1/2

A VEZ DELAS!!! Programa é parceria da Sedese e CDL/BH. Meta é empregar mulheres vítimas de violência



Secretária de Desenvovimento Social de Minas, Beth Jucá(mineira de Juiz de Fora) e o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva.


"A Vez Delas"

Programa ‘A Vez Delas’ vai funcionar como uma ponte entre empresas e mulheres que buscam saídas para romper ciclo de agressão. Cadastro de vagas começa a partir de 15 de novembro


Na última sexta-feira, 15, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) recebeu a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), representada pela secretária Elizabeth Jucá, para apresentação do projeto ‘A Vez Delas’, que funciona como um banco de empregos onde empresas ofertam vagas destinadas às mulheres vítimas de violência doméstica.

Além da CDL/BH, importantes nomes do setor de comércio e serviços da capital também estiveram presentes para conhecer o projeto. “Uma recente pesquisa do DataSenado revelou que a dependência financeira é o segundo motivo pelo qual as mulheres não conseguem romper o ciclo de violência, perdendo somente para o medo.


Como o comércio é uma dos ciclos sociais mais presentes na vida dos cidadãos e um dos principais empregadores de mulheres na capital, é extremamente importante que nos coloquemos à disposição para que essa realidade seja modificada”, destacou o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva.

A secretária da Sedese, Elizabeth Jucá, afirmou durante a apresentação que a violência doméstica hoje é um problema muito sério e a subnotificação é grande.


A mulher que sofre essa violência tem vergonha e, por isso, não denuncia, nem comparece à delegacia.


“Queremos que este Banco de Empregos possibilite a autonomia dessas mulheres para gerar sua própria renda e sair do ciclo de violência.


Incentivar estratégias de fomento à empregabilidade de mulheres vítimas de violência em âmbito familiar e doméstico é uma das maneiras de combate e prevenção dessa forma de violência”.

A secretária destacou ainda a importância da parceria com as empresas e com a CDL/BH para o êxito do projeto. “É um projeto inovador em termos de Estado.


E a continuidade dele depende da alimentação constante de vagas oferecidas. Este é um dos grandes desafios. Queremos que esse Projeto de Lei se transforme em uma política de Estado”.

O programa ‘A Vez Delas’ nasceu a partir do projeto de lei 176/2019 proposto pela deputada estadual, Ana Paula Siqueira.


Em 2020 entrou e vigor e, sob o comando da Sedese, irá disponibilizar, a partir de 15 de novembro, uma ferramenta virtual que irá conectar as vagas de emprego das empresas parceiras do projeto.


O projeto também pretende capacitar e sensibilizar as equipes de RH das empresas com a temática da violência e desigualdade de gênero.

“Essa política pública apresenta uma alternativa às mulheres que sofrem violência doméstica.


O trabalho representa mais do que uma renda para essas mulheres, mas uma transformação de vida, na medida em que gera empoderamento e as fortalece em confiança e autoestima. Esse banco de empregos pode salvar vidas.


A adesão do comércio, que tem uma força enorme e capilaridade na nossa economia e que sempre teve forte compromisso social, é de fundamental importância para fortalecer o programa”, afirmou a deputada estadual Ana Paula Siqueira.

Mais de quinze representantes de importantes nomes do setor de comércio e serviços da capital estiveram presentes no encontro, dentre eles a Drogaria Araújo, principal rede de farmácias da capital e estado, que manifestou apoio ao projeto.


“Sempre estivemos muito próxima às mulheres, tanto que a maioria do seu quadro de funcionários é composta por Elas. Também apoiamos com orgulho a campanha ‘Sinal Vermelho’.


Nossos profissionais são treinados para atender e acolher essas mulheres vítimas de violência, sempre que necessário, em todas as nossas lojas.


Com esse novo projeto ‘A Vez Delas’, estamos novamente dispostos a ajudar para que elas ingressem no mercado de trabalho e se empoderem”, reforçou Isabel Dias, representante da Drogaria Araújo.


Também estiveram presentes na reunião nomes como Centro Visão, Shopping Estação, Multimarcas Outlet, Supermercados BH, Supernosso, Unimed BH, Centro Universitário Una, Rommanel, Atacadão das Tintas, Hermes Pardini, Loja Elétrica, Cacau Show e prefeitura de Nova Lima.

A plataforma de cadastro no banco de empregos para as empresas interessadas estará disponível no site: https://bit.ly/2XouF1P