Mães de Maio - Ação do Coração CDL/BH doa 16 toneladas de alimentos para gestantes do Sofia Feldman

No mês de maio, CDL/BH doa 16 toneladas de alimentos para gestantes do hospital Sofia Feldman


Mil cestas básicas serão doadas para mães em situação de vulnerabilidade social


Em comemoração ao mês das mães, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) vai promover a “Mães de Maio - Ação do Coração”, onde irá doar cerca de 16 toneladas de alimentos às gestantes que tiverem seus filhos na maternidade Sofia Feldman, em Belo Horizonte, neste mês de maio.


A iniciativa faz parte de uma ação solidária da CDL/BH em apoio às famílias que se encontram em vulnerabilidade social, especialmente neste momento de crise provocada pelo novo Coronavírus.


“Queremos prestar nossa homenagem a essas mulheres e ao mesmo tempo poder contribuir, de certa forma, para amenizar as dificuldades, que acabaram se agravando nesse momento de crise que estamos vivendo”, afirma o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva.


Serão distribuídas mil cestas básicas (16 toneladas de alimentos) ao longo do mês de maio.


A doação será realizada no momento em que as mães e seus filhos tiverem alta na maternidade, que atende exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e realiza, em média, cerca de 900 partos por mês. As doações serão iniciadas amanhã, 7, e acontecerão até o final do mês de maio, na medida em que os partos sejam realizados.


As primeiras cestas básicas serão entregues pelo presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva, e pelo presidente da Fundação CDL Pró-Criança, Vilson Mayrink, para cerca de 25 mães (ou acompanhantes) que receberão alta neste dia.


As pessoas que trabalham como voluntárias no hospital também serão atendidas com cestas básicas.


Sobre o Sofia Feldman


O Hospital Maternidade Sofia Feldman é uma instituição filantrópica que mantem 187 leitos exclusivamente destinados para atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).


Trata-se de uma das principais referências no país na assistência materno-infantil.


Além do atendimento à população de Belo Horizonte, atende a mais de 300 municípios em todo o estado de Minas Gerais, sendo a maior parte de suas pacientes, mulheres em situação de vulnerabilidade social.


Ele foi o primeiro em Minas Gerais a receber o título de “Hospital Amigo da Criança”, em 1995. Incentiva o aleitamento materno e as boas práticas da atenção perinatal e desenvolve estratégias de humanização voltadas à integralidade do cuidado.


Todo este trabalho transformou o hospital em uma referência internacional quando o assunto é maternidade.