Dia do Repórter: 16 de fevereiro. Associo-me à TV Record Minas na homenagem a todos nós repórteres.


    Hoje 16 de fevereiro

    é o DIA DO REPÓRTER!!!


    Eu sou repórter de longa data. Começei no serviço de alto falantes em Senhora das Dôres, distrito de Barbacena.


    Depois não parei mais: lia na igreja os textos litúrgicos (Senhora das Dores e Desterro do Melo), para treinar a voz e quebrar a timidez(eu tinha 16 anos).


    Em seguida fui trabalhar na Rádio Barbacena no jornal falado “Jornal da Boavizinhança.”


    Passei pelas Rádios Correio da Serra de Barbacena e Rádio Sociedade de Juiz de Fora.


    Formei-me em jornalismo na UFJF, monitor de Filosofia e Psicologia.

    Participei de programas de entrevista na TV Industrial de JF do Grupo Geraldo Mendes, que foi comprada pela Rede Globo.


    Trabalhei nas editorias de política e economia do jornal Diário Mercantil e geral do Diário da Tarde. Sempre como REPÓRTER!!!


    Pulei para a Rede Globo em Juiz de Fora, levado pelo jornalista Hugo Alessi.


    Fui indicado ao diretor do jornal

    O Globo em BH, pelo consultor da ONU, Carlos Alberto Penna, meu amigo barbacenense.

    Meu currículo foi entregue por Rodrigo Mineiro, ao Diretor Regional da TV Globo em Minas Eduardo Simbalista. Ele pediu que Alessi me contratasse na TV Globo de Juiz de Fora: ex-TV Industrial, adquirida pela Globo, que virou canal 5 (geradora).


    Em JF, fui convidado pelo diretor da Globo Minas, Lauro Diniz.

    Lauro tinha assumido o cargo em BH, foi a JF e me decobriu.


    Eu tinha acabado de ser aprovado professor de jornalista na UFJF.

    Ousei. Abrí mão do cargo de professor da UFJF.


    Partí para BH. Repórter e comentarista da Rede Globo durante 15 anos.


    Sempre repórter!!!

    Recomendado

    pelo repórter do Fantástico, o meu conterrâneo Hélio Costa à diretora de jornalismo da Globo no Rio de Janeiro, Alice Maria, tive uma oportunidade única.


    Com o apoio de Lauro Diniz e Alberico Souza Cruz fui rodar as praças mais importantes da Rede Globo no Rio, São Paulo e Brasília.

    Sempre repórter!!!


    No Rio tive a oportunidade única de entrevistar o vice-presidente da República Aureliano Chaves ao lado do dono da Globo, dr. Roberto Marinho.


    Foi no gabinete do dr. Roberto na cobertura do prédio da “Vênus Platinada” na rua Von Martius no Jardim Botânico, Rio de Janeiro.

    Coisa rara à época, ter a oportunidade de estar com o dr. Roberto. Afinal eu era um promissor repórter mineiro, que colocava um pezinho no poderoso Jornal Nacional.

    Sempre repórter!!!


    E continuo sempre REPÓRTER, agora na internet, onde venho trabalhando na divulgação de só notícias boas no meu blog:

    joaocarlosamaral.com

    facebook.com/jcamaralnews

    instagran.com/jcamaralnews

    linkedin.com/jcamaralnews

    twitter.com /jcamaralnews

    youtube.com/jcamaralnews

    É isso: repórter forever!!!