1/2

BH tem novo prefeito: é o vice FUAD NOMAN. É que Kalil anunciou que vai disputar governo de MG


Fuad Jorge Noman Filho (é mineiro de Belo Horizonte, nascido em 30 de junho de 1947) é um escritor, economista e político brasileiro, filiado ao Partido Social Democrático (PSD).


É o atual prefeito de Belo Horizonte, ascendendo ao cargo após a renúncia do titular, Alexandre Kalil.


Economista

Foi Secretário-Executivo da Casa Civil da Presidência da República durante o governo de Fernando Henrique Cardoso e consultor do Fundo Monetário Internacional (FMI).[1]


No Governo de Minas Gerais, foi Secretário de Estado de Fazenda e Secretário de Estado de Transporte e Obras Públicas, entre 2003 e 2010, e Secretário de Estado Extraordinário para a Coordenação de Investimentos, no Governo de Antônio Anastasia.[2] Ocupou diversos outros cargos em sua carreira.[3][4]


Em Belo Horizonte, comandou a Secretaria Municipal de Fazenda ao longo do primeiro mandato do prefeito Alexandre Kalil, sendo eleito vice-prefeito para o segundo mandato de Kalil.[5][6]


Após a renúncia de Kalil em 25 de março de 2022, para a sua candidatura ao Governo do Estado, Fuad tornou-se o 53o. prefeito da capital mineira.[7]


Fuad é bacharel pelo Centro de Ensino Unificado de Brasília em Ciências Econômicas, especialista em Programação Econômica e Execução Orçamentária, além de Doutor Honoris Causa pela Universidade Estadual de Montes Claros.[8]


Veia literária

Fuad Noman é casado com Monica Drumond. Pai de dois filhos e avô de quatro netos.


É autor dos romances “Cobiça” e “O Amargo e o Doce”.


Em meio à longa experiência em cargos públicos, teve sua primeira experiência eleitoral em 2020, quando foi eleito vice-Prefeito de Belo Horizonte.[20][21]


Fonte:

wikipedia.com.br