TJMG tem novo presidente: é o desembargador GILSON SOARES LEMES.

Sucessão no TJMG reafirma

prestígio de Nelson Missias


Missias fez o sucessor:

O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Nelson Missias de Morais, deu uma enorme demonstração de força política na magistratura mineira, ao conseguir eleger seu sucessor e toda a diretoria que irá conduzir os destinos do TJMG a partir de 1º de julho próximo até 2022.


O novo presidente será o desembargador Gilson Soares Lemes, que é hoje o Superintendente Administrativo Adjunto, braço direito da Presidência.


Ele teve 81 votos, contra 51 dados ao desembargador André Leite Praça, que era apoiado pelo ex-presidente Pedro Bittencourt, principal oponente de Missias.


Além dele, foram eleitos os desembargadores José Flávio de Almeida , para a primeira Vice-Presidência, Tiago Pinto para a segunda Vice-Presidência, Newton Teixeira Carvalho para a terceira Vice-Presidência, Agostinho Gomes de Azevedo para Corregedor geral de Justiça e Edson Feital Leite para a Vice-Corregedoria, todos apoiados por Nelson Missias.


O resultado da eleição consolida o prestígio de Nelson Missias, que tem feito uma gestão elogiada inclusive em nível nacional, pelos altos índices de produtividade e criatividade que vem apresentando, liderando o ranking do Conselho Nacional de Justiça em vários índices.


Missias foi, inclusive, o articulador do grande acordo firmado pelo Governo de Minas com a Associação Mineira de Municípios, para quitação em parcelas da bilionária dívida deixada por Fernando Pimentel com os municípios.


Foi esse acordo que deu sobrevida aos municípios e algum fôlego ao governador Romeu Zema em seu primeiro ano.


Fonte:

Ascom TJMG