1/2

Dia das Mães aumentou as vendas do comércio de Belo Horizonte em 40,7% durante a semana anterior.



Pesquisa da CDL/BH aponta ainda que comerciantes que realizaram promoções tiveram melhor desempenho A semana que antecedeu o Dia das Mães foi positiva para o comércio da capital mineira. De acordo com pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), houve um aumento de 40,7% no volume de vendas entre os dias 3 e 7 de maio, em comparação às semanas anteriores.

O levantamento, realizado entre os dias 6 e 7 de maio, mostra que mais da metade dos lojistas (52,4%) realizou promoções especiais para a data.


As estratégias resultaram em mais vendas para quem criou condições diferenciadas. De acordo com os dados, os comerciantes que realizaram promoções viram suas vendas crescerem em 23,4%, ou seja, 8,1 pontos percentuais a mais que os empresários que não fizeram nenhuma ação (15,3%).

A forma de pagamento predominante entre os belo-horizontinos foi o parcelamento (50,8%). Em média, as compras foram parceladas em sete vezes no cartão de crédito.


À vista no crédito foi a escolha de 29% dos consumidores e 18,5% optaram pelo pagamento à vista no crédito. Em relação ao tíquete médio, as compras tiveram valor de R$ 157,86 por presente, de acordo com os empresários entrevistados.

“Como já esperávamos, a data trouxe um sopro de esperança para os comerciantes da cidade. Mesmo que o volume de vendas não tenha sido tão significativo quanto os anos anteriores, a data não perdeu sua força e segue como a segunda mais importante para o setor.


Há também a expectativa que ao longo da semana também sejam realizadas novas compras, considerando que será um período de troca de presentes, que podem viabilizar novas aquisições”, explica o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva.

Cristina Reis Assessoria de Imprensa

CDL/BH