Comissão de Defesa do Idoso da OAB/MG define ações estratégicas em BH e interior.



À frente o dinâmico advogado Claudio Motta, presidente da Comissão.

Foi a primeira reunião depois da posse.


Participei na condição de vice, junto com os demais membros da importante Comissão que defende os direitos do idoso.

Ditado

E como diz a sabedoria: “fato não registrado, é fato não acontecido” estou condição de homem de marketing e comunicação da Comissão divulgando a notícia.


Veja qual foi a pauta e as principais decisões tomadas:


1. Apresentação do Programa de Combate ao Analfabetismo. Quem vai cuidar da coordenação do Programa será Alípio Ribeiro.


2. Elencar as entidades de acolhimento, mapear e criar critérios de recebimento de reclamações, denúncias e sugestões


3. Representatividade da Comissão nas diversas entidades.


4. Implementação da Comissão em outras cidades de Minas Gerais, conforme solicitação da OAB-MG.


5. O advogado Emiliano vai ser a ponte entre a Comissão do Idoso junto ao

Ministério Público.


7. O executivo Adriano Neves vai cuidar da organização dos Eventos, que serão realizados pela Comissão.


@⁨Luisa Papini/secretária/Comissão/Idoso/

OAB/MG⁩ para preparação da ata e providências de secretaria.

E mais: ela vai criar nas redes

sociais plataformas de divulgação das ações da Comissão do Idoso.


@⁨Advogada Renata Valladão⁩ nos falou sobre as suas experiências anteriores no Rio de Janeiro e a aplicação das estratégias em Minas.


@⁨João Carlos Amaral⁩ avaliou as entidades nas quais podemos estar presentes. Serão feitas ações para a criação de Comissões do Idoso na ACMinas, Fiemg, CDL e uma Frente Parlamentar de Defesa do Idoso na Assembléia Legislativa.


@⁨AMAURI PAIXÃO⁩ nos informou sobre a disponibilidade dele para trabalhos sociais nas várias entidades, representando a Comissão do Idoso. Falou da experiência dele por muitos anos em Uberlândia no Triângulo Mineiro.