top of page

09 de março é o DIA DO BARBACENENSE. Eu e o empresário e advogado Claudio Motta, presidente da Comissão de Relações Internacionais da ACMinas temos muito o que comemorar. Somos de lá!!!

O advogado Claudio Motta e o jornalista João Carlos Amaral, que atuou por 15 anos na Rede Globo

Outro consagrado jornalista, que também é de Barbacena, é Hélio Costa, ex-senador e que foi Ministro das Comunicações e repórter do Fantástico/Rede Globo em New York.


SE VOCÊ É BARBACENENSE

vai viajar no tempo. E se reconhecer de corpo e alma, neste verdadeiro poema de Thiago Rossie sobre nossa BARBACENA.

Texto que me foi enviado pelo dr. Claudio Motta.



VEM di BEQUÊ


Ser barbacenense...

É atravessar a Ponte Seca;

É subir a descida da Corpus e descer a subida do Ginos;

É batê perna na Raquinze;

É comprá meia no Jubileu,

Aliás, meia, cocada, pelinha e maçã do amor.


É correr apressado por detrás do cemitério da Boa Morte.


É assistir futebol no Meu Cantinho,

Morrer de saudade das tortas da Confeitaria da Vovó


Ou daquele sorvete do Skimone.

É achar Príncipe Negro melhor que Guaraná Antártica.


É almoçar na Sabores ou na Cantina Mineira.

É tomar café no Ouro Verde,

É assití a Missa na Matriz da Piedade e depois saí pra paquera.


É lembrar Chalé, Tinguá, Loft e Hirondeles.

É pensa que vc alugava filme na Vídeo Cine e

Esperava a fanfarra do Tiradentes e a Torre do Estadual no Sedisetembro.


É comê pipoca na Praça dos Macacos,

É lembra do Cine Palace e do Café Apollo.

É Recordar e Viver a Festa das Rosas e suas Rainhas.


É ter escritor francês, pintor romeno e Caminho Novo.

É falar da antiga escola agrícola e das fábricas de tecido.

É atravessar os arcos do Pontilhão.


É ter passarinhos azuis da Isabelinha.

É ter a Sentinela da Mantiqueira vigiando do Mirante à Cabana!


É ser louco e lembrar dos versos do Padre Mestre Correia e daquela propaganda da rádio que dizia: Jogue tudo para o alto, sinta-se muito mais leve...

É ter um tantão de coisa que nem cabe no texto!


É ser feliz!

É querer ir mas sempre amando voltar.

É ser parte da fina flor da história de Minas.


9 de março - Dia do Barbacenense

Texto: Thiago Rossi / Vem di Bequê



Comments


bottom of page