1/2

Grupo Heineken: cadastro de potenciais fornecedores para sua nova cervejaria em Pedro Leopoldo/MG



A unidade, que será implementada em Pedro Leopoldo, deve gerar mais de 300 empregos diretos e apoiará o crescimento da companhia no Brasil.


Após anunciar a intenção de construir sua primeira cervejaria na cidade de Pedro Leopoldo, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, o Grupo Heineken criou um canal para iniciar o relacionamento com potenciais fornecedores da região.


O objetivo é abrir um espaço de contato com os negócios locais de produtos e serviços, sejam estes relacionados às áreas fabris ou de gestão de espaços físicos e pessoas, buscando contribuir com a economia do estado.


“A iniciativa da empresa fortalece o desenvolvimento regional e potencializa outras empresas. Além disso, com compras locais, há benefícios de redução de custos logísticos e de emissões, fazendo com que a indústria mineira seja mais competitiva”, destacou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio.


Oportunidade

Os fornecedores locais interessados podem se cadastrar diretamente no site da cervejaria, (www.heinekenbrasil.com.br/contato), preenchendo o formulário disponível na seção “Seja um fornecedor do Grupo Heineken”, na página de Contato.


Os cadastros serão avaliados pela área de Compras da empresa, que analisa critérios como capacidade de fornecimento, qualidade dos produtos ou serviços fornecidos, cuidados com a saúde e segurança dos colaboradores, compromisso com a sustentabilidade, gestão de riscos, entre outros.


Os contatos com as empresas serão realizados diretamente pelo Grupo Heineken, conforme seleção e evolução das obras.


A nova cervejaria produzirá as marcas Heineken, Amstel e Devassa e atenderá parte da demanda da região Sudeste do País.


Esta será a 16ª unidade produtiva do Grupo Heineken no Brasil e deve gerar cerca de 300 empregos diretos.


Atualmente, a empresa possui mais de 30 centros de distribuição em todo o país, incluindo as cidades de Poços de Caldas e Contagem, além de 15 unidades produtivas em todas as regiões do Brasil.


Fonte:

site da Secretaria de Desencolvimento Econômico de MG