1/2

Cartilha gratuita da CDL/BH ensina como se adequar à LGPD. Sanções entraram em vigor neste domingo.


Marcelo de Souza e Silva, presidente da CDL/BH: “Estamos nos empenhando para que o comércio da cidade cumpra à risca a LGPD e, claro, não precise ser submetido às multas previstas”, destaca.


Sanções entraram em vigor neste domingo. Multas podem chegar à R$50 milhões


Já estão em vigor as sanções da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).


As empresas que descumprirem as diretrizes podem ser multadas em 2% do faturamento, até um limite de R$50 milhões.


Para auxiliar os empresários a se adequarem à lei, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) disponibilizou gratuitamente para os lojistas da capital mineira, associados ou não, uma cartilha didática que ilustra e informa de maneira objetiva, em formato de diálogo, as diretrizes da LGPD.


“Os dados são bens ativos muito preciosos e é preciso que o lojista saiba como usá-los da melhor forma possível, sem ferir as regras determinadas pela lei.


Por isso, estamos disponibilizando esse material didático para ajudá-lo a compreender melhor a lei e tirar melhor proveito dessas informações”, pontua o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva.


Ainda de acordo com o dirigente, a CDL/BH também disponibiliza aos seus associados, de forma gratuita, apoio jurídico especializado, prestando orientações tributárias, trabalhistas, consumeristas e empresarial, além da elaboração de pareceres, análises de contratos e orientações para defesas administrativas e judiciais. “Estamos nos empenhando para que o comércio da cidade cumpra à risca a LGPD e, claro, não precise ser submetido às multas previstas”, destaca.

A cartilha da CDL/BH pode ser acessada no link: https://bit.ly/3e9Y8lc

Fonte:

Ascom CDL/BH