1/2

Emater-MG entre as Melhores e Maiores da Exame. Estatal mineira ocupa a posição 89 entre 400 maiores


A Emater-MG figura na posição 89 no ranking das 400 maiores empresas brasileiras, destacadas pela revista Exame, na edição de setembro.


A estatal mineira também é a única empresa de extensão rural, presente no ranking da revista.


No prêmio Melhores e Maiores 2022, a empresa mineira de extensão rural também participa da categoria “Agronegócio”, ocupando a posição 53.


Em 49º edição, o Melhores e Maiores é uma das principais premiações empresariais do país e foi realizado, no dia 12 de setembro, de forma híbrida, com premiação presencial e transmissão 100% online.


Este ano, a premiação Melhores e Maiores avaliou empresas de capital aberto ou com dados públicos, a exemplo das demonstrações contábeis no Diário Oficial dos estados, balanços divulgados em fontes fidedignas (B3 e CVM) e veículos de comunicação idôneos de grande circulação.


Dessa vez, a Exame trouxe a performance de 1.000 empresas de 22 setores da economia. “Uma premiação desse porte é uma chancela, que confirma que estamos no caminho certo.


Uma trajetória construída com o esforço dos profissionais da Emater-MG e, também, pelas parcerias com instituições públicas e privadas, que colaboram para que possamos amplificar as ações de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER)”, diz o diretor-presidente da Emater-MG, Otávio Maia.


ESG

A metodologia e a avaliação das empresas que participaram este ano do prêmio foram realizadas pelo Ibmec, com participação de um comitê executivo da Exame.


Para realização das análises das empresas foram considerados três critérios: resultado financeiro das empresas (dados contábeis), crescimento e práticas de impacto ESG (sigla em inglês que significa environmental, social and governance, e corresponde às práticas ambientais, sociais e de governança de uma organização).


Empresa vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa), a Emater-MG está presente em mais de 800 municípios do Estado e beneficia anualmente mais de 300 mil produtores rurais.


Só em 2021, foram cerca de 2 milhões de atendimentos prestados.


“Os resultados auferidos pela empresa no exercício de 2021, contribuíram substancialmente com impactos sociais, econômicos e ambientais relevantes na perspectiva do desenvolvimento rural sustentável de Minas Gerais”, comenta Otávio.


Proteção ambiental

Na agenda ambiental, em 2021, a empresa atendeu 63.734 agricultores familiares, 260 organizações rurais e 2.444 pessoas de áreas urbanas.


Esses atendimentos ocorreram por meio de atividades de assistência técnica e extensão rural, vinculadas a diversos projetos e programas.


Entre eles se destacam: o Projeto de Revitalização da Bacia do Rio São Francisco; a adequação ambiental dos imóveis rurais atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão, desenvolvidos em parceria com a Fundação Renova; e a adequação ambiental das propriedades rurais atingidas pelo rompimento da barragem do Córrego do Feijão, na bacia do Rio Paraopeba, desenvolvido em parceria com a Vale.


A Emater-MG também atua ao lado das secretarias estaduais de Meio Ambiente e de Agricultura, na aplicação da metodologia de Zoneamento Ambiental Produtivo (ZAP), que ajuda a compor um diagnóstico das sub-bacias hidrográficas de Minas Gerais.


Essas informações servem de base para a implantação de ações que busquem o aprimoramento da gestão ambiental no Estado.


No ano passado, a estatal mineira também implementou novos instrumentos de boa governança (Plano de Integridade da Emater-MG, Política de Privacidade e Proteção de Dados Pessoais, Pacto por Resultados e outros).

Fonte:

EMATER/MG