1/2

Benefício. Com as parcerias da CDL/BH, empresas já tiveram economia de 25%


Marcelo Souza e Silva, presidente da CDL/Bh


• Certificado Digital gratuito, • redução de despesas com energia elétrica,

• telefonia e planos de saúde, além de acesso a linhas de crédito

são algumas das opções oferecidas pela entidade

• A atual crise econômica e sanitária do mundo tem levado os empresários a repensarem a gestão de seus negócios. Economizar passou a ser uma das palavras de ordem.


• Todos buscam, ao mesmo tempo, fugir da inadimplência e estar em dia com suas obrigações financeiras.


• Diante das dificuldades de acesso ao crédito, queda de faturamento e baixa perspectiva de uma rápida recuperação econômica, a saída para muitos tem sido reduzir a maior quantidade possível de gastos.


• Especialmente para os setores de comércio e serviços, um dos mais afetados pelo cenário, a economia é essencial para continuar a gerar emprego e renda.


• Atentas a essa situação, entidades como a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) têm oferecido aos associados programas que ajudam na redução de custos.


• “Os setores de comércio e serviços vêm sofrendo muitos prejuízos ao longo dos últimos 10 meses.


• Mais de 5% dos estabelecimentos comerciais da capital encerraram suas atividades. Todos estão batalhando para manter as obrigações financeiras em dia.


• Por isso, ajudá-los a economizar e, assim, continuarem a gerar renda e postos de trabalho é essencial”, destaca o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva.


• Com parcerias que reduzem custos em energia elétrica, telefonia, planos de saúde e até realização de testes de Covid-19 por meio do Laboratório Hermes Pardini, a redução média das despesas de uma empresa pode chegar a 25%.


• “A pandemia nos mostrou que o cooperativismo é essencial para a manutenção da economia.


• Somente será possível atravessarmos essa crise se houver ajuda e coparticipação entre todos os participantes da cadeia produtiva”, avalia Souza e Silva.


Fonte

Ascom CDL/BH