1/2

Carne bovina será vendida sem impostos nesta quinta-feira. A ação faz parte do Dia Livre de impostos


Marcelo de Souza e Silva, presidente da CDL/BH: ação faz parte do Dia Livre de Impostos, que tem o objetivo de conscientizar a população sobre a alta carga tributária do país. Lojas de utilidades domésticas também vão participar

Nesta quinta-feira, 2, os belo-horizontinos terão a oportunidade de comprar músculo bovino sem a incidência dos impostos no valor final do produto.


Diversos açougues da cidade aderiram ao Dia Livre de Impostos (DLI), ação promovida pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) e CDL Jovem, para conscientizar a população sobre a alta carga tributária do país, especialmente a relativa ao consumo como Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços de Transporte e Comunicação (ICMS) e o Imposto Sobre Serviços (ISS).


De acordo com o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV/IBRE), nos últimos 12 meses, o músculo ficou 6,5% mais caro.


Na capital mineira, o corte tem sido vendido a um preço médio de R$ 39,90. Segundo o Impostômetro, medidor que acompanha a incidência dos impostos no país, atualmente, 29,0% do valor final da carne bovina corresponde a impostos. Em alguns casos, esse índice pode chegar a 40,0%.


Fonte:

Assessoria Imprensa

CDL/BH