1/2

FLÁVIO ROSCOE, PRESIDENTE DA FIEMG, VISITA REGIONAL VALE DO PARANAÍBA EM UBERLÂNDIA


Além da reunião com presidentes de sindicatos, Roscoe visitou uma indústria local do setor da construção civil


O presidente da FIEMG, Flávio Roscoe, visitou a Regional Vale do Paranaíba em Uberlândia, triângulo mineiro, na última terça (15.)


No período da manhã, Roscoe se reuniu com os presidentes de sindicatos da Regional para tratar de assuntos de interesse da indústria local, bem como outras temáticas como o avanço da vacinação em combate a covid 19 no país e a inclusão dos trabalhadores da indústria no grupo prioritário.


Cada presidente de sindicato levou um empresário do setor para dialogar também com Roscoe, que conduziu a reunião por aproximadas 2 horas.

Ainda no auditório da FIEMG Regional, os convidados almoçaram e aproveitaram o momento para relacionamento, seguindo todos os protocolos exigidos pelas autoridades sanitárias.


Já a tarde, o compromisso foi na empresa Marca Registrada, indústria associada ao Sinduscon-TAP (Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba). Dois empreendimentos foram apresentados, o Mansour III e o Grand Toro.

Segundo Pedro Spina, presidente da FIEMG Regional Vale do Paranaíba, e proprietário da Marca Registrada, foi um momento muito prazeroso e importante para a aproximação entre os representantes da FIEMG em Uberlândia com o presidente Flávio Roscoe, além da oportunidade de apresentar mais detalhadamente os processos da indústria da construção civil.


“A indústria da construção é uma indústria que tem um regime tributário diferente, um comportamento diferente, por isso foi importante ter este contato com o canteiro que são pequenas fábricas, nossa indústria está esparramada, nossa indústria não está entre quatro paredes, desta forma, é sempre produtivo estar aqui a campo para conhecer e observar os detalhes, e com isso, propormos novas estratégias e soluções para o avanço do setor.” afirmou o engenheiro civil.

No primeiro empreendimento visitado, o Mansour III localizado na zona oeste de Uberlândia, mais de 700 casas estão sendo construídas simultaneamente.


O presidente Flávio Roscoe destacou a relevância da visita e a qualidade das casas ainda que o público atendido seja baixa renda (Minha Casa Minha Vida).

“Pude visitar in loco hoje os empreendimentos da empresa Marca Registrada, uma indústria que produz casas num processo produtivo em série utilizando formas de concreto com altíssima qualidade para classe 1,5 e 2 do Minha Casa Minha Vida, um processo produtivo contínuo, ou seja, a industrialização do canteiro de obra, é produtividade e competividade a serviço do cliente.”disse Roscoe.

Ainda no dia de ontem, os presidentes da FIEMG Regional do Paranaíba entregaram ao presidente Flávio um documento em apoio a sua candidatura a reeleição. Por Ariane Baldini Bocamino