top of page

Farmacêutica CIMED inaugura unidade em Pouso Alegre e vai dobrar produção: R$ 450 mi de investimento


Nova fábrica da Cimed gerará 500 postos de trabalho após investimento de R$ 450 milhões em ampliação da estrutura.

Mais uma parceria entre o Governo de Minas e o setor produtivo se concretiza em mais empregos e mais desenvolvimento para o Estado.


A indústria farmacêutica Cimed, uma das líderes em produção de medicamentos no país, inaugurou nesta terça-feira (5/09) a sua nova unidade fabril, em Pouso Alegre, no Sul de Minas.


O investimento da empresa em infraestrutura e modernização de equipamentos chega a R$ 450 milhões, com a previsão de geração de 500 empregos permanentes.


Para a expansão, a empresa contou com o auxílio do Governo de Minas, por meio da Invest Minas, agência vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, e da Secretaria de Estado da Fazenda.



Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, a ampliação da Cimed confirma o sucesso da política de fortalecimento da economia mineira iniciada em 2019. “A atual gestão mudou para muito melhor o ambiente de negócios no Estado.


Os investidores têm hoje a segurança necessária para ampliar seus empreendimentos dentro de Minas.


Prova disso é um empreendimento deste porte abrir sua terceira unidade no Estado, somando um investimento acima dos R$ 500 milhões.


Vários grupos de outros setores também estão fazendo o mesmo. E Minas Gerais só tem a ganhar com isso, em empregos e em desenvolvimento”, considera.


A Unidade Industrial II da Cimed tem 44 mil metros quadrados de área  e será responsável por toda a produção de medicamentos sólidos, com capacidade para produzir 60 milhões de unidades de sólidos orais por mês.


A primeira unidade, também em Pouso Alegre, seguirá focada na produção de líquidos, pomadas/cremes, antibióticos, vitaminas, hormônios, suplementos e ainda, higiene e beleza.


A Cimed ainda tem uma terceira planta, em São Sebastião da Bela Vista, onde fica o parque gráfico.


Ao todo, mais de 3.000 pessoas são empregadas nas unidades.


“Na Cimed temos um propósito muito claro que é a acessibilidade. E para isso, estamos concentrando nossos esforços em expandir nossa capacidade produtiva a fim de atender a demanda da população.


Com a nova fábrica, futuramente, vamos conseguir aumentar a capacidade produtiva em 130%”, explica Karla Marques, vice- presidente da Cimed.


Força do setor farmacêutico

A inauguração da nova fábrica da Cimed só confirma o crescimento da produçaõ de fármacos em Minas Gerais nos últimos anos.


O setor está entre os cinco que mais formalizaram investimentos com a participação da Invest Minas de janeiro a junho de 2023, com um total de R$ 1,7 bilhão, com expectativa de criação de cerca de 900 empregos.


Há novos empreendimentos fabris sendo construídos literalmente de Norte ao Sul do Estado, com grande destaque para os polos de produção de Montes Claros e de Pouso Alegre, além de vários centros de distribuição (CD) espalhados pelo país.


“Além da qualidade dos produtos, eficiência e agilidade na entrega dos medicamentos é essencial para essa indústria.


Por isso, consideramos que Minas Gerais tem condições quase que ideias para as demandas dos empreendimentos farmacêuticos.


Temos uma grande capacidade de fabricar produtos e uma localização estratégica que facilita as operações logísticas para outros grandes centros urbanos.


E a Invest Minas está trabalhando para atrair mais empresas e gerar mais empregos dentro dessa cadeia produtiva”, avalia o diretor de Atração de Investimentos da Invest Minas, Leandro Andrade.


Fonte:

SEDE

Comentarios


bottom of page