top of page

1/2

BDMG e Banco dos BRICS assinam memorando de entendimentos. Contrato pode chegar a 1 bilhão de reais.


















De Minas, o presidente do Banco dos BRICS, Marcos Troyjo, recebeu o livro A ARTE MINEIRA DE FAZER POLÍTICA, biogafia do ex-governador Hélio Garcia, escrita pelo jornalista Itamar de Oliveira.


ASSINATURA

O presidente do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), Marcelo Bomfim, e o presidente do Novo Banco de Desenvolvimento (NDB), assinaram na sede BDMG em BH, na presença do governador Romeu Zema, o Memorando de Entendimentos para a realização de um contrato que pode chegar até US$ 200 milhões, ou o equivalente a R$ 1 bilhão.


É a maior captação já realizada na história do BDMG e é a primeira com aval da União e os recursos que estão sendo negociados estão conectados aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas.


Marcos Troyjo, presidente do NDB, depois da assinatura da operação com o BDMG, vai falar sobre o tema “O novo desenho da Globalização: Desafios & Oportunidades para o Brasil”.


Coq

Na sede do BDMG em BH

Prestigiado Café da Manhã bem ao estilo mineiro.


Prestigiando nosso ícone gastronômico, o Pão de Queijo, o presidente do BDMG, Marcelo Bomfim e o ex-presidente do banco, economista Carlos Alberto Teixeira de Oliveira de Mercado Comum




















bottom of page