1/2

Conselho de Infraestrutura da FIEMG debate panorama do setor em Minas.



O Conselho de Infraestrutura da FIEMG se reuniu na terça-feira, 21/9.


O encontro, conduzido pelo presidente do colegiado, Emir Cadar Filho, contou com a presença do secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade de Minas Gerais, Fernando Marcato; do subsecretário de Transportes e Mobilidade do Estado de Minas Gerais, Gabriel Fajardo e do novo diretor-geral do DER, Robson Santana, que debateram o panorama atual e futuro do setor de infraestrutura no estado.

Marcato apresentou o planejamento do governo estadual para o desenvolvimento da infraestrutura em Minas Gerais, que engloba, dentre várias ações, o programa de concessões de sete lotes rodoviários, Rodoanel, Terminal Rodoviário, Aeroporto da Pampulha e Mineirinho; Plano Estratégico Ferroviário; da BR-381 e as obras provenientes do acordo da Vale.


O secretário estadual mostrou alguns projetos que trarão investimentos e empregos e oportunidades na expansão imobiliária para o estado.


“Considero fundamental esse tipo de relação entre a administração pública e o setor produtivo, com as empresas interessadas em investir em infraestrutura. Essa parceria tem gerado bons frutos para os projetos”, diz o secretário estadual.

O presidente da FIEMG, Flávio Roscoe, participou da reunião e destacou a robustez dos projetos do setor no estado.


"Eu vejo um cenário muito positivo para a infraestrutura em projetos já contratados e as empresas ainda podem aproveitar o ciclo futuro do crescimento da atração de investimentos, com a melhora do ambiente de negócios", afirma.

Para Emir Cadar Filho, com uma série de investimentos previstos para os próximos anos, a infraestrutura voltou a ser o carro-chefe do desenvolvimento econômico.


“Minas Gerais saiu do papel de coadjuvante e vem se tornando protagonista no segmento”, pontua.