Cônsul de Portugal homenageado em Barbacena


JCA e o cônsul de Portugal em Minas Rui de Almeida no Palácio da Revoluçāo Liberal.


JCA, o presidente da Câmara de Barbacena Amarílio Andrade e o diretor de Assuntos Internacionais da Câmara Portguesa em Minas Claudio Motta.


Direto de Barbacena.

Cônsul de Portugal em Minas, Rui Almeida foi condecorado com a Comenda Mérito Legislativo em solenidade no Palácio da Revolução Liberal, sede da Câmara Municipal de Barbacena.


A condecoração foi entregue ao cônsul Rui Almeida, pelo autor da homenagem, o presidente da Câmara de Barbacena, vereador Amarílio Augusto de Andrade. Emocionado, o cônsul agradeceu a importante condecoração, que torna mais fortes os laços de Barbacena e região com Portugal.


O plenário dr. Sobral Pinto recebeu personalidades de Barbacena e da capital mineira, que foram prestigiar o cônsul de Portugal Rui Almeida. Lá estavam a vice-prefeita de Barbacena Angela Kilson, vereadores, militares da Epcar, empresários, intelectuais, jornalistas, delegados da Polícia Civil, os membros da Câmara Portuguesa de Comércio em Minas(o presidente Fernando Meira Dias, o vice Carlos Lopes, o diretor de Relações Internacionais Claudio Motta e o diretor executivo Vittório Lanari). E familiares e amigos do cônsul. E da nova representante da Câmara Portuguesa em Barbacena, Terezinha Madalena Branco Rodrigues.


Posse

Na solenidade foi empossada a representante da Câmara Portuguesa em Barbacena, Teresinha Madalena Branco Rodrigues, neta de portugueses e viúva do saudoso empresário barbacenense Hélio Rodrigues.


Interiorização

Com isso, Barbacena é a primeira cidade do interior a ter uma representante da Câmara Portuguesa de Negócios na estratégia do presidente da Câmara Portguesa Fernando Dias e sua diretoria de levar a Câmara para as cidades-polo de Minas.


Segundo Fernando Dias, presidente da Câmara Portuguesa em Minas, iniciar a interiorização por Barbacena é muito importante. Afinal a cidade de 140 mil habitantes e é polo regional de 37 cidades, que juntas somam 700 mil habitantes, que movimentam a economia regional do Campo das Vertentes.


Agora todo esse potencial econômico e cultural passa a ter uma janela de oportunidades de fazer negócios com Portugal - disse Fernando Dias.