top of page

CULTURA. Expominas sedia a 33ª edição da Feira Nacional de Artesanato. 06 a 11 de dezembro



Quem aprecia artesanato diversificado e suas peculiaridades tem, entre os dias 6 e 11 de dezembro, um programa imperdível: percorrer os pavilhões do Expominas e conferir as novidades da 33ª edição da tradicional Feira Nacional de Artesanato (FNA).


O espaço abrigará cerca de três mil artesãos brasileiros e de outros países, como América Latina, África e da Europa, além de mais de 30 etnias indígenas.


Os visitantes poderão conferir os produtos em 900 estandes. O evento terá como tema 200 Anos da Revolução Industrial na Feira Nacional de Artesanato, retratado na exposição “A ARTE DO OFÍCIO”.


Haverá ainda oficinas artesanais gratuitas, apresentações culturais e manifestações artísticas do folclore e do cancioneiro nacional, além de três praças de alimentação.


A FNA é estruturada para ser um evento inclusivo. “Nos tempos atuais, não tem como não atendermos às necessidades de todas as pessoas e do meio ambiente.


É com muita consciência e orgulho que fazemos isso”, destaca a organizadora, Tânia Machado, do Instituto Centro CAPE. “Incentivamos a visita tátil, tradução em libras nas oficinas, acesso adequado aos espaços para os deficientes físicos e acolhimento para crianças autistas.”


A expectativa é de que o evento retorne aos resultados de antes da pandemia, quando em 2019, chegou a receber 130 mil visitantes, movimentando aproximadamente R$ 60 milhões.


A Feira acontecerá também no modo virtual. Uma plataforma realizará a gravação 360 graus de todos os estandes e os internautas de qualquer parte do Brasil e do mundo poderão “passear” por eles (a exemplo de visitas virtuais a museus), contatar os expositores e fazer as suas compras.


Ela ficará no ar até novembro de 2023, transformando a Feira Nacional de Artesanato em um evento 365 dias.

A Feira Nacional de Artesanato integra o Calendário Brasileiro de Exposições e Feiras do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio. Organizada pelo Instituto Centro de Capacitação e Apoio ao Empreendedor (Centro CAPE), é considerada atualmente a maior feira da América Latina.


Em 2022, a Feira Nacional de Artesanato conta com o patrocínio da Belotur/PBH, Cemig, Sistema OCEMG, Sebrae Nacional, Lei Estadual de Incentivo à Cultura/Governo de Minas, além do apoio do SESI Nacional e da Neooh como mídia partner.


Fonte:

ASSESSORIA DE IMPRENSA: Infinita Comunicação @infinitacomunicacao

Jornalista Adriana Baumgratz – adriana.infinitacom@gmail.com – (31) 97202-2037

Comentarios


bottom of page