Para CDL/BH, decreto do governo federal que amplia prazo para suspensão de contratos dará fôlego


Fôlego!!!

Para CDL/BH, decreto do governo federal que amplia prazo para suspensão de contratos dará fôlego financeiro para empresas e, ao menos por enquanto, possibilitará a manutenção dos empregos


A ampliação do prazo do programa do governo federal que permite a redução da jornada e de salário e a suspensão de contratos de trabalho, publicada hoje por meio de decreto, dará fôlego financeiro para as empresas e manterá os empregos dos segmentos do varejo que estão proibidos de funcionar.


“Alguns segmentos do comércio da capital mineira estão há quatro meses de portas fechadas.


Outros ficaram 80 dias, reabriram as portas por duas semanas e logo depois foram impedidos de funcionar novamente”, afirma o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), Marcelo de Souza e Silva.


“Sem vendas e sem clientes, não há como manter os empregos. Essa medida do governo federal dará fôlego para que as empresas não fechem suas portas e também possibilitará, ao menos por enquanto, a manutenção dos empregos”, completou.

Fonte

ASCOM

CDL/BH