1/2

• AMM em ação!!! Em reunião com prefeitos, presidente da AMM cobra e governador promete acordo

• Em reunião da Associação Mineira de Municípios (AMM) com prefeitos e prefeitas, na tarde desta quinta-feira (29/4), o governador Romeu Zema fez o compromisso com o presidente da entidade, Julvan Lacerda, de iniciar, já na semana que vem, um novo acordo com o Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG) para garantir o pagamento de recursos atrasados da área da saúde aos municípios que envolvem cerca de R$ 6 bilhões.

• O evento contou com a participação de cerca de 200 prefeitos/prefeitas e do presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Agostinho Patrus.

• O governador Romeu Zema reforçou a importância do trabalho da AMM e que a entidade será o elo entre o Estado e os municípios na resolução das demandas e prioridades da pauta municipalistas.

• O governador salientou a dificuldade do caixa do governo, que iniciou a gestão com dívidas altas com os municípios, servidores públicos e fornecedores, sobretudo após a necessidade de investimentos com a pandemia, mas se comprometeu a se reunir com o presidente Julvan para analisarem um novo acordo de quitação da dívida.

• Zema informou, ainda, a aprovação do auxílio emergencial de R$ 500,00 para os mineiros.

• De acordo com o presidente da AMM e vice-presidente da CNM, Julvan Lacerda, a reunião teve como objetivo uma discussão saudável com o governo para conseguirem êxito nas principais demandas dos municípios nesta pandemia do coronavírus.

• “Se for pela paz, as coisas acontecem de forma mais fácil. Não precisa de conflitos. Estou muito grato por saber que o governador vai nos receber para revisarmos o acordo com o Estado de quitação da dívida com os municípios.”

• O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Agostinho Patrus, ressaltou o trabalho árduo dos prefeitos e prefeitas ao gerir seus municípios com a pandemia e orçamentos enxutos. “Saúdo a todos sobre a importância de estabelecermos este diálogo.

• O programa de recolocação de recursos, aprovado na ALMG, e pelo governo, vai regularizar dívidas das empresas e usar os recursos arrecadados para apoiar os empresários para manterem os empregos.”

• O deputado falou também sobre encontros regionais com os prefeitos para tratar da pauta prioritária.

• No encerramento da reunião, o governador frisou que este é um governo parceiro dos municípios e que os compromisso serão honrados, mesmo se for preciso fazer sacrifícios.

• “Tenho convicção que Minas Gerais está no caminho para termos dias melhores e acredito que, com a vacinação, vamos continuar com o problema, mas administrado.”

• O secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti, falou sobre as resoluções, como a de vacinação, do repasse de verba para oxigênio e dos leitos de UTI.

• “Importante todos saberem dessas oportunidades e reforço sobre o prazo de preenchimento do formulário da coronavac, até amanhã, dia 30.”

• Na reunião, alguns gestores tiveram a oportunidade de apresentar as demandas, de forma sucinta, ao governador e o presidente da ALMG.

• As principais demandas se referem ás dificuldades enfrentadas na pandemia, como mais recursos para os pequenos municípios; investimentos em hospitais, sobretudo nas cidades-polo; melhoria na conexão da internet no Estado, um dos desafios para dar continuidade às aulas on-line; melhoria de rodovias e construção de novas para potencializar a economia nos municípios.

Fonte

Ascom AMM