top of page

Usiminas investe em energia renovável. Plano é ampliar geração fotovoltaica: parceria com a Canadian

Usiminas investe em energia renovável

 

A transição energética é um dos temas que está na pauta de grande parte da indústria brasileira.


Prova disso, é que o Brasil entrou pela 1ª vez na lista dos dez países com maior potência instalada acumulada da fonte solar fotovoltaica ficando na 8ª posição em 2022.


A informação é da Absolar (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica) com base em relatório divulgado no mês de março pela Irena (Agência Internacional de Energia Renovável).


Diante deste cenário para aumentar as alternativas de energia, a Usiminas passou a buscar parcerias para a produção de energia renovável no país.


A partir de 2025, em parceria com a Canadian Solar, a companhia irá ampliar, por meio de um parque de geração fotovoltaica, a autoprodução de 30 megawatts médios de energia renovável por 15 anos.


Esse volume representa cerca de 12% do volume de energia consumida pela companhia.


“A companhia busca expandir o portfólio de contratação de energia renovável para o futuro.


O investimento em energia solar resultará em um ganho de emissões para o sistema energético como um todo e, especificamente, em relação às emissões da Usiminas.


Estamos continuamente buscando novas opções, seja para o suprimento energético, considerando fontes mais limpas e renováveis, ou para a comercialização e aproveitamento dos resíduos”, afirma o gerente de contratação de energia e vendas especiais da Usiminas, José Ronaldo Silveira Junior.

 

 Fonte

Andréa Guimarães

Relações com a Mídia Usiminas

- LVBA Comunicação


コメント


bottom of page