1/2

Moody’s eleva a nota de rating do BDMG pela primeira vez desde 2011 e atribui perspectiva positiva



Agência de classificação de riscos destacou gestão financeira, diversificação de recursos captados e inadimplência sob controle.


A Moody’s elevou o rating do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais - BDMG de BBB.br para BBB+.br, com perspectiva positiva.


A última vez que a agência de classificação de riscos havia concedido um upgrade para o banco havia sido em 2011.


Segundo relatório divulgado ao mercado, a elevação da nota reflete a melhora na qualidade dos ativos do BDMG e forte patamar de rentabilidade, níveis de inadimplência baixos e sem perspectiva de alta, além de uma estrutura de captação com alterações positivas, por meio da pulverização das fontes de recursos e redução na concentração de repasses.


Para o presidente do BDMG, Marcelo Bomfim, a elevação do rating do BDMG reflete um trabalho contínuo de equilíbrio entre a forte demanda por crédito pelos clientes do banco com a necessidade de preservação da sustentabilidade financeira.


“Esta avaliação da Moody’s fortalece ainda mais a credibilidade da gestão financeira do BDMG no mercado.


Estamos zelando pela solidez financeira da instituição em um cenário econômico de alta volatilidade e, ao mesmo tempo, cumprindo o nosso papel de indutor do desenvolvimento regional”, afirma Bomfim.


No acumulado do ano, até 22 de junho, o BDMG já liberou R$ 836 milhões para empresas de todos os portes e municípios mineiros, alta de 15% sobre igual período do ano passad