1/2

Revista Mercado Comum recebe Abrajet e o CEO de Eventos & Marketing da nova Secret. de Turismo de JF










O CEO de Eventos & Marketing da recém criada Secretaria de Turismo de Juiz de Fora, jornalista Luiz Alberto Moreira Guilhermino (o Kaká) foi recebido em BH na sede da mais importante publicação nacional de Economia, Negócios & Finanças de Minas, pelo economista Carlos Alberto Teixeira de Oliveira e pelo presidente da Abrajet Minas, José Aparecido Ribeiro e seu vice Antonio Claret Guerra, além do advogado Claudio Motta, membro honorário da Abrajet e vice-presidente da Câmara Portuguesa.


Novo momento

Kaká Guilhermino disse que Juiz de Fora não vai mais ficar de costas para nossa capital.


Segundo ele a nova prefeita de Juiz de Fofa, a professora, ex-reitora e ex-deputada federal Margarida Salomão criou a nova Secretaria de Turismo do município para colocar o turismo de JF em sintonia com a política de turismo do Estado e da capital, onde existe uma Empresa de Turismo, a Belotur.


Modelo que está nos planos do secretário de Turismo de JF, Marcelo do Carmo.


Museus

Kaká Guilhermino surpreendeu a todos com a informação de Juiz de Fora tem 18 museus, embora o mais conhecido seja o magnífico Museu Mariano Procópio.


Disse que no planejamento do novo Secretario de Turismo de JF Marcelo do Carmo está a recuperação da área do prédio, onde funcionaram um Restaurante Panorâmico e a pioneira TV Industrial, adquirida pela Rede Globo em 1980 e que funcionou por alguns anos, no icônico Morro do Cristo, antes da mudança da sede da Globo para o bairro Mariano Procópio.


O editor-geral de Mercado Comum, economista Carlos Alberto Teixeira de Oliveira sugeriu ao gerente de Eventos e Marketing, seu xará Kaká, que seja realizado um Congresso ou Seminário da Abrajet Minas em Juiz de Fora e FAM Press para que os jornalistas conheçam e divulguem os pontos turísticos, a gastronomia, enfim, a rica história de Juiz de Fora, que teve a primeira Usina Hidrelétrica da América Latina.


E na política foi a terra natal do presidente e governador de Minas, Itamar Franco, que criou o Plano Cruzado.

E uma bela convergência: os dois Kakás foram amigos e admiradores de Itamar.


Personalidade que ocupou boa parte da descontraída conversa, regada com um bom scotch e um elogiado vinho chileno da uva carmenère da adega de Mercado Comum.


Kaká Guilhermino saiu do happy hour business em BH com a mala cheia de boas idéias e do apoio da Abrajet Minas e de Mercado Comum para as políticas de turismo da nova Secretaria, criada pela prefeita Margarida Salomão e entregue ao competente secretário Marcelo do Carmo.



MIMOS

Agradou em cheio os mimos culturais, com os quais, Kaká Guilhermino presentou os membros da Abrajet (Zé Aparecido, Antonio Claret Guerra, Claudio Motta e João Carlos Amaral) e o editor-geral de Mercado Comum, economista Carlos Alberto Teixeira de Oliveira: canecas com pinturas criadas pelo artista plástico Jorge Arbach, que trazem imagens de prédios históricos tombados de Juiz de Fora, como o do Cine Central, o da Associação Comercial...

E o livro da jornalista juiz forana Malu Guilhermino "DANÇANDO ÀS MARGENS DOS TRILHOS"