1/2

DIVERSIFICAÇÃO ECONÔMICA PARA OS MUNICÍPIOS MINERADOS. Tema é debatido pelo presidente da FIEMG.


Tema é debatido pelo presidente da FIEMG, Flávio Roscoe, em palestra do IBRAM


As alternativas de diversificação das atividades econômicas e o desenvolvimento sustentável dos territórios e municípios minerados em Minas Gerais foram debatidos pelo presidente da FIEMG, Flávio Roscoe, no painel “Desenvolvimento Econômico em Territórios Minerados” promovido pelo Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM) nesta quinta-feira, dia 17/6.

No encontro on-line foi apresentado o Projeto de Reconversão Produtiva em Territórios Minerados, criado para apoiar os municípios que têm suas economias fortemente ancoradas na mineração para identificarem novas possibilidades de sustentação econômica e desenvolvimento local.

Roscoe afirma que a mineração é fundamental para a sociedade, mas que é necessário reduzir a dependência econômica dos municípios que contam predominantemente com esta atividade, desenvolvendo outras vocações.

“A atividade mineraria tem início, meio e fim, já que é um recurso finito. Precisamos ter governança, transcender os governos atuais, envolver a população e dialogar com atores próximos para transformar esse ativo mineral em um legado de médio e longo prazo para as futuras gerações”, pontua o líder empresarial.

Projeto de Reconversão Produtiva em Territórios Minerados O projeto é resultado da parceria entre Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de Minas Gerais (Sede), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae/MG), Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG) com o Sindicato das Indústrias Extrativas de Minas Gerais (Sindiextra), Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM) e Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais (AMIG).

O painel, que fez parte da programação da 2ª edição do e-Mineração, foi mediado pelo diretor-presidente do IBRAM, Flávio Ottoni Penido. Participaram ainda, João Cruz Reis Filho, diretor-técnico do Sebrae-/MG, Marco Antonio Lage, prefeito de Itabira, e José Fernando Aparecido de Oliveira, presidente da AMIG e prefeito de Conceição do Mato Dentro.