top of page

Em BH "Quadrilha Vaca Loka" conquista o título do Concurso Municipal no Grupo de Acesso


Com a apresentação ‘Minas Gerais e Suas Festas de São João’, a Quadrilha Vaca Loka mostrou muita criatividade, harmonia e organização e se sagrou a grande campeã do Concurso Municipal de Quadrilhas no Grupo de Acesso em 2023.


Além de subir para o Grupo Especial no próximo ano, a agremiação faturou o prêmio de R$26.320,00.


O resultado foi revelado após apuração realizada na tarde desta terça-feira (25), no Coreto do Parque Municipal Américo Renné Giannetti. A vice-campeã foi a Quadrilha Explosão Junina; o terceiro lugar ficou com a Quadrilha Renascer Junino; a quarta posição ficou com a Quadrilha Beija Flor. As quatro quadrilhas sobem para o Grupo Especial do Concurso Municipal do Arraial de Belo Horizonte 2024.


Além das quatro agremiações, a Quadrilha Tradição Mineira, quinta colocada na competição, também receberá premiação pela colocação. 


“Primeiramente, venho parabenizar todas as quadrilhas pelo espetáculo que presenciamos nos tablados da Praça da Estação no último final de semana.


A cada edição do Arraial de Belo Horizonte esses grupos nos surpreendem com mais criatividade, originalidade e com apresentações cada vez mais vibrantes.


Em especial parabenizo a Quadrilha Vaca Loka pelo título e as demais que ascenderam ao Grupo Especial.


Convido os moradores e turistas a continuarem prestigiando a nossa cultura, as nossas tradições e a nossa gastronomia”, afirma Gilberto Castro, presidente da Belotur. 


“Estamos ensaiando desde novembro do ano passado, mas apesar da confiança, não vou negar que a primeira colocação nos pegou um pouco de surpresa.


Reconheço o valor da nossa quadrilha e de nossa cultura. Sairmos daqui com o título é motivo de muita alegria para todos nós, quadrilheiros da Vaca Loka”, comentou emocionado o marcador do grupo, Flaviano Paulo. 


Ao todo, 15 jurados deram nota para cinco quesitos:

1) Conjunto: a forma geral e integrada de apresentação como Quadrilha Junina, o alinhamento, a espontaneidade, criatividade, empolgação, vibração, agilidade e vigor dos participantes;

2) Coreografia: execução dos passos tradicionais juninos, ocupação uniforme do espaço e ritmo da música e da dança;

3) Caracterização: leva-se em consideração a originalidade e a criatividade dos materiais utilizados na confecção do figurino, valorizando a harmonia das cores e o conjunto;

4) Marcador: desenvoltura durante a apresentação, entrosamento com a quadrilha e com o público, firmeza e convicção na marcação dos passos e criatividade;

e 5) Casal de Noivos: animação, simpatia, harmonia e entrosamento do casal entre si, com a quadrilha e com o público. 


Premiações

As quatro quadrilhas melhores colocadas do Grupo de Acesso se apresentam, em 2024, no Grupo Especial, e as cinco melhores colocadas recebem as seguintes premiações:

1º - Vaca Loka: R$ 26.320,00

2º - Explosão Junina: R$ 21.938,29

3º - Renascer Junino: R$ 17.660,29

4º - Beija Flor: R$ 13.382,29

5º - Tradição Mineira: R$ 9.204,29


Grupo Especial 


No próximo final de semana, nos dias 29 e 30 de julho, o Arraial de Belo Horizonte recebe nos tablados 16 quadrilhas do Grupo Especial do Concurso Municipal.


A apuração das notas dos jurados para as quadrilhas do Grupo Especial acontece na terça-feira (1º), às 14h, também no Coreto do Parque Municipal Américo Renné Giannetti. 


Arraial de Belo Horizonte 

O Arraial de Belo Horizonte, que chega à 44ª edição em 2023, é o festejo junino mais representativo da Região Sul e Sudeste do Brasil, pela valorização e respeito à cultura e às tradições que envolvem o período.


O evento é uma realização da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur, apoio dos Supermercados BH, rádio oficial Liberdade FM, parceria de mídia da TV Globo Minas, parceria com o Mercado Central e colaboração técnica da Comissão Junina Mineira. 


Trabalhado a partir da ideia de uma ‘Experiência Junina Completa’, a festa belo-horizontina foca em três grandes eixos: a apresentação das tradicionais quadrilhas da cidade, shows musicais, com artistas locais e nacionais, e diversas atividades gastronômicas, como o Concurso Prato Junino e a Vila Gastronômica, sempre valorizando o título de Belo Horizonte como Cidade Criativa da Gastronomia pela Unesco. 


O Arraial de Belo Horizonte é um evento que cresceu e ganhou visibilidade ao longo dos anos, fazendo com que a capital mineira fosse considerada, pelo Ministério do Turismo e pela Embratur, um dos cinco maiores destinos turísticos do período junino do país, ao lado de Bragança (PA), Campina Grande (PB), Corumbá (MS) e São Luís (MA). 


Fonte:

José Luiz Borel

Secretário de Comunicação

da PBH

Comentarios


bottom of page