CDL/BH. Melhora do cenário econômico favorece a recuperação do crédito em MG


    O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), Marcelo de Souza e Silva, ressalta que as expectativas em relação à economia são favoráveis e estão contribuindo para que os consumidores mineiros se organizem e retornem ao crédito.




    CDL/BH

    Melhora do cenário econômico favorece a recuperação do crédito em MG

    A recuperação de crédito fechou o ano com crescimento de 6,29% em relação a 2018

    O atual cenário de otimismo da economia vem favorecendo a recuperação de crédito em Minas Gerais.


    A população mineira está mais estimulada a quitar suas pendências financeiras em função dos indicadores estarem melhores, como por exemplo, inflação controlada, taxa básica de juros no menor patamar da história, e melhora no mercado de trabalho formal.


    Esse avanço dos indicadores macroeconômicos contribuiu para o crescimento de 6,29% da recuperação de crédito do Estado de Minas Gerais em 2019 (variação acumulada Jan.19 a Dez.19 / Jan. 18 a Dez.18) após um ciclo de 14 meses apresentando queda.

    O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), Marcelo de Souza e Silva, ressalta que as expectativas em relação à economia são favoráveis e estão contribuindo para que os consumidores mineiros se organizem e retornem ao crédito.


    “Esperamos que com o avanço das reformas administrativas, somado ao plano de desburocratização, a economia deslanche esse ano e possibilite melhora no mercado de trabalho e aumento dos rendimentos reais dos consumidores”, afirma.

    Indicador de dívidas quitadas cresce em 2019

    O volume de dívidas quitadas em 2019 é outro indicador que confirma a recuperação de Crédito em Minas Gerais.


    O crescimento foi de 4,59% na variação acumulada (Jan.18 a Dez.19 / Jan.18 a Dez.18.)

    Para o presidente da CDL/BH, a criação de novas ofertas de emprego foi essencial para gerar maior renda para as famílias, consequentemente favorecendo a quitação de dívidas pelos consumidores.


    “A expectativa é de que a economia continue dando sinais de melhora em função de reformas estruturais, por exemplo.


    Assim, mais famílias passarão a ter uma situação financeira mais favorável para quitarem seus débitos e voltarem a consumir”, acrescenta.

    Baixe os gráficos e comparativos da pesquisa em:

    Metodologia – Os indicadores de recuperação de crédito apresentados nesse material contêm todas as informações disponíveis nas bases de dados a que o SPC Brasil e a CDL/BH têm acesso.


    Contato

    Assessoria de Imprensa da CDL/BH

    Cristina Reis / Maristela Moreira / Isabela Braga

    (31) 3249-1632 / 98751-1473

    assessoriadeimprensa@cdlbh.com.br