Lamento o falecimento do Desembargador Adilson Lamounier nosso conterrâneo de Barbacena.

Lamento

O falecimento do Desembargador Adilson Lamounier nosso conterrâneo de Barbacena.


By Barbacena on Line:

O jurista barbacenense Adilson Lamounier faleceu na madrugada desta quinta-feira (11), em Belo Horizonte.


Desembargador no Tribunal de Justiça de Minas Gerais desde 2006, Adilson nasceu em Barbacena e manteve seus laços bem próximos à comunidade jurídica da cidade.


Foi um dos 12 fundadores da Academia Barbacenense de Ciências Jurídicas, em 2010. Titular da Cadeira Dezesseis, Adilson Lamounier escolheu o também desembargador Márcio Sollero como patrono.


Em sua carreira na magistratura, iniciada em 1982, passou pelas comarcas de Minas Novas, Tombos, São Domingos do Prata, Lavras e Belo Horizonte.


O Desembargador estava com problemas de saúde e passou por uma cirurgia recentemente.


Com 73 anos, Adilson deixa esposa, Aparecida Maria Lamounier, e dois filhos, Adilson Lamounier Filho e Carla Cristina Lamounier.


O velório acontece nesta quinta-feira (11), no Salão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), na Avenida Afonso Pena, 4002, das 18h às 20h.


Em Barbacena

Na sexta, dia 12:

Em seguida, prosseguirão as despedidas no Salão do Júri do Fórum Mendes Pimentel, em Barbacena, na sexta-feira (12), de 8h às 10h.


Sepultamento

O sepultamento está marcado para sexta-feira (12), às 10h30, no Cemitério Parque Repouso da Saudade.


Nota de pesar:

Nota de Pesar emitida pela Academia Barbacenense de Ciências Jurídicas:


A Academia Barbacenense de Ciências Jurídicas – ABCJ manifesta imenso pesar pelo falecimento ocorrido nesta data da colega e titular da cadeira dezesseis Desembargador Adilson Lamounier.


Manifestamos ainda nossa solidariedade à família, aos amigos e aos colegas por esta triste perda.


Pudemos conviver com ele em várias ocasiões e discutir várias questões relativas à boa condução da nossa Academia.


Adilson tornou-se Bacharel em Direito – Faculdade de Direito de Conselheiro Lafaiete/MG – 1971/74. Foi advogado em Barbacena/MG – 1975/82. Ingressou na Magistratura em 1982, sendo que atualmente desempenhava o cargo de Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais.


As pessoas são insubstituíveis em sua existência, e quando são especiais, além da falta que fazem àqueles que as amam, deixam o mundo mais pobre.


Não temos palavras para expressar os nossos sentimentos. Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor. Que a luz e o amor divino pairem sobre a alma de quem sofre esta imensurável perda, e os console e lhes dê serenidade para atravessar esta tempestade.


A Deus pedimos também que dê ao nosso amigo o merecido repouso eterno em seu reino. Muito respeitosamente, prestamos as nossas condolências e deixamos os nossos mais sinceros pêsames.


Rafael Francisco de Oliveira –Academia Barbacenense de Ciências Jurídicas – ABCJ