Belgo Bekaert doa colchões e camas para hospital de campanha em Belo Horizonte

Empresa também disponibilizou arames plastificados para a confecção de 5 milhões de máscaras na região metropolitana de BH


A Belgo Bekaert Arames dá sua contribuição para fortalecer o sistema de saúde para o atendimento das vítimas do novo Coronavírus em Minas Gerais.


A empresa doou 200 colchões e 50 camas hospitalares para o hospital de campanha que está sendo montado no Centro de Exposições Expominas, na Gameleira, em Belo Horizonte.


"A Belgo está atenta às necessidades da população e faz parte da corrente do bem que ajuda no tratamento de pessoas infectadas", diz Ricardo Garcia, CEO da Belgo Bekaert. "Nossa sede fica em Minas Gerais e temos muito orgulho em contribuir com o estado que nos acolhe".


No hospital de campanha, os colchões atendem a mais de 25% dos 768 leitos disponibilizados.


A doação é resultado de parceria com a Ortobom, fabricante que utiliza arames da Belgo na confecção de seus colchões.


"A expectativa é que o hospital comece a funcionar até o fim de abril, o que ajudará a evitar o agravamento de casos e, ainda, poupará vidas.


Para a Belgo, que tem a responsabilidade social como um de seus pilares, cada vida importa", destaca Ricardo Garcia.


Cinco milhões de máscaras


A Belgo Bekaert também está doando ao governo de Minas Gerais arames plastificados que serão utilizados para fabricação de 5 milhões de máscaras.


Esses itens essenciais de proteção serão confeccionados por presos da região metropolitana de BH, contribuindo para o abastecimento dos hospitais de todo o estado.


Recuperação de respiradores mecânicos


A ArcelorMittal, acionista majoritária da Belgo Bekaert Arames, também está contribuindo com o combate ao coronavírus.


Em Minas Gerais, em parceria o Senai-MG e outras organizações, a empresa está promovendo a recuperação de respiradores mecânicos parados em hospitais por falta de manutenção. Engenheiros e técnicos da ArcelorMittal e Belgo Bekaert foram cedidos pela companhia para trabalhar na recuperação desses equipamentos, fundamentais no tratamento de pacientes graves.


Ao todo, a ArcelorMittal investiu R$ 18 milhões em ações de apoio contra a enfermidade em todo o país.


Os recursos também foram destinados à construção de um laboratório de biologia molecular para testagem da Covid-10 em Belo Horizonte, além da doação de materiais de higiene e insumos hospitalares para o estado.


A empresa, que ainda destinou verba para a aquisição de testes de identificação rápida do novo coronavírus, doou parte dos recursos (R$ 4 milhões) ao Hospital Margarida, de João Monlevade (MG).


Sobre a Belgo Bekaert


Líder e referência no mercado brasileiro de fabricação de arames, a Belgo Bekaert Arames tem mais de 20 anos de história, tendo como pilares a tecnologia de ponta, a alta qualidade, a evolução constante e a confiabilidade.


Com sete unidades distribuídas em Minas Gerais, São Paulo e Bahia, a empresa oferece produtos, entre outros segmentos, para o agronegócio e a construção civil, além de indústrias automotivas e petrolíferas.