top of page

1/2

TSX & CDL : o Cônsul britânico conhece "INVESTBH" e destaca potencial de crescimento da capital



Em encontro com a CDL/BH e TSX Invest, Lucas Brown demonstrou interesse em estreitar as relações de investimentos do Reino Unido com Belo Horizonte.


O processo de implementação do InvestBH, programa de atração de investimentos para a capital mineira, segue o cronograma de

apresentações aos stakeholders que possam se tornar futuros participantes e investidores do projeto. Na última terça-feira, 26, foi a vez do cônsul do Reino Unido em Minas Gerais, Lucas Brown, conhecer a proposta.


Em reunião na sede da TSX Invest, empresa participante do projeto, o presidente da

Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), Marcelo de Souza e Silva, o

CEO da TSX Invest, Paulo Eduardo Pinto e o diretor comercial, Flávio Leite, além da

equipe técnica da empresa, apresentaram ao cônsul os detalhes do projeto e também

como pode ser a participação britânica em possíveis casos de investimentos do país na

cidade.


“O projeto está em fase de definição do modelo de agência mais adequado e

construção da modalidade de governança e gestão.


Ampliar, desde já, o diálogo e a

participação de atores da sociedade e do mercado é fundamental para despertar o

interesse por Belo Horizonte e Região Metropolitana”, destacou o presidente da CDL/BH.


Brown mostrou-se interessado em fortalecer a ligação do Reino Unido com a capital

mineira.


“Sempre apresento Belo Horizonte aos possíveis investidores britânicos.


A cidade possui qualidade de vida, força de trabalho capacitada e abriga algumas das

melhores instituições de ensino do país.


Ainda há muito o que ser potencializado aqui

e ações como o InvestBH nos mostram que é possível fazer negócios no Brasil além dos

tradicionais mercados”, analisou.


Próximos passos:

Após a finalização da etapa de diagnóstico da região e proposição do modelo de

atuação, o InvestBH será implantado e terá a operação iniciada.


A previsão é de que

esse processo ocorra em até cinco meses.


“O projeto será apresentado a 70 stakeholders que irão nos ajudar a analisar tendências de investimentos, identificar variáveis que vão potencializar as estratégias e monitorar os movimentos de regiões concorrentes”, explicou o diretor comercial da TSX Invest.


Ainda segundo ele, nesta aproximação com os stakeholders também serão avaliados quais setores podem trazer mais ganhos para a economia local.


De acordo com Paulo Eduardo Pinto, serão mapeadas 40 opções de setores viáveis

para aporte e, posteriormente, selecionados cinco prioritários que vão nortear a linha

de investimentos. “A ideia é atrair investidores de qualidade, que estejam comprometidos com a manutenção e a diversificação das atividades econômicas”,

pontuou.


Sobre o InvestBH

O InvestBH é um programa do terceiro setor que, de forma autônoma, irá potencializar Belo Horizonte como um vetor de desenvolvimento para Minas Gerais.


O objetivo é aprimorar a relação entre setores público e privado em busca de geração de

negócios, oportunidades, emprego, renda e, principalmente, desenvolvimento

econômico.


A agência será destinada aos empresários dos setores de comércio e serviços, turismo, eventos, tecnologia, economia digital e áreas ligadas à saúde.

A ação é uma parceria da CDL/BH com o Governo Estadual, por meio da Secretaria Desenvolvimento Econômico do Estado de Minas Gerais (Sede), Companhia de

Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge), Invest Minas (agência de promoção de

investimentos do estado) e TSX Invest, braço da TSX Group especializada em criação de

agências que atuam na atração e na promoção de investimento privado para o desenvolvimento de regiões e cidades.


Atuação:

Dentre as atividades que serão realizadas pelo InvestBH estão a consultoria de negócios, mapeamento de oportunidades de investimento, inteligência e facilitação de

investimento, promoção de território, defesa da causa e inovação.


A futura agência terá sua atenção voltada para os setores que compõem a base de

nossa economia: comércio e serviços, turismo de negócios, saúde e inovação. “Somos

a segunda cidade do país com o maior número de startups. 9,5% do total nacional estão em nossa cidade.


Possuímos um forte ecossistema de inovação e esse cenário precisa ser impulsionado a gerar emprego e renda”, analisa o presidente da CDL/BH.

Mais informações sobre o programa estão disponíveis no site:

www.investbelohorizonte.com.br


ATENDIMENTO À IMPRENSA

Cristina Reis / Najela Bruck

bottom of page