1/2

Chegou a vacina contra o corona para crianças de 5 a 11 anos. Vacinação em BH começa sábado, dia 15.


A partir deste sábado, dia 15 de janeiro, a Prefeitura de Belo Horizonte começa a vacinar crianças contra a Covid-19.


Neste primeiro momento, devido ao quantitativo de doses enviadas pelo Ministério da Saúde, cerca de 10.800 doses, poderão receber a primeira dose, exclusivamente, as crianças com comorbidades, deficiência permanente, indígenas ou quilombolas e acamadas ou com mobilidade reduzida de 11 a 5 anos, completos até a data da vacinação.


Neste sábado a imunização será feita, exclusivamente, em Centros de Saúde, das 8h às 14h.


Mas o município, com o objetivo de manter a segurança das crianças da capital, implantará pontos de vacinação em escolas municipais, tão logo novas remessas sejam entregues e outras faixas etárias possam ser convocadas.


A estratégia foi definida para que este público não fique em contato direto com pacientes que apresentam sintomas respiratórios e que estão sendo atendidos nas unidades de saúde.


A criança com comorbidades, deficiência permanente, indígenas ou quilombolas, deve estar acompanhada de pais ou responsáveis e apresentar documento de identificação com foto ou certidão de nascimento, CPF, comprovante de endereço e cartão de vacina.


Caso o acompanhamento seja por terceiros, haverá a necessidade de apresentar o termo de autorização de para vacinação, disponibilizadono portal da Prefeitura, devidamente preenchido e assinado pelos pais ou responsáveis.


Seguindo as orientações do Ministério da Saúde, estão elegíveis para se vacinar as crianças com as comorbidades disponibilizadas neste link.


Para a aplicação, a orientação é que apresente um comprovante, podendo ser utilizado: laudos, declarações, prescrições médicas ou relatórios médicos com descritivo ou CID da doença ou condição de saúde (emitidos em até 12 meses antes da data do cadastro), assinado e carimbado, em versão original. Além do documento de identidade com foto ou certidão de nascimento, CPF, comprovante de endereço e cartão de vacina.


Já a imunização das crianças acamadas ou com mobilidade reduzida terá início na segunda-feira, dia 17 de janeiro.


As equipes entrarão em contato com as famílias daqueles que têm cadastro nos Centros de Saúde para o agendamento. A vacinação dessas crianças será realizada ao longo da semana por equipes volantes.


Caso a criança não tenha cadastro, os pais ou responsáveis deverão entrar em contato com a unidade mais próxima para agendar a imunização. Os telefones e endereços estão disponibilizados no portal da Prefeitura.


A ampliação da vacinação para as crianças sem comorbidades será feita de forma gradativa e de acordo com o quantitativo de doses repassado ao município


Fonte:

PBH