1/2

Direto de Goiás. Desgustando com os olhos e a boca a chamada bela Goiânia a "Capital Verde" do país.



Com minha filha a Engenheira de Segurança e Ambiental, Natália e minha mulher a decoradora Cida Amaral em um vários restaurantes de Goiânia, cidade com clima quente de cerrado. Aqui a temperatura está sempre acima dos 30 graus.

Fiquei impressionado com os aranha-céus de Goiânia, que contrastam com o verde que está em toda parte.


Fotos que fiz para nosso blog na manhã deste domingo 10 de outubro - com céu nublado e os termômetros marcando 32 graus - onde aparece em primeito plano o verde que está por toda parte na capital de Goiás, município brasileiro onde cada habitante tem 94 metros quadrados de área verde, o que deu à capital o título de CAPITAL VERDE DO BRASIL.


Outras informações que eu pinçei do site da prefeitura.

goiania.go.gov.br


Vale a pena conferir!!!

Dados Gerais:

Fundação: 24 de outubro de 1933 População: 1.516.113 (estimativa populacional 2019, IBGE) Gentílico: Goianiense Padroeira: Nossa Senhora Auxiliadora


Capital do Estado de Goiás, Goiânia figura entre as cidades com melhor índice de qualidade de vida do país.


Município brasileiro com maior área verde por habitante (94 m²) e detentor do segundo maior quantitativo proporcional do mundo (precedido apenas de Edmonton, no Canadá, com taxa de 100 m²), a cidade destaca-se por implementar um modelo de desenvolvimento urbano aliado à consistente política de responsabilidade ambiental.


Além do grande número de áreas verdes, que supera em quase oito vezes a taxa preconizada pela Organização das Nações Unidas (12 m²), a capital goiana é a cidade brasileira com maior quantitativo de árvores em vias públicas.


Possui a melhor infraestrutura urbana do Brasil (IBGE/2012), o maior parque de diversões público da América Latina e, em breve, terá o maior parque linear do mundo: o Programa Urbano Ambiental Macambira Anicuns (Puama).


Audaciosos projetos socioambientais contribuíram para que a Comissão Europeia e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) escolhessem o município como um dos integrantes da lista de cidades mundialmente sustentáveis.


Desde 2011, Goiânia faz parte da Rede Urbelac de Cidades Sustentáveis, destinada ao desenvolvimento de programas que visam a melhoria da qualidade de vida e promovam a colaboração entre cidades de porte intermediário.


Assim como a italiana Florença e a espanhola Bilbao, a Capital de Goiás comunica experiências de trabalho e serve de referência prática para outras localidades que visam o desenvolvimento aliado à responsabilidade ambiental.

Bosque dos Buritis ( Jackson Rodrigues – Prefeitura de Goiânia)


A rede da qual Goiânia faz parte é composta por municípios que têm população estimada entre 300 mil e dois milhões de habitantes, situadas na América Latina, Caribe e Europa. Também a integram as cidades de Bilbao (Espanha), Florença (Itália), Trujillo (Peru), Bucaramanga (Colômbia) e Manaus (Brasil).


Todas se articulam para identificar estratégias e programas inovadores de desenvolvimento urbano sustentável e integrado, com ações específicas para as áreas de meio ambiente, requalificação urbana, geração de renda e gestão.