-Diviso, Paulo Komatzu; e o general-de-Brigada, Tennyson de Oliveira Ribeiro Neto, alm do prefeito de Buritis, Keny Soares Rodrigues, deputados estaduais e federais e lideranas polticas da regio.

    No local, o governador conheceu a estrutura do batalho, comandado pelo coronel Antnio Leite dos Santos Filho, e vistoriou as obras da rodovia (foto). Em seguida, dirigiu-se Fazenda Campininha, base do 9 Batalho, onde foi recebido por cerca de 800 pessoas.

    Em seu pronunciamento, o governador ressaltou os investimentos do Governo de Minas que tm contribudo para o crescimento do Noroeste de Minas. Acio Neves citou o Programa de Eletrificao do Noroeste de Minas, que investiu R$ 150 milhes em 162 quilmetros de redes de distribuio de energia e quatro subestaes.

    O governador tambm destacou os investimentos do Fundomaq, que financiou a aquisio de 47 mquinas a 16 municpios e o Minas Comunica, que beneficiou 83 cidades que no dispunham de cobertura de telefonia mvel celular.

    Acio Neves afirmou que a parceria, independentemente de questes partidrias, uma demonstrao do compromisso dos governadores com a populao. Segundo ele, a aliana entre os estados pode ter continuidade com investimentos em outras reas, como segurana e sade.

    "Essa nossa ao, superando as questes partidrias, uma demonstrao para o cidado comum de que poltica sim, como Minas mostrou ao longo de tantas dcadas, com tantos exemplos, coisa sria. Poltica deve ser sim instrumento de transformao permanente. O que precisamos, com aes transparentes e parceiras como essa, avanar nas demandas das pessoas. Essa aliana pode ir alm com investimentos na rea de segurana, sade e educao, em parceria sem vaidades. Desta forma, vamos sinalizando para o pas do futuro", disse.

    Sonho de progresso

    O prefeito de Buritis, Keny Soares, afirmou que a pavimentao da estrada um antigo sonho da populao, h mais de 30 anos. Segundo ele, a obra vai trazer progresso para a regio, gerando economia aos produtores.

    "A no concluso desta obra causou um transtorno e um retrocesso no nosso desenvolvimento. A obra vai trazer mais progresso para a regio. Ns temos uma produo grandiosa em gros e estamos produzindo caf e algodo e, brevemente, vamos instalar uma usina de lcool, fruto da pavimentao da estrada. A rodovia nos aproxima de Braslia, que um porto seco e um grande mercado consumidor", afirmou o prefeito.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Maio 9, 2007

    Em Minas o SEGURO RURAL na agenda do governo. Projeto j est sendo discutido na Assemblia Legislativa. Hoje, 10 da manh, tem reunio sobre o assunto na Comisso de Agropecuria. Confira detalhes.

                     Projeto do seguro rural ser debatido com convidados nesta quarta

    O projeto do Executivo que dispe sobre a subveno econmica ao prmio do seguro rural ser discutido pela Assemblia Legislativa de Minas Gerais nesta quarta-feira (9/5/07). O debate ser na Comisso de Poltica Agropecuria e Agroindustrial, s 10 horas, no Auditrio. Solicitado pelo vice-presidente da comisso, deputado Padre Joo (PT), o debate tem como convidados o secretrio de Estado de Agricultura, Gilman Viana Rodrigues, e representantes do Conselho Estadual de Poltica Agropecuria, das federaes da Agricultura e dos trabalhadores em agricultura e em agricultura familiar, alm da Empresa de Assistncia Tcnica e Extenso Rural (Emater).

    O Projeto de Lei (PL) 409/07, do governador, que aborda a questo do seguro rural, j est pronto para ser apreciado pelo Plenrio, em 1 turno. Ele foi analisado pelas comisses de Constituio e Justia (CCJ), de Poltica Agropecuria e Agroindustrial e de Fiscalizao Financeira e Oramentria (CFFO).

    De acordo com o deputado Padre Joo, o seguro rural, junto do crdito rural e da poltica de preos mnimos, um dos mais importantes instrumentos de poltica agrcola, uma vez que permite ao produtor proteger-se contra perdas decorrentes principalmente de fenmenos climticos adversos. "O nosso objetivo, com a audincia, esclarecer a populao rural sobre a utilizao do prmio de seguro rural, que ainda pouco utilizado pelos agricultores brasileiros", destacou. Segundo ele, isso acontece por vrios motivos, como o alto risco inerente prpria atividade agrcola, a inexistncia no Pas de uma tradio de preveno de riscos, alm da falta de incentivos governamentais.

    Contedo do PL - A proposio foi entregue ao presidente da ALMG, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), pelo prprio secretrio Gilman Viana Rodrigues, em 19 de maro. De acordo com a mensagem do Executivo, o Estado arcaria com 25% do valor do prmio. Atualmente, o governo federal j responde por 50%. Com isso, o produtor rural teria 75% do valor total subvencionado. A meta que pelo menos 120 mil produtores rurais sejam beneficiados. A proposio foi entregue ao presidente da ALMG, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), pelo prprio secretrio Gilman Viana Rodrigues, em 19 de maro. De acordo com a mensagem do Executivo, o Estado arcaria com 25% do valor do prmio. Atualmente, o governo federal j responde por 50%. Com isso, o produtor rural teria 75% do valor total subvencionado. A meta que pelo menos 120 mil produtores rurais sejam beneficiados.

    "O projeto muito importante para garantir a tranqilidade do trabalhador rural, sempre sujeito a prejuzos decorrentes da variao climtica e do prprio mercado. uma forma que ele ter de garantir sua renda para a prxima safra", afirmou poca o secretrio Gilman Viana Rodrigues. Segundo ele, o seguro rural uma modalidade de seguro parecida com outras presentes no mercado. Ele explicou que, a exemplo do que acontece com o seguro de automvel, o segurado s usar em casos de necessidade, para repor um eventual prejuzo. Na avaliao do secretrio, os produtores de gros devem ser os que mais vo procurar o seguro. Os recursos para a subveno econmica sero provenientes de dotaes oramentrias da Secretaria de Agricultura, segundo o projeto.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 8, 2007

    PERIGO NAS ONDAS DO RDIO une Ministrios das Comunicaes e o Comando da Aeronutica. Confira!

                                           Rdios piratas interferem nos aeroportos do pas
     
                                   Governo adota medidas para coibir as transmisses ilegais

    O Ministrio das Comunicaes e o Comando da Aeronutica vo intensificar a fiscalizao contra as rdios piratas que funcionam em torno dos aeroportos nas capitais do Brasil, principalmente em So Paulo.
     
    Em reunio realizada nesta segunda-feira (07/05), em Braslia, o ministro das Comunicaes, Hlio Costa, e o comandante da Aeronutica, Brigadeiro Juniti Saito, decidiram tambm que vo enviar um ofcio para o Ministrio Pblico de So Paulo para responsabilizar criminalmente as pessoas que insistirem em manter as transmisses das rdios ilegais.
     
    O brigadeiro esteve aqui com a sua equipe e nos trouxe gravaes que provam que as rdios comunitrias piratas interferem na comunicao entre os pilotos e controladores de vo. Vamos intensificar as fiscalizaes, junto com a Anatel (Agncia Nacional de Telecomunicaes) e a Polcia Federal, afirmou Hlio Costa.
     
    O ministro lembrou que no Brasil h quase trs mil rdios comunitrias funcionando legalmente, e que em sua gesto j abriu um chamamento para centenas de novas emissoras, incluindo a regio metropolitana de So Paulo. Nada justifica colocar a vida dos outros em risco. A rdio comunitria existe para quem realmente quer atender a sua comunidade, disse Hlio Costa.
     
    Para quem se interessar, os procedimentos necessrios para abrir uma rdio comunitria se encontram no site do ministrio:
    www.mc.gov.br.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 8, 2007

    Congresso dos Municpios: governador de Minas condecora o vice-presidente da Repblica, Jos Alencar, com a Medalha do Mrito Municipal " Celso Mello Azevedo". E defende unio entre Estados e Municpios na construo de um Novo Pacto Federativo.











                                               Acio defende agenda nica de propostas de reformas

     











    Omar Freire/Imprensa MG
     

    O governador Acio Neves defendeu, nesta segunda-feira (7), durante a abertura do 24 Congresso Mineiro de Municpios, em Belo Horizonte, uma aliana estratgica entre estados e municpios para a criao de uma agenda nica de propostas de reformas para o pas junto ao governo federal. Para o governador, a unio entre os governadores e os prefeitos fundamental para que haja a construo de um novo pacto federativo.
    "Existe apenas um caminho para refundarmos a federao no Brasil, uma aliana estratgica entre municpios e os estados, construindo uma pauta nica. Construindo essa agenda, para que possamos universaliz-la, transformando-a numa pauta de negociaes com o governo federal, entre municpios e estados. No passado, uma das dificuldades maiores que tivemos para avanar na reconstruo do pacto foi exatamente uma divergncia ou um distanciamento entre municpios e estados", disse Acio Neves, em entrevista.
    Segundo o governador, as demandas j so conhecidas pelo governo federal e que, com a unio do discurso de governadores e prefeitos, elas tero mais fora para serem aprovadas no Congresso Nacional.
    "Uma agenda sensata e realista pode ter por parte da Unio tambm algum retorno. Existe j uma pauta sendo discutida no Congresso Nacional, uma agenda que foi entregue ao presidente da Repblica e que ser fortalecida se ela unir municpios e estados", afirmou Acio Neves. E completou: "o que precisamos interromper a curva de crescimento das receitas da Unio enquanto se fragiliza alguns estados e municpios. Interrompida essa curva de crescimento, vamos redefinir no s a destinao dos tributos, mas tambm das responsabilidades".

    Transporte Escolar
    Em seu pronunciamento (foto), Acio Neves defendeu proposta para que parte dos recursos do Fundo de Manuteno e Desenvolvimento da Educao Bsica (Fundeb)  seja aplicada no transporte escolar nos municpios brasileiros. O Fundeb foi criado para financiar a educao bsica (ensinos infantil, fundamental e mdio) em substituio ao Fundo de Manuteno e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorizao do Magistrio (Fundef), que financia somente o ensino fundamental.
    O governador ressaltou que Congresso Nacional aprovou a criao do Fundeb, mas rejeitou a elevao de 15% para 20% no percentual que os estados podem abater na dvida com a Unio para aplicar no Fundo.
    "A proposta que deixo aqui para discusso dos senhores e, quem sabe, faa parte desse programa que vamos discutir com o governo federal. Os recursos que pagamos ao governo federal sobre esse 5%, eu assumiria a liderana de um movimento e daria o exemplo, transferindo a totalidade desses 5% no para o servio da dvida junto Unio, mas para os municpios para investimentos em Transporte Escolar, um drama que, tenho certeza, incomada e angustia muitos prefeitos aqui presentes", defendeu Acio Neves.

    Gestores Municipais
    Acio Neves tambm anunciou que a Secretaria de Estado de Cincia e Tecnologia e Ensino Superior apoiar as prefeituras mineiras para a implantao de cursos de formao de gestores municipais. Segundo o governador, o objetivo dar mais eficincia e transparncia gesto pblica nas cidades. A Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) ter participao importante nesse processo.
    "J determinei ao secretrio que disponibilize para os senhores prefeitos, obviamente para aqueles que considerarem importante ou necessrio. Vamos financiar isto atravs da Uemg e da Fundao Joo Pinheiro para a formao de novos executivos municipais, para que os prefeitos possam ter ao seu lado, nas administraes municipais pessoas cada vez mais qualificadas. No adianta que Minas avance e se consolide como estado que mais cresce no Brasil, se o mesmo no ocorrer nos municpios do nosso Estado", afirmou o governador.

    Medalha
    Durante a abertura do congresso da AMM, o governador tambm participou da entrega da Medalha do Mrito Municipalista "Celso Mello de Azevedo". Neste ano, os agraciados foram o vice-presidente da Repblica, o vice-governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia, a presidente do Servio voluntrio de Assistncia Social (Servas), Andrea Neves, o coordenador do Grupo Estratgico de Fomento (GEF), Wilson Brumer, o arquiteto Oscar Niemeyer, o escritor Fernando Morais e o prefeito de Corao de Jesus, Ronaldo Mota Dias.

     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 8, 2007

    Vi na TV Globo. Desterro do Melo - que fica a 200 kms de Bh e 32 de Barbacena - no Caminho do Meio da Estrada Real, a cidade mais catlica de Minas. Quase 100%.

                                Conhecemos bem aquela cidade, que administrada por um parente nosso, o prefeito Ruy Barbosa  Amaral Fernandes, que voltou sua aldeia e pela terceira vez, cuida de levar recursos e obras para o pequeno municpio da Zona da Mata. L, desde cedo, o centro mesmo a igreja de Nossa Senhora do Desterro, um belo templo que domina o cenrio da cidade. Religio l vem do bero mesmo, como ar que respiramos, comea no batismo e se extende vida fora, marcando profundamente a existncia dos cidados e cidads de Desterro do Melo. Cidade, que esta semana teve sua religiosidade mostrada pelo MGTV para toda Minas Gerais, no momento em que o papa Bento VI visita o Brasil. Parabns populao de Desterro do Melo, que vai para o noticirio da Globo, com um fato altamente positivo.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 8, 2007

    Emenda Constitucional prope exigncia de, no mnimo, trs anos de atividade jurdica para o Bacharel em Direito entrar nas carreiras da Magistratura e do Ministrio Pblico. O presidente da Comisso Especial que avalia a proposta o deputado Dalmo Ribeiro Silva.

                                                    Comisso da PEC que modifica Justia estadual elege presidente

    Os trabalhos da Comisso Especial da Proposta de Emenda Constituio 4/07 comearam nesta tera-feira (8/5/07) com a eleio do deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), para presidente da comisso; e do deputado Ivair Nogueira (PMDB), para vice. Na ocasio, o deputado Sebastio Costa (PPS) foi designado relator do parecer sobre a proposta, que adapta a Constituio do Estado s modificaes feitas na Constituio Federal, por meio da Emenda 45, conhecida como a reforma do Judicirio. A PEC 4/07, que tramita em dois turnos, de autoria do deputado Durval ngelo (PT) e outros.

    Entre as mudanas propostas esto a exigncia de, no mnimo, trs anos de atividade jurdica para o bacharel em Direito ingressar nas carreiras da magistratura e do Ministrio Pblico; a possibilidade de autorizao do Tribunal de Justia e da Procuradoria-Geral de Justia para que juizes e promotores residam foram da comarca, desde que a deciso seja motivada e que haja comprovao da real necessidade; e o impedimento aos juizes e promotores do exerccio da advocacia no juzo ou tribunal do qual se afastou, antes de decorridos trs anos do afastamento do cargo por aposentadoria ou exonerao.

    Tambm esto na PEC 4/07 modificaes relativas aos vencimentos do magistrado, que sero fixados com diferena no superior a 10% ou inferior a 5% de uma para outra categoria da carreira, no podendo exceder os de ministro do Supremo Tribunal Federal. Outras mudanas presentes na PEC so a instituio das cmara regionais para promover o funcionamento descentralizado e o pleno acesso Justia em todas as fases do processo; e a previso da instalao da Justia itinerante.

    Presenas - Deputados Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), presidente; Ivair Nogueira (PMDB), vice; e Sebastio Costa (PPS).Deputados Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), presidente; Ivair Nogueira (PMDB), vice; e Sebastio Costa (PPS).

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 8, 2007

    PACTO FEDERATIVO: presidente do Parlamento Mineiro, deputado Alberto Pinto Coelho, fez palestra no Congresso da Associao Mineira de Muncpios, que comeou ontem aqui em BH.

                                                Presidente exalta reviso do Pacto Federativo em congresso da AMM

    A reviso do Pacto Federativo foi a tnica da palestra apresentada pelo presidente da Assemblia Legislativa de Minas Gerais, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), durante o 24o Congresso Mineiro de Municpios, realizado na manh desta tera-feira (8/5/07). Intitulada "Poder Legislativo, Pedra Angular da Democracia - Novos Desafios da Representao Popular", a palestra, que abordou ainda as diretrizes e aes da ALMG para o fortalecimento da democracia, foi dirigida a deputados, prefeitos e vereadores, representantes da Associao Mineira dos Municpios (AMM), realizadora do evento.

    O presidente afirmou que preciso ser feita a descentralizao das polticas pblicas, que hoje reforam o controle da Unio em relao aos estados e municpios. Para ele, superar essa distoro, por meio da reviso do Pacto Federativo, fundamental para que o Pas se torne uma nao mais forte. "O Brasil ainda tem muito o que lutar para tornar o pacto entre as esferas de poder, um acordo baseado nos princpios da igualdade, autonomia e cooperao, que constitui o cerne no sistema federal", disse. "Estou convencido de que o destino de um Pas moderno exige a construo de uma Federao forte", reforou.

    Assemblia - Em seu discurso, Alberto Pinto Coelho afirmou que a ALMG vem abrindo, cada vez mais, canais de interao com a sociedade, para proporcionar maior participao popular nos processos decisrios. Nesse sentido, citou o programa estratgico que resultou em aes como os seminrios legislativos, os fruns tcnicos, o Parlamento Jovem, o Centro de Atendimento ao Cidado, o Procon-Assemblia, assim como a Escola do Legislativo e a TV Assemblia. "A ALMG vem se antecipando, de forma pioneira no Brasil, a essas novas linhas de abertura democrtica participao popular", destacou. Em seu discurso, Alberto Pinto Coelho afirmou que a ALMG vem abrindo, cada vez mais, canais de interao com a sociedade, para proporcionar maior participao popular nos processos decisrios. Nesse sentido, citou o programa estratgico que resultou em aes como os seminrios legislativos, os fruns tcnicos, o Parlamento Jovem, o Centro de Atendimento ao Cidado, o Procon-Assemblia, assim como a Escola do Legislativo e a TV Assemblia. "A ALMG vem se antecipando, de forma pioneira no Brasil, a essas novas linhas de abertura democrtica participao popular", destacou.

    Ceac - O presidente lembrou que a criao do Centro de Atendimento s Cmaras Municipais (Ceac) est concretizando a integrao da Assemblia com os legislativos municipais. De acordo com ele, este novo setor, alm de importante instrumento de abertura aos municpios, visa a garantir o fortalecimento da democracia. "Estamos consciente do nosso papel institucional, de ser um espao privilegiado de interlocuo com uma sociedade em franca transformao", concluiu.O presidente lembrou que a criao do Centro de Atendimento s Cmaras Municipais (Ceac) est concretizando a integrao da Assemblia com os legislativos municipais. De acordo com ele, este novo setor, alm de importante instrumento de abertura aos municpios, visa a garantir o fortalecimento da democracia. "Estamos consciente do nosso papel institucional, de ser um espao privilegiado de interlocuo com uma sociedade em franca transformao", concluiu.

    Acompanharam a palestra, os deputados Dlio Malheiros (PV), Vanderlei Miranda (PMDB), Doutor Rinaldo (PSB), Agostinho Patrs Filho (PV); a deputada Glucia Brando (PPS); o presidente da AMM, Celso Cota; o ex-embaixador do Brasil em Cuba, Tilden Santiago, entre outras autoridades. A abertura do congresso, segunda-feira noite (07), contou com a participao de mais de 20 parlamentares.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 7, 2007

    SANGUE NOVO no renomado Escritrio de Advocacia " NEY DOYLE ADVOGADOS ASSOCIADOS". Confira!

    O jornalista e advogado Ney Doyle Jr. o mais novo integrante do escritrio "Ney Doyle Advogados Associados". Sua misso: ampliar a carteira de clientes na rea empresarial. Alm de dar continuidade ao trabalho do ex-ministro do TST Ney Proena Doyle, pretende levar o escritrio a atuar mais intensivamente nos setores de infra-estrutura, energia e contratos, dando nfase regularizao de empresas nos setores previdencirio, tributrio e trabalhista. Tudo isso para que as empresas mineiras possam competir em p de igualdade com os gigantes internacionaios que esto chegando ao pas, sobretudo na aquisio de usinas de cana-de-acar.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 7, 2007

    FEIJO SOLIDRIO do jornal ESTADO DE MINAS movimentou a Casa Bernardi, no domingo, na Cidade Jardim. L estivemos para abraar o Diretor-Executivo dos Associados, lvaro Teixeira da Costa, alm do Diretor-Geral, dison Zenbio ( a quem devemos a gratido pelo texto-apresentao, que ele escreveu para o nosso livro " Socorro, Estou na TV", lanado em 1998 ), o Diretor de Redao Josemar Gimenez, o Editor-Geral do jornal Estado de Minas, Joo Bosco Martins Salles, o Diretor de Publicidade, Mrio Neves e o Editor de Poltica Batista Chagas. E os colunistas Mrio Fonatana e Helvcio Carlos. Foi uma tarde muito agradvel, a Feijoada beneficente, coordenada pela jornalista Isabela Teixeira da Costa. Os recursos, arrecadados com a venda das camisetas, sero destinados a 27 creches, aqui de BH, atendidas pela Campanha dos Associados Minas. O evento, numa bela tarde de domingo, de muito sol, marcou a abertura de uma srie de encontros em benefcio da Jornada Solidria do ESTADO DE MINAS.

                         O local - Casa Bernardi do empresrio Guilherme Emerich - fica na av. Conde de Linhares e  um dos mais requintados espaos de eventos, aqui da capital. Fica na Cidade Jardim, em meio a uma ampla rea de jardins, pequenos lagos, muito verde. L anotamos algumas, das dezenas de personalidades, que circularam pelo local, desgustando a Feijoada, com renda destinada rea beneficente. Um telo foi colocado e no perdemos um lance da final do Campeonato Mineiro, jogo em que o Cruzeiro carimbou, por 2 X 0,  a faixa do Atltico, o campeo mineiro. 

                          Estivemos l com a me do governador Acio Neves, sempre elegante, Ins Maria Neves Faria, acompanhada da filha, Andrea Neves; a empresria ngela Gutierrez; o publicitrio Wagner Espanha, da rea de Publidade do jornal Estado de Minas, nosso ex-colega dos tempos que fui Reprter Poltico da Rede Globo, aqui em BH; Jos Francisco Sales, hoje na Embratur em Braslia, o advogado Jos Jorge e Aldija Starling Jorge; Vitria Capelo; a empresria Babi Vasconcellos, nossa  cliente no curso "Socorro, Estou na TV",  e o marido dela, o cirurgio plstico Fernando Vasconcellos. 

                          E mais: Eduardo Bernis, ex-presidente da Associao Comercial de Minas; o advogado e dobl de fotgrafo, Jacob Mximo e sua mulher Consuelo; o mdico oncologista Andr Murad; a empresria do mais gostoso carpaccio de BH, Adriana Leal; Jos Octvio Alckmin, com quem trabalhamos nos Dirios Associados de Juiz de Fora, no hoje extinto jornal Dirio Mercantil, do qual Z Octvio foi o Diretor-Geral nos anos 70, comeo da dcada de 80;  Fernando Varella, o colunista do jornal Hoje em Dia, Marcelo Rios; Mriam Bedran; ris Chaves;o empresrio Franklin Bethnico; o empresrio Guilherme Emerich e Carminha Bethnico; o mdico Ronaldo Nazareth; Olguinha Lambertucci e seu marido Mauro Lambertucci... Enfim, no deu para anotar toda a enorme lista de personalidades que prestigiaram o Feijo Solidrio dos Dirios Associados em Minas. Parabns pela iniciativa!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 7, 2007

    FIQUE ATENTO. Hoje, segunda-feira, a partir de 9 da manh. O RETORNO na MG-10, que d acesso ao Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, vai ficar interditada por 30 dias, na rea do retorno de Lagoa Santa. Com isso, o retorno para BH ser feito, cerca de 2 quilmetros e meio frente do atual. Confira detalhes!









                          Trfego na MG-010 ser interditado no retorno de Lagoa Santa

     

    Nesta segunda-feira (7), a partir das 9h, o retorno existente na MG-010, no trevo de Lagoa Santa, sentido Belo Horizonte, ser fechado ao trfego de veculos. A interdio naquela interseo ser necessria para finalizao das obras dos viadutos de acesso, no km 31, e de retorno, no km 30, e das pistas centrais da MG-010, previstos no projeto Linha Verde.

    Com a mudana, que deve durar cerca de 30 dias, o retorno para Belo Horizonte ser feito aproximadamente dois quilmetros e meio frente do atual, no Distrito Industrial de Lagoa Santa. A previso de que o trfego seja normalizado com a concluso e entrega do complexo de Lagoa Santa.

    Situao atual

    Os dois viadutos esto concretados e com as rampas de acesso em execuo. No local, tambm esto sendo pavimentadas as pistas centrais da rodovia, que iro passar por baixo dos viadutos.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Segunda-feira, Maio 7, 2007

    Na Assemblia Legislativa de Minas. Quinta-feira, 20 horas. Autor da homenagem: deputado Joo Leite do PSDB.

                                    Plenrio vai homenagear 55 anos do Estado de Israel

    Na quinta-feira (10/5/07), s 20 horas, o Plenrio da Assemblia Legislativa de Minas Gerais realiza uma Reunio Especial em homenagem ao aniversrio de 55 anos da independncia de Israel, a requerimento do deputado Joo Leite (PSDB). No requerimento, o parlamentar salienta que a homenagem se estende, tambm, colnia judaica de Minas Gerais e a todo o povo judeu. "Os judeus se empenharam, de gerao em gerao, no ideal de se restabelecerem em sua antiga ptria, fizeram florir os desertos, reviveram a lngua hebraica, construram cidades e povoados e criaram uma comunidade prspera", afirma o deputado.

    O marco da independncia do moderno estado judeu a Declarao de Estabelecimento de Israel. O documento foi assinado pelos membros do Conselho Nacional em 14 de maio de 1948. O texto inclui referncias aos imperativos histricos do renascimento de Israel e s diretrizes de um estado judeu democrtico, baseado em liberdade, justia e paz, e faz ainda um apelo por relaes pacficas com os estados rabes vizinhos, para o benefcio de toda a regio. A criao desse estado, na regio da antiga Judia bblica, era o objetivo do movimento sionista mundial. A idia ganhou fora com o fim da Segunda Guerra Mundial, aps a revelao do holocausto de seis milhes de judeus promovido pelo governo nazista.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Maio 6, 2007

    Contagem regressiva: faltam 27 dias para a Feijoada do nosso amigo, o competente e renomado colunista Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora. Ser a feijoada do PAN com casimeta indita, marcando os debut de 15 anos da mais famosa feijoada do Pas. Estaremos l, eu e minha mulher, a decoradora Cida Amaral.

    Feijoada comemora 15 anos realando o 'design' criativo e bem humorado de Carlos Torres
    Pelo quarto ano consecutivo, o 'designer' Carlos Torres assina o visual da camiseta da Feijoada 2007, que chega a sua 15 edio de sucesso e ganha a denominao de Feijoada do Pan.
    Segundo ele, "a opo de se fazer uma camisa temtica para comemorar os 15 anos da promoo da coluna CR e coincidindo com a realizao, no Rio de Janeiro, dos Jogos Pan-americanos, levou a um conceito visual que no poderia ser outro, seno as cores, letras e formas ligadas programao visual do grande evento. Assim o caminho escolhido foi juntar em uma s "mesa" os dois melhores acontecimentos do meio do ano, no Brasil. Um " prato cheio" para quem quer se divertir e viver muitas emoes."
    Carlos destacou tambm que o humor se faz presente no conceito e aparece numa brincadeira em que os iconogramas oficiais dos jogos so transformados em smbolos
    com os "atletas" da feijoada:
    "O 'chef' que corre para a feijoada ficar pronta a tempo, o garom que tem jogo de cintura para servir a todos, o msico que com garra anima a galera e o convidado sortudo que levanta o feliz "peso" de seu prmio".


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Maio 6, 2007

    INCLUSO DIGITAL. Ministro Hlio Costa em ao.

     

    Sala do Cidado e Biblioteca so inauguradas
    no Ministrio das Comunicaes

     
    Cidado ganha novo espao para acesso gratuito internet

     O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, inaugurou as novas instalaes da Sala do Cidado e da Biblioteca do Ministrio das Comunicaes, nesta quarta-feira (02/05), s 18 horas.
     
    A Sala do Cidado um espao de comunicao, aberto a toda a comunidade, possibilitando o acesso gratuito a informaes e servios do Governo Federal, disponibilizados por meio da internet.
     
    Trata-se de mais um telecentro comunitrio, com 10 computadores conectados internet banda larga, por meio do Programa Gesac (Governo Eletrnico Servio de Atendimento ao Cidado), uma impressora e uma televiso para que os usurios possam assistir a programas informativos.
     
    "Esta mais uma ao do ministrio na busca da universalizao e democratizao do acesso informao e comunicao, aproximando cada vez mais cidado e Estado" afirmou Hlio Costa.
     
    A Sala do Cidado vai funcionar de segunda a sexta-feira, de 8 s 18 horas, e contar com dois monitores para orientar os usurios, principalmente quanto utilizao do software livre e dos servios disponveis no portal
    www.idbrasil.gov.br.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Domingo, Maio 6, 2007

    Usiminas, presidida pelo competente executivo mineiro, Rinaldo Soares, vai investir 2 bilhes e 600 milhes de dlares e gerar cerca de 15 mil novos empregos, em Ipatinga no Vale do Ao.

                        Comisso de Turismo discute impactos da expanso da Usiminas

    O projeto de expanso do parque siderrgico da Usiminas, em Ipatinga, e seus impactos na Regio Metropolitana do Vale do Ao sero debatidos nesta quinta-feira (10/5/07) pela Comisso de Turismo, Indstria, Comrcio e Cooperativismo da Assemblia Legislativa de Minas Gerais. A reunio ser s 9 horas, no Plenarinho IV, a requerimento da deputada Ceclia Ferramenta (PT). De acordo com a empresa, a ampliao da capacidade produtiva da Usina Intendente Cmara em 2,2 milhes de toneladas de ao lquido por ano demandar investimentos de US$ 2,6 bilhes, gerando entre 10 mil e 15 mil postos de trabalho durante as obras e mais de 5 mil empregos diretos e indiretos na fase de operao, em 2010/2011.

    Ao justificar o requerimento para a audincia, Ceclia Ferramenta salienta que o Sistema Usiminas o maior complexo siderrgico de aos planos da Amrica Latina e a base do desenvolvimento no s de Ipatinga, onde atua h 40 anos, mas de todo o Vale do Ao. O projeto de expanso, de acordo com a parlamentar, representa um crescimento de 45% na produo atual de aos, elevando a capacidade da usina para 7 milhes de toneladas/ano. Informaes divulgadas pela empresa do conta ainda de um investimento adicional em Ipatinga, de US$ 1,7 bilho, para atualizao tecnolgica, enobrecimento de produtos e implantao da Aciaria 3 e da Coqueria 3. Essas obras j esto em andamento.

    "Na construo de um novo cenrio industrial e econmico que priorize o crescimento do nosso Estado, aliando gerao de emprego e renda com a preservao do meio ambiente, o Governo, a Assemblia Legislativa e todos os demais segmentos da sociedade mineira devem ser parceiros da iniciativa privada", defende Ceclia Ferramenta. Foram convidados para a audincia o secretrio de Estado de Desenvolvimento Econmico, Mrcio Arajo de Lacerda; o presidente da Usiminas, Rinaldo Campos Soares; e o presidente da Federao das Indstrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Robson Braga de Andrade.





                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Maio 5, 2007

    RECOMENDO, neste fim de semana assistir a TV Assemblia. Em BH, canal a cabo, o 11. No interior UHF. Confira trs sugestes de hoje e amanhh, domingo.











    Via Justia

    O programa desta semana discute a cobertura dada pela mdia brasileira recente Operao Furaco, com envolvimento de membros do poder judicirio. Participam do programa o desembargador Srgio Braga, do Tribunal de Justia de Minas Gerais, e o professor de jornalismo da UFMG, Elton Antunes. O Via Justia vai ao ar hoje, sbado, s 16h20, e domingo, s 19h.









    Sala de Imprensa


    O coordenador do Grupo de Educao e Mobilizao do Projeto Manuelzo, Rogrio Seplveda vai falar sobre vrias questes ambientais, como o destino final do lixo. Tambm participam do programa os jornalistas Cludio Lima, da LZ Comunicao e Alysson Ferreira Vila, do Instituto de Educao Tecnolgica, Ietec. O Sala de Imprensa vai ao ar hoje, sbado, s 21h, e domingo, s 18h.










    Programa Comisses em Destaque

    Veja o resumo de todas as reunies de Comisses dessa semana: audincias no interior, votao de pareceres e discusso de assuntos de interesse do cidado. O novo programa da TV Assemblia vai ao ar neste sbado, s 15h25, e domingo, s 12h30.









    Assemblia Debate


    Quais o caminhos para rediscusso do Pacto Federativo? Para debater este assunto, ns convidamos os deputados Sebastio helvcio, do PDT; Jos Henrique, do PMDB; Weliton Prado, do PT e Wander Borges, do PSB. O Assemblia Debate vai ao ar neste sbado, s 22h30, e domingo, s 13h.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Maio 5, 2007

    Arquidiocese de BH preocupada com a comunicao.













     

    ENCONTRO DE COMUNICADORES MISSIONRIOS


    A Comunicao a Servio da Misso ser o tema do encontro organizado pelo Conselho Missionrio Arquidiocesano (Comidi) no prximo domingo, dia 6 de maio.

    O tema ser desenvolvido atravs de dinmicas, palestras e oficinas, demonstrando que a Comunicao instrumento para a misso evangelizadora da Igreja.

    Informaes:
    Data: 6 de maio - domingo
    Horrio: de 8:30 s 11:30 horas.
    Local: sede do Comidi- rua Teixeira Magalhes, 45, Floresta. Contato: (31) 3226-7888



    Assessoria de Comunicao
    Arquidiocese de Belo Horizonte
    http://www.arquidiocesebh.org.br



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Maio 5, 2007

    INCLUSO DIGITAL. De olho nas aes do ministro Hlio Costa.

    Nova licitao do Ministrio das Comunicaes vai ampliar a incluso digital em 20 mil pontos de internet banda larga

     Metade desses pontos vo para as escolas. Hlio Costa afirma que a meta  conectar todas as escolas pblicas do Brasil

     O Ministrio das Comunicaes realiza, na quarta-feira (16/05), s 9 horas, audincia pblica aos interessados no processo de licitao para contratar servios de conectividade para o Programa Gesac (Governo Eletrnico Servio de Atendimento ao Cidado).

     "Vamos levar a conexo internet banda larga, gratuita, a todos os cantos do pas, em especial s escolas pblicas, hospitais, postos de sade, delegacias e outros rgos pblicos" afirmou o ministro das Comunicaes, Hlio Costa.

    Dos atuais 3,3 mil pontos de acesso espalhados por todo o Brasil, o novo contrato vai ampliar para 20 mil pontos de conexo nos prximos quatro anos, a um custo mensal estimado em mais de R$10 milhes. Com o aumento no nmero de pontos de presena, o ministrio vai poder atender a todos os 5.565 municpios brasileiros, conforme projeto do ministro Hlio Costa.

     Alm de ampliar o nmero de cidades atendidas, o novo contrato do Gesac vai permitir, alm da conexo via satlite, o uso de outras tecnologias sem fio ou at mesmo da rede eltrica. "Dessa forma, a conexo por satlite, que  bem mais cara, ser mantida apenas em locais que justificam o seu uso; e as novas tecnologias, que alm de mais baratas muitas vezes so mais eficientes, sero utilizadas nas demais localidades." explicou o ministro.

     O edital estar disponvel na pgina do ministrio na internet, no endereo www.mc.gov.br, a partir desta segunda-feira (07/05).

     PDE

    O Ministrio das Comunicaes um dos parceiros do PDE (Plano de Desenvolvimento da Educao), lanado pelo governo federal no ms de abril. Dos 20 mil pontos de presena do Gesac, a serem contratados pelo ministrio, metade ser destinada conexo internet banda larga de 10 mil escolas pblicas de ensino mdio e profissionalizante, conforme prev o PDE.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sbado, Maio 5, 2007

    Governo mineiro vai investir 12 milhes de reais na recuperao do Hotel da Previdncia.











                            Acio confirma reabertura do Hotel da Previdncia em Arax

     









       

    Wellington Pedro/Imprensa MG

    O governador Acio Neves confirmou, para outubro deste ano, a reinaugurao do Hotel da Previdncia, em Arax, no Alto Paranaba. O anncio foi feito, nesta sexta-feira (4), durante encontro com lideranas empresariais no Grande Hotel de Arax. O investimento do Governo do Estado de R$ 12 milhes para transformar a hospedaria em um hotel de cura e repouso.

    "Vamos inaugurar o Hotel da Previdncia, totalmente reformado, e com investimentos extremamente importantes do Estado", afirmou o governador em entrevista.

    Aps a concluso das obras, o Hotel da Previdncia estar disponvel para os servidores de todo o Estado. Durante a reforma, foram substitudas as tubulaes das redes de gua, esgoto e de gs de cozinha e a instalao eltrica. Tambm foi recuperada a praa de esportes e construdos salas para TV, restaurante, bar e lavanderia. Os quartos esto sendo transformados em apartamentos.

    Localizado no Complexo do Barreiro, o hotel foi doado para o Instituto de Previdncia dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg) em maro de 1955, pelo ento governador Juscelino Kubitschek. No local j havia funcionado o Hotel Cavallini, mais conhecido na poca como Hotel de Cura e Repouso.

    Durante o encontro empresarial, o vice-governador Antonio Anastasia lembrou que o Hotel da Previdncia um smbolo porque foi o primeiro hotel destinado aos servidores de Minas Gerais.

    "O hotel estava desativado h muitos anos em situao muito ruim sob o ponto de vista da sua estrutura fsica e o governador Acio Neves nos deu a ordem para fazer uma restaurao completa", afirmou.

    Parcerias

    Durante o encontro com os empresrios em Arax, o governador comemorou a parceria do Governo de Minas com a iniciativa privada. "A marca principal do Governo do Estado a parceria. O setor privado e o setor pblico conversando, dialogando e avanando na mesma direo. Esse frum mais uma oportunidade de ns construirmos juntos o nosso destino", afirmou o governador.

    Acio Neves estava acompanhado do vice-governador Antonio Anastasia; das secretrias de Turismo, rika Drummond, e do Planejamento, Renata Vilhena; do secretrio de Desenvolvimento Econmico, Marcio Lacerda; e do presidente da Assemblia Legislativa, Alberto Pinto Coelho (PP). O ministro de Relaes Institucionais, Walfrido dos Mares Guia (foto), tambm participou do evento.

     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Maio 4, 2007

    Da srie: UMA FOTO VALE POPR MIL PALAVRAS. Em foco a Diamantina de JK.

                                            VESPERATA em DIAMANTINA no feriado.


    UM SHOW de msica e histria na terra de JK. Tinha at ex-ministro de Estado, o da Justia, Jos Carlos Dias. Viajamos com um grupo de juristas, coordenado pelo ex-juiz de Direito, Expedito Euzbio da Silva. Fomos pela Agncia de Turismo de BH, a Saint Germain, pilotada por Vander Dias. Ficamos hospedados na "Pousada Jardim da Serra", do ex-secretrio particular do presidente JK, Serafim Jardim. Uma beleza, com vista para a serra do Itamb, piscina de gua natural corrente, lago, chals confortveis. Fica a 10 minutos do centro histrico de Diamantina.

     A agncia programou O PROJETO SAINT GERMAIN com o objetivo de apresentar, alm da riqueza do acervo histrico, cultural e arquitetnico de DIAMANTINA - emoldurada pela  luminosidade da Serra dos Cristais - a musicalidade atravs de corais, grupos folclricos e seresteiros, bandas e orquestras, que do cres fulgurantes s igrejas, ruas e ladeiras do antigop Arraial do Tejuco, desde o sculo XVIII.

     Desta vez, a Saint Germain caprichou - iniciou o projeto em 2001 - nos brindou com Serenata de Rua, Arte Instrumental, Arte Mida, Diamante Musical, VESPERATA ESPECIAL - que este blogueiro nunca teve a oportunidade de ver e ouvir - e o Concerto dentro da Gruta do Salitre, espetculo apresentado em ocasies especiais e para autoridades pblicas e agora - para nosso deleite -foi com exclusividade para os clientes SAINT GERMAIN. Enfim , a fora do turismo cultural em plena carga.
                         












                                                                   UM POUCO DA SAINT GERMAIN:



     Atuante no mercado h 06 anos, a SAINT GERMAIN TURISMO tem se destacado na elaborao de roteiros tursticos para atender uma clientela exigente, aliando o lazer com a garantia de segurana, comodidade e excelncia nos servios prestados.
    Com uma poltica voltada para o turismo interno: Tiradentes, So Joo del Rey, Monte Verde, Campos do Jordo/SP, Conservatria/RJ, guas de Lindia/SP, destacamos Diamantina/MG com o espetculo musical da VESPERATA (Calendrio Oficial) e a VESPERATA ESPECIAL (exclusividade Saint Germain Turismo), em sua 8 edio - (28.04 a 01.05.2007) com 6 eventos musicais, enaltecendo a beleza, a cultura e musicalidade de Diamantina, roteiro este, pelo qual a SAINT GERMAIN recebeu no ano de 2003, o Prmio de Consagrao Pblica como EMPREENDEDOR DO TURISMO, pela nossa atuao em prol do desenvolvimento scio-econmico e cultural de Diamantina.
    Trabalhamos com todas as cias. areas nacionais/internacionais, seguros de assistncia de viagem, locao de veculos, reserva de hotis e operadoras areas e terrestres - nacionais e internacionais. Mantemos convnios com algumas associaes, clubes, entidades de classes, com uma poltica de descontos significativos para aquisio de produtos tursticos.
    Com uma vasta experincia em roteiros culturais : A Bela e a Fera, Chicago, O Fantasma da pera e Cirque Du Soleil - ( So Paulo e Rio de Janeiro ), elaboramos o roteiro de acordo com a necessidade e sugestes de grupos, enfim, qualquer que seja sua opo de lazer, embarque conosco nesta viagem., sempre! 
                                                                                             


















































                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Maio 4, 2007

    Presidente Lula e governador Acio Neves inauguram Usina Hidreltrica Amador Aguiar II no rio Araguar, entre os municpios de Uberlndia e Araguari. A usina, construda pelo Consrcio Capim Branco, presidido pelo economista Celso Castilho tem capacidade para gerar 210 megawatts. E junto com a Capim Branco I gera um total de 450 megawatts. O investimento foi de 1 bilho de reais.









                              Acio e Lula inauguram Usina de Capim Branco II no Tringulo

     











    Wellington Pedro/Imprensa MG
     

    O governador de Minas Gerais, Acio Neves, e o presidente da Repblica, Luiz Incio Lula da Silva, inauguraram, nesta quinta-feira (3), em Uberlndia, no Tringulo Mineiro, a Usina Amador Aguiar II (Capim Branco II). A usina faz parte do Complexo Hidreltrico Capim Branco, que comeou a funcionar no segundo semestre do ano passado, quando entrou em operao a usina de Capim Branco I. Em seu pronunciamento (foto), Acio Neves destacou a participao da Cemig no consrcio responsvel pela construo da Complexo Hidreltrico e apontou a eficincia na gesto do Governo de Minas como ponto fundamental para os bons resultados da empresa, que lder de mercado.

    "Fica essa sinalizao aos ilustres empreendedores de diversos setores, que o setor pblico, desde que tenha projeto, profissionalismo e metas para serem alcanadas, pode tambm ser extremamente eficiente", disse Acio Neves.

    A usina de Capim Branco II amplia a potncia instalada do Complexo em 210 MW, chegando a uma capacidade total de gerao de energia de 450 MW. O complexo est instalado no Rio Araguari e abrange os municpios de Araguari, Uberlndia e Indianpolis. O investimento total foi de R$ 1 bilho e foram gerados 7,8 mil empregos diretos e indiretos durante o pico da obra de construo.

    Alm da Cemig, o Consrcio Capim Branco Energia (CCBE), responsvel pela construo do Complexo, formado pela Companhia Vale do Rio Doce, Votorantim Metais e Zinco e Comercial Agrcola Paineiras.




    Lder de mercado

    A Cemig hoje est cotada em R$ 18 bilhes e com aes na Bolsa de Valores de Nova York. Com a compra, em maro de 2006, da Light empresa de energia eltrica do Rio de Janeiro -, a estatal mineira se tornou lder do mercado brasileiro de venda a consumidores finais e a quinta maior geradora do pas com 22.298 MW comercializados no mesmo perodo.

    Para Acio Neves, as parcerias com o setor privado em diversos empreendimentos de gerao e distribuio e a ousadia da administrao da Cemig foram fundamentais para transformar a estatal mineira, hoje, em lder no mercado no pas.

    "Isso um sinal muito claro do Brasil em que estamos vivendo hoje. O Brasil das parcerias e da ousadia. A Cemig, uma empresa sob controle estatal, valia apenas h quatro anos, em Bolsas de Valores, R$ 4 bilhes. Uma administrao absolutamente profissional e parcerias corretas fazem essa empresa hoje ter um valor cotada em R$ 18 bilhes, o que permite a ela ser lder, inclusive, em venda de consumo de energia, consumidores finais, alm de ser a que mais investe em energia no Brasil", disse Acio Neves.

    O presidente da Vale do Rio Doce, Roger Agnelli, tambm destacou a parceria do Governo de Minas com as empresas privadas. "Essa obra resutado de uma parceria nica. De um lado, grupos do porte da Cemig, Votorantim e a prpria Vale do Rio Doce, que juntos investiram na construo das duas usinas", afirmou. "De outro lado, o Governo de Minas Gerais, sob a responsabilidade do governador Acio Neves, que com muita energia e competncia tem criado as condies adequadas para os investimentos privados no Estado", completou.




    Parque energtico

    Com a entrada em operao da Usina de Capim Branco II, a Cemig passa a contar com um parque gerador de energia que rene 57 usinas. So 52 hidreltricas, quatro termeltricas e uma elica. Desde o incio de 2006, a Cemig inaugurou quatro usinas: Irap, Aimors, Capim Branco I e Capim Branco II, com investimentos de R$ 2,8  bilhes. Desse total, R$ 1,7 bilho foi aplicado pela Cemig e pelo Governo de Minas.

    As quatro hidreltricas possibilitam um aumento na capacidade do parque gerador do Estado em 1,1 milho kilowatts ou 1.140 MW. Desse total, haver um acrscimo de 616 MW para a Cemig, o que representa um acrscimo de 10% da capacidade instalada de gerao da empresa.

    Tambm participaram da inaugurao de Capim Branco II, os ministros das Comunicaes, Hlio Costa, e da Secretaria-geral da Presidncia, Luiz Dulci, e os presidentes do Consrcio Capim Branco, Celso Castilho, da Cemig, Djalma Morais, da Companhia Vale do Rio Doce, Roger Agnelli, do Conselho de Administrao do Bradesco, Lzaro Brando, do Bradesco, Mrcio Cipriani, da Votorantim, Carlos Ermnio de Moraes, da Suzano, Davi Feffer, alm do prefeito de Uberlndia, Odelmo Leo.









    Comentrios

    #1. Celso - (celsocastilho@ccbe.com.br)
    Prezado Joo.

    Com atraso, mas no deixando nunca de ler o seu Blog, agradeo o destaque dado sobre a inaugurao da Usina Amador Aguiar II no ultimo dia 03. Lamentei a sua ausncia, at porque voce tambm fez parte do empreendimento, nos assessorando da forma que somente voce sabe fazer: Competentemente. Um abrao do amigo. Celso Castilho de Souza




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Sexta-feira, Maio 4, 2007

    Encontro Empresarial comea hoje no Grande Hotel Ouro Minas, em Arax, com o governador Acio Neves mostrando os projetos para Minas, no seu segundo mandato. A notcia abaixo vem direto da coluna do meu amigo Csar Romero da Tribuna de Minas de Juiz de Fora. o III Encontro Empresarial coordenado pelo competente jornalista Paulo Csar de Oliveira, diretor da revista Encontro e do jornal Hoje em Dia.

                                                 





                                                                  Jornalista Paulo Csar de Olveira
                                                                            Encontro em Arax

    Grande mobilizao de nomes top do empresariado mineiro, neste final de semana, em Arax, para o II Encontro Empresarial coordenado pelo diretor da revista "Encontro", Paulo Cesar de Oliveira. A programao comea hoje, no Grande Hotel Ouro Minas, com o governador Acio Neves falando sobre os novos projetos para o Estado.
    O ministro da Articulao Poltica, Walfrido dos Mares Guia, tambm confirmou sua presena, e mostrar as aes do PAC. Mais tarde, o seminrio tcnico contar com um 'pl do preparador fsico e mental Nuno Cobra.
    Ainda entre as atraes desta sexta, um requintado jantar com o 'chef' Ivo Faria, desfile de jias AngloGold Ashanti e show com Emlio Santiago.
    Amanh, tem torneio de tnis, campeonato de sinuca com a campe brasileira Silvia Taiolli, degustao de charutos Davidoff e de vinhos com o 'sommelier' Jol Gurin, jantar assinado pelo 'chef' Guilherme (do restaurante Museum, de So Paulo) e show com Elba Ramalho.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 3, 2007

    Ladro leva Transmissor da TV ASSEMBLIA, em Formiga.

                                Com isso, a cidade, que recebe o sinal via satlite, sistema UHF, canal 23,  est sem receber a programao da TV Assemblia h mais de trinta dias. A polcia de Formiga est procura do ladro,mas at agora, no tem conseguido prend-lo, ou quem sabe, prend-la. Quem nos deu a informao do presiodente do PMDB de Formiga, Mauro Csar Alves de Souza, que tem um programa de TV. O programa o Shop News, que vai ao ar, pela TV OESTE, retransmissora da TV Minas de BH. Ainda bem, que pela Minas, se fosse pela TV Assemblia ele estaria fora do ar. 
                                 EM TEMPO: o roubo do transmissor da TV Assemblia em Formiga foi comunicado ao deputado Antonio Jlio pelo presidente do PMDB da cidade, Mauro Csar. O deputado j est tomando as providncias necessrias para que Formiga volte a receber o sinal da TV Assemblia.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 3, 2007

    HOJE dia 3 de maio o DIA DO PARLAMENTAR e tambm do TAQUGRAFO(A).

                                A data especial foi registrada ( advinhe por quem: claro, que pelos TAQUGRAFOS (AS), que trabalham no plenrio ) nos anais da Assemblia Legislativa, agora tarde, durante a Reunio Ordinria. Quem fez o registro ao microfone do plenrio JK, com transmisso ao VIVO, pela TV Assemblia, foram os deputados Joo Leite e Lafayette Andrada, ambos do PSDB.
    Nosso BLOG DE NOTCIAS parabeniza e deseja sucesso aos parlamentares de todo o Pis e tambm aso taqugrafos e taqugrafas.
    Um detalhe: 
    maioria da rea de taquigrafia da Assemblia Legislativa de Minas formada de mulheres.
    So 33 mulheres e apenas 2 homens.
     EXPLICAO: para o fato de ter mais mulheres que homens na taquigrafia da Assemblia de Minas, que as mulheres so mais rpidas no lpis, registrando no papel em segundos, a menssagem que entra pelos ouvidos. claro quem falou pediu para no revelar a fonte. No vou revelar, de jeito nenhum!

                                EM TEMPO:
                                Comea hoje e vai at dia 5, sexta-feira, o III CONGRESSO e VII Encontro Nacional da Unio Nacional dos Taqugrafos. Sero abertos, pelo deputado Joo Leite, PSDB, s 7 da noite no San Diego Suites. Alm do deputado Joo Leite, quem tambm vai fazer palestra hoje ser o deputado Onofre Santo Agostini da Assemblia Legislativa de Santa Catarina.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 3, 2007

    IMPERDVEL. Na choperia e restaurante Pinguim, aqui em BH, a Exposio de Jias, da designer e empresria MRCIA ROCHA. At amanh, voc poder ver a beleza de vrias peas que ela expe no Pinguim ( que fica na rua Gro Mogol, 157, bairro Carmo-Sion). L o cliente do restaurante vai preencher um CUPOM e concorrer ao sorteio de trs peas em OURO e BRILHANTE entre os ( as) frequentadores da casa. A promoo vai at dia 13 de maio.

                         PERFIL
                         A marca MRCIA ROCHA tem 20 anos de tradio no segmento de jias. Trabalha com desenhos exclusivos e materiais diversos, apresentando em suas colees peas diferenciadas, personalizadas, belas. A Mrcia Jias fica na rua padre Odorico,128, conjunto 301/302 no bairro So Pedro, aqui em BH. Telefones: 31 3264-2677 ou 31 9984-1516. 
                         Parabns Mrcia Rocha pela parceria com o restaurante Pinguim. Um casamento perfeito. E bom para os clientes, que podero concorrer s belssimas jias.     


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 3, 2007

    O QUE EXPERINCIA? Muitos dizem que experincia como "um carro em alta velocidade, numa noite escura, numa auto estrada, com os faris iluminando para trs". Sera? VEJA o texto que empresrio Antnio Baggio - leia-se empresa IMBALLAGGIO - enviou ao nosso BLOG DE NOTCIAS, sobre o que EXPERINCIA. Vale ler e REFLETIR!


                           
                                            Voc tem experincia?

    Num processo de seleo da Volkswagen, os candidatos deveriam responder a seguinte pergunta: "Voc tem experincia?"

    A redao abaixo foi desenvolvida por um dos candidatos. Ele foi aprovado e seu texto est fazendo sucesso, e ele com certeza ser sempre lembrado por

    sua criatividade, sua poesia, e acima de tudo por sua alma.


                                           REDAO VENCEDORA:
    J fiz cosquinha na minha irm s pra ela parar de chorar.

    J me queimei brincando com vela.

    Eu j fiz bola de chiclete e melequei todo o rosto.

    J conversei com o espelho, e at j brinquei de ser bruxo.

    J quis ser astronauta, violonista, mgico, caador e trapezista.

    J me escondi atrs da cortina e esqueci os ps pra fora.

    J passei trote por telefone.

    J tomei banho de chuva e acabei me viciando.

    J roubei beijo.

    J confundi sentimentos.

    Peguei atalhoerrado e continuo andando pelo desconhecido.

    J raspei ofundo da panela de arroz carreteiro.

    J me cortei fazendo abarba apressado.

    J chorei ouvindo msica no nibus.

    J tentei esquecer algumas pessoas, mas descobri que essas so as mais difceis de se esquecer.

    J subi escondido notelhado pra tentar  pegar estrela.

    J subi em rvore pra roubar fruta.

    J ca da escada de bunda.

    J fiz juras eternas.

    J escrevi no muro da escola.

    J chorei sentado no cho do banheiro.

    J fugi de casa pra sempre, e voltei no outro instante.

    J corri pra no deixar algum chorando.

    J fiquei sozinho no meio de mil pessoas sentindo falta de uma s.

    J vi pr-do-sol cor-de-rosa e alaranjado.

    J me joguei na piscina sem vontade de voltar.

    J bebi usque at sentir dormentes os meus lbios.

    J olhei a cidade de cima e mesmo assim no encontrei meu lugar.

    J senti medo do escuro.

    J tremi de  nervoso.
    J quase morri de amor, mas renasci novamente pra ver o sorriso de algum especial.

    J acordei no meio da noite e fiquei com medo de levantar.

    J apostei em correr descalo na rua. J gritei de felicidade.

    J roubei  rosas num enorme jardim.

    J me apaixonei e achei que era para sempre, mas sempre era um "para sempre" pela metade.

    J deitei na grama de madrugada vi a Lua virar Sol.

    J chorei por ver amigos partindo, mas descobri que logo chegam novos, e a vida mesmo um ir e vir sem razo.

    Foram tantas coisas feitas, momentos fotografados pelas lentes da emoo, guardados num ba, chamado corao.

    E agora um formulrio me interroga? Me encosta parede e grita:

    "Qual sua experincia?".

    Essa pergunta ecoa no meu crebro: experincia.
    Experincia... Ser que ser "plantador de sorrisos" uma boa experincia?

    No! Talvez eles no saibam ainda colher sonhos! Agora gostaria de indagar uma pequena coisa para quem formulou esta pergunta:
    Experincia? 
    Quem a tem, se a todo o momento tudo se renova?




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 3, 2007

    TANCREDO NAVES - ex-deputado estadual -deixou o Mercantil do Brasil e agora homem forte do deputado federal Vtor Penido. Tancredo atua no Escritrio de Penido em BH.

                        Estivemos esta semana, na porta do elevador da Assemblia Legislativa, com o nosso amigo, Tancredo Naves. Uma figura inteligente, amena, amiga, ponderada e competente. Ele nos disse, que h cinco anos havia encerrado seu trabalho na rea de marketing do Branco Mercantil do Brasil, aqui em BH. Estava no faire niente, cuidando do stio dele, lendo, refletindo.

                        De repente, um belo dia, encontra-se com o deputado federal eleito por Minas, Vtor Penido - fopi deputado estadual e trs vezes prefeito de Nova Lima - e ele o convidou para dar um suporte na assesoria poltica, aqui em Minas. Tancredo, segundo ele, no teve como recusar. Mineiramnete ponderou, ponderou... e no teve jeito: topou o desafio.

                        J est dando uma mo ao deputado Vtor Penido. Parabns ao Vitor pela importante conquista de uma mente privilegiada. Saem ganhando: o deputado e a poltica mineira!
                       


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 3, 2007

    De olho na COMUNICAO AMBIENTAL. Confira!

    Para colocar na sua AGENDA. Dias 3, (HOJE) e 4 de maio no Othon Place, aqui em Belo Horizonte.


    MINAS SEDIA TERCEIRA EDIO DO CONGRESSO MINEIRO DE COMUNICAO AMBIENTAL
    A Nova Gerao de Indicadores
    de Sustentabilidade e  Responsabilidade Social
    nas corporaes sero temas de destaque do evento,
    que ser o primeiro evento de Minas neutro em CO2


     Pelo terceiro ano consecutivo, Belo Horizonte ser o centro de encontros de grandes especialistas das reas de Comunicao, Indicadores de Sustentabilidade e Responsabilidade Social Corporativa.  Acontece nos dias 3 e 4 de maio, no Hotel Othon Palace, em Belo Horizonte, o III Congresso Mineiro de Comunicao Ambiental.


    Com patrocnio da Petrobras e organizao da Ambiente Global Comunicao, Eventos & Sustentabilidade, o III Congresso Mineiro de Comunicao Ambiental busca oferecer aos profissionais das reas ligadas ao Meio ambiente e Responsabilidade Social, o contato e a prtica das mais modernas ferramentas de comunicao scio-ambiental e de responsabilidade social, como a metodologia Apell, do Pnuma, as normas NBR 14.063, AS 16001 e SA 8000.


    Entre os objetivos do evento esto: apresentar as principais novidades relacionadas estratgia e ao planejamento de comunicao socioambiental, levando em considerao os princpios da sustentabilidade; apresentar a nova gerao de indicadores de sustentabilidade e especialmente o modelo G3 do GRI; apresentar casos prticos de empresa que caminham rumo sustentabilidade; mostrar alguns dos principais diferenciais que do excelncia s empresas na rea de sustentabilidade, principalmente s empresas brasileiras que hoje fazem parte do ndice de Sustentabilidade Empresarial do Bovespa e tratar sobre a comunicao social em obras de dutos, destacando as oportunidades e as necessidades de mercado para a formao de profissionais.


    Entre os convidados para o evento esto: Arlindo Philippi Junior, Gilberto Felisberto Vasconcelos,  Antonio Lago, Jos Walter Bautista Vidal, Hiran Firmino, Nelmara Arbex , Ricardo Nogueira, Roberto Gonzalez, Roberto Pompeu, Andrea Viali,  entre outros.




                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 3, 2007

    EVENTO DE NEGCIOS. a SUPERAGRO em BH - de 28 de maio a 3 de junho.









                                 Superagro rene empresas lderes no mercado nacional

     

    A Superagro Minas 2007 confirma seu perfil de evento de negcios, reunindo na sua terceira edio, no complexo Expominas, de 28 de maio a 3 de junho, em Belo Horizonte,  empresas lderes em diversos segmentos do agronegcio  nacional como Tortuga, Logstica Ouro Fino, Bayer, Petrobras, Bunge Alimentos, Biognesis do Brasil e Shering-Plough Sade Animal, entre outras. Novas empresas tambm de destaque no setor j confirmaram presena, como a CRI - Cooperative Resources International (CRI), empresa de inseminao artificial de bovinos com atuao em 60 pases, e que comprou a brasileira Gentica Avanada. Participar tambm a Sersia Brasil, outra com atuao nas reas de gentica e inseminao.

    O evento uma realizao do Governo de Minas, por intermdio da Secretaria de Agricultura, Pecuria e Abastecimento, junto com a Federao da Agricultura e Pecuria de Minas (Faemg) e Instituto Mineiro de Agropecuria (IMA). A Superagro tem se firmado como ampla mostra do agronegcio mineiro, com dois eventos-ncora representados pela 47. Exposio Estadual Agropecuria e 10. Expocachaa, alm de reunir os segmentos de laticnios, fruticultura, cafeicultura e silvicultura e os estreantes apicultura e floricultura.

    A presena de diversas empresas de Minas e de outros estados no evento se justifica pela sua consolidao como ambiente adequado para contatarem os produtores rurais e demais agentes do setor e apresentarem os produtos, equipamentos, insumos, novas tecnologias e servios de suporte para diferentes atividades do agronegcio. Muitas dessas empresas aproveitam o evento para apresentarem novidades e produtos recm-lanados no mercado. 



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 3, 2007

    De olho no Parlamento Mineiro.

    INICIATIVA POPULAR chega ao Parlamento Mineiro. Foi entregue oa presidente, deputado Alberto Pinto Coelho, o projeto "Dom Luciano Mendes de Almeida" em homenagem ao ex-arcebispo de Mariana, falecido em agosto de 2006.

                          Movimentos populares apresentam projeto de lei ALMG



    Representantes de diversos movimentos populares lotaram, nesta quarta-feira (2/5/07), o Salo Nobre da Assemblia Legislativa de Minas Gerais para entregar ao presidente da Casa, deputado Alberto Pinto Coelho (PP), um projeto de lei de iniciativa popular. A proposio garante iseno de pagamento de energia eltrica para residncias urbanas e rurais cujo consumo no ultrapasse os 100 kwh/ms. Caso seja transformada em lei, mais de 2,5 milhes de famlias carentes do Estado com renda mensal de at um salrio mnimo sero contempladas, de acordo com informaes fornecidas pelo gabinete do deputado Padre Joo (PT).

    O projeto recebeu o nome de "Dom Luciano Mendes de Almeida", em homenagem ao ex-arcebispo de Mariana e ex-presidente da Conferncia Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), falecido em agosto do ano passado. Apesar de o mnimo necessrio para a apresentao de um projeto de iniciativa popular ser de 10 mil assinaturas, conforme o artigo 67 da Constituio do Estado de Minas Gerais, os representantes dos movimentos populares reuniram cerca de 130 mil.

    Alberto Pinto Coelho recebeu a proposio das mos do responsvel pelo vicariato episcopal de Ao Social e Poltica da Arquidiocese de Belo Horizonte, padre Jos Janurio. O presidente da Assemblia, aps dar as boas-vindas aos visitantes, saudou a iniciativa do envio do projeto e incluiu seu nome na lista de assinaturas. "Estamos celebrando o exerccio da democracia que existe hoje no nosso Pas", declarou.

    Em entrevista coletiva imprensa aps o encontro, Alberto Pinto Coelho afirmou que a matria tem grande respaldo popular, mas sua anlise no ser fcil, pois tambm precisa ser vista sob a tica da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Essa lei prev que qualquer projeto que trate de iseno fiscal deve estabelecer a compensao pela renncia de receita prevista.

    Presenas - Deputados Alberto Pinto Coelho (PP), presidente da ALMG; Durval ngelo (PT), Almir Paraca (PT), Carlin Moura (PCdoB), Domingos Svio (PSDB), Andr Quinto (PT), Padre Joo (PT), Paulo Guedes (PT), Doutor Viana (DEM) e a deputada Elisa Costa (PT). Deputados Alberto Pinto Coelho (PP), presidente da ALMG; Durval ngelo (PT), Almir Paraca (PT), Carlin Moura (PCdoB), Domingos Svio (PSDB), Andr Quinto (PT), Padre Joo (PT), Paulo Guedes (PT), Doutor Viana (DEM) e a deputada Elisa Costa (PT).

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 3, 2007

    Ministro das Comunicaes hoje em Minas. Vai a Araguar no Tringulo Mineiro.

    Hlio Costa participa de inaugurao da Usina Hidreltrica em Araguari

      O ministro das Comunicaes, Hlio Costa, participa, nesta quinta-feira (03/05), da inaugurao da Usina Hidreltrica Amador Aguiar II, em Araguari-MG.

     O complexo energtico Amado Aguiar formado pelas Usinas Hidreltricas Amador Aguiar I e II e recebeu investimentos de mais de R$ 1 bilho do consrcio formado pela Companhia do Vale do Rio Doce, Companhia Energtica de Minas Gerais e das empresas Comercial e Agrcola Paineiras e Votorantin Metais.

     Com as usinas, os municpios de Uberlndia e Araguari foram beneficiados com empregos diretos e indiretos, alm de benefcios econmicos para toda a regio.

     DATA: 03/05/2007

    HORRIO: 16h

    LOCAL: Fazenda Cunhas-Praia do Boi Preto, s/n - Zona Rural

    Araguari (MG)

     



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 3, 2007

    Reajuste de salrios dos policiais mineiros, vai passar tambm pela Comisso de Segurana da Assemblia Legislativa, a pedido do deputado Sargento Rodrigues, do PDT.

                   Segurana Pblica analisar projeto que reajusta salrios de policiais

    O Projeto de Lei 929/07, do governador do Estado, que concede reajustes aos policiais civis e militares, bombeiros e agentes de segurana, ser analisado tambm pela Comisso de Segurana Pblica da Assemblia Legislativa de Minas Gerais. Requerimento nesse sentido, do deputado Sargento Rodrigues (PDT), presidente da Comisso, foi aprovado durante a Reunio Ordinria de Plenrio desta quarta-feira (02/05/07). A proposio, que tramita em regime de urgncia solicitado pelo governador Acio Neves, foi recebida em Plenrio no dia 24 de abril e distribuda, inicialmente, apenas s Comisses de Constituio e Justia; Administrao Pblica; e Financeira e Oramentria.

    De acordo com a proposta, policiais civis e militares, bombeiros e agentes de segurana tero 10% de reajuste a partir de setembro de 2007 e o mesmo percentual em setembro de 2008 e setembro de 2009. Para cargos de maior graduao dentro das polcias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros, os aumentos sero de 11,2% e 14,62% em setembro de 2007, repetindo-se os ndices em 2008. Na manh desta quarta-feira (02), tambm a pedido de Rodrigues, foi adiada a votao do parecer de 1 Turno do PL 929/07 na Comisso de Constituio e Justia. De acordo com o parlamentar, a categoria quer discutir e negociar o teor do projeto com o governo. A ALMG tem prazo at 11 de junho para votar a proposio.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quinta-feira, Maio 3, 2007

    Exportaes de Minas crescem 26,7% DE JANEIRO A ABRIL Com isso mantm a vice-liderana nacional. Confira os dados!









                        Exportaes mineiras crescem acima da mdia nacional

     

    As exportaes de Minas Gerais no perodo de janeiro a abril de 2007 foram 26,7% maiores do que no mesmo perodo de 2006, acusando um crescimento superior mdia nacional, que foi de 18,2%. O valor exportado alcanou os US$ 5,57 bilhes, o que representou 12% do total exportado pelo pas no primeiro quadrimestre do ano, mantendo o Estado na segunda posio do ranking nacional.


    Os dados globais da balana comercial brasileira foram divulgados nesta quarta-feira (02), em Braslia, pelo Ministrio do Desenvolvimento, Indstria e Comrcio Exterior (MDIC). Para o secretrio de Estado de Desenvolvimento Econmico, Mrcio de Arajo Lacerda, o grande desafio continua sendo a agregao de valor aos produtos destinados exportao, o que vai implicar no aumento do valor mdio da tonelada comercializada no exterior. 


    Em abril, as exportaes mineiras somaram US$ 1,31 bilho, com variao de 31,1% em relao a igual ms do ano passado. O valor representa 10,5% das exportaes brasileiras em abril, que atingiram U$ 12,45 bilhes. Com crescimento da taxa anualizada h quatro meses consecutivos, que em abril foi de 21,2%, as exportaes do Estado bateram novo recorde histrico de US$ 16,8 bilhes no acumulado de 12 meses.


    No primeiro quadrimestre, as importaes mineiras tambm cresceram em conseqncia das aquisies de mquinas destinadas ampliao do parque fabril. A expanso foi de 35,7%, em ritmo superior ao das exportaes. No entanto, isso no impediu que o saldo acumulado de 12 meses da balana comercial do Estado batesse novo recorde, atingindo US$ 11,47 bilhes.


    O secretrio Mrcio Arajo de Lacerda disse que o resultado da balana comercial, alm de consolidar Minas como o segundo exportador brasileiro, demonstra que nem o cmbio valorizado impediu o crescimento das vendas externas.


    Lacerda lembrou ainda que os nmeros expressivos do comrcio exterior de Minas Gerais continuam sendo alavancados pelos produtos metalrgicos e pelos minrios em associao com o setor automotivo. Destacou que outros setores continuam a aumentar o peso no total exportado, como carne, papel e celulose e acar e lcool em virtude do forte aquecimento que vm experimentando.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Maio 2, 2007

    DOIDOS POR ARTE, sbado e domingo ( 5 e 6 de maio) na capital. Cofira detalhes na notcia enviada ao nosso BLOG DE NOTCIAS pelo jornalista e escritor Marcus Tafuri.

    Artistas de Barbacena invadem BH


    A convite de Cida Buarque - poeta e articulista do portal de notcias Barbacena On Line ( www.barbacenaonline.com.br),  trs artistas do grupo Doidos por Arte, de Barbacena, conquistam espao na capital mineira para mostrar seus trabalhos. Trata-se do Quintal Aberto, feira de variedades, que acontece nesse fim de semana (dias 5 e 6 de maio), no bairro Santo Antnio, em Belo Horizonte. O convite se concretizou com uma visita de Cida Buarque aos atelis das artistas Maria Ignez Pereira, Maristela Guedes e Valria Lima, em Barbacena. Cida Buarque no s fez o convite, como aproveitou a visita aos atelis para, junto com as artistas, escolher as obras que viro para o Quintal Aberto.


    Quintal Aberto


    O Quintal Aberto, feira de variedades, j est em sua 4 edio (Especial Dias das Mes). No Quintal, so mostrados e comercializados artigos de moda, decorao, artesanato e culinria, alm de boa comida e boa msica.  A feira, que acontece no badalado bairro Santo Antnio, j faz parte da programao cultural da cidade, com espao garantido na mdia.


    Servio

    Quintal Aberto - Feira de Variedades (edio especial Dias das Mes)

    Rua Nunes Vieira, 165 (prxima a Copasa)

    Bairro Santo Antnio

    Dias 5 e 6 de maio

    De 11:00hs. s 22:00hs.









                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Maio 2, 2007

    Economia e Negcios - um Programa Fiemg. No ar, toda tera e quinta-feira, 13 horas, na REDE MINAS. Ns ancoramos o programa, que chega ao nmero 226, em dois anos e meio no ar.

                         Hoje, s 9 da manh, na Rede Minas vamos gravar o programa de numero 226, com direo do jornalista Ney Doyle. O tema ser o Seminrio de Responsabilidade Social EMPRESARIAL, realizado no Centro de Feiras da Gameleira, aqui em BH. O programa - NO PERCAM - vai ar nesta quinta-feira s 13 horas na Rede Minas.

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Maio 2, 2007

    VESPERATA em DIAMANTINA no feriado. UM SHOW de msica e histria na terra de JK. Tinha at ex-ministro de Estado.

    Ex-ministro das Justia, JOS CARLOS DIAS ( com seu tradicional cachimbo) na VESPERATA de segunda-feira, em DIAMANTINA, promovida pela Agncia de Tursimo Saint Germain - pilotada pelo competente e simptico Vander Dias.

                         No show apotetico, que levou mais de 500 pessoas ao centro histrico de Diamantina - fica a 300 kms de BH na entrada no Vale do Jequitinhonha - este blogueiro anotou as presenas de vrias personalidades do mundo jurdico de Minas e do Pas.
                         L estava annimo, mas nem tanto, o jurista Jos Carlos Dias, que foi ministro das Justia no governo Sarney. Foi muito aplaudido pela multido, que assitia a apresentao da VESPERATA, promovida pela Saint Germain, que reuniu mais de meia centerna de msicos - jovens, adultos e crianas de imenso talento musical e msicos da Banda de Msica da PM de Minas - em uma grande orquestra, regida pelos maestro Alex ( de Diamantina ) - autntico showman de batuta eltrica na mo e o tenente da PM,tenente Mantovani  (tem nome de compositor) e timo na batuta. SHOW nota 10.

    Cad as fotos?
    Darei em breve. Aguarde!


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Quarta-feira, Maio 2, 2007

    Presidente dos CORREIOS, Luiz Henrique Custdio, foi a Barbacena - Campo das Vertentes, terra do ministro Hlio Costa - para inaugurar uma nova estrutura da empresa estatal na Terra das Rosas, polo regional de mais de 30 municpios. Ele entregou, em nome do ministro - o prdio construdo em 1949 - totalmente restaurado. Confira a cobertura do site www.barbacenaonline.com.br












    Na manh de segunda-feira, 30, em Barbacena, aconteceu a inaugurao das novas instalaes da Agncia dos Correios. O evento contou com as presenas de vrias autoridades.
    Trata-se de uma obra de reforma com ampliao do prdio de propriedade dos Correios, com 762m, localizado Rua Jos Bonifcio, 23 Centro. O imvel que foi tombado pelo patrimnio histrico do municpio, teve ampla reforma e ampliao do prdio.

    J. Reinaldo









    Autoridades durante o descerramento da placa






    A restaurao do prdio, construdo em 1949, beneficia significativamente os quase 500 clientes que freqentam a agncia diariamente, no que diz respeito adequao da iluminao e ergonomia. Novos balces foram instalados visando o conforto dos funcionrios e melhor atendimento aos clientes, inclusive, com guich adequado aos portadores de necessidades especiais.


    O promotor Jos Maria Ferreira, Jos Augusto - representando o Prefeito, Carlos Henrique Custdio - Presidente da ECT, Ana Cartarina Xavier - representando o Ministro das Comunicaes, Fernando Lopes e o Diretor dos Correios em Minas Fernando Miranda
    Fernando Miranda, Diretor dos Correios em Minas, disse que o foco em pessoas e responsabilidade social. "A sociedade cobra isso das grandes empresas e devemos ter uma atividade no s comercial", completa.
    Carlos Henrique Custdio, Presidente da ECT, afirmou que 120 cidades mineiras ainda no tm o banco postal, mas h uma determinao do Ministro Hlio Costa para que se possa propiciar populao de Minas Gerais, principalmente nas localidades onde no h bancos, esse recurso que leva a cada cidado um cotidiano mais digno. " H uma orientao da Governo Federal, do Ministrio das Comunicaes e Presidncia dos Correios, para proporcionar a populao recursos que facilitem o dia-a-dia", disse.











    Carlos Henrique Custdio, Presidente da ECT e Ana Cartarina Xavier da Costa

    O salo dos Correios teve a
    presena de vrias autoridades

    O Ministro das Comunicaes, Hlio Costa, que j se encontrava em Barbacena para acompanhar a inaugurao das novas instalaes do Correio, teve de se ausentar a pedido no Presidente Lula, para represent-lo em So Paulo no velrio do diretor-presidente da Folha de So Paulo, o jornalista Otvio Frias que faleceu ontem, domingo. Para acompanhar a solenidade, o Ministro foi representado por sua esposa Ana Cartarina Xavier da Costa.
    A agncia de Barbacena composta por 12 funcionrios e possui Banco Postal. No andar superior fica a sede da Regio Operacional, onde acontece o gerenciamento dos negcios realizados por unidades dos Correios de outros 66 municpios. Foram instalados escritrios, salas de treinamento e de reunies.











    O promotor Jos Maria Ferreira e
    Jos Augusto - representando o Prefeito

    Fernando Lopes e o Diretor dos
    Correios em Minas Fernando Miranda

    A sala de treinamento estar atendendo s necessidades de capacitao e reciclagem de empregados de todas as unidades da regio, com o favorecimento da economia local, em virtude da possibilidade de deslocamento temporrio de 224 profissionais para treinamento em Barbacena.
    A inaugurao faz parte do projeto regional "Mais Correios", de melhoria da qualidade e de expanso da rede de atendimento, que busca assistir aos pequenos e mdios municpios mineiros, proporcionando apoio logstico ao setor produtivo e servios postais e bancrios, atravs do Banco Postal, populao. Esta ao enquadra-se na poltica de modernizao e universalizao dos servios de Correios conduzida pelo Ministrio das Comunicaes e executada pela ECT.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 1, 2007

    ICMS do lcool em Minas, hoje de 25%.

                         Vem novidade por a. Vou dar em primeira mo, aqui no nosso BLOG DE NOTCIAS. Aguarde!

                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 1, 2007

    MINEIRO no Planalto.

    SILAS BRASILEIRO ser o novo secretrio-geral do Ministrio da Agricultura.

                         O ex-deputado federal, Silas Brasileiro, j na nova funo, recebe na prxima semana, em audicnia, o presidente do Sindacar, Luiz Custdio Cotta Martins. O dinmico dirigente sindical, vai buscar entendimentos com o Ministrio da Agricultura no momento em que o setor sucroalcooleiro est na vanguarda da gerao de energia no terceiro milnio. A produo de cana-de-acar  de Minas, hoje, mais que o dobro da nacional.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 1, 2007

    GENTE que chega aos quadros do governo do Estado, no segundo escalo.

    JAMIL KOURY est com um p na presidncia do INDI - Insituto de Desenvolvimento Industrial de Minas.

                         Jamil Koury, um vitorioso empresrio dao setor da Construo, hoje presidente da Associao Comercial de Monstes Claros no norte de Minas. Foi iniciativa dele o projeto, entregue pelos deputados da regio, tendo frente Carlos Pimenta e outros parlamentares da bancada do norte de Minas, ao DENIT, que resultou no incio das obras de recupero da BR-135, que BH a Monstes Claros. O governador Acio Neves acerta na msca escolhendo Jamil Koury para dirgir o INDI. O homem certo, no lugar certo, na hora exata. Parabns e sucesso ao empresrio Jamil Koury, nosso velho amigo.


                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 1, 2007

    DE OLHO nos resultados da viagem do governador Acio Neves aos Estados Unidos.









                     Acio busca modelo de relacionamento ambiental entre pases

     









    Gilberto Tadday

    O governador Acio Neves defendeu, no Frum de Desenvolvimento Sustentvel 2007, que pases emergentes e ricos construam de imediato um novo modelo de relacionamento econmico, sem o qual ser impossvel garantir desenvolvimento integrado preservao do meio ambiente. Acio Neves fez o pronunciamento de encerramento do frum, promovido pela Associao das Naes Unidas-Brasil (Anubra), que contou com a participao de 150 empresrios e polticos, como os ex-presidentes Bill Clinton e George Bush.

    "Sabemos todos que o processo de desenvolvimento sustentvel passa, necessariamente, por um novo modelo de relacionamento econmico entre os pases emergentes e as naes mais ricas do planeta. Por isso, se no desenvolvermos, no curto prazo, uma efetiva parceria, inspirada pela nova realidade mundial, corremos o risco de perder esta grande oportunidade de sustentar o crescimento econmico, democratizando mais o processo de desenvolvimento mundial e, ao mesmo tempo, reduzindo os impactos ambientais negativos, que tambm dramaticamente compartilhamos", disse Acio Neves, em seu pronunciamento.

    Segundo o governador, a criao da Organizao Mundial do Meio Ambiente seria o melhor caminho para que os pases em desenvolvimento tenham maior participao na economia global e possam influenciar no desenvolvimento sustentvel do planeta.

    "Uma organizao a partir de um modelo de cooperao multilateral que d aos pases emergentes e em vias de desenvolvimento condies adequadas para sua insero nessa nova economia. Uma economia construda como alternativa ao modelo de desenvolvimento predatrio e autofgico, que faz uso insustentvel dos recursos naturais e destri as chances da prosperidade futura. Numa palavra, destri a vida", afirmou.

    Bush

    Durante seu pronunciamento, Acio Neves saudou o ex-presidente George Bush em nome dos outros governadores de estados brasileiros presentes ao frum: Eduardo Braga, do Amazonas; Marcelo Deda, de Sergipe; Blairo Maggi, do Mato Grosso; e Srgio Cabral, do Rio de Janeiro.

    "Em nome das autoridades brasileiras aqui presentes, cumprimento e sado o dignssimo presidente George Bush, que nos honra com a sua presena emblemtica e, com ela, sinaliza a importncia estratgica da agenda que compartilhamos e que, em essncia, se traduz pela busca de um novo modelo mundial de relacionamento, fundamentado na solidariedade e capaz de prover o crescimento sustentvel de todas as naes", disse Acio Neves.

    O Frum de Desenvolvimento Sustentvel 2007 encerrou a agenda de trabalho do governador nos Estados Unidos. Desde a ltima tera-feira (24), Acio Neves manteve reunies com o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Luis Alberto Moreno, e investidores norte-americanos.



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________
    __________________________________________________________________________

    __________________________________________________________
    Tera-feira, Maio 1, 2007

    RECOMENDO, PAPO CABEA! No Programa da Marlia Gabriela, HOJE e AMANH (dia 2), no perca, a entrevisdta da juza DENISE FROSSAR, mineira de Carangola na Zona da Mata.













    Marlia Gabriela entrevista Denise Frossard
    A Juza Denise Frossard ser a convidada do programa Marlia Gabriela Entrevista deste domingo, 29 de abril. Frossard falar sobre tica, a atual situao do pas, sua experincia na magistratura, seu caminho poltico e os planos para o futuro.

    Horrios Tera - dia 01 s 22h30*
    Quarta - dia 02 s 04h00 e 10h00*



                           Link direto para este post:

    __________________________________________________________________________




    ___________________________


    Clique para conhecer

    ___________________________


    Clique para conhecer

    ______________________________

    Clique para conhecer

    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________
    Clique para conhecer
    ______________________________

         
     
    Clique e envie-nos 

seu e-mail