1/2

Cerca de 770 mil passageiros devem passar pelo Aeroporto Internacional de Belo Horizonte em novembro



O número representa aumento de 10% em relação a outubro e contribuirá para a retomada de 81% da movimentação pré-pandemia

A movimentação de passageiros e aeronaves no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte deverá ter alta contínua durante este mês. São esperados cerca de 770 mil passageiros ao longo de novembro, crescimento de 10% em relação a outubro.


Já o número de voos deverá chegar a 6.300, 4% a mais do que foi operado no mês passado.


Em novembro de 2020 circularam pelo terminal em torno de 513 mil passageiros.


O fluxo de pessoas esperado para novembro de 2021 representa 81% de retomada em relação ao período pré-pandemia.

“A alta da imunização pelo país reflete diretamente na confiança das pessoas e no aumento da demanda por voos.


Os feriados de outubro e deste início de novembro trouxeram um cenário mais favorável para o setor.


Certamente, o fluxo de Finados e também do feriado do dia 15 de novembro vão contribuir para marca de 770 mil passageiros no mês.


Em breve, alcançaremos os patamares anteriores à pandemia da Covid-19”, ressalta Clayton Begido, gestor de Conectividade e Aviação da BH Airport.


Ele destaca que de 29 de outubro a 3 de novembro, durante o feriado de Finados, cerca de 140 mil pessoas passaram pelo terminal, com movimentação de 1.100 aeronaves, bem como realização de 56 voos extras. O panorama também se mostra positivo para o feriado da Proclamação da República.


De 12 a 16 de novembro, cerca de 125 mil pessoas devem passar pelo aeroporto, com movimentação de mil aeronaves e 40 voos extras planejados para Campinas (SP), Galeão (RJ), Guarulhos (SP), Maceió (AL), Manaus (AM), Natal (RN), Porto Seguro (BA) e Salvador (BA).

“Esses números e expectativas são muito relevantes. Para se ter uma ideia, embora reúna menos dias, o feriado de 15 de novembro vai ter um fluxo maior que o feriado de outubro, quando circularam 121 mil pessoas por aqui, o que mostra que o mercado está em forte retomada e podemos esperar um fluxo elevado de passageiros no final do ano”, avalia Clayton.


Ao longo deste mês, o aeroporto estará conectado a 43 destinos regulares e extras - que atendem os feriados de novembro. São eles: Aracaju (SE), Belém (PA), Barreiras (BA), Brasília (DF), Cabo Frio (RJ), Campinas (SP), Campo Grande (MS), Carajás (PA), Comandatuba (BA), Congonhas (SP), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Foz do Iguaçu (PR), Galeão (RJ), Guanambi (BA), Guarulhos (SP), Governador Valadares (MG).


Goiânia (GO), Ilhéus (BA), Jericoacoara (CE), João Pessoa (PB), Marabá (PA), Maceió (AL), Manaus (AM), Montes Claros (MG), Natal (RN), Porto Alegre (RS), Porto Seguro (BA), Recife (PE), Ribeirão Preto (SP), Santos Dumont (RJ), São José do Rio Preto (SP).


São Luís (MA), Salvador (BA), Teixeira de Freitas (BA), Uberaba (MG), Uberlândia (MG), Vitória (ES), Vitória da Conquista (BA), e os internacionais Lisboa (Portugal) e Panamá.

Copa amplia frequência no aeroporto

O cenário favorável, com a ampliação do programa nacional de vacinação contra a Covid-19, e o aumento da demanda fizeram com que a companhia aérea internacional Copa Airlines ampliasse a frequência de voos no aeroporto para quatro vezes por semana.


Em novembro, a empresa opera às segundas, quintas e sextas-feiras e aos domingos.

“Estamos sempre em contado com as companhias aéreas para ampliar a conectividade de Minas Gerais com os demais aeroportos pelo mundo, sempre com a máxima segurança para passageiros, visitantes e comunidade aeroportuária.


A expectativa é de aumento da oferta de voos internacionais, com a chegada da alta temporada”, conclui Clayton.

Terminal em obras

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte entrou em uma nova etapa na reforma do Terminal de Passageiros 1.


No dia 9 de novembro, começaram as obras na sala de embarque.


O projeto de modernização prevê a ampliação das áreas comerciais, assim como a revisão dos fluxos e processos – que englobam raio-X, check-in, restituição de bagagens, salas e portões de embarque.


A estimativa é que essa etapa da reforma tenha duração de 14 meses.

A reforma do terminal está dividida em etapas. Inicialmente, ao longo do primeiro semestre deste ano, ocorreu a transferência dos escritórios das companhias aéreas e órgãos públicos do térreo e primeiro pavimento para outros setores do aeroporto.


Agora, começou efetivamente a fase de reforma dos espaços. Com isso, foram abertos os portões de embarque doméstico de 23 a 30, do Terminal de Passageiros 2, bem como houve o fechamento dos portões de 1 a 6, do Terminal de Passageiros 1.


Já o canal de inspeção passou a funcionar próximo à Polícia Federal, também no primeiro pavimento.


Nessa nova estrutura, o passageiro conta com o mesmo volume de esteiras, o que garante o fluxo e atendimento aos usuários.

Sobre a BH Airport

A BH Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, é uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) formada pelo Grupo CCR, uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina, e por Zurich Airport, operador do Aeroporto de Zurich, o principal hub aéreo da Suíça e considerado um dos melhores aeroportos do mundo, além da Infraero.