Alctel Telecom. Empresa mineira de TI cria Programa de Apoio Emocional aos colaboradores.

Alctel Telecom.

Empresa mineira de TI

cria Programa de Apoio Emocional aos colaboradores em tempos de pandemia.


O medo de uma doença desconhecida, o receio do futuro, o isolamento social e as demais medidas de contenção da propagação do novo coronavírus podem provocar distúrbios emocionais e psíquicos na população.


Para acompanhar a saúde mental dos seus colaboradores e prevenir possíveis problemas emocionais, uma empresa em Belo Horizonte decidiu apostar em um programa de apoio psicológico e de acompanhamento para seus funcionários neste momento de pandemia.


“Desde o início montamos um Comitê de Crise para garantir o emprego de todos, para estarmos próximos dos funcionários que estão em home office e equacionar a saúde financeira da empresa. Mas com o passar dos dias da quarentena vimos a necessidade de fazer ainda mais e estabelecemos um Comitê de Apoio”, revela Elaine Bolzan, Diretora Executiva da Alctel Telecom, empresa do setor de Tecnologia da Informação e Comunicação com sede em Belo Horizonte e filiais em São Paulo e Rio de Janeiro.


Elaine explica que as ações do Comitê de Apoio são realizadas em conjunto com o setor de Recursos Humanos da Alctel e estão sendo bem recebidas pela equipe de trabalho.


“Todos os nossos mais de 150 colaboradores estão trabalhando em home office neste momento, longe do bom clima organizacional que rege a nossa empresa.


O que queremos é acompanhar de perto o que eles têm passado nesta quarentena e para isso contamos com o trabalho de uma psicóloga da empresa.


Temos recebido muitas mensagens positivas dessa ação”, conta.


A psicóloga Cibele Auarek, gestora de RH da Alctel, explica que uma das ações é a promoção de palestras motivacionais via live com profissionais altamente gabaritados.


A primeira teve como tema “Como manter o equilíbrio emocional em tempos de crise” e foi realizada pelo gestor em liderança Ricardo Brandão.


Nos próximos dias, a equipe Alctel também passará a contar com ginástical laboral duas vezes por semana. O evento será transmitido em live pela fisioterapeuta Denise Colares.


Outra ação do Comitê de Apoio é o canal de atendimento psicológico.


A psicóloga tem entrado em contato por telefone com todos os funcionários individualmente para estabelecer esse canal.


“É um momento onde eles podem extravasar seus sentimentos e dividir seus anseios e aflições”, comenta Auarek. Segundo ela, aqueles que tiverem maior necessidade terão acompanhamento semanal.


Entre as principais queixas vividas por alguns colaboradores em tempo de pandemia do coronavírus, de acordo com a psicóloga, estão o stress, a sensação de medo, crise de ansiedade, inquietação devido à falta de uma atividade física e sono afetado.


“Cada um vivencia a crise de uma maneira. Estamos passando por uma situação que nunca tivemos presenciado antes e que provoca sentimentos diferentes. Mas acredito que grande parte da população está ansiosa, por vários motivos, quer seja pelo medo de crise econômica ou medo da doença.


O isolamento também tem provocado sentimentos diferentes. Existem aqueles que moram sozinhos, outros que passaram a conviver com a família, os afazeres, o home office e a educação dos filhos”.


E conclui. “O nosso objetivo sempre foi cuidar dos nossos colaboradores e dos nossos clientes. Agora não poderia ser diferente. Esse programa é fundamental para manter a saúde mental dos nossos colaboradores que fazem o sucesso da empresa”.


Fonte

Cíntia Neves

Assessoria de Imprensa

Veja também no meu FaceBLOG:

facebook.com/jcamaralnews