1/2

Empresário mineiro Josué Gomes da Silva foi eleito para comandar a poderosa FIESP de 2022 a 2025


O empresário Josué Gomes da Silva foi eleito em chapa única.


Já para presidência do CIESP teve disputa. E foi eleito presidente, o empresário Rafael Cervone.


Cervone foi eleito com cerca de 62% dos votos para o mandato de 1º de janeiro de 2022 até 31 de dezembro 2025

O industrial Rafael Cervone foi eleito novo presidente do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) com cerca de 62% dos votos, segundo mapa eleitoral divulgado após a eleição.


O mandato começará em 1º de janeiro de 2022 e vai até 31 de dezembro de 2025. Apoiado pelo atual presidente, Paulo Skaf, Cervone venceu o candidato de oposição José Ricardo Roriz Coelho.

A nova diretoria do Ciesp é composta também pelos empresários Josué Gomes da Silva, 1º vice-presidente, Vandemir Francesconi Junior, 2º vice-presidente e Luiz Alberto Soares Souza, 3º vice-presidente. META

Para Cervone, é preciso pensar em uma indústria unida, forte e integrada, entre Fiesp e Ciesp.


"Novas indústrias aparecem, novos empregos, novos tipos de indústria.


Estamos no auge da manufatura avançada e da indústria 4.0 e uma das discussões é quais serão as vocações da capital e das distritais", avaliou, ao destacar a importância da indústria do interior.


Cervone lembrou que é de Santa Bárbara D’Oeste, onde mora e trabalha. Skaf

Para Paulo Skaf, o expressivo percentual dos votos obtidos demonstra o apoio que a chapa liderada por Cervone obteve.


"O empresário industrial está unido, preocupado com os seus negócios, com a geração de emprego, suas responsabilidades e investimentos", concluiu. Fonte:

Centro das Indústrias do Estado de São Paulo - CIESP Assessoria de Imprensa Tel. (11) 3549-3579