1/2

Agro mineiro: 1º Encontro do Sistema FAEMG foi sucesso!!! À frente o presidente Antonio de Salvo.

Presidente Antonio de Salvo:


SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, SENAR, INAES, FAEMG


Considerado o domicílio do agronegócio, o interior sempre foi gerador de riquezas para Minas Gerais.


É no campo que a atividade se desenvolve e por meio das mãos de milhares de produtores rurais de todo o estado que o alimento chega à mesa dos brasileiros.


Entre os dias 16 e 17 de setembro, representantes do setor que movimentou mais de R$ 177 bilhões em 2021, equivale a 7,45% do PIB do agronegócio nacional e tem uma taxa anual de crescimento de 9,5%, vieram a Belo Horizonte, para o 1º Encontro do Sistema Faemg: O Agro de Minas Passa por Aqui.


Foram convidados integrantes de 387 Sindicatos Rurais, lideranças e autoridades para uma imersão cujo principal objetivo é capacitar, integrar e fortalecer o setor produtivo, por meio de uma agenda de palestras técnicas, motivacionais, institucionais e mesas de debates.


“Nos últimos anos, o agro mineiro passou por adversidades, não só causadas pela pandemia, mas por questões climáticas e internacionais. E o setor mostrou a força do produtor rural na superação dos problemas e como a diversidade da nossa produção são âncoras para a economia.


1º Encontro do Sistema Faemg vai ser importante para o alinhamento do nosso posicionamento político e para nos qualificarmos ainda mais em prol do desenvolvimento da atividade agropecuária”, explica o presidente do Sistema Faemg, Antônio de Salvo.


Para o superintendente do Senar Minas e diretor executivo técnico do Sistema Faemg, Christiano Nascif, o incentivo ao uso de novas tecnologias, as boas práticas ambientais, a capacitação de mão de obra, a promoção social e a educação formal são ações em que o Sistema Faemg investe e que têm gerado bons frutos.


“É por isso que o nosso encontro será tão relevante, entre outros aspectos, para motivar os envolvidos a continuarem atuando com a certeza de que caminhamos juntos com eles.


Um exemplo é que Minas Gerais tem sido referência nacional quando se fala em assistência técnica e gerencial aos produtores rurais.


Contabilizamos mais de 20 mil propriedades atendidas e 340 mil visitas realizadas por técnicos de campo”, destaca Nascif.


Produção

Aliando tradição à inovação, Minas Gerais se consolida como um dos estados polo do agronegócio brasileiro, ao mesmo tempo em que se desenvolve rumo a uma agricultura digital - um conjunto de tecnologias capazes de otimizar a produção agrícola, em todas as suas etapas. Importante alavanca do setor tem sido o comércio exterior, de janeiro a dezembro de 2021 foram exportados US$ 10,5 bilhões.


Foram para 176 países, sendo a China o principal comprador. Somente de janeiro a julho de 2022 já foram US$ 9 bilhões.


O café permanece como o item de maior peso, seguido por complexo soja, carnes, complexo sucroenergético e produtos florestais.


No que se refere à produção, as cadeias mais fortes no estado são café, milho, soja, batata, alho, cenoura, bovinos de leite e corte, florestas plantadas, feijão, sorgo, abacate, morango, tangerina, limão e látex (borracha vegetal).


Fonte:

faemg.org.br