1/2

Notícia boa!!! Usiminas retoma alto-forno 2 de Ipatinga.


A Usiminas anunciou nesta segunda-feira (14/6) retomada das operações do Alto-Forno 2 da Usina de Ipatinga.


O AF-2 é o último equipamento que ainda estava paralisado na planta da empresa e recebeu investimentos de R$ 67 milhões na reforma e modernização, além de outros R$ 25 milhões para a instalação de um novo de sistema de despoeiramento.


Segundo o presidente da companhia, Sergio Leite, com o retorno, a Usina de Ipatinga volta a operar a plena carga na produção de aço bruto, reforçando a posição da empresa nesse momento de recuperação econômica do país.


“O consumo aparente de aço no Brasil cresceu mais de 43% no primeiro quadrimestre de 2021 em relação ao ano passado e estamos atuando para responder a essa demanda”. Leite destaca ainda a melhora do desempenho ambiental da operação, uma das metas da Usiminas.


"A nossa agenda ESG está no centro dos debates e decisões internas. Certamente, o novo sistema instalado no Alto-Forno 2 é um passo importante dentro dessa temática”, explica.


Sobre a Usiminas

A Usiminas é líder no mercado brasileiro de aços planos e um dos maiores complexos siderúrgicos da América Latina.


A companhia conta com unidades industriais e logísticas localizadas em seis estados do país e está presente em toda a cadeia siderúrgica – da extração do minério, passando pela produção de aço até sua transformação em produtos e bens de capital.


Possui, hoje, o maior e mais inovador Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em siderurgia da América Latina.


O avanço registrado pela siderúrgica nos últimos anos garante inovação, tecnologia e qualidade em todas as linhas de produção, e permite à empresa oferecer ao mercado um portfólio diversificado, com destaque para produtos e serviços de alto valor agregado.


Por sua gestão ambiental, a Usiminas foi a segunda siderúrgica do mundo certificada com a ISO14001, gerando maior produtividade com menor consumo.


A companhia contribui ainda para o desenvolvimento das comunidades onde atua, por meio do Instituto Usiminas e da Fundação São Francisco Xavier, oferecendo projetos nas áreas de saúde, educação, cultura, esporte e desenvolvimento social. As ações da Usiminas são negociadas nas bolsas de valores de São Paulo, Nova Iorque (ADR nível I) e Madri.

Fonte:

Diretoria Corporativa de Comunicação e Relações Institucionais

Ana Gabriela Dias Cardoso

Relações com a Mídia Usiminas

LVBA Comunicação