50 mil... Cerca de 50 mil passageiros devem passar pelo Aeroporto Internacional de BH no feriado...

50 mil...

Cerca de 50 mil passageiros devem passar pelo Aeroporto Internacional de BH durante o feriado de 7 de setembro

No período de 4 a 8 de setembro, também estão previstos cerca de 400 voos e o aeroporto segue preparado para receber as pessoas em segurança

Principal porta de entrada da capital mineira, o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, está preparado para receber os passageiros durante o feriado de 7 de setembro, Dia da Independência do Brasil, com segurança e conforto.


Ao todo, é esperado fluxo de cerca de 50 mil passageiros de 4 a 8 de setembro, o que representa em torno de 15% do movimento esperado para todo o mês.


Nos dias de maior fluxo, que são sexta (4) e segunda (7), estima-se movimento entre 5% e 9% superior que a média diária para os mesmos dias do mês. Já o fluxo de aeronaves será de 400 voos nesse período.

Na sexta-feira, dia 4 de setembro, 12,5 mil pessoas devem passar pelo aeroporto.


O número de voos deverá chegar a 112. Já na segunda-feira, dia do feriado, 12 mil passageiros e 107 voos devem acontecer no terminal.

A concessionária recomenda aos passageiros que fiquem atentos aos horários de embarque, que venham de máscara e cheguem ao aeroporto com antecedência, principalmente nos dias de maior fluxo, para que todo o processo até a chegada à aeronave seja realizado com a máxima proteção contra o coronavírus.

Ações contra a Covid-19

Diante da pandemia do coronavírus, o cuidado com a segurança é prioridade no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte.


No terminal, são colocadas em prática todas as orientações do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).


No intuito de evitar aglomerações e ampliar a segurança, a BH Airport, concessionária do aeroporto, reforça a recomendação de somente se dirigir ao terminal, os passageiros e os profissionais da comunidade aeroportuária.


Além disso, para circular no terminal é preciso estar de máscara.

Há dispensers de álcool em gel em todo o aeroporto, barreiras de proteção nos locais de atendimento aos usuários e adesivos informativos para piso, assentos, banheiros e elevadores.


Com apoio do exército, uma equipe foi capacitada para atuar na descontaminação e higienização de áreas de grande circulação. Entre as demais medidas já adotadas para o combate à disseminação da Covid-19, também foi reforçada a limpeza e desinfecção das áreas comuns de todo o aeroporto, especialmente dos banheiros.

Para completar, aeroporto também laçou uma campanha de comunicação no intuito de conscientizar passageiros, visitantes e a comunidade aeroportuária sobre a necessidade de higienização das mãos, de manter o distanciamento, isolamento de assentos, uso de máscara e demais atitudes que podem garantir a saúde e segurança de todos.

Sobre a BH Airport

A BH Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, é uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) formada pelo Grupo CCR, uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina, e por Zurich Airport, operador do Aeroporto de Zurich, o principal hub aéreo da Suíça e considerado um dos melhores aeroportos do mundo.


E além da Infraero, estatal com experiência de mais de 40 anos na gestão de aeroportos no Brasil, que tem 49% de participação.